Page 1

3

ideias

O verde valoriza ambientes

Exclusivo projeto inspirado na natureza

Apto soluções para quem precisa de mais espaço

Escritório para todas as horas e necessidades

Cozinhas pequenas reformas, grandes resultados

Casa dos Construtores amplia sua loja em Catanduva

ESPECIAL exposições apontam principais tendências

reforma e construção


Editorial

reforma e construção

Dicas Muitas informações para facilitar a sua vida e novidades que deixarão sua residência ainda mais bonita

Ar-condicionado Preços baixos popularizam um dos equipamentos mais desejados pelos brasileiros

Cozinha Tornar esse espaço amplo e moderno é mais fácil do que as pessoas imaginam

Projeto As curvas da Natureza serviram para orientar o trabalho do arquiteto Aquiles Nicolas Kilaris

Paisagismo Aproveite cada cantinho e traga mais verde para a sua vida

Bricolagem Passo a passo mostra com instalar varal de teto sem muitas dores de cabeça

Reforma Telhado em boas condições garante a segurança e a tranquilidade da família

Morar em condomínios fechados tem se tornado algo muito comum na vida dos brasileiros. Além de maior segurança, esse tipo de residência passou a oferecer mais espaço aos moradores, o que possibilita a construção de casas lindíssimas e melhor planejadas. É o caso, por exemplo, do projeto elaborado pelo arquiteto Aquiles Kilaris, que ganhou ampla reportagem nesta edição da Revista Casa Mais. O espaço tem sido uma preocupação constante nos apartamentos. Nos mais antigos, as soluções encontradas são a realização de reformas e a adoção de móveis com dupla ou tripla função. O arquiteto Lionel Sasson mostra em dois trabalhos que a criatividade abre novas perspectivas para ambientes restritos. A terceira edição da Revista Casa Mais conta ainda com uma matéria especial sobre as três maiores feiras do setor: Feicon Batimat, Expo Revestir e Kitchen & Bath. Conheça as principais novidades que estarão disponíveis para a sua casa dentro de pouco tempo.

Comercial Escritório com múltiplas funções esbanja em beleza e requinte

Boa leitura!

EXPEDIENTE

João André de Moraes

Apartamento

Revestimento

Especial

Reformas e móveis adequados conseguem propiciar muito mais espaço aos ambientes

Os pisos rústicos contam com muitos fãs. No entanto, é preciso tomar cuidado na hora da compra

Exposições antecipam as principais novidades que deverão chegar ao mercado ainda este ano

DIREÇÃO EXECUTIVA: Evandro Rodrigues da Silva, Walter Rodrigues Moço Filho DIREÇÃO EDITORIAL: Glauco Piccirillo da Silva GERÊNCIA ADMINISTRATIVA: Adriane Azadinho COMERCIAL: Tiago Serpentino REDAÇÃO: João André de Moraes DIREÇÃO DE ARTE: Rafael Silva Caires JORNALISTA RESPONSÁVEL: João André de Moraes - MTB 23624 PRODUÇÃO GRÁFICA: Carlos Eduardo Oliveira ATENDIMENTO: Ana Carolina Rossetti IMPRESSÃO: Gráfica Brasil TIRAGEM: 50 mil exemplares. A CM&N não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos assinados, bem como pelas informações ou conteúdo dos anúncios publicados. A reprodução total ou parcial do conteúdo desta obra é expressamente proibida sem prévia autorização. Casamais é uma publicação bimestral da CM&N Central de Marketing e Negócios: (17) 3229-1940, casamais@centralcmn.com.br.


DICAS Norton apresenta raspador

Novo soprador Black & Decker O produto é indicado para remover tintas e vernizes de portas e janelas, acender churrasqueiras, aplicar insulfilm e modelar chapas de metal. Em caso de necessidade, o novo modelo da Black & Decker também pode ser utilizado para a secagem de tinta. O HG2000K tem ajuste de temperatura variável e suporte estacionário, que permite a utilização das duas mãos em tarefas de soldar e moldar.

Remover rejuntes nunca foi tarefa das mais fáceis, por isso a Norton decidiu criar uma ferramenta especial para a retirada desse material de paredes azulejadas ou pisos cerâmicos. O raspador vem equipado com duas lâminas removíveis, que servem para se encaixar da melhor forma possível às trincas. Para dar maior resistência e aumentar a vida útil do produto, as lâminas são recobertas com material de alta dureza: o Carbeto de Tungstênio.

Adeus moscas brancas! Muitas pessoas já viram suas plantas definharem por causa do ataque desse inseto. Após a eclosão dos ovos postos na parte de baixo das folhas, as ninfas se alimentam sugando a seiva, o que favorece ainda o ataque de fungos. Sua presença é facilmente detectável, pois são semelhantes a pequenos pontos brancos. Segundo o paisagista Gilberto Matter (www.paisagismobrasil. com.br), o mercado conta com soluções químicas para por fim a praga com os princípios ativos lambda cyalothrin, D.D.V.P., malathion ou delthametrina. No entanto, há ainda à disposição as versões naturais: Beauveria bassiana (Bovenat PM), Metarhrizium anisopliae (Metanat PM), óleo de neem (Natuneem) ou Bio Soup. Outra maneira de reduzir a presença do inseto é a utilização de plantas repelentes. Isso mesmo. Algumas espécies são capazes de espantar as moscas brancas do jardim. Por isso, é sempre recomendável plantar alguns pés de hortelã, urtiga, gerânio ou cravo-de-defunto.

Cuidado com a água A limpidez da água não significa necessariamente que a piscina esteja em boas condições de uso. Para garantir a qualidade e o bem-estar dos usuários, é preciso tomar uma série de precauções, principalmente nas épocas mais frias do ano, pois existe sempre o risco da transmissão de doenças como: micose, herpes e hepatite. Além disso, o mosquito Aedes Aegypti continua sendo uma preocupação constante. O roteiro para realizar a limpeza é simples: retirar material suspenso na água com a ajuda de uma peneira, limpar as bordas, filtrar a água pelo período mínimo de seis horas todos os dias, examinar o pH e alcalinidade da água com medidor adequado e manter o teor de cloro entre 1 e 3 ppm. Recomenda-se o aumento da aplicação de cloro pelo menos uma vez por semana para garantir a eliminação de todos os agentes indesejáveis, bem como verificar a integridade de filtros, areia, bomba e tubulações. Vale lembrar que mesmo nos casos de utilização de tratamentos alternativos, como ionização e salinização, o uso de uma dosagem mínima de cloro é obrigatório.

CasaMais


DICAS

Direto de Las Vegas A LG apresentou na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas, nos Estados Unidos, o seu último lançamento em HDTVs. São nove opções em LCD e três, em plasma. As telas variam entre 19 e 60 polegadas, contam com luz de fundo LED, TruMotion 240Hz e recursos wireless. Dois modelos "HDTVs de Banda Larga" dão acesso a uma grande variedade de conteúdos informativos e de entretenimento diretamente da Internet.

Beleza garantida Para manter suas esquadrias de alumínio sempre bonitas é preciso apenas alguns cuidados básicos. Esse tipo de perfil não aceita a aplicação de produtos químicos agressivos ou abrasivos, a limpeza deve ser feita apenas com uma solução de água e detergente neutro (5%), com o auxílio de esponja ou pano macio. Recomenda-se que essa operação seja feita, no mínimo, a cada 12 meses em áreas urbanas e rurais, e a cada três meses no litoral e zonas industriais. Bom lembrar que não se deve lubrificar esquadrias de alumínio com graxa ou óleo, pois essas peças possuem nylon autolubrificante em suas articulações e roldanas. Além disso, esses produtos possuem agentes agressivos que podem danificar a superfície do perfil e reduzir a vida útil do produto. O mesmo ocorre com a aplicação de vaselina, removedor ou thiner.

Promessa de economia A nova linha de lava-louças da Electrolux, a Blue Touch, foi totalmente desenvolvida no Brasil e tem como principais características a redução no consumo de água e energia elétrica para sua operação. Disponível nas versões branca e inox, o lançamento dispõe da tecnologia touch on glass no painel, facilitando a limpeza e a utilização. Seu design conta com porta dupla metálica, o que evita a visão da louça dentro do aparelho. Pesquisa da empresa com consumidoras mostrou que a maioria acumula louça suja na lava-louças. Por essa razão, a preferência recaia por um modelo que não deixasse pratos e talheres usados à mostra. O novo modelo da Electrolux pode ser instalado no piso ou embutido em armários, permitindo melhor aproveitamento da área disponível.

CasaMais


CAPA A integração de todos os ambientes com a Natureza e os equipamentos de lazer são as grandes virtudes do belo sobrado erguido em condomínio fechado, que conta com ampla área envidraçada

em CasaMais


O

traço inconfundível pode ser notado em cada detalhe: fachada, piscina, frisos, telhado e se espalha por inúmeros pontos da casa. A sinuosidade das linhas proporciona um apelo visual muito bonito e as cores sóbrias, em conjunto com o paisagismo, tornam ainda mais imponente o projeto assinado por Aquiles Nicolas Kilaris, que chega à maturidade do seu estilo arquitetônico com este imóvel. Além da beleza das curvas, a construção prima pela praticidade e conforto. O sobrado, idealizado para atender um casal de empresários com dois filhos adolescentes, possui vários comandos eletrônicos, que controlam a intensidade da luz e a música nos ambientes. No entanto, o que mais chama atenção é a beleza do conjunto e a possibilidade de avistar a piscina e os jardins de qualquer cômodo. “Busquei integrar a casa com o exterior e a Natureza”, comenta. Os clientes fizeram poucas exigências. Já conheciam e aprovavam o

estilo contemporâneo, mas nada tradicional, de Aquiles de publicações e obras visitadas. A ideia do casal era retornar ao conforto de uma casa, depois da mudança forçada para a segurança de um apartamento. “Muitas pessoas estão fazendo o caminho de volta”, explica Aquiles, em referência a busca por condomínios fechados. Para aproveitar melhor o terreno de 770 m², o imóvel foi construído em “L”. A frente mostra a proporcionalidade do projeto, que ao centro conta com hall. Uma rosa dos ventos aplicada no piso em mármore crema marfil dá as boas-vindas aos visitantes. O pé direito duplo domina a entrada da casa, que se estende para o lado esquerdo para formar o espaço gourmet. A sala possui ampla área envidraça em suas extremidades, permitindo a visão tanto da rua como da piscina. De beleza ímpar, esse ambiente é dividido entre sala de estar e jantar. A iluminação do forro trabalhado em curvas

CasaMais


joga luz indireta sobre móveis e itens da decoração. Esse espaço conta ainda com bar, com parede em fundo vermelho, e lavabo, ladeado por um vitral. Entretanto, todas as atenções recaem sobre a escada que dá acesso ao mezanino e aos quartos na área superior. Além do belíssimo corrimão em aço inoxidável, essa instalação possui em seus baixos um pequeno jardim, que prolonga o sentido de integração com o ambiente externo. A decoração refinada e harmoniosa, que ficou sob a responsabilidade da paisagista e arquiteta Iara Kilaris, se baseia em tons amadeirados, cremes e areia, bem como em detalhes em vidros, espelhos e inox. O vão da escada recebeu um lustre digno de suas proporções. Composto por três bolas formadas por círculos pendentes, a peça pode ter a intensidade de iluminação controlada. Isso possibilita que varie sua cor do amarelo para o branco e crie vários efeitos no ambiente. Pelo mezanino, que possui roupeiro, se chega aos dormitórios. O quarto de um dos filhos contou com decoração alusiva a sua paixão: a guitarra. Ao invés de guardar os equipamentos no estojo, ficou decidido torná-los parte da decoração. A figura estilizada A beleza do revestimento interno foi obtida com a aplicação de massa acrílica lisa nas paredes. O piso em mármore crema marfil combina perfeitamente com os tons escolhidos para a sala e com a rosa dos ventos instalada na entrada do imóvel.

CasaMais


Um dos destaques da casa é a escada que dá acesso ao piso superior. Além do revestimento em granito e o corrimão em aço inox, essa instalação conta com um lustre formado por três bolas com intensidade de luz controlada

na parede da cabeceira da cama, apoiada pela nuance de sombras proporcionadas pela iluminação, aumenta o apelo “rock”. Em outro dormitório, o lilás e os motivos florais dão as cartas. O painel espelhado atrás da cama amplia o sentido de espaço. A parte superior da casa abriga ainda um espaço múltiplo, homeoffice. Essa sala pode ser convertida

em quarto de hóspedes, escritório ou área de estudos. Para tanto, possui sofá-cama, módulos de trabalho e aparelho de TV. A parede, recoberta de laca branca e frisos em laminado, dá um ar sóbrio ao ambiente e proporciona a paz de espírito necessária para trabalhos de final de semana e escolares. Os equipamentos de lazer estão todos concentrados no piso inferior. O home-theater possui um imenso sofá para abrigar toda a necessidade de descanso acumulada durante a semana. O revestimento das paredes é o inverso do aplicado no home-office. Nesse caso, o predomínio é do laminado e os frisos são em laca branca. “A ideia foi dar aconchego e tranquilidade, inclusive, para dormir”, confessa Aquiles. Os banheiros ganharam muito requinte com a utilização de mármore. A suíte do casal conta com uma sala de banho com duchas quadradas saindo diretamente do teto, banheira, TV de LCD e um nicho com flor, ao lado da bancada da pia, que esconde o vaso sanitário.

CasaMais


Mais do que descanso, o home-theater é um convite para uma soneca. Esse ambiente conta com um confortável sofá-cama, iluminação controlada e vários equipamentos eletrônicos. Para a decoração das paredes foi escolhido revestimento sóbrio em laminado e detalhes em laca branca Projeto Arquitetônico Aquiles Nicolas Kilaris www.arquitetoaquiles.com.br

Projeto Paisagístico e Decoração www.iarakilaris.com.br

CasaMais

O acesso à área gourmet pode ser feito pela cozinha e sala. Esse ambiente conta com todas as facilidades oferecidas pela vida moderna, como churrasqueira, frigobar, fogão e sistema de dissipação de fumaça. A proximidade da cozinha facilita o trabalho de recepção de amigos e parentes. No entanto, a preocupação principal na concepção desse espaço foi proporcionar um abrigo em dias chuvosos e uma ampla visão da piscina com estilo orgânico, que imita as formas da Natureza. A beleza desse conjunto é garantida com a aplicação de pastilhas de porcelana em diferentes tons de azul, simulando um oceano, a borda em mármore rústico e o piso atérmico em dois tons diferentes: bege e marrom claro imitando um deck. Esse revestimento, além de evitar tombos, permanece fresco mesmo recebendo os raios solares durante o dia inteiro. O caminho em direção à casa é formado por círculos (bolachas) de granito e mármore jateado, encontrados também na frente da residência. Todo o glamour desse espaço pode ser conferido em sua plenitude à noite. O sistema de controle eletrônico da casa permite criar várias cenas na área, iluminando e realçando cada detalhe do espaço, como o arco, formado por cascata e pérgula, que cerca uma das laterais da piscina, e a copa das palmeiras.


A piscina foi posicionada para receber os raios solares no período da tarde. Um painel instalado na sala junto ao bar permite a criação de cenas à noite e o controle de intensidade de luz e volume de música.

O espaço gourmet utiliza vários tipos de acabamento: o piso cerâmico conta com borda de mármore e o balcão foi revestido com pastilha de porcelana e granito, combinação também escolhida para a parede que abriga os equipamentos

A cozinha bem aparelhada tem layout retrô, na qual a bancada de preparo e cozimento, fogão e pia formam um “U”. Essa escolha proposital permite que a integração com os demais espaços da residência seja controlada por meio de portas de correr

CasaMais


APARTAMENTO

2

380m

A antiga sala de home-theater, acanhada para os padrões do imóvel, deu lugar a um dormitório

CasaMais

O apartamento ganhou com a reforma uma verdadeira sala de projeções, que pode ser ainda utilizada para outras finalidades, como reunir amigos e parentes para jogar ou para um bate-papo animado

Com a ajuda da criatividade é possível dar mais do que a falsa sensação de amplitude aos ambientes. A escolha correta de móveis, a mudança na decoração e pequenas reformas garantem conforto, beleza e praticidade.


As varandas, que cercavam quase a totalidade do apartamento, passaram a abrigar novos ambientes, como o living. Para dar idéia das modificações, o bar foi posicionado num dos cantos do terraço e hoje cumpre papel fundamental nos momentos de maior descontração do casal

M

esmo os apartamentos com áreas generosas apresentam dificuldades para abrigar as necessidades de uma família brasileira de 4 pessoas adultas. Tais problemas só são resolvidos com a escolha de móveis apropriados e a execução de pequenas reformas. Já os moradores de unidades menores têm sofrimento redobrado. Nesses casos, a criatividade é requisito básico para a aplicação de boas soluções de portabilidade. O arquiteto Lionel Sasson teve o desafio de tornar ainda mais aconchegante e ampliar a área útil de um apartamento de 380 m². Os filhos dos clientes passaram para a fase adulta e foi preciso readequar os ambientes às novas exigências da família. “Eles estavam sem conforto e não contavam com um escritório”, comenta. A grande intervenção ocorreu na varanda envidraçada que foi suprimida para dar lugar a um living amplia-

do. Além de não ser aproveitado adequadamente, o terraço também se mostrava uma fonte constante de ruídos, pois nas vizinhanças do edifício há um colégio. Essa área que abriga agora também um bar, passou a ser isolada dos outros ambientes por meio de uma porta de correr. A alteração realizada não dá nenhuma pista para os visitantes de como era no passado. O espaço ganhou em conforto e beleza com uma decoração requintada. As paredes receberam uma cor similar ao do piso em mármore, o que reforçou a sensação de paz e tranquilidade ao ambiente. A iluminação adotada cria várias atmosferas com o jogo de luzes e dá maior destaque aos itens decorativos, como taças e vasos brancos, vermelhos e translúcidos. A modificação permitiu ainda que a sala de jantar ao lado ganhasse nova decoração e muito conforto em almoços e jantares com amigos

e parentes. O formato sextavado do ambiente foi solucionado com a criação de nichos em madeira que abrigam peças de arte. Esse espaço segue os mesmos padrões de cores do living. A suíte do casal também teve sua área ampliada com a redução no número de quartos de empregadas de 2 para 1. Essa intervenção permitiu maior espaço destinado ao banheiro e a criação de closets individuais e escritório. A decoração em branco e azul tornou o ambiente discreto e aconchegante. A coordenação com stickers, aplicativo vinílico, com padronagem de bambu no alto da cabeceira da cama quebra um pouco a sisudez do ambiente. Efeito similar foi obtido no quarto de uma das filhas, que ganhou a aplicação de vidros coloridos, que se harmonizam com outros detalhes da decoração, principalmente os espelhos, estantes e armários de vidro.

CasaMais


APARTAMENTO

2

68m

O conjunto formado pelas salas de jantar e estar tem predomínio de móveis escuros. Isso proporcionou sobriedade ao ambiente, que também é beneficiado pela bela cor do laminado de madeira do piso. Com a falta de espaço, o bar ganhou um dos cantos da sala

S

asson também realizou várias intervenções num apartamento com 68 m². As modificações se limitaram a alguns cômodos em razão do orçamento apertado do cliente. A alvenaria não recebeu nenhum tipo de alteração. A maneira encontrada para aumentar o espaço disponível aos moradores foi valorizar cada centímetro do imóvel. A primeira readequação ocorreu com as estantes, como a instalada na sala, que conta com painéis de madeira e faz fundo com outra no corredor. Esse recurso, utilizado em razão da profundidade apre-

CasaMais

sentada por alguns equipamentos, permitiu que os mesmos fossem embutidos. “Cada quadrado dessa estante abre para uma função diferente”, ressalta. Todo o conjunto sala de estar e jantar ganhou piso, pintura e mobiliário novos. A preocupação em economizar espaço pode ser verificada em cada detalhe da decoração, que ao ganhar em portabilidade não perdeu em beleza e harmonização. As mesas laterais do sofá são os melhores exemplos, pois cumprem tripla função: servem de apoio, enfeitam e abrigam as caixas de som.

A escolha de móveis adequados permite que o espaço ganhe dupla função e mesmo assim continue bonito e agradável.


Um dos quartos passou a assumir o papel também de escritório. Como suas dimensões eram diminutas, os móveis precisaram ser cuidadosamente escolhidos. Então, esse ambiente ganhou um sofá-cama, cortina-painel e estante de vidro conjugada com armário. Como o cliente não gosta de ar-condicionado, o calor do verão é combatido com um ventilador de teto, que conta com pás de palhas e consegue se harmonizar perfeitamente com o padrão cerejeira dos móveis e os tons dos itens de decoração desse espaço. Entre as poucas exigências na elaboração do projeto estava a cor aplicada ao banheiro, que assusta à primeira visão. "O cliente acredita que o vermelho lhe traga sorte", comenta. Para amenizar o impacto do forte tom escolhido, o branco foi a opção natural para recobrir as portas dos armários e a cuba. Nesses casos, a iluminação indireta também colabora para reduzir o efeito da cor e tornar o ambiente mais agradável.

Projeto Lionel Sasson www.thedesignplace.com.br

O ambiente que recebeu as principais intervenções foi o quarto de visitas (foto acima), que passou a cumprir o papel também de home-office. A opção por móveis pequenos não afetou a beleza do espaço, que conta com itens no bonito padrão cerejeira

A cor berrante escolhida para o banheiro assusta ao primeiro olhar (foto ao lado). No entanto, o vermelho aplicado em paredes e móveis foi uma das poucas exigências do cliente e tem, segundo ele, uma explicação lógica: esse tom lhe traz sorte

O dormitório principal e os banheiros (abaixo) receberam apenas pequenas melhorias, como nova iluminação, pintura e consertos. A cozinha, por sua vez, ganhou um belo armário que consegue guardar todos os equipamentos tão comuns na vida moderna

CasaMais


AR-CONDICIONADO

Os aparelhos, principalmente os modelos split, passaram a ser silenciosos, ganharam em eficiência e contaram com sensível redução de preço. Além disso, seu design moderno possui grande capacidade de se adaptar a vários tipos de decoração.

O

s termômetros acima dos 30°C no início deste ano e as melhores condições para compra colocaram de novo em evidência um dos maiores sonhos dos brasileiros: o ar-condicionado. Se antes esses aparelhos se mostravam muito distantes do orçamento de qualquer pessoa, hoje, com a queda de preços, eles podem ser adquiridos com tranquilidade. Os modelos mais comuns são janela, mais simples, e split, que tem sido a grande tendência de mercado, segundo o gerente de Produtos Ar-condicionado da LG Eletronics, Mauro Apor. Os principais fatores para essa preferência: beleza, discrição, modernidade e quantidade de recursos oferecidos. No entanto, o grande diferencial é a baixa emissão de ruído. Por ter o compressor separado do corpo prin-

CasaMais

cipal, o split se mostra muito mais silencioso. Com potências variando entre 9 mil e 24 mil BTUs, esses modelos possuem timer, ajuste de temperatura por controle remoto e filtros laváveis que matam alguns tipos de vírus e bactérias. O cálculo para definir as necessidades de refrigeração de um espaço depende das fontes de calor internas. Para dar apenas uma idéia, um ambiente com 25m² precisa de um aparelho com capacidade de 12 mil BTUs. “Esta se tornando comum em casas de altíssimo padrão, a utilização de ar-condicionado central”, ressalta. Uma unidade externa única consegue atender diversos ambientes e proporciona uma economia de 40% de energia elétrica em comparação ao consumo do split convencional.


PAINEL

A preferência tem recaído em peças com formatos maiores e tons claros, como areia ou bege. No entanto, a quantidade de opções é grande e pode variar conforme o gosto e estilo de cada um. Hoje, existem pisos e porcellanatos que lembram tijolinhos e até as antigas lajotas avermelhadas, fazendo um verdadeiro revival.

Os revestimentos cerâmicos passam por várias fases no processo de fabricação para ganhar o aspecto e acabamento desejado. A aparência rústica é obtida por meio da moldagem de relevos, curvaturas horizontais, pequenas erupções e imperfeições. São necessárias inúmeras aplicações de esmalte e decorações para dar o tom envelhecido às peças.

Relevos muito acentuados, similares ao aspecto de pedra bruta, devem ser evitados em ambientes internos por influenciar na estabilidade e dificultar a movimentação de móveis. Entretanto, essas linhas ficam muito bonitas quando aplicadas em varandas e sacadas, bem como na maioria dos espaços de casas de campo, sítios e fazendas.

Fontes: Chiarelli, Eliane, Itagres e Gyotoku

Revestimento rústico esbanja versatilidade

Aplicados em ambientes internos e externos, esses produtos podem ser utilizados sozinhos ou acompanhados de mosaicos. A combinação com outros materiais é um recurso muito comum, principalmente com pedra natural e pastilhas. Os padrões e texturas variadas aumentam o apelo e se harmonizam com a maioria dos estilos de decoração.

DICAS - Medir corretamente a área a ser revestida, considerando o rodapé e acrescentar 10% a mais para prevenir quebras e reparos futuros. - Verificar se o PEI do produto atende as necessidades do ambiente no qual será assentado. O PEI (Porcelain Enamel Institute) é uma medida de classe de abrasão, que vai do 1 até 5. Quanto mais alto o número, maior a sua resistência. Apenas como referência, uma loja com grande fluxo de pessoas precisa contar com um revestimento PEI 5. Já um banheiro ou lavabo poderá se valer de uma linha da classe 3. Vale lembrar ainda que os porcellanatos técnicos não são produtos esmaltados, por isso não recebem classificação PEI, mas contam com grande resistência e podem ser instalados em locais de altíssimo tráfego. - Para evitar desgastes desnecessários das peças em razão do atrito das solas dos calçados em contato com sujeiras abrasivas, como areia e terra, aconselhase o uso nas entradas de tapetes ou capachos. Esse cuidado aumentará a vida útil do produto.

CasaMais


PROJETO COMERCIAL

Multifuncionalidade: A ideia foi criar um local para receber visitas e realizar reuniões de negócios, mas sem a sisudez tão comum a escritórios comerciais. As amplas salas recebem luz natural por todo dia, o que torna o projeto ainda mais bonito e sofisticado

CasaMais

C

riado para abrigar os vários negócios de um holding, o escritório comercial, encravado num dos endereços mais caros da capital paulista, tem como destaque os espaços amplos e a decoração clean. Os clientes, três irmãos com atuação na comercialização de veículos zero quilômetro, transporte aéreo e varejo, tinham como desejo justamente contar com um local multiuso, arejado, que permitisse encontros e reuniões, mas sem uma identificação precisa de marcas ou empresas. O projeto da arquiteta Clélia Regina Angelo buscou oferecer todo o conforto, praticidade, personalização, mas dentro de um orçamento enxuto. “Uma das exigências era que as instalações não ficassem absurdamente caras”, explica. A entrada possui uma pequena recepção. Os visitantes são orientados para uma área que abriga todas as secretárias do holding. Um balcão domina o ambiente, que conta ainda com móveis de apoio, cadeiras e mesas para

pequenas reuniões. A solução encontrada para distribuição de espaços recaiu sobre divisórias com vidros leitosos. Essa opção comporta várias combinações e se harmonizou perfeitamente com o espírito desejado para o escritório. Além disso, proporciona maior transparência e leveza.


Além de banheiros individuais para cada empresário, houve preocupação ainda em tornar o escritório o mais confortável possível. Entre as personalizações está a chase, peça importante para descanso em dias mais desgastantes e reuniões que varam a noite

As salas receberam decoração conforme o perfil e área de atuação de cada empresário. No entanto, seja moderno ou clássico, há predominância por bastante amplitude de espaço, ambientes bem iluminados e com paredes com cores claras

O verde se mostra presente não somente em uma das paredes, que abriga uma escultura, mas também em vasos, principalmente com orquídeas, distribuídos por todas as dependências do escritório. Também foi pedido que cada sala individual tivesse um ba-

nheiro com ducha e armários para a recomposição necessária após exaustivas reuniões de trabalho. A decoração e os elementos construtivos foram definidos por gostos, hobbies e áreas predominantes de atuação de cada empresário. Dessa forma, fica fácil identificar as preferências pelos itens e detalhes espalhados pelos ambientes. Um olhar mais atento percebe em cima de mesas, racks e armários miniaturas de helicópteros e automóveis que são uma firme indicação do trabalho desenvolvido. Enquanto uma sala é dominada pelo estilo moderno, com grande apelo tecnológico, outra é estritamente clássica. O escritório ainda possui uma sala de reuniões, biblioteca, área de informática e um espaço que abriga acervo em homenagem ao pai dos empresários. Projeto Clélia Regina Angelo clelia@cleliareginaangelo.com.br

O cuidado com a decoração pode ser conferido na riqueza de detalhes. São peças de artes, como quadros e esculturas, vasos, orquídeas e miniaturas, que expressam a personalidade e os gostos dos clientes.

CasaMais


COZINHAS

Nem sempre

foi assim... Até mesmo cozinhas pequenas ganham mais beleza e praticidade após pequenas reformas. A grande variedade de materiais e acabamentos possibilita inúmeras combinações e se encaixam a todos os perfis de consumo

CasaMais

A

interação entre três ambientes foi a grande preocupação da arquiteta Consuelo Jorge no projeto desenvolvido para o apartamento de um cliente solteiro. A remoção das paredes que dividiam a sala de jantar, copa e cozinha permitiu que o espaço fosse utilizado de duas maneiras: aberto aos convidados ou não. Entre a copa e a cozinha a preferência recaiu sobre uma porta de vidro, que combina perfeitamente com o suporte da televisão de plasma, coifa e fundo da parede em aço inox. Outros detalhes do material podem ser vistos nos eletrodomésticos. O piso em pastilhas de vidro deixou o ambiente claro. “O tampo da pia em Corian permite uma limpeza perfeita e é o sonho de consumo de muitas pessoas”, comenta Consuelo. Peças em amarelo ovo foram colocadas estrategicamente para quebrar o rigor desse ambiente com decoração bem masculina.

Projeto: Consuelo Jorge contato@consuelojorge.com.br


O

projeto original da construtora previa cozinha e sala de almoço em ambientes isolados com acesso por uma porta lateral. Os arquitetos Gilberto Cioni e Olegário de Sá realizaram uma ampla reforma no imóvel e esses espaços ganharam interligação mais eficiente, rebatendo a porta e abrindo um vão na alvenaria. Entre as exigências dos clientes, um casal de executivos, estava uma cozinha ampla, contemporânea, com paneleiro no teto. O piso ganhou um porcellanato Crema 45x45cm, o que proporcionou um ambiente claro e sofisticado. Os móveis em madeira, os tampos de mármore e os detalhes em aço inox aumentaram esse apelo. “Utilizei cores suaves para não tirar a atenção da cozinha e pedra escura na bancada para dar mais personalidade ao projeto”, explica Cioni. Projeto: Gilberto Cioni e Olegário de Sá projetos@olegariodesa.com.br projetos@gilbertocioni.com.br

O

desejo do cliente de ir para a cozinha aos finais de semana e feriados serviu como ponto de partida para o projeto criado pela arquiteta Ornella Lenci. O apartamento antigo de um casal com duas filhas precisou de várias intervenções para que a sala se interligasse com a cozinha. A ideia era que os anfitriões pudessem se relacionar durante o preparo de almoços e jantares com os convidados. “A escolha recaiu sobre uma porta de correr de madeira que garante a privacidade quando o ambiente não está apresentável”, comenta Ornella. Uma bancada de trabalho ampla com duas pias e a ilha com churrasqueira possibilitam muito conforto na execução das tarefas. A decoração se vale dos outros ambientes para manter a harmonia. Por isso, a arquiteta optou por madeira e fórmica. O porcellanato bege brilhante e o granito foram escolhidos por combinarem com os demais itens decorativos e por facilitarem a manutenção. “O mármore, apesar de ser mais bonito, é menos resistente a produtos químicos”, explica. Projeto: Ornella Lenci contato@ornellalenci.com.br

CasaMais


ESPECIAL

Novidades Em março foram realizadas as principais feiras do setor da construção: Feicon Batimat, Expo Revestir e Kitchen & Bath. O número de novos produtos ultrapassou à casa dos 3 mil itens, que cobrem uma gama variada de setores e se destacam pela beleza, praticidade e tecnologia moderna. Conheça os principais lançamentos: CasaMais

Revestimento de PVC Para uso residencial, o produto 100% em PVC pode ser aplicado em pisos e paredes e promete rapidez na instalação e durabilidade. Em quatro acabamentos – Marfim, Teca, Pau Brasil e Freijó, essa linha, apesar da técnica moderna de produção, proporciona apelo retrô à decoração.

Renato Vicentini

que não acabam mais!


Sistemas completos Seguindo a tendência mundial, as marcas brasileiras aumentaram a oferta de produtos para cozinha com acabamentos escuros e espelhados. Para garantir uma decoração mais harmoniosa, as linhas contam com todos os itens necessários: misturador, coifa, forno, pias, cubas e cooktop.

Beleza com água limpa Os filtros tornaram-se peças muito comuns dentro das residências. A partir de agora, esses produtos ao serem embutidos em torneiras ganharam um apelo muito maior. O sistema filtrante passaria despercebido aos visitantes se não fosse por seu design bonito e arrojado.

Dois níveis de uso Criadas para economizar, muitas vezes as caixas acopladas podem acarretar justamente o contrário. Para controlar melhor a vazão da água, um novo sistema foi desenvolvido com duplo acionamento de descarga. Tal mecanismo evita o desperdício e se encaixa às necessidades de limpeza do usuário.

Chega de azul A iluminação colorida subaquática está dando uma nova vida às piscinas. O azul pode dar lugar ao vermelho, amarelo, verde e roxo com a ajuda de leds superpotentes. Até mesmo as pastilhas começam a ganhar tons diferentes para mudar um pouco a área de lazer.

Renato Vicentini

Relevo e desenho Peças especialmente desenhadas para revestimento, como as criadas pela artista plástica e designer Ana Paula Castro, viraram tendência. O porcellanato ganha com esse recurso muito mais vida e pode ser aplicado em pisos e paredes, proporcionando um toque todo especial à decoração.

CasaMais


Tendência prossegue

Madeira de demolição Esse material passou a ser escolhido pela maioria dos arquitetos. Apesar de seu apelo ecológico e estético, seu preço ainda impede uma maior popularização. Para aqueles que desejam esse tipo de padronagem em suas casas, já existe belas versões em revestimento cerâmico.

Tudo automatizado Além de possibilitar total controle sobre os comandos eletrônicos da casa, a nova tecnologia de automação proporciona redução e a racionalização do consumo de energia elétrica. Os produtos oferecem beleza e maior segurança e se tornam cada vez mais acessíveis ao consumidor.

Nova pele

Fogão portátil O produto tem sistema de aquecimento por indução eletromagnética. O modelo acena com a promessa de preparar o alimento mais rápido do que os outros tipos de fogão. Linhas mais sofisticadas contam com sistema de segurança na qual somente a panela é aquecida.

CasaMais

Em grande variedade de cores, os modelos de porta passaram a omitir a presença da esquadria. Indicado para entradas com tamanhos generosos e ambientes requintados e modernos, a peça conta com toda a segurança do alumínio no miolo e a beleza incomum de uma folha de vidro temperado e serigrafado na parte externa.

Geometria bem definida O design dos chuveiros não sofreu muitas mudanças. A preferência continua recaindo sobre as formas quadradas e redondas, que permite esconder a tubulação sob o forro do banheiro e oferece crivo maior. Outra vantagem: pessoas altas tomam banho com muito mais conforto.

Fontes: Altero, Biancogres , Creative, Deca, Franke, Gail, Interfloor, Legrand, Lorenzetti, Sibrape e Zeloart.

As formas curvas e lisas continuam dando as cartas nas linhas de metais e acessórios para banheiros. Esse tipo de design propicia à peça um aspecto moderno, bonito e muito sofisticado, que consegue atender à expectativa dos mais variados estilos e gostos.


PAISAGISMO

N

ada melhor do que trazer a paz e a beleza das plantas e flores para dentro de casa. No entanto, nem sempre esse desejo se mostra uma tarefa fácil em razão dos poucos e pequenos espaços hoje disponíveis nas residências. Três paisagistas mostram ser possível aproveitar cada cantinho do imóvel para realizar esse sonho. Vários lugares, como corredores e fundos de quintal, podem ser utilizados, basta alguns cuidados na hora da escolha das espécies e na preparação do solo.

Falta de espaço U

m simples corredor de acesso, que serve para interligar a garagem a várias dependências da casa, permitiu às arquitetas Rosani Gomes e Ana Paula Zambon Clemente usarem a criatividade para a solução do problema.. “Dividimos a passagem em três partes - jardim da sala de jantar, horta da cozinha e lavanderia -, mas mantendo sempre a mesma identidade”. Uma textura verde, com purpurina em sua composição, foi aplicada na instalação para refletir levemente os raios solares. Uma fonte adorna o jardim da sala de jantar, que possui estrutura de madeira náutica e chapa de metal. As paredes contam com pastilhas cerâmicas em tons terracota, cru e chocolate. A vegetação escolhida para este módulo, por sua resistência, recaiu sobre Aspargos e Marantas. A cozinha ganhou uma horta vertical com a instalação de prateleiras de madeira de andaime. A mesma matéria-prima serviu para a bancada da lavanderia, que possui uma mandala iluminada ao centro.

Projeto: Rosani Gomes rosanigomes@yahoo.fr Ana Paula Zambon Clemente ana_mz@terra.com.br CasaMais


O

Jardim Japonês estava em péssimo estado de conservação e limitava o seu acesso pelo excesso de caixilhos. A arquiteta e paisagista Denise Barreto abriu a área para o living e instalou vidros para melhorar a visualização das plantas. Agora, o ambiente recebe luz dos dois lados e propicia uma sensação maior de espaço e integração com a Natureza. “Não existe cobertura, por isso as plantas recebem luz indireta o dia inteiro”, comenta. Diante de tais condições, as espécies escolhidas foram Minipandanus, Musgo, Álamo, Agave, Mapuá e Dasylirion Acotriche. Todas essas espécies contam com necessidades semelhantes para não dificultar a manutenção. Além disso, o projeto previa o trabalho com a composição do contraste de folhas verdes claros e mais escuros. “Busquei utilizar o Álamo, uma árvore estreita e fina, que perde folhas no inverno e marca as estações”.

Projeto: Denise Barreto dbarrett@denisebarretto.com.br

o não é desculpa A

ideia era contar com áreas verdes que fossem compactas e práticas. Os clientes, um casal com dois filhos préadolescentes, manifestaram o desejo de ter o maior contato possível com a Natureza – algo muito difícil na vida moderna. Os pequenos espaços disponíveis ganharam no projeto desenvolvido pela paisagista Inez Gouveia espécies de fácil manutenção, mas sem perder em beleza e cores. Para tanto, se mostrou necessário a utilização de cada cantinho do imóvel, o que possibilitou ótimo resultado, pois espalhou verde por todos os ambientes. “Os canteiros estreitos ganharam um colorido especial com Lírios, Ixoras, Estrelitzas e Heliconias”, comenta. “A escolha recaiu sobre espécies que proporcionassem florações a maior parte do ano, mas sem ser ‘clean’ demais, pois perderia em aconchego”. Também foram aplicadas, em razão da sua beleza estética e resistência, Grama Esmeralda, Grama Preta Anã, Lingustro, Palmeiras Rhaphis e Triangular. Projeto: Inez Gouveia www.inezpaisagismo.com.br CasaMais


A

bela imagem de roupas secando no varal e esvoaçando ao sabor do vento virou coisa do passado, principalmente nas grandes cidades. Hoje, os pequenos espaços disponíveis obrigaram a adoção de varais compactos, que se encaixam a todas as necessidades dos consumidores. Além dos modelos tradicionais de teto, o mercado passou a oferecer também as versões para chão e parede. Esse último especialmente voltado para as residências que possuem teto de gesso é tema do passo a passo desta edição da revista Casa Mais. Será preciso para fazer a instalação os seguintes itens: varal e complementos (arruelas, parafusos, fios, porcas e buchas), furadeira, broca de vídea e chave de fenda.

1

Antes de iniciar a instalação propriamente dita é preciso montar a estrutura do varal. Fixe as hastes na base usando os parafusos, arruelas e porcas. Encaixe a garra dos tirantes de reforço no furo central da haste e a outra extremidade no repuxo. Não esqueça: deve se respeitar uma distância mínima de 20cm do teto e da parede lateral, se houver. Para facilitar o trabalho, utilize como gabarito os furos da base para definir os pontos de instalação do suporte na parede.

h

Com áreas de serviços cada vez menores, o varal de teto se tornou algo muito comum dentro de casas e apartamentos. Além de muito útil, esse produto conta com várias versões.

i es aço

la a de ia

BRICOLAGEM

T

Fonte: Multicoisas www.multicoisas.com.br

CasaMais


passo a passo 3

O processo mais difícil e marcar na parede a posição de fixação das duas carretilhas duplas, que coordenam o processo de subir e descer o varal. O trabalho deve começar a partir do suporte com carretilhas duplas. A marcação para os furos deve levar em conta as seguintes referências: um ponto 5 cm abaixo, a partir do centro da base do suporte; e, a partir desse ponto, na horizontal, marque 5 e mais 10 cm no sentido oposto onde será instalado o varal. Depois de determinar os locais e furar, fixe e rosqueie as carretilhas. Não se esqueça de utilizar as buchas na tarefa.

O último ponto de fixação será para a instalação do gancho que sustenta a corda de nylon. Ele deverá ficar no centro das carretilhas numa altura de 1,5m a partir do chão. Depois de rosquear o gancho na parede, pegue a corda e corte-a no meio. Para prender uma das laterais, utilize uma das metades e passe as duas pontas pela parte superior da carretilha como indicado na foto. Faça o mesmo processo com a carretilha dupla do suporte da parede. Uma das pontas da corda deverá ser repassada pela carretilha simples. A outra ponta ficara apenas na carretilha dupla para ser amarrada numa das laterais do varal. Os mesmos passos deverão ser seguidos com a outra metade. Para finalizar amarre as quatro pontas dos fios nos buracos de fixação do varal. Parabéns, você finalizou a tarefa.

4

Esse produto economiza espaço e é muito barato

2

Além do modelo de parede, estão disponíveis aos consumidores nas lojas as versões teto e chão

Tenha mais espaço na lavanderia

Após a furação, coloque as buchas e fixe a primeira parte do suporte (carretilha dupla) com os parafusos. Para manter as medidas corretas e deixar tudo bem equilibrado, instale a barra na ponta do suporte de parede, que já foi instalado no início dessa fase e na qual passam dois fios. Mas preste muita atenção no seguinte detalhe: A barra servirá como gabarito para a afixação da outra metade do suporte, que possui carretilha simples com mecanismo para um fio apenas.

CasaMais


REFORMA

Telhado garante s estilo e uma casa m Materiais oferecem vários benefícios e se encaixam perfeitamente às necessidades e desejos dos consumidores. No entanto, é preciso cuidado na hora da escolha por causa da manutenção exigida pelos produtos CasaMais

A

s chuvas que castigam o País desde o final do ano passado demonstraram a importância de se manter sempre a cobertura do imóvel em perfeitas condições. No entanto, o telhado também desempenha papel importante na definição do uso e estilo arquitetônico, como lembra o arquiteto Marcos Ribeiro. Hoje, o consumidor pode se valer de vários tipos de cobertura, desde a tradicional telha cerâmica, passando por fibrocimento, policarbonato, vidro, até chegar às metálicas. A escolha do material influenciará também nas proporções da estrutura de sustentação do telhado, pois o peso é um item importante a ser avaliado no projeto. Além

disso, cada tipo de telha necessita de cuidados especiais por suas características próprias, como a cerâmica que precisa de proteção contra intempéries, por absorver água, e as telhas metálicas, que podem sofrer com a oxidação. A arquiteta Ana Lucia Spagnuolo, além de recomendar produtos dentro das diretrizes estabelecidas pela Associação Brasileiras de Normas Técnicas (ABNT), lembra que a dimensão do beiral é muito importante, pois protege as paredes e janelas da incidência direta das chuvas. “Ao analisar as características de cada modelo de telha é preciso ficar atendo com a durabilidade, resistência, peso, rendimento por m² e relação custo benefício”, ensina.


Divulgação: Sherwin-Williams

Cerâmica Sem dúvida, a telha preferida dos brasileiros. Feita com argila, esse produto é poroso e necessita de proteção contra a absorção de água. Na maioria das vezes, o material recebe a proteção de uma película impermeável, resina acrílica ou silicone, para evitar o problema. Um dos pontos altos desse tipo de telha é a ampla variedade de modelos: francesa, romana, paulista, colonial e portuguesa. A inclinação adequada para telhados construídos com esse tipo de cobertura é de 30% a 45%.

Vidro Os telhados feitos com esse material precisam ter uma inclinação mínima de 30%. As variações são muitas em função das possibilidades de texturização e cores, que podem dar maior liberdade na criação do projeto. Como no caso do policarbonato, essa telha permite o melhor aproveitamento da luz natural, gerando economia na conta de luz. Para aproveitar ainda mais esse recurso, as telhas de vidro podem ser utilizadas em conjunto com placas captadoras de energia solar.

Metal Aço ou alumínio, as coberturas feitas de placas metálicas ainda são pouco utilizadas no Brasil. Elas têm como característica básica a instalação de duas telhas com preenchimento de poliuretano ou poliestileno (isopor) entre as chapas ou, simplesmente, uma única peça com revestimento inferior com as mesmas opções. A fixação dos materiais na telha metálica é feita com cola. Algumas versões são termoacústicas e possuem alto grau de resistência a intempéries e maresia.

e segurança, mais bonita Fibrocimento

Policarbonato Aplicado em projetos personalizados, o policarbonato pode ser translúcido e de cores diversas. A inclinação mínima recomendada é de 10%. Outras vantagens oferecidas pelo produto são: leveza, tratamento contra raios ultravioletas, resistência a impactos, não propagação de chamas e variedade de dimensões. Hoje, cada chapa do material pode contar com 1,10m de largura e comprimento sob medida. Além disso, esse tipo de telha ajuda na redução de consumo energético, pois permite um melhor aproveitamento da luz natural.

Largamente empregado no Brasil, o fibrocimento é indicado para telhados com pequenas inclinações, pois, além do baixo custo, permite a rápida montagem na obra. Usado em imóveis comerciais, industriais e residências, o produto não conta mais em sua fabricação com o amianto. Há também uma grande variedade de versões, como calheta, calhetão, ondulada, onda e a placa cimentícia, que foi lançada recentemente. A inclinação do telhado depende do modelo escolhido e pode ser verificada com o fabricante. No entanto, em média, esse número gira em 3%.

CasaMais


MADEIRA

Proteção que proporciona beleza e durabilidade

O

acabamento natural da madeira, se não chega a ser uma unanimidade, é um dos preferidos dos consumidores na hora de construir e decorar. Além de contarem com diferentes tipos de padronagem, esses itens possibilitam variadas combinações na criação de ambientes e desempenham inúmeras funções. No entanto, para garantir a beleza e durabilidade das peças é preciso tomar uma série de cuidados, mesmo nos casos de produtos instalados ao abrigo das intempéries. Hoje, o mercado possui vários sistemas de proteção e tratamento para madeiras: tintas, stains e vernizes. Cada um foi desenvolvido especialmente para cumprir papel específico e proporcionar determinado tipo de acabamento às peças. A preferência do consumidor recai, na maioria das vezes, em manter os padrões e cores naturais da madeira. Os produtos indicados para essa tarefa são os vernizes e stains. O primeiro, utilizado em peças mais nobres ou com acabamento fino, realça os veios e nós. A proteção é garantida por uma película transparente e resistente às intempéries. Indicado para a maior parte dos casos encontrados dentro de uma residência, os vernizes possuem diferentes acabamentos, como fosco, acetinado ou brilhante. Para

CasaMais

itens com madeiramento desgastados pelo tempo, o recomendado é a aplicação de versões tingidoras dos produtos, que contam com variada oferta de padrões: natural, mogno e imbuia. Já o stain tem como característica principal a capacidade de penetrar na madeira - o produto não forma película, por isso o acabamento acetinado não descasca. Com boa resistência, é indicado para aplicações em pisos de madeira e decks de piscina. No entanto, vale lembrar, recomenda-se realizar uma manutenção anual. No caso específico da pintura, o aspecto natural da madeira não fica visível. Em seu lugar forma-se uma película de tinta resistente e uniforme, que pode ser fosca, acetinada ou brilhante com grande variedade de cores. Essa opção também é válida para os casos nos quais a superfície já não apresenta acabamento uniforme e a utilização do verniz intensificaria esse aspecto. Entre as tintas que podem ser aplicadas à madeira está o esmalte tradicional base solvente ou água. Sempre que possível, o consumidor deve escolher a segunda opção, pois é menos agressivo ao aplicador e ao ambiente. Além disso, proporciona excelente proteção às madeiras, principalmente com relação ao aparecimento de mofo.

Madeira nova A superfície da peça deve ser lixada para a eliminação de farpas. Aplicar o verniz após a remoção completa de pó. Recomenda-se para áreas internas e secas o uso de uma demão de seladora para madeira. Nesse caso, após a secagem do produto, é necessário novo processo de lixamento e eliminação do pó. Somente depois desses cuidados, o verniz poderá ser utilizado.

Resinosa Em peças com madeira nova resinosa é preciso uma lavagem de toda a superfície com solvente (thiner). Depois de secar, essa operação deve ser feita novamente. Logo em seguida vem o lixamento para a retirada de farpas e a remoção do pó. Aconselha-se antes da aplicação do verniz, testar a área para se certificar que a resina natural da madeira foi realmente eliminada.

Mofo e fungo Áreas com mofo deverão passar por uma limpeza com solução de água e detergente. Depois de enxaguar, a peça deverá secar para receber o novo acabamento. Já nos casos de fungicidas, aconselha-se a aplicação somente em situações específicas em locais já contaminados ou sujeitos a esse tipo de problema.

Recomendação Os consumidores que desejam manter a beleza da madeira têm dois produtos à disposição. O verniz pode ser aplicado em peças internas e externas, como portas, janelas, forros, lambris e estruturas de telhado. Já o stain é recomendado principalmente para decks de piscina e pisos de madeira.

Fonte: Suvinil

Para cada caso recomenda-se um tipo diferente de produto. Além de tornar o aspecto mais bonito, os vernizes, stains e tintas estendem a vida da peça e proporcionam economia com o passar dos anos


Revista Casa Mais 03  

Terceira edição da Revista Casa Mais

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you