Page 1

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 1


+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 2


+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 3


indice

historia

PÁG. 6

gastronomia

PÁG. 16

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 4

zoom

aventura

PÁG. 12

arte e cultura

PÁG. 19


EDITORIaL

aventura praiacultura historia Jaboatão dos Guararapes é uma agradável surpresa para o turista que visita a Região Metropolitana do Recife. O município está situado em uma posição geográfica estratégica, a uma curta distância da capital pernambucana e do Porto de Suape. Oferece roteiros de sol e mar em 8 km de praias de Piedade a Barra de Jangada e uma gastronomia diferenciada com opções que vão do regional ao contemporâneo. Destaca-

náutico e ecoturismo. Um dos principais símbolos de Jaboatão é, sobretudo, o Parque Histórico Nacional dos Guararapes, que reconta fatos importantes da história pernambucana das batalhas com os holandeses nos Montes Guararapes. DESCUBRA NAS PÁGINAS A SEGUIR COMO VIVER MAIS JABOATÃO DOS GUARARAPES.

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

local para criar arte e raízes, além de uma vocação natural para o turismo

>> 5

se ainda um circuito de ateliês com artistas plásticos que escolheram o


historia

Montes guararapes

Beleza natural, arte, gastronomia. E história, muita história. Não à toa, o nome do município traz estampado o fato histórico mais importante lá ocorrido: as Batalhas dos Guararapes. E por isso o visitante que chega a Jaboatão dos Guararapes é recebido com uma saudação

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 6

única: aqui nasceu a Pátria.


A Pátria e o sentimento de povo brasileiro. Jaboatão se orgulha por lembrar que, nas belas colinas do Parque Histórico Nacional dos Guararapes, ocorreu a sequência de batalhas que levou à retirada dos holandeses do Nordeste, no episódio conhecido como Restauração Pernambucana. Isso foi nos idos de 1648 e 1649 e rendeu ao município não só o título de berço da Pátria, mas também um rico acervo histórico e religioso, hoje sob a guarda do Comando Militar do Nordeste. Logo na subida dos montes – são três, Oitizeiro, Outeiro e Telégrafo – fica o Mirante Henrique Dias, batizado em homenagem a um dos heróis das batalhas. O visitante assiste a uma apresentação sobre o parque, em miniauditório, confere a maquete que ilustra as batalhas e desfruta de uma vista única de Jaboatão e do Recife. Mais adiante, o Mirante André Vidal de Negreiros é outro ponto de parada antes Primeira igreja votiva do Brasil – foi erguida em 1656 como pagamento de promessa pela vitória portuguesa – o templo compõe o conjunto arquitetônico do Santuário de Nossa Senhora dos Prazeres. Fazem parte ainda um cruzeiro e um pequeno

>> 7

mosteiro.

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

de a or h Ea r a h c ri p ca s nas foto

de chegar à Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres.


Em estilo barroco, a igreja tem fachada recoberta por azulejos portugueses. Uma curiosidade: pedras retiradas dos famosos arrecifes das praias pernambucanas foram usadas na construção. O interior do templo encanta o visitante com paredes em azulejo e colunas e altar-mor em madeira, recoberto por ouro. É lá que repousa a imagem de Nossa Senhora dos Prazeres, homenageada em abril, logo após a Páscoa. É a chamada Festa da Pitomba, fruto que teria sido usado como munição pelos soldados nas batalhas. E por falar em soldados, seguindo um costume da época, os restos mortais de dois heróis das batalhas jazem na lateral do altar: João Fernandes Vieira e André Vidal de Negreiros. Sente-se em um dos pesados bancos de madeira, observe com atenção o belíssimo altar e mergulhe na história que só Jaboatão tem para contar: a história da união do branco, negro e índio pelo Brasil. Aqui nasceu a Pátria.

O Parque Histórico Nacional dos Guararapes é aberto à visitação diariamente, com

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 8

entrada gratuita. Há missas na igreja, às quartas (7h) e aos domingos (7h30), e visitas de grupos e escolas podem ser agendadas pelo 3378-3740.

MAIORES informações pelo whatsapp >> 81 99314-9389


mergulhe na historia que so

+ J A B O ATĂŁ o d o s g u a r a r a p e s

>> 9

Jaboatao tem para contar


Territorialmente, Jaboatão é maior que a capital pernambucana. E, ainda que a hotelaria e os serviços estejam concentrados nos bairros de Piedade e Candeias, o município preserva extensas áreas livres, uma zona rural, centros de distribuição de grandes empresas e um movimentado distrito de Jaboatão Centro. O local faz jus ao nome Centro, com todo o burburinho característico ao “centrão” de qualquer grande município. A diferença é que ainda se vê muitas pessoas sentadas conversando na Praça Nossa Senhora do Rosário em

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 10

pleno horário comercial. Jaboatão Centro não é mais a vila dos ingleses que já teve a maior estação ferroviária do Nordeste, mas sua história pode ser recontada em locais como a Casa da Cultura. Erguida em 1904, já abrigou um mercado público e a Câmara de Vereadores e hoje atende principalmente escolas com mostras culturais. Outras edificações que chamam a atenção são a Biblioteca e o Cine Teatro Samuel Campelo, que passam por uma revitalização.

O padroeiro de Jaboatão Centro é Santo Amaro, que tem uma igreja em sua homenagem, datada de 1691. O local é o ponto de partida de uma caminhada até Taquaritinga do Norte, onde há outra igreja de Santo Amaro, que atrai romeiros do Nordeste e até mesmo do exterior.


O padroeiro original de Jaboatão é Santo Amaro, que tem uma igreja em sua homenagem, datada de 1691. O local é ponto de partida de caminhada até Taquaritinga do Norte, onde há outra igreja de Santo Amaro, que atrai romeiros do Nordeste e até do exterior. Além da caminhada, Jaboatão Centro oferece um retiro espiritual na Colônia Salesiana, em Vila Rica. Muito arborizado, o espaço está situado em área de 33 hectares, dos quais três são de Mata Atlântica. É possível desfrutar do canto dos passarinhos e de uma vista encantadora emoldurada por muito verde. As missas ocorrem aos domingos, às 8h30, em uma igreja erguida sobre a rocha. Embaixo dela, está a gruta de Nossa Senhora de Lourdes, que completou cem anos em 2015. A estrutura de hospedagem recebe grupos e famílias em retiros, encontros e reuniões. Há auditórios e salas equipados para eventos e um refeitório com uma comida caseira saborosa. CONTATO: Casa da Cultura: 81 988524838 Colônia Salesiana: 81 3481.0322

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 11

MAIS informações pelo whatsapp >> 81 99314-9389


Av e n t u r a

adrenalina

na veia

Imagine uma cidade que une praia, história, natureza e muita aventura. Assim é Jaboatão dos Guararapes. As praias de Piedade, Candeias e Barra de Jangada compõem a orla marítima em seus 8 km de extensão e oferecem opções de

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 12

esporte e lazer para turistas e visitantes, além de bons restaurantes e hotéis.


Na larga faixa de areia, que passou recentemente por obra de engorda e agora oferece mais espaço para os que vão curtir a praia, é possível praticar corrida, caminhada, frescobol, vôlei, futvôlei, beach tênis, stand up paddle (SUP) e até pilates e ioga sobre prancha. As barraquinhas, tão presentes no litoral pernambucano, disponibilizam sombreiros e cadeiras, além de bebidas geladas e cardápio de praia. Em Piedade, além dos coqueiros, a histórica Igreja de Nossa Senhora da Piedade adorna a paisagem. A praia é frequentada também por quem gosta de kitesurf, vôlei e futebol. Já em Candeias, há locais onde arrecifes protegem banhistas, oferecendo um relaxante banho de mar, e outros onde o mar é mais agitado. A caminhada pela orla é uma excelente pedida em toda a extensão das praias. Em Barra de Jangada, além do mar, pode-se contemplar a foz do Rio Jaboatão. De lá, a bela ponte que leva às praias do vizinho Cabo de Santo Agostinho

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 13

faz do local um dos mais belos cartões-postais da cidade. Não deixe de conhe-


cer os bares e restaurantes da região. Para os amantes de esportes náuticos, são oferecidos passeios de barco e jet ski nas marinas. Os praticantes de SUP, aquela modalidade que usa prancha e remo, têm o encontro dos rios Jaboatão e Pirapama como cenário especial, onde reinam águas calmas. A Marina Seleta, próxima à Ponte do Paiva, conta com a Escola SUP-PE, que oferece aulas para praticantes iniciantes e para os já experientes no equilíbrio na prancha. Instrutores certificados estão à disposição, das 8h às 17h, diariamente, exceto às terças-feiras. Todo o equipamento necessário é oferecido pela escola – remo, prancha, colete salva-vidas e cordinha. O treino é acompanhado por instrutor, que explica as técnicas de equilíbrio. Além das remadas, há aula de pilates sobre a prancha. Para quem curte jet ski e lanchas, a Marina Casa Navio oferece aulas práticas com todo o equipamento e burocracia exigidos para pilotar as embarcações. O curso tem início às 9h. Há ainda escolinhas de SUP e remo de velocidade e clássico pela manhã. Na Flotilha de Snipes, o remo é o forte. O local é um clube de vela, que funciona para a guarda de equipamentos, mas também é ótima opção para os praticantes de modalidades de esportes na água. Na flotilha, são oferecidos cursos de windsurf, kitesurf e SUP, com monitores. É possível fazer aulas curtas, com uma hora de duração ou fechar pacotes maiores, com cinco a dez aulas. No caso do kitesurf, o aluno precisa levar equipamento próprio e a aula dura uma hora e meia. “Além das aulas, promovemos também campeonatos de vela, regatas e passeios”, explica Tomy Taguti, sócio e monitor do espaço. Outro destino muito procurado para turismo de aventura é o Parque Histórico Nacional dos Guararapes. Com várias trilhas, com diferentes

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 14

níveis de dificuldade, o parque possui três morros - Oitizeiro, Telégrafo e Ferradura -, com áreas inclinadas e planas. Praticantes de trekking, corrida e bike são frequentadores assíduos do local. No Morro do Telégrafo, o visitante encontra uma área mais íngreme, que exige um pouco mais de condicionamento físico. Já a Trilha do Mirante tem terreno mais fácil, com trechos planos que desembocam na pista de bicicross. Todas as trilhas finalizam na estrada principal. MAiS informações pelo whatsapp >> 81 99314-9389


de Barra de Jangada pegando a ponte estaiada ao fundo

+ J A B O ATĂŁ o d o s g u a r a r a p e s

A ideia aqui ĂŠ usar uma foto

>> 15

Em Piedade coqueiros e a Igrejinha


gastronomia

o berco do

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 16

paladar

, A D A G N A J E D A R R EM BA CARANGUEJO E IADA VISTA PRIVILEG


Dizem que a nossa pátria é o nosso paladar. Na cidade conhecida como berço da Pátria, são muitas as opções gastronômicas. No mapa do município, empreendedores desenharam dois polos, formados espontaneamente, em Piedade e Candeias. Nos dois bairros, o circuito de bons restaurantes e bares é amplo. Mas se a intenção é viver uma experiência única, os empreendimentos familiares podem ser uma grata surpresa. Um dos exemplos é o Rota do Mar. Na casa, o pai, Osman Cabral, elabora as receitas; a mãe, Teresa de Fátima, ajuda nos preparos, e a filha, Pollyana, cozinha e recebe os visitantes com sorriso no rosto. Localizado nas Marinas de Barra de Jangada, o restaurante oferece vista privilegiada do Rio Jaboatão e da Ponte do Paiva. No cardápio, moqueca de peixe com camarão salteado, arroz de polvo, camarão no molho, peixada e patola. Tudo feito na hora, com a cozinha aberta. Abre de sexta a domingo e nos feriados, das 9h às 18h. Também próximo às marinas, em frente à escultura de Iemanjá, o Paraíso da Barra é a pedida para quem busca descontração com direito a pé na areia. Ótima opção para comer caranguejo e frutos do mar. Em Candeias, o Cantinho da Paz faz história. Lá é o lugar de quem busca mesa farta e comida regional autêntica. O menu traz buchada, chambaril e rabada, acompanhados de pirão, legumes e arroz. Bode guisado, galinha à cabidela, dobradinha e dobradinha de bacalhau, feijoada e arrumadinho com carne de sol ou bacalhau são outras opções. Vá depois da praia: escolha seu prato, sente em uma mesinha da calçada e curta a brisa. De terça a sábado, das 11h às 23h, e nos

e restaurante Du Maranhão, que serve cardápio contemporâneo e regional. Já o Beto’s Bar surgiu da ousadia do ex-vendedor de picolé e ex-barraqueiro Beto, que fez do seu famoso caldinho um empreendimento de sucesso. Em Piedade, os bares dançantes famosos são o MP Bar, aberto de quarta a sábado, a partir das 21h, com música ao vivo, e O Jabá, que funciona como bar e restaurante e também traz atrações musicais. Fãs do forró e culinária regional têm lá o seu lugar. MAIS informações pelo whatsapp >> 81 99314-9389

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

Também em Candeias, quem quiser petiscar de frente ao mar pode ir ao bar

>> 17

domingos e feriados, das 11h às 18h.


(do Rota do Mar)

ARROZ DE POLVO

Ingredientes 1/2 cebola, ½ pimentão e ½ tomate cortados em tiras finas 1 dente de alho 2 col. de sopa de coentro e cebolinho picado 2 col. de sopa de manteiga

Preparo

2 col. de sopa de requeijão

Refogue cebola, pimentão, tomate, coentro,

1 col. de sopa de azeite extravirgem

alho, colorau e açafrão com uma colher de sopa

1/2 col. de chá de colorau

de manteiga e azeite até amolecer as verduras.

1/2 col. de chá de açafrão

Acrescente o polvo e refogue mais um pouco.

80 ml de creme de leite sem soro

Junte o creme de leite e o leite de coco e, assim

180 ml de leite de coco

que ferver, adicione o requeijão, outra colher

300 g de polvo pré-cozido e cortado

de manteiga e, aos poucos e sempre mexendo,

de rodelas

o arroz. A quantidade de arroz é que definirá a

250 g de arroz cozido

consistência mais molhada ou mais seca. Por fim,

sal e queijo parmesão a gosto

coloque sal e parmesão e sirva.

SERVICO

MP Bar Telefone: 81 3462-6200 www.mpbar.com.br

Rota do Mar Telefone: 81 4106.5443 | 8423.8337 www.restauranterotadomar.blogspot.com.br Cantinho da Paz Telefone 81 3469-4359 www.facebook.com/

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

>> 18

restaurantecantinhodapazoficial Du Maranhão Telefone: 81 3469.2559 www.dumaranhao.com.br Beto´s Bar Telefone: 81 3469.3496 www.restaurantebetosbar.com.br The Cosmopolitan Pub Telefone: 81 3203.3505 www.facebook.com/thecosmopolitanpub Biriteiro Botequim Telefone: 81 3203.9909 www.facebook.com/obiriteirobotequim

O Jabá Telefone: 81 3342-0963 | 81 3093-2770 (preferencialmente à noite) | 81 9960-9392 www.facebook.com/ojaba Tay San Telefone: 81 3203-9336 www.taysan.com.br Zen Telefone: 81 3094-5028 www.zencomidajaponesa.com.br/zenpiedade Boteco Barazzone Telefone: 81 3462-1088 www.pizzariabarazzone.com.br Pizzaria Atlântico Telefone: 81 2101-1111 www.pizzariaatlantico.com.br Feijoada do Vavá Telefone: 81 3339-2413 www.feijoadadovava.com


Que Pernambuco é uma referência na arte e cultura com uma das cenas mais vivas,

diversificadas e pulsantes do País ninguém duvida. O que poucos sabem é que na Região Metropolitana, Jaboatão abriga uma série de ateliês de artistas renomados como Nicola, Alex Mont´Elberto, Maraçane França, Iara Tenório e Delly Figueiredo. Se não nasceram na cidade, que é berço de Romero Britto, todos a escolheram para viver e criar. MAIS informações pelo whatsapp >> 81 99314-9389

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

arte viva nos ateliEs

>> 19

A R T E E CU L T U R A


Delly Figueiredo Da Oficina de Formas, Delly mantém o ateliê em Piedade há mais de 15 anos. Trabalhando em parceria com a filha, Eduarda – formada em desenho industrial –, a artista teve o trabalho exibido na novela Saramandaia. As telas e as cerâmicas da artista têm como influência o movimento armorial e também inspiração em Botero, famoso pelas formas redondas, incorporadas às santas gordinhas. Na coleção nova, destaque para os pássaros, com inspiração na obra de Francisco Brennand. A artista, que também exibe no Centro de Artesanato de Pernambuco, participou recentemente de coletiva em Miami. No ateliê, ela recebe os visitantes de segunda a sexta-feira, em ho-

Iara Tenorio Mesmo com uma produção superior

rário comercial, e no sábado, até as 12h.

a 200 peças por mês, Iara Tenório não

Contato: 81 3343-1982 | 3093-6565.

perde o tom artesanal de suas obras no ateliê em Piedade. Por lá, é possível conhecer e adquirir santas, anjos, cabeças decorativas e as criações da série inspirada em Frida Kahlo, uma das paixões da artista. Tudo é muito alegre e cheio de cor. As obras de Iara, que celebra 35 anos de carreira, são modeladas à mão para, em seguinda, irem ao forno.

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s > > 2 0

É quando a tinta vira vidro e surgem as cerâmicas vitrificadas, que são a sua marca. O regionalismo e a influência indígena estão presentes, por exemplo, em pinhas com grafismos inspirados em pinturas corporais indígenas. O ateliê está aberto à visitação de segunda a sexta-feira em horário comercial. Contato: 81 3462-2665 | 98757-6467

www.iaratenoriodesign.com.br


Nicola Jaime Nicola de Oliveira é conhecido como “o fazedor de anjos”. Gosta mais de trabalhar com madeira, tendo iniciado as talhas ainda na adolescência. Autodidata, é um operário da arte. Trabalha diariamente, das 8h às 17h, criando peças em madeira e pedra, transformando-as em anjos e apóstolos e cabeças imaginárias. São 44 anos dedicados à escultura, marcados por exposições em galerias no eixo Rio-São

dos Unidos e países da Europa. Sua escola é a barroca, inspirada em Aleijadinho. O ateliê fica em sua residência em Candeias, proporcionando um contato imperdível com o dia a dia do artista. Contato: 81 3469-0421.

Maracane de Franca Nasceu em Natal, viveu em Madri e no Rio de Janeiro, mas escolheu Piedade para fincar raízes e se divulga como artista plástica jaboatonense. Cenas, paisagens e a música pernambucana são fonte de inspiração da artista. Lenine e Siba, por exemplo, já tiveram canções traduzidas em suas telas. As mazelas sociais também estão presentes em seus trabalhos, como na tela onde se vê rato, lagartixa e gato, todos pinçados do lixão da Muribeca. O trabalho de Maraçane é potencializado em telas, cerâmicas e gravuras, obras sempre com uma carga forte e emocional, inspiradas em Picasso e Matisse, além do pai Raul de França, de quem traz uma paleta de cores com tons terrosos, cinza e ocre. Em seu ateliê Esquina 40, aberto de segunda a quinta-feira, é possível participar de cursos de pintura. Contato: 81 3474-9171.

>> 21

Suíça, na ONU. Exporta para os Esta-

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s

Paulo e no exterior, em Portugal e na


Mestre Sauba Batizado José Antônio da Silva, Mestre Saúba preserva a memória da produção de brinquedos populares. A sua arte é evidenciada no Mané Gostoso, na borboleta, no rói-rói e nos ratinhos coloridos. Foi uma cigana por quem se apaixonou e foi casado que o ensinou o ofício. Hoje, trabalha com o irmão e os filhos. Sai para buscar madeira em galhos de árvores e tem a preocupação de não destruir a natureza, pois sabe que dela vem o sustento da família. Trabalha à noite na sua casa em Vila Rica, em Jaboatão Centro, para vender pela manhã, e distribui para locais como o Mercado de São José e o Centro de Artesanato de Pernambuco.

Domingos de Barros e Patricia Barros Domingos de Barros e Patrícia Barros são pai e filha. Ela iniciou os trabalhos em peças decorativas, utilizando materiais como cerâmica, fibras naturais e madeira, nos anos 80 e, juntos, em 1996, passaram a trabalhar com metal. As peças são rústicas, mas têm um toque de ousadia no design, que harmoniza com o ambiente. É possível adquirir suas composições em feiras e lojas no Brasil inteiro.

Contato: 81 98807-9583

Alex Mont´Elberto Alex Mont’Elberto tem mais de quatro décadas de carreira. Quando iniciou os trabalhos não se falava em ecologia, muito menos em produtos ecologicamente corretos. Apesar disso, o artista já se preocupava em utilizar resíduos no processo de confecção de suas obras, hoje conhecidas pelo conceito de ecodesign. Alex trabalha com madeira de reflorestamento e metais, sucatas de alumínio e aço. Sua obra tem três pilares: artesanato, móveis e, mais recentemente, náutica, com a produção de embarcações em fibra de vidro e madeira. Formado em design, exibe peças expostas em restaurantes, hotéis e museus do Estado. Em Portugal, assina monumento que celebra a amizade das cidades do Recife e do Porto. Contato: 81 3474-3996

www.alexmontelberto.com.br


.

F o n e s u t e is : de Jaboatão dos Guararapes. Funciona das 8h às 14h. F.: 3378-1710 Aeroporto Internacional dos Guararapes/ Gilberto Freyre F.: 3322-4353/ 3322-4685 Delegacia do Turista. F.: 3322-4867

Transportes Urbanos – Grande Recife Consórcio de Transportes F.: 0800 0810158 Terminal Integrado de Passageiros (TIP) F.: 3452-1704/ 3452-1088 Metrô F.: 2102-8580 Polícia Federal F.: 2137-4018

Mais Jaboatão na internet:

www.visitejaboatao.com.br www.jaboatao.pe.gov.br

+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s > > 2 3

Secretaria de Turismo


+ J A B O ATã o d o s g u a r a r a p e s > > 2 4

Revista Turismo Jaboatão dos Guararapes  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you