Page 1

O Fato Um jornal a serviço do povo!

ANO 01

-

057

- R$ 1,00

ESPORTE

Fundado em 8 de dezembro de 2010 Página 6

Pelo Amador, "Amigos" ergue a taça de campeão INCLUSÃO

Página 4

“Verba volant, scripta manent” SÃO GABRIEL - RS QUARTA-FEIRA

7 de março de 2012 Empresa Jornalística Focaccia

Uma chamada fatal Quando o telefone toca na Central de Emergência é sinal de que há um crime ou acidente em algum lugar da cidade. Deveria ser assim, mas não é. O alto índice de "trotes", que para alguns não passa de uma "brincadeira", pode resultar em até 3 anos de prisão. Nesta edição, conheça o perfil dos criminosos e as ações das autoridades de segurança para reprimir esse delito.

BB lança linha de crédito pra deficientes INTERIORIZAÇÃO

Página 9

“Comboio da Saúde” chega ao Azevedo Sodré HOMENAGEM

Páginas 13 e 15

Dia Internacional da Mulher: a origem e os destaques Telefones: 3232.0010 9965.1000

Estamos em novo endereço:

Juntos, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros recebem, em média, 15 chamadas falsas por dia

Página 3

Rua Tristão Pinto, 31 - Sala 3

Rua Gen. Câmara, 696 - F: 3232.0630

Rua João Manoel, 394 - F: 3232.3286

Programe a compra de seu automóvel 0 km através de financiamento ou consórcio. CAPIOTTI MULTIMARCAS, agora representante Consórcio Simpala Avenida Antônio Trilha, 1426 Fones: 55 3232-4742 e 3232-1746


2

SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

OPINIÃO

Ivan Prates Bento Pereira

Artigo Ana Rita

E-mail: marllonmaciel@folha.com.br

Chiappetta Focaccia anaritafocaccia@hotmail.com

DIZ A BÍBLIA Diz a Bíblia que as diversas línguas surgiram no mundo quando os homens quiseram ser maiores que Deus erigindo uma torre que alcançasse o céu. Mas a arrogância humana se viu derrotada no instante em que o Ente Supremo fez com que os construtores de Babel não mais se entendessem. O tempo, em seu indecifrável, voraz e misterioso decurso, em nada alterou o verdadeiro caráter precário dos povos. Para se endossar tão medonha constatação, basta abrir qualquer compêndio de História para se verificar que as civilizações, através dos milênios, sempre estiveram sob o jugo dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse (Guerra, Peste, Fome e Morte). A atualidade, apesar do extraordinário progresso da ciência e da técnica, não trouxe felicidade nem paz, alcançando aqueles primeiros níveis até então inimagináveis e não trouxeram felicidade nem paz, até porque paz e felicidade inexistem uma sem a outra, consideradas estas como estados de alma aspirados no âmago de cada um. A ambição, a insensatez e, principalmente, a inveja continuam e seguirão marcando pontos na dramática e cotidiana luta pelo sobreviver, nem que para isso haja a tentativa sórdida do homem devorar (ao menos simbolicamente) seu semelhante. Gestos de grandeza (e aqui consideremos grandes até o mais ínfimo gesto de solidariedade) tornam-se cada dia mais raros e sintomaticamente menos admirados. Na verdade, o que vende jornal e aguça a curiosidade do leitor comum são a desgraça alheia, o acidente fatal, o roubo, este último significando dentro da penumbra das mentes uma iniciativa de admirável coragem ou peito, há que praticamente institucionalizada uma perene e imbatível impunidade. Os gestos positivos de generosidade, respeito e civilidade posicionam-se como risíveis. Sob esta visão caótica, de que maneira ensinar às gerações vindouras como ser correto, confiável, digno? Transborda aqui uma tarefa que nem o mítico Hércules ousaria vencer, eis que para vencer torna-se desnecessária a força física mas simplesmente caráter e perseverança, estas muito mais complexas e difíceis. E tudo cede ante a força brutal de uma mídia venal, poderosa, intocável, materialista e avassaladora. Para ela o que importa ou interessa é vender, vender, vender. Pobre humanidade...

“A César o que é de César” Na Santa Igreja, a frase “a César o que é de César” representa a separação do que é do mudo dos homens e o que se deve ao mundo de Deus. Foi dita por Jesus aos fariseus e herodianos que queriam saber se era lícito pagar impostos ao Império. Está na Bíblia. Na boca do povo, é bem mais simples: “cada um com as suas coisas” e fim de história. Na política, entretanto, o PT decidiu reformular esse ensinamento divino e ficar com as coisas de um e de outro: A Lula o que é de Lula. A Dilma o que é de Dilma. Desde que seja tudo do PT. A maioria dos políticos (e creio que analistas também) acreditava que a primeira grande crise do governo este ano viria com o empurra-empurra entre os partidos por conta das eleições municipais. Todos erraram. Embora o país esteja bem, a política está pra lá de estremecida. Brasília vive hoje um clima de várias tempestades tropicais em formação ao mesmo tempo. E, se nada for feito para contê-las, essas tempestades correm o risco de terminar num grande furacão com capacidade de abalar a base da presidente Dilma Rousseff no Parlamento. Reza a lenda que não se deve desafiar um presidente da República. Quem quiser desafiar, que cumpra as ameaças. O PMDB não tem hoje autonomia de voo ao ponto de chamar Dilma para o ringue. No momento, ela tem, além da caneta, a aprovação do eleitor. E o PMDB não vai querer comprar briga com a presidente no ano eleitoral, em que precisa das verbas do Poder Executivo para dar vazão a seus projetos. O ano político começa intranquilo, com os partidos desconfiados um dos outros. PMDB e PDT desconfiam da boa vontade do governo Dilma para com seus líderes. O PSB idem. Há uma sensação generalizada nos partidos de que setores do Executivo agem para colocar os aliados na berlinda em pleno ano eleitoral preservando apenas o PT. Esse clima ruim pode desaguar em derrotas para Dilma, assim que houver uma brecha. E, num ano eleitoral, elas sempre aparecem. E quem quiser sobreviver a esses vendavais, deve desde já procurar um abrigo bem firme... EM TEMPO: Um abraço na escritora Elody Veiga de Menezes que, gentilmente, me enviou um comentário concordando com a minha última coluna, “O mundo sem roupa”. Obrigado pelo carinho e pela amizade!

Não vou escrever... Nesta edição, preferi cantar!!! Os sábios versos da música “Esquivo”, interpretados pelo Marcelo Oliveira, dizem muito mais do que qualquer palavra que eu pudesse dizer neste momento. Ouça quem tiver ouvidos: “Esquivo?... Sim!... Porque não? ... aceito a alcunha firmada! ...aceito a marca estampada Na paleta do meu nome! Mas sei respeitar pronomes: Mais o nós... menos o eu Muita coisa se perdeu No egocentrismo dos homens! Esquivo?... Sim!... Porque não? ...porém cada vez mais vivo! Pouco me escapa ao crivo Da rigidez de valores E, por isso, quantas dores... ...quantas luzes apagadas... ...quantas sombras disfarçadas Entre amizades e amores! Esquivo... sem ser covarde!... -a trança sob o retovo Sou tal orgulho ginete Que quando cai se levanta... ...se agranda e “munta” de novo! Esquivo?... Sim!... Porque não? ... aceito a minha esquivez!... ...que enxergo com altivez - como, da trança, o retovo! Digo e afirmo de novo ? Aos da vaidade mesquinha: Pra mim, são como a galinha Alardeando o próprio ovo! Esquivo?... Sim!... Porque não? ... não tenho dono ou senhor!... ... não necessito favor Nem ando rezando prece... ...a santo que não merece - que da luz, conhece a sombra!Quem merece o tempo “nombra”!... ...porque a história não esquece!”.

LEANDRO BARROS MACIEL RODRIGUES CRECI 35.543 ADAIR MACEDO RODRIGUES CRECI 39.248

TRADIÇÃO E QUALIDADE Mais que uma loja, um estilo de vida. Rua Duque de Caxias, 128 Fone: 3232.6393


SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

3

REPORTAGEM DA SEMANA

Um brincadeira sem graça que pode terminar na prisão Márllon Maciel "Socorro! Socorro!", exclama alguém do outro lado da linha. O telefonista faz algumas perguntas para registrar a ocorrência e comunicar a equipe de plantão. Em questão de segundos, a ligação termina. Era mais um trote. Tem se tornado constante e elevado o número de ligações falsas (os chamados "trotes") para os serviços de emergência em São Gabriel, como Corpo de Bombeiros, Brigada Militar e, até mesmo, para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Fácil de decorar e primeira opção para quem pretende comunicar uma emergência ou informar uma situação atípica na vizinhança, o tele-

"Às vezes, recebemos uma chamada para atender uma ocorrência na Zona Norte da cidade, por exemplo. No entanto, isso não passa de um desvio de atenção, pois na realidade os criminosos estão agindo em outro bairro", afirma. Outro fato que ocupa a linha de emergência da BM com frequência é o de pessoas que telefonam para o 190 para fazer reclamações e pedir orientações com relação aos serviços de fornecimento de Luz, Água e Telefonia. Conforme o sargento Adailson, já aconteceu de um cidadão ser enquadrado no crime de "falsa comunicação de ocorrência". "Nós investigamos. E quando conseguimos detectar por quem e por qual motivo foi originada a chamada falsa, nós

o local informado e, quando os para-médicos chegam, a surpresa: não existe a ocorrência. "Muitas vezes, não existe nem o endereço fornecido", diz ela. Segundo a enfermeira, ao menos 1 vez na semana o telefone 192 recebe uma chamada falsa. A "brincadeira" ocasiona um grande problema, o congestionamento da linha de emergência. "Enquanto os médicos estão fazendo o levantamento destes possíveis casos, as linhas começam a ocupar. E o que acontece? Quando alguém que realmente está precisando de um atendi-

mento preliminar via telefone, quando o médico passa as primeiras orientações ao paciente e indaga sobre a sua situação, ele, às vezes, consegue identificar que é um trote", diz a enfermeira-chefe, justificando que, normalmente, a pessoa cai em contradição logo nas primeiras perguntas. "É uma brincadeira totalmente sem graça, pois um dia essas pessoas que realizam chamadas falsas podem precisar do SAMU e alguém, no exato momento do chamado, pode estar fazendo o que eles fazem agora", alerta. Hoje, o SAMU em São

Sargento Adailson na Central Telefônica mento com urgência telefona, não consegue completar a ligação. Levantamento estadual aponta que cerca de 50% das ligações para o 192 são trotes", afirma Vivian. Enf. Vivian: “50% das ligações para o 192 são trotes” fone 190 da Brigada Militar é acionado centenas de vezes por dia. Deste montante, uma média de 10 telefonemas/dia são chamadas falsas. "Quando uma pessoa denuncia um falso crime, desloca-se uma viatura que poderia estar atendendo outra ocorrência. Isso gera o atraso no atendimento ao cidadão, que pode depender do auxílio da Polícia para salvar uma vida", disse o sargento Adailson, que desempenha a função na Central Telefônica da BM. Segundo ele, existem ligações que servem para desviar o foco da polícia.

indiciamos a pessoa", comentou. Em longo prazo, as brincadeiras e solicitações falsas de ocorrências significam prejuízo para os cofres públicos. Um valor que poderia estar sendo investido em serviços para a própria população. Mas, além de combustível gasto sem necessidade, os profissionais perdem tempo - precioso para quem lida com o salvamento de vidas. De acordo com a enfermeira-chefe do SAMU em São Gabriel, Vivian Soares, às vezes o trote é tão elaborado que ele chega a mobilizar a ambulância para

Tenente Holvery Mensalmente, conforme Vivian, a Central telefônica do SAMU em Porto Alegre recebe 120 chamadas direcionadas para São Gabriel. "Como existe um atendi-

Gabriel conta com 11 profissionais e fica situado no prédio do Pronto Socorro da Santa Casa. O Corpo de Bombeiros também sofre com o alto índice de chamadas falsas. Como não existe uma maneira de impedir os trotes, a Corporação conta apenas com o aparelho identificador de chamadas, o que nem sempre responde com eficiência no momento de se localizar a origem da falsa ocorrência. De acordo com o tenente Holvery Bonilha, do Corpo de Bombeiros em São Gabriel, o trote é um costume para uma parcela da sociedade brasileira. No entanto, para garantir um atendimento eficaz à população, ele revelou que existe uma listagem interna com números de telefones que mais ligam para os Bombeiros comunicando falsas ocorrências. "Não podemos

Capitão Silveira comanda a Brigada Militar em São Gabriel deslocar uma viatura, por exemplo, para o interior do município e detectarmos que é trote. E se nesse momento acontece uma ocorrência verdadeira na cidade? Até deslocarmos o caminhão de volta pode ser tarde demais", justificou Holvery. "Quem passa trote precisa ter a consciência dos riscos que isso acarreta para a comunidade. Às vezes, até um familiar pode precisar de um atendimento nosso no momento que estamos atendendo uma chamada falsa", complementou. O telefone 193 recebe, diariamente, cerca de 5 trotes. "Sem medo de errar, quando voltam às aulas o número de chamadas falsas aumenta consideravelmente", disse o militar. Ele conta que, certa vez, os Bombeiros receberam um chamado de uma grávida prestes a dar à luz, numa localidade da Zona Rural. Quando chegaram ao local, nada. "Não existia mulher, não existia casa, não existia nada. Era um trote. Então, veja bem, na dúvida nós deslocamos uma viatura até o local. Não era uma ocorrência verdadeira. Mas e se fosse? Esse é o problema dos trotes", diz. O tenente Holvery traça o perfil de quem passa trote: adolescentes que usam um telefone público ou telefone celular. "Existem casos que o número já é nosso conhecido. E ficamos naquela situação do mentiroso, que mente várias vezes e quando resolve contar a verdade, ninguém acredita", relatou.

TROTE É CRIME E SÓ DIVERTE OS BANDIDOS O Código Penal Brasileiro considera crime, passível de um a três anos de detenção e multa, o acionamento indevido de serviço de socorro. Com base no artigo 266, "interromper ou perturbar serviço telegráfico, radiotelegráfico ou telefônico, impedir

Orelhões são as “armas” ou dificultar o restabelecimento resulta em pena". A pena pode ser dobrada se o crime ocorrer em períodos de calamidade pública. Em casos que o crime é praticado por menores de idade, pais ou responsáveis podem ser acionados criminalmente. Além de aparelhos telefônicos com identificador de chamadas, os atendentes também tentam descobrir, por meio de perguntas, se o relato é verdadeiro. Quando a ligação é feita de um telefone fixo ou público, o sistema consegue rastreá-la. Como a maioria dos contatos é feito por telefone celular, fica mais difícil saber de onde a ligação foi originada.


4

SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

GERAL

BB cria linha de crédito para pessoas com deficiência Os clientes do Banco do Brasil com renda mensal de até dez salários mínimos já podem usar os recursos do microcrédito para financiar produtos e serviços que auxiliem na acessibilidade de pessoas com deficiência. O financiamento, de até R$ 30 mil por cliente, é apenas para pessoas físicas e terá juros de 0,64% ao mês, sem taxa de abertura de crédito. Entre os itens contemplados pelo BB Crédito Acessibilidade estão cadeiras de rodas, andadores, equipamentos de adaptação de veículos automotores, vocalizadores e mobiliário acessível. Será possível financiar 100% do valor dos bens em até 60 meses e o crédito será concedido não apenas à pessoa com deficiência mas também a outras pessoas da família ou da comunidade que queiram usar o microcrédito para ajudar um portador de deficiência. As prestações serão debitadas diretamente da conta corrente do cliente e a primeira parcela só precisa ser paga 59 dias após o emprés-

timo. “Através do microcrédito nós pretendemos que haja uma oportunidade real dos brasileiros e brasileiras de acessarem bens e produtos na área da tecnologia assistiva que qualifiquem e melhorem a vida das pessoas com deficiência e assim possibilitem superar barreiras”, afirmou a ministra de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário Nunes. A nova linha de crédito já é um reflexo da regulamentação pelo CMN (Conselho Monetário Nacional) da medida provisória 550, que estendeu o microcrédito à compra de produtos destinados a pessoas com deficiência. “O BB Acessibilidade é muito mais que uma linha de financiamento diferenciada, traduz a confiança do BB, reconhecendo a capacidade produtiva das pessoas com deficiência, garante o acesso a bens e serviços que proporcionarão mais conveniência e utilidade”, afirma Robson Rocha, Vice-Presidente de Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Sustentá-

ESPERANDO ESPERANDO VOCÊ VOCÊ Luciane Santana Ebre Faria

FRATERNIDADE E SAÚDE PÚBLICA

Sede da agência do Banco do Brasil em São Gabriel vel do Banco do Brasil. A reportagem do Jornal O fato esteve na agência bancária de São Gabriel para obter maiores detalhes sobre o micro-crédito em duas

ocasiões. Também entramos em contato por telefone, porém sem sucesso. As informações desta reportagem foram obtidas no site do Banco do Brasil.

Durante toda a Quaresma, os católicos e a sociedade de um modo geral, são convidados a refletir sobre o assunto que a Campanha da Fraternidade (CF) nos traz, neste ano, volta seu olhar para a saúde pública. O tema da CF 2012 é 'Fraternidade e Saúde Pública' e o lema 'Que a saúde se difunda sobre a terra'. O objetivo principal da campanha é gerar, entre as pessoas, uma reflexão sobre a realidade da saúde no Brasil, tendo em vista a melhoria deste serviço. Para o secretário geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, o foco principal da CF é sensibilizar as pessoas sobre a dura realidade daqueles que dependem de assistência pública de saúde e refletir sobre essa realidade em nosso país. Sabemos que a vida, a saúde e a doença são um mistério, verdadeiros dons de Deus, estando relacionadas à ordem corporal e à espiritual, necessitando sempre de cura. Ninguém escolhe ser doente. A doença se impõe. Mas buscamos a saúde e bem-estar físico, psíquico, social e espiritual. Temos que ver a doença como oportunidade de evidência de valores contidos na pessoa. Podemos falar de igualdade, solidariedade, justiça, participação cidadã, entre outros. Na defesa de uma vida sadia e saudável, o empenho de solidariedade é fundamental. Todas as forças da sociedade devem ser canalizadas em benefício da saúde e de uma vida mais saudável. Há o papel imprescindível do Estado, da Igreja e de cada cidadão, cada um a seu modo trabalhando pela qualidade de vida das pessoas. A saúde deve ser uma realidade concreta para todos e que a vida seja plenamente vivida em todas as suas dimensões, tanto em âmbito pessoal como social. Por isso, a Campanha da Fraternidade quer ser um sinal de esperança para o povo brasileiro, superando as fraquezas e valorizando a vida no todo. Uma santa e abençoada semana a todos! Amém!

A VEZ DA PARÓQUIA Cuidar do Templo Pe. Edegar Barrozo

Estamos vivendo ainda o tempo da quaresma tempo de cobrar de nos mesmo uma espiritualidade profunda: na oração, no vencer as tentações (os vícios), e colocarse serviço do irmão que sofre. Dentro deste tempo buscamos olhar carinhoso com os doentes e necessitados, é, o que nos pede a campanha da fraternidade, com o tema fraternidade e saúde Publica. Como tratamos nosso corpo que é um templo para Deus? No próximo domingo ouviremos a passagem do evangelho em que Jesus expulsa os vendilhões do templo dizendo: “Não façais da casa do meu pai uma casa de comércio!” (Jo 2. 16) Somos imagem e semelhança de Deus! Assim nosso corpo é um templo para Deus. Quantas vezes fizemos do nosso corpo um comércio! Procuramos mais os prazeres da vida, o ser, o ter, e esquecemos a oração que nos liga a Deus. Muitos escolhem ir para as fazendas fingir cuidar de bois, ovelhas etc., e esquecem de estar ligado o Cristo pela oração e ajuda ao irmão. Mas não precisamos dar desculpas, nem adiantaria, porque Cristo nos conhece melhor que nos mesmos. Já ouvi falar “tenho que achar um tempo pra Deus”, ora, não existe achar um tempo pra Deus, pois, o tempo é de Deus. Se pararmos de respirar 5 minutos sentiremos falta de Deus como podemos dizer que achar tempo pra Deus! Simplesmente fugimos da realidade fugimos de Deus. Jesus conhece o homem por dentro, podemos enganar a os homens a igreja, mas jamais a Deus. Que nesta caminhada para a páscoa peçamos escolher estar mais perto de Deus e, não explorar o templo nem o tempo. Uma boa confissão nos ajudará a vermos melhor quem somos e a limpar o templo que é nosso coração, e assim Deus fazer morada! Uma boa semana a todos! Especial a mulher, neste dia oito lembramos vocês que lutam para cada dia fazer uma família distinta como Deus quer! Horário das Missas De terça-feira à sexta-feira – às 19h - Igreja Matriz Sábado - 15h - Igreja Matriz e 18h – Igreja da Santa Casa Domingo – 8h e 19h – Igreja Matriz

DR. FACO Rua Mascarenhas de Moraes, 317 - Sala 102 Fone: (55) 3232.7342

Burana Wirth Esdra

www.colunapontodevista.com

50% à vista

Capodarte Cristófoli Para raio 40% 3x nos cartões

Liberdade, isenção e responsabilidade

O blog nº 1 da cidade

Anuncie: 9944.9562 e 9664.2581

Dr. Gerson Luis B. Oliveira Médico Nefrologista CRM-RS 18299

Chita Brasil Carla Carlin Dani Bello

50% e 60% nos cartões

Rua General Marques, 79 Setor de Hemodiálise Telefone: (55) 3232-6470

O Fato Empresa Jornalística Focaccia CNPJ: 12.954.412/0001-40

As opiniões e conceitos emitidos em artigos assinados por colaboradores não refletem necessariamente a opinião de O Fato, que tampouco mantém vínculo empregatício com os mesmos.

Diretora: Ana Rita Chiappetta Focaccia Editor: Márllon Maciel Jornalista responsável: Cláudio Moreira (DRT 010499) Departamento Jurídico: Augusto Solano Lopes Costa OAB/RS 22.740 Redatora: Luciana Dall’Onder Thiago Abreu OAB/RS 41.706 Diagramador: Anderson Carvalho de Almeida End.: Rua Barão do Cambaí, 287 - Centro E-mail: ofato@r7.com - Tel.: 3237-1737


SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

CULTURA

5

Reminiscências Dom Félix de Azara Quem foi este homem que, há quase dois séculos, fundou uma povoação espanhola em Batovi, perpetuando-se na história da nossa cidade? Era o terceiro filho de Dom Alexandre de Azara e Dona Maria Pereira, nasceu a 18 de maio de 1746, em Barbuñales, Província de Huesca, na Espanha, onde passou sua infância. Vocacionado para a carreira das armas, seguiu seus impulsos ingressando na Academia Militar de Barcelona, aos 18 anos de idade, após cursar a Universidade de Huesca. Depois de nove meses foi promovido ao posto de alferes e a 5 de fevereiro de 1776, ao de capitão de infantaria e engenharia, delineador dos exércitos nacionais, praças e fronteiras. Mais tarde fez a campanha da Argélia, onde foi gravemente ferido por uma bala de cobre, no peito esquerdo, sendo milagrosamente salvo por um soldado que lhe extraiu a bala, a frio, com uma faca comum. A 11 de setembro de 1780, já era tenente-coronel de infantaria, com uma grande folha de relevantes serviços prestados à sua pátria. Era de um apetite curioso! Possuía verdadeira aversão pelo pão, a tal ponto que levou a Moreal de Saint Mery, a afirmar que esta sua particularidade era o “único exemplo na Europa”. Após o tratado de Santo Ildefonso (1777), Azara, che-

fiando uma comissão, constituída de homens notáveis, veio para a América, a fim de demarcar os limites entre Espanha e Portugal, então em litígios permanentes. Saíra de Lisboa a 19 de janeiro de 1781, viajando a bordo da nau portuguesa “Santíssimo Sacramento. Ao passar a linha equatorial, foi aberto o Real Documento que lhe conferiu o grau de fragata, agregado ao corpo da Marinha de Guerra. A comissão esteve no Rio de Janeiro, de onde partiu para Montevidéo, tocando naquele porto a 13 de maio de 1781 e, finalmente, em Assunção, seu destino de trabalho, em 9 de fevereiro de 1782. Azara permaneceu quatorze anos naquela província, como chefe da Comissão de Demarcações de Limites. Durante esse tempo, empreendeu muitas viagens às terras das missões, em Corrientes e adjacências, quando realizou seus célebres trabalhos de pesquisas e investigações diversas, sobre geografia, história, botânica, etnografia, além de um precioso estudo da fauna e flora silvestre e outros de política econômica e rural dos povos sul-americanos. “Das 448 espécies de aves que descreveu, há umas duzentas novas, que nenhum naturalista ou viajante antes houvera falado”. Conviveu largamente com muitas tribos indígenas, notadamente Minuanos e Charruas, de quem realizou

minucioso estudo sobre seus idiomas, usos e costumes. Fez o levantamento topográfico de várias regiões, elaborando cartas das mesmas, que foram preciosidades de estudos e descrições apreciáveis. Fundou a primeira Vila de São Gabriel do Batovi, junto à antiga Linha Divisória, entre a Província do Uruguai e o Brasil, e traçou planos para a edificação de uma outra, que se chamaria Esperança. Regressou à ANO 1820 – Paris – Dom Félix de AzaEuropa, indo resi- ra, fundador da Capela do Batovi, pridir em Paris com meira Vila de São Gabriel, 1800, numa o irmão Nicolas, captação dôo pincel de Goya. (Magembaixador da nífica reprodução do fotógrafo Espanha na Fran- Arnulfo Lucas de Souza). Azara foi um habilidoso ça. Após a morte desse irmão, voltou à terra natal, d i p l o m a t a e c a v a l h e i r o Barbuñales, e ali faleceu a elegante. Um gentleman. 20 de outubro de 1821, viti- Quando em Batovi, conmado por enfermidades quistou a estima e o respeito dos portugueses, contraídas na América. Naturalista autodidata, q u e l h e t r i b u t a r a m u m a engenheiro e geógrafo mi- consideração toda especilitar, deixou uma copiosa al. Félix Pereira de Azara foi obra, em livros e manuscritos, que muito orgulha a um homem muito útil na cultura da sua época, in- sua época. Suas idéias clusive alguns estudos de e s t a v a m a d i a n t a d a s n o inspiração revolucionária, tempo, que bem merecia que vieram mais tarde mo- uma alusão de Jacques dificar certos conceitos, na Bergier, em seu livro “Os imagem sociológica dos Mestres Secretos do Tempo”. tempos.

Banheiro do Sétimo Até há poucos anos havia, na curva do Vacacaí, abaixo da ponte, um lagoão de águas profundas. Diziam os mais antigos que chegava a encobrir um homem montado a cavalo, de braço erguido. Era temido pelos banhistas que buscavam o velho rio nas tardes calorosas de verão. Àquela lagoa estreita, comprida e curvada, exercia um certo fascínio sobre os afoitos da natação. Segundo ouvi de muitos macróbios ribeirinhos, no século passado, um grupo de soldados do “Forte Caxias” estava ali banhando-se, numa competição de mergulho. De repente, um deles veio a tona e pediu socorro, batendo-se na ânsia da asfixia. E cada um que se agarrava ao companheiro para socorrê-lo, era outro que se prendia às garras do desespero dos que estavam se afogando. E assim, num bolo de sete colegas de farda, sumiram nas águas traiçoeiras do lagoão, deixando para a tradição do Vacacaí o famigerado nome de “Sétimo”. Mas não foram só estes as suas vítimas. De quando em quando um lá ficava. O “Sétimo” era assassino. Até que veio o castigo fatal. Passaram-se os anos e o legendário rio das nossas plagas foi determinando o seu destino e o comportamento dos que dele dependem. Até aquela velha curva carrasca sofreu a força do seu determinismo. Aos poucos foi se entulhando e há anos vem forçando um atalho de canal, cuja corrente só não conseguiu mudar o curso do rio, porque renovam o aterro nos verões, a fim de manter o balneário do rio, abaixo da ponte, com regular volume de água. Quando o propósito do rio se concretizar, não haverá mais vestígios do “Sétimo”. O rio é o dono do seu destino.

Posto Gauchão O amigo que você confia sempre. Comprove que o rendimento da gasolina Shell V-Power compensa a pequena distância. Gasolina Shell V-Power. O poder da Ferrari, da fórmula 1, no seu carro. A apenas 1 km da entrada da cidade.


6

SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

ESPORTE Panorama Esportivo Augusto Solano Lopes Costa Tenho visto nas redes sociais (Facebook e Twitter) alguns torcedores falando da possibilidade do São Gabriel Futebol Clube disputar o Gauchão 2013. Algo impossível, com a criação da terceira divisão, se o SGFC retornar volta nesta disputa. Com os atuais custos do futebol, quem irá pagar a conta? Somente com a torcida não se faz futebol competitivo. É preciso e necessário bem mais do que o entusiasmo do torcedor para isto. Além da coragem imensurável. É um bom tema para debate. Quarta-feira de jogos importantes para a dupla GRENAL, às 19h30min em Santos, no estádio Urbano Caldeira - Vila Belmiro, o Internacional enfrenta o atual campeão da Libertadores da América e aquele que é o seu adversário mais qualificado. Paulo Cesar Ganso, Neimar, Juan, Borges e companhia, sob o comando de Muricy Ramalho irão tentar fazer valer o fator local, no caldeirão da Vila. Dorival Silvestre Júnior, treinador do colorado tem uma passagem mais recente pela baixada santista e conhce bem os "meninos da vila". Muito tenho lido sobre como parar o Santos, mas certamente em Santos também há a preocupação de como parar o Internacional, que jogará com todos os seu titulares. O Inter pode ter: Muriel, Nei, Índio, Moledo e Kleber, Elton (Dagoberto), Bolatti (Tinga), Guiñazu, Oscar e D'Alessandro, Damião. Durante o período em que ficou a portas fechadas, Dorival realizou um treino tático no gramado principal do Beira-Rio. Após o rachão, ainda enfatizou as cobranças de falta, com Nei, Oscar e D'Alessandro. Em metade do gramado, Elton, Guiñazu e Bolatti trabalhavam domínio e saída de bola com o auxiliar técnico Lucas Silvestre. No lado gremista, Vanderlei Luxemburgo, que chegou prometendo a classificação à Copa Libertadores em 2013, tem na Copa do Brasil o atalho perfeito para este seu intento. O primeiro passo para conseguir tal feito é uma vitória frente ao River Plate nesta quarta, a partir das 22h, no Estádio Lourival Baptista, em Aracaju. O time de Luxemburgo precisa se impor ao adversário para buscar uma vitória por dois gols de diferença, o que eliminaria o jogo de volta no Olímpico. O time que deve enfrentar o River PlateSE deve ser o mesmo que venceu o Cerâmica no domingo, com: Victor, Gabriel, Gilberto Silva, Naldo e Julio Cesar; Fernando, Léo Gago, Marco Antônio e Marquinhos, Kleber e Marcelo Moreno. Dois jogos importantes para a torcida gaúcha acompanhar nesta noite.

Amigos vence 2ª Copa São Gabriel Após meses de disputas, a 2ª Copa São Gabriel chegou ao fim na tarde de domingo (4), com a disputa do 3º lugar e do título, movimentando o Estádio Municipal Dr. Sílvio de Faria Corrêa. Na grande final, disputada entre Amigos e Unidos da Santa Clara, o grande vencedor foi o time do Amigos, ao bater por 5 x 2 o segundo. O campeonato foi promovido pela Prefeitura Municipal e Secretaria de Turismo. Na disputa do 3º lugar, o posto ficou com a equipe da Casa do Frango, que venceu o Polonês/Katega - líder absoluto durante todo o certame e que tinha perdido para o Unidos na semifinal - por 7 a 2. Os gols foram de Miralha e André Mortari (2 gols cada), Fino, Vítor e Dadinho para a Casa do Frango e descontando para o Polonês, Luizinho e Pena. Na grande decisão, o time da Santa Clara largou na frente, ao marcar duas vezes

"Amigos" foi o grande vencedor da competição com Carlos Euzébio. Parecia do o placar. Final, Amigos 5 x que o título estava perto, mas 2 Unidos. A Secretaria Municipal de no segundo tempo, o Amigos, mostrando ser uma re- Turismo, por meio do secrevelação do esporte local, re- tário Nairo Gonçalves, entreagiu, empatando primeira- gou ainda os prêmios de mente com Ander e Mathias. goleiro menos vazado, jogaApós o equilíbrio, o Unidos dor destaque e do artilheiro. sentiu o desgaste, onde o Amigos aproveitou para virar o jogo, com Márcio (2 vezes) e mais uma de Ander, fechan-

Dribles e muito estilo no campeonato amador

ORAÇÃO DOS AFLITOS Aflita se viu a Virgem Maria ao pé da cruz. Aflita me vejo. Valei-me minha mãe de Jesus. Confio em Deus com todas as minhas forças por isso peço que ilumine meus caminhos. Conceda-me a graça que tanto desejo. Faça o pedido e manda publicar no 3° dia. Observe o que acontecerá no 4° dia. Agradece N.D.M.

9663.2395

Confira como ficou a classificação final do Campeonato: 1º 2º 3º 4º

Amigos FC - Campeão Unidos da Santa Clara Casa do Frango Polonês/Katega


SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

GERAL NOTÍCIAS DO LEGISLATIVO A Sessão Ordinária de Quinta-Feira (1º/03), foi presidida pelo presidente - vereador Adão Santana (PTB) e secretariada pelo vereador Paulo Sérgio Barros da Silva (PDT). ORDEM DO DIA Encontra-se tramitando nas Comissões da Casa, aguardando parecer o seguinte Projeto de Lei: De autoria do vereador Antônio Devair Moreira (PDT) Projeto de Lei nº 03 - Dispõe sobre a inclusão da "Mais Bela Comunitária" no calendário oficial de eventos do Município. Foram aprovadas as seguintes Proposições Legislativas: Do vereador Adão Santana (PTB) - Votos de Pesar - À enlutada família do Sr. Honório Maciel pelo seu falecimento ocorrido no dia 28 de fevereiro do corrente ano e À enlutada família do Sr. Felipe Borba, pelo seu falecimento ocorrido no dia 28 de fevereiro do corrente ano. Do vereador Lizandro Cavalheiro (DEM) - Pedido de Providência nº 43 - Que seja realizado o serviço de calçamento ou asfaltamento da Rua Tito Prates, no Bairro Bom Fim, enfrente ao Parque Assis Brasil, a partir do trevo de acesso a Avenida Manoel Antônio de Macedo até o Jóquei Clube. De autoria do vereador Antônio Devair Moreira (PDT) Pedido de Providência nº 42 - Que seja estudada a possibilidade de ser ligada a Rua 80 à Rua Clara Nunes, ligando o Bairro Gabrielense com Élbio Vargas. O pedido se faz necessário para facilitar o acesso a Escola, a Creche e ao Posto de Saúde. De autoria do vereador Cilon Lisoski (PR) - Pedidos de Providências nº 40 - Que seja efetuada a limpeza da Rua Cerro do Ouro e nº41 - Que seja efetuada a limpeza do Bairro Pró-Morar; Pedido de Informação nº 06 - Demonstra obter informações sobre a Concorrência Pública nº 2/ 2011 - Concessão do Serviço Público de Abastecimento de Água e Esgoto Sanitário, já findo e que o Prefeito Municipal envie à Câmara Municipal de Vereadores cópia de toda a documentação referente a este Processo Licitatório, incluindo Edital, Propostas, Atas, Pareceres, Termo de Homologação e Contrato; Convite à Secretário Municipal nº 1 - Como é do conhecimento geral, a Prefeitura Municipal realizou Concorrência Pública para contratar empresa prestadora de serviço de abastecimento de água e tratamento de esgoto, outrora prestado pela Companhia de Saneamento do Estado (Corsan). Desta forma o Parlamento Municipal, no exercício de sua função fiscalizadora questiona estas ações e pretende inteirarse de todos os detalhes que envolvem este assunto e portanto desta forma solicito que seja formulado convite ao Secretário Geral de Governo - Artur Delfino Goulart (Tuca), para que este venha à Câmara para prestar todas as informações acima solicitadas. Esta matéria você encontra no site cmsg.rs.gov.br ELSON TEIXEIRA - ASSESSOR DE IMPRENSA

7

Vereador do PDT fala sobre qualidade da Educação municipal Recentemente, o vereador Vagner Aloy Rodrigues, do PDT, usou a tribuna da Câmara de Vereadores para falar sobre as ações para diminuir a demanda na área da saúde. De acordo com ele, a melhor maneira é investir em educação. Na oportunidade, o vereador mencionou algumas conquistas do Governo Rossano na área da Educação, como o Piso Salarial para os professores, cursos de capacitação, reforma e ampliação das escolas, informatiza-

ção da rede municipal, repasse de verbas direto aos diretores para que os mesmos possam gestionar suas escolas de uma forma quase que independente, data-show em todas as escolas, kit escolar para todos os alunos da rede municipal, aquisição de um caminhão, entre outros. O projeto “Mais Educação”, onde os alunos poderão ficar na escola em turno integral, participando de oficinas, também mereceu destaque no pronunciamento

do parlamentar. O vereador Maninho frisou que se não fosse com o aval do prefeito Rossano Gonçalves, a gestão do secretário Hélio Menna e a parceria da Câmara de Vereadores (que votou todos os projetos oriundos da Secretaria de Educação) isso não seria possível. “São Gabriel, dentro de alguns meses, estará no topo dos municípios que mais investe em educação no estado do Rio Grande do Sul”, anunciou ele.

Vagner Aloy, PDT

Legislativo entrega Voto de Louvor ao provedor da Santa Casa Elson Teixeira Imprensa Câmara Recentemente em sessão ordinária, através de proposição do vereador Claudiomiro Borges (PR) foi aprovado por unanimidade por todos os parlamentares gabrielenses um “Voto de Louvor” ao provedor da Irmandade da Santa Casa de Caridade de São Gabriel Roque Montagner. Segundo Claudiomiro Borges, tal homenagem é o reconhecimento público da Câmara de Vereadores ao provedor Roque Montagner, pelos excelentes trabalhos realizados por 17 anos frente à Santa Casa, tendo como base a seriedade, a eficiência, aliado ao desenvolvimento e inestimáveis serviços prestados à saúde da população gabrielense. Esta semana, Montagner recebeu - das mãos do vereador Claudiomiro - o referido “Voto de Louvor”. Durante sua manifestação, o provedor disse receber com muita humildade tal homenagem e que gostaria de compartilhar o re-

conhecimento do Legislativo, com todos os membros da Mesa Administrativa, Corpo Clínico e os 432 colaboradores da Instituição, que, realmente durante estes 17 anos fizeram a diferença. “Todos eles, são responsáveis pelas grandes mudanças e ações de resultados conquistados pela nossa Santa Casa. Digo isso com muito orgulho por ter participado do “Caos à Superação”, pois foram tempos difíceis, de muito descontentamento, greves, salários atrasados, encargos à recolher na época - a verdadeira falência praticamente da Instituição”, afirmou o provedor. “Com muito afinco, dedicação e com a promessa que fiz ao assumir a Provedoria de sanear a Santa Casa, estamos sem fazer nada sozinho e com muitas parcerias alcançando muitas conquistas, sempre com metas, objetivos e projetos traçados. Entre estas parcerias, quero agradecer a Câmara de Vereadores que muito tem nos ajudado”, disse Montagner.

Entre os auxílios do Legislativo, ele lembrou o repasse de recursos para a reabertura da CTI, onde os vereadores - naquela ocasião abriram mão de receber o duodécimo e também recur- Roque recebeu Voto de Louvor sos substanciais para o se- sempre destinar emendas tor de traumatologia, entre para a Instituição. A comunidade gabrielense conhece outros. O provedor fez questão de bem a história da Santa salientar que a Santa Casa Casa”, concluiu Montagner. Já o presidente da Câmafoi um dos escolhidos para receber o Selo da Copa 2014, ra - vereador Adão Santana entre os cinco hospitais situ- (PTB) destacou ser de extreados fora da região metropo- ma relevância o reconhecilitana, sendo que isso repre- mento do parlamento gabriesentará um aporte maior de lense através do referido “Voto recursos para a Instituição. “A de Louvor” ao trabalho que Mesa Administrativa prima vem sendo realizado pelo sempre pela valorização dos provedor Roque Montagner que colaboram com a Santa em uma das Instituições Casa, inclusive os parlamen- mais antigas do município, tares da Bancada Gaúcha, com 156 anos de existência que independentemente de e que faz parte da história de partidos políticos, buscam São Gabriel.

ARQ DECOR STUDIO Studio de Decoração de interior onde são criados projetos personalizados para deixar o ambiente lindo e acolhedor. Em nosso studio temos produtos de decoração, papéis de parede Italianos, brasileiros e japoneses, tecidos para estofados, cortinas e decoração, luminárias personalizadas, puxadores, ladrilhos hidraúlicos e adesivos decorativos. Rua João Manoel, 849 (fundos loja Bramoto) com estacionamento.

Venha conferir nossa linha de percianas em alumínio, madeira, romanas e rolôs. Arq. Renata Altíssimo e Maria Cândida Chiappetta E-mail: arqdecorstudio@hotmail.com Fone: (55) 9964.7108

Peugeot, Kia, Nissan e Honda Linha 207 O km Entrada + 24x juro 0,49% Linha 408 Sedan Entrada + 24x taxa 0% Pick up Hoggan Preço especial produtor rural e CNPJ Com taxa 0,99%

ESPERAMOS SUA VISITA DE SEGUNDA À SEXTA, DAS 14H ÀS 18H!

Em São Gabriel, na Avenida Antônio Trilha Telefone: 3237.1373

TODA A LINHA NISSAN COM PREÇOS ESPECIAIS E TAXAS PROMOCIONAIS MARCH, 1º CARRO POPULAR JAPONÊS NO BRASIL

Lojas em São Gabriel, Rosário do Sul e Santana do Livramento


8

SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

CIDADE

Recomeço de aulas movimenta a Urcamp Quando veteranos e calouros se encontram no primeiro dia de aula, vale tudo, desde brincadeiras até orientação aos novos colegas. Na Urcamp São Gabriel, além de uma recepção que acontecerá nesta quinta e sexta-feira (1º e 2/03) com apresentação de artistas da universidade, os novos estudantes já assistiram a palestras e aulas inaugurais em sua área. Os corredores e espaços de convivência da Urcamp ficaram lotados. Direção, professores e funcionários recepcionaram calorosamente os alunos que chega-

ram ansiosos pelas novidades da Instituição. Para acolher os acadêmicos matriculados nos cursos de Administração, Direito, Educação Física, Sistemas de Informação, Ciências Contábeis e o Técnico em Enfermagem, a Urcamp São Gabriel passou por reformas e adaptações de ambientes, o que agradou muitos os alunos. O pró-reitor, Antônio Carlos Bevilacqua, lembra que uma instituição de Ensino Superior precisa oferecer além do ensino de qualidade, um ambiente agradável e propício para a aprendizagem. Já a acadêmica Camila

Urcamp retomou aulas com grande número de alunos Machado destacou a força da universidade. “Preparada para acolher novos alunos,

a Urcamp demonstra sua força no mercado”, disse Camila.

Material escolar ao alcance de todos Dando mais um passo à frente no ensino, a Secretaria Municipal de Educação vai distribuir kits completos de material escolar. Todos os sete mil estudantes da rede municipal podem contar com o material que está pronto para ser distribuído. São mochilas, estojos, cadernos, lápis, borrachas e muito mais. Os kits foram montados de acordo com a necessidade de cada ano (série). Além do material escolar, a Prefeitura também vai distribuir uniformes aos alunos, cada estudante vai receber duas camisetas de manga curta, uma calça jeans, um agasalho, bermuda e camiseta regata para Educação Física e recreação. A distribuição de material

escolar e uniformes complementa o plano que “revoluciona” a educação no município desde o ano passado. Em 2011, foram instituídos uma série de projetos de capacitação aos professores e gestores da rede municipal.

Governo anuncia grandes investimentos na Educação

Kit com material escolar

Para o secretário Hélio Menna, a continuidade deste trabalho vai projetar a Educação de São Gabriel como uma das melhores do estado e do país: “Traçamos metas e estamos avançando a cada dia. A sociedade do futuro vai ser o que fizermos

dela hoje e a educação é o espaço democrático que pode formar uma sociedade melhor”, enfatiza Hélio Menna. O material escolar começa a ser distribuído em todas as escolas municipais na próxima semana.

Ginásio São Gabriel Buscando a melhoria da qualidade dos serviços oferecidos, a Escola Municipal Ginásio São Gabriel passou por várias adequações. A nova direção formada pela professora Déia dos Santos Souza e o professor Leandro Chaves, realizou estudos para eleger os pontos que mais necessitavam de investimentos. De acordo com a Diretora Déia, além de melhorias no prédio da escola, outras ações direcionadas à comunidade escolar foram implantadas: “Nós buscamos sempre a parceria com professores, pais e alunos. Queremos uma comunidade escolar unificada e focada sempre na melhor formação para os nossos educandos”. A unificação perseguida pela escola é visível a quem procura atendimento na direção escolar, supervisão e direção agora ocupam o mesmo espaço e juntas definem metas de trabalho. As salas de informática do Ginásio e Escola Técnica também foram unificadas, assim reúnem em um só lugar, maior número de computadores. Na Educação Infantil, muitas mudanças aconteceram, nas duas salas da pré escola, do chão ao teto percebe-se a harmonia de cores e o aconchego oferecido aos alunos. No fundo das salas os painéis coloridos completam um cenário perfeito para seus principais personagens, as crianças. Incluir e unificar em todos os sentidos, assim podem ser interpretadas as mudanças no prédio da escola. Logo na entrada foram construídas rampas de acesso para cadeirantes, no interior do prédio no hol de acesso à quadra e à quadra coberta, as rampas também estão presentes, facilitando assim a vida de quem depende de cadeiras de roda para circular pela escola. Na pracinha que fica no pátio, a tela foi trocada, os brinquedos foram reformados e pintados, a antiga quadra de espirobol foi revitalizada. No piso, jogos coloridos estão à disposição dos alunos.A grande área que abriga 700 alunos agora está com placas de identificação de setor. Todas as salas foram nomeadas para facilitar à comunidade escolar o acesso ao local procurado. Esta é a nova “versão” Ginásio São Gabriel, em sintonia com a inclusão e com o ensino de qualidade.

Toda a linha 2012 disponível! Venha conhecer a CB 300


SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

9

GERAL EDITAL COOPERATIVA DE LÃ TEJUPÁ LTDA CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA O Presidente da COOPERATIVA DE LÃ TEJUPÁ LTDA, sociedade que conta em seu quadro social com quatro mil novecentos e trinta e dois (4932) associados, usando das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 19 do Estatuto Social, convoca os senhores associados para a ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA a ser realizada no dia 30 de MARÇO de 2012, às 8:00 horas em primeira convocação, às 9:00 horas em segunda convocação, e as 10:00 horas em terceira e última convocação, tendo por local a sede da sociedade, situada nesta cidade, na rua General Câmara 810, a fim de deliberarem sobre a seguinte ORDEM DO DIA:

"Comboio da Saúde" no Azevedo Sodré Neste sábado (3), a Prefeitura Municipal realizou a segunda edição do "Comboio da Saúde", atendendo desta vez a localidade de Azevedo Sodré e arredores com serviços de

saúde e a participação de demais Secretarias Municipais. As atividades foram concentradas na Escola Polo Maria Manoela da Cunha Teixeira, durante a manhã.

1 – Prestação de contas do exercício 2011, compreendendo o demonstrativo do balanço e resultados, e Deliberação sobre a destinação do resultado do exercício.

Corte de cabelo foi oferecido aos moradores do interior

2 – Eleição para o cargo de VICE-PRESIDENTE, para o mandato de 3 (três) anos e renovação de 1/3 (um terço) do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal. 3 – Fixação do valor da gratificação para o Presidente, para o Vice-Presidente e para o Dietor-Secretário. 4 – Outros assuntos de interesse da sociedade. Com referência ao item dois deste Edital, o prazo de inscrições dos Candidatos é de 10 (dez) dias, contados da primeira publicação do presente Edital na Imprensa. Os pedidos de inscrições serão recebidos na Sede Social das 8:30 hs às 11:30 hs, e das 14:00 hs às 17hs hs. SÃO GABRIEL, 01 DE MARÇO DE 2012

EDITAL COOPERATIVA DE LÃ TEJUPÁ LTDA CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA O Presidente da COOPERATIVA DE LÃ TEJUPÁ LTDA, sociedade que conta em seu quadro social com quatro mil novecentos e trinta e dois (4932) associados, usando das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 19 do Estatuto Social, convoca os senhores associados para a ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA a ser realizada no dia 30 de MARÇO de 2012, às 14:00 horas em primeira convocação, às 15:00 horas em segunda convocação, e as 16:00 horas em terceira e última convocação, tendo por local a sede da sociedade, situada nesta cidade, na rua General Câmara 810, a fim de deliberarem sobre a seguinte ORDEM DO DIA: 1 – Deliberação sobre encerramento das atividades das filiais das cidades de Rosário do Sul, Cacequi e Pinheiro Machado. 2 – Outros assuntos de interesse da sociedade. SÃO GABRIEL, 01 DE MARÇO DE 2012

Atendimentos médicos foram realizados no Sodré

Participaram da atividade as Secretarias de Saúde, Assistência Social, Transportes e Agricultura, com a oferta de serviços como exames de sangue, avaliações odontológicas, cadastro assistencial, vacinação, exames de colo de útero e preventivos, entre outros. Representando o Prefeito Rossano Gonçalves, os Secretários Paulo Forgiarini (Saúde), Otávio Dias (Transportes) e Erasmo Chiappetta (Agricultura) estiveram conversando com a comunidade colhendo sugestões e reivindicações. As famílias receberam orientações de planejamento familiar e esclareceram dúvidas. A equipe do Bolsa família realizou cadastros e pesagem das crianças cadastradas no

programa. No atendimento odontológico, além do escovódromo, todos receberam orientações para uma escovação correta e várias consultas foram marcadas com os dentistas do município. Ações como corte de cabelo, manicure e o Programa Primeira Infância Melhor (PIM), foram oferecidas também. O Comboio tem sua realização no interior no primeiro sábado de cada mês, levando serviços das Secretarias de Saúde, Educação, Transportes e Agricultura para as comunidades do interior. Nos próximos dias, deverá ser definida a data e a próxima localidade a ser atendida pelas ações da Administração Municipal.


10

SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

GERAL Dúvidas frequentes de português Ana Martha Focaccia

ÍTEM OU ITEM? Não são poucas as vezes que encontramos a palavra "item" grafada com acento, particularmente em relatórios ou exposições congêneres. É errado, entretanto, acentuá-la. De acordo com as normas de acentuação em vigor, as palavras cuja sílaba "forte" seja a penúltima (palavras paroxítonas) levam acento gráfico quando terminam por "N". Exemplos: Hífens, pólen, éden, Carmen, líquen, etc. Mas não o levam, quando terminam por M.

Informativo da Santa Casa ADMINISTRAÇÃO DA SANTA CASA ASSINA NOVA CONTRATUALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE EM PORTO ALEGRE

Na quarta-feira (1º), durante audiência com o Secretário Estadual de Saúde do RS - Dr. Ciro Simoni, mais um grande avanço da Santa Casa na prestação de serviços à comunidade de São Gabriel e região foi conquistado. Presentes na oportunidade o Provedor Roque Montagner, Administrador Antonio César Fontoura, Diretor Técnico Dr. Ricardo Coirolo e o Secretário Municipal de Saúde - Dr. Paulo Forgiarini. Segundo o Provedor após uma longa negociação da equipe técnica da Sta. Casa junto a eq. técnico da Secretaria Estadual da Saúde, culminou com o ato de renovação do convênio para prestação de serviços de saúde. Foi fundamental a participação da equipe da controladoria da Instituição formada pelo Adm. Fontoura, Mari Delolmo, Eduardo Azambuja e Luis Paulo Xavier. A Sta. Casa possui um sistema de avaliação de todos os custos dos serviços prestados com parâmetros para que através da renovação tivéssemos condições de contratualizar um valor mais justo, principalmente, para Autorização de Internação Hospitalar (AIH), o que foi concluído de forma positiva, até porque foi incluído na negociação o aumento da diária da CTI do nível 1 para o nível 2. Segundo Montagner, junto ao contrato foi aditivada a prestação de serviços pelo SUS de outros programas, como: atendimento Regional na especialidade de Otorrino e Urologia o que vem contemplar o atendimento da saúde do homem e da mulher com um nº maior de exames de mamografia e Ultrassonografia. Os programas contratados Urologia e Laringologia serão atendidos pelos médicos: Dr. Paulo Henrique Teixeira e Dr. Túlio Grazziotin, Dr. Rômulo Marques e Dr. Élisson Krug. Os atendimentos estão sendo realizados nos consultórios situados no térreo do PA 24 Hs, através de consultas pré-agendadas, de acordo com o calendário mensal de cada município e as cirurgias são realizadas no Bloco Cirúrgico do hospital. O Adm. Fontoura explica que cada Governo do RS implanta uma política de saúde com demandas prioritárias, sendo que o atual governador Tarso Genro não só manteve os (Programas Estruturantes), como ampliou o acesso da população usuária do SUS a outras especialidades no interior; iniciando o processado DESCENTRALIZAÇÃO dos centros maiores. "O trabalho da Adm. da Sta. Casa juntamente com a equipe técnica da controladoria prossegue. Sendo que já se encontra aguardando parecer favorável na 10ª Coord. de Saúde (CRS) que compreende 12 municípios, mais dois projetos regional de Neurologia e Pneumologia de média complexidade, que posteriormente deverá ser encaminhado ao Departamento de Assistência Hospitalar e Ambulatorial (DAHA). Todos os trâmites legais de um projeto desde sua elaboração até a finalização normalmente demora aproximadamente um ano para ser contratualizada a autorização para prestação dos referidos serviços".

Adão Santana participa de solenidade de incorporação no Exército Na manhã da sexta-feira (02]), o presidente da Câmara de Vereadores de São Gabriel - vereador Adão Santana (PTB), esteve participando na 13ª Companhia de Comunicações Mecanizada (13ª Cia Com Mec) - "Praça Forte de Caxias", da solenidade de incorporação do Efetivo Variável (recrutas) contingente 2012 daquela unidade militar. O evento realizou-se no pátio central do referido aquartelamento, que atualmente tem como comandante o Major Eugenio Corrêa de Souza Júnior. Na oportunidade, o comandante presidiu a formatura com a primeira solenidade de abertura do portão principal e na sequência foram incorporados 75 novos militares, principalmente de

São Gabriel e também alguns jovens oriundos de Bom Retiro e Cruzeiro do Sul. Na ocasião, estavam presentes representantes dos poderes constituídos, autoridades civis e militares, bem como os familiares dos novos jovens que passaram a integrar as fileiras do Exército Brasileiro e convidados especiais, entre outros. Naquele momento, Adão Santana destacou que o Exército Brasileiro confere ao cidadão uma vida mais disciplinada e que sempre foi, é e continuará sendo o prolongamento de nossas casas, onde nossos filhos recebem os últimos ensinamentos para forjar definitivamente sua personalidade. O Presidente frisou ainda os trabalhos sociais que os militares desenvolvem em todo o

Qualidade e bons preços são nossas marcas.

Con

! fira!Endereço: BR-290 - KM 420 Fone: 3232.5050 ou 3232.5933

Presidente Adão Santana participou da solenidade território nacional e nas regiões mais remotas e isoladas do Brasil, ações de cunho social de valor inestimável, levando serviços de saúde para populações carentes, prestando socorro em situações de calamida-

de, etc, sempre garantindo a lei e a ordem. "Nosso Exército Brasileiro - "Braço Forte, Mão Amiga" vem dando cada vez mais, exemplos de responsabilidade, humanidade e honradez", finalizou Santana.


SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

11

ESPECIAL

FATO EMPRESARIAL

Roberto Vaz: Tradição familiar para o comércio e para o sucesso Tradição familiar, empenho e dedicação, saudosista pela cidade, mas visionário para os negócios; Esta frase possui a essência de Carlos Roberto Vasques Vaz, proprietário do Ponto 225 e do Cine Café. O gabrielense de 48 anos nasceu e foi criado na cidade. O pai João Carlos Vaz foi porteiro do Clube Comercial por décadas e para complementar a renda familiar ele exercia a atividade paralela de garçom na noite gabrielense. João Carlos trabalhava nos clubes e antigos bailes tradicionais da cidade, servindo autoridades e personalidades célebres de uma São Gabriel reluzente, de décadas passadas. Roberto, como é chamado, começou a trabalhar de garçom com apenas 13 anos, para ajudar ao pai. A mãe sempre foi comprometida com a família e cuidava do lar. O irmão Fernando também desenvolveu o tino comercial e hoje é proprietário do Bar do Nando, que também serviu de ocupa-

ção para o Seu João Carlos até o fim de sua vida. Na década de 70 Roberto casou-se com Marta Valdez Vaz, sua amada companheira na vida e nos negócios. Logo após a união mudaram-se de São Gabriel, pois Roberto exerceria a função de gerente nas antigas lojas Pernambucanas, em diversas cidades do estado e também fora dele. Quando a empresa fechou em 1993, Roberto voltou para sua terra natal. Ainda em 1993, Roberto resolveu aproveitar o talento para o comércio a abriu o seu primeiro estabelecimento. O bar e lancheria Ponto 225 foi instalado em um ponto comercial bem em frente a escola XV de Novembro, já pensando no movimento de jovens e crianças, que era o público desejado. A época era de crise e mudança de planos monetários no país, mas nem isso amedrontou Roberto e sua esposa, que encararam o desafio. Desde o começo investiram em

lanches e sorvetes de fabricação própria. O estabelecimento cresceu, mas depois necessitou ser reduzido, pois parte do prédio havia sido vendido para uma grande rede de lojas do estado. Assim Roberto precisou engavetar algumas idéias que tinha para o seu comércio, mas sempre acreditou que poderia, um dia, tirá-las do papel.

transformou o local em uma grande lancheria, café e implantou um buffet para os seus sorvetes caseiros. Manteve o nome de Cine Café pela proximidade do extinto Cine Vitória, e é esta a explicação que dá aos visitantes da cidade quando lhe questionam sobre o nome do estabelecimento, explicando também um pouco da história gabrielense.

Giuliano, Marta e Roberto: o amor familiar

Roberto: o orgulho de fazer o comércio prosperar Em 2009 o empresário ficou sabendo que um amigo queria vender seu ponto, localizado bem no calçadão da cidade. O Cine Café surgiu para Roberto como uma oportunidade única de ampliar seus negócios e colocar em prática tudo que havia sonhado para o Ponto 225. Na época o estabelecimento no calçadão de

Cine Café oferece o melhor em lanches e sorvetes

João Carlos, garçom nas noites São Gabriel desenvolvia atividades de locadora de dvd’s e de um “café bar”. Com o apoio da esposa e do filho, Roberto adquiriu o ponto e desde o começo extinguiu a locadora e

Além de um empresário de sucesso, Roberto é um apaixonado por São Gabriel. A prova disto é que possui um grande acervo de fotos antigas do município. Algumas estão expostas em pequenos quadros nas paredes do Cine Café, como as extintas Ponte Seca e Ponte Móvel do Rio Vacacaí. Também em local de destaque na parede há uma foto do pai João Carlos, exercendo sua função de garçom em um tradicional baile do Clube Caixeiral. Roberto lamenta não poder ampliar mais as fotos e fazer delas painéis, pois são muito antigas e de baixa qualidade fotográfica. Os negócios para a família Vaz estão progredindo. Como Roberto está sempre buscando novidades para trazer para a cidade, suas idéias estão em constante movimento. Uma das provas desta busca incansável por novidades é vista sobre as mesas dos clientes do Cine Café: As Torres de Chopp, que são únicas na cidade. Há mais de um ano elas viraram mania na noite gabrielense. Outra mostra desta bus-

Vidraçaria

Borges - Vidros - Espelhos - Box temperados acrílico - Gravuras (Arte Francesa) - Molduras Rua Cel. Sezefredo, 640 Fone: 3232.2422

Barão de São Gabriel, 943 Centro Fone: 3232.6420 ou 3232.4848

ca de novos desafios e novidades é a implantação de uma padaria própria na parte superior do comércio. Pensando em criar mais um diferencial para seus lanches, com tamanhos e formatos variados de pães de fabricação própria, Roberto a colocará em funcionamento, ainda no mês de março. Ele quer trazer para São Gabriel um hábito, ainda não muito comum na cidade, que é de se desfrutar um belo café da manhã fora de casa com pão quentinho, café de qualidade, atendimento ágil e preço acessível. Roberto também acredita que um trabalho de qualidade envolva exclusividade e está relacionado aos pequenos detalhes. Pensando nisso oferece aos seus clientes embalagens de sorvetes e milk shakes personalizadas e sachês de açúcar e adoçantes que também trazem a marca Cine Café. Hoje a família Vaz emprega 17 funcionários nos seus dois pontos comerciais. Marta é responsável pelo Ponto 225 enquanto Roberto divide com o filho Giuliano, de 23 anos, a responsabilidade de comandar o Cine Café. Segundo o empresário uma das maiores dificulda-

des hoje é de conseguir mão de obra especializada em lanches e cozinha, e garçons. Para ele seria mais fácil se as entidades de classe trouxessem cursos de aperfeiçoamento e formação destes profissionais. Roberto trabalha de segunda a segunda-feira e, apesar disto, se considera realizado. No entanto não é por se sentir pleno que ele deixa de buscar novos desafios, afinal ele não gosta da mesmice. Seu sonho em curto prazo é de que o café da manhã no Cine Café desperte o interesse dos gabrielenses, que poderão fazer disso um hábito gostoso e saudável, como em outras diversas cidades, em que as pessoas se encontram logo cedo nos estabelecimentos para desfrutar da primeira refeição diária lendo seu jornal e conversando sobre os assuntos mais variados com amigos. E desta forma, satisfeito com o que já foi realizado e impulsionado com tudo que ainda virá, Roberto Vasques Vaz segue a tradição familiar para o comércio, sempre inovando e conquistando a confiança dos seus clientes. Roberto Vasques Vaz representa a força da fé e da confiança de um homem em nosso município.


12

SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

OPINIÃO

1- Ordem do Kassab, coligações do PSD só depois de março. 2- O PSD local, o “A TURMA” já sabe, coligações passarão pelo crivo da executiva estadual, Danrlei me disse em Porto Alegre. 3- FANTÁSTICA a nova loja na General Mallet, galeria Rosinha, lado nobre, é uma loja estilo as lojas de Dubai. 4- Inauguração em breves dias. É uma boutique da mais alta categoria. Seu nome: SUBVERSA.

cio e Tanuri, com a sua Casa Nova, um Cartão Postal da cidade. 5- Eis os jovens Mano da Pop e Rogério Fialho, 7- RECORDAR É VIVER. Sim a Rádio Ganum bate-papo alegre, com recordações mui- brielense já teve grandes locutores. A ZYOtas dos áureos tempos de solteiro. A vida é as- 2, a Rádio São Gabriel marcou época. No auge da Rádio, o jornalismo era o ponto alto sim. Festa alegre no Casarão. obrigatório do saudoso Arnaldo Balvé, em todas as suas 17 emissoras de rádio, de ponta a ponta do Estado. Se tinha uma Rádio, esta era do seu Balvé, que deixou de total herança para seu filho Frederico Arnaldo Balvé. ÒH E.C. INTERNACIONAL. Na foto histórica os dois grandes locutores

6- Turma forte, amiga e unida. Chico, Tadeu, o corretor de sucesso, o forte candidato Inocên-

JORGE SANTOS Revendedor Massey Ferguson

Aero Agrícola Gabrielense A segurança do sucesso de sua lavoura

Rua General Mallet, 82 Fone: 3232.5233 ou 3232.5844 Hangar: 3232.6433 ou 3232.4104

Oswaldo Nobre e Antônio Paulo, fazendo o GRANDE JORNAL FALADO AIMORÉ INFORMA. 8- Inquilinos, já recebendo as notificações para entregar as lojas alugadas no Hotel Praça. Negócio de primeira. 9- Em alta o locutor Gilberto Melo, seu trabalho ao lado da fantástica Ana Rosa na cobertura do carnaval pela Batovi foi ESPETACULAR. 10- Não tem dúvidas MIGUEL HAMILTON técnico de Rádio é dos melhores, sem exagero do Estado. MIGUEL HAMILTON um SENHOR PROFISSIONAL.

Comércio de Cereais Santa Margarida O maior nome em compra e venda de cereais em São Gabriel e Santa Margarida

Sindicato Rural Uma força ao lado do produtor Rua Barão do São Gabriel, 943 Fones: 3232.4848 ou 3232.6969

NEI SARI - Classe e honestidade


SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

13

SOCIEDADE Para vocês, mulheres tão especiais...

Giro Social

brie , ga o p e l nal c S a o Paul naci A n a lo inter e mod

lense

Mulher... Que traz beleza e luz aos dias mais difíceis Que divide sua alma em duas Para carregar tamanha sensibilidade e força Que ganha o mundo com sua coragem Que traz paixão no olhar Mulher, Que luta pelos seus ideais, Que dá a vida pela sua família Mulher Que ama incondicionalmente Que se arruma, se perfuma Que vence o cansaço Mulher, Que chora e que ri Mulher que sonha... Tantas Mulheres, belezas úniimeira cas, vivas, es, pr onçalv Cheias de mistérios e encanto! Adriana G Mulheres que deveriam ser lem- dama bradas, amadas, admiradas todos os dias...

Beleza jovens e simpatia transm mulhe itid res

as pela s

8 de março - Dia Internacional da Mulher

Ana Pa ula Ross , cirurg iã-d

Candinha Chiappetta, empresária

Cláudia

Brandã

o, emp

resária

Ana Helena Barbosa de Abreu

Pre-Vit

ta

Rita Dias, advogada

EuláliaGomes,empresáriaEllas

entista

Renata Altíssimo, arquiteta

Juliana Medeiros Carvalho, empresária Boteco Bohemia

Quele Dornelles, empresária Quele Dornelles - Salão de Beleza

6 x nos cartões 30% para 30 dias Outlet 50% à vista 30% para 30 dias

Alphorria, M.Officer, Borda Barroca e Acostamento Rua General Mallett, 600 – sala 01- Tel.: (55) 3232-2163 E-mail: kamisaria@gmail.com

Reservas: 9969-8705

Wandira Chaves, defensora pública aposentada


14

SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

GERAL Arroz: a colheita, a política e o futuro Em fevereiro fui a Restinga Seca, para a Abertura Oficial da Colheita do Arroz, anualmente promovida pela Federarroz com a parceria da Farsul, Irga e outras forças do agronegócio gaúcho. Neste ano, o evento foi realizado sob a tensão da mais grave crise de comercialização da história do setor, fortemente agravada pela estiagem que castigou o Estado. Havia, portanto, grande expectativa com relação ao pronunciamento das autoridades, sobre que providências seriam anunciadas. O ministro da agricultura Mendes Ribeiro Filho foi taxativo ao propor a proteção do arroz brasileiro contra a concorrência do produto argentino e uruguaio, que chega ao nosso mercado a preços mais competitivos que o nosso arroz, que é pressionado pela alta carga tributária e exigências sanitárias. Em seguida, foi a vez do governador Tarso Genro, que se dispôs a liderar as reivindicações do setor junto ao Governo Federal, algo surpreendente se recordarmos a visão nada amigável de seu grupo político sobre o chamado agronegócio "empresarial". A expectativa agora é que os discursos se traduzam em ações efetivas. É ilusão pensar que o governo brasileiro, grande fiador da existência do Mercosul, irá modificar sua postura histórica em relação ao pacto de uma hora para outra, adotando medidas protecionistas que os governos do outro lado do Prata não tem qualquer receio de praticar. O arroz dos "hermanos" serve como contrapeso para garantir que o produto chegue barato na cesta básica. A saída pelo mercado externo, em tempos de dólar volátil e crise internacional, é também uma incógnita. Reduzir a produtividade para elevar o preço, numa aplicação ingênua da lei da oferta e da procura, seria entregar a nossos concorrentes de fala hispânica uma fatia maior do nosso mercado interno, que seria dificílima de recuperar. Além do mais, o arrozeiro daqui depende quase que totalmente de sua lavoura para seu sustento, não dispondo de "safrinha" nem safra de inverno, porque as áreas de arroz não podem ser substituídas com facilidade por outras culturas. A cultura de arroz é a que detém a cadeia logística mais estável do Estado, com várzeas preparadas, barragens e armazéns, uma estrutura que não poderia ser facilmente empregada por outra cultura. Esperamos que nossas autoridades tenham a sensatez de construir soluções para este embate, conferindo ao arroz nacional a plena viabilidade econômica, com geração de renda coerente com o lugar de destaque que possui na alimentação básica do brasileiro.

Tarso Francisco Pires Teixeira Presidente do Sindicato Rural de São Gabriel Vice Presidente da Farsul

PRECISA-SE DE FARMACÊUTICO General Marques, 261 Fone: 3232.5600 e 3232.1010

IBGE projeta queda de população brasileira a partir de 2030 As mulheres brasileiras têm tido menos filhos e engravidado mais tarde. Os primeiros resultados do questionário mais completo do Censo 2010 mostram que a taxa de fecundidade teve uma forte queda em 10 anos e chegou a 1,86 filho por mulher, abaixo no nível de reposição da população, de dois filhos por mulher. Se a queda nos nascimentos e o envelhecimento da população mantiverem esse ritmo nas próximas décadas, a partir de 2030 a tendência será de estabilização e depois de diminuição de habitantes, diz o Instituto Bra-

sileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Isso porque o número de nascimentos deve igualar e, em seguida, ficar menor que o de mortes. Os números apontam uma tendência de diminuição da gravidez na adolescência e aumento entre as mulheres de mais de 30 anos. Em comparação com o Censo 2000, os dados mostram que as brasileiras têm deixado de ser mães tão jovens como constatado na década anterior. Há dez anos, 18,8% dos nascimentos ocorriam na faixa dos 15 aos 19 anos e 29,3% entre 20 e 24 anos

Essas proporções caíram para 17,7% e 27%, respectivamente. Os nascimentos na faixa de mais de 30 anos, que eram 27,6% do total, subiram para 31,3%. O dado mostra-se positivo, pois aponta a redução das mães muito jovens e a tendência de as mulheres terem filhos quando estão mais maduras não apenas financeiramente, mas emocionalmente também. A tendência de envelhecimento da população muda substancialmente as políticas públicas e vai requerer infraestrutura para pessoas idosas e oferta de mobilida-

de para a população que fica mais velha. Entre 2000 e 2010, a taxa de fecundidade foi reduzida em mais de um quinto (22%), passando de 2,38 filhos por mulher para 1,86. Em 1940, a taxa era mais de três vezes maior: 6,16 filhos por mulher. Números de São Gabriel Ano 2011 Nascimentos 750 Óbitos 469 FONTE: Relatório de Atividades da Santa Casa de Caridade de São Gabriel / 2011

Seca: Colheita do soja sofreu sérios prejuízos Apesar das boas chuvas que marcaram o final do mês de fevereiro, os prejuízos causados por praticamente três meses de estiagem serão bastante intensos na colheita do soja plantado na área de abrangência de São Gabriel e Santa Margarida do Sul. A afirmação é do presidente da Associação dos Sojicultores, Rodolfo Gonçalves, que na manhã desta sexta-feira esteve em reunião com o presidente do Sindicato Rural de São Gabriel, Tarso Teixeira. Segundo o líder sojicultor, o maior prejuízo se verificou nas chamadas lavouras precoces, que tiveram seu plantio iniciado no período de outubro, com manejo acelerado. "A soja precoce plantada no cedo apresentou uma grande quebra. Quem esperava colher 40 a 60 sacas está colhendo, em média, 10 por hectare, num prejuízo que, no que diz respeito a esse tipo específico de soja, supera os 80%", ressaltou. Cerca de 30% da lavoura de soja de São Gabriel e Santa Margarida é do chamado soja precoce. Houve também danos nas variedades de ciclo médio, mas com intensidade menor. "Esta seca seguramente foi uma das maiores de todos os tempos no Estado, o que seguramente obrigará as autoridades a adotar um planejamento que impeça estes

Seca atingiu severamente plantações de Soja prejuízos tão graves à economia do Estado e dos municípios", ressaltou Tarso Teixeira.

Perfil de estudante de pós é feminino A busca por pós-graduação no Brasil, lato e stricto sensu, parte de um grupo majoritariamente feminino, com idade média de 34 anos e renda acima da média nacional. É o que apontam os dados da última Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) do IBGE (Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), de 2009. As mulheres representam 58% dos estudantes nesse nível de ensino. Apenas no mestrado profissional o número de homens é maior. Segundo a Capes, 4.167 mulheres se matricularam nos cursos da modalidade, contra 5.937 registros masculinos. Estudantes de ambos os sexos têm renda familiar média de R$ 7.227,76. Para Fabio Gallo Garcia, professor da FGV (Fundação Getulio Vargas) e autor do livro

"Como Planejar a Educação", trata-se de uma parcela da população que tem acesso à formação superior. A Pnad, que considerou alunos inscritos em instituições de ensino privadas, contabilizou 330.351 matrículas em cursos de pós no país. "O alto número de alunos se deve ao fato de que parte deles faz cursos de especialização lato sensu, não computados nas pesquisas encomendadas pelo governo federal", explica Simon Schwartzman, pesquisador do Instituto de Estudos do Trabalho e especialista em pesquisas sobre ensino superior. Na pesquisa da Capes sobre pós stricto sensu com dados do mesmo ano, as matrículas somam 161.117, um pouco acima do contabilizado pela Pnad só no setor público, que oferece a maioria dos cur-

sos desse tipo no Brasil. FORMAÇÃO TARDIA A idade com que os brasileiros têm concluído a pós-graduação preocupa os especialistas. "Caracteriza a formação tardia, causada principalmente por alguns doutorados ainda requererem o mestrado como etapa intermediária, prolongando o tempo para a qualificação", observa Schwartzman. Para quem entra diretamen-

3232.3279

te no doutorado após a graduação, é possível se formar antes dos 30 anos. Para o pesquisador, essa é a maneira mais rápida de alcançar melhores salários e impulsionar a carreira antes daqueles que entram na pós com idade superior. "A maioria das pessoas com essa formação no país é mais velha que em países mais desenvolvidos e trabalha sobretudo na docência", especifica.

9629.1732

Lanches A La Carte Petiscos à noite Tudo isso com estacionamento privativo Avenida Antônio Trilha, 1510 Telefones: (55) 3232.3279 e (55) 9629.1732


SÃO GABRIEL - RS email: ofato@r7.com

7 de março de 2012

15

GERAL

A homenagem que já tem mais de um século de vida Ao longo dos anos, muitas têm sido as vitórias das mulheres. Conquistaram direitos como o de freqüentar escolas, votar e se candidatar a cargos políticos, praticar esportes e representar o país em competições esportivas, entre outros. Também foram criadas delegacias de proteção à mulher e campanhas direcionadas à saúde da mulher, como a sobre o câncer de mama. Hoje o Brasil tem mais mulheres do que homens. Elas ocupam cada vez mais espaço no mercado de trabalho. E, para se ter uma idéia, elas já são responsáveis por 24,9% dos domicílios brasileiros. Em 1911, quando as mulheres não tinham o direito ao voto em praticamente todo o mundo, o dia

delas começava a ganhar o planeta. Para se chegar a esta data foram precisos uma revolução, protestos violentos e que centenas de mulheres dessem a cara e o corpo para bater e até ser queimado. Ainda no final do século XVIII, a escritora britânica Mary Wollstonecraft levantava a questão de como a mulher era tratada. Condições subumanas, carga horária pesada e salários bem mais baixo do que os dos homens já eram apontados para mostrar quanto elas eram consideradas de forma diferente - e, pior, como algumas são até hoje. Assim, menos de 70 anos após a Revolução Industrial, em 08 de março de 1857, trabalhadoras de uma fábrica têxtil, apelidadas então de ‘funcionárias das vestimentas’, protestaram por melhores condições de trabalho em Nova York

Protestos feministas sempre lembram a "Queima dos Sutiãs"

e o que ganharam, a curto prazo, foi a violenta resposta de policiais. Mas aquela data não passou em branco dentro da história. Dois anos depois, também em 8 de março, mais mulheres fizeram uma força única e começaram a obter os primeiros direitos de trabalho por intermédio de uma associação. Fato este que impulsionou o direito das mulheres dezenas de anos depois. Em 1908, também em 8 de março, 15 mil mulheres se juntaram na cidade de Nova York e fizeram novo protesto reclamando por seus direitos e também protestando contra o trabalho infantil. Em maio do mesmo ano, o Partido Socialista da América estabeleceu que o último domingo de fevereiro seria o “Dia Nacional das Mulheres”, data mantida até 1913. Em 1910, organizações socialistas se encontraram em Copenhague, na Dinamarca. Lideradas pela alemã Clara Zetkin, resolveram adotar uma data fixa para celebrar o dia delas no mundo todo. Ficou acertado que seria em 19 de março, e já no ano seguinte países como Dinamarca, Suíça, Alemanha e Áustria o adotaram. Em 1911, porém, é que o movimento acabou ganhando força. Novamente em março, mas agora no dia 25, 141 trabalhadores dos 500 presentes na fábrica, entre

mulheres, crianças e adolescentes italianos e judeus europeus, morreram em um incêndio na companhia Triangle Waist Company. A tragédia acabou sendo chamada de, em livre tradução, o ‘trágico incêndio no Triângulo’. Após os relatos desesperados e as histórias das condições subumanas que eram implantadas na fábrica, a revolução começava a dar voz e direito às pessoas, principalmente para as mulheres. Lideradas pela União das Moças Trabalhadoras do Vestuário e da Liga da União das Trabalhadoras, conseguiram os primeiros avanços. Entre eles, de obrigar que as empresas mantivessem abertas as portas de emergência. Antes, os empresários fechavam todas alegando que havia furto de produtos. A data de 8 de março, porém, ganhou destaque na Rússia. Em 23 de fevereiro de 1917 pelo calendário Juliano, que coincidentemente caiu em 8 de março pelo calendário gregoriano, o czar russo Nicolau II foi obrigado a deixar o governo e garantir o direito ao voto das mulheres. Somente em 1975, 64 anos depois da convenção socialista e 30 após a sua criação, as Nações Unidas resolveram adotar a data de 8 de março como oficial para celebrar o Dia Internacional

Foto registra a Marcha Feminista de 1977 da Mulher. A fixação da data é o reconhecimento e o coroamento de um longo processo de lutas, organização e conscientização das mulheres, e também de toda a da sociedade,

na maior parte do mundo. Neste 8 de março, a direção e equipe do Jornal O Fato deseja a todas as mulheres ainda mais sucesso e crescimento em suas vidas pessoais e profissionais.

A vitrine perfeita para você vender o seu carro. Passe em nossa loja e faça um ótimo negócio.

Kia Soul 2010 R$ 43 mil

Palio Faire 2008 R$ 21 mil

Eco Sport xlt 2005 R$ 35 mil

Marcela Toledo Telef one: 3237-1708 elefone:

Gol Completo 2009 R$ 28 mil Avenida Antônio Trilha, 1496 Telefone: 3232.2936 ou 8456.2936.

PROMOÇÃO DO SUPERVANHOVE SUCO UVA PANIZZON 1,5L.....................................6,99 FAR.TRIGO FLOR DO TRIGO 1KG.........................0,99 REFRIG.COCA 2L.......................................................3,39 COSTELA MINGA KG.................................................7,98 CERV.ANTARCTICA SUB ZERO LATÃO 473ML....1,59

Rua Tristão Pinto, 992 - Fones: 3232-1868 e 3232-6468 Email: mercadovanhove@hotmail.com

NESTA SEXTA E SÁBADO SUPER OFERTA DE HORTIGRANJEIROS SUPERVANHOVE SEMPRE COM BONS PREÇOS PARA VOCÊ FAZER BOAS COMPRAS!


O Fato Um jornal a serviço do povo! São Gabriel, 7 de março de 2012

T E M P O

Previsão do tempo para esta quarta-feira

Sol com algumas nuvens. Não chove

Rota do crime? Tentativa de assalto a banco deixa São Gabriel em alerta Estaria São Gabriel na rota dos assaltantes de banco? Depois da Estação Rodoviária, agora foi a vez da agência local do Banco Santander se tornar alvo dos bandidos. O crime aconteceu na madrugada de domingo (4) e é o assunto do momento. De acordo com a Polícia Civil, responsável pela investigação do caso, meliantes invadiram o espaço onde ficam os terminais eletrônicos e danificaram um dos aparelhos. No entanto, um fato pitoresco

Sementes de Cereais Adubo Ureia Calcário Fertilizantes Matriz: São Gabriel-RS

Filial: BR 290 - KM 395 Fones: 55. 3505. 5100 e 9938.7578

chamou a atenção da Polícia: os assaltantes fugiram antes de concluir o furto. Na manhã de domingo, a ROCAM, da Brigada Militar, foi acionada e informada de estragos no prédio. A Brigada Militar manteve o local isolado, aguardando o deslocamento de uma equipe do Instituto Geral de Perícia (IGP) para São Gabriel. Ainda no começo da manhã, os PM's foram informados que não haveria perícia e que o material usado pelos

bandidos - um maçarico, cilindros de oxigênio e uma lona poderia ser retirado do prédio. Junto ao local do crime, havia marcas de sangue, o que leva a Polícia a crer que possa ter acontecido desentendimento ou algum tipo de ferimento. Desde dezembro de 2011, o Banco Santander está com uma porta provisória de madeira. Os ladrões aproveita-

ram a fragilidade do sistema de segurança para invadir e iniciar a operação criminosa. Outro fator que colaborou com os bandidos, foi que o Santander não possui câmera de segurança. As ações ousadas de quadrilhas para arrombar bancos parece que chegou a São Gabriel. O clima no município é de apreensão.

*CASA MISTA BAIRRO INDEPENDÊNCIA R$ 43 MIL 2 dormitórios, sala, cozinha, banheiro. ____________________________________________________________ *CASA BAIRRO SANTA CLARA R$ 60 MIL 2dormitórios, sala, cozinha, banheiro, terreno 10x30 ___________________________________________________________ *CASA BAIRRO INDEPENDÊNCIA ( financiável) R$ 65 MIL 2 dormitórios, sala, cozinha, banheiro. _____________________________________________________________ * APARTAMENTO BAIRRO VARGAS R$ 95 MIL 2dormitórios, sala, cozinha, banheiro. ______________________________________________________________ *CASA NO BAIRRO CAMITA R$ 125 MIL 3 dormitórios, sala, cozinha, área de serviço, 2 banheiros, garagem, churrasqueira. ______________________________________________________________ *CASA BAIRRO CIDADE NOVA ( financiável) R$ 135 MIL duas casas no mesmo terreno de esquina. Na frente 3 dormitórios, sala, cozinha, banheiro, garagem. No fundo, 2 dormitórios, sala, cozinha, banheiro e garagem _______________________________________________________________ *APARTAMENTO VILA LIMA R$ 155 MIL 2dormitórios, sala, sala de jantar, cozinha, área de serviço, banheiro, box p/ carro. _______________________________________________________________ *CASA NOVA NA AV. SEBASTIÃO MENNA BARRETO R$ 170 MIL 3 dormitórios, sala, sala de jantar, cozinha, área de serviço, 2 banheiros, garagem.( financiável) _______________________________________________________________ *SOBRADO AV. FCO. HERMENEGILDO R$ 320 MIL 1°piso, 2dormitórios, sala, cozinha, área de serviço e garagem. 2° piso, 2dormitórios, 2salas, sala de jantar, cozinha, área de serviço, churrasqueira, garagem. R$ 320 MIL _______________________________________________________________ *Terreno 8x 28 Bairro 3 de Outubro R$ 22 MIL *Terreno 12X60 Bairro Gabrielense R$ 32 MIL *Terreno 30x120 Bairro Dr. Dacio R$ 35 MIL *Terreno 16x110 Av. Fco. Chagas R$ 45 MIL *Terreno 15X53 General Camara R$ 100 MIL __________________________________________________________ FAÇA-NOS UMA VISITA E CADASTRE SEUIMÓVEL PARA VENDA !!!! FONE: 32326409 - 91644892 - 96959586 RUA CELESTINO CAVALHEIRO N°724 SALA 5

O Fato 7 de março de 2012  

Jornal O Fato 7 de março de 2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you