Issuu on Google+

MARINGÁ ESPÍRITA

“AMAI-VOS E INSTRUÍ-VOS ESPÍRITO DA VERDADE”

Órgão de divulgação da Associação de Divulgadores do Espiritismo de Maringá - ADEMA / Maringá, 3 de dezembro de 2010 - Ano VI - nº 32

LEI DO AMOR

DIFICULDADES NA TAREFA “O amor é o verdadeiro milagre da vida. Frágil, é portador de força incomum”. Leia nosso editorial na pág. 4.

SOB O COMANDO DE DEUS

“Onde quer que te encontres e conforme estejas, estás sob o comando de Deus.” Pág. 4/5.


2

Maringá, 3 de dezembro de 2010

ENDEREÇO DAS CASAS ESPÍRITAS DE MARINGÁ E REGIÃO* ENTIDADE

ENDEREÇO

CIDADE

FONE

ATIVIDADES (passes e/ou palestras)

Assoc. Espírita Beneicente de Sarandi

R. José de Alencar, 1.746, Jd. Independência

Sarandi

3223-4581

2ª a 6ª às 20h / sábados às 16h

Assoc. Espírita Cristo Red. Allan Kardec

Av. Paranavaí, 604, Maringá Velho

Maringá

3224-1422

2as e 6as feiras às 19h30

Assoc. Espírita de Maringá - AMEM

Av. Paiçandu, 1.156, Vila Operária

Maringá

3227-4281

atividades todos os dias

Casa Assistencial Bezerra de Menezes

R. Pion. José Jacinto Maia, 863, Jd. Copacabana Maringá

3034-9404

domingos às 9h30

Casa Espírita Allan Kardec

R. Otacílio de O. Cardoso, s/n

Colorado

3323-1432

2as feiras às 20h

Casa Espírita Aprendizes do Amor

Rua Apucarana, 731

Santa Fé

3247-1331

3 as feiras às 19h / 5 as feiras às 20h

Casa Espírita Paulo de Tarso

Rua Sírio Libanez, 1.338, Centro

Marialva

9979-8619 9948-2561

2as, 4as e 6as às 20h

Centro Espírita Allan Kardec

R. Américo Brasiliense, 57, Jd. Novo Panorama

Sarandi

3226-0977

5as feiras às 20h

Centro Espírita Allan Kardec

R. Cesar Lattes, 284, Jardim Alvorada

Maringá

3229-8019

3as feiras às 20h

Centro Espírita Caminheiros

R. Mal. Floriano Peixoto, 400, Zona 07

Maringá

3028-0503

atividades todos os dias

Centro Espírita Chico Xavier

R. Peruíbe, 1063, Parque das Grevilhas I

Maringá

3268-3347

sábados às 17h

Centro Espírita Irmão Jacob

R. Luiz Lopes, s/n, Centro

Itambé

3231-1186

sábados às 20h

Centro Espírita Ismael

R. Allan Kardec, 1.071

Maringá

3263-7088

3as feiras às 20h

Centro Espírita Jesus de Nazaré

R. Davi R. de Oliveira, 706, Jd. Seminário

Maringá

3227-1212

2as feiras às 20h / sábados às 15h

Centro Espírita Luz e Caridade

R. Heróis de Monte Castelo, 219, Centro

Mandaguaçu 9912-7046

6as feiras e domingos às 20h

Encontro Fraterno Lins Vasconcelos

Av. Franklin Rossevelt, 5485, Guaiapó

Maringá

3268-5546

6as feiras às 20h / sábados às 9h

Grupo de Estudos Espírita Maria Dolores

Rua Triunfo, 65, Jardim Ibirapuera

Maringá

9803-2783 4141-2868

2as e 3as feiras às 19h e domingos às 8h30

Grupo Espírita Jesus de Nazaré

Av. Dr. José S. de Azevedo, 817, Centro

Astorga

Núcleo Espírita Maria de Magdala

R. Pioneiro A. Biazon, 693, J. Marumbi

Maringá

3226-2123

2as, 4as, 5as e 6as feiras às 20h

Recanto Espírita Somos Todos Irmãos

R. José Moreno Júnior, 725, Jd. Aclimação

Maringá

3028-1755

domingos às 9h

Sociedade Espírita André Luiz

R. Campos Sales, 583, Centro

Marialva

3232-3722

atividades todos os dias

União Espírita Allan Kardec

R. Lins de Vasconcelos 185, Centro

Mandaguari

3233-1205

sábados às 20h

União Espírita Allan Kardec

R. Marília, 320, Jd. Paulista

Paiçandu

3244-8272

6as feiras às 19h30

atividades todos os dias

*Para mais informações sobre o endereço das Casas Espíritas e respectivas atividades consulte o site da ADEMA (www.ademaespirita.org.br).

ÁREA DE ABRANGÊNCIA: o Jornal MARINGÁ ESPÍRITA é distribuído gratuitamente da seguinte forma: 2.000 exemplares encartados nos jornais “O Diário” e “Jornal do Povo”, de circulação em todo o Estado do Paraná; 1.500 exemplares distribuídos ao público em geral na Livraria Espírita Allan Kardec, no centro da cidade de Maringá; 1.500 exemplares remetidos para as Casas Espíritas das cidades de Maringá, Sarandi, Astorga, Marialva, Mandaguari, Mandaguaçu, Paiçandu, Cambará, Cambé, Santo Antônio da Platina, Londrina e Cornélio Procópio; para a Penitenciária e Presídios de Maringá; e para os anunciantes, colaboradores e solicitantes de diversas localidades do país. MARINGÁ ESPÍRITA: tablóide da ADEMA (Associação de Divulgadores do Espiritismo de Maringá), fundado em 3 de outubro de 2005 (Mat. no Reg. de Tít. e Docs. no Livro “B”, sob nº. 42. CNPJ: 07.665.554/0001-57) – ADMINISTRAÇÃO E REDAÇÃO: R. Arthur Thomas, 576, sala 2, Ed. Joanna de Ângelis, fone (44) 3226-9992, CEP 87013-250, Maringá/PR, e-mail: maringaespirita@gmail.com – RESPONSABILIDADE EDITORIAL: Conselho Deliberativo da Adema, www.ademaespirita.org.br / ademaespirita@gmail.com – LOGOMARCA E ARTE: Fernando P. L. de Souza – JORNALISTA: Solon P. de Souza – EDITORAÇÃO: Fábio P. L. de Souza, Ronis Furquim Siqueira – REVISÃO: Andréa Miriam L. Siqueira, Ronis Furquim Siqueira – REDATOR RESPONSÁVEL: Francisco José de Souza – TIRAGEM DESTA EDIÇÃO: 5.000 exemplares (distribuição gratuita) – IMPRESSÃO: O Diário. O MARINGÁ ESPÍRITA não devolve os originais e tampouco se responsabiliza pelos artigos assinados.


D I F I C U L D A D E S N A TA R E FA

(3/12/2010)

MARINGÁ ESPÍRITA

3

A serviço da divulgação do Espiritis- retorno, dão-se conta da oportunidade aplicada indevidamen- planta a árvore frutífera igualmente anela pelos seus frutos, que nem mo enfrentas desafios e dificuldades que te, quando não o fizeram destrutivamente, despertando o de- sempre tem oportunidade de recolher, mas quem planta vidas entrete surpreendem. ga-as à correnteza do tempo, sem a preocupação de reunir qualquer sejo de recomeçar, de refazer o caminho, de recuperar-se... É muito fácil semear em solo preparaComo a imortalidade é o triunfo da vida, terão opor- tipo de benefício imediato. do. DesafiadoTens a tarefa que te impuseste, de produzir recursos que sejam tunidade de ra, no entanaprender atra- úteis a todos que te cercam ou que venham sobre as tuas pegadas... to, é a tareFaze o melhor ao teu alcance, distribuindo sementes de luz como vés do sofriConvidado, porém, pelo Amor não amado, mento lapida- sol benfazejo que beija o charco tomado do mesmo carinho com que fa de arrotear agora deixas-te arrastar pelo Seu canto e dor das anfrac- oscula as pétalas de delicada rosa... o terreno dos corações, cuiSob o comando de Jesus, as dificuldades tornam-se conquistas valioencanto, entregando-te a Ele e desejando tuosidades do dar de predisEspírito, transi- sas, assim como os cardos na primavera cobrem-se de delicadas flores... que todos também O conheçam. pô-los à enseA tua é a tarefa de servir e não dispões de outros meios senão tando, novamenmentação do te, pelos mes- esses que te induzem a produzir sempre mais com entusiasmo e aleReino de Deus, quando os interesses es- mos caminhos, porém, em condições deploráveis, que lhes gria. Mesmo quando o serviço não te corresponda ao aspirado, pertão voltados para a conquista dos recur- constituirão bênção renovadora... manece em júbilo pela honra de haveres sido convidado para a sua sos terrestres. Lamentarão os prejuízos e se predisporão à conquista dos execução, sem qualquer tipo de conflito. Diante daqueles que produzem confusão e espalham desavenEducados para ter e poder, os seres hu- valores eternos, aqueles que não enferrujam, que os ladrões manos lutam denodadamente pela posse, não roubam, nem as traças devoram. ças, mantém-te em paz interior, e ajuda-os com bondade, porque empenhando-se em conquistar prestígio, Ninguém ficará à margem da lei do progresso, sendo eles estão enfermos e ignoram a doença que os devora. recursos endinheirados para desfrutar as arrastado, quando se obstina em permanecer avançando Ninguém é infeliz pelo desejo de o ser, mas por comodidades, os gozos imediatos, mesmo contra a correnteza. que entorpecentes e frustrantes. Trata-se O seixo e o troço de madeira que tentam dificultar o cur- circunstâncias que, às vede uma velha cultura filosófica, portadora so d’água, permanecem obstaculizando-o até o momento em zes, lhe escapam ao discernimento. É certo que se é de segurança, conforme os padrões sociais que a correnteza se torna forte e dominadora. de todas as épocas do passado. responsável pelas ocorrênAssim é a vida. Desse modo, é natural que encontres cias infelizes a que dá lugar, »»»»» ««««« pessoas inescrupulosas que se assim como pelos deslizes a utilizam da tua ingenuidade para que se entrega. Essa, no enretirar proveito imediato, espetanto, é uma questão que diz Faze o melhor ao teu alcance, districialmente econômico, se podem, respeito a cada um e não ao buindo sementes de luz como sol bencomprometendo-se apenas de teu julgamento. A ti compete fazejo que beija o charco tomado do forma aparente, sem interesse auxiliar sempre e compadereal pela transformação moral cer-te continuamente dos maus e dos males que engendram. mesmo carinho com que oscula as péíntima para melhor. Rejubila-te, sem queixa, pela oportunidade de aplicares o temtalas de delicada rosa... Tu, que conheces Jesus, ainda po que o Senhor te concede, na construção da nova humanidade, te espantas ante a incredulidade na qual te encontras. conveniente de algumas dessas almas Recorda-te do apóstolo Paulo nas suas duras peregrinações a serNunca te facultes o desânimo ante as dificuldades na tarefa. reencarnadas, que permanecem enreCom as facilidades adquiridas pelas conquistas da ciência viço do Evangelho, assim como de todos aqueles que se tornaram cangeladas no materialismo religioso a que e da tecnologia, que tornaram o mundo uma aldeia global, tores de Deus, apresentando a mensagem libertadora. Imita-os e homenageia-os, por haverem preparado o caminho se vinculam, igualmente por aspirações conforme se referem muitos comunicadores, os obstáculos ao Bem estão sendo diluídos pelos recursos advindos desses pelo qual hoje percorres com facilidade, enquanto eles tiveram os imediatistas. pés e as almas dilacerados pela aspereza do solo e pela perversidade Supões que são Espíritos enfermos, notáveis instrumentos, em especial os de natureza virtual... Insiste, portanto, no programa humana dominante na époe tens razão, porque o mal em que se ca em que viveram... comprazem é um estado primário da sua que traçaste para a tua existênDe certo modo, os temevolução. A astúcia de que dão mostras cia atual, porque são muitos outros Ninguém é infeliz pelo desejo de o ser, pos ainda são muito pareé filha do seu instinto felino em razão da aqueles que aderem a Jesus, e que mas por circunstâncias que, às vezes, cidos e, por isso mesmo, pobreza de inteligência para agir corre- se permitem as modificações neceslhe escapam ao discernimento. estás convocado para o tamente. A maneira como se conduzem sárias para a conquista do Reino. Também já transitaste pelas mesministério. corresponde ao seu nível de consciência de sono que lhes confere o estatuto de mas veredas, em sombras e equívocos lamentáveis. * atraso moral e espiritual. Não cai uma folha da árvore que não seja pela vontade do Pai – Trazes da grande noite da alma as marcas profundas dos Mancomunados com Entidades per- compromissos infelizes, quando poderias tê-los vivenciado de afirmou Jesus. Assim também, o Pai acompanha o teu devotamento e o teu esforço versas da erraticidade inferior, são ex- maneira edificante. Convidado, porém, pelo Amor não amado, agora deixas- com imenso amor, oferecendo-te os recursos inalienáveis para o êxito celentes instrumentos utilizados para a manutenção na Terra do estado de sofri- te arrastar pelo Seu canto e encanto, entregando-te a Ele e do teu empreendimento de iluminação e libertação de consciências. Quando maiores forem as dificuldades, melhores benefícios te admento em que o planeta se encontra, as- desejando que todos também O conheçam. É normal, portando, que te afeiçoes à lavoura dos cora- virão do trabalho. sim como os seus habitantes. Avança, cantando a mensagem de Jesus aos ouvidos moucos do Zombando de tudo e de todos, o tem- ções endurecidos, à transformação do solo humano, em capo também os desgasta e os encaminha rência de fertilidade e de arroteio cuidadoso, devendo tra- mundo, até o momento que se abram para escutá-la e recebê-la em na direção da morte, por mais longa seja balhar com paciência e total confiança nos resultados que festa de sentimentos renovados. Joanna de Ângelis (página psicografada por Divaldo Pereira Franco — na tarde de 1º. de junho de 2010, em Istambul, a sua peregrinação física, quando, então, advirão após o teu esforço, mas que não te pertencem. Quem planta a couve, espera colhê-la amanhã; quem Turquia —e enviada pelo médium para publicação no Maringá Espírita). e somente aí, às vésperas da viagem de


6

MARINGÁ ESPÍRITA

(3/12/2010)

REFLEXÕES SALUTARES! A vivência do conhecimento é de suma importância para a real aquisição dos valores iluminativos que enobrecem o Espírito. Em razão disso, por mais respeitáveis sejam o teórico e os seus conceitos, não experimentados na prática, tornam-se adorno intelectual para a própria vaidade, sem que se revelem úteis para quem padeça urgente necessidade de recurso que solucione os desafios à frente. O grande e superior investimento da Divindade é o homem, na inexorável marcha da ascensão libertadora. A tolerância, em razão disso, constitui aquisição do conhecimento decifrado das aparentes incógnitas da vida. Quando mais o homem sabe, melhor compreende os comportamentos humanos, desarmando-se de ideias preconcebidas, da censura sistemática, dos prejuízos de raças, de castas, de crenças, de grupos... Utiliza-se, hoje, a palavra direitos quase que com desprezo pelo que representa, fazendo-se deles degrau para a autopromoção, para a agressão e até para o escárnio... Jesus foi censurado por conviver com os pecadores e as gentes que não seguiam as prescrições da Lei, em razão da ignorância em que se debatiam e dos limites emocionais em que se movimentavam. Esteve no lar do cobrador de impostos, detestável, dialogando com samaritanos e tomando um deles como símbolo para elucidar quem seria o próximo do padecente agredido e abandonado... Jamais se escusou, atendendo a todos e visitando-os nos seus

redutos quando possível. Allan Kardec, seguindo-lhe o exemplo, jamais agrediu, elucidando com sabedoria e retirando de cada fato a experiência, sem preconceito ou presunção, o ensinamento capaz de servir de guia para os seus discípulos e leitores. Da mesma forma, em todos os Instrutores da Humanidade, o exemplo é dado por eles, que iluminam os da retaguarda, buscando-os sem a acidez da censura ou do reproche

e os impulsionando para cima, atraindo-os da sombra para a luz. A verdade, caro amigo, é que qualquer forma de preconceito, de discriminação, por melhores argumentos em que se pareçam apoiar, são perigosos, condenáveis, por ferirem a vida e o direito que todos possuem de dar-lhe a direção que lhes aprouver, menos, é certo, o de atentar contra a do próximo, da comunidade, ou, com a sua usança, perturbador, inibir ou prejudicar a dos demais. Todo discriminador é prepotente, em si mesmo. Eis porque é sempre perniciosa a postura daquele que se supõe possuir o conhecimento da verdade, elegen-

LIVRARIA ESPÍRITA EURÍPEDES BARSANULFO - Sempre atualizada em livros doutrinários R. Marechal. Floriano Peixoto, 400, Jardim Alvorada (Centro Espírita Caminheiros) - Fone 3028-0503 Maringá - PR

do-se fiscal e censor da conduta daqueles que não se conduzem dentro da sua faixa de comportamento ou de fé. São, seguramente, almas em perigo, que discrepam e agridem, que exigem respeito aos seus valores, negando-o aos demais. Não foi esse o comportamento que tiveram, no passado, em relação a Sócrates, a Jesus e a todos aqueles que pensavam e agiam diferentemente deles? Guardadas as proporções de época e de oportunidade, eles se revelam hoje conforme as circunstâncias e possibilidades, exigindo-nos exercícios de paciência, de Tolerância e de amor para com as suas formas de ser. Aparentam evolução, todavia, não a t��m ainda; disfarçam-se de sábios e são, somente, intelectualizados, sem maturidade cultural, emocional nem moral. Quando Allan Kardec adaptou o conceito pestaloziano, nele substituindo a palavra perseverança por Tolerância, encontrava-se inspirado, como sempre lhe acontecia, propondo seguro comportamento para o espírita, aliás, pouco seguido e considerado, apesar de muito citado, proposto e comentado. Enquanto os intransigentes e ortodoxos de todo tipo condenam, censuram, exigem; os que confiam e amam, trabalham, ajudam e edificam o homem integral para um futuro feliz e uma sociedade melhor. Manoel P. de Miranda (trechos pinçados do livro Loucura e Obsessão, psicografado pelo médium Divaldo Pereira Franco – Editora FEB, 5ª., ed. 1992.).

ÓTICA DIAMANTE Rapidez e perfeição no aviamento de sua receita Distribuidor de Lentes Zeiss Francisco Morales Av. Brasil, 4094 - Fone 3026-2934 Maringá - PR

ESPIRITISMO... QUE DOUTRINA É ESSA? QUE DOUTRINA É ESSA? Que nos ensina a nos desapegarmos da matéria. A matéria em nossa vida é transitória e, ao desencarnar, não levaremos nada para o plano espiritual. Levaremos apenas as conquistas morais e espirituais. Levaremos a amizade verdadeira e o amor verdadeiro. A matéria não garante a felicidade plena. A felicidade é uma conquista que vem através da evolução do espírito. QUE DOUTRINA É ESSA? Que nos demonstra nossa indignação nas tragédias humanas. Mas passamos, sem perceber, por cima das pessoas, ofendemos, traímos, matamos, cometemos o aborto contra seres indefesos. Aquele ditado que diz: ”vemos a roupa suja do vizinho”, e quem está suja é a nossa janela, serve de lição para a nossa evolução. QUE DOUTRINA É ESSA? Que nos demonstra que nossas famílias foram escolhidas no plano espiritual. Percebemos em famílias, amores incondicionais de irmãos que se ajudam durante toda a vida. Um exemplo são os filhos que nascem com problemas e as mães e irmãos que se dedicam à encarnação para ajudá-los, amando e amparando. E, também, irmãos que não se combinam, que trazem de outras vidas rancores e mágoas. Divaldo nos alerta, dizendo que não temos a família que queremos e, sim, a família que precisamos para evoluir. QUE DOUTRINA É ESSA? Que nos pede, no Natal, que possamos lembrar realmente do nascimento de Jesus e praticar seus ensinamentos durante todo o ano. Que possamos ser solidários com o próximo. Que nossas orações sejam voltadas para a união nos lares, a paz na humanidade. Que a corrente do bem se estenda por todos nós. Divaldo nos deixa uma mensagem de Natal. “Gostaria de sugerir que esculpamos a figura incomparável de Jesus, porque, em qualquer lugar onde estejamos, naturalmente Ele deve brilhar acima dos nossos limites e das nossas necessidades. Jesus ontem, Jesus hoje, Jesus amanhã. A figura incomparável desse homem que venceu a morte é o portal de entrada dos dias do futuro, porque Ele nos deu o testemunho da imortalidade da alma, no qual estamos mergulhados. Não esqueça: você, que talvez tenha problemas e sofrimentos, “Jesus é a solução.” (Mensagem proferida por Divaldo Franco no programa Transição, exibido no dia 22 de dezembro de 2008). » Coluna idealizada pelo confrade Cleuzanir Ivantes e mantida por Luciane Cantarelli Salma «


(3/12/2010)

E N T R E V I S T A Raul Soares da Silva, casado, pai de dois filhos, comerciante, atual presidente do Centro Espírita Allan Kardec, situado na Rua Américo Brasiliense 57, Jd. Novo Panorama – Sarandi (PR). Como você conheceu a Doutrina Espírita? Iniciei na seara espírita quando tinha cinco anos, e nunca mais parei de trabalhar e estudar o espiritismo. Quando surgiu o centro Allan Kardec? Foi fundado há mais de sessenta anos, pelo Sr. José Laurindo da Silva, o qual possuía intensa faculdade mediúnica aflorada. Desde o início, tenho frequentado a Casa, onde busco a minha evolução espiritual. Quais as atividades da Casa? » Trabalhos mediúnicos às quartas-feiras, sábados e domingos: 19h » Evangelização às quintas-feiras: 20h » Evangelização aos domingos à noite com as crianças: 19h Informe sobre a linha diretiva administrativa do Centro Espírita? » Temos reuniões a cada noventa dias com todos os médiuns. » No primeiro sábado do mês, há uma reunião com todos os membros “Diretores da Casa”, a fim de determinar a programação da nossa Entidade. E todo o grupo trabalha coeso, empenhando-se ao máximo e visando aperfeiçoar as atividades. Todas as decisões da Diretoria constam em um livro de ata, onde registra-se o histórico da Casa desde a fundação. Qual a sua percepção do movimento Espírita? O Espiritismo vem crescendo e se faz conhecido de toda a sociedade. É uma doutrina isenta de proibições e que preserva o livre arbítrio responsável. Não critica religiões e faculta ao seu adepto libertar a consciência de toda manipulação alienadora. Como o neófito pode conhecer o Espiritismo? A Doutrina Espírita possui uma disciplina muita clara e os interessados têm ao seu dispor um conjunto de princípios informativos encontradiços no pentateuco Espírita — a saber: O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Evangelho segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno e A Gênese — e possibilitam ao aprendiz separar o “joio do bom trigo”. Qual a importância da disciplina? É fundamental para os Espíritas. O Espírito Emmanuel, quando indagado pelo médium Chico Xavier sobre o que deveria fazer para o desempenho do mandato mediúnico, respondeu enfaticamente: Disciplina! Disciplina! Disciplina! A prática da caridade é indispensável à nossa evolução espiritual? O exercício do Amor deve viger em todas as ações do Espírita Cristão, não só nos limites da Casa Espírita, semeando o bem indistintamente, desde a mais singela prece em favor de alguém até a doação total pela causa Cristã. Sua mensagem aos leitores do Maringá Espírita? Que o amor do nosso modelo e guia, Jesus, penetre nos corações de todos, alimentando a paz que Ele prometera, fortalecendo os laços da mais lídima fraternidade universal. Entrevista realizada por Solon Pinheiro de Souza.

MARINGÁ ESPÍRITA

7

AMOR COMO SOLUÇÃO O amor é a força dinâmica que move o universo. Quando tudo parecer chegar ao fim e não se vislumbrar a menor das esperanças, ainda resta tentar o amor. A espiritualidade é unânime em acentuar que o amor é o oxigênio das almas e o bálsamo consolador com que o Excelso Genitor assiste os seus tutelados. Jesus, o incomparável médium de Deus, sinalizou que quem o visse viria Àquele que o enviou, vivenciando o amor divino, sem discriminar os santos e os brutos, cônscio de que todos somos irmãos e independentemente do nível de entorpecimento, o amor é o mais eficiente recurso a ser utilizado contra o mal e a favor dos maus. Também os Embaixadores Celestiais apontam que no desamor residem as nascentes das mais variadas doenças, chegando mesmo a proclamar que as pessoas começam a morrer quando deixam de amar. O apóstolo João foi feliz em conceituar Deus como sendo o Amor, de cuja realidade é factível constatar que, onde houver a presença dessa força soberana, aí estará o Pai amantíssimo a zelar pelos filhos. O alerta patenteia que o antídoto dos males físicos, psíquicos e emocionais encontra solução nessa energia salutar que a todos beneficia independentemente da crença ou status econômico ou social. Nunca a Terra recebeu um ser com dimensão evolutiva espiritual que se comparasse à do homem Jesus. Ele soube viver no mundo participando ativamente dos acontecimentos sociais, nas festas de casamento, nas praças públicas, nas periferias onde se aglomeravam os excluídos; lecionando e, acima de tudo, exemplificando o amor, até nas mais singelas ocasiões, para tecer ensinos de cunho ético e moral que resistem às intempéries sombrias da ignorância. A todos tratou com bonomia, mesmo quando hostilizado, agredido com bofetões e crucificado, não reagiu ou alimentou o ódio inflamante; como bom cordeiro, submeteu-se à crucificação hedionda, para derramar o sangue que lavaria as ignomias humanas e exemplificar que somente o amor cobre a multidão de pecados. Todos os que seguiram Seus passos, santificaram-se no calor desse hálito divino, comprovando que não há saída para as mazelas humanas enquanto cada alma não se render ao domínio deste balsamo sagrado que purifica e redime todos os erros. O Amor é assim, o incomparável elixir sagrado que a tudo saneia, desde os simples impedimentos individuais até os magnos problemas coletivos da humanidade, cuja realidade encontra sintonia na máxima por Ele enunciada, de que seus discípulos seriam conhecidos por muito se amarem...


MARINGÁ ESPÍRITA

(3/12/2010)

LIVRARIA ESPÍRITA ALLAN KARDEC ESPIRITISMO DE A a Z Nesta bela obra, a beleza da escrita e a profundidade do conhecimento da venerável Joanna de Ângelis, psicografada por Divaldo Franco. Perguntas eternas, problemas atuais, desafios vindouros são abordados e elucidados com mestria. Dezenas de temas, acompanhados por mais de 470 notas e mais de 860 entradas no índice, tudo num livro com padrão gráfico superior. Encontre o caminho. Entrega-te a Deus. O livro está disponível na Livraria Allan Kardec, situada na Rua Arthur Thomas, 576, Ed. Joanna de Ângelis, Sala 02. Buscando melhor atendê-los, a livraria já está aceitando o pagamento com cartões de crédito e de débito. Contamos com significativo acervo de obras espíritas, espiritualistas e de autoajuda. CD-ROMs, DVDs, Audio Book’s em MP3, Livros Eletrônicos, livros espíritas em Inglês, Esperanto, Espanhol e Italiano. Músicas para reflexão e meditação, e para harmonização. Encomendas e consultas pelo fone (044) 3226-9992 ou pelo e-mail: maringaespirita@gmail.com

MEDIUNIDADE MISSIONÁRIA “Mais de dois terços dos médiuns do mundo jazem, ainda, nas zonas de desequilíbrio espiritual, sintonizados com as inteligências invisíveis que lhes sãos afins. Reclamam, em razão disso, estudo e boa-vontade no serviço do bem, a fim de retornarem à subida harmoniosa aos cimos da luz, assim como os cooperadores de qualquer instituição respeitável da Terra necessitam exercício constante no trabalho esposado para crescerem na competência e no crédito moral.” Emmanuel —livro Roteiro , psicografia de Francisco Cândido Xavier.

ECUMENISMO NA PRÁTICA! “Mas todos os que tiverem em vista o grande princípio de Jesus se fundirão num só sentimento: o do amor ao Bem. E se unirão por um laço fraterno que prenderá o mundo inteiro” — prolegômenos de O Livro dos Espíritos.

ARRAIAIS ESPÍRITAS “... A direção do Espiritismo, na sua feição de Evangelho redivivo, pertence ao Cristo e seus prepostos, antes de qualquer esforço humano, precário e perecível. A necessidade imediata das arraiais espiritistas é a do conhecimento e aplicação legítima do Evangelho, da parte de todos quantos militam nas suas fileiras, desejosos de luz e de evolução. O trabalho de cada um na iluminação de si mesmo deve ser permanente e metodizado. Os fenômenos acordam o espírito adormecido na carne, mas não fornecem as luzes interiores, somente conseguidas à custa de grande esforço e trabalho individual. As palavras dos guias e mentores do Além ensinam, mas não podem constituir elementos definitivos de redenção, cuja obra exige de cada um sacrifícios e renúncias santificantes, no laborioso aprendizado da vida.” Emmanuel. livro O Consolador questão 218. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

DESENCARNAÇÃO Leontina Bellentani Pupim — mãe da estimada confreira Walderez Ivantes e sogra do inesquecível “Zaíca” —, nascida em 04/10/1914, na cidade de Tapinas/SP retornou, no último dia 25 de novembro, à pátria de origem. “A morte não é, entre os homens, senão uma separação material de alguns instantes.” — Evangelho Segundo o Espiritismo.

AJUDE A DIVULGAR O ESPIRITISMO Seja sócio-colaborador da Associação de Divulgadores do Espiritismo de Maringá / ADEMA (entidade sem fins lucrativos). Deposite qualquer importância na conta corrente número 19-6, Agência 2499, da Caixa Econômica Federal. Acesse o site www. ademaespirita.org.br e conheça mais sobre o Espiritismo! Nosso dever imediato é divulgar a doutrina espírita além das fronteiras dos centros espíritas. “Entregai-vos inteiramente à vulgarização desse Espiritismo, que já deu início à vossa própria regeneração. É um dever fazer vossos irmãos participarem dos raios dessa luz sagrada. À obra, portanto, meus caros filhos!” O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. V, item 20.

O MARINGÁ ESPÍRITA ESTÁ NA INTERNET O portal www.ademaespirita.org.br disponibiliza aos leitores as últimas edições do Jornal Maringá Espírita. Em breve serão inseridas as edições anteriores.


Maringá Espírita - Ano VI nº 32