Page 1

Os benefĂ­cios da morte de Jesus Cristo O perdĂŁo dos pecados

www.rupereta.blogspot.com


Introdução Evangelho de João 8.1-11. O fundamento ou a base de sustentação do cristianismo é a história do amor e do perdão de Deus, por aqueles que se encontravam perdidos. Como bem escreveu Stênio Március, descrevendo o amor do Pai a espera de seu filho que se encontrava perdido. Eis aqui nesta linda música o resumo de nossa historia.

 “O seu amor é tão forte, Mais que o inferno e a morte, São torrentes que arrebentam o chão, Mais fácil secar os mares, Apagar a estrela antares, Que arrancar o amor de seu coração, Fim de tarde se debruça no portão”. Stênio Március



Definição:

R

emir e Perdoar são palavras sinônimas. As novas traduções da bíblia optam pela palavra perdoar (perdão) 1, mas encontramos o termo remir (remissão) em traduções mais antigas2. Ambas as

expressões trazem o mesmo significado “tornar alguém livre de sua culpa ou dívida”. 1

Aqui podemos fazer menção da Bíblia Nova Versão Internacional (NVI) da Sociedade Bíblica Internacional. 2

Aqui podemos citar como exemplo a Almeida Revista e Atualizada (ARA) da Sociedade Bíblica Brasileira.

www.rupereta.blogspot.com


Acompanhe-me

T

odos nós somos culpados pela morte de Jesus Cristo o Filho de Deus. Foi por causa daquilo que somos – pecadores – que Jesus Cristo morreu. Foi um ato de amor e não de obrigação. Deus, o

pai, não tinha obrigação alguma em nos perdoar! Ele simplesmente desejou fazer isto. Sendo Deus o senhor da vida e criador de todas as coisas, foi desobedecido e insultado, mas Ele mesmo sendo desobedecido e insultado, preparou para si um sacrifício, que o satisfizesse e ao mesmo tempo proporciona-se um meio para perdoar todo àquele que um dia o desobedeceu e o insultou. Tudo isto foi preparado e executado com amor, e não devemos nos esquecer de que...

 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito...” João 3.16

  Por amor do meu próprio nome eu adio a minha ira; por amor de meu louvor eu a contive, para que você não fosse eliminado. Isaias 48.9.



www.rupereta.blogspot.com


O perdão concedido por Deus, a cada pecador, foi antes de qualquer coisa, uma decisão de amor. O Amor de Deus foi o fundamento de nossa libertação. O perdão de Deus nos libertou de toda a culpa que tínhamos diante D’Ele. A morte de Jesus Cristo para expiar e perdoar o pecado foi perfeita. Trazendo satisfação ao Pai e possibilitando assim o perdão de nossos pecados, pois somente Deus tem este poder de perdoar os nossos pecados cometidos contra Ele 3.

 “Quem pode perdoar pecados, a não ser Deus?” Lucas 5.21.

  “Se tu, Soberano Senhor, registrasses os pecados, quem escaparia? Mas contigo está o perdão para que sejas temido”. Salmos 130.3,4.



3

Recentemente o cardeal Joseph Ratzinger, da Congregação para a Doutrina da Fé, o novo nome da velha "Congregatio Propaganda Fide", mais conhecida como Inquisição, "causou escândalo" por afirmar na declaração Dominus Iesus, aprovada pelo papa, que "a Igreja Católica é o verdadeiro caminho para a salvação" (Folha de S. Paulo, de 27/09/2000, p. E8).

www.rupereta.blogspot.com


Deus nos enviou seu Filho Jesus Cristo para

crescemos

que

Ele

“O Senhor nosso Deus é misericordioso e perdoador, apesar de termos sido rebeldes.” Daniel 9.9

[Jesus]

“é aquele que morreu em nosso lugar e por meio dele fossemos perdoados de nossos pecados e nos tornássemos livres de toda a

“Todos os .profetas dão

culpa”.

testemunho dele [Jesus], de É assim que Deus nos faz livres de toda culpa diante D’Ele.

que todo aquele que nele crê recebe o perdão dos

O sacrifício que Jesus executou na cruz nos

pecados mediante o seu

trouxe este maravilhoso benefício o perdão

nome.”

dos nossos pecados.

Atos 10.43

 "Portanto, meus irmãos, quero que saibam que mediante Jesus lhes é proclamado o perdão dos pecados.” Atos 13.38.



www.rupereta.blogspot.com


O perdão é um mandamento ou um sentimento?

P

or várias vezes, quando estive aconselhando algumas pessoas, escutei as seguintes frases “ainda não senti de perdoar” ou “quando Deus mandar eu perdoou”. É fato, perante tais palavras,

que estamos diante de alguém que não tem conhecimento algum, daquilo que Jesus Cristo fez por ela e o que ele exige desta pessoa. O perdão é um mandamento envolvido pelo amor, perdão e amor andam juntos. E só teremos capacidade de amar e perdoar se entendermos que Deus nos amou e nos perdoou sendo cada um de nós pecadores terríveis. Não estamos em situação melhor para negarmos o perdão. Quando você percebeu a sua situação pecaminosa e o desespero batendo em sua porta, sabendo que lhe restava somente à condenação eterna, você clamou a Deus e pediu perdão e Deus lhe perdoou. Ele não te acusou ou pediu algum tipo de restituição, Ele simplesmente lhe perdoou porque antes de qualquer coisa Ele te amou, Ele não olhou os teus defeitos, Ele só te amou e o amor cobriu os teus defeitos. Somente o amor é capaz de destruir barreira e libertar a pessoa de toda sua culpa por meio do perdão. [v.1PE. 4.8]

 “Perdoar e esquecer, É o que Jesus nos ensina a fazer, Perdoar é transpor, As barreiras pelo amor... Perdoar sem cobrar, Este é de Deus o perfeito padrão, Deus Jesus pra nos salvar, Deu-nos Seu perdão.” Asaph Borba



www.rupereta.blogspot.com


A vida cristã e o perdão a todos.

P

erdão é o grito de liberdade que muitos corações almejam. Quantas pessoas encontram-se aprisionadas por causa de seus erros, esperando o perdão de pessoas, que um dia, encontraram-se

ofendidas e humilhadas. Atitudes que machucaram e destruíram relacionamentos, pessoas que se encontravam feridas, não tiveram a coragem de perdoar e os seus ofensores, por orgulho ou falta de coragem para assumir os seus erros, não tiveram a coragem de pedir perdão. Se tratando do ser humano o perdão só pode ser exercido por pessoas nobres, que são capazes de reconhecer suas falhas, e de ver no outro as falhas que ele mesmo poderia ter cometido. Assim como eu ou como você quando erramos, todos são dignos de perdão. Por este motivo o cristão deve ter como marca diferencial o amor e o perdão, pois foi assim que Jesus nos ensinou, Ele é o nosso maior exemplo e a nossa principal referência em qualquer assunto. Perdoe a todos de uma forma incondicional e você realmente saberá o que é ser livre. Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas. Mateus 6.14-15 4

4

Não julguem, e vocês não serão julgados. Não condenem, e não serão condenados. Perdoem, e serão perdoados. Lucas 6.37.

www.rupereta.blogspot.com


A vida cristã e a comunhão entre os irmãos.

A

vida cristã não que dizer que seremos totalmente iguaizinhos e perfeitos isto é impossível, como bem escreveu Tozer “o único lugar existente na Terra onde uma comunidade vive em plena

paz e sem nenhum tipo de diferença é no cemitério” Somos pessoas diferentes uns dos outros em vários aspectos e isto não vai mudar, o que podemos mudar são nossas atitudes.Durante anos exercitávamos nossa natureza pecaminosa em vários tipos de pecados, estes pecados eram e ainda são cometidos, por meio de pensamentos ou de atos físicos. Deus ao nos trazer de volta para a sua presença, nos dá um novo coração e deste novo coração nasce uma nova vida, esta vida e vivida segundo os princípios estabelecidos por Deus. Estes princípios que são inegociáveis, estes princípios são denominamos vida cristã e como já observamos o perdão é um destes princípios.

 E disse aos discípulos: É impossível que não venham escândalos, mas ai daquele por quem vierem! Melhor lhe fora que lhe pusessem ao pescoço uma mó de atafona, e fosse lançado ao mar, do que fazer tropeçar um destes pequenos. Olhai por vós mesmos. E, se teu irmão pecar contra ti, repreende-o e, se ele se arrepender, perdoa-lhe. E, se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes no dia vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; perdoa-lhe. Lucas 17.1-4.

 www.rupereta.blogspot.com


Jesus Cristo ressaltou que os escândalos seriam inevitáveis, mas como cura para tais escândalos, o perdão foi estabelecido. O perdão para a comunhão cristã e como a dobradiça para a porta algo de muita importância. A oração feita por Jesus e de que fossemos um e o perdão em fusão com o amor são a chave para obtermos o

Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo. Efésios 4.32

êxito desejado por Ele. O perdão é vital para manter a unidade do Corpo de Cristo, sem ele a vida em

Suportem-se uns aos

comunidade seria um fracasso. Diante dos

outros e perdoem as

erros que cometemos somente o perdão é

queixas que tiverem

capaz de manter a unidade.

uns contra os outros. Perdoem como o

Quantos relacionamentos foram perdidos, quantas vidas foram aprisionadas e

Senhor lhes perdoou. Colossenses 3.13

destruídas, pelo simples fato de não se observar este princípio estabelecido por Jesus Cristo e Ele foi bem claro ao dizer “olhai por vós mesmo”. Somos

totalmente

“Sobretudo, conservem entre vocês

responsáveis

por

manter a unidade do Corpo de Cristo!

um grande amor, porque o amor cobre uma multidão de pecados”. 1 Pedro 4.8

www.rupereta.blogspot.com


A falta de perdão e os atormentadores.

N

esta parte do texto [Mt 18.21-35] podemos observar as diretrizes de Jesus a respeito do perdão. Pedro ao fazer sua pergunta, na minha ignorância, suspeito que ele tenha em mente a intenção

de estabelecer um limite para as pessoas serem perdoadas [v.21]. Mas Jesus não estabelece um limite, pelo contrario multiplica por setenta vezes o ato de se perdoar uma pessoa e em seguida ilustra com uma parábola, nesta parábola encontramos dois homens e ambos são servos e devedores, um servo deve a quantia de dez mil talentos5 [mais ou menos 150 anos de trabalhos] e a sentença foi dada, mas o servo suplicou ao seu Senhor, que este tivesse paciência e ele lhe pagaria e o Senhor se compadeceu de seu servo e o mandou embora perdoando a sua divida. Porém este servo não age com a mesma misericórdia de seu Senhor, e não perdoa a divida de seu conservo que é de cem denários, o seu Senhor ao descobrir tamanha crueldade entregou este servo cruel aos carcereiros [verdugos] até que ele pagasse toda divida [v.22-34]. Nesta ilustração Jesus deixou claro para Pedro, que por mais que o perdão tenha um preço6, o desejo de Deus para você, e que sempre se perdoe o ofensor.

Os tradutores da NASB observam: “Um talento valia mais do que quinze anos de salário de um trabalhador”. D.A.Carson comentou assim: Nós vislumbramos alguma ideia do tamanho da dívida quando recordamos que Davi doou três mil talentos de ouro e sete mil talentos de prata para a construção do tempo, e os príncipes forneceram cinco mil talentos de ouro e dez mil talentos de prata (1 Crônicas 29:4,7). Algumas estimativas recentes sugerem um valor em dólar doze milhões; mas com a inflação e a oscilação do preço dos metais preciosos, isso poderia ficar na casa dos bilhões de dólares em moeda de hoje. - Expositor's Bible Commentary, Vol. 8; Grand Rapids, Michigan: Zondervan Publishing House, 1984; p.406. 6 Vincent Cheung escreveu que - O perdão sempre custa algo àquele que perdoa. Ele custou ao senhor dez mil talentos para perdoar o primeiro servo na parábola. Deus também nos perdoa à sua própria custa – seu filho teve que morrer a morte de cruz para assegurar salvação para nós. As parábolas de Jesus pg. 33. 5

www.rupereta.blogspot.com


Nesta

ilustração

consta

também

o

agravante daquele que não perdoa e a sentença contra ele, o texto diz que o

Βασανιστης – Basanistes.

Senhor [Deus] entregou o servo que não perdoou o seu conservo aos verdugos. Verdugos (basanistaî) deriva-se do verbo

Verdugos ou Atormentador

basanizô, o qual se usa para descrever Aquele que tenta extrair a verdade pelo uso da tortura um inquisidor, torturador; também adversas (Mt. 14:24). Ló "afligia a sua usado para um carcereiro alma" em contato com os homens maus porque, sem dúvida, o serviço de torturare também eraum ordenado (II Pe. 2:8). Tais tormentos, Deus usa para castigar produzir espíritoa ele.

doenças (Mt. 4:24; 8:6), e circunstâncias

adequado entre os seus filhos (I Co. 11.30-32)7.

Fica evidente que quando você retém o perdão, você abre a possibilidade para ser atormentado e os meios utilizados não são descritos, mas pelo tipo de linguagem usada por Jesus nesta ilustração, estes meios não serão nada agradáveis. Liberte seu irmão ou o seu ofensor de toda a culpa, perdoe, ainda que isto te custe muito - para Deus custou à vida de seu Filho!

7

Moody Commentary.

www.rupereta.blogspot.com


O Gran Finale O poder do perdão. Certo beduíno estava dentro da sua tenda ao sol da Palestina quando entrou correndo um garoto adolescente, que se refugiou atrás dele, chorando e grunhindo. Logo em seguida chegou uma turba alvoroçada, empunhando cacetes e facas. Abriram a portinha da tenda e disseram ao beduíno: “Dá-nos este menino porque ele é um assassino”. O beduíno respondeu: “Mas há uma lei entre nós que diz que quando um assassino se refugia numa tenda e o dono da tenda lhe der abrigo e guarida, ele está absolvido. Eu me compadeci deste garoto, quero perdoar-lhe”. E o garoto tremia… Mas eles disseram: “Você quer perdoá-lo porque não sabe o que ele fez e nem a quem matou”. O beduíno falou: “Não importa, eu quero perdoá-lo”. Os homens então afirmaram: “Ele matou seu filho. Vá ver o corpo dele sangrando na areia ali fora”. O beduíno caiu num profundo silêncio, depois, enxugando as lágrimas, disse: “Então eu vou criá-lo como se fosse o meu filho a quem ele matou”. Este é o padrão do perdão divino para nós. Anônimo. A pessoa sensata [ajuizada, prudente] controla o seu gênio, e a sua grandeza é perdoar quem a ofende. Provérbios 19.11 Andrezinho rupereta.

www.rupereta.blogspot.com

O perdão dos Pecados  

A morte de Jesus Cristo nos trouxe o benefício de sermos perdoados por Deus e nos tornamos livres de toda nossa culpa e divida.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you