Page 1

I Workshop de Especialização no Atendimento ao Idoso

DIFERENCIAIS DO FARMACÊUTICO NO ATENDIMENTO AO IDOSO Cristine dos Reis Farmacêutica Responsável Técnica Farmácia Canabarrense Especialista em Gestão Empresarial Mestre em Gerontologia Biomédica


PORQUE DEVEMOS PARTICIPAR DESTA REALIDADE? COMO PODEMOS MODIFICÁ-LA?


SOMOS A PEÇA CHAVE NA BUSCA POR ESTA REALIDADE


Comunicador

Capaz de tomar decisões

Líder

Prestador de serviços farmacêuticos na equipe de saúde

Gerente

Educador Atualizado constantemente

Fonte: CRFSP adaptado do Developing pharmacy practice, 2006


CENÁRIO ATUAL FÁRMACIA CASEIRA

AUTOMEDICAÇÃO

POLIFARMÁCIA

PRESCRIÇÕES ANTERIORES

Lima et al, 2008; Sá, 2004; Albarran e Zapata, 2008


CENÁRIO ATUAL 7,17%

19,31% Uso terapêutico Erro de administração Automedicação Prescrição médica

40,54%

32,98% Fonte – SINITOX, 2009


ENCAMINHAMENTOS A Sra. YYYYY, fazia uso do medicamento Alopurinol 300mg, com posologia de 1 cpr 1 vez ao dia. Desde ontem, por recomendação médica, começou a fazer uso 3 vezes ao dia. Identifiquei um problema relacionado a terapia deste paciente visto que ele também faz uso de Varfarina 5mg, 1,5cpr pela manhã. Orientei o paciente da necessidade de realização de uma reavaliação médica, devido à interação entre os dois medicamentos, já que o primeiro potencializa a ação do segundo, alterando o tempo de coagulação. Encaminho para avaliação clínica e, se necessário, nova possibilidade terapêutica.

O Sr. XXXXX procurou a farmácia na busca do medicamento Bactrim, pois segundo seu relato utilizava a pelo menos 20 anos, sendo que a dois, não teve mais sintomas e por isso não realizou mais uso. Após orientálo a respeito dos perigos da prática, comentei a possibilidade do uso de um medicamento anti-séptico urinário, isento de prescrição. Antes de realizar a dispensação, constatei que o paciente é diabético e hipertenso e em virtude de não existirem no mercado anti-sépticos isentos de perigos para diabéticos, orientei a necessidade dele procurar um especialista para avaliação de seu caso.


“Qualquer sintoma em um paciente idoso deveria ser considerado uma reação adversa do fármaco até que se prove o contrário.“ J Gurwitz, M Monane, S Monane, J Avorn Brown University Long-term Care Quality Letter 1995


FARMACOLOGIA GERONTOLÓGICA CASCATA IATROGÊNICA O processo conhecido como cascata iatrogênica é utilizado para descrever a situação em que o efeito adverso de um fármaco é interpretado incorretamente como nova condição médica que exige nova prescrição, sendo o paciente exposto ao risco de desenvolver efeitos prejudiciais adicionais relacionados ao tratamento potencialmente desnecessário


EXEMPLO DE CASCATA IATROGÊNICA IECA (HAS)

Tosse Seca

Codeína

Constipação

Laxante

Dor Abdominal

Butilescopolamina Cinarizina Fluoxetina

Distúrbio Cognitivo Depressão

Centro de Vigilância Sanitária de SP


• Revisão da terapia medicamentosa • Membro da equipe de cuidado do paciente • Conhecimento sobre uso seguro de medicamentos com equipe e paciente • Intervenções educacionais – Grupos pequenos com equipe interdisciplinar

• Uso de sistemas informatizados – Alertas durante a dispensação – Suporte de decisão ao prescritor 16 Spinewine, A. The Role of the Pharmacist in Optimizing Pharmacotherapy in Older People. Drugs Aging 2012; 29 (6): 495-510


EMBALAGENS DE MEDICAMENTOS PRESSÃO

ÁGUA IMPORTANTE SALIENTAR: QUANDO POSSÍVEL DEVESE DISPENSAR CAIXAS COM CORES DIFERENTES


EMBALAGENS DE MEDICAMENTOS


EMBALAGENS DE MEDICAMENTOS

Broncodilatadores, sendo 1° – anticolinérgico e o 2° - simpaticomimético


COMO A FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO PODE CONTRIBUIR? PACIENTE DIABÉTICO, HIPERTENSO, COM DISLIPIDEMIA, HIPOTIREOIDISMO E OSTEOPOROSE

EVITA ACÚMULO DE ANTIHIPERTENSIVO ESTATINA MEDICAMENTOS NOS DOMICÍLIOS. ENALAPRIL ATORVASTATINA QUANTIDADE SUFICIENTE SOMENTE PRO TRATAMENTO DIURÉTICO HIDROCLOROTIAZIDA

HIPOGLICEMIANTE GLIMEPIRIDA

HORMÔNIO TIREOIDIANOS LEVOTIROXINA

OSTEOPOROSE RISEDRONATO DE SÓDIO


A MESMA LÓGICA PARA AS TAMPAS


EMBALAGENS Fテ,EIS DE ABRIR


Dificuldades de entendimento Doses Horรกrios Nomenclatura Cores Usos


Tratamento da doença • O que é diabetes? • Qual o tratamento? • Quais as reações adversas que podem atrapalhar a adesão? • Quais os sintomas da doença?

Pessoas que estão doentes • O paciente entende o que é diabetes? • Entende seu plano de cuidados? • Quais as barreiras para o plano? • O paciente está com medo, impressionado?


Olhar muito para boca

Não escuta bem

Idosos, deficientes auditivos

Olhar para o chão

Tímido

Olhar para cima

Está com sono

Olhar para os lados

Desinteressado, mentindo ou omitindo


Associar figuras e conceitos com intuito de transmitir de forma clara, ágil e simples informação sobre os produtos para consumidores.

Amplificam o significado da língua falada. ATENÇÃO OBSERVAR NÍVEL DE COMPREENSÃO DOS USUÁRIOS, ESPECIALMENTES ANALFABETOS. Galato et al., 2006


imagem cedida por Farm. Bruno Rocha (residente PREMUS/PUCRS 2009)

• Tabelas organizadoras de doses (com identificação)


• Tabelas organizadoras de doses e Identificador de medicamentos

Imagem cedida por Farm. Maricruz Mora, Costa Rica, 2011


• Caixas organizadoras

Imagem cedida por Farm. Maricruz Mora, Costa Rica, 2011


โ€ข Caixas com tabelas organizadoras de doses diรกrias (mensais)

Imagem cedida por Farm. Maricruz Mora, Costa Rica, 2011


• Caixas com tabelas organizadoras de doses mensais

imagem cedida por Farm. Bruno Rocha (residente PREMUS/PUCRS 2009)


โ€ข Caixas organizadoras mensais/diรกrias

Imagem cedida por Farm. Maricruz Mora, Costa Rica, 2011


• Sistema de unitarização de doses

Imagem cedida por Farm. Maricruz Mora, Costa Rica, 2011


CAIXA MEDICAMENTOS PRATICDOSE MODULÁVEL

7 divisórias, referentes aos 7 dias da semana, com 4 separadores ajustáveis

www.vivermelhor.pt


CAIXA MEDICAMENTOS PRATICDOSE MODULÁVEL

7 divisórias, referentes aos 7 dias da semana, com 4 separadores ajustáveis

www.vivermelhor.pt


10hs

8hs

6hs

11:30 hs

12hs

13hs

16hs

19hs

21hs


SOFTWARES • Principais – Drug Interaction Checker-DIC (Medscape) – Drug-Reax-DR (Thomson Micromedex) – Drugs.com – Lexi-interact – Software O Pharmaceutico - http://oprescritor.com.br – Fórmula Certa - www.alternate.com.br

– Interações Medicamentosas http://interacoesmedicamentosas.com.br


INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS • Principais Softwares

medscape

micromedex

REIS AMM, CASSIANI, SHB, 2010


PORTAL SAÚDE BASEADA EM EVIDÊNCIAS


PORTAL SAÚDE BASEADA EM EVIDÊNCIAS


PORTAL SAÚDE BASEADA EM EVIDÊNCIAS


PORTAL SAÚDE BASEADA EM EVIDÊNCIAS


ANÁLISES E REFLEXÕES Ações...  

Relações entre profissionais da saúde Estabelecimentos de dispensação  Assistência farmacêutica eficaz e dinâmica  implementação da logística reversa na cadeia do medicamento Apresentações adequadas  Fracionamento – indústria farmacêutica


Considerações finais  Medicamentos não são isentos de risco

 Individualização do tratamento  Particularidades do idoso

 Divulgar as ferramentas que auxiliem na identificação de medicamentos inapropriados para idosos  Intervenções  Educativas  Revisão da farmacoterapia  Articulação relacionada com as políticas

 Idoso com qualidade de vida

52


O TRABALHO É UMA DAS DIMENSÕES DO SER HUMANO. A OUTRA É O AMOR. SÓ TEM BOM DESEMPENHO QUEM AMA O QUE FAZ. PETER DRUCKER

Anexo sem título 00109  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you