Revista 156

Page 1




Editorial

CONHECIMENTO E APOIO

Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças Presidente:

A Anfamoto participou do 2º Pit Stop do Programa Motofretista Seguro, realizado pelo Detra.SP em conjunto com uma série de parceiros, a Anfamoto em Revista fez a cobertura do evento e pudemos perceber o quanto fez diferença para diversos motofretistas que participaram da ação, agregar conhecimento, tratar de segurança e sentir o apoio e o olhar dos órgãos governamentais do Estado de São Paulo para essa categoria. Na matéria de capa o leitor poderá observar os depoimentos de alguns desses trabalhadores, que vivem da motocicleta, e compreender como é o dia a dia dessa categoria. Apoiamos essa ação feita pelo Detran.SP pois entendemos que a segurança é um fator determinante ao pilotar a motocicleta e que para fazermos um trânsito seguro a responsabilidade é de todos. E por falar em segurança, nessa edição falaremos sobre os pneus remold. Continuamos alertando para o perigo da comercialização e da utilização proibida desse tipo de pneu. Por isso a Anfamoto, Abraciclo, Anip e Simefre uniram esforços para fazer uma campanha de conscientização para os perigos do uso do remold, bem como alertar as autoridades sobre o risco da liberação desse tipo de pneu. O mercado de motocicletas continua aquecido e com boas perspectivas para o fechamento do ano. A estimativa é que sejam produzidas 1.220.000 motos em 2021. Na seção Associado em Destaque dessa edição falaremos sobre a Cobreq que comemora 60 anos de Brasil. Outra comemoração muito importante são os 41 anos de fundação da Anfamoto. A entidade segue trabalhando pelo setor, buscando novas oportunidades e reconhecimento para o setor. Após um ano e meio de incertezas por conta da pandemia de Covid-19, o Salão das Motopeças define a data para março e reabre as vendas dos espaços que ainda estão disponíveis. O evento conta com cerca de 120 expositores e 12 mil visitantes. Uma excelente oportunidade para reencontrar os amigos, clientes e realizar bons negócios. Garanta seu espaço, não fique de fora. Confira também as novidades e lançamentos do universo das motos no caderno Duas Rodas.

1º Vice Presidente: 2º Vice Presidente: 1º Tesoureiros: 2º Tesoureiros:

Orlando Cesar Leone Valério Valente Vanderley Galvão Amarildo Severino Fernandes Alexandre Saba

Conselho Deliberativo - Presidente :

Carlos Alberto Fiorotti

Membros do Conselho Deliberativo:

Giancarlo Vancini Gianfranco Menna Zezze Hélio Tenório da Silva

Suplentes do Conselho Deliberativo:

Renata Maggion Hélio Joaquim dos Santo Jefferson Antonio Pires

Membros do Conselho Fiscal:

Divino Jorge da Silva Mônica Orlando de Oliveira Sandra Brandani Picinato

Suplentes do Conselho Fiscal:

Bruno Cury Leone Carlos André Rafaela Guma

Coordenação Editorial:

Fabia Helena Allegrini Pereira

Editor responsável:

Jacylete Abreu – MTB 825-CE

Editor de Arte:

Luis Fernando L. Corrêa

Boa Leitura, Coordenação de Eventos:

Equipe Anfamoto

ANFAMOTO em Revista:

Equipe Anfamoto

Assessora da Presidência:

Fabia Helena Allegrini Pereira

PUBLICIDADE & COMERCIAL

Número de Registro: 823713350

EDIÇÃO 156 - JUL/AGO 2021 A responsabilidade sobre opiniões e fatos presentes nos artigos assinados na “ANFAMOTO em Revista” é exclusiva de seus autores, não exprimindo necessariamente o pensamento desta publicação nem a posição da ANFAMOTO.

Av. Nove de Julho, 3229 Cjtos 208/209/210 Jardim Paulista CEP 01407-000 - São Paulo-SP PABX: (11) 3052-2002 - Fax: (11) 3885-7637 E-mail: anfamoto@anfamoto.org - Site: www.anfamoto.org



Sumário

Espaço Anfamoto

Palavra do Presidente O Brasil precisa retomar seu crescimento

Mercado Com projeção revisada indústria de motocicletas deve crescer 26,8% em 2021

Associado em destaque Cobreq 60 anos de Brasil

8

10

15 Anfamoto 41 anos Espaços disponíveis para o Salão das Motopeças

14 Capa

Espaço Anfamoto Anfamoto 41 anos Espaços disponíveis para o Salão das Motopeças

Capa Anfamoto participa como apoiadora do Pit Stop Motofretista Seguro do Detran.SP que reuniu cerca de 12 mil motofretistas

Sua Moto em Detalhes O pneu certo faz diferença?

16

22

28

22 Anfamoto participa como apoiadora do Pit Stop Motofretista Seguro do Detran.SP que reuniu cerca de 12 mil motofretistas

Sua Moto em detalhes

Caderno Duas Rodas

32

Notícias

34

Dicas & Lançamentos

35

Associados

41

28 O pneu certo faz diferença?



Palavra do Presidente O BRASIL PRECISA RETOMAR SEU CRESCIMENTO

Orlando Cesar Leone - Presidente Há meses que estamos patinando em um cenário de discussões políticas, afronta entre os poderes, politização da vacina, voto auditável e uma severa crise institucional. Com todo esse imbróglio os investidores se afastam, as incertezas no cenário econômico, acabam pressionando a inflação, o câmbio e até mesmo as projeções do PIB já começam a ser revisadas para baixo. A retomada continua sendo atrasada por conta da tensão institucional. Além de todos esses fatores ao que parece a corrida eleitoral para 2022 já começou. Diante de todo esse conjunto o cenário começa a ficar adverso e com tendências de estagnação. O ciclo vicioso que se sucede cria um ambiente que impede a queda do dólar, que impede também a inflação de recuar, o que mexe com a Selic, prejudicando a retomada e o desempenho das atividades, já tão castigadas e com perdas expressivas por conta da pandemia. Os últimos acontecimentos em Brasília também não contribuem em nada para a melhora do cenário, pelo contrário, acirra os ânimos e gera a ausência de diálogo entre os poderes, o que acaba travando as pautas urgentes que precisam ser votadas no Congresso. O desentendimento político e a falta de articulação, fizeram com que a reforma tributária que teve sua segunda fase entregue no final de junho continue parada, sem muita perspectiva, por conta das novas propostas. Outro ponto importante a ser resolvido é a prorrogação da desoneração da folha até dezembro de 2021. Caso o veto do presidente não seja derrubado pode impactar entre 500 mil a 1 milhão de empregos, 08

Anfamoto em Revista - Edição 156

atingindo cerca de 17 setores que empregam aproximadamente 12 milhões de trabalhadores. A vacina contra a Covid-19 já nos eleva há um patamar de retomada econômica e até porque não dizer social também. Mas uma série de fatores ainda, tais como os excessivos aumentos dos valores dos combustíveis estão impactando também a economia. O preço dos combustíveis aperta o lucro dos motoboys os obrigando a trabalhar mais tempo, que geralmente já não é pequeno, muitas vezes mais de dez horas diárias, já que a fatia do combustível representa 25 a 35% dos gastos. Mais atenção às políticas públicas para essa categoria têm que ser observadas. Parabenizo o Governo do Estado de São Paulo e o Detran.SP pela realização do 2º Pit Stop do Programa Motofretista Seguro, que contou com a participação de 12 mil motofretistas. A iniciativa demonstrou apoio e orientação à categoria e ações como essa são fundamentais para fortalecer a categoria. A Anfamoto apoiou essa ação. Estamos retomando nossas ações para realização do XI Salão das Motopeças. São Paulo vai receber o evento de 09 a 12 de março de 2022, no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte. Esperamos que possamos realizar excelentes negócios. Convido sua empresa a participar. Celebramos em 2 de setembro, os 41 anos da fundação da Anfamoto. Estou na associação desde o dia da sua fundação, na reunião em que participei em 1980. Nessa data tão especial, sempre reforço meu agradecimento por todos que já passaram pela Anfamoto e deixaram seu legado para que pudéssemos dar continuidade a esse tão bravo trabalho. Agradecimento que se estende aos nossos ex-presidentes, associados e diretoria, pela parceria e confiança e ao mercado pelo reconhecimento e credibilidade dados à Anfamoto. Seguimos em frente sempre trabalhando. A nossa Anfamoto segue evoluindo e buscando o melhor para o seu mercado, esse é o Brasil que queremos, o país da oportunidade, da evolução, da igualdade e de uma condição digna para todos.

Um forte abraço, Orlando Cesar Leone Presidente



Mercado Com projeção revisada indústria de motocicletas deve crescer 26,8% em 2021. Com a nova previsão, a produção de motocicletas deve chegar a 1,22 milhão de unidades em 2021 e os licenciamentos devem crescer 24,6%. As exportações podem chegar a 51 mil unidades. A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) revisou, revisou as projeções de produção de motocicletas para 2021. A nova estimativa é que as fábricas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) produzam 1.220.000 motos, o que corresponde a um crescimento de 26,8% na comparação com 2020, quando 961.986 unidades saíram das linhas de montagens. A projeção no início do ano era de 1.060.000 motocicletas. Com a nova previsão o setor deve ficar próximo ao patamar de 2015, quando foram fabricadas 1.262.708 motocicletas. A entidade também revisou as projeções para os volumes de vendas e exportação. A nova estimativa é de que sejam comercializadas 1.140.000 motocicletas, alta de 24,6% em relação às 915.157 unidades emplacadas

10

em 2020. Em relação as exportações, a perspectiva é de que sejam embarcadas 51.000 motocicletas, volume 51,1% superior ao registrado no ano passado que foi de 33.750 unidades. A perspectiva anterior, também apresentada no início do ano, era de que os licenciamentos somariam 980 mil unidades e as exportações totalizariam 40 mil motocicletas. (Veja tabela abaixo).

coletivas das fábricas no período. No acumulado do ano, a indústria fabricou 663.88 unidades, alta de 35,4% em relação a 2020 que foi de 490.137 unidades. De acordo com a entidade, esse é o melhor resultado para os primeiros sete meses do ano desde 2015. Naquele período foram produzidas 799.990 motocicletas.

PRODUÇÃO EM JULHO

Em julho os emplacamentos somaram 112.538 unidades, o que corresponde a um aumento de 5,5% em relação ao mês anterior que foi de 106.680. Na comparação com julho do ano passado, houve alta de 32,2% que foi de 85.148 unidades. Segundo a Abraciclo, esse foi o melhor resultado para o mês, desde 2014 quando foram emplacadas 121.012 unidades. A

Em julho, foram produzidas 95.025 motocicletas, volume 9,9% inferior ao registrado em junho que foi de 105.450 unidades e 3% menor na comparação com o mesmo mês do ano passado que foi de 97.920 motocicletas. Esse recuo na produção já era esperado, devido às férias

VENDAS NO VAREJO

Real 2020

Primeira Projeção 2021

Nova Projeção 2021

Primeira Projeção 2021/ Real 2020

Nova projeção 2021/ Primeira Projeção 2021

Nova Projeção 2021/ Real 2020

Produção

961.986

1.060.000

1.220.000

10,2%

15,1%

26,8%

Varejo

915.157

980.000

1.140.000

7,1%

16,3%

24,6%

Exportação

33.750

40.000

51.000

18,5%

27,5%

51,1%

Anfamoto em Revista - Edição 156


EMPLACAMENTOS DE MOTOCICLETAS

JULHO/20

JUNHO/21

JULHO/21

CATEGORIA

A

PARTICIPAÇÃO

B

PARTICIPAÇÃO

C

PARTICIPAÇÃO

C/A

C/B

Street

43.563

51,2%

48.578

45,5%

55.567

49,4%

27,6%

14,4%

Trail

15.772

18,5%

24.748

23,2%

21.547

19,1%

36,6%

-12,9%

Motoneta

12.318

14,5%

15.962

15,0%

17.295

15,4%

40,4%

8,4%

Scooter

6.786

8,0%

9.910

9,3%

10.368

9,2%

52,8%

4,6%

Naked

2.204

2,6%

2.735

2,6%

2.777

2,5%

26,0%

1,5%

Bigtrail

1.686

2,0%

2.389

2,2%

2.301

2,0%

36,5%

-3,7%

Ciclomotor

1.232

1,4%

1.311

1,2%

1.561

1,4%

26,7%

19,1%

Sport

691

0,8%

578

0,5%

655

0,6%

-5,2%

13,3%

Custom

751

0,9%

354

0,3%

356

0,3%

-52,6%

0,6%

Touring

26

0,0%

9

0,0%

9

0,0%

-65,4%

0,0%

Triciclo

119

0,1%

106

0,1%

102

0,1%

-14,3%

-3,8%

TOTAL

85.148

-

106.680

-

112.538

-

32,2%

5,5%

Street foi a categoria mais emplacada no último mês, com 55.567 unidades e 49,4% de participação no mercado. Na sequência do ranking, ficaram a Trail com 21.547 unidades e 19,01% do mercado e a Motoneta com 17.295 unidades e 15,4% de participação. Com 22 dias úteis, a média diária de vendas em julho foi de 5.115 unidades. Na comparação com o mês anterior, que teve 21 dias úteis, houve aumento de 0,7%, que representou 5.080 unidades/dia. Já em relação a julho do ano passado, com 23 dias úteis, a alta foi de 38,2% com 3.702 unidades/dia. No acumulado do ano, foram licenciadas 629.692 motocicletas, volume 44,7superior às 435.289 unidades emplacadas no mesmo período. No

acumulado do ano foram licenciadas 629.692 motocicletas, volume 44,7 superior às 435.289 unidades emplacadas no mesmo período. Veja o ranking na tabela acima.

EXPORTAÇÕES Em julho, foram exportadas 6.026 motocicletas, alta de 36,7% na comparação com o mês anterior que foi de 4.409 unidades e de 36% em relação a julho de 2020 que foi de 4.432 unidades. De acordo com o portal de estatística de comércio exterior Comex Star, que registra os embarques totais de cada mês, a Colômbia foi o principal destino, com 1.582 unidades e 33,6% do volume exportado. A Argentina

ficou em segundo lugar com 1.100 unidades e 23,3% do total exportado, seguida pelos Estados Unidos com 723 motocicletas e 15,5% do volume exportado. De janeiro a julho, foram exportadas 32.286 motocicletas, aumento de 115,4% na comparação com o mesmo período do ano passado que foi de 14.990 unidades. A Argentina lidera o ranking dos destinos, com 9.445 unidade e 29,7% do volume total exportado. Na sequência, ficaram Colômbia com 7.039 unidades e 22,1% das exportações e os Estados Unidos com 6.570 unidades e 20,7% das exportações.


Mercado

12

Anfamoto em Revista - Edição 156



ASSOCIADO EM DESTAQUE

COBREQ 60 ANOS DE BRASIL Fundada em 28 de outubro de 1961, na cidade de São Paulo, pelo imigrante português Manoel Joaquim D´Almeida, a Cobreq iniciou suas atividades produzindo equipamentos para mergulho. Em 1962, com o crescimento da indústria automobilística, a Cobreq mudou sua estratégia e começou a produzir materiais de fricção e lonas de freios veiculares. Um pouco antes do nascimento da Cobreq, a Volkswagen, em 1953, por meio de sua filial em São Bernardo do Campo, montava os primeiros Fuscas e Kombis nacionais. Com isso o mercado nacional de veículos começava a ganhar forma. No fim da década de 1960 e início dos anos 1970, o consumidor tornava-se mais exigente, e os automóveis passam a ter qualidade melhor. Na época, quatro empresas já se consolidavam como as principais montadoras do país: Fiat, Ford, GM e Volkswagen. E para acompanhar toda essa evolução, em 1962, a Cobreq já inovava e era pioneira em fabricar pastilhas no Brasil. O novo sistema de freios a disco demonstrava-se mais eficiente que o a tambor, principalmente, após ter sido testado nas 24 horas de Le Mans, em 1954, com a equipe Jaguar. A expli-

cação da melhor performance é simples: como os componentes ficam mais expostos ao fluxo do ar, a dissipação do calor gerada pelo atrito é mais rápida que no modelo a tambor, no qual as lonas ficam inseridas em um compartimento fechado, dificultando as trocas térmicas. Em 1975, a técnica e inovação aplicadas nos automóveis foi também transferida para o segmento de motocicletas. Hoje, circulam no Brasil, mais de 30 milhões de motos e a Cobreq tem aplicação para a maior parte dessa frota, nos modelos esportivos, urbanos e utilitários. Em 1984, a Cobreq realizou outro marco industrial, quando novamente inovou ao ser pioneira na fabricação de pastilhas de freios livres de amianto. A peça inédita no Brasil estreou como equipamento original no Ford Escort. Para esclarecer ao leitor, o minério, também conhecido como asbesto, foi muito utilizado pela indústria por conter grande resistência mecânica, inclusive às altas temperaturas, aos ataques ácidos, às bactérias, mas só foi proibido de ser utilizado em 2017. Ou seja, a Cobreq antecipou a não utilização de um material considerado cancerígeno, 33 anos antes da determi-

nação. A Cobreq conquistou em 2001, a certificação ISO 14001 e no mesmo período a IATF 16.949, norma que reúne requisitos para um sistema de gestão da qualidade focado em empresas da cadeia automotiva. Em outubro de 2017 foi inaugurada, com investimento de R$ 142 milhões, , a fábrica na cidade de Salto, cidade do interior de São Paulo. A unidade conta com 100.00 m2, sendo 32.000 m2 de área construída. São produzidas nessa planta pastilhas e lonas de freio das linhas leve, pesada e de motocicletas. São lançados produtos com muita frequência e sempre acompanhando as novidades de mercado. Todos esses modelos de reposição são para 90% da frota nacional de motocicletas. Atualmente a Cobreq conta com 600 colaboradores aproximadamente, e com um vasto portfólio que evolui rapidamente, já tem mais 6 mil aplicações. A filosofia da empresa é oferecer produtos de alta tecnologia e elevado grau de confiabilidade. “Todos os aspectos relacionados a risco, saúde, segurança e meio ambiente são refletidos em nossa rotina diária, em nossos produtos e processos de produção. Nossa meta é proporcionar um local de trabalho seguro, saudável, sustentável e eficiente para aqueles que nele trabalham ou por ele são afetados, fornecendo materiais de fricção de primeira classe a clientes em todo o mundo”, diz Everton Mello, commercial management – segmento de motocicletas. tmdcobreq.com.br 0800 011 1992

VISTA AÉREA FÁBRICA COBREQ

14

Anfamoto em Revista - Edição 156



ESPAÇO ANFAMOTO

COM NOVA DATA, O XI SALÃO NACIONAL E INTERNACIONAL DAS MOTOPEÇAS AINDA TEM ESPAÇOS DISPONÍVEIS! GARANTA O SEU!

Após uma longa espera devido à pandemia da Covid-19 e uma série de prorrogações de data por conta das atualizações do Plano São Paulo, finalmente definimos a data de realização do XI Salão Nacional e Internacional das Motopeças, que acontecerá de 9 a 12 de março de 2022, no Pavilhão Amarelo, do Expo Center Norte, em São Paulo – SP. Com a vacinação avançada em todo território nacional e seguindo todas as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e do Ministério da Saúde e do Governo do Estado de São Paulo, acreditamos em uma realização segura para todos. Dessa forma a Anfamoto – Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças, reabriu as vendas das

16

Anfamoto em Revista - Edição 156

áreas que ainda estão disponíveis para comercialização. Com cerca de 70% dos espaços vendidos, o Salão das Motopeças, é a maior feira do segmento de motopeças e acessórios e tem como objetivo principal a geração de negócios, já que não é aberta ao consumidor final. O Salão conta com cerca de 120 expositores, representando mais de 200 marcas participantes, que vão apresentar seus lançamentos, novidades e tendências de mercado em quatro dias de mostra. “Certamente uma excelente oportunidade de negócios para as empresas expositoras, depois de praticamente quatro anos sem evento, pois o último Salão foi realizado em agosto de 2018, todos estão ansiosos para se reencontrar e realizar bons negócios. Por isso é tão importante participar, não deixe sua marca de fora. O evento marcará a retomada das feiras do setor”, diz Orlando Leone, Presidente da Anfamoto. O público fiel e qualificado do Salão das Motopeças, que é composto por potenciais compradores de todo Brasil, também está ansioso por conhecer as novidades do setor. Em breve o credenciamento estará aberto. Grandes players do mercado já reservaram suas áreas. Restam poucos espaços, garanta imediatamente sua área. Para reservar seu espaço entre em contato com a Anfamoto F (11) 3052-2002. Confira a planta na página ao lado.


ESPAÇO ANFAMOTO

ANFAMOTO COMPLETA 41 ANOS DE FUNDAÇÃO No dia 02 de setembro, a Anfamoto – Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças, completou 41 anos de fundação. A Anfamoto foi fundada em 1980. Nesses anos todos o mercado de motopeças passou por grandes transformações. Especialmente nesse último um ano e meio, apesar do grande desafio imposto pela pandemia de Covid-19, já completa pouco mais de um ano e meio, mesmo assim o setor se manteve forte, unido e praticamente não parou. A pandemia não foi o único obstáculo, a falta de matérias-primas e aumento dos insumos, a paralização das linhas de produção ao mesmo tempo o aumento da demanda, por conta dos moto entregadores, um dos grandes destaques da pandemia por se tornarem responsáveis por uma série de produtos de consumo, para que as pessoas pudessem ficar nas suas casas, evitando assim uma disseminação ainda maior do vírus. A Anfamoto também não parou, lutou pelo segmento, cobrando medidas dos governantes, participando ativamente de reuniões com a ABNT, INMETRO, associações

coirmãs, FIESP, entre outros órgãos. Com cerca de 220 associados, a Anfamoto vem defendendo o interesse das empresas do setor, buscando que o segmento de motopeças, cresça cada vez mais fortalecido, representativo, reconhecido, valorizado a respeitado perante o mercado, os órgãos institucionais e governamentais. “Passamos de mais de quatro décadas trabalhando, com muitos empresários e profissionais que se dedicaram voluntariamente a associação para levar o nome do setor a todo o país e muitas vezes no exterior, sempre buscando soluções e melhoria para toda a classe. Nessa data tão especial, sempre reforço meu agradecimento por todos que já passaram pela Anfamoto e deixaram seu legado para que pudéssemos dar continuidade a esse tão bravo trabalho. Agradecimento que se estende aos nossos associados e diretoria, pela parceria e confiança e ao mercado pelo reconhecimento e credibilidade dados à Anfamoto. Seguimos em frente sempre trabalhando”, diz Orlando Cesar Leone – Presidente.

Associe-se Ao Participar da Anfamoto e das atividades propostas sua empresa ajuda a escrever a história das motopeças no Brasil, contribuindo para o crescimento e evolução desse importante setor da economia nacional. Entre em contato e saiba como se associar F. (11) 3052-2002, com Fabia.




Informe Publicitário

RETROMELC: a nova marca de retrovisores do grupo MELC chega ao mercado! “Um dos segredos para todo esse sucesso é devido ao Grupo Melc estar sempre trabalhando na evolução e investindo constantemente”.

O grupo Melc completa seus 33 anos em amplo crescimento, investindo constantemente em tecnologia, automação, robotização e na evolução de seus colaboradores, visando sempre oferecer ao mercado produtos de extrema qualidade. Em janeiro de 2021, enriqueceu seu portfólio de produtos ao lançar a Lumi Melc, uma marca completa de faróis, blocos ópticos e lanternas, que em tão pouco tempo já entrega resultados expressivos ao Grupo. Motivados pela inovação, ainda no segundo semestre, surpreendem o mercado e apresentam uma nova opção para seus parceiros: a RETROMELC, uma marca de retrovisores com uma linha completa e capacidade para atender todos os modelos de motos. A RETROMELC chega ao mercado equipada e automatizada com o que há de melhor quando o assunto é maquinário. Com capacidade de fabricar 20 mil pares de retrovisores por dia, agilidade essa que, aliada a todo o sistema de montagem, embalagem e logística da empresa, garante um produto perfeitamente acabado nas mãos do consumidor. Mesmo com as atuais adversidades impostas pela pandemia e pela economia de nosso país, o Grupo Melc segue na contramão dos gráficos e em constante crescimento, contando hoje com 300 colaboradores diretos, um portfólio de 3.000 mil itens e um parque industrial próprio de 15.000 m2 de área construída. Além disso, todos os produtos Acesse: melc.com.br

Alexandre Saba - Presidente

são qualificados e certificados pelo selo ISO9001. Segundo o presidente do grupo, Alexandre Saba: “Um dos segredos para todo esse sucesso é devido ao Grupo Melc estar sempre trabalhando na evolução e investindo constantemente”. Para Freiquis Silva, que atua há 19 anos na empresa e hoje opera como Gerente Nacional de Vendas do Grupo MELC: “Para que se tenha sucesso em todas as marcas do Grupo, além do investimento em tecnologia e inovação, foi necessário também o investimento em nossa estrutura comercial, ou seja, em pessoas, aumentando, capacitando e direcionando toda a nossa equipe, onde o objetivo é estar sempre próximo ao cliente, entendendo as suas necessidades, bem como a necessidade do mercado duas rodas e assim mantendo a excelência do atendimento que sempre fez parte do nosso DNA”.



CAPA

Anfamoto participa como apoiadora do Pit Stop Motofretista Seguro do Detran.SP que reuniu cerca de 12 mil motofretistas A Anfamoto – Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças, apoiou o 2º Pit Stop do Programa Motofretista Seguro, campanha lançada no ano passado, durante a Semana Nacional de Trânsito, pelo Governo do Estado de São Paulo e pelo Detran.SP – Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo. O objetivo do programa é dar apoio e orientação ao motofretistas. Realizado nos dias 21 e 22 de julho, na Praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu, o evento recebeu nos dois dias de realização cerca de 12 mil motociclistas. Durante o evento os participantes passaram por um circuito que contava com tendas dos parceiros que realizaram ações educativas, de capacitação, 22

Anfamoto em Revista - Edição 156

serviços de manutenção e distribuição de brindes e de peças para motos. O circuito começava pela CET – Companhia de Engenharia de Tráfego, que contava com educadores que apresentaram lições sobre pilotagem segura e equipamentos de proteção individual. Na sequência estava a tenda da Honda disponibilizando vouchers de recall das motos e de trocas de óleo para mais de 1.200 motofretistas. A Yamaha disponibilizou também cerca de mil vouchers para troca de óleo. A tenda do Sebrae, contava com o “Sebrae Móvel” para auxiliar aos motofretistas como se formalizar e tornar a atividade mais lucrativa. O Sebrae e o Banco do Povo ofereceram linhas de crédito para os inscritos no programa de até R$ 21 mil. Além disso o Serasa também este-


ve presente para realizar negociação de débitos. A carreta do Programa Via Rápida, do Centro Paula Souza, ofereceu palestras sobre manutenção das motocicletas, orientou também sobre os protocolos sanitários e cuidados que os moto entregadores devem ter. A Porto Seguro fez check-up dos itens de segurança das motocicletas que passaram na sua tenda. Durante todo o evento a equipe de SAC do Detran. SP atendeu centenas de motofretistas que estavam com dúvidas relacionadas à documentação. Na última tenda os motociclistas respondiam a um quis e ganhavam diversos brindes oferecidos pelos parceiros e apoiadores do evento: Anfamoto, Abraciclo, AMABR, Ifood, Loggi, Museu do Futebol e o próprio Detran.SP. Também apoiaram o evento Sabesp, Fipe, Corpo de Bombeiros, CET e a Polícia Militar. Na ocasião o Corpo de Bombeiro fez demonstrações de salvamento e resgate em acidentes. Para Orlando Cesar Leone, presidente da Anfamoto, ações como essas são fundamentais para inserção, capacitação, educação e conscientização dos motociclistas. “Os moto entregadores, tiveram papel fundamental nessa pandemia, como já destaquei em várias oportunidades. Essa categoria merece ser reconhecida e precisa ser apoiada e orientada. Para nós do setor de motopeças apoiar o evento é uma oportunidade de trazer educação no trânsito e orientação na aquisição de peças sempre de boa procedência e qualidade. Agradeço a todos os associados que nos apoiaram enviando brindes”, finaliza Leone. No primeiro dia do evento, o vice-governador Rodrigo Garcia, anunciou na abertura oficial do evento, que os interessados em trabalhar como moto entregadores ou motofretistas, poderão fazer o curso de especialização gratuitamente, caso se castrem no Programa Motofretista Seguro. O vice-governador, falou ainda que o Programa vai arcar com R$ 160,00 referentes ao curso e ainda dará condição do participante ganhar

uma bolsa de R$ 210,00, desde que ele cumpra mais de 30 horas de curso remoto de Atendimento Delivery. O curso tem disponibilidade para mil vagas e todas com direito à bolsa. Para a coordenadora de Projeto do Programa Motofretista Seguro, Franciele Balem, o principal objetivo do evento é conscientizar a categoria da importância de ter segurança no trânsito. “Para tanto trouxemos uma série de parceiros para oferecer crédito, orientação e capacitação. O Detran.SP tem um papel fundamental de incentivar a regulamentação dessa categoria, principalmente ofertando o curso de formação de motofretistas”, diz a coordenadora. O Pit Stop faz parte do Programa Motofretista Seguro que é uma política pública de inclusão e segurança para o moto entregador. Segundo Franciele outras ações nesse sentido serão feitas. O presidente do Detran, Neto Mascellani, agradeceu a participação de todos, e deixou uma importante mensagem, dizendo que “O Governo de São Paulo se sensibiliza e reconhece todo o esforço e o papel fundamental que os motofretistas tiveram durante esse tempo de pandemia. Esse evento é uma forma de agradecer todo esse empenho.” Neto


CAPA

declara ainda que a equipe do Detran.SP, ficou muito satisfeita com a realização da 2ª edição do Pit Stop. “Tivemos o comparecimento de mais de 12 mil motofretistas nos dois dias de evento, apoio de 18 entidades e distribuição de 20 mil brindes”. Ressalta que há muito por fazer para que se consiga estruturar uma rede proteção para a categoria tão valorosa, que tanto tem feito pela população na pandemia. O Detran tem avançado bastante na estruturação de uma política pública eficiente. A proposta do Pit Stop é engajar a categoria para que se cadastre no programa e avance na regularização da atividade. E para que o motofretista se regularize é preciso haver um processo de conscientização. E frente a isso, o Governo de São Paulo, sensível ao crescimento do número de motofretistas contratados pelas empresas de delivery durante a pandemia, que foi de aproximadamente 538%, lançou em setembro do ano passado, durante a Semana Nacional de Trân-

24

Anfamoto em Revista - Edição 156

sito, o Programa Motofretista Seguro. Justamente, para que o moto entregador, possa ter acesso a uma linha de crédito oferecida pelo Banco do Povo e pelo Sebrae para poder regularizar sua documentação como condutor, ter o curso para exercer a profissão e cuidar da manutenção de sua motocicleta. “É uma categoria que se ressente por maior retaguarda da parte dos seus contratantes”, diz o presidente do Detran.SP. Pelo cadastro e pela pesquisa realizados durante os dois dias de evento, uma grande parcela dessa categoria está na informalidade. São cerca de 92% e mais da metade sequer tem carteira de trabalho. Isso aumenta a necessidade de contarem com uma rede de proteção. Para fazer a solicitação de inscrição no programa, basta preencher o cadastro no portal www.motofretistaseguro.sp.gov.br e seguir as orientações. Mascelani também enfatiza que além do Pit Stop o Detran.SP, está em tratativas para oferecer aos motofretistas cerca de sete boxes em pontos diversos da cidade para que possam ter um apoio durante o dia de trabalho e em seus deslocamentos. Esses locais vão oferecer suporte para que o motofretista possa recarregar o celular, acessar a internet, ir ao banheiro e fazer suas refeições. As negociações já estão em andamento com apoiadores e a Prefeitura para viabilizar a implantação desse benefício. Além dessa ação o Detran.SP desenvolve várias campanhas educativas. Foi renovada uma parceria com a Fundação Mapfre para a realização da 6ª edição do Programa Educação Viária em 46 municípios pau-


lista. O programa visa qualificar, entre os meses de julho e novembro, educadores (professores e coordenadores pedagógicos) da rede pública municipal que multiplicarão os conhecimentos adquiridos na capacitação para alunos do ensino fundamental 1 e 2, além de familiares e da comunidade de cada munícipio. Mais de 640 mil pessoas serão beneficiadas. Ainda no sentido de ampliar o número de cadastrados no programa e ampliar a rede de proteção, o presidente do Detran.SP, diz que uma das novidades seria a organização de um curso de primeiros socorros, pois de acordo com a pesquisa FIPE realizada com 602 motofretistas, que estavam no evento, mais da metade deles sofreu acidentes durante o trabalho, sendo que 1/3 cerca de 32% com gravidade, com afastamento de 6 meses a 1 ano. “Dessa forma, ter uma noção de primeiros socorros pode ser de grande valia em caso de ocorrências, já que os próprios motofretistas são os primeiros a prestar auxílio a um colega acidentado”, finaliza Neto. O Presidente da AMABR – Associação dos Motofretistas de Aplicativo e Autônomos do Brasil, Edgar Francisco da Silva, o Gringo, o evento é uma excelente iniciativa para uma categoria que é muito esquecida. “Fomos chamados de heróis da pandemia, mas não tivemos prioridade na hora da vacina, ficamos expostos de forma contínua, vários colegas contraíram a Covid-19 e acabaram falecendo”, ressalta Gringo. Na visão do presidente da AMABR o poder público tem que olhar mais atencioso para a categoria, que estava esquecida. “Queremos ser reconhecidos e respeitados, como por exemplo os taxistas que têm vários benefícios como isenção de ICMS e IPVA”, diz. A regulamentação precisa ter também o caráter social e de incentivo à profissão e não punitivo. Gringo alerta ainda que os aplicativos precisam ser devidamente fiscalizados e regulamentados também. Não pode haver um serviço que não garanta a dignidade do trabalhador e se torne predatório. “Vejo que o Detran.SP está voltando a atenção para o motofretista autônomo. Ações como essas tem que se repetir”, finaliza Gringo. “Toda iniciativa em prol da segurança dos motofretistas e motociclistas é válida, porém muito se é falado e pouco é feito. Hoje a categoria é vítima da precarização promovida por empresas bilionárias que aproveitam de ações assim para “mostrar” sua preocupação com a segurança dos profissionais,

mas no dia a dia não propicia nada, nem salários dignos, segurança e ainda fogem da obediência às legislações. No motofrete, o Curso 30 Horas Obrigatório do Contran é o real caminho da capacitação e conscientização do trabalhador motociclista, além de valorização da categoria, redução de acidentes e consequente melhoria no trânsito”, diz Gilberto Almeida dos Santos, o Gil - presidente do SindimotoSP e Febramoto Durante o evento, a Anfamoto em Revista entrevistou alguns motofretistas que estavam aguardando sua vez para passar pelas tendas de atendimento. Nesses depoimentos notamos muitos pontos comuns, tais como a falta de reconhecimento da categoria, o descaso dos aplicativos de entrega e a falta de amparo, o preconceito e que todos sem exceção passam mais de 10 horas por dia nas motos. Confira os depoimentos: Michele Moraes, 38 anos, está na profissão pela liberdade, mas enfrenta muitos desafios no dia a dia, um deles é o preconceito, pois são poucas mulheres na profissão. “Infelizmente nas ruas ainda ouvimos que lugar de mulher é em casa e não no trânsito”. Ela é mãe de duas meninas e espera um futuro melhor para as filhas. Encara o evento como um ponto positivo e como um incentivo à categoria. Bem como para verificar se a documentação está em dia, já que não tem tempo de parar para ver. Michele ressalta ainda que falta amparo para a categoria, cita também que os apps deveriam melhorar a condição de remuneração dos entregadores e que gostaria de ver mais mulheres na profissão. Outro apaixonado pela liberdade é David Alexandre, de 41 anos, que gosta de ser o próprio patrão e fazer o seu


CAPA horário. Ele relata que são muitas as dificuldades na profissão, trânsito pesado, logística para otimizar as entregas, multas e o perigo constante das ruas. “A categoria é pouco respeitada, poucas pessoas enxergam nossa importância, somos mais vistos pelo lado ruim do que pelo bom”. Vinícius de 28 anos, está na profissão para ter uma renda extra, trabalha entre 8 e 9 horas com a moto. Observa que nas ruas sofrem todo tipo de desrespeito. Espera que os aplicativos garantam melhores condições de trabalho. Sandro, 27 anos, estudante de farmácia, entrou na profissão de motofretista por conta da pandemia, financiou uma motocicleta e faz as entregas para completar a renda. Mas considera o salário baixo pelo risco que a profissão apresenta, combustível com alto valor e os gastos com a manutenção da moto também são altos. “Os aplicativos faltam com respeito com os entregadores, as taxas cobradas dos motoboys são altas e temos pouco retorno”. Relata também que há muito preconceito com os entregadores por parte do cliente. Diz ainda que há muita gente boa na profissão e que são muito solidários. E que não se deve olhar somente para os benefícios e sim para o que ainda pode ser feito pela categoria. Tem que haver respeito de todas as partes, consciência dos motoboys, tem que cobrar, mas também fazer a sua parte e o que é correto. Na fila falamos com o casal Brumara de 27 e Gilberto de 36 anos, eles têm uma filha e trabalham juntos na profissão. Ela encontrou na profissão um meio de complementar a renda da família, mas o preconceito é grande, não por parte dos colegas, mas sim no trânsito. Mara como gosta de ser cha26

Anfamoto em Revista - Edição 156

mada, diz que os aplicativos não oferecem nenhum suporte e a taxa que pagam é muito baixa por Km rodado. Pois além das despesas de cada, precisam suprir os custos da moto, combustível e manutenção. “Espero que a profissão nos traga mais benefícios, gostaria de ter crescimento no ramo de trabalho e mais respeito e valorização”. Gilberto também faz um relato parecido com o da esposa. A profissão trouxe uma oportunidade de renda, mas os desafios são muitos, a falta de respeito tanto dos aplicativos, quanto dos clientes, trânsito ruim, muitas multas e o custo da manutenção da motocicleta. “Para quem fica cerca de 10 horas em cima da moto, precisamos que os apps melhorem as taxas, e que tenha também mais ações como essas para incentivo a categoria”. Por fim Gilberto diz que a pandemia trouxe muitas dificuldades, mas também, muito aprendizado. Hélio Felisbino 53 anos, viu na profissão um caminho de oportunidade. Hélio era bancário, e não conseguiu mais se recolocar no mercado de trabalho por conta da idade. Diz que nas ruas os desafios são grandes, mas a falta de respeito é o pior deles, as vezes até por parte da própria categoria. Ele ressalta que o custo elevado da motocicleta o impede de ter um modelo melhor, então investe na manutenção de sua moto. “A pandemia trouxe um olhar mais humano e com mais união, mais respeito pelo próximo, mas ainda falta melhorar muito”, diz. Hélio finaliza dizendo que ações como essa são de muito valor e deixa uma mensagem aos colegas de trabalho “Paz a todos e muita saúde, não percam a fé”, finaliza.


Ainda na fila, nos chamou atenção a Vitória Alves de 19 anos, que entrou na profissão pela falta de oportunidades no mercado de trabalho. Ela diz que o preconceito é muito grande com mulheres entregadoras, a falta de atenção e de respeito no trânsito é o maior desafio das ruas na opinião dela. Vitória considera que o evento é uma boa iniciativa para incentivar a categoria. E que os aplicativos precisam rever o valor pago por quilômetro rodado. Murillo Oliveira, 25 anos, apaixonado por motos ele escolheu a profissão. Disse que falta apoio

para a categoria que batalha muitas vezes 10 por dia na moto. Como os outros colegas Murillo relata que a condição dada pelos aplicativos é muito predatória, que não tem direitos e nem benefícios. “Nas ruas falta respeito e atenção no trânsito de todos os lados”, diz o entregador. Ainda na opinião dele a pandemia trouxe mais valor para a humanidade, mais sentido de família e solidariedade. Ele gostaria que a categoria fosse mais valorizada.


Sua Moto em Detalhes

O PNEU CERTO FAZ DIFERENÇA? Anfamoto, Abraciclo, Anip e Simefre unem esforços para alertar aos consumidores os riscos do pneu “remold”. Mesmo antes da pandemia a indústria brasileira de

Com isso, consequentemente, houve aumento no con-

pneus para motocicletas vinha enfrentando grandes

sumo de pneus. Mesmo assim, no segundo bimestre

desafios. Os fabricantes de pneus de moto apresen-

houve uma leve desaceleração no mercado de reposi-

taram uma rápida resposta ao ápice da Covid-19 em

ção, mas ainda há chance de recuperação em 2021. A

2020, assim como a indústria nacional de pneus como

indústria de pneus para motocicletas representa cerca

um todo. Para 2021 os números se mostravam ao

de 28,8 mil empregos diretos e 819 mil indiretos e fa-

menos próximos dos anos anteriores, mas em que-

vorece cerca de 6.000 empregos diretos e indiretos na

das constantes após março. Em junho e julho, contu-

cadeia para trás, que são os seringueiros que fornecem

do, os resultados foram piores do que o mesmo mês

borracha natural. Esses dados servem para alertar sobre

em 2018 e 2020, ficando próximo apenas dos valores

a propositura do PDL 711/2019, de autoria do deputado

de 2019. Os primeiros resultados de 2021 mostra-

federal Celso Maldaner (MDB/SC), que tem por objeti-

ram que as vendas estavam fortes,

vo suspender o Art. 6º da Portaria INMETRO 554/2015,

entretanto foram perdendo essa

que proíbe o serviço de reforma de pneus destinados ao

força e apresentando quedas su-

uso em vias públicas para motocicletas, ciclomotores,

cessivas, até chegar em junho e

motonetas e triciclos, para atender ao estabelecido na

julho abaixo dos anos anteriores.

Resolução Contran No 158/2004.

Esse cenário se deve a escassez

Como é sabido, a motocicleta tem apenas dois pon-

de matérias-primas, aumento do

tos de contato com o solo, dessa forma os pneus

custo de importação e transpor-

têm uma importância muito grande, pois influem di-

te, falta de contêineres tanto para

retamente na frenagem, na condução e dirigibilidade

importar matérias-primas como

da moto. Por esse motivo que a motocicleta vem de

para exportação. Associado a es-

fábrica com pneus projetados por engenheiros que

ses fatores temos a valorização do

sabem perfeitamente qual deve ser instalado e qual

Real frente ao Dólar. Já no mercado

terá a melhor performance. Ou seja, o pneu da moto

de reposição a pandemia gerou um

não foi projetado para ter uma segunda vida. A car-

grande crescimento de motos circu-

caça, que serve de estrutura do pneu, ao final de sua

lando em todo o país, principalmen-

vida útil, sofre um grande desgaste, não servindo assim

te de entregadores por aplicativos,

para ser reformado. Além disso, a inspeção visual feita

bem como com o receio de utilizar

pelos reformadores para definir se as carcaças podem

o transporte coletivo fez com que

ser reformadas não é capaz de detectar problemas es-

muitas pessoas optassem por um

truturais, para assim assegurar se pode receber uma

transporte individual, a motocicleta.

reforma. Vale ressaltar, inclusive, que por conta do re-

28

Anfamoto em Revista - Edição 156


duzido material que fica na carcaça, dificulta a raspagem e há grandes possibilidade de haver irregularidades no processo de reforma, podendo formar rugas, bolhas e má adesão do material, o que afeta diretamente a dirigibilidade, e interfere também na sua geometria e assimetria, e potencializa o risco de acidentes. A fabricação e comercialização dos pneus remold é proibida, mas falta fiscalização. Há necessidade urgente de fiscalização nos estabelecimentos que fabricam e comercializam esse tipo de pneu, seja no âmbito virtual ou físico, para inibir a prática. Vale lembrar que na hora da compra o pneu remold parece ser convidativo, mais adiante pode trazer grande prejuízo. Além do risco de acidente, se o motociclista for flagrado

que um pneu novo, dificulta fazer um balanceamento

pela fiscalização, o condutor é autuado com infração

adequado, há risco da soltura da banda de rodagem,

grave, cinco pontos na carteira e multa de R$ 195,23.

aumento considerável no consumo de combustível,

“Quanto aos pneus remold o governo deveria tomar

tempo de frenagem maior, desgaste prematuro, por

uma decisão definitiva sobre o tema. Já que essa titu-

ter um composto de baixa qualidade sem as carac-

beação causa grande insegurança para fabricantes de

terísticas necessárias para um pneu de motocicleta,

pneus, usuários e para os recauchutadores provocan-

além da possibilidade do uso de carcaça com algum

do idas e vindas que só agregam custo ao sistema”, diz

tipo de avaria e sem condições de uso. “Não há van-

Auro Levorin – diretor do departamento de duas rodas

tagens para o consumidor na utilização do pneu refor-

do Simefre. A informalidade também é outro proble-

mado de moto, até porque seu uso é ilegal. O principal

ma que torna a fiscalização muito mais difícil. “Por ser

risco a um eventual usuário desse tipo de pneu está

proibido, os pneus reformados de motos são vendidos

relacionado à segurança e à vida do motociclista”, res-

na informalidade, tornando difícil evitar seu comércio.

salta Klaus Curt Muller – Presidente Executivo da Anip.

Acredito que a opção de comprar ou não, depende do

Para auxiliar o consumidor na identificação de um

nível de informação que o cliente tem com relação aos

pneu original e de um pneu remold, o consumidor deve

riscos. Apesar das informações divulgadas pela mídia

observar que todo pneu novo de moto comercializa-

alertando os riscos, a prática do uso de pneus refor-

do no Brasil tem marcado na sua lateral o número de

mados lamentavelmente ainda é expressiva”, relata

registro Inmetro, atribuído ao seu fabricante e/ou im-

Silvio Grecco, Gerente Industrial da Rinaldi.

portador e demonstra conformidade com o processo

As desvantagens para quem utiliza esse tipo de pneu

de avaliação. O pneu reformado, tal qual previsto no

são muitas. O pneu remold além de proibido, como já

regulamento do Inmetro que dispõe sobre o serviço de

mencionamos, tem durabilidade 30 a 40% menor do

reforma de pneus, prevê que o reformador deve mar-


Sua Moto em Detalhes car no pneu reformado o seu número de registro In-

Nem sempre a inspeção visual é capaz de detectar,

metro, bem como a expressão REFORMADO. Mas por

por isso verifique sempre o indicador de desgaste

serem proibidos, o eventual pneu de moto reformado

da banda de rodagem, o TWI (Tread Wear Indicator).

não possuirá tal número de registro correspondente

Todo pneu original conta com o TWI, um filete de

ao reformador e tão pouco indicará o número de regis-

borracha disposto transversalmente aos sulcos em

tro original do pneu novo, sob titularidade do seu fa-

alguns pontos da banda de rodagem. Quando esse

bricante e/ou importador. “O pneu original é aprovado

filete ficar aparente, no mesmo nível da banda de ro-

pelo Inmetro, que estampa um selo na lateral da peça.

dagem está na hora de trocar o pneu. “É importan-

O processo de fabricação dos pneus originais possui

te ressaltar que os pneus são os principais itens de

alta tecnologia e obedece aos mais atuais critérios de

segurança para o condutor da motocicleta, devendo

segurança e qualidade. Enquanto o pneu remolda-

estar em excelentes condições por serem as únicas

do é apenas uma capa sobre uma carcaça antiga de

áreas que estão em contato com a superfície, quer

pneu”, alerta Everton Carlos de Souza, coordenador

na estabilidade da moto, quer na frenagem, acelera-

de Marketing Maggion. Outro ponto importante é que

ção ou ainda nas curvas”, orienta Fabiano Castellani

pneus remold não possuem nenhum tipo de garantia

– diretor comercial da Pneus Technic.

ao consumidor, já o original oferece cinco anos de ga-

Em 2019, o Inmetro realizou um estudo técnico sobre

rantia contra eventuais defeitos de fabricação.

pneus de motocicleta, ficou claramente comprovado a

É importante também que o motociclista esteja aten-

impossibilidade de se recauchutar um pneu de moto.

to à hora de trocar os pneus e tome alguns cuidados.

Segundo o estudo a deformação plástica do talão,

Manter sempre a pressão dos pneus conforme indi-

correspondem a 71,2% dos defeitos encontrados nos

cado no manual do fabricante de sua moto.

pneus reformados. Foram realizadas inspeções visuais

É uma questão fundamental para

em todas as 95 amostras utilizadas no estudo, sendo

segurança e durabilidade. Pressão

que 36 amostras são de pneus novos e 59 amostras

abaixo do recomendado é peri-

de pneus reformados. Os pneus novos apresentaram

goso, os pneus vão esquentar e

0% de defeitos nas amostras analisadas e 91,5% dos

podem falhar prematuramente,

pneus reformados apresentaram pelo menos um de-

causam desconforto e instabili-

feito em cada amostra analisada. Após a conclusão do

dade na condução da moto. Ex-

estudo técnico o Inmetro aponta que em termos de

cesso de pressão também não

aspectos construtivos os pneus novos apresentam

é bom, os pneus ficam sujeitos

homogeneidade das amostras, controle do processo

a cortes, furos ou quebra de sua

produtivo, alta previsibilidade e baixa variabilidade. Já

estrutura interna se submetidos

os pneus reformados apresentam heterogeneidade

a grandes impactos. A vida útil do

das amostras, não há controle do histórico do uso de

pneu também depende de inúme-

suas carcaças, baixa previsibilidade e alta variabilida-

ros fatores, inclusive dos hábitos

de. “Nesse trabalho, muito bem elaborado, que avaliou

de condução da moto. Os pneus

pneus novos e reformados, ficou claramente demons-

devem ser trocados quando o

trado os riscos do uso do pneu reformado em moto-

usuário detectar alguma anoma-

cicletas. Esperamos que Inmetro continue baseando

lia, desgaste excessivo ou avaria.

suas decisões em critérios técnicos, lembrando que

30

Anfamoto em Revista - Edição 156


em nenhum país do mundo o pneu reformado é regulamentado para uso em vias públicas”, comenta Sérgio Oliveira – gerente de relacionamento da Abraciclo. Os impactos econômicos do uso dos pneus remold são extensos e muito danosos. Para cada pneu remold fabricado deixamos de fabricar um pneu novo. Além dos impactos em termos de tributos e mão-de-obra, especialmente em Manaus que é hoje um grande produtor de pneus. Levando-se em conta que na fabricação de um pneu novo o impacto é para trás, ou seja, toda a cadeia de fornecimento de matéria prima, mão de obra e serviços prestados para a produção dos pneus, impactando ainda a cadeia distribuição e somado a esses fatores a contribuição e benefícios que

atender a requisitos de segurança estabelecidos pelo

essa indústria traz à coletividade local gerando emprego

CONTRAN, seguindo uma tendência de harmonização

e renda. Levando-se em consideração que a recauchu-

global, e o Brasil regulamentar o uso do pneu reforma-

tagem é uma atividade de prestação de serviços muito

do, prática que não existe em nenhum país do mundo.

pouco desses tributos seriam recuperados com a pro-

E com cada vez mais campanhas internacionais de

dução de pneus recauchutados. O impacto socioam-

segurança viária, da qual o Brasil é signatário. “Faço

biental também é considerável, pois as indústrias insta-

um apelo aos parlamentares que estão avaliando PDL

ladas em Manaus, tem uma característica diferenciada,

711/2019, que pensem nos motociclistas que vão uti-

utiliza borracha natural do extrativismo da Amazônia.

lizar esse tipo de pneu e que podem não voltar para

Em função da nova demanda dos recauchutadores,

casa ao fim de um dia de trabalho, por terem sofrido

recentemente a Anfamoto, Abraciclo e Simefre, enca-

um acidente fatal. Sem contar os inúmeros prejuízos

minharam documento à Câmara dos Deputados, com

que toda a cadeia produtiva sofrerá. A Anfamoto é

posicionamento conjunto de contrariedade ao uso dos

contrária a todo e qualquer tipo de ação que ponha em

pneus remold e com qualquer proposta que tenha

risco a vida do motociclista. Diante de um assunto tão

como objetivo regulamentar o uso desse tipo de pneu

importante o governo deveria voltar aos olhos e fisca-

em motocicletas, especialmente por se tratar de um

lizar eficientemente os que atuam na informalidade,

item fundamental que afeta diretamente a segurança

produzindo e comercializando pneus remold”, fala Or-

dos motociclistas. As entidades primordialmente se

lando Cesar Leone – Presidente da Anfamoto.

preocupam com a segurança dos motociclistas. Não faz sentido regulamentar algo que os próprios fabricantes de pneus já afirmaram ser tecnicamente impossível de se fazer. É um contrassenso o fabricante


CADERNO DUAS RODAS CHEGOU AO BRASIL A YAMAHA FAZER 250 INSPIRADA NA MOTO GP

Chegou, no final de julho ao Brasil, a nova Yamaha Fazer FZ25. Também recentemente, a filial indiana da Yamaha revelou a FZ25 MotoGP Edition, versão que traz os grafismos que remetem aos da YZF-M1 que são pilotadas por Fabio Quartararo e Maverick Viñales. As novidades ficam por conta do grafismo, pois na mecânica não muda muita coisa. O motor é mesmo monocilíndrico SOHC de 249 cm3 refrigerado a ar e óleo, já homologado para as normas Euro5. Também traz os mesmos itens disponíveis nas demais versões das oferecidas na Índia, painel de instrumentos em LCD negativo, iluminação em LED, rodas de 17 polegadas com freio a disco e ABS de dois canais. Há também uma versão mais elaborada a FZS 25. A nova Fazer FZ25 ABS chegou às concessionárias Yamaha no Brasil, na segunda quinzena de agosto, em três opções de cores, o clássico azul da marca, preto e vermelho.

TRIUMPH TRABALHA NO

DESENVOLVIMENTO DA TIGER SPORT 660 A Triumph anunciou oficialmente, no fim de agosto, que vem trabalhando no desenvolvimento da Tiger Sport 660, que é a aposta da marca para o segmento das Crossovers de média cilindrada. Junto com o comunicado oficial foram apresentadas as primeiras imagens do modelo, que está em fase final de testes, porém não deu muitos detalhes sobre o modelo e nem sobre seu lançamento. As fotos ainda mostram uma crossover camuflada, mesmo assim é possível ver atributos comuns em modelos desse segmento, como carenagem frontal e para-brisa. Outro detalhe marcante em sua frente é o conjunto ótico, que traz um duplo farol de LED. É possível que o modelo utilize o mesmo motor da Trident 660, modelo que deve chegar ao Brasil em 2022. O chassi também deve ser o mesmo da Trident, com diferenças na parte traseira do quadro, outra parte que também deve ser compartilhada com a Trident é a eletrônica, terá uma central com dois modos de pilotagem, controle 32

Anfamoto em Revista - Edição 156

de tração, acelerador eletrônico e módulo bluetooth que permite integração com smartphones e GoPro. A Triumph deve revelar em breve novas informações sobre o modelo, bem como informações sobre o lançamento global. Provavelmente a moto será revelada no outono europeu e terá como rivais, no exterior, modelos como Kawasaki Versys 650 e Suzuki V-Strom 650. Não se sabe também se a Tiger Sport 660 virá para o Brasil.


HONDA BROSS 2022 ESTARÁ DISPONÍVEL EM SETEMBRO A Honda Bross é uma das motocicletas vais vendidas do país nos últimos 20 anos, somando mais de 2,5 milhões de unidades vendidas desde o seu lançamento em 2003. E em 2002 a moto segue disponível em versão única e teve seu visual renovado. Recebeu sanfonas de proteção nas bengalas na dianteira, mudanças no tanque, nas carenagens laterais e do farol. A Bross 2022 possui partida elétrica e câmbio com cinco velocidades e relações de marcha adaptadas ao seu perfil on-off road. A embreagem tem acionamento mecânico e é do tipo multidisco banhada a óleo, enquanto a transmissão secundária usa corrente. A Broos 2022 chega às concessionárias em setembro, disponível em três cores: vermelho, branco e preto. Com garantia de três anos sem limite de quilometragem e sete trocas de óleo gratuitas.

COM APENAS 500 UNIDADES FOI REVELADA A HARLEY STREET GLIDE SPECIAL ARCTIC BLAST LIMITED EDITION Foi revelada no 81º Motorcycle Sturgis Rally, a Harley-Davidson Street Glide Special Artic Blast Limited, que será colocada em linha ainda 2021 com a exclusiva pintura artesanal Arctic Blast, que será oferecida em uma única versão branca perolizada com um azul escuro metálico. O esquema de cores personalizado, é exclusivo e pintado à mão pelos artesãos do Gunsliger Custom Paint, em Golden no Colorado, que é o lar de um renomado grupo de pintores, designers e artistas com décadas de experiência, e que fornecem componentes pintados sob medida para a equipe de operações de veículos personalizados da Harley (CVO) e motocicletas de edição limitada. A moto terá apenas 500 unidades em todo o mundo e cada uma chancelada com o número de série no tanque de combustível. A Street Glide Special é uma bagger inspirada nos hot-rod americanos que combina conforto para longas distâncias e estilo personalizado.


DICAS & LANÇAMENTOS

#1 Nasa

#2 Maxx Premium BR

#3 GVS GVS lança Pisca Completo POP 110i

Lançamento da linha 901, o Army Cinza, um capacete fechado com óculos interno, design aerodinâmico produzido em resina termoplástica ABS de alta pressão, leve e resistente, possui viseira de 2.1 mm com proteção UVA e UVB, com 3 pontos de fluxo de ar, sendo 2 entradas e 1 saída, além do óculos interno (Sun Visor) com fácil acionamento manual. Army, a força e a resistência que você precisa para se sentir seguro!

Agora a Maxx Premium também tem uma nova linha de produtos nacionais! A marca que sempre traz novidades, agora apresenta seus primeiros lançamentos com a mesma qualidade de sempre. A qualidade Maxx Premium que você conhece, agora estará com a sua linha nacional, intitulada como Maxx Premium BR

MAIS INFORMAÇÕES: (11) 3335-4955

MAIS INFORMAÇÕES: (11) 2475-7000

#4 Montanna

#5 Melc

A Valflex ampliar sua linha de filtros de combustíveis e disponibiliza no mercado o filtro de combustível Fazer 150/250 / Tenere 250 / Factor 150 / Crosser 160 2016 E.D 250, conheça nossa linha completa acessando nosso site www.valflex.com.br. Email: valflex@valflex.com.br

A RETRO MELC chega ao mercado com o que há de mais moderno em maquinário. Capacidade produtiva de 20 mil pares de retrovisores por dia, produtos de alta qualidade e espelhos com cortes padronizados, que permitem melhor acabamento nas laterais e encaixe perfeito. Acesse: melc.com.br e saiba mais!

MAIS INFORMAÇÕES: (11) 2317-3388

34

Anfamoto em Revista - Edição 156

MAIS INFORMAÇÕES: (11) 4815-9200

A GVS, líder na fabricação de Retrovisores e Piscas, lançou recentemente o PISCA LATERAL – POP 110i. Este lançamento é similar ao produto original, tanto em dimensões quanto na qualidade das matérias primas utilizadas. Opção de cores: Âmbar, Fumê e Cristal

MAIS INFORMAÇÕES: (11) 4486-2611


Lista de Associados

FABRICANTES A.A.S. Moto Ind. e Com.(Pedro A. Souza) R. Centralina, 268-A 08410-100 - São Paulo - SP Tel.: (11) 2961-6902 - Fax.: (11) 2961-4665 E-mail: aasmoto@ig.com.br Fabricante de Guarnição para ponteiras de escapamentos e elementos para filtro de ar (espuma) Alba Industrial Impermeáveis Ltda Rua Fernão Pompeu de Camargo, 835 Jd. Trevo - 13041-025 - Campinas -SP Tel.: (19) 3272-9821 / Fax: (19) 3272-9795 Site: www.albaindustrial.com.br Fabricante de conjuntos impermeáveis, capas p/ motos, sobre botas, luvas, casacos, blusões e mochilas Arbyn Favaro Tecnometal R. Eng. Guilherme Cristiano Frender, 1.114 Aricanduva 03477-000 São Paulo- SP Tel.: (11) 2727-3777 / Fax: (11) 2722-1444 E-mail: arbyn@arbyn.com.br www.arbyn.com.br AWA Motos Rua Lavineo de Arruda Falcão, 1272 14808-390 – Araraquara – SP (16) 3301-1890 E-mail: marina.murari@awamotos.com.br Site: www.awamotos.com.br Baterias Heliar Av. Antonio Carlos Cômitre, 540 6º andar Campolim 18047-620 Sorocaba-SP Tel.: (11) 3416-8125 Site: www.heliar.com.br Brandy Indústria e Comércio Ltda. Rua: Caconde 660 - Salgado Filho 14079-016 Ribeirão Preto - SP (Ref.: Marginal da Rod.Anhanguera Km 317) Tel (16) 3995-9955 / Fax (16) 3995-9953 e-mail: brandy@brandy.com.br Site: www.brandy.com.br Fabricante de: Coxim, pastilhas, guia, tensor, filtros, reparador, lubrificantes e linha de óleos. Brake Shoes Ind. e Com. de Materiais de Atrito Eireli – EPP Rua Eng. Frederico Fischer Junior,95 09411-080 – Ribeirão Pires – SP Tel.: (11) 4822-7171 E-mail: adm@fischerfreios.com.br

BRV Ind. De Artigos Plast. Metal. Ltda Rua Ituverava, 89 03151-020 – São Paulo – SP Tel.: (11) 2273-7329 Site: http://brvmoto.wix.com/brv-moto# Fabricante de Borrachas e plásticos.

Danidrea Ind. e Com. Ltda.

Cerâmica e Velas de Ignição NGK do Brasil Ltda.

Freios, Buchas p/ Suspensão,Travas p/ Coroa.

Estrada Mogi - Salesopolis, Km 9 - Cocuera

08701-970 – Mogi das Cruzes - SP Tel (11) 4793-8000 Site: www.ngkntk.com.br Fabricante de Velas de ignição, cabos de ignição, terminais supressivos e sensores de oxigênio Cia Magnetron Ind. E Com. de Componentes Alameda Arpo, 760 – E 83210-290 – São José dos Pinhais – PR 41-3381-8800 www.magnetron.com.br Cometa Ind. e Com. de Moto Peças Ltda. R. Sitha, 301 Jd. Inamar 09981-070 Diadema – SP Tel (11) 4091-1517/Fax (11) 4091-6006 Site: www.cometamoto.com.br Fabricante de manetes, manicotos e pedais. Controlflex - Ind. Cabos Comando Ltda. R. Carmelina Garcia, 790 – Altos da Fortaleza 18113.010 - Votorantim - SP PABX: 15 3353.9000 – SAC 0800 10 6969 Site: www.controlflex.com.br Corteco América do Sul- Freudenberg Av. Piraporinha, 411- Jd. Oriental 09950-902 - Diadema - SP Tel (11) 4072-8000 Site: www.corteco.com.br Fabricante de retentores e selos haste de válvulas, Juntas de motor, reparo da direção hidráulica, kit câmbio, filtros de ar-condicionado e kit de roda com e sem rolamento Coyote Comércio e Exportacao de Escapamentos e Acessórios eireli Rua José Antonio Rosas, 300 14095-160 – Ribeirão Preto – sp Tel.: 16-32346593 Site: www.coyoters.com Dagostin / Maximo Fabr. De Peças p/ Motocicletas - Máximo Rod. SC 443, Km 17,9

B. Graziela

88830-000 Morro da Fumaça – SC. Tel (48) 3434-4711 Site: www.exijamaximo.com.br Fabricante de retrovisores para motocicleta.

R. Aristides Crivellaro, 474 Morro das Pedras 13279-813 Valinhos – SP Tel (019) 2136-0888 E-mail: danidrea@danidrea.com.br Site: www.danidrea.com.br Fabricante de Caixa de Direção, Reparos p/

Deltacapas Comercial e Industrial Ltda Av.: Das Industrias, 750 – prédio: 02 – modulos: 04 e 05 Dstrito Industrial 94930-230 Cachoeirinha-RS tel.: (51) 3238-4000 - fax: (51) 3238-4004 Demtec Artefatos de Borracha Ltda. Rua: Maria Rosa de Jesus, 200 V. Sto. Antonio 08534-030 Ferraz de Vasconcelos – SP Tel.: (11) 2280-3661/4674.5435 Call free- 0800.707.3661 e-mail: vendas@demtec.com.br site: www.demtec.com.br Fabricante de Coletores de Admissão, Bucha da Coroa e Coxim. EBF Ind. e Com. de Artefatos Plásticos Ltda Rod. Eng. Ermênio de Oliveira Penteado, km 54,5 13340-600 – Indaiatuba – SP Tel.: 19-3825-4460 E-mail: sac@ebfcapacetes.com.br Site: www.ebfcapacetes.net.br Fabricante de Capacetes EBF VAZ - Ind. Com. Ltda. Av. Arquimedes, 615 - Cx.Postal 00436 13211-840 - Dist. Indl. Jundiaí - SP Tel (11) 4585-3900 /Fax (11) 4582-1613 E-mail: clientes@ebf.com.br Fabricante de Coroas, Pinhões e Engrenagens. Ebram Metalurgica Imp. Exp. Ltda R. da Primavera, 194 09980-040 Diadema – SP F. (11) 4051-2066 Fax: (11) 4051-2066 E-mail: ebramvendas@yahoo.com Site: www.aronipmotos.com.br Fabricante de Aros e raios EGK Motoparts Ind. e Com. Ltda R. Iolando Ribeiro Boaventura, 394 Jd.Maringá 03525-120 São Paulo – SP Tel/Fax: (11) 2021-2491 www.egkmotoparts.com.br E-mail:vendas@egkmotoparts.com.br Fabricante de correntes de comando, filtro de ar, filtro de óleo e caixas de direção


Lista de Associados

Eninco Eng. Ind. e Com. Ltda. Tel (43) 3571-8640 Site: www.eninco.com.br Fabricante de raios e aros em alumínio e aço para motos e bicicletas. Fischer Pastilhas e Freios Especiais Rua Eng. Frederico Fischer Jr., 75 09411-080 – Ribeirão Pires – SP Tel.: (11) 4822-7171 - Fax: (11) 4822-7193 Vendas: (DDR) (11) 4822-7181 E-mail: vendas@fischerfreios.com.br Site: www.fischerfreios.com.br Fabricante de pastilhas de freio, patins e discos de embreagem. FNA - Fábrica Nac. de Amortecedores Ltda. AV. Perimetral Bruno Segalla, 11.114 -Kayser 95098-752 - Caxias do Sul - RS Tel: (54) 3213.6500 - Fax: (54) 3213.6511 E-mail: vendas@fna.ind.br Site:www.fna.ind.br Fabricante de Amortecedores e cilindros Fras-le S/A Rod 122, km 66,1 nº 10945 95115-550 – Caxias do Sul – RS 54-3239-2000 www.fras-le.com

GVS SPORT Ind. e Com. de Peças Ltda Estrada Municipal, 1840 - Jundiazinho 07600-000 Terra Preta Mairiporã - SP Tel: (11) 4486-2611 Fax: (11) 4343-5012 Site: www.gvssport.com.br Fabricante e retrovisores Impacto Peças para Automotores Ltda (Motobor +) Rua Dom João V, 266 05075-050 - São Paulo-SP Tel.: (11) 2365-5006 Site: www.motobormais.com.br Ind. e Com. de Motopeças Chapam Av. Longarone, 1329 - Bairro De Villa 88840-000 - Urussanga - SC Tel/Fax (48) 3465-1453/3465-3290 Email: chapam@terra.com.br Site: www.chapam.com.br Fabricante de alças, antenas, bagageiros, cavaletes, guidões, pedai de freio, protetores, suportes diversos, etc. Industrial Levorin S.A. Avenida Monteiro Lobato,nº 2641, 07190-901 - Guarulhos - SP Telefone: 11-2464.6610, 11-99249.2439

GEMOTO R. 28 de Junho, 386 V. Morangueirinha 87040-280 Maringá – PR Tel/fax (44) 3028-8559 Site: WWW.gemoto.com.br E-mail: gemoto@gemoto.com.br Fabricante de: escapamentos, guidões, pedais de partida,pedais de apoio (estribos), cavalete laterais, suporte aranha de farol Goaltech Produtos Químicos Ltda Av. Gupé, 10397 sl.03 06422-120 – Barueri - SP 11-4195-0550/ 11-2533-3250 Email: smarcon@gulfairbrasil.com Gow Helmets Indústria e Comércio Ltda Av. Riachuelo, 73 76970-000 Pimenta Bueno – RO F. (69) 3451-2550 E-mail: gow@gowcapacetes.com.br Fabricante de Capacetes Grua Ind. e Com. Ltda. R. Prof. João Machado, 325 - Freguesia do Ó 02927-000 - São Paulo - SP Tel (11) 3931-0891/Fax (11) 3931-5744 Site: www.grua.com.br Fabricante de cabos de comando, bucha da coroa e da balança, ferramentas especiais.

36

Anfamoto em Revista - Edição 156

Email: fcentofanti@levorin.com.br www.levorin.com.br Jeskap Ind. Com. Imp. Exp. Ltda – Epp Rua Pedro Criste, 65 06900-000 – Embu Guaçu – sp (11) 4661-8020 E-mail: adm@jeskap.com.br Site: www.jeskap.com.br Krieck Componentes Mecânicos LTDA ROD. BR 470 Nº 4521 89130-000 – Indal – SC 47-3333-1991 www.krieck.com.br administrativo@krieck.com.br Maggion Ind. de Pneus Máquinas Ltda RUA JOSÉ CAMPANELLA, 467 07112-100 – GUARULHOS – SP Tel.: 11-2229-9200 Site: www.maggion.com.br Marelli Cofap do Brasil Av. Manoel da Nóbrega, 196 09380-120 - Mauá - SP 0800 019 4054 www.mmcofap.com.br

Megaville Ind. e Com. de Peças para Motocicletas Ltda. Rua: Candeias, 225 89233-410 - Joinville - SC Tel/Fax (47) 3426-3302 E-mail: vendas@industriamegaville.com.br Site: www.industriamegaville.com.br Fabricante de bobinas, estatores linha completa, chicotes, baterias 2,5 amp á 7 amp., rele de partida e de pisca, cdi e retificadores, porta escovas e reparos, pedal de partida, camara de ar, guidão / suporte do báu, cachimbos de vela, coxim e bucha da coroa, protetor de mão, trava pneu, linha motoserra / modulo e pinhão, volante magnético. Melc Ind. e Com. Ltda. Av. Armando Giassetti, 501 Torres S. José 13214-525 Jundiaí – SP Tel.: (11) 4815-9200/9202 Site: www.melc.com.br Fabricante de Peças Plásticas em geral. Metalúrgica Fortuna Ltda. Rod. Marechal Rondon, KM 517 (600 mts) 16204-104 - Birigüi - SP Tel (18) 3642-3846 / Fax (18) 3641-1052 E-mail: vendas@fortunaescapamentos.com.br Fabricante de Escapamentos p/ motocicletas MGL Mecânica Grizante Ltda. R. Maria Aparecida Dequeche, 1365 Distr. Indl. João Batista Caruzo 13848-662 - Mogi Guaçu - SP Tel (19) 3891-2904/ Fax (19) 3891-5789 E-mail: mgl@mglmotos.com.br Site: www.mglmotos.com.br Fabricante de Buchas, molas, porcas, parafusos, etc. MGO Molas Ind. De Motopeças Estrada Vovó Carolina, 2931 08473-370 – São Paulo – SP Tel: (11) 2731-5608 Tel: (11) 2731-5724 contato@mgomolas.com.br MT ACESSÓRIOS Rua Conego Agostinho, 1856 62900-000 – Russas – Ce Tel.: (88) 3411-2305 E-mail: mt.acessorios@hotmail.com Site: www.mtacessorios.com.br Nachi Brasil Ltda Av. João XXIII, 2330 08830-000 Mogi das Cruzes – SP Tel.: (11) 3284-9844 Fax (11) 3284-1751 Site: www.nachi.com.br Fabricante de: Rolamento de rodas, transmissão e virabrequim p/ motocicletas e p/ aplicações auto-elétrico e industrial


Lista de Associados

Nakata Automotiva Av. Fukuichi Nakata – Pavilhão C, 451/539 09950-400 - Diadema - SP 11 3602 8015 www.nakata.com.br Pantaneiro Ind. E Com. De Capas Eireli Rua Visconde de São Leopoldo, 795 93025-400 – São Leopoldo – RS Tel.: (51) 3590-4217 Site: www.pantaneirocapas.com.br Paramotos Ind. Com. e Importação Ltda. Av. Jovino Fernandes Sales, 677 37130-000 - Alfenas - MG Tel/Fax (35) 3291-3355/3392-2630 E-mail: paramotos@uol.com.br Fabricante de peças em plástico p/ motocicletas Plasmoto Ind. Com. e Repres. Ltda.-ME R. Sete de Setembro, 71B 11013-350 Santos – SP Tel/Fax (13) 3234-1211 E-mail: plasmoto@uol.com.br Fabricante de peças de plásticos em geral. Piracapas Capas e Bancos p/ Motoc. Ltda. R. Augusto de Lello, 1.000 13414-132 - Piracicaba - SP Tel (19) 3421-7800/Fax (19) 3421-6455 Site: www.piracapas.com.br E-mail: piracapa@terra.com.br Fabricante de Capas p/ Bancos. Polivisor - Ind. e Com. de Viseiras Ltda-EPP Av. Dr. Comendador Santoro Mirone, 970 13347-300 - Indaiatuba - SP Tel (19) 3935-7352 Fax (19) 3935-1327 Site: www.polivisor.com.br e-mail: polivisor@polivisor.com.br Fabricante de viseiras e acessórios para capacetes.

Polimet Ind. Met. Ltda Av Industrial, 797 - Campo de Boituva 18550-000 Boituva - SP Tel.: (15) 3363-8633 e-mail: polimet@polimet.com.br Fabricante de barras estabilizadoras, bagageiro, escapamento, guidão, protetor, estribo pedais de freio e alças Protercapas Ltda Av. Ângelo Altoé, 2040 – Loja 1 Bananeiras 29375-000 Venda Nova do Imigrantes - ES Tel (28) 3546-6276 SAC 0800-285-3050 Site: www.protercapas.com.br E-mail: protercapas@protercapas.com.br Fabricante de capas e acessórios

Pro-Tork Ind. Com. Equip. P/ Motoc. R. Odilon Leite Rodrigues, 1479 Sala 1 Parque Industrial III 84940-000 - Siqueira de Campos - PR Tel.: (43) 3571-8500 E-mail: marketing@protork.com Site: www.protork.com Fabricante de escapamentos, bagageiros, guidãos, protetores, tanques de combustível, espelhos ProVision Com. de Plásticos e Acessórios Ltda. R. Das Dalias, 214 03202-060 São Paulo – SP Tel.: (11) 2341-4605 Site: www.provisionviseiras.com.br Rinaldi S/A Ind. de Pneumáticos R. Luiz Alegretti, 193 - Licorsul 95700-000 - Bento Gonçalves - RS Tel (54) 3455-7500 / Fax (54) 3455-7575 E-mail: rinaldi@rinaldi.com.br Site: www.rinaldi.com.br Fabricante de Pneus e câmaras de ar Roncar Ind. e Com. Ltda Site: www.roncar.com.br Fabricante de escapamentos, alças de selim, protetores e guidões. Route- Enerbrax Acumuladores Ltda. Av. Rodrigues Alves, 6018 Pq. Paulista 17034-285 Bauru – SP. Tel.: (14) 2107-4000 Fax.: (14) 2107 4001 E-mail: comercial@enerbrax.com.br Site: www.bateriasroute.com.br Fabricante de: Baterias RTO - Ind. e Com. de Artefatos de Borracha Ltda. Av. Itaberaba, 1286 02734-000 - São Paulo - SP Tel (11) 3975-4437 E-mail:rtoretentores@ig.com.br Fabricante de artefatos de borracha, retentores e diafragmas. SKF DO BRASIL LTDA Av. Marginal do Ribeirão dos Cristais, 200 07750-000 - Cajamar - SP Telefone : 11- 4448 8624 www.skf.com Sabó Ind. e Com. de Autopeças S/A R. Matteo Forte, 216 – Lapa 05038-160 São Paulo – SP Tel: (11) 2174-5994 Fax: (11) 2174-5777 E-mail: daniella@sabo.com.br Site: www.sabogroup.com.br Slyck Ind e Com. de Retrovisores Ltda R. José Del Roio, 316 12908-844 - Bragança Paulista - SP Tel /Fax (11) 4603-1331 E-mail: slyckretrovisores@terra.com.br Fabricante retrovisores

SOFAPE Fabricante de Filtros Ltda (Tecfil) Rod. Pres. Dutra, km 213,8 07183-904 – Guarulhos – SP Tel.: 11-2145-5890 Site: www.tecfil.com.br Fabricante de Filtros Soretto Fáb. de Cabos Automotivos Ltda Rua Arthur Rodrigues de Castro, 352 135570-410 São Carlos – SP Tel.: (16) 3411-6688 E-mail: Waldemar@dewan.com.br Site: www.dewan.com.br Sportive Ind. E Com. de Peças p/ Motocicletas Eireli Estrada Geraldo Costa Camargo, 472 galpões 63 e 97/98/99 13187-115 – Hortolândia – SP Tel.: 19-3965-8864 Email: Sportive.plasticos@terra.com.br Fabricante de plásticos para motocicletas

Taurus Blindagens ltda. AV. TAURUS, 10 83.800-000 - MANDIRITUBA – PR (41)3626-8000 www.taurushelmets.com Technic do Brasil Ltda R. Vereador José Nanci, 335 09290-415 Santo André – SP F. (11) 4977-8838 Fax: (11) 4977-8877 E-mail: marketing@pneustechnic.com.br Site: www.pneustechnic.com.br Fabricante de Pneus para motocicleta TMD Friction do Brasil S/A (Cobreq) R. Tupi, 293 - Vila Mariana 13330-000 - Indaiatuba - SP Tel (19) 3894-9783 / Fax (19) 3875-8432 Site: www.cobreq.com.br Fabricante de Pastilhas e Lonas de Freios. TOP Light Av. Armando Giassetti, 501 Torre S.José 13214-525 Jundiaí- SP Tel.: (11) 4815-9202 e-mail: comercial@toplight.ind.br site: www.toplight.ind.br Fabricante de lentes e lanternas traseiras completas. Torbal |Ind. e Com. de Escapamentos LTDA RUA NITERÓI, 499 08573-270 – ITAQUAQUECETUBA – SP 11-4640-1853 www.torbal .com.br compras@torbal.com.br Valflex Juntas e Filtros Ind. Com. Ltda. R. Artur Pereira, 11/13 - JD Iguatemi 08381-580 - São Paulo - SP Tel/Fax (11) 2317-3388 FAX (11) 2917-2595 Site: www.valflex.com.br E-mail: valflex@valflex.com.br Fabricante de Juntas p/ Motos e peças em geral.


Lista de Associados

Valplas Ind. e Com. Motopeças Ltda R. José Del Roio, 501 - JD. São Lourenço 12908-844 Bragança Paulista - SP Tel.: (11) 4603-1331 e-mail: valplas@valplas.com.br site: www.valplas.com.br Fabricante de: Piscas, lentes e lanternas Vedamotors Ind. e Com. de Juntas Ltda Rod. BR-470, 2795, KM 129 Bairro Salto Pilão CEP: 89182-000 Lontras (SC) Brasil Tel.: (47) 3411-0500 E-mail: vedamotors@vedamotors.com.br Site: www.vedamotors.com.br Fabricante de juntas e jogo de juntas, anéis de escape, peças em borrachas, coxim, buchas, filtros de ar, óleo e combustível, biela, kit cilindro, kit pistão, válvula, disco de embreagem, vareta válvula, guarnições, reparo do carburador e injeção, componentes eletroeletrônicos. Vedox Indústria de Motopeças Ltda Loteam. Norte Center, Qdra 02, lotes 7 e 14 Portão 42700-000 Lauro de Freitas – BA. Tel: (71) 3415-6655 Site:www.vedox.com.br E-mail: vedox@vedox.com.br Fabricante de Oring´s, retentores, buchas e guarnições Wabtec Brasil Fab. e Man. de Equipamentos Ltda R. 19 de novembro, 305 - São Cristovão 15910-000 - Monte Alto - SP Tel (16) 3244-5000 / Fax (16) 3243-2046 E-mail: comercial@diafrag.com.br Site: www.wabtec.com Fabricante de Coletores, patins, pastilhas de freio, mesas, cubos, flange e mesas. Wester Ind. e Com Ltda R. Gustavo Zimmermann, 8463 - Bloco A Itoupava Central 89063-002 Blumenau - SC Tel.: /FAX: (47) 3337-5054 Site: www.wester.com.br E-mail: wester@wester.com.br Fabricante de peças e acessórios para moto

ATACADISTAS Abrascort Coml. Import. de Correntes Lt R. Francisco Szurek, 170 Cid Indl 81350-140 Curitiba – PR Tel.: (41) 2169-9999 Fax: (41) 2169-9900 e-mail: vendas@abrascort.com.br Site: www.abrascort.com.br

38

Anfamoto em Revista - Edição 156

Acepeças - C. Acess. e Peças p/ Biciclos Ltda. Av. Tocantins, 56 - Centro 76400-000 - Uruaçu - GO Tel/Fax (62) 3357-1102 Alfa Motos Av. Diogo Naves, 251 – Qd. 8 – Lote 9 74370-695 – Goiânia – GO E-mail: alfamotos.adm@gmail.com Atlanta Com. Repres. Imp. e Exp. Ltda. R. Conselheiro Nébias, 396 01203-000 - São Paulo - SP Tel/Fax (11) 3224-9377 Site: www.atlantamotos.com.br E-mail: atlanta@atlantamotos.com.br Ciclo Cairu Ltda. R. Cairu, 601 Setor Industrial 76970-000 Pimenta Bueno – RO Tel.: (69) 3451-0500 Fax: (69) 3451-2367 e-mail: vendas@ciclocairu.com.br Site: www.ciclocairu.com.br Com. de Motos Matsuo Ltda. R. Guaycurus, 532 05033-001 - São Paulo - SP Tel (11) 3864-2711 Site:www.motomatsuo.com.br Comercial Automotiva Ltda. - DPK R. Edmundo Navarro Andrade, 1700 Pq. Indl. 13031-695 Campinas – SP Tel.: (19) 3772-8649 Fax.: (19) 3772-8655 Site: www.dpk.com.br Comercial Motociclo S/A. R. Francisco Souza dos Santos, 731 1º andar - Jd Limoeiro 29164-153 - Serra - ES DISQUE-PEÇAS: 0800-979 1055 Site: www.motociclo.com.br Evemotos Com. De Motopeças Ltda. – ME Rua Conselheiro Nébias, 407 01203-000 – São Paulo – SP (11) 3221-8575 / 3222-0418 E-mail: contato@evemotopecas.com.br Site: www.evemotopecas.com.br GV1 IMP. E EXP. LTDA Av. Nove de Julho, 3229, Sala 503 Jardim Paulista - São Paulo - SP 01407-000 Hiper Motos Ltda. Av. Ricardo Caran Guimaraes 170 Distrito Industrial 35164-554 - Ipatinga - MG Tel/Fax.: (31) 3801-4000 E-mail: hipermotos@ hipermotos.com.br

Imotopeças Digital de Varejo de Motopeças, Acessórios e Duas Rodas Ltda Av. Nove de Julho, 3229 sls. 506 à 509 01407-000 – São Paulo – SP Tel.: 11-3539-6811 Email: imotopecas@imotopecas.com.br Site: www.imotopecas.com.br INTERNACIONAL FORTUNE BUSINESS R. Urbano Santos, 547. 07182-320 – Guarulhos - SP 11- 2087-7755 www.ifbimport.com.br comercial@ifbimport.com.br L.M. Moto Av. Brasil, 2420 35590-000 - Lagoa da Prata - MG Tel.:0800-702-4044 Site: www.lmmoto.com.br E-mail: contato@lmmoto.com.br Lagoa Motoparts R. José Américo de Almeida, 14 30520-230 - Belo Horizonte - MG Tel/Fax (31) 2121-0005 Site: www.lmp.com.br Láquila Peças Ltda. R. Riciere Bernardi, 283 Campo Fundo 83430-000 Campina Grande do Sul – PR Tel (41) 3012-6333 Site: www.laquila.com.br Leone Motoparts Solutions R. General Osório, 691 01213-003 - Santa Ifigênia - SP wleoneoriginalparts@gmail.com Montanna Distribuidora de Motopeças Ltda. R. Ásea, 97 - Vl. Monteiro Lobato 07190-020 - Guarulhos - SP Pabx (11) 2475-7000 Site: www.montanna.com.br MarkC&A Com Dist E Import Ltda R. Cel. Carvalho, 2978 Barra do Ceará 60.341-630 Fortaleza - CE Tel.: (85) 3304-7000 Melo Distribuidora de Peças Ltda R. Tefé, 487 – praça 14 69020-090 Manaus – AM Tel.: (92) 2121-4000 Site: www.melopecas.com.br Motospirit R. Urbano Santos, 151. 07182-320 – Guarulhos - SP 11- 2087-7750


Lista de Associados

Moto Nanuque Ltda. Av. Mucuri, 1.587 - Centro 39860-000 - Nanuque - MG Tel (33) 3621-4321/Fax (33) 3621-4070 Mundopeças do Brasil Ltda. R. Edgar Linhares, 499 - Nova Esperança 88336-210 - Balneário Camboriú - SC Tel.: (47) 3366-1728 / (47) 3366-0449 e-mail: mundopecas@mundopecas.com.br Site: www.vmg-far.com.ar / www.amortiguadoresfar.com.ar Orleon Motopeças R. Gal. Osório, 521 Santa Efigênia 01213-001– São Paulo – SP. Tel.: (11) 3225-2233 e-mail: orleonmotos@terra.com.br Pellegrino Distribuidora de Autopeças Ltda Rua Ernesto de Castro, 37 – Mooca 03042-900 – São Paulo – SP Tel.: 0800-178288 Site: www.pellegrino.com.br Quality e Winner Motors Importacao e Exportacao Eireli RUA BAHIA 383 cep. 06401-147 BARUERI SP Tel.: 11 2134 3400 site: winner-motors.com.br RCC Coml. Import. Ltda Av. Camara Filho, 1723 QD. 125 LT 20 74375-150 Goiania – GO Tel/Fax:(62) 3519-1999 e-mail: Elton@rcccomercial.com.br Site: www.rcccomercial.com.br RCL Peças Ltda Rodov. RN 117, nº 450 Dr. Sebastião Maltez 59780-000 Caraubas – RN Tel.: (84) 3337-2547 Fax.:(84) 3337-2924 E-mail rclvendas@hotmail.com R. Damásio o (Ceará) Importação de Peças e Acessório Ltda R. Felix Pacheco, 866 Centro 64001-160 Teresina – PI Tel.: (86) 3131-8300 Fax: (86) 3131-8444 E-mail: rdamasio@rdamasio.com.br RPR Motopeças – CAR Central Rua Ernesto de Castro, 37 – Mooca Cep: 03042-900 – São Paulo – SP Tel.: 11-2168-6000 Fax: 11-2168-6006 Site: www.rpr.com.br

Sandro Motos R. Vitorio Gasparo, 160 Mini Indl. Adail Vetorazzo 15046-768 S. José do Rio Preto- SP Tel.: (17) 2139-9999 E-mail.: sandro@sandromotopecas.com.br SBS Com. de Veículos Ltda. R. Visconde do Rio Branco, 320 14015-000 Ribeirão Preto – SP Tel (16) 3977-2777 E-mail: sbs@convex.com.br SK AUTOMOTIVE DISTRIBUIDORA DE AUTOPEÇAS LTDA AV. PRES. CASTELO BRANCO, 7777 05034-000 – SÃO PAULO – SP 11-3616-0622 www.skautomotive.com.br Tmac Comércio de Autopeças Ltda Rua Dias da Silva, 479 02114-001 – São Paulo – SP Tel.: (11) 3542-1738 E-mail: alex@tmacimport.com.br UNIFORT LTDA AV. AMAZONAS, 4333 32602-505 – BETIM – MG (31) 2191-5500 www.unifort.com.br Victor Moto Peças Av. Jabaquara, 402 / 406 04046-000 - São Paulo - SP Tel (11) 2275-8478/Fax (11) 2275-9804 Site: www.victormotopecas.com.br e-mail: comercial@victormotopecas.com.br Wing Com. Moto Peças Ltda R. Gal. Osório, 495 01213-000 - São Paulo - SP Tel: 0800 772 22 02 - (11) 3223-1107 Fax: (11) 3223-6613 e-mail: vendaswing@wingmotos.com.br www.wingmotos.com.br

LOJISTAS Moto Boutique JK Comércio Ltda. Av. Juscelino Kubtschek, 835 Vl. Nova Conceição 04543-010 São Paulo – SP Tel.: (11) 2579-4076 Moto TEC R. Florianópolis, 1231 Guanabara 89207-000 Joinville – SC Tel.: (47) 3426-2901 Fax: (47) 3427-1335 Site: www.mototecracing.com.br e-mail: mototec_racing@hotmail.com

Nova Suzuki Com. Import. Export. Ltda. Al. Jurupis, 1415 Moema 04088-004 São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 5531- 1455 e-mail: gado@nacar.com.br Site: www.novasuzuki.com.br Promotos Com. de Peças e Motos Ltda Av. XV de Novembro, 300 Centro 86300-000 Cornélio Procópio – PR Tel.: (43) 3524-2040 Fax: (43) 3523-2002 Site: www.promotos.com.br E-mail:falecom@promotos.com.br Wal Custom R. General Osorio 604 - Shopping General Lojas 12, 13, 14 Santa Efigênia 01213-010 –São Paulo - SP Tel.: (11) 3337 0222 / Fax 3331 3882 E-mail: walcustom@walcustom.com.br Wheeling Motopeças Av. Água Fria, 1114 Água Fria 02332-000 São Paulo- SP Tel.: 11- 2262-3560 Fax.: 11-2953-2453 E-mail: wheelingmotopecas@ wheelingmotopecas.com.br Site: www.wheelingmotopecas.com.br

REPRESENTANTES ACD Com. e Repres. Ltda Av. Santos Dumont, 2828 S/1001 60150-161 – Fortaleza – CE Tel.: (85) 3133-1013 Fax: (85) 3133-1021 Site: www.acdgroup.com.br E-mail: taurusce@acdgroup.com.br A.V.Lopes Representações Ltda Estrada Coronel Pedro Correa 740 sala 615 Edificio Prime Design - Jacarepaguá Rio de Janeiro - RJ - 22775-090 Tel.: (21) 96461-9166 e-mail: avlopesrep@gmail.com Binatti Representações R. Edgar Linhares, 515 B 88336-210 - Balneário Camboriú - SC Tel.: (47) 3366 7860 Fax: (47) 3366 7860 E-mail: binatti@binatti.com.br Site: www.binatti.com.br MSN: binatti@binatti.com.br SKYPE: binatti_repres Cabral e Araujo Representações Ltda Av. Maria Lacerda Montenegro, 3490 Sl. 101/102 59152-600 Parnamiriam – RN Tel.: (84) 4009-9250 e-mail: comercial@cabralearaujo.com site: www.cabralearaujo.com


Lista de Associados

Curaçao do Brasil Ltda R. Felix de Sousa, 247 Vila Congonhas 04612-080 São Paulo- SP Tel (11) 2145-4700/Fax(11) 2145-4747 Site: www.curacaodobrasil.com.br E-mail: info@curacaodobrasil.com.br

Ricardo Dearo Representações Ltda Rua José Mega, 111 14091-480 – Ribeirão Preto – SP Tel.: 16-3289-3955 Celular (16) 99766-9684 Email: paulo.dearo@terra.com.br

Deatik Com. e Representações Ltda R. Marcos Macedo, 1333 s/ 2212 Aldeota 60150-190 Fortaleza - CE Tel.: (85) 3264-6000 Fax: (85) 3261-3322 E-mail: deatik@deatik.com.br Site: www.deatik.com.br

Sandro Representações Ltda. R. Monsenhor Veras, 480/1103 91340-020 Porto Alegre – RS Tel.: (51) 3219-2119 E-mail: sandrorepresentacoes@terra.com.br Site: www.sandrorepresentacoes.com.br

Jaime Zapellini Representações Ltda R. Lorival Zocatelli, 41 Vila Lenzi 89252-540 Jaraguá do Sul - SC Tel/Fax (47) 3275-1921 E-mail: zape@netuno.com.br JG Representações Ltda Av. Santos Dumont, 1510 Sl. 1508 60150-160 - Fortaleza-CE Tel. 85-3456-3056 Email: edimar@grupojg.com.br Martins Representações Ltda R. Açucenas, 20 Sala 2 Nova Suiça 30421-232 Belo Horizonte – MG Tel.: (31) 3377-9452 e-mail:martinsrep@martinsrep.com.br Mateus Moreno Representações Coms. – EPP Av. Santos Dumont, 371 – Sl. 23 Tel: (11) 4453-3530 E-mail: mateus@motoemarcas.com.br Site: www.motoemarcas.com.br Mutual Intern. Representações Ltda. Av. Santos Dumont, 2828 sl-1704/1705 Aldeota - Cep 60150-161 Fortaleza - CE Tel.: (85) 3133-1002/1004 Fax: (85) 3133-1010 Site: www.acdgroup.com.br Noa Comércio e Representações Ltda Av. Conselheiro Carrão, 889 03403-000 São Paulo – SP Tel.: (11) 98368-9873 / 2653-2886 E-mail: noa@noarepresentante.com.br Site: www.noarepresentante.com.br Nuno Figueiredo Representações Ltda Al. Ezequiel Mantoanelli, 220, Quadra i Lote 22 Jd Panorama - 13340-350 - Indaiatuba – SP Tel.: (19) 3825-1020 Fax: 0800-725-5580 E-mail: nfcomercial@terra.com.br / nfvendas@terra.com.br Reney Soares Representações Ltda. R. Prof.clemente Pinto, 41- Medianeira 90870-220 – Porto Alegre –RS Tel.: (51) 3233- 0511 /FAX: (51) 3231-6014 E-mail: reneys@terra.com.br

40

Anfamoto em Revista - Edição 156

Sudamérica Marketing Repres. S/S Ltda-Me Av. Dr. Luiz Arrobas Martins, 548 Veleiros 04781-001 - São Paulo - SP Tel.: (11) 5548-4226 / Fax. (11) 5521-6923 E-mail: sudamerica@terra.com.br Site: www.kmcchain.com.br Vasques Representações Comerciais Ltda. R Antonio Bicudo, 541 São Lourenço 79041-320 Campo Grande - MS (67) 3341-3426 Fax: (67) 3341-6777 E-mail: vasques@vasquesrep.com.br

NOVO ASSOCIADO

Loja do Motokeiro Rua da Concórdia, nº 485 – Bairro São Jose – CEP 50020-055 – Recife/PE Tel: 81-3224-1549 E-mail: contato@omotokeiro.com Black Morgan Moto Peças Eireli (Stallion Moto Peças) RUA PROF. SEBASTIANA SILVA MINHOTO, 232 TATUPÉ - SÃO PAULO/SP 03316-030 TEL.: (11) 2936-3663/2936-1110 SITE: www.stallionmoto.com.br

ENTIDADE DE CLASSE Motorcycle Industry Council, Inc. (Mic) 2 Jenner Street, Suite 150 Irvine, CA 92618-3812 - USA Fone (1) (714) 727-4211 - extension 3028 Fax (1) (714) 727.4217 ASSOMOTOS- Associação das empresas Revendedoras e Prestadoras de Serviço de Moto Peças Rua Antenor Frota Wanderley, 535 60020-350 – Fortaleza – CE Tel.: (85) 3254-7661 E-mail: assomotos.ceara@hotmail.com


Aniversariantes de Julho e Agosto

Empresa

Fundação

Idade

A.V.LOPES REPRESENTACÇÕES LTDA

01/07/1986

35

EGK MOTOPARTS IND. E COM. LTDA

14/07/1994

27

BRANDY MOTOR DO BRASIL LTDA

04/07/2002

19

CERÂMICA E VELAS DE IGNIÇÃO NGK DO BRASIL LTDA

01/08/1959

62

TMD FRICTION DO BRASIL S/A (COBREQ)

12/08/1966

55

RENEY SOARES REPRESENTAÇÕES LTDA

24/08/1966

55

CURAÇAO DO BRASIL LTDA

02/08/1974

47

RINALDI S/A IND. DE PNEUMÁTICOS

28/08/1979

42

TORBAL IND. E COM. DE ESCAPAMENTOS LTDA

07/08/1980

41

VEDAMOTOR’S IND COM JUNTAS LTDA

21/08/1991

30

PROTERCAPAS LTDA

18/08/2000

21

CEARÁ IMPORTAÇÃO DE PEÇAS E ACESSÓRIOS LTDA

30/08/2004

17

WHEELING MOTOPEÇAS

11/08/2005

16


Serviços

www.montanna.com.br vendas 11 2475-7000

PARA MÃO-DE-OBRA NO ESTADO DE SÃO PAULO - 2019/2020 (VALORES EM REAIS R$)

(11)

2317-3388

valflex@valflex.com.br 42

Anfamoto em Revista - Edição 156