Page 83

mesmas? Nem sempre, porque conseguem justificar seu comportamento de uma forma simples. Elas dizem: “Ninguém nunca me deu nada, então não tenho que dar nada para ninguém. Nunca recebi gentilezas, não tenho porque fazê-las.” Isso é uma grande mentira. Como alguém que se levanta da cama todas as manhãs pode afirmar que nunca recebeu nada? Como as pessoas que enxergam com seus olhos e ouvem com suas orelhas acreditam que nunca receberam algo – quando lhes foi dado o maior presente de todos? O que é realmente estranho é que as pessoas que possuem menos têm uma probabilidade maior de honrar o presente da vida do que aqueles que possuem mais. Quanto mais temos, mais queremos, e menos damos valor ao que já é nosso. Isso é verdade em especial com dinheiro. Esse é o meio pelo qual o valor é expresso com frequência – ou não é expresso. Nada como o dinheiro para fazer aparecerem todos os problemas. Dinheiro é a raiz de todo mal? Bem, dinheiro e também o desejo por dinheiro trouxeram muita agitação à vida das pessoas – um tipo de agitação que elas poderiam passar sem. Dinheiro é a principal fonte de problemas entre marido e mulher. Ele pode criar atrito entre amigos, e é a principal causa de tribulações entre patrões e empregados. Dinheiro é usado como forma de controle – quem dá, quem recebe e o que isso significa em um relacionamento? Dinheiro deixa muita gente constrangida. Renda é uma das últimas coisas que as pessoas querem revelar sobre elas. Se elas ganham pouco, ficam com vergonha, e se ganham muito, também podem sentir vergonha. Dinheiro, e nosso relacionamento com ele, pode ser algo complicado e confuso. Para ser uma pessoa de classe você precisa resolver sua relação com o dinheiro, porque essa é uma das expressões mais visíveis do caráter e da personalidade das pessoas. Um paradoxo essencial a respeito do dinheiro precisa ser entendido. Por um lado, o dinheiro tem limites inerentes: você não pode comprar um carro de cinquenta mil com um cheque de vinte mil. Nesse sentido, o valor do dinheiro é claro. Mas o dinheiro também é inerentemente ilimitado, pelo menos em termos de seu potencial. Dez reais podem ser R$ 10 hoje, mas amanhã podem ser R$ 20 e até mesmo R$ 20.000. Mas podem não valer nada, também. O dinheiro é indefinido. Ele é uma energia crua, não manifesta, e pode ser usada para praticamente quaisquer finalidades, boas ou más. Para muita gente, dinheiro é segurança. Isso tem uma importância muito grande na renda das pessoas. É também uma das coisas mais difíceis de compreender. Afinal, algumas pessoas que possuem milhões de reais continuam preocupadas com sua segurança financeira. Há casos de milionários que cometeram suicídio porque perderam metade da fortuna. Uma pessoa que ainda tem uma riqueza enorme, mas que é metade do que era, se sente ameaçada. Ela se sente vulnerável. Não consegue seguir adiante, apesar de ainda possuir mais dinheiro do que a vasta maioria da população. O segredo é que o dinheiro, por si só, não tem valor específico. O dinheiro possui o valor que nós lhe atribuímos. Imagine um rico empresário parando seu enorme SUV em uma cabine de pedágio. Ele estica sua nota de R$ 5 para o cobrador, mas o vento leva o dinheiro. Bem, isso não é problema para ele, que pega outra nota e a segura com mais cuidado. Correr atrás da nota voadora não vale seu tempo e esforço. Mas se um sem-teto encontrar esses R$ 5 vai achar que teve sorte. Uma dada quantia de dinheiro pode não significar nada para uma pessoa, mas para outra pode ser tudo o que ela tem. O valor do dinheiro é dado pela forma como você o vê. Você decide o valor do dinheiro. Se não compreender isso, você pode arrumar problemas sérios. Mas uma vez que compreenda, poderá transformar o dinheiro em seu servo disposto, em vez de mestre tirânico. Quando a carreira vai bem, ganha-se dinheiro. Tem-se lucro. Esse é um dos objetivos do trabalho. Mas não é o único. Ainda que possa parecer espantoso, esse não é o objetivo principal de quem quer ser uma pessoa de classe. Porque quando se trata de classe, o que você faz com seu lucro é tão importante quanto ganhá-lo. A coisa mais importante que você pode fazer com seu lucro é ser generoso – dá-lo, não bobamente, mas com generosidade. A coisa mais importante é fazer seu dinheiro circular, porque ele voltará para você – talvez não na forma de reais, mas ele reaparecerá de alguma outra forma. Como diz a Bíblia: “Espalhe seu pão pela água. Você o reencontrará depois de muitos dias”. Essas são algumas das palavras mais sábias já escritas sobre dinheiro e generosidade.

Dale Carnegie - Como Se Tornar Inesquecivel  

Os dez elementos essenciais para ser sempre lembrado. O que realmente significa ter classe? Como você faz para se distinguir da multidão e s...

Dale Carnegie - Como Se Tornar Inesquecivel  

Os dez elementos essenciais para ser sempre lembrado. O que realmente significa ter classe? Como você faz para se distinguir da multidão e s...

Advertisement