Page 1

Alfabetos e seus Povos

1


Alfabetos e seus Povos

semitas Proto-Canaanita . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

fenĂ­cios Alfabeto FenĂ­cio . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6

gregos Alfabeto grego . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9

romanos Alfabeto romano . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11 2


semitas A história do alfabeto começa no Egito antigo. O primeiro alfabeto puro (corretamente, “abjads”, mapeamento de símbolos único para fonemas únicos, mas não necessariamente cada fonema para um símbolo) surgiram por volta de 2000 aC no Egito Antigo. Como uma representação da linguagem desenvolvida pelos trabalhadores semitas no Egito, mas até lá princípios do alfabeto já tinham sido incutidos em hieróglifos egípcios por um milénio.

3


semitas A maior parte dos outros alfabetos no mundo hoje descendia quer a partir desta descoberta, ou foram diretamente inspirados pelo seu design, incluindo o alfabeto fenício e do alfabeto grego. A invenção do alfabeto (alfabetum em latim vem das letras gregas alpha e beta) remonta aos fenícios, e talvez mesmo antes deles aos semitas da Síria, na fronteira entre o segundo e o primeiro milênio. Mas esse primeiro alfabeto teve um alcance limitado, pois não continha vogais e constituía, portanto, uma grande fonte de ambiguidade da leitura o texto escrito não representava totalmente as palavras faladas (BRETON, 2002).

4


semitas O alfabeto Proto-Canaanita, tal como o seu protótipo egípcio, representado apenas consoantes, um sistema chamado “an abjad”. A partir dele pode ser rastreada de quase todos os alfabetos já usado, a maioria dos quais descendea versão escrita do fenício. O Alfabeto aramaico, que evoluiu a partir do fenício no século VII aC como escrita oficial do Império Persa, parece ser o antepassado de quase todos os alfabetos modernos da Ásia.

5


fenícios Em 1000 a.C, o alfabeto protocanaanita sofre transformações e é reduzido para 22 caracteres, assumindo características de simplicidade e construção dos alfabetos modernos. A partir desse momento, passa a chamar-se Alfabeto Fenício (HORCADES, 2004). O alfabeto fenício desconexamente continua o alfabeto Proto-Canaanita, por convenção chamado fenício desde meados dos anos XI aC. O alfabeto fenício era baseada no princípio de que um sinal representa um som falado. Além aramaico, o alfabeto fenício deu origem ao alfabeto grego e berbere.

6


fenícios Considerando letras separadas para vogais realmente teria dificultado a legibilidade do egípcio, berbere, ou semitas, mas sua sua ausência foi problemático para o grego, que tinha uma estrutura morfológica muito diferente. No entanto, houve uma solução simples. Todos os nomes das letras do alfabeto fenício começou com consoantes, e que estas consoantes eram representadas as letras. No entanto, várias delas foram bastante suaves e impronunciáveis pelos gregos, e, assim, vários nomes de letras chegaram a ser pronunciada com vogais iniciais. Pelo princípio acrofônico de que foi a base do sistema, as letras agora ficaram para 7


fenícios os vogais. Por exemplo, os gregos tinham nenhuma parada glótica ou h, entrão a letra fenícia alep ‘tornou-se o grego “alfa” e “e” (mais tarde rebatizada de “epsilon”). Por sorte os gregos só tinham criado seis das doze vogais, e assim eventualmente criaram dígrafos e outras modificações, tais como “ei”, “ou”, bem como “o” (que se tornou “ômega”), ou, em alguns casos, simplesmente ignorou a deficiência, como longos “a”, “i” e “u”.

8


gregos O alfabeto grego é a fonte de toda escrita moderna na Europa. A História do alfabeto grego inicia-se com a adopção das formas das letras fenícias e continua até hoje. O alfabeto fenício era estritamente falando: “an abjad” em outras palavras, representava apenas consoantes. Este arranjo é muito menos adequado para grego do que para línguas semíticas e várias das consoantes fenício, representando sons ou distinções não presentes em grego, foram adaptados para representar vogais; consequentemente o alfabeto grego pode ser considerado primeiro alfabeto verdadeiro do mundo.

9


gregos O início do alfabeto grego dialetos ocidentais, onde a letra “eta” manteve um “h”, deu origem ao antigo Itálico e alfabetos romanos. No oriente, os dialetos grego, que não têm um “h”, “eta” ficou para uma vogal, e continua a ser uma vogal no grego moderno e todos os alfabetos de outras variantes derivadas do Leste: Glagolítico, cirílico, armênio, gótico (que utilizava letras gregas e romanas), e talvez georgiano.

10


romanos Várias centenas de anos mais tarde, os romanos utilizaram o alfabeto grego como base para o alfabeto maiúsculo que conhecemos hoje. Eles refinaram a arte da caligrafia, apresentando vários estilos de letra distintos, utilizados para fins diferentes. Eles escreveram uma forma rígida e formal escrita para importantes manuscritos e documentos oficiais; e uma mais rápida, mais uma informal no estilo de letras para coisas do cotidiano.

11


romanos No entanto os romanos fizeram as mais importantes contribuições ao design tipográfico: No alfabeto romano, a serifa se originou com a escultura de palavras em pedra na antiga Itália: gravadores romanos começaram adicionando aos poucos sulcos para marcar as letras e para evitar o deslizamento de cinzel, que acabou por de ser a própria estética, bem como aumentar a legibilidade utilizadas na tipografias até hoje.

12


romanos Ainda outra inovação romana a partir da intuição foi a criação da linha de base: em tipografia e caligrafia, a linha base é onde as letras “sentam” e abaixo dela, as descendentes se extendem. Por estas adições, os Romanos asseguraram que o tipo, em oposição à escrita grega, era perfeitamente alinhadas em linhas, contribuindo assim de forma significativa com a estética da tipografia.

13


referência HORCADES, Carlos M. A evolução da escrita: história ilustrada Publicado por Senac, 2004. Disponível em: <http://books.google.com.br/books?id=q uZxnpAObQMC&pg=PA21&lpg=PA24&dq =alfabeto+latino&lr=&client=firefoxa&out put=html> Acesso em: 29 out 2008.

14

Alfabetos e seus Povos  

Alfabetos e seus Povos

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you