__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1


Editorial 2020 um ano marcante O ano de 2020 para a Anfamoto será marcante, é o ano em que a entidade comemorará seus 40 anos de fundação, então ao longo das edições desse ano também falaremos nesse assunto. O ano passado encerrou com uma produção de motocicletas 0KM muito satisfatória e de acordo com as projeções do setor para 2020 a produção deverá alcançar 1.175.000 unidades. O setor de motopeças deve acompanhar essa alta e manter o mercado aquecido. Ainda mais com a realização em agosto, do XI Salão das Motopeças, evento que garante bons resultados sempre. Nessa edição, o associado em destaque escolhido foi a SKF empresa do segmento de rolamentos, que conta sua história desde a fundação até os dias de hoje. Falaremos também tradicionalmente, sobre o balanço de 2019 e as expectativas para 2020, a Anfamoto em Revista entrevistou os presidentes da Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, FIESP – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, Setcesp – Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Anfamoto – Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças, para que contassem como foi o ano de 2019 e as expectativas para 2020 em seus respectivos setores. As previsões são animadoras, mas com reservas, desde que as devidas reformas sejam feitas e ações para estabilidade da economia sejam tomadas. Vale a pena também, conferir a entrevista concedida pelo vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, que fala sobre um programa do governo do Estado de São Paulo “Programa Respeito à Vida”, que tem como foco a diminuição de acidentes e ações preventivas para reduzir a fatalidade no trânsito. Fala ainda sobre os projetos do governo na área de mobilidade e viabilização de políticas públicas para educação no trânsito. Veja ainda a cobertura do Salão Duas Rodas, que teve a participação da Anfamoto e de seus associados e a noite de festa na entrega do Prêmio Moto de Ouro – 2019, promovido pela Revista Motociclismo. No caderno Sua Moto em Detalhes, trouxemos esse mês, os amortecedores que têm fundamental papel na condução da motocicleta, saiba a hora de trocar e as opções de utilização. Veja também as novidades do caderno duas rodas e as principais notícias para que você fique por dentro de regras e assuntos do seu interesse. Boa Leitura!

Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças Presidente: 1º Vice Presidente: 2º Vice Presidente: Tesoureiros:

Orlando Cesar Leone Valdenir dos Santos Galvão Valério Valente Amarildo Severino Fernandes

Conselho Deliberativo - Presidente :

Gianfranco Menna Zezze

Membros do Conselho Deliberativo:

Carlos Alberto Fiorotti Hélio Tenório da Silva Waldemar Ivo de Medeiros

Suplentes do Conselho Deliberativo:

Carlos Manoel Jr. Celso Pedro Franciosi Mônica Orlando de Oliveira

Membros do Conselho Fiscal:

Sandra Brandani Picinato José Jacob Fernandes José Mauricio Felipe

Suplentes do Conselho Fiscal:

Alexandre Saba José Jacob Fernandes Sandra Brandani Picinato

Coordenadores de Setoriais: Fabricante: Freios: Escapamentos: Capacetes:

Anfamoto Valério Valente Anfamoto Anfamoto

Coordenação Editorial:

Fabia Helena Allegrini Pereira

Editor responsável:

Jacylete Abreu – MTB 825-CE

Serviços Gráficos: Editor de Arte: Secretaria:

Gráfica Hawai Luis Fernando L. Corrêa Patricia Sartori

Coordenação de Eventos:

Equipe Anfamoto

ANFAMOTO em Revista:

Equipe Anfamoto

Assessora da Presidência:

Fabia Helena Allegrini Pereira

PUBLICIDADE & COMERCIAL

Número de Registro: 823713350 EDIÇÃO 149 - JAN/FEV 2020 A responsabilidade sobre opiniões e fatos presentes nos artigos assinados na “ANFAMOTO em Revista” é exclusiva de seus autores, não exprimindo necessariamente o pensamento desta publicação nem a posição da ANFAMOTO.

Av. Nove de Julho, 3229 Cjtos 208/209/210 Jardim Paulista CEP 01407-000 - São Paulo-SP PABX: (11) 3052-2002 - Fax: (11) 3885-7637 E-mail: anfamoto@anfamoto.org - Site: www.anfamoto.org


Sumário Palavra do Presidente

Os Desafios Constantes do Brasil

Espaço Anfamoto

8

Mercado Polo Industrial de Manaus produziu, até novembro, mais de 1 milhão de motocicletas

Associado em destaque

10

SKF, missão: Ser líder

14

Espaço Anfamoto

16

Salão das Motopeças: Faltam poucos espaços

Especial

2019 o fechamento de um ciclo, 2020 o ano ainda mais recheado de expectativas

Capa

Com a palavra Rodrigo Garcia, vice-governador de São Paulo

Salão Duas Rodas/Moto de Ouro Cobertura do Salão Duas Rodas e do Prêmio Moto de Ouro 2019

Sua Moto em Detalhes Amortecedores, como identificar problemas e a hora da troca

Caderno Duas Rodas Fique por dentro do universo de Duas Rodas

16 Salão das Motopeças: Faltam poucos espaços

Capa

20 26

26 Com a palavra Rodrigo Garcia, vice-governador de São Paulo

30

Sua Moto em Detalhe

36

38

34 Notícias -40 - Dicas & Lançamentos 42 - Lista de associados 44

Amortecedores, como identificar problemas e a hora da troca


Orlando Cesar Leone Presidente

Os Desafios Constantes do Brasil As expectativas para 2020 são bem mais animadoras do que para o ano passado. A retomada do crescimento do setor de duas rodas é muito positiva para nosso mercado que acompanha esses números, e vem em constante crescimento também. Nossas empresas associadas trabalham também no sentido de melhorar seus processos, inovar, alavancar o potencial humano e gerar valor aos seus clientes, itens que fazem parte de um grande desafio para qualquer empresa. O governo também já retomou suas atividades e tem pela frente uma agenda ambiciosa. A Reforma da Previdência renovou o ânimo de que as demais reformas necessárias possam prosseguir sem muitas dificuldades. Precisamos de fato evoluir com as demais reformas principalmente a tributária e a administrativa, que é a promessa do Ministro Paulo Guedes, para um próximo momento e que tem perspectiva de aprovação rápida. Já a tributária é bem mais complicada, há um projeto tramitando no Senado e outro na Câmara, e o governo ainda não definiu exatamente como será seu projeto. Além de contarmos também com eleições municipais o que de certa forma encurta o tempo para algumas soluções rápidas.

Mas caminhamos de forma mais efetiva, a taxa Selic nunca esteve nesse nível e a inflação tão controlada, bem como o câmbio está menos flutuante. As propostas na Lei da Liberdade Econômica, são também, fatores positivos rumo ao crescimento. O consumo das famílias vem aumentando progressivamente e a confiança dos investidores aos poucos tem sido retomada. Esperamos também o desfecho da análise da Medida Provisória 905, que concederá benefícios para as empresas que contratarem jovens entre 18 e 29 anos, essa MP também trata de outras regras trabalhistas, uma delas é flexibilizar o trabalho aos domingos. Essa MP faz parte do programa Emprego Verde Amarelo, considerado como essencial, pela equipe econômica para a diminuição da fila de mais de 11 milhões de desempregados no País. Segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria, uma notícia por sinal muito animadora, aponta que a indústria será responsável por puxar o crescimento do Brasil em 2020. Esse é um sinal que realmente a retomada do crescimento está começando a ganhar força. As medidas do governo tiveram papel importante nessa retomada. Esperamos que 2020 se mostre bem melhor que 2019, e que o senso de urgência do governo não seja perdido e a agenda de reformas seja mantida para que toda essa estabilização permaneça. Temos tudo para crescer vigorosamente e nos mantermos nesse patamar de crescimento, podemos construir uma nova história, ainda são muitas os desafios a curto prazo, mas com um cenário de retomada são perfeitamente possíveis. Que 2020 seja para todos, indistintamente, de muito crescimento e com a qualidade de vida que desejamos, geração de emprego, boa educação, atendimento público de qualidade, condições dignas de moradia e segurança. Que façamos história esse ano!

Um forte abraço, Orlando Cesar Leone Presidente

Agenda Novembro 19 a 24 Salão Duas Rodas Dezembro 13 - Reunião ABNT coroa, corrente e pinhão 12 - Despacho com o presidente

|||| 08 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149

Janeiro 17 - Reunião ABNT coroa, corrente e pinhão 18 - Despacho com o presidente


Mercado

Polo industrial de Manaus produziu, até novembro, mais de 1 milhão de motocicletas No Brasil, são vendidas 4.419 motos por dia útil. Segundo a Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Moto-

a produção foi de 109.118 unidades,

foi a Street. Na sequência, vieram

houve um recuo de 14,7%.

Trail com 201.600 unidades e 19,9 de

cicletas, Ciclomotores, Motonetas,

participação, Motoneta com 151.983 VENDAS NO ATACADO

Biciclatas e Similares, as fabricantes

unidades e 15% de participação,

instaladas no Polo Industrial de Ma-

Scooter com 88.868 unidades e 8,8%

naus (PIM) superaram, até novem-

De janeiro a novembro, as vendas

de participação e Naked com 23.379

bro, toda a produção de 2018. Fo-

de motocicletas no atacado, ou seja,

unidades e 2,3% de participação. Em

ram fabricadas 1.038.696 unidades,

dos fabricantes para as concessioná-

relação às scooters, no mesmo perío-

volume 7,2% superior às 968.976

rias, totalizaram 1.012.967 unidades,

do do ano passado as vendas tinham

motocicletas registradas no mes-

representando um crescimento de

chegado a 62.070 unidades, com 7%

mo período do ano passado. Esse

13,7% ante as 890.737 unidades re-

de participação sobre o total.

resultado consolida cada vez mais o

gistradas no mesmo período de 2018.

As posições foram mantidas no

PIM como um importante centro de

Em novembro, as vendas no ata-

ranking específico de novembro:

geração de negócios do Brasil o que

cado somaram 94.358 unidades,

Street com 44.560 unidades e 47,2%

confirma as previsões da entidade

correspondendo a um aumento

de participação, Trail com 20.051

de que serão fabricadas 1.105.000

de 8,3% em relação ao mesmo mês

unidades e 21,2% de participação,

unidades em 2019, correspondendo

de 2018, que representou 87.136

em seguida a Motoneta com 13.203

a uma alta de 6,6% na comparação

unidades, mas com recuo de 8% na

unidades e 14% de participação, os

com 2018 quando foram produzidas

comparação com outubro de 2019,

Scooters com 9.964 unidades e 10,6%

1.036.788 unidades.

que somou 102.545 unidades.

de participação e Naked com 2.281

Somente em novembro, saíram das

unidades e 2,4% de participação.

linhas de montagem do PIM 93.128

DESEMPENHO POR

motocicletas, correspondendo a uma

CATEGORIA NO ATACADO

EMPLACAMENTOS

alta de 3,4% em relação ao mesmo mês de 2018, quando foram produ-

No acumulado até novembro, com

Segundo dados do Renavam, no

zidas 90.108 unidades. Entretanto, na

503.138 unidades e 49,7% de parti-

acumulado do ano foram licenciadas

comparação com outubro de 2019,

cipação, a categoria mais vendida

983.148 motocicletas, volume 14,8%

PROJEÇÕES ABRACICLO Projeção atualizada de 2019

Projeção 2020

Variação em unidades

Variação porcentual

1.105.000

1.175.000

70.000

+ 6,3%

34.000

28.000

- 6.000

- 17,6%

Atacado

1.071.000

1.147.000

76.000

+ 7,1%

Varejo

1.070.000

1.140.000

70.000

+ 6,5%

Produção Exportação

|||| 10 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149


superior ante as 856.045 unidades

cada mês, analisados pela Abraciclo,

No varejo, a perspectiva é de que

registradas no mesmo período de

a Argentina é o país que recebe mais

1.070.000 motocicletas sejam em-

2018. Na análise isolada de novem-

motocicletas produzidas no PIM,

placadas, volume 13,8% superior

bro, os licenciamentos somaram

com 16.974 unidades e 47% de par-

ante as 940.108 unidades licencia-

88.384 unidades, alta de 15,1% em

ticipação. Em segundo lugar, ficaram

das no ano passado. A projeção an-

relação ao mesmo período do ano

os Estados Unidos com 6.802 unida-

terior era 1.020.000 unidades.

passado que somou 76.792 unida-

des e 18,9% de participação, segui-

Em relação às exportações, o novo

des, mas com redução de 10,1% na

dos pela Colômbia com 5.208 unida-

levantamento estima embarque de

comparação com outubro do pre-

des e 14,4% de participação.

34.000 motocicletas, volume 40,5%

Em novembro, foram exportadas

inferior ante as 57.131 unidades re-

3.276 motocicletas, representando

gistradas em 2018. Anteriormente, a

Na análise isolada de novem-

uma queda de 8,3% na compara-

expectativa era de 40.000 unidades.

bro, os licenciamentos somaram

ção com o mesmo mês de 2018,

88.384 unidades, alta de 15,1% em

que foi de 3.571 unidades e um

relação ao mesmo mês do ano pas-

aumento de 4,1% em relação a

sado, 76.792 unidades, mas com

outubro de 2019 que somou 3.148

De acordo com as projeções di-

redução de 10,1% na comparação

unidades. No ranking mensal, a Ar-

vulgadas em 18 novembro passado,

com outubro do presente ano que

gentina mantém o posto de prin-

véspera da abertura da edição 2019

somou 98.338 unidades.

cipal parceiro comercial com 1.246

do Salão Duas Rodas, a produção em

Em novembro, foram comercia-

unidades recebidas e 39,7% de

2020 deverá alcançar 1.175.000 mo-

lizadas 4.419 motocicletas por dia

participação. A Colômbia ficou em

tocicletas, o que representará uma

útil no mercado nacional. O mês

segundo lugar com 743 unidades

alta de 6,3% ante as 1.105.000 unida-

contou com 20 dia úteis e sua mé-

e 23,7% e os Estados Unidos em

des projetadas para o presente ano.

dia diária de vendas correspondeu

terceiro lugar com 514 unidades e

a um crescimento de 15,1% sobre

16,4% de participação.

sente ano quando foram licenciadas 98.338 unidades.

PROJEÇÕES PARA 2020

Já as vendas no atacado deverão registrar aumento de 7,1%, passando das 1.071.000 unida-

a apurada em novembro de 2018, que somaram 4.276 unidades/dia,

ESTIMATIVA DE

des previstas para o presente ano

que tiveram respectivamente, 20

FECHAMENTO DE 2019

para 1.147.000 motocicletas. No varejo, a expectativa é de alta de

e 23 dias úteis de comercialização. Além de rever a estimativa de proEXPORTAÇÕES

dução de motocicletas, a Abraciclo

6,5%, passando de 1.070.000 para 1.140.000 unidades de 2020.

também projetou para cima os vo-

As exportações deverão continu-

No acumulado do ano até novem-

lumes de vendas no atacado e no

ar em queda. Os embarques deve-

bro, as exportações atingiram 35.560

varejo para o fechamento de 2019.

rão somar 28.000 unidades, com

unidades, correspondendo a uma

No atacado, a previsão é de aumen-

uma queda de 17,6% na compara-

queda de 45,3% ante as 65.062 uni-

to de 11,8% passando das 957.764

ção com as 34.000 unidades espe-

dades embarcadas no mesmo perío-

motocicletas repassadas das fábri-

radas para 2019.

do de 2018. De acordo com os dados

cas para as concessionárias em 2018

do portal de estatísticas de comércio

para 1.071.000 unidades até o final

exterior Comex Stat, que registra os

de 2019. A estimativa anterior era de

volumes de embarques totais de

1.020.000 unidades.


Mercado

|||| 12 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149


Associado em destaque

SKF e a MISSÃO de Ser Líder indiscutível no negócio de rolamentos A SKF foi fundada em fevereiro de 1907, na ci-

Gotemburgo foi ampliada e a produção dobrou

dade de Gotemburgo, pelo engenheiro sueco Sven

para atender a enorme demanda de mercado. Já

Wingquist que trabalhava em uma indústria de

em 1920 a empresa estava bem estabelecida na

tecelagem quando projetou e construiu o primeiro

Europa, América do Norte e Latina, Ásia e África.

rolamento auto compensador de esferas do mun-

Entre 1924 e 1950 a empresa ampliou a linha de

do, solucionando assim seus problemas de ma-

produção, atingiu recorde de produção, teve sua

nutenções constantes, nos eixos de transmissão

teoria de cálculo da vida dos rolamentos adota-

das máquinas de tecer. O rolamento funcionou tão

da como padrão mundial pela ISO e dedicou-se

bem que ele começou a fabricá-lo em escala e as-

a produção de componentes bélicos. Em 1953,

sim deu início, à Aktiebolaget Svenska Kullagerfa-

Wingquist faleceu aos 76 anos deixando um

briken, que significa Fábrica Sueca de Rolamentos,

enorme legado ao setor.

hoje conhecida internacionalmente pela sigla SKF.

A história da SKF no Brasil, começou em 1915,

Com patentes concedidas para dez países, a pri-

com uma loja instalada no Rio de Janeiro e impor-

meira fábrica foi construída em Säve Strandgata,

tava diversos tipos de rolamentos para suprir o

na cidade de Gotemburgo. Desde o início a empre-

mercado brasileiro. Em 1943, a sucursal brasileira,

sa se concentrou intensivamente em qualidade e

tornou-se sudsidiária. E em a primeira fábrica da

desenvolvimento técnico, realizando pesquisas,

SKF foi inaugurada em Guarulhos, onde ficou até a

testando graxas e analisando como os lubrifican-

década de 1980, quando mudou-se para Cajamar,

tes se deterioram durante a vida útil do rolamento.

local no qual permanece até os dias de hoje. Nos

Ao final de seu primeiro ano fiscal, a SKF conta-

últimos 100 anos de Brasil, combinou experiência

va com 15 funcionários, apenas 2.200 rolamentos

prática em mais de 40 setores com um conheci-

haviam sido produzidos, foi um começo modesto.

mento exclusivo em plataformas de tecnologia

Mas no ano seguinte, escritórios de representação foram abertos na Alemanha e França, e representantes foram designados a trabalhar em mais seis países. Nesse mesmo ano iniciou-se a produção de rolamentos axiais de esferas. Em 1909, a expansão internacional foi acelerada com a abertura de uma subsidiária em Nova York e uma pequena oficina em Paris. A fábrica de

||||

14 |

ANFAMOTO em Revista | Edição 149


para os importantes segmentos

seguro, evitamos gastos extras

flexibilidade, assertividade e set

industriais, tais como energia,

com mão de obra e que a mo-

up reduzido para produzir um

agricultura, naval, ferroviário,

tocicleta retorne à oficina para

milhão de rolamentos de 3ª ge-

mineração, celulose, aeroespa-

reparos similares em um curto

ração por ano. “Toda essa ope-

cial e, claro, automotivo. Atual-

espaço de tempo.

ração foi montada em apenas

mente a SKF é um dos forne-

Ao monitorar tendências, dis-

45 dias e conta com processos

cedores líderes globais de pro-

cussões do setor e o compor-

integrados, sustentáveis e auto

dutos, soluções para clientes

tamento dos clientes, a SKF

ajustáveis” afirma Victor Cor-

e serviços em rolamentos, ve-

identificou a oportunidade de

rales, diretor industrial da SKF

dações, mecatrônica, serviços

desenvolver soluções comple-

Brasil. A nova linha de produ-

e sistemas de lubrificação, que

tas para a reposição de peças.

ção possibilita alta performan-

incluem suporte técnico, servi-

Acreditamos que podemos en-

ce industrial, suportada por

ços de manutenção, monitora-

tregar melhores experiências

elementos da Indústria I4.0.

ção de condição e treinamento,

aos consumidores que ao abri-

Esta é a segunda linha de pro-

mantém suas vendas por meio

rem um de nossos kits, encon-

dução para rolamentos de roda

de uma grande rede composta

trarão praticidade e economia,

de 3ª geração instalada em Ca-

por mais de 17.000 distribuido-

além de produtos de primeira

jamar, São Paulo, nos últimos

res autorizados espalhados por

linha. A SKF busca constan-

dois anos. É também a mais

mais de 130 países. Contando

te inovação e atendimento às

moderna da SKF no mundo de-

com 103 unidades fabris ins-

necessidades do mercado. Es-

dicada a este tipo de rolamen-

taladas em mais de 24 países

tamos sempre atentos as me-

to. Os ativos são monitorados

e 18 centros técnicos e conta

lhores práticas de reparação e

por sensores conectados a

com 45.678 funcionários.

devemos lançar também um kit

central de inteligência da SKF,

Para o mercado de duas rodas

com produtos para caixas de di-

o REP Center. “A nova linha de

a SKF tem um portfólio robus-

reção, contribuído com a asser-

produção da SKF, instalada na

to, são mais de 150 itens, que

tividade do mecânico, que terá

fábrica de Cajamar, traz mais

atendem, motos nacionais e

nas mãos os itens certos para

competitividade e produtivi-

importadas. Pensando em pra-

a manutenção dessa aplicação.

dade para o País e consolida

ticidade para o mecânico e eco-

Em breve, pretendemos am-

a atuação da companhia e do

nomia para o motociclista, que

pliar ainda mais a linha de solu-

Brasil na Indústria 4.0”, finaliza

substituirá os rolamentos de

ções completas para motocicle-

Claudinei Reche, presidente da

roda em uma só visita à oficina,

tas”, finaliza Daniel Leite – Diretor

SKF Brasil e América Latina.

já que se um dos rolamentos

Comercial Automotivo.

de roda precisa ser substituído, logo o outro também precisará,

Em 2019 foi montada uma

então decidimos oferecer to-

nova unidade para rolamentos

dos os rolamentos necessários

automotivos de 3ª geração, em

para a manutenção completa

um espaço de 720 m2, 16 ro-

da roda em uma só embalagem,

bôs comandados por operado-

www.skf.com.br

incentivando um trânsito mais

res qualificados trabalham com

0800-141-152


Espaço Anfamoto

Salão das Motopeças Não fique de fora! Faltam pouco espaços está chegando a hora do XI Salão das Motopeças Evento marca os 40 anos de fundação da Anfamoto Acontece de 05 a 08 de agosto de 2020 a 11ª edição do tão esperado Salão Nacional e Internacional das Motopeças, no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte em São Paulo. O evento é organizado e realizado pela ANFAMOTO – Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças, , a cada dois anos, e para 2020 a expectativa é superar os mais de 12.000 visitantes, 20% a mais dos registrados na última edição. Conhecido como “Salão das Motopeças”, o evento é a maior feira do segmento e vem sempre com a referência reforçada no setor por ser exclusivo para fomentar negócios. Reúne as principais empresas do setor. São mais de 200 marcas nacionais e internacionais participantes, divididas em cerca de 120 expositores que vão mostrar seus lançamentos, novidades e tendências de mercado em quatro dias de mostra. Uma excelente oportunidade para a realização de negócios com quem entende de motopeças, acessórios e vestuário. O público qualificado e fiel do salão é composto por potenciais compradores de toda a cadeia do segmento de motopeças. “O foco do Salão das Motopeças está na facilitação e intermediação de novos contatos entre empresários, lojistas, oficinas, conces||||

16 |

ANFAMOTO em Revista | Edição 149

sionárias, profissionais do setor e entidades de classe, entre outros. Isso, graças ao mix de setores participantes, com representantes de todos os segmentos do universo de motopeças, capacetes, acessórios, equipamentos, serviços especializados e publicações”, explica Orlando Leone, presidente da ANFAMOTO. Para atrair novos visitantes e expositores e facilitar a logística, a ANFAMOTO firmou parceria estratégica com uma agência especializada, que disponibilizará tarifas especiais as principais companhias aéreas e hotéis localizados em pontos estratégicos e de fácil acesso ao Expo Center Norte – Centro de Exposições e Eventos. São pacotes com descontos especiais para quem visita e expõe no evento. Já nos hotéis as tarifas estão


sendo negociadas com café da manhã e com desconto que pode chegar até duas vezes menos que a tarifa de balcão. Além disso contaremos com serviço de vans que estarão disponíveis em pontos estratégicos de São Paulo. Essas informações estão disponíveis no site do evento. Os números da última edição do Salão das Motopeças mostram o amadurecimento e consolidação do mercado e do evento. Foram cerca de 12 mil visitantes nos quatro dias da feira, cerca de 80% dos participantes são da rregião Sul e Sudeste, em seguida a região Nordeste fica com 8% e os 12% restantes estão divididos entre o norte e o centro oeste. Tivemos também visitantes de outros países, predominando a América do Sul, em seguida visitantes da China e Índia. O Salão gerou perto de R$ 1 bi em negócios. O XI Salão das Motopeças será realizado em 2020 ano em que a Anfamoto completa 40 anos de fundação. “Será uma edição marcante, e para mim em especial é motivo de muito orgulho estar

à frente da Anfamoto nessa comemoração e fazer parte dessa história. Sempre reforço a todos do setor que o mais importante é a união do segmento para que possamos lutar pelo nosso ideal comum que é o de colocar de motopeças num patamar mais representativo”, diz Leone. Grandes players do mercado já reservaram suas áreas. Restam poucos espaços, garanta já seu espaço. Para maiores informações entre em contato com ANFAMOTO F.: (11) 3052-2002. Veja a planta na página 18.

SERVIÇOS Evento: XI Salão Nacional e Internacional das Motopeças – SALÃO DAS MOTOPEÇAS Data: 05 a 08 de agosto de 2020 (quarta, quinta, sexta-feira e sábado) Local: Expo Center Norte – Pavilhão Amarelo – Av. Otto Baumgart, 1000 – São Paulo – SP Estacionamento no local Horário: das 15h às 21:30h – 4ª à 6ª-feira. Das 15h às 20h Sábado. Visitação Gratuita (não aberto ao consumidor final) Organização e realização: ANFAMOTO – F. (11) 3052-2002 Site: www.salaodasmotopecas.com.br Facebook: www.facebook.com/salaodasmotopecas


Planta


Especial

2019 o fechamento de um ciclo, 2020 o ano ainda mais recheado de expectativas O ano de 2019 começou com muitas expectativas, principalmente pela mudança de governo. Marcante pela sua liberdade de expressão, Jair Bolsonaro herdou um Brasil fragilizado pelos constantes e graves erros que marcaram o fim do mandato de Dilma Roussef, e a estagnada no crescimento até o fim do mandato de Michel Temer. Mesmo com o desmantelamento da rede de corrupção sistêmica, a crise que foi instalada veio com duas vertentes: a de curto e a de longo prazo. A crise de longo prazo ficou caracterizada pelo baixo crescimento, pouco investimento e baixa produtividade, além da falta de uma agenda positiva de reformas que passa por vários setores tais como previdenciário, tributário, modelos jurídicos, educação, trabalhista e no próprio governo. Já a crise de curto prazo vem com o desequilíbrio fiscal, aumento da dívida pública e a má gestão do governo nos últimos 12 anos. Bolsonaro alternou em seu primeiro ano de mandato muitas situações adversas, exagerou na dose quando entrou em divididas desnecessárias, criou desgastes perigosos a sua própria governança, mas também, rompeu vários anos de um modelo arcaico de governo, voltando a cumprir um dispositivo constitucional de livre escolha do Presidente, passando pela aprovação do Senado. Fez ||||

20 |

ANFAMOTO em Revista | Edição 149

isso com vários órgãos e acabou tolhendo uma série de abusos. A expectativa de crescimento da economia em 2019 era de cerca de 2,59%, mas as coisas não andaram como o previsto e a economia internacional também colaborou para que esse número não fosse atingido. E ficamos ainda com os modestos 1% de crescimento, índice repetido nos últimos dois anos. Mesmo com todos as dificuldades que envolveram a reforma da Previdência, o governo conseguiu fazer avanços significativos na área econômica. Imediatamente à aprovação da reforma no senado a bolsa atingiu 108 mil pontos. Isso demonstra que o mercado financeiro está confiante nas medidas do governo para acelerar a economia. O governo também fez outros avanços que surtirão efeito a longo prazo, a negociação do acordo comercial do Mercosul com a União Europeia. Esse acordo que deverá gerar excelentes negócios para os dois lados, era negociado há décadas e só foi aprovado em 2019. A MP da Liberdade Econômica foi outra medida que beneficiará o empresariado, principalmente os micros e pequenos, e impactará na redução do desemprego, pois facilita a formalização de empreendedores e trabalhadores autônomos. A criação do Caged – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, de janeiro a setembro de

2019, foram criadas cerca de 700 mil novas vagas de emprego. Muitos avanços foram feitos, mas ainda há muito o que fazer. O sistema tributário brasileiro é uma fonte de insegurança jurídica para o empresariado brasileiro. A reforma tributária é um desafio, o fator tributário limita, e muito, o desenvolvimento e o crescimento econômico. A taxa Selic teve em seu menor patamar em 2019, favoreceu a retomada do consumo e o acesso a novos financiamentos. Vale destacar que a redução da Selic só foi possível pelo controle dos níveis da inflação. O câmbio também teve menos volatilidade comparado a 2018. Muito provavelmente o desempenho do câmbio vai ser a peça-chave para a inflação e para os juros em 2020. No fim de 2019 o governo apresentou Agenda Econômica que aliada a um ambiente reformista no Congresso deve alavancar uma melhora significativa no cenário econômico brasileiro nos próximos anos. O Plano Mais Brasil objetiva a melhora do cenário fiscal que o próprio governo enfrenta e os estados também. Outros pontos que devem impulsionar a economia em 2020 são a flexibilização da política monetária pelo Banco Central, com a necessidade de mais redução na taxa Selic ou pelo menos a sua estabilização. Essa taxa deve continuar em 4.5%


em 2020, com a inflação prevista de 3,5%, com juro real próximo de zero, fato inédito no país, apesar ainda do spread bancário ainda muito alto. A liberação dos recursos do FGTS também é uma medida que deve aquecer a economia. A nota de crédito do Brasil também melhorou bastante com a reforma da Previdência e outras medidas que falamos aqui que refletiram positivamente sobre o risco-país. Devemos ainda observar a variação cambial e a inflação que deve ficar em torno de 3,5% ao ano, as projeções são otimistas. O cenário é positivo, embora temos que nos preparar para qualquer adversidade no cenário internacional que vem apresentando mais problemas do que o esperado, o que ainda deve gerar uma certa pressão no câmbio, bem como algumas tensões geopolíticas podem gerar guerras comerciais que ainda serão obstáculos a um crescimento robusto em todo o mundo. Mas não devemos nos descuidar, nem deixar de cobrar melhorias contínuas nos processos, os custos de produção ainda são altos, a infraestrutura de transportes ainda nos desfavorece. É preciso que alternativas sejam melhor seja equilibrada. Muitos são os desafios, mas esperamos o crescimento vigoroso da economia brasileira. Esperamos que medidas efetivas sejam retiradas do papel e colocadas em prática e que os governantes tenham comprometimento e empenho em realizá-las. Presidentes de quatro entidades

ANFAMOTO, ABRACICLO, FIESP E SETCESP, falam um pouco de como foi 2019 e do que esperam para 2020. Todos apontam melhoras, mas também têm a expectativa na retomada dos investimentos e de um crescimento mais robusto da economia. E principalmente na reforma tributária que hoje é o que mais impacta todos os setores. MOTOPEÇAS Para Orlando Cesar Leone, presidente da Anfamoto – Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças, o ano de 2019 superou as expectativas. O mercado de motopeças acompanhou a alta na produção de motocicletas e ficou acima das previsões de crescimento estabelecidas em 2018. A aprovação da reforma da Previdência e o encaminhamento positivo das outras reformas trouxeram mais confiança ao mercado, principalmente na questão de investimentos e estabilidade para promoção de ações que favoreçam a manutenção da empregabilidade. O empresariado segue cauteloso, mas aposta num crescimento no mesmo patamar dos últimos anos. O diferencial que apontamos para um crescimento um pouco maior é a realização do XI Salão das Motopeças, evento promovido pela Anfamoto, que incrementa substancialmente as vendas do setor. As importantes medidas que o governo vem tomando no sentido de equilibrar

as contas e manter a agenda econômica, que por sinal para 2020 é bem ambiciosa, tem se mostrado firmes no caminho do crescimento. Outro importante aceno é a definição dos rumos das taxas de juros no País, com a tendência de queda a expectativa é de que isso melhore ainda mais o consumo das famílias. A reforma tributária ainda é a mais impactante, embora complicada e com o agravante de termos um projeto no Senado e outro na Câmara, e de ainda nem conhecermos o projeto do governo, a expectativa é que saia pelo menos do papel. Para que possamos manter o crescimento dependemos de uma série de fatores internos e externos. Temos uma estagnação histórica que precisamos vencer. A falta de investimento de anos mostra suas consequências a longo prazo. Precisamos manter o nível de empregabilidade e ainda abrir novos postos. “A carga tributária elevada e a guerra fiscal


Especial

entre os estados, é um entrave ao crescimento. A estrutura tributária brasileira é arcaica e com o pior índice de retorno para a população. O crescimento econômico sustentável está ao alcance do País como em muito tempo não víamos”, fala o presidente da Anfamoto. Nossa expectativa é de que em 2020 o crescimento seja ainda lento mais progressivo. Sabemos que a guerra comercial entre a China e os Estados Unidos pode influenciar a economia global. A situação da Argentina também pode impactar o PIB e atrasar um pouco mais para alavancar nossa situação econômica. Nosso segmento tem como característica a importação de produtos e a manutenção do câmbio, se nenhum ator externo atrapalhar será bem favorável. Os programas do governo para estimular o consumo, como a liberação dos recursos do FGTS e o ciclo de expansão do crédito têm papel fundamental para incentivar o consumo

||||

22 |

ANFAMOTO em Revista | Edição 149

“Entendemos que o caminho ainda é longo. Com a economia ainda se recuperando da última recessão, aliada a um sistema regulatório complicado, e com investidores que ainda aguardam as reformas estruturais para que possam tomar decisões a longo prazo. São muitas vertentes para que possamos respirar aliviados e rumar no crescimento sustentável”, finaliza Orlando Leone. DUAS RODAS A produção de motocicletas fechou 2019 em alta. De acordo com dados da Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, foram fabricadas 1.107.758 unidades, o que representa uma alta de 6,8% ante 2018. O ano foi tão bom que as projeções do setor foram revisadas por duas vezes. O crescimento também aconteceu nas vendas no atacado e no varejo. Em 2019 foram licenciadas 1.077.234 motocicletas. Segundo Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, a redução das taxas de juros promoveu uma maior oferta de crédito aos consumidores, impactando positivamente o segmento. Além disso, a aprovação da reforma da Previdência e a expectativa das reformas administrativa e tributária devem estimular novos investimentos e a expansão da atividade econômica. “Em decorrência da redu-

ção da taxa de juros a oferta de crédito foi ampliada pelos bancos de grande porte, além das instituições financeira de montadoras e pelos bancos digitais, esse foi um dos principais fatores que impulsionaram o setor de motocicletas. O consumidor permanece confiante em relação ao futuro e por consequência disposto a contratar financiamentos com prazos mais longos, entretanto, será necessário que medidas de estímulo à economia sejam implantadas para que o País volte a crescer”, diz Fermanian. Em relação ao mercado externo, o setor ainda vem sendo impactado pelas dificuldades econômicas da Argentina, que é o principal destino das exportações de motocicletas do Brasil, chegando a contar com 75% de participação em relação ao total exportador. Em 2019 as exportações de motocicletas totalizaram 38.614 unidades, e registraram queda de 43,3% em relação ao volume de 2018. A Abraciclo projeta para 2020 um crescimento de 6,1% na produção em relação a 2019. A previsão é de sejam produzidas 1.175.000 motocicletas. Na tabela acima estão as projeções da Abraciclo para 2020. Os números do setor também melhoram na questão da empregabilidade. Hoje estão ocupados diretamente mais de 13 mil postos de trabalho no Polo Industrial de Manaus (PIM) e registrou crescimento de 4,5% da empregabilidade em 2019 e relação a 2018. E a tendência é evoluir em 2020 por conta de novos investimentos, produtos em desenvolvimento e a


PROJEÇÃO DE MOTOCICLETAS - PROJEÇÃO 2020 X REALIZADO 2019

REALIZADO 2019

PROJEÇÃO 2020

UNIDADES (PROJEÇÃO 2020 / REALIZADO 2019)

VARIAÇÃO % (PROJEÇÃO 2020 / REALIZADO 2019)

Produção

1.107.758

1.175.000

67.242

6,1%

38.614

28.000

-10.614

-27,5%

Atacado

1.084.639

1.147.000

62.361

5,7%

Varejo

1.077.234

1.140.000

62.766

5,8%

Exportação

expansão da atividade industrial. Para 2020, Marcos Fermanian, diz que ainda não tem uma visão clara, mas que novos cortes nos juros devem estimular a oferta de crédito ainda mais, favorecendo os consumidores de motocicletas. “Caso as nossas projeções se confirmem, 2020 será o terceiro ano consecutivo em que o segmento ultrapassará a marca de 1 milhão de unidades produzidas, o que comprova o aquecimento contínuo de negócios no mercado de motocicletas. É um resultado a se comemorar, mas também é importante lembrar que ainda assim estaremos bem distantes do nosso recorde de 2011, quando chegamos a 2,1 milhões de motocicletas produzidas no Brasil”, completa Fermanian. INDÚSTRIA Para Paulo Skaf, presidente da FIESP – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, estamos saindo da pior recessão da história do Brasil, e após a produção industrial ter recuado aproximadamente 20% começamos a ver recuperação nos anos de 2018 e 2019,

mais acentuadamente no final do ano passado. Alguns fatores que ocorrem em 2019 prejudicaram a retomada da produção industrial como; no primeiro semestre a produção da indústria de transformação teve aumento de 0,4% com relação ao mesmo semestre de 2018, porém a indústria extrativa sofreu queda de 12,5%, reflexo da tragédia ocorrida no município de Brumadinho. No agregado, houve queda da produção industrial de 1% com relação ao primeiro semestre de 2018. Já no segundo semestre, a indústria de transformação vinha apresentando melhoras sucessivas no volume produzido, mas em novembro houve nova queda devido a uma menor produção no setor automobilístico, que retraiu 2,6% neste mês, devido a altos estoques e a recessão na Argentina – maior importador dos produtos deste setor. Estes resultados, no entanto, se devem a fatores pontuais e ofuscam a tendência de melhora que o setor vem apresentado e deve apresentar em 2020. Skaf aponta também que

o governo tem tomado medidas importantes para a recuperação econômica, como as aprovações da reforma da Previdência, a MP da Liberdade Econômica, a NR 12, da Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos, e o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia. Não é pouca coisa. Temos que manter e aprofundar a agenda de reformas estruturais em curso para garantirmos a estabilidade de longo prazo que a indústria tanto precisa para ter previsibilidade e voltar a investir. O governo optou por dar prioridade


Especial

a uma agenda mais estrutural, voltada à oferta, em detrimento de uma agenda de curto prazo para estimular a demanda. Esta opção traz resultados mais demorados, porém mais estáveis e em 2020 veremos resultados mais robustos desta opção por medidas mais estruturais. “Precisamos enfrentar os fatores que compõe o Custo Brasil: juros altos, carga tributária elevada e complexa, déficit de infraestrutura e outras distorções fazem com que o produto brasileiro seja artificialmente mais caro do que os similares produzidos em outros locais. Além disso, sem dúvida, a recuperação da economia internacional é um fator de extrema relevância para a volta do crescimento industrial brasileiro”, fala o presidente da FIESP. A indústria teria apresentado desempenho significativamente melhor em 2019 não fosse a situação econômica complicada da economia internacional, principalmente da Argentina. Por outro lado, estamos com um câmbio muito favorável para os exportadores. Com a aprovação das reformas e a consolidação do equilíbrio fiscal devemos manter a inflação sob controle e os juros mais baixos durante todo o ano de 2020, consequentemente o dólar deverá permanecer mais elevado do que se encontrava anteriormente. Este novo cenário estimula a produção nacional, pois facilita as exportações e dificulta as importações, favorecendo o produto interno. Quanto ao crescimento da produção industrial, a expectativa é que o crescimento seja superior ao do PIB que está estimado em 2,5% ao ano. Os indicadores econômicos apontam para uma retomada lenta, porém ||||

24 |

ANFAMOTO em Revista | Edição 149

consistente do emprego e do consumo que irá aumentar a demanda pelos produtos industriais. Além disso a economia está vivendo um momento ímpar em nossa história; finalmente conquistamos um cenário de inflação sobre controle, cambio alinhado e juros baixos. Tudo isso será determinante para dar maior previsibilidade às empresas, facilitar investimentos e favorecer as exportações. O governo tem acertado ao encaminhar medidas econômicas estruturais com grande potencial de impacto, como a reforma da Previdência. Ainda precisamos avançar em questões essenciais, como as Propostas de Emenda Constitucional do Pacto Federativo, Emergencial, e dos Fundos Públicos, além das reformas Administrativa e Tributária. Aprofundar essas reformas é condição essencial para que possamos garantir que os gastos públicos vão voltar a caber no PIB e estas conquistas recentes não se perderão. Neste ano também precisaremos atacar a questão dos juros altos para que as empresas possam voltar a investir e gerar empregos. A despeito de estarmos já há mais de um ano com a Selic no menor patamar histórico os juros aos tomadores finais, tanto empresas e pessoas físicas, seguem altíssimos. Temos notado um crescimento acelerado do mercado de títulos e empréstimos que circulam fora do mercado financeiro tradicional, o que é uma excelente notícia. Também esperamos que com a consolidação do open banking, do cadastro positivo e maior atuação das fintechs no mercado bancário a concorrência aumente de forma a reduzir os juros. Já passou da hora de termos taxas de juros competitivas no

País; ainda há muito a ser feito neste sentido, mas acredito que estamos no rumo certo para que tenhamos uma recuperação econômica com abundância de crédito e juros mais justos para todos. Os indicadores econômicos e setoriais apontam para uma retomada lenta, porém consistente em 2020. Já vemos os resultados práticos desse movimento, com a previsão do PIB para 2019 tendo sido revista para cima diversas vezes nos últimos meses, tendo chegado a 1,2% em dezembro. A continuidade dessa agenda somada a medidas de curto prazo para reativação da demanda, como o saque do FGTS e utilização dos recursos dos fundos públicos para impulsionar o investimento, devem fazer com que o ano de 2020 apresente um crescimento mais alto, em torno de 2,5% ou 3%. “Ainda há muito trabalho a ser feito, mas acredito que após um ano de diversas conquistas seguimos no rumo certo para que tenhamos uma recuperação econômica vigorosa, com geração de empregos, renda e prosperidade que o país tanto precisa”, finaliza Paulo Skaf. TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGA Tayguara Helou, presidente do Setcesp - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região, fala que em 2019 o setor de transporte de cargas teve uma leve melhora. Nada muito excepcional, porém também sem puxar o freio de mão. O PIB cresceu pouco, mas cresceu, e o desemprego diminuiu. Setores de serviço, tecnologia e bens de consumo foram os que deram maior


sinal de recuperação. A indústria, no entanto, patinou o que refletiu em parte no transporte rodoviário de carga. “Houve sim, no setor de transporte rodoviário de cargas uma melhora no quadro, mas timidamente, os empresários ainda se movimentam com muita cautela”, completa Tayguara. Para o presidente do Setcesp a reforma da Previdência e a Reforma Trabalhista foram medidas-chave para a engrenagem econômica voltar a girar, embora vale destacar que na oportunidade muito mais poderia ser feito, mesmo assim, foram aspectos positivos a serem considerados. Outro fato interessante, foram as medidas de estímulo ao consumo, como a liberação de recursos do FGTS. Deixando de lado as polêmicas que atrapalham o governo, merece destaque a atuação positiva com política de mercado mais ampla e abertura da atividade econômica. Por um outro lado, medidas específicas em relação

ao setor, como por exemplo o piso mínimo do TRC (tabelamento do frete) e um possível CIOT para todos, tem atrapalhado muito o desenvolvimento do setor, pois burocratiza a operação. Óbvio que o cenário externo impacta nas operações logísticas, o volume de importações e exportações e o preço petróleo e óleo diesel, são prova disso. Mas o crescimento do setor de transporte depende muito mais de questões internas. “Temos uma política de mobilidade desastrosa, temos uma cobrança de IPVA que beneficia uma frota envelhecida, que é muito mais poluente e custosa. Precisamos aliar a inovação e as tecnologias para trazer mais competitividade para o setor e o mercado. O transporte de cargas é um dos setores mais onerados pela carga tributária e por processos burocráticos no Brasil, e infelizmente tudo se transforma em ineficiência para a economia como um todo”, diz Helou. Com base no cenário atual, a expectativa da entidade e otimista, temos uma política que acena ao mercado, e isso nos traz um certo otimismo, se traduz em uma expectativa de crescimento. Estamos realizando estudo sobre que poderá mensurar melhor qual a previsão do crescimento no setor para o ano. Em breve, teremos informações mais embasadas para divulgar, mas se a economia crescer de fato acima de 2%, o setor terá uma melhora subs-

tancial. Ainda com base na atual conjuntura econômica, a expectativa é de que a confiança das empresas cresça que as companhias retomem os investimentos, e que isso reverbere no aumento do número das contratações. Mais pessoas empregadas, resulta em maior confiança, juros menores e giro da economia. Sobre 2019 de uma maneira geral, o presidente do Setcesp, aponta que não foi tudo aquilo que esperávamos, mas também não foi uma decepção. Um ano de novo governo, que gera uma natural resistência, e sim, houve questões delicadas, mas também superações e agora acredito que as incertezas tenham ficado para trás. Há outras reformas necessárias, mas um passo inicial já foi dado, e isso é muito importante.  “Precisamos avançar em ritmo acelerado para compensar todo o tempo de estagnação que tivemos. Não apenas engatinhar, é necessário correr mesmo para recuperar o tempo perdido. Além disso é indispensável termos menos regulamentação e mais fiscalização. Há questões pendentes importantes, como Reforma Tributária e Administrativa, e porque também não pensarmos em uma Reforma Política, seria o ideal”, completa Tayguara Helou.


Com a palavra Rodrigo Garcia, Vice-Governador de São Paulo O Presidente da Anfamoto, Orlando Cesar Leone, convidou. O vice-governador do Estado de São Paulo a conceder entrevista para Anfamoto em Revista. Rodrigo Garcia, 44 anos, é advogado e empreendedor. O vice-governador é também secretário de governo. Foi deputado federal por dois mandatos (2011/2018) e líder da bancada do Democratas. Exerceu três mandatos de deputado estadual, tendo sido presidente da Assembleia Legislativa, entre 2005 e 2007. Garcia tem em sua trajetória importantes realizações e ações, entre elas, criou e disponibilizou na Internet o Portal da Transparência, onde são divulgados os gastos das secretarias, subprefeituras, autarquias e empresas públicas, além da folha de pagamento dos servidores públicos e coordenou a reforma administrativa da Prefeitura de São Paulo e ajudou na implantação do MEI – Empreendedor Individual. Na entrevista, o vice-governador fala sobre o Programa Res|||| 26 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149

peito à Vida, que tem foco em segurança viária, sobre as ações do governo para diminuição de acidentes, falou sobre as linhas com cerol, da atuação do governo no incentivo aos cursos de capacitação e projetos no âmbito da mobilidade urbana. Leia abaixo a entrevista na íntegra: Anfamoto em Revista - O Programa Respeito à Vida tem foco em segurança viária, pode nos falar um pouco sobre o projeto como um todo? Se serão feitas parcerias com entidades para que o programa possa ser difundido de maneira ampla? Rogrigo Garcia - O Programa Respeito à Vida atua na mobilização de secretarias e órgãos de governo, prefeituras, iniciativa privada e sociedade civil organizada para viabilizar ações preventivas e reduzir acidentes e fatalidades. O programa faz a gestão do Infosiga.SP, sistema de dados que traz informações mensais sobre acidentes, vítimas e ocorrências fatais de

trânsito em todo o estado, inclusive com mapa de locais. As parcerias com empresas e associações e entidades do terceiro setor são outro canal de integração para a conscientização e educação no trânsito. Complementarmente, considerando que a grande parte dos acidentes acontecem nas ruas de nossas cidades, o governo do estado repassa recursos de multas aos municípios por meio de convênios para a realização de intervenções de engenharia e ações de educação e fiscalização. Hoje, 304 cidades são parceiras do programa e R$ 200 milhões em recursos provenientes de multas do Detran. SP beneficiam 96% da população. Muitas vezes, uma pequena intervenção de iluminação, correção de curva acentuada em uma via salva centenas de vidas. AR - De acordo com informação prestada no dia do lançamento do programa, os acidentes com motociclistas somaram 566 óbitos de janeiro a maio de 2019. Quais são


as políticas públicas do governo paulista em relação aos motociclistas para diminuir as ocorrências e consequentemente os óbitos? Esses números foram atualizados? Os números são atualizados mensalmente no site do Infosiga e publicados todo dia 19 de cada mês. Os números atuais somam 1560 óbitos de ocupantes de motocicleta no Estado de São Paulo. Esse número é uma catástrofe e temos que combater diariamente essa calamidade. O Governo do Estado tem incluído recorrentemente o Motociclismo em suas campanhas educativas do Detran e da Polícia Militar e trabalhamos com ações fiscalizatórias de rotina nas ruas das regiões metropolitanas em especial com destaque a Operação Cavalo de Aço da PM. AR - Durante sua explanação no lançamento do programa, foi dito que o programa terá um foco muito grande na educação e capacitação dos educadores para que tenhamos nas próximas gerações, condutores mais responsáveis. Sabemos que a educação tem um papel fundamental, e nos aproximamos das férias escolares. Historicamente no mês de julho,

dezembro e janeiro o número de óbitos de motociclistas, vítimas de linhas com cerol aumenta. Quais medidas vêm sendo tomadas para inibir a venda de linhas com cerol? Há na grade do curso de qualificação alguma disciplina quanto a prevenção de acidentes? RG - Sabemos que o uso de linhas de pipa com material cortante é de altíssimo risco para motociclistas. Por isso mesmo, o governador João Doria sancionou a Lei nº 17.201 no último mês, para que os órgãos estaduais de fiscalização

e repreensão do uso desse tipo de material apliquem rigorosamente a lei. Além disso, o Respeito à Vida tem parceria com o Detran e a Secretaria da Educação com a inclusão do tema trânsito na grade curricular, por meio do Programa Via Escola. Em complemento, foi idealizado um curso de capacitação de professores, aplicado pelo Centro Paula Souza e o desenvolvimento de um curso de capacitação de gestores públicos, especificamente voltado à mobilidade urbana e segurança viária.


AR - Os motociclistas são apontados como líderes das estatísticas nos acidentes, há dentro do programa algum curso que auxilie a preparar os condutores para as adversidades encontradas nas ruas bem como reforçar a legislação de trânsito? RG - Qualquer alteração na legislação de trânsito passa pelo Conselho Nacional de Trânsito, portanto não cabe ao Estado interferir. Mas apoiamos toda e qualquer ação ou alteração que proteja a vida das pessoas e reduza o número de vítimas e fatalidades em nosso trânsito. AR - O curso especializado de motofretista é uma exigência legal para motociclistas que querem trabalhar com o transporte de pequenas encomendas/cargas. A normativa está prevista na Resolução 410/12 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) e na Lei federal 12.009, é um curso bem completo, o Estado incentiva os motofretistas a fazerem o curso? O Estado de São Paulo, possui 29 entidades de ensino já credenciadas para a oferta desse curso e anualmente novas entidades de ensino podem requerer credenciamento para ministrar esse tipo de curso. |||| 28 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149

Assim, a partir da abertura de novos credenciamentos em todo o Estado, possível com a edição da Portaria Detran No 557/2015, o Estado de São Paulo incentiva os motociclistas que pretendem exercer a atividade de motofretista a fazerem o curso, na medida em que disponibiliza a rede de credenciados em todo o Estado. AR - Ainda no lançamento do Programa Respeito à Vida, durante a sua fala Governador João Doria, mencionou que pretende desburocratizar a gestão estadual e transformar as assinaturas e disponibilização de recursos aos municípios de forma digital. No quesito inovação quais são os projetos em andamento para tornar mais simples a vida do cidadão paulista? Principalmente para os motofretistas? RG – No caso dos motociclistas que atuam na atividade de motofretista está em desenvolvimento no Detran SP, o PROEM – Programa de Educação para Motofretistas. O Programa prevê acesso gratuito ao curso especializado de motofrete e no que se refere às etapas obrigatórias da prática de pilotagem profissional, esta será feita de forma descentralizada, permitindo maior mobilidade e ganho de tempo.

AR – Segundo o Infosiga SP, o maior número de fatalidades de trânsito ocorre em vias municipais. O programa anunciou que em parceira com o Detran.SP, celebrou convênio com 304 prefeituras, para implantar lombofaixas, melhorar a sinalização entre outras atividades de segurança. O Governo do Estado pretende da mesma forma investir em convênios educacionais com essas prefeituras, bem como na capacitação e prevenção? De que forma? RG - Estamos celebrando convênio entre o Detran e Secretaria da Educação para implementação do Programa via Escola que visa capacitar os educadores sobre a temática, bem como os alunos da rede estadual. AR - Um estudo feito pelo Núcleo de Pesquisa da Fecap – Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, revelou que, em média, quatro motos são roubadas por hora no Estado de São Paulo. O levantamento considera 18.553 furtos e 17.167 roubos registrados em 2018, com base em boletins de ocorrências divulgados pela SSP-SP. O estudo traz ainda dados como locais dos roubos e os horários de maior incidência dos roubos. Quais medidas estão sendo tomadas para inibir o roubo das


motocicletas? Há pretensão de se criar uma delegacia especializada em roubo de motos, bem como um cadastro que registre essas motos roubadas, a exemplo dos carros? RG - Os roubos e furtos de veículos estão em queda no Estado de São Paulo há 31 meses consecutivos. As polícias Civil e Militar realizam operações constantes para combater esse tipo de crime. Temos a Operação Desmonte da Polícia Civil que já fechou mais de 10 desmontes, além da prisão dos criminosos envolvidos com essa prática. A Polícia Militar também faz o monitoramento de veículos roubados por meio do Detecta e realiza as operações “Cavalo de Aço”, que fiscaliza motocicletas e motoristas. Só neste ano 97.857 motocicletas foram fiscalizadas. O Estado trabalha diariamente para evitar o crime e continuará assim agindo. AR – Os assuntos ligados a motocicleta e ao motociclista são muitos. A Anfamoto como associação do segmento gostaria de encabeçar uma comissão desse tipo, há intenção do governo, em criar frentes para tratar do tema com todos os atores envolvidos? RG - As estatísticas do Programa Respeito à Vida mos-

tram a toda sociedade que os motociclistas são as maiores vítimas de acidentes de trânsito e isso é nosso tema de destaque nas discussões sobre as ações e medidas que podem ser adotadas para mitigar o número de acidentes e vítimas. A associação é mais do que bem-vinda a trabalhar conosco para a construção de políticas públicas para evitar mortes e acidentes de motociclistas. AR – Quais os projetos do governo na área de mobilidade urbana e os investimentos previstos nessa área? RG - Para a mobilidade urbana, temos um amplo projeto de novas linhas de Metrô na capital paulista, com a retomada das obras paradas como a Linha 6 e Linha 17 monotrilho, ainda

a extensão da Linha 2 Verde; modernização e concessão das linhas da CPTM melhorando o padrão de operação. Também vamos reativar o trem de passageiros nas regiões metropolitanas começando pela ligação São Paulo - Campinas com o Trem Intercidades. No caso do ABC, estamos modernizando a linha 10 da CPTM e ainda vamos construir o BRT, corredor de ônibus que será construído no trajeto na estação Sacomã da Linha 2-Verde até São Bernardo do Campo. Na Baixada Santista, estimamos a conclusão da extensão da Baixada Santista até Valongo para 2022. Esse segundo trecho do VLT, Conselheiro Nébias – Valongo, tem um investimento previsto Wde R$ 435,6 milhões. Ao todo, são oito quilômetros de extensão, com 14 estações.


SALÃO DUAS RODAS / MOTO DE OURO

SALÃO DUAS RODAS 2019 Cheio de atrações, o Salão Duas Rodas mostrou em seis dias de evento as novidades e tendências do mercado de duas rodas. O evento não é só para os apaixonados que querem ver os lançamentos do setor, mas também, para empresas que buscam negócios. As principais fabricantes de motocicletas estiveram presentes: Haojue, Honda, Kawasaki, KTM, Kymco, Royal Enfield, Suzuki, Triump, Vespa e Yamaha. Além dos modelos que já estão pelas ruas, os lançamentos para 2020 também foram apresentados. A Honda apresentou as novas CB 650R e a CBR 650R, reformuladas e com novo designer. Outra linha que veio reformulada foram as CB 500F e a CB 500X. Outro ponto alto do estande da montadora japonesa foi o scooter ADV 150, que por hora só |||| 30 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149

é vendido na Ásia, mas que pode ser trazido ao Brasil, depende da aceitação do público. O Scooter Forza 300 também ficou na mesma situação. Ambos fizeram sucesso, os visitantes deram bastante atenção aos dois modelos. A Triumph trouxe a Rocket 3 e a Street triple RS.


Além das motos foi possível também para o visitante acompanhar palestras de segurança e pilotagem. Mesmo sem ter nenhum lançamento a Suzuki mostrou toda sua linha 2020 e o modelo que mais chamou a atenção foi a superesportiva GSX-R 1000. Haojue e Kymco estavam na mesma área para reforçar a marca no mercado brasileiro. A Kawasaki também trouxe lançamentos para 2020, a motocross KX 250 e a Z900. E a marca apresentou ainda toda a sua linha 2020 com destaque para as Versys 1000 e Z400. Um estande que ficou sempre cheio foi o da Yamaha, principalmente por conta da parceria com a Marvel, apresentando motos customizadas com as cores e os elementos dos Super-heróis da marca. Outra novidade apresentada pela montadora foi a moto com conceito autônomo MotoroID, que é capaz de atender ao chamado de voz. O grande lançamento foi o Scooter de 250cc, a X-Max 250, muito mais confortável e com maior autonomia para quem gosta de pegar estrada. A Royal Enfield apresentou as Interceptor e a Continental GT 650, motos com mais tecnologia embarcada. As motos mais famosas da marca também estavam presentes a Classic e a Himalayan que ganhou uma série especial com cem unidades, de nome Sleet e com pintura especial e alforjes de série. A Anfamoto – Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças, também marcou presença no Salão, prestigiando e apoiando alguns de seus associados que também estavam expondo: Alba, Baterias Heliar, Brandy, Ciclo Cairu, EBF Capacetes, EBF Vaz, Fischer Freios, Imotopeças, KMC-Sudamerica, Montanna, MT Acessórios, Pantaneiro, Piracapas, Pneus Technic, Pro Trok, TMAC, Valflex, Valplas, Vedamotors e WLS Vulcanbor. A Associação aproveitou a ocasião e lançou o XI Salão Nacional e Internacional das Motopeças, evento da entidade que será realizado de 05 a 08 de agosto de 2020, no Pavilhão Amarelo do Expo Center


SALÃO DUAS RODAS / MOTO DE OURO Norte, que já no lançamento estava com 70% das áreas vendidas. “O setor de motopeças vem acompanhando o crescimento do setor de duas rodas, e o Salão Duas Rodas e um excelente momento para fazermos contato com nossos associados, acompanhar tendências e mostrar ao grande público as novidades do setor de motopeças e acessórios, que vive um excelente momento. O lançamento do Salão das Motopeças também é um marco de sucesso, já estamos com mais de 70% dos espaços vendidos, o que mostra a relevância do evento”, comenta o Presidente da Anfamoto. Leone visitou os associados durante o evento para conferir as novidades. Outras atrações também fizeram parte do Salão Duas Rodas, como por exemplo a Arena Racing, a Arena SDR Extreme que trouxe acrobacias radicais de motos, tinha espaço Kids para as crianças. O Test Ride Mobilidade Urbana, o maior circuito indoor criado para experiência, proporcionou ao público experimentar vários modelos. O Test Ride SDR Experiece foi

|||| 32 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149


realizado em pista outdoor e tinha motos com média e alta cilindrada. Já o Test Ride Off Road aconteceu em uma pista elaborada para que o piloto tivesse a sensação de estar numa trilha com barro e obstáculos. E no Test Ride VIP, as montadoras disponibilizaram modelos exclusivos e de alta cilindrada para que os visitantes pilotassem em 2,3 Km de pista. Para essa edição a Arena de Customização foi duplicada e contou com a presença dos mais renomados customizadores do Brasil. A Arena Games trouxe os mais tecnológicos games para os geek. A Arena Cross realizou uma competição e mostrou acrobacias radicais. Aconteceram ainda apresentações diárias do piloto Fred Kyrillos e manobras radicais do Protork Alto Giro Show. A Arena Lifestyle, contou com um espaço interativo para palestras e talk shows em parceria com a Motostory de Carlãozinho Colchman, que contou a História da Motocicleta no Brasil. Pela primeira vez no evento o Dream Lounge ganhou uma versão especial para o Salão Duas Rodas.


SALÃO DUAS RODAS / MOTO DE OURO

MOTO DE OURO 2019 A premiação do Moto de Ouro 2019, aconteceu durante a realização do Salão Duas Rodas, na Arena Racing. No prêmio promovido pela Revista Motociclismo, foram eleitas as melhores motocicletas divididas em doze categorias: city, clássica, crossover, CUB, custom, esportiva, maxitrail, moto verde, naked, scooter, touring e trail. Os consumidores também puderam votar em categorias referentes a imagem das marcas e opinar também em quesitos como qualidade, emoção, melhor negócio, publicidade e satisfação do cliente. A Honda ficou com cinco troféus, venceu duas das categorias de imagem: publicidade e melhor negócio. E outros três na categoria touring com a GL 1800 Goldwing, CUB com a Biz 125 e Scooter X-ADV.

|||| 34 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149

A Yamaha levou quatro troféus. Todos são de produto, nas categorias City com a MT-03, Naked com a MT-09, Moto Verde com a YZ450F e Crossover com a TRacer 900 GT. A BMW conquistou três troféus. No quesito imagem a marca ficou com o prêmio da categoria

Qualidade. A Ducati ficou com dois prêmios, um de imagem na categoria Emoção e outro na categoria de produto com a Esportiva Panigale V4S. Completaram a premiação, com um troféu cada, a KTM, que venceu o prêmio de imagem na categoria Satisfação do Cliente, a Triumph que teve a Boneville Bobber Black como melhor moto Custom e a Kawasaki que teve a Z900RS eleita a melhor moto na categoria Clássica. O presidente da Anfamoto, Orlando Cesar Leone, entregou o prêmio para Odair Dedicação, gerente de Marketing da Honda, que ganhou o prêmio na categoria Touring com a moto GL 1800 Goldwing.


SUA MOTO EM DETALHES

AMORTECEDORES, COMO IDENTIFICAR PROBLEMAS E A HORA DA TROCA O amortecedor é um dos componentes mais im-

lagem correta do amortecedor, que deve

portantes na condução da motocicleta. Muito além

ser feito por um mecânico, de acordo com

do conforto, a peça é fundamental para a segurança,

as diferentes regulagens de pressão que

já que é responsável também pela estabilidade das

os amortecedores dispõem, esse ajuste

motos. Dessa forma o amortecedor com problemas

está diretamente ligado ao peso, modo

pode interferir diretamente no equilíbrio e controle da

de uso e terreno em que a moto irá rodar

moto. No caso da suspensão, afeta diretamente rodas

melhorando bastante sua dirigibilidade

e pneus causando um desgaste acelerado e acentua-

e gerando mais conforto ao condutor.

do. E além do desgaste na moto como um todo acaba

Outra preocupação no mercado são

gerando uma dificuldade ao condutor, podendo causar

as peças com baixa qualidade. Muitas

acidentes, além do desconforto na pilotagem.

vezes marcas desconhecidas e com pe-

Não existe um prazo de validade para o amortecedor,

ças de baixo custo que podem induzir o

alguns fabricantes recomendam que a peça seja revi-

consumidor a erro. O consumidor deve

sada a cada 10 mil Km rodados. Outros que a inspeção

sempre optar por marcas reconheci-

seja feita de acordo com a indicação no manual do fabri-

das como sinônimo de qualidade e

cante. Vale lembrar que existem diversas variáveis para

garantia e ainda sempre exigir nota

o desgaste do amortecedor, deve ser levado em conta o

fiscal. “Reiteramos que o consumidor

tipo de terreno em que a moto trafega, a forma de condu-

deve optar por marcas confiáveis e

ção e para que a moto é utilizada. O desgaste nos amor-

que deem o respaldo que o amor-

tecedores pode ser facilmente identificado pelo condu-

tecedor exige. Opte por um parcei-

tor, pois a moto tende a apresentar instabilidade em cur-

ro confiável que conhece o produto

vas ou lombadas, pode apresentar vazamentos de óleo,

que comercializa e possui reconhe-

barulhos ou batidas, muitas vezes até arremessando o

cimento de mercado”, diz Thiago

piloto para cima, já que não tem pressão para segurar

Bessoni Salgado da FNA – Fábrica

a compressão e o retorno. Ao identificar algum desses

Nacional de Amortecedores.

problemas a revisão deve ser realizada imediatamente.

Há dois tipos de amortecedores os

Os amortecedores são unidades blindadas e não é

hidráulicos e os pressurizados. A tec-

possível fazer a manutenção dos mesmos. Apenas

nologia Hidráulica possui funciona-

para o sistema de amortecimento dianteiro (bengalas/

mento através do uso de mola, óleo

tubo interno) é possível reparar trocando os retentores.

e do ar, esse modelo de amortece-

Mas é possível fazer alguns ajustes, tais como a regu-

dor tem funcionamento simples. E

|||| 36 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149


pode ser encontrado nas suspensões das motocicletas

veículo, muitas vezes tornando a pilota-

sendo utilizados em pares, um em cada lado da moto,

gem mais confortável.

ou na forma de “monoshock”, como é conhecido no

“Para quem anda muito ou pouco, a

mercado, que é quando apenas um amortecedor faz

melhor opção é utilizar os amortecedo-

a função desejada. E o que define a utilização de um

res desenvolvidos para a motocicleta

ou dois amortecedores na suspensão é a construção

especificamente, evitar adaptações e

de cada modelo de motocicleta. Já os pressurizados

sempre utilizar a motocicleta de acor-

são utilizados nas motos de maior cilindrada, ou que

do com sua finalidade”, diz Roberto

exigem um controle maior da suspensão. O funciona-

Marguti da Marelli Cofap.

mento desse amortecedor é parecido com o hidráulico, porém recebe o reforço do gás nitrogênio no sistema de compressão e retorno, ou seja, o gás nitrogênio proporciona um melhor ajuste e ajuda na dirigibilidade do

FNA – www.fna.ind.br Marelli Cofap www.mmcofap.com.br


CADERNO DUAS RODAS ZERO MOTORCYCLES CONFIRMA LANÇAMENTO DA SR/S No final de fevereiro a Zero Motorcycles vai apresentar ao mercado a nova motocicleta da fábrica norte-americana de motos elétricas. Segundo informações da imprensa internacional, a SR/S é a versão carenada da SR/F naked apresentada pela marca há cerca de um ano. A marca não apresentou ainda nenhuma especificação técnica. Fonte: Moto.com.br

TRIUMPH E BAJAJ FIRMARAM ACORDO GLOBAL A Triumph e a indiana Bajaj Auto assinaram parceria de longo prazo para a criação de uma nova linha de motocicleta de baixa e

média cilindrada. Com a parceria, as marcas vão expandir sua atuação pelo mundo, sendo que a Triumph terá mais opções de produtos para países emergentes, incluindo a Índia, outros mercados asiáticos e o Brasil. Bem como a Bajaj assumirá, em data a ser definida, a distribuição de motocicletas Triumph na Índia e em outros mercados onde a marca inglesa ainda não está presente. Já nos mercados em que a marca atua, os novos produtos desenvolvidos após a parceria entre as marcas serão comercializados na rede de concessionárias já existente.

Fonte: Motociclismo online

|||| 38 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149


NOVAS HONDA CB 650 ESTÃO MAIS ESPORTIVAS

HONDA XRE 190 SPECIAL EDITION ABS 2020 CHEGA AO MERCADO

As novas Honda CB 650 foram apresentadas na última edição do Salão Duas Rodas em 2019, em novembro, mas só vão chegar às lojas em março, a pré-venda já está sendo feita nas concessionárias. Com novo designer e controles eletrônicos a versão naked e a carenada ficaram mais caras. Cerca de 8% a mais que na geração anterior. A esportiva CBR 650R tem o design inspirado na CBR 1000RR. Já a CB 650R, terá as cores azul, vermelha e prata metálico. E a CBR 650R virá em duas cores: vermelha e cinza metálico. Fonte: Blog da Infomoto/UOL

A Honda lançou a versão Special Edition da XRE 190 ABS, o modelo já está disponível na rede de concessionárias da montadora japonesa. A XRE 190 ABS SE tem todas as características técnicas do modelo original. A pintura da XRE 190 ABS SE traz uma exclusiva tonalidade prata fosca com grafismos laranja e preto. A Honda aposta que, com essa estética mais elaborada, a linha SE agregue não somente atratividade aos modelos, mas também ganhem o status de “bom negócio”, motos que com o passar do tempo se revelam mais cobiçadas e mais valorizadas. Fonte: Jornal do Carro / Estadão


Notícias

SISTEMA DE PLACA MERCOSUL PASSA SER OBRIGATÓRIO EM TODO PAÍS

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran), após seis adiamentos, resolveu que o Sistema Mercosul passa a ser obrigatório em todo o Brasil, a partir de 31 de janeiro. Porém não para todos os veículos. A placa se torna obrigatória para o primeiro emplacamento ou troca de munícipio de registro do veículo, em caso de furto ou dano que dificulte a leitura da placa, o proprietário deverá também efetuar a troca. Quem não se enquadrar nas obrigatoriedades podem, ainda, fazer a mudança por opção. O Detran-SP recomenda que o preço das placas Mercosul, custem no máximo R$ 138,24 para carros, ônibus e caminhão e R$ 114,86 para motocicletas. No site

|||| 40 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149

do Detran-SP (http://www.detran.sp.gov.br/), os interessados encontram a lista das empresas credenciadas. O novo modelo apresenta o padrão com quatro letras e três números, que é o inverso do modelo que atualmente é utilizado com três letras e quatro números. O novo modelo permite mais de 450 milhões de combinações, e levando em conta o padrão de crescimento da frota brasileira, pode valer por mais de 100 anos. As mudanças na cor de fundo da placa que passa a ser totalmente branca e na cor da fonte também facilitará a identificação por veículo: fonte preta para veículos de passeio, fonte vermelha

para veículos comerciais, fonte azul para carros oficiais, fonte verde para veículos em teste, fonte dourada para os automóveis diplomáticos e prateada para os veículos de colecionadores. As placas terão também um código de barras dinâmico, do tipo QR Code, contendo números de série e acesso às informações do banco de dados do fabricante e estampador da placa. O objetivo é controlar a produção, logística, estampagem e a instalação das placas, além da verificação de autenticidade.


BRASIL PODE TER TECNCOLOGIA PARA DETECTAR USO DE DROGAS O Ministério da Justiça e Segurança Pública, conforme a Portaria No 384, está estudando a viabilidade do exame toxicológico com a utilização de tecnologia para detectar o consumo de drogas em condutores no trânsito brasileiro. Na segunda semana de abril, termina o prazo para o grupo de trabalho do Ministério apresentar a conclusão. No exterior, a detecção de motoristas

dirigindo sob efeito de substâncias psicoativas nas ruas e estradas e é feita por testes através da saliva ou do suor. Até 2018, o teste da saliva era o mais utilizado, porém com a criação do Intelligent Fingerprinting, autoridades de vários países europeus, América do Norte, Nova Zelândia e Austrália, por exemplo, optaram por esse equipamento que faz o teste somente pelo suor presente na digital para revelar a presença de drogas. O equipamento é capaz de identificar se o condutor está sob o efeito de drogas até 10 horas após o uso. Outra vantagem do equipamento é que o motorista e motociclista é identificado no momento do testem em função da digital.

DPVAT 2020: COMO PEDIR A RESTITUIÇÃO PARA QUEM PAGOU A MAIS Após a confusão no vai e vem de valores do DPVAT 2020, mais de 2 milhões de motoristas pagaram mais caro pelo seguro obrigatório administrado pela Seguradora Líder. Após o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizar a redução do valor, os consumidores têm o direito de receber a diferença paga a maior. Até meados de janeiro, a Seguradora Líder já havia recebido mais de 480 mil solicitações de reembolso. Os consumidores têm muitas dúvidas ainda sobre o reembolso, além de enfrentar dificuldades para fazer o cadastro. De acordo com a Seguradora Líder a restituição da diferença do valor para quem pagou antes da redução, será feita por depósito diretamente na conte corrente ou poupança do pro-

prietário do veículo. O site para solicitar o reembolso é https://restituicao.dpvatsegurodotransito.com.br. Para proceder com a solicitação, será necessário informar: • CPF ou CNPJ do proprietário • Renavam do veículo • E-mail de contato • Telefone de contato • Data em que foi realizado o pagamento maior • Valor pago • Banco, Agência e conta corrente ou poupança do proprietário A Seguradora diz que após o fornecimento das informações o proprietário recebe um número de protocolo para acompanhar o processo, no mesmo site. A previsão de restituição é de dois dias úteis após o cadastro.


DICAS & LANÇAMENTOS

#1 FNA

#2 Valflex

#3 Nasa

“O novo amortecedor pressurizado FNA vai te surpreender com um desempenho sem comparação! Desenvolvido unicamente para você que exige maior performance, durabilidade, conforto e economia, sem abrir mão da segurança.

A Valflex amplia sua linha de filtros de combustíveis e disponibiliza para mercado os filtros:

Compatível com toda a linha Honda e Yamaha 125/150 cc (consulte fabricante).”

354 - NXR/Bros 150 06 a 09/NXR bros 150 flex(bico grosso)

NS-1001 escamoteável com design aerodinâmico e produzido em ABS de alta pressão leve e resistente, possui viseira de 2,1 mm com proteção UVA e UVB o modelo conta também com queixeira ajustável com abertura de fácil acesso e 5 pontos de fluxo de ar para manter a temperatura ideal em seu interior, além do óculos interno (Sun Visor) de fácil ajuste manual.

MAIS INFORMAÇÕES: (54) 3213-6500

#4 Maxx Premium Produzidos com aço 1045, o Kit de Transmissão Maxx Premium passam por processo usinagem e tratamento térmico, o que proporciona uma excelente vida útil e um encaixe perfeito para as motos. Maxx Premium a qualidade das nossas peças faz a nossa marca.

MAIS INFORMAÇÕES: (11) 2475-7000 |||| 42 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149

352 - CG Bros 150/160 2010 ED/Falcon 2013/Biz 125 2011(bico fino); 353 - CG Titan/Fan 150 09 (Bico torto);

Você vai se surpreender com a qualidade do NS-1001, um dos mais leves da sua categoria. MAIS INFORMAÇÕES: (11) 2317-3388

MAIS INFORMAÇÕES: (11) 3335-4955

#5 Delta Capas

#6 CNB

A DELTACAPAS, que possui uma linha completa de conjuntos de chuva, lança agora a sua NOVA BOTA IMPERMEÁVEL. Junto com a linha de capas de chuva de PVC e NYLON, a NOVA BOTA IMPERMEÁVEL DA DELTA completa nossa linha de trajes para chuva que todo motociclista precisa para seu conforto e segurança.

MAIS INFORMAÇÕES: (51) 3238-4000

As baterias CNB possuem certificação internacional de qualidade, o que garante uma excelente opção na hora da substituição da bateria da moto. Partida eficiente e durabilidade são seus pontos fortes.

MAIS INFORMAÇÕES: (11) 3335-4955


Lista de Associados

FABRICANTES A.A.S. Moto Ind. e Com.(Pedro A. Souza) R. Centralina, 268-A 08410-100 - São Paulo - SP Tel.: (11) 2961-6902 - Fax.: (11) 2961-4665 E-mail: aasmoto@ig.com.br Fabricante de Guarnição para ponteiras de escapamentos e elementos para filtro de ar (espuma) Alba Industrial Impermeáveis Ltda Rua Fernão Pompeu de Camargo, 835 Jd. Trevo - 13041-025 - Campinas -SP Tel.: (19) 3272-9821 / Fax: (19) 3272-9795 Site: www.albaindustrial.com.br Fabricante de conjuntos impermeáveis, capas p/ motos, sobre botas, luvas, casacos, blusões e mochilas Arbyn Favaro Tecnometal R. Eng. Guilherme Cristiano Frender, 1.114 Aricanduva 03477-000 São Paulo- SP Tel.: (11) 2727-3777 / Fax: (11) 2722-1444 E-mail: arbyn@arbyn.com.br www.arbyn.com.br AWA Motos Rua Lavineo de Arruda Falcão, 1272 14808-390 – Araraquara – SP (16) 3301-1890 E-mail: marina.murari@awamotos.com.br Site: www.awamotos.com.br Baterias Heliar Av. Antonio Carlos Cômitre, 540 6º andar Campolim 18047-620 Sorocaba-SP Tel.: (11) 3416-8125 Site: www.heliar.com.br Brandy Indústria e Comércio Ltda. Rua: Caconde 660 - Salgado Filho 14079-016 Ribeirão Preto - SP (Ref.: Marginal da Rod.Anhanguera Km 317) Tel (16) 3995-9955 / Fax (16) 3995-9953 e-mail: brandy@brandy.com.br Site: www.brandy.com.br Fabricante de: Coxim, pastilhas, guia, tensor, filtros, reparador, lubrificantes e linha de óleos. Brake Shoes Ind. e Com. de Materiais de Atrito Eireli – EPP Rua Eng. Frederico Fischer Junior,95 09411-080 – Ribeirão Pires – SP Tel.: (11) 4822-7171 E-mail: adm@fischerfreios.com.br

BRV Ind. De Artigos Plast. Metal. Ltda Rua Ituverava, 89 03151-020 – São Paulo – SP Tel.: (11) 2273-7329 Site: http://brvmoto.wix.com/brv-moto# Fabricante de Borrachas e plásticos. Caramori Ind. e Com. Ltda. Av. Dr. Alberto Jackson Byington, 1777 06276-000 - Osasco - SP Tel (11) 3601-4522/Fax (11) 3601-2608 E-mail: caramori@mail.com Fabricante de acessórios e baús. Cerâmica e Velas de Ignição NGK do Brasil Ltda. Estrada Mogi - Salesopolis, Km 9 - Cocuera

08701-970 – Mogi das Cruzes - SP Tel (11) 4793-8000 Site: www.ngkntk.com.br Fabricante de Velas de ignição, cabos de ignição, terminais supressivos e sensores de oxigênio

Dagostin / Maximo Fabr. De Peças p/ Motocicletas - Máximo Rod. SC 443, Km 17,9

B. Graziela

88830-000 Morro da Fumaça – SC. Tel (48) 3434-4711 Site: www.exijamaximo.com.br Fabricante de retrovisores para motocicleta. Danidrea Ind. e Com. Ltda. R. Aristides Crivellaro, 474 Morro das Pedras 13279-813 Valinhos – SP Tel (019) 2136-0888 E-mail: danidrea@danidrea.com.br Site: www.danidrea.com.br Fabricante de Caixa de Direção, Reparos p/ Freios, Buchas p/ Suspensão,Travas p/ Coroa. Deltacapas Comercial e Industrial Ltda Av.: Das Industrias, 750 – prédio: 02 – modulos: 04 e 05 Dstrito Industrial 94930-230 Cachoeirinha-RS tel.: (51) 3238-4000 - fax: (51) 3238-4004

Cia Magnetron Ind. E Com. de Componentes Alameda Arpo, 760 – E 83210-290 – São José dos Pinhais – PR 41-3381-8800 www.magnetron.com.br Cometa Ind. e Com. de Moto Peças Ltda. R. Sitha, 301 Jd. Inamar 09981-070 Diadema – SP Tel (11) 4091-1517/Fax (11) 4091-6006 Site: www.cometamoto.com.br Fabricante de manetes, manicotos e pedais. Controlflex - Ind. Cabos Comando Ltda. R. Carmelina Garcia, 790 – Altos da Fortaleza 18113.010 - Votorantim - SP PABX: 15 3353.9000 – SAC 0800 10 6969 Site: www.controlflex.com.br

Demtec Artefatos de Borracha Ltda. Rua: Maria Rosa de Jesus, 200 V. Sto. Antonio 08534-030 Ferraz de Vasconcelos – SP Tel.: (11) 2280-3661/4674.5435 Call free- 0800.707.3661 e-mail: vendas@demtec.com.br site: www.demtec.com.br Fabricante de Coletores de Admissão, Bucha da Coroa e Coxim. EBF Ind. e Com. de Artefatos Plásticos Ltda Rod. Eng. Ermênio de Oliveira Penteado, km 54,5 13340-600 – Indaiatuba – SP Tel.: 19-3825-4460 E-mail: sac@ebfcapacetes.com.br Site: www.ebfcapacetes.net.br Fabricante de Capacetes

Corteco América do Sul- Freudenberg Av. Piraporinha, 411- Jd. Oriental 09950-902 - Diadema - SP Tel (11) 4072-8000 Site: www.corteco.com.br Fabricante de retentores e selos haste de válvulas, Juntas de motor, reparo da direção hidráulica, kit câmbio, filtros de ar-condicionado e kit de roda com e sem rolamento Costa e Brito Ind. e Com. Ltda-ME BRC Racing Av.Gilberto Carvalho, s/nº lt. C123 24944-000 – Maricá – RJ Tel/Fax: (21) 3606-2074 Site: www.escapamentosbrc.com.br Fabricante de Escapamentos

EBF VAZ - Ind. Com. Ltda. Av. Arquimedes, 615 - Cx.Postal 00436 13211-840 - Dist. Indl. Jundiaí - SP Tel (11) 4585-3900 /Fax (11) 4582-1613 E-mail: clientes@ebf.com.br Fabricante de Coroas, Pinhões e Engrenagens. Ebram Metalurgica Imp. Exp. Ltda R. da Primavera, 194 09980-040 Diadema – SP F. (11) 4051-2066 Fax: (11) 4051-2066 E-mail: ebramvendas@yahoo.com Site: www.aronipmotos.com.br Fabricante de Aros e raios


Lista de Associados

EGK Motoparts Ind. e Com. Ltda R. Iolando Ribeiro Boaventura, 394 Jd.Maringá 03525-120 São Paulo – SP Tel/Fax: (11) 2021-2491 www.egkmotoparts.com.br E-mail:vendas@egkmotoparts.com.br Fabricante de correntes de comando, filtro de ar, filtro de óleo e caixas de direção Eninco Eng. Ind. e Com. Ltda. Tel (43) 3571-8640 Site: www.eninco.com.br Fabricante de raios e aros em alumínio e aço para motos e bicicletas. Fischer Pastilhas e Freios Especiais Rua Eng. Frederico Fischer Jr., 75 09411-080 – Ribeirão Pires – SP Tel.: (11) 4822-7171 - Fax: (11) 4822-7193 Vendas: (DDR) (11) 4822-7181 E-mail: vendas@fischerfreios.com.br Site: www.fischerfreios.com.br Fabricante de pastilhas de freio, patins e discos de embreagem. FNA - Fábrica Nac. de Amortecedores Ltda. AV. Perimetral Bruno Segalla, 11.114 -Kayser 95098-752 - Caxias do Sul - RS Tel: (54) 3213.6500 - Fax: (54) 3213.6511 E-mail: vendas@fna.ind.br Site:www.fna.ind.br Fabricante de Amortecedores e cilindros Fras-le S/A Rod 122, km 66,1 nº 10945 95115-550 – Caxias do Sul – RS 54-3239-2000 www.fras-le.com GEMOTO R. 28 de Junho, 386 V. Morangueirinha 87040-280 Maringá – PR Tel/fax (44) 3028-8559 Site: WWW.gemoto.com.br E-mail: gemoto@gemoto.com.br Fabricante de: escapamentos, guidões, pedais de partida,pedais de apoio (estribos), cavalete laterais, suporte aranha de farol Gow Helmets Indústria e Comércio Ltda Av. Riachuelo, 73 76970-000 Pimenta Bueno – RO F. (69) 3451-2550 E-mail: gow@gowcapacetes.com.br Fabricante de Capacetes Grua Ind. e Com. Ltda. R. Prof. João Machado, 325 - Freguesia do Ó 02927-000 - São Paulo - SP Tel (11) 3931-0891/Fax (11) 3931-5744 Site: www.grua.com.br Fabricante de cabos de comando, bucha da coroa e da balança, ferramentas especiais. |||| 44 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149

GVS SPORT Ind. e Com. de Peças Ltda Estrada Municipal, 1840 - Jundiazinho 07600-000 Terra Preta Mairiporã - SP Tel: (11) 4486-2611 Fax: (11) 4343-5012 Site: www.gvssport.com.br Fabricante e retrovisores

KSPG Automotive Brasil Ltda. Rod. Arnaldo Julio Mauerberg, 4000 BL- 1 13460-000 - Nova Odessa - SP Tel (19) 3466-9360 Site:www.ms-motor-service.com.br Fabricante de Produtos automotivos

Impacto Peças para Automotores Ltda (Motobor +) Rua Dom João V, 266 05075-050 - São Paulo-SP Tel.: (11) 2365-5006 Site: www.motobormais.com.br

Mahle Metal Leve S.A Rod. Eng. João Tosello, SP 147, Km 96 – Pinhal 13486-264 Limeira – SP Tel.:(19) 3404-7700 / Fax:(19) 3404-7711 Site: www.mahle.com.br Pistões com Pino: pistão + pino; - Pistões com Anel: pistão + pino + anel, Kits p/ Motores: pistão + pino + anel + camisa, - Anéis: anel, - Válvulas: válvula; Guias de Válvulas: guias de válvulas

Ind. e Com. de Motopeças Chapam Av. Longarone, 1329 - Bairro De Villa 88840-000 - Urussanga - SC Tel/Fax (48) 3465-1453/3465-3290 Email: chapam@terra.com.br Site: www.chapam.com.br Fabricante de alças, antenas, bagageiros, cavaletes, guidões, pedai de freio, protetores, suportes diversos, etc. Ind. de Pistões Rocatti Ltda Av. Gil Martinez Perez, 25 14807-038 Araraquara – SP Tel. (16) 3311-4144 Fax (16) 3322-2311 E-mail: Joaquim.caratti@rocatti.com.br Site: www.rocatti.com.br Prestação de serviço de:Usinagem, fundição em ligas de alumínio, pintura epóxi , cromo duro e nicasil Industrial Levorin S.A. Avenida Monteiro Lobato,nº 2641, 07190-901 - Guarulhos - SP Telefone: 11-2464.6610, 11-99249.2439 Email: fcentofanti@levorin.com.br www.levorin.com.br Jayfex Consultoria e Com. Exterior Ltda Rua Tupy, 565 89214-400 – Joinville – SC 47-3467-0071 www.jayfex.com.br / www.hardt-way.com Jeskap Ind. Com. Imp. Exp. Ltda – Epp Rua Pedro Criste, 65 06900-000 – Embu Guaçu – sp (11) 4661-8020 E-mail: adm@jeskap.com.br Site: www.jeskap.com.br Jojafer Com. de Peças e Acess. p/ Motos Ltda-EPP Av. Rangel Pestana, 256 sl. 04 09185-220 – Santo André – SP Tel.: (11) 4978-3178 Fax: (11) 4474-2078 Site: www.jojafer.com.br E-mail: jojafer@uol.com.br Krieck Componentes Mecânicos LTDA ROD. BR 470 Nº 4521 89130-000 – Indal – SC 47-3333-1991 www.krieck.com.br administrativo@krieck.com.br

Marelli Cofap do Brasil Av. Manoel da Nóbrega, 196 09380-120 - Mauá - SP 0800 019 4054 www.mmcofap.com.br Megaville Ind. e Com. de Peças para Motocicletas Ltda. Rua: Candeias, 225 89233-410 - Joinville - SC Tel/Fax (47) 3426-3302 E-mail: vendas@industriamegaville.com.br Site: www.industriamegaville.com.br Fabricante de bobinas, estatores linha completa, chicotes, baterias 2,5 amp á 7 amp., rele de partida e de pisca, cdi e retificadores, porta escovas e reparos, pedal de partida, camara de ar, guidão / suporte do báu, cachimbos de vela, coxim e bucha da coroa, protetor de mão, trava pneu, linha motoserra / modulo e pinhão, volante magnético. Melc Ind. e Com. Ltda. Av. Armando Giassetti, 501 Torres S. José 13214-525 Jundiaí – SP Tel.: (11) 4815-9200/9202 Site: www.melc.com.br Fabricante de Peças Plásticas em geral. Metalúrgica Fortuna Ltda. Rod. Marechal Rondon, KM 517 (600 mts) 16204-104 - Birigüi - SP Tel (18) 3642-3846 / Fax (18) 3641-1052 E-mail: vendas@fortunaescapamentos.com.br Fabricante de Escapamentos p/ motocicletas MGL Mecânica Grizante Ltda. R. Maria Aparecida Dequeche, 1365 Distr. Indl. João Batista Caruzo 13848-662 - Mogi Guaçu - SP Tel (19) 3891-2904/ Fax (19) 3891-5789 E-mail: mgl@mglmotos.com.br Site: www.mglmotos.com.br Fabricante de Buchas, molas, porcas, parafusos, etc. MT ACESSÓRIOS Rua Conego Agostinho, 1856 62900-000 – Russas – Ce Tel.: (88) 3411-2305 E-mail: mt.acessorios@hotmail.com Site: www.mtacessorios.com.br


Lista de Associados

Nachi Brasil Ltda Av. João XXIII, 2330 08830-000 Mogi das Cruzes – SP Tel.: (11) 3284-9844 Fax (11) 3284-1751 Site: www.nachi.com.br Fabricante de: Rolamento de rodas, transmissão e virabrequim p/ motocicletas e p/ aplicações auto-elétrico e industrial Pantaneiro Ind. E Com. De Capas Eireli Rua Visconde de São Leopoldo, 795 93025-400 – São Leopoldo – RS Tel.: (51) 3590-4217 Site: www.pantaneirocapas.com.br Paramotos Ind. Com. e Importação Ltda. Av. Jovino Fernandes Sales, 677 37130-000 - Alfenas - MG Tel/Fax (35) 3291-3355/3392-2630 E-mail: paramotos@uol.com.br Fabricante de peças em plástico p/ motocicletas Plasmoto Ind. Com. e Repres. Ltda.-ME R. Sete de Setembro, 71B 11013-350 Santos – SP Tel/Fax (13) 3234-1211 E-mail: plasmoto@uol.com.br Fabricante de peças de plásticos em geral. Piracapas Capas e Bancos p/ Motoc. Ltda. R. Augusto de Lello, 1.000 13414-132 - Piracicaba - SP Tel (19) 3421-7800/Fax (19) 3421-6455 Site: www.piracapas.com.br E-mail: piracapa@terra.com.br Fabricante de Capas p/ Bancos. Polivisor - Ind. e Com. de Viseiras Ltda-EPP Av. Dr. Comendador Santoro Mirone, 970 13347-300 - Indaiatuba - SP Tel (19) 3935-7352 Fax (19) 3935-1327 Site: www.polivisor.com.br e-mail: polivisor@polivisor.com.br Fabricante de viseiras e acessórios para capacetes.

Polimet Ind. Met. Ltda Av Industrial, 797 - Campo de Boituva 18550-000 Boituva - SP Tel.: (15) 3363-8633 e-mail: polimet@polimet.com.br Fabricante de barras estabilizadoras, bagageiro, escapamento, guidão, protetor, estribo pedais de freio e alças Protercapas Ltda Av. Ângelo Altoé, 2040 – Loja 1 Bananeiras 29375-000 Venda Nova do Imigrantes - ES Tel (28) 3546-6276 SAC 0800-285-3050 Site: www.protercapas.com.br E-mail: protercapas@protercapas.com.br Fabricante de capas e acessórios

Pro-Tork Ind. Com. Equip. P/ Motoc. R. Odilon Leite Rodrigues, 1479 Sala 1 Parque Industrial III 84940-000 - Siqueira de Campos - PR Tel.: (43) 3571-8500 E-mail: marketing@protork.com Site: www.protork.com Fabricante de escapamentos, bagageiros, guidãos, protetores, tanques de combustível, espelhos ProVision Com. de Plásticos e Acessórios Ltda. R. Das Dalias, 214 03202-060 São Paulo – SP Tel.: (11) 2341-4605 Site: www.provisionviseiras.com.br Rinaldi S/A Ind. de Pneumáticos R. Luiz Alegretti, 193 - Licorsul 95700-000 - Bento Gonçalves - RS Tel (54) 3455-7500 / Fax (54) 3455-7575 E-mail: rinaldi@rinaldi.com.br Site: www.rinaldi.com.br Fabricante de Pneus e câmaras de ar Roncar Ind. e Com. Ltda Site: www.roncar.com.br Fabricante de escapamentos, alças de selim, protetores e guidões. Route- Enerbrax Acumuladores Ltda. Av. Rodrigues Alves, 6018 Pq. Paulista 17034-285 Bauru – SP. Tel.: (14) 2107-4000 Fax.: (14) 2107 4001 E-mail: comercial@enerbrax.com.br Site: www.bateriasroute.com.br Fabricante de: Baterias RTO - Ind. e Com. de Artefatos de Borracha Ltda. Av. Itaberaba, 1286 02734-000 - São Paulo - SP Tel (11) 3975-4437 E-mail:rtoretentores@ig.com.br Fabricante de artefatos de borracha, retentores e diafragmas. SKF DO BRASIL LTDA Av. Marginal do Ribeirão dos Cristais, 200 07750-000 - Cajamar - SP Telefone : 11- 4448 8624 www.skf.com Sabó Ind. e Com. de Autopeças S/A R. Matteo Forte, 216 – Lapa 05038-160 São Paulo – SP Tel: (11) 2174-5994 Fax: (11) 2174-5777 E-mail: daniella@sabo.com.br Site: www.sabogroup.com.br Slyck Ind e Com. de Retrovisores Ltda R. José Del Roio, 316 12908-844 - Bragança Paulista - SP Tel /Fax (11) 4603-1331 E-mail: slyckretrovisores@terra.com.br Fabricante retrovisores SOFAPE Fabricante de Filtros Ltda (Tecfil) Rod. Pres. Dutra, km 213,8 07183-904 – Guarulhos – SP Tel.: 11-2145-5890 Site: www.tecfil.com.br Fabricante de Filtros

Soretto Fáb. de Cabos Automotivos Ltda Rua Arthur Rodrigues de Castro, 352 135570-410 São Carlos – SP Tel.: (16) 3411-6688 E-mail: Waldemar@dewan.com.br Site: www.dewan.com.br Sportive Ind. E Com. de Peças p/ Motocicletas Eireli Estrada Geraldo Costa Camargo, 472 galpões 63 e 97/98/99 13187-115 – Hortolândia – SP Tel.: 19-3965-8864 Email: Sportive.plasticos@terra.com.br Fabricante de plásticos para motocicletas

Technic do Brasil Ltda R. Vereador José Nanci, 335 09290-415 Santo André – SP F. (11) 4977-8838 Fax: (11) 4977-8877 E-mail: marketing@pneustechnic.com.br Site: www.pneustechnic.com.br Fabricante de Pneus para motocicleta TMD Friction do Brasil S/A (Cobreq) R. Tupi, 293 - Vila Mariana 13330-000 - Indaiatuba - SP Tel (19) 3894-9783 / Fax (19) 3875-8432 Site: www.cobreq.com.br Fabricante de Pastilhas e Lonas de Freios. TOP Light Av. Armando Giassetti, 501 Torre S.José 13214-525 Jundiaí- SP Tel.: (11) 4815-9202 e-mail: comercial@toplight.ind.br site: www.toplight.ind.br Fabricante de lentes e lanternas traseiras completas. Torbal |Ind. e Com. de Escapamentos LTDA RUA NITERÓI, 499 08573-270 – ITAQUAQUECETUBA – SP 11-4640-1853 www.torbal .com.br compras@torbal.com.br Valflex Juntas e Filtros Ind. Com. Ltda. R. Artur Pereira, 11/13 - JD Iguatemi 08381-580 - São Paulo - SP Tel/Fax (11) 2317-3388 FAX (11) 2917-2595 Site: www.valflex.com.br E-mail: valflex@valflex.com.br Fabricante de Juntas p/ Motos e peças em geral. Valplas Ind. e Com. Motopeças Ltda R. José Del Roio, 501 - JD. São Lourenço 12908-844 Bragança Paulista - SP Tel.: (11) 4603-1331 e-mail: valplas@valplas.com.br site: www.valplas.com.br Fabricante de: Piscas, lentes e lanternas


Lista de Associados

Vedamotors Ind. e Com. de Juntas Ltda Rod. BR-470, 2795, KM 129 Bairro Salto Pilão CEP: 89182-000 Lontras (SC) Brasil Tel.: (47) 3411-0500 E-mail: vedamotors@vedamotors.com.br Site: www.vedamotors.com.br Fabricante de juntas e jogo de juntas, anéis de escape, peças em borrachas, coxim, buchas, filtros de ar, óleo e combustível, biela, kit cilindro, kit pistão, válvula, disco de embreagem, vareta válvula, guarnições, reparo do carburador e injeção, componentes eletroeletrônicos. Vedox Indústria de Motopeças Ltda Loteam. Norte Center, Qdra 02, lotes 7 e 14 Portão 42700-000 Lauro de Freitas – BA. Tel: (71) 3415-6655 Site:www.vedox.com.br E-mail: vedox@vedox.com.br Fabricante de Oring´s, retentores, buchas e guarnições Wabtec Brasil Fab. e Man. de Equipamentos Ltda R. 19 de novembro, 305 - São Cristovão 15910-000 - Monte Alto - SP Tel (16) 3244-5000 / Fax (16) 3243-2046 E-mail: comercial@diafrag.com.br Site: www.wabtec.com Fabricante de Coletores, patins, pastilhas de freio, mesas, cubos, flange e mesas. Wester Ind. e Com Ltda R. Gustavo Zimmermann, 8463 - Bloco A Itoupava Central 89063-002 Blumenau - SC Tel.: /FAX: (47) 3337-5054 Site: www.wester.com.br E-mail: wester@wester.com.br Fabricante de peças e acessórios para motos WLS Pneumáticos & Moto-Parts, Ind. e Com. Eirelli Rua Barão de Penedo, 407 07222-015 – Guarulhos – SP 11-2066-2000 www.vulcanbor.com.br

ATACADISTAS

Abrascort Coml. Import. de Correntes Lt R. Francisco Szurek, 170 Cid Indl 81350-140 Curitiba – PR Tel.: (41) 2169-9999 Fax: (41) 2169-9900 e-mail: vendas@abrascort.com.br Site: www.abrascort.com.br |||| 46 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149

Acepeças - C. Acess. e Peças p/ Biciclos Ltda. Av. Tocantins, 56 - Centro 76400-000 - Uruaçu - GO Tel/Fax (62) 3357-1102 Alfa Motos Av. Diogo Naves, 251 – Qd. 8 – Lote 9 74370-695 – Goiânia – GO E-mail: alfamotos.adm@gmail.com Atlanta Com. Repres. Imp. e Exp. Ltda. R. Conselheiro Nébias, 396 01203-000 - São Paulo - SP Tel/Fax (11) 3224-9377 Site: www.atlantamotos.com.br E-mail: atlanta@atlantamotos.com.br Car-Central de Autopeças e Rolamentos Ltda. Rua Eugênio Bellotto, 200 – Galpão E 04185-160 – São Paulo –SP Tel. 11-2168-6000 Fax. 11-2168-6006 Site: www.carcentral.com.br Ciclo Cairu Ltda. R. Cairu, 601 Setor Industrial 76970-000 Pimenta Bueno – RO Tel.: (69) 3451-0500 Fax: (69) 3451-2367 e-mail: vendas@ciclocairu.com.br Site: www.ciclocairu.com.br Com. de Motos Matsuo Ltda. R. Guaycurus, 532 05033-001 - São Paulo - SP Tel (11) 3864-2711 Site:www.motomatsuo.com.br Comercial Automotiva Ltda. - DPK R. Edmundo Navarro Andrade, 1700 Pq. Indl. 13031-695 Campinas – SP Tel.: (19) 3772-8649 Fax.: (19) 3772-8655 Site: www.dpk.com.br Comercial Motociclo S/A. R. Francisco Souza dos Santos, 731 1º andar - Jd Limoeiro 29164-153 - Serra - ES DISQUE-PEÇAS: 0800-979 1055 Site: www.motociclo.com.br Evemotos Com. De Motopeças Ltda. – ME Rua Conselheiro Nébias, 407 01203-000 – São Paulo – SP (11) 3221-8575 / 3222-0418 E-mail: contato@evemotopecas.com.br Site: www.evemotopecas.com.br GV1 IMP. E EXP. LTDA Av. Nove de Julho, 3229, Sala 503 Jardim Paulista - São Paulo - SP 01407-000

Hiper Motos Ltda. Av. Ricardo Caran Guimaraes 170 Distrito Industrial 35164-554 - Ipatinga - MG Tel/Fax.: (31) 3801-4000 E-mail: hipermotos@ hipermotos.com.br Imotopeças Digital de Varejo de Motopeças, Acessórios e Duas Rodas Ltda Av. Nove de Julho, 3229 sls. 506 à 509 01407-000 – São Paulo – SP Tel.: 11-3539-6811 Email: imotopecas@imotopecas.com.br Site: www.imotopecas.com.br INTERNACIONAL FORTUNE BUSINESS R. Urbano Santos, 547. 07182-320 – Guarulhos - SP 11- 2087-7755 www.ifbimport.com.br comercial@ifbimport.com.br L.M. Moto Av. Brasil, 2420 35590-000 - Lagoa da Prata - MG Tel.:0800-702-4044 Site: www.lmmoto.com.br E-mail: contato@lmmoto.com.br Lagoa Motoparts R. José Américo de Almeida, 14 30520-230 - Belo Horizonte - MG Tel/Fax (31) 2121-0005 Site: www.lmp.com.br Láquila Peças Ltda. R. Riciere Bernardi, 283 Campo Fundo 83430-000 Campina Grande do Sul – PR Tel (41) 3012-6333 Site: www.laquila.com.br Leone Motoparts Solutions R. General Osório, 691 01213-003 - Santa Ifigênia - SP wleoneoriginalparts@gmail.com Montanna Distribuidora de Motopeças Ltda. R. Ásea, 97 - Vl. Monteiro Lobato 07190-020 - Guarulhos - SP Pabx (11) 2475-7000 Site: www.montanna.com.br MarkC&A Com Dist E Import Ltda R. Cel. Carvalho, 2978 Barra do Ceará 60.341-630 Fortaleza - CE Tel.: (85) 3304-7000 Melo Distribuidora de Peças Ltda R. Tefé, 487 – praça 14 69020-090 Manaus – AM Tel.: (92) 2121-4000 Site: www.melopecas.com.br


Lista de Associados

Motospirit R. Urbano Santos, 151. 07182-320 – Guarulhos - SP 11- 2087-7750 Moto Nanuque Ltda. Av. Mucuri, 1.587 - Centro 39860-000 - Nanuque - MG Tel (33) 3621-4321/Fax (33) 3621-4070 Mundopeças do Brasil Ltda. R. Edgar Linhares, 499 - Nova Esperança 88336-210 - Balneário Camboriú - SC Tel.: (47) 3366-1728 / (47) 3366-0449 e-mail: mundopecas@mundopecas.com.br Site: www.vmg-far.com.ar / www.amortiguadoresfar.com.ar Orleon Motopeças R. Gal. Osório, 521 Santa Efigênia 01213-001– São Paulo – SP. Tel.: (11) 3225-2233 e-mail: orleonmotos@terra.com.br Pellegrino Distribuidora de Autopeças Ltda Rua Ernesto de Castro, 37 – Mooca 03042-900 – São Paulo – SP Tel.: 0800-178288 Site: www.pellegrino.com.br RCC Coml. Import. Ltda Av. Camara Filho, 1723 QD. 125 LT 20 74375-150 Goiania – GO Tel/Fax:(62) 3519-1999 e-mail: Elton@rcccomercial.com.br Site: www.rcccomercial.com.br RCL Peças Ltda Rodov. RN 117, nº 450 Dr. Sebastião Maltez 59780-000 Caraubas – RN Tel.: (84) 3337-2547 Fax.:(84) 3337-2924 E-mail rclvendas@hotmail.com R. Damásio o (Ceará) Importação de Peças e Acessório Ltda R. Felix Pacheco, 866 Centro 64001-160 Teresina – PI Tel.: (86) 3131-8300 Fax: (86) 3131-8444 E-mail: rdamasio@rdamasio.com.br Sandro Motos R. Vitorio Gasparo, 160 Mini Indl. Adail Vetorazzo 15046-768 S. José do Rio Preto- SP Tel.: (17) 2139-9999 E-mail.: sandro@sandromotopecas.com.br SBS Com. de Veículos Ltda. R. Visconde do Rio Branco, 320 14015-000 Ribeirão Preto – SP Tel (16) 3977-2777 E-mail: sbs@convex.com.br

Tmac Comércio de Autopeças Ltda Rua Dias da Silva, 479 02114-001 – São Paulo – SP Tel.: (11) 3542-1738 E-mail: alex@tmacimport.com.br UNIFORT LTDA AV. AMAZONAS, 4333 32602-505 – BETIM – MG (31) 2191-5500 www.unifort.com.br Victor Moto Peças Av. Jabaquara, 402 / 406 04046-000 - São Paulo - SP Tel (11) 2275-8478/Fax (11) 2275-9804 Site: www.victormotopecas.com.br e-mail: comercial@victormotopecas.com.br Wing Com. Moto Peças Ltda R. Gal. Osório, 495 01213-000 - São Paulo - SP Tel: 0800 772 22 02 - (11) 3223-1107 Fax: (11) 3223-6613 e-mail: vendaswing@wingmotos.com.br www.wingmotos.com.br

LOJISTAS Moto Boutique JK Comércio Ltda. Av. Juscelino Kubtschek, 835 Vl. Nova Conceição 04543-010 São Paulo – SP Tel.: (11) 2579-4076 Moto TEC R. Florianópolis, 1231 Guanabara 89207-000 Joinville – SC Tel.: (47) 3426-2901 Fax: (47) 3427-1335 Site: www.mototecracing.com.br e-mail: mototec_racing@hotmail.com Nova Suzuki Com. Import. Export. Ltda. Al. Jurupis, 1415 Moema 04088-004 São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 5531- 1455 e-mail: gado@nacar.com.br Site: www.novasuzuki.com.br Promotos Com. de Peças e Motos Ltda Av. XV de Novembro, 300 Centro 86300-000 Cornélio Procópio – PR Tel.: (43) 3524-2040 Fax: (43) 3523-2002 Site: www.promotos.com.br E-mail:falecom@promotos.com.br Wal Custom R. General Osorio 604 - Shopping General Lojas 12, 13, 14 Santa Efigênia 01213-010 –São Paulo - SP Tel.: (11) 3337 0222 / Fax 3331 3882 E-mail: walcustom@walcustom.com.br

Wheeling Motopeças Av. Água Fria, 1114 Água Fria 02332-000 São Paulo- SP Tel.: 11- 2262-3560 Fax.: 11-2953-2453 E-mail: wheelingmotopecas@ wheelingmotopecas.com.br Site: www.wheelingmotopecas.com.br

REPRESENTANTES ACD Com. e Repres. Ltda Av. Santos Dumont, 2828 S/1001 60150-161 – Fortaleza – CE Tel.: (85) 3133-1013 Fax: (85) 3133-1021 Site: www.acdgroup.com.br E-mail: taurusce@acdgroup.com.br A.V.Lopes Representações Ltda Rua Conde de Agrolongo, 470 – Loja A 21020-190 - Rio de Janeiro –RJ Tel.: (21) 2564-1787 - 2564-6148 e-mail: avlopesrep@gmail.com Binatti Representações R. Edgar Linhares, 515 B 88336-210 - Balneário Camboriú - SC Tel.: (47) 3366 7860 Fax: (47) 3366 7860 E-mail: binatti@binatti.com.br Site: www.binatti.com.br MSN: binatti@binatti.com.br SKYPE: binatti_repres Cabral e Araujo Representações Ltda Av. Maria Lacerda Montenegro, 3490 Sl. 101/102 59152-600 Parnamiriam – RN Tel.: (84) 4009-9250 e-mail: comercial@cabralearaujo.com site: www.cabralearaujo.com Curaçao do Brasil Ltda R. Felix de Sousa, 247 Vila Congonhas 04612-080 São Paulo- SP Tel (11) 2145-4700/Fax(11) 2145-4747 Site: www.curacaodobrasil.com.br E-mail: info@curacaodobrasil.com.br Deatik Com. e Representações Ltda R. Marcos Macedo, 1333 s/ 2212 Aldeota 60150-190 Fortaleza - CE Tel.: (85) 3264-6000 Fax: (85) 3261-3322 E-mail: deatik@deatik.com.br Site: www.deatik.com.br Edgar Marques Com. E Repres. Ltda Rua Prof. Manoel Ribeiro, 1315 41770-095 – Salvador – BA Tel.: 71-3341-5382 / 71-98124-9000/ 7599131-9181 Email: edgarmarquesvendasba@yahoo.com.br


Lista de Associados

Jaime Zapellini Representações Ltda R. Lorival Zocatelli, 41 Vila Lenzi 89252-540 Jaraguá do Sul - SC Tel/Fax (47) 3275-1921 E-mail: zape@netuno.com.br

Representações Fênix Av. Barreiras, 2364 45051-160 – Vitória da Conquista – BA Tel.: (77) 98818-1481 Email: representacoesfenix@hotmail.com

JG Representações Ltda Av. Santos Dumont, 1510 Sl. 1508 60150-160 - Fortaleza-CE Tel. 85-3456-3056 Email: edimar@grupojg.com.br

Ricardo Dearo Representações Ltda Rua José Mega, 111 14091-480 – Ribeirão Preto – SP Tel.: 16-3289-3955 Email: paulo.dearo@terra.com.br

Martins Representações Ltda R. Açucenas, 20 Sala 2 Nova Suiça 30421-232 Belo Horizonte – MG Tel.: (31) 3377-9452 e-mail:martinsrep@martinsrep.com.br

RV Representações Ltda Al. Barão de Limeira, 264 – cj. 9-B 01202-000 – São Paulo – SP Tel.: 11-99973-3780 Email.: vannucchi@terra.com.br

Mateus Moreno Representações Coms. – EPP Av. Santos Dumont, 371 – Sl. 23 Tel: (11) 4453-3530 E-mail: mateus@motoemarcas.com.br Site: www.motoemarcas.com.br

Sandro Representações Ltda. R. Monsenhor Veras, 480/1103 91340-020 Porto Alegre – RS Tel.: (51) 3219-2119 E-mail: sandrorepresentacoes@terra.com.br Site: www.sandrorepresentacoes.com.br

Mutual Intern. Representações Ltda. Av. Santos Dumont, 2828 sl-1704/1705 Aldeota - Cep 60150-161 Fortaleza - CE Tel.: (85) 3133-1002/1004 Fax: (85) 3133-1010 Site: www.acdgroup.com.br

Sudamérica Marketing Repres. S/S Ltda-Me Av. Dr. Luiz Arrobas Martins, 548 Veleiros 04781-001 - São Paulo - SP Tel.: (11) 5548-4226 / Fax. (11) 5521-6923 E-mail: sudamerica@terra.com.br Site: www.kmcchain.com.br

Noa Comércio e Representações Ltda Av. Conselheiro Carrão, 889 03403-000 São Paulo – SP Tel.: (11) 98368-9873 / 2653-2886 E-mail: noa@noarepresentante.com.br Site: www.noarepresentante.com.br Nuno Figueiredo Representações Ltda Al. Ezequiel Mantoanelli, 220, Quadra i Lote 22 Jd Panorama - 13340-350 - Indaiatuba – SP Tel.: (19) 3825-1020 Fax: 0800-725-5580 E-mail: nfcomercial@terra.com.br / nfvendas@terra.com.br Podium Representações Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 1649 84940-000 – Siqueira Campos – PR F/Fax: (43) 3571-3610 Cel: (43) 9919-3680 E-mail: carlos.alves@podiumrepresentacoes. com.br Reapla Repres. Comercio Ltda. Av. Pres. Kennedy, 698 Campinas 88101-900 São José – SC Tel.: (48) 3241-2535 Fax: 0800 6452535 Vendas2@reapla.com.br Reney Soares Representações Ltda. R. Prof.clemente Pinto, 41- Medianeira 90870-220 – Porto Alegre –RS Tel.: (51) 3233- 0511 /FAX: (51) 3231-6014 E-mail: reneys@terra.com.br |||| 48 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149

Vasques Representações Comerciais Ltda. R Antonio Bicudo, 541 São Lourenço 79041-320 Campo Grande - MS (67) 3341-3426 Fax: (67) 3341-6777 E-mail: vasques@vasquesrep.com.br

NOVO ASSOCIADO

SK AUTOMOTIVE DISTRIBUIDORA DE AUTOPEÇAS LTDA AV. PRES. CASTELO BRANCO, 7777 05034-000 – SÃO PAULO – SP 11-3616-0622 www.skautomotive.com.br

ENTIDADE DE CLASSE

Motorcycle Industry Council, Inc. (Mic) 2 Jenner Street, Suite 150 Irvine, CA 92618-3812 - USA Fone (1) (714) 727-4211 - extension 3028 Fax (1) (714) 727.4217

ASSOMOTOS- Associação das empresas Revendedoras e Prestadoras de Serviço de Moto Peças Rua Antenor Frota Wanderley, 535 60020-350 – Fortaleza – CE Tel.: (85) 3254-7661 E-mail: assomotos.ceara@hotmail.com


Serviços

www.montanna.com.br vendas 11 2475-7000

PARA MÃO-DE-OBRA NO ESTADO DE SÃO PAULO - 2016 (VALORES EM REAIS R$)

(11)

2317-3388

valflex@valflex.com.br |||| 50 | ANFAMOTO em Revista | Edição 149


Profile for Anfamoto

Revista Anfamoto Nº 149  

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded