Page 1

THE WAY OUT O TOOLKIT ESSENCIAL PARA QUALQUER ESTUDANTE DE MEDICINA.

ESCOLHESTE MEDICINA. Nテグ ESCOLHESTE STRESS, BURNOUT OU EXAUSTテグ. LEMBRA-TE DISSO.


THE WAY OUT

Ser estudante de medicina é para muitos sinónimo de stress, falta de tempo e muitas pestanas queimadas. Se isso é muitas vezes verdade, a questão que surge quase instantaneamente é:

Onde se encontra o limite do normal? Qual será o nosso breaking point? Será o stress uma necessidade para atingir os nossos objetivos? A ANEM reuniu para ti este toolkit onde poderás encontrar toda a informação necessária, assim como os serviços e contactos que estão à tua disposição na tua Escola Médica para te ajudar a ultrapassar muitas das dificuldades decorrentes da envolvente do curso. Usa e Abusa!

2


THE WAY OUT

SÍNDROME DE BURNOUT Inicialmente, o Síndrome de Burnout era atribuído às profissões relacionadas com o cuidar do outro, como médicos e enfermeiros, que acabam exaustos, incapazes de lidar com situações difíceis e com a carga de trabalho elevada. Atualmente, o termo ganhou popularidade e é usado de uma forma mais alargada e a sua definição é complicada de estabelecer. No entanto, uma característica consensual é o facto de resultar de uma elevada carga de stress.

SINTOMAS Os sintomas relacionados com a síndrome de Burnout podem encaixar-se num dos seguintes três grupos: ● Exaustão emocional: sentimento de cansaço extremo, incapacidade de gestão do stress, tempo e tarefas, falta de energia. ● Alienação às atividades profissionais: acumulação de sentimentos negativos relativamente ao trabalho como frustação que culminam num distanciamento emocional progressivo e uma atitude cínica constante no ambiente laboral. ● Performance diminuída: as pessoas afetadas são muito negativas perante as suas atividades, tem dificuldade em concentrar-se e tem uma menor capacidade criativa, o que irá afetar diretamente o seu trabalho.

SINAIS DE ALARME Físicos • Insónias ou hipersónia; • Dores de cabeça; • Aumento da frequência cardíaca/palpitações; • Problemas gastrointestinais (obstipação e diarreia); • Transpiração das mãos e pés; • Tremores; • Fadiga; • Tensão/dor maxilar, muscular (ombros, pescoço, costas e peito); • Perda ou aumento de apetite/peso; • Problemas dermatológicos; • Dor no peito; • Dificuldades respiratórias; • Problemas sexuais. Psicológicos/Emocionais • Ansiedade ou tensão; • Irritabilidade; • Dificuldade de concentração/memorização; • Dificuldade em tomar decisões; • Impulsividade;

3


THE WAY OUT • Baixa auto-estima; • Ataques de pânico; • Tristeza/Depressão; • Perda de interesse sexual; • Preocupação excessiva; • Raiva; • Culpa; • Insegurança; • Pessimismo; • Confusão; • Alterações do humor. Comportamentais • Aumento de consumo de álcool, tabaco ou outras drogas; • Chorar mais que o habitual; • Alteração do comportamento habitual (praguejar, falar alto, roer as unhas, ver TV em excesso); • Isolamento; • Agressividade (auto e hetero dirigida); • Conflitos interpessoais; • Diminuição do desempenho.

BURNOUT E DEPRESSÃO Vários sintomas são partilhados entre o Burnout e a Depressão. Esta diferença deve ser estabelecida cuidadosamente, sendo que o tratamento e o outcome depende diretamente de um diagnóstico mais rigoroso. Apesar de tudo, algumas das características associadas ao Burnout não são encontradas na Depressão: alineação, sentimentos negativos mais restritos ao ambiente laboral, tendências suicidas não tão frequentes. Apesar destas diferenças, a síndrome de burnout pode aumentar a suscetibilidade à depressão.

NÚMEROS ●

Mais de um terço dos médicos de várias especialidades experiencia pelo menos uma das dimensões do burnout como exaustão emocional e acima de um quarto evidencia um alto nível de despersonalização. Os sinais são mais graves na Medicina Interna, Medicina Familiar e Medicina de Emergência.

Associada ao burnout está uma taxa de suicídios entre os médicos mais elevada que na população geral: a taxa de suicídios é 40% mais elevada entre os médicos e 130% mais elevada entre as médicas.

4


THE WAY OUT

ESTRATÉGIAS DE COPING 1. 2. 3.

Equilibrar as diferentes esferas de vida; Gerir o tempo e as expectativas Praticar um estilo de vida saudável a. Sono tranquilo e regular b. Alimentação completa, equilibrada e variada c. Exercício físico com regularidade 4. Gerir o stress a. Relaxamento físico i. Alongamentos dos braços ii. Rotação da cabeça iii. Relaxamento dos braços, pernas, pés, mãos e dedos iv. Respiração profunda e prolongada b. Relaxamento mental i. Vazio mental: concentra-te no vazio durante alguns minutos e afasta mentalmente todas as preocupações ii. Imagética: escolhe um local que te inspire bem-estar e tranquilidade e imagina-o apelando a todos os sentidos. 5. Conhecer o plano de estudos 6. Organizar os materiais e o local de estudo 7. Otimizar as aulas a. Antes – Preparar as aulas b. Durante - Assistir às aulas, estar atento e participar ativamente c. Depois – Rever os conteúdos; esclarecer dúvidas junto de professores/colegas 8. Preparar para exames a. Usar informação proveniente de diferentes fontes b. Estudar todo o conteúdo relevante c. Adotar uma atitude proativa no estudo: d. Sublinhar o essencial e. Esquematizar f. Formular e responder a questões g. Procurar exames antigos 9. Auto-observação É necessário refletir durante o semestre e depois de fazer exames – é uma atitude que deve fazer parte integrante do método pessoal. A tomada de consciência dos pontos fortes, das nossas limitações, das dificuldades e dos erros cometidos, é o primeiro passo para se poder melhorar a realização académica e bem-estar geral. 10. Rede de suporte social

5


THE WAY OUT

PROCESSO DE MUDANÇA 1º passo: Identificar situações e respetivas causas. 2º passo: Avaliar como se sente quando em situação de stress/ansiedade. 3º passo: Avaliar de que forma pode reduzir essa sensação. 4º passo: Realizar as estratégias que escolheu de forma persistente, até alcançar os resultados. 5º passo: Recorrer aos apoios disponíveis na tua faculdade, de forma a potenciar as estratégias escolhidas.

6


THE WAY OUT

RECURSOS DE APOIO AO ESTUDANTE POR ESCOLA MÉDICA Escola de Ciência da Saúde-Universidade do Minho Organismo/Entidade responsável: ● Apoio as Alunos da Escola de Ciências da Saúde. Atuação: ● Encaminhamento e acompanhamento de estudantes que se encontrem em dificuldades: ○ Sistema de tutoria através da prestação de apoio académico realizada por um tutor individual, designado pela Comissão. ○ Os tutores são docentes da ECS com formação específica para prestar este tipo de apoio e que se voluntariaram para o efeito. Informações: Sinalização de alunos em risco ou inscrições pessoais: contacto: apoioalunos@ecsaude.uminho.pt

Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Organismo/Entidade responsável: Gabinete de Apoio ao Estudante do Centro de Educação Médica da FMUP Atuação: · Organização de cursos de gestão de tempo, competências de estudo, comunicação clínica, gestão de stress, entre outros. · Programas de desenvolvimento interpessoal. · Consulta Psicológica (no PSI - Serviço de Consultas de Psicologia). Informações: Coordenação: Dra. Elizabete Loureiro e Isabel Lourinho. Localização: Piso 3, ao lado do anfiteatro Nascente da FMUP. Horário: 9h às 17h, de segunda a sexta-feira. Contactos: Telefone: 220 426 986 Extensões: 5716 / 5718 Site: http://www.cem.med.up.pt/ -> Apoio ao Estudante -> Gabinete GAE/consulta psicológica

7


THE WAY OUT Instituto de Ciências Biomédicas Abel-Salazar Organismos/Entidades responsável: Gabinete de Apoio Médico e Psicológico dos Serviços de Acção Social da Universidade do Porto (SASUP). Atuação: · Consulta de psicológia gratuitas; · Atividades de apoio na integração académica e à promoção do bem estar pessoal. Informações: Marcação de consultas: através do site https://sigarra.up.pt/sasup/ -> saúde e bem estar -> marcar consulta; Presencialmente, email ou telefone. Localização: Na sede dos SASUP, sito à Rua dos Bragas, nº 151 - 2º Piso (ao lado da Faculdade de Direito), Porto. Horário: · Psiquiatria: 2ª feira / 4ª feira: (tarde) · Psicologia: diariamente (manhã e tarde) Contactos: apoiomedicosas.up.pt; Tel: 222 074 160 Site: http://portaldasaude.up.pt/ - > Gabinete de Apoio Médico e Psicológico

Faculdade de Ciências da Saúde-Universidade da Beira Interior Organismo/Entidade responsável: Serviços de Acção Social da Universidade da Beira Interior (SASUBI). Atuação: Consultas de Apoio Psicológico Informações: Localização: Centro de Apoio Médico e Desportivo na Quinta do Convento de Sto. António (R/CH do Edíficio da Residência II a caminho de Sto. António). Horário: 4ª a 6ª feiras: 09h00 às 12h00. Contactos: Telefone: (+351) 275 319 700, com a Srª Margarida Sousa. E-mail: gapes.sasubi@ubi.pt.

8


THE WAY OUT Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Organismo/Entidade responsável: Gabinete e Linha SOS-Estudante Atuação: Linha telefónica de apoio emocional e prevenção do suicídio. Informações: Horário: Todos os dias das 20h às 01h. Contactos: 915246060 (Extravaganza) 969554545 (Moche) 239484020 (Fixo) Telefone (Secretaria AAC) - 239 410 400 E-mail: geral@sosestudante.pt Site: http://sosestudante.pt/

Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa Organismo/Entidade responsável: Espaço S – projecto apoiado pelo Serviço de Psiquiatria do Centro Hospitalar Lisboa Norte Atuação: Sistema de Apoio e encaminhamento para consultas de Psicologia e Psiquiatria assegurado por profissionais (Psiquiatras, Psicólogos, etc.) não docentes/não relacionados com a FMUL, de forma a garantir o anonimato. Totalmente gratuito Informações: Inscrição no projeto: Envia­r um e­mail para espacos.fml@gmail.com, com Nome Completo, Data de Nascimento e Ano de Curso Horário: Avaliação inicial efectuada numa sexta-feira, no período da manhã por um psicólogo especializado.

9


THE WAY OUT Faculdade de Ciências Médicas - Nova Medical School Organismo/Entidade responsável: Serviços de Ação Social (SASNOVA) Atuação: Consultas de Psicologia e de Psiquiatria promovidos por: Psiquiatria ­- Dr. Diogo Sennfelt Psicologia ­- Dra. Ana Gaspar

Informações: Horário: 2a a 6a feira das 10h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00 Localização/contactos: Residência Alfredo de Sousa: 213 837 000; Sede SASNOVA: 213 715 600; email: saude@unl.pt

10


THE WAY OUT

BIBLIOGRAFIA ● ● ● ● ● ●

Schernhammer. N Engl J Med, 2005; 352; 24. The European General Practice Research EUA (Shanafelt et al. Arch Intern Med. 2012; 172: 1377 Informed Health Online Survival FMUP Manual Anti stress Académico UP, 2009

11

Toolkit Burnout  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you