Page 5

falecimento de sua mãe, Dona Maria, Mãe Nalva termina o primeiro casamento e inicia sua vida religiosa, pois já estava incumbida de dar continuidade (herança) na tradição da família, (década de 1990). No candomblé é iniciada por Yanarê de Iemanjá, filha de santo de Dewí e neta de santo de Obatundewí Yalorixá do terreiro dos Três Unidos, de Salvador. Por conta da distância, Mãe Nalva não quis ir pro terreiro de sua mãe biológica, em Ananindeua, quando teve que assumir suas responsabilidades da herança, alguns anos após iniciada no candomblé. Recebeu os direitos para se tornar uma Yalorixá e abre seu terreiro, na casa onde mora, no bairro do Terra Firme (final da década de 1990, inicio da década de 2000). Nesse mesmo período Mãe Nalva ingressa no Projeto Atoíre, que é o inicio da Rede de Religiões de Matrizes Africanas, dando inicio ao ativismo em movimentos sociais. Em 2002 (oficialmente em 2004) surge a Aciyomi. - Dentre os filhos de santo, estão duas irmãs biológicas de Mãe Nalva (filhas do segundo casamento de Dona Maria) e seus filhos (3 ou 4) e uma sobrinha, filha de outra irmã (filha do primeiro casamento de Dona Maria) com seus filhos (2). Mãe Nalva informa que o No Pará 600 pessoas morreram de Aids por falta de remédios e de médicos. o Existe um Conselho do Negro - CEDEMPA – defesa do negro. Aciyomi atividades: Coordenação da Rede Nacional de Religiões Afro e Saúde Rede estadual de saúde Comunidades tradicionais Fórum Nacional de Segurança Alimentar – e distribui cestas de alimentos para a comunidade sua e para outros terreiros Oficinas de artesanatos Tem um projeto de telecentro, mas não está montado, embora já tem os equipamentos Atualmente está a montar um banco comunitário – ABAMODÁ- junto ao Banco do Amazonas. Disponibilidade de histórias infantis. Redes Aconselhamento HIV Serie de exames, feito em colaboração com a Saúde Estadual Vacinação Tem cota de preservativos para distribuição.

Ile e Aciyomi: Mãe Nalva morava na mesma casa (do Ile) há mais de 30 anos, e transforma em casa de Macumba, 2002/3- faz a 1ª. Filha de santo, Simoni, que é s/ irmã biológica. Assenta a casa www.ancestralidadeafricana.org.br

Diario de Campo Aciyomi  
Diario de Campo Aciyomi  

Diario de Campo Aciyomi

Advertisement