Page 1

T4

A Liderança e o Processo de Mudança

1

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança A forma como os Dirigentes interpretam e iniciam as questões estratégicas da organização determina a capacidade de resposta das organizações à mudança.

2

1


T4

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança A elaboração e mudança resulta:    

implementação

Das oportunidade que se oferecem; Dos problemas identificados; Da informação relevante; Da capacidade e constrangimentos organização.

da

da

3

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança Que factores determinam a forma como os Dirigentes avaliam e direccionam as mudanças? Qual a ligação entre a demografia dos Dirigentes e a mudança? 4

2


T4

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança O processo de decisão que define a mudança é: Ambíguo;  Complexo;  Não estruturado;  É influenciado pela percepção interpretação dos Dirigentes. 

e

5

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança A decisão de iniciar a mudança depende da percepção da oportunidade e dos constrangimentos.

6

3


T4

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança As organizações desenvolvem uma inércia que promove a manutenção do status quo, mesmo quando tal é disfuncional. Os Dirigentes têm de ser pro-activos para ultrapassar a inércia, se pretendem iniciar a mudança. 7

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança Características activos:   

dos

Dirigentes

pró-

Receptividade à mudança; Predisposição para assumir riscos; Diversidade de fontes de informação perspectivas; Criatividade e inovação.

e

8

4


T4

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança A composição demográfica dos Dirigentes é um indicador importante destas tendências.

9

10

5


T4

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança A percepção e interpretação de cada dirigente em relação às decisões sobre a mudança reflectem a base cognitiva de cada um deles.

11

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança A base cognitiva condiciona o processo de percepção sobre as decisões: 

Limitando o campo de visão do Dirigente ou as áreas em que vai incidir e direccionar a atenção; A percepção selectiva ocorre porque o Dirigente só presta atenção a alguns dos estímulos do seu campo de acção; A informação que é processada é filtrada através da „lente‟ da sua base cognitiva. 12

6


T4

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança

A homogeneidade demográfica está relacionada com a propensão para manter o status quo.

13

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança A homogeneidade promove:  

Solidariedade; Congruência com as crenças e percepções sobre a organização e o seu funcionamento; Conformidade com a falta de abertura à informação; Similaridade das percepções em particular as crenças, valores e atitudes, o que aumenta a identificação e coesão do grupo. 14

7


T4

A Influência da Demografia dos Dirigentes na Mudança A heterogeneidade promove: 

 

A diversidade das bases cognitivas dos Dirigentes; A diversidade de interpretações e perspectivas; A diversidade e variedade de Dirigentes facilita a capacidade de mudança da organização; A heterogeneidade tem associada a criatividade e a inovação.

15

O Processo de Liderança A liderança conduz à mudança, pois uma das suas funções consiste em determinar a direcção da organização através do estabelecimento de uma visão e da estratégia.

16

8


T4

O Processo de Liderança A visão do líder é a descrição de algo que se pretende no futuro: organização, cultura, tecnologia, actividades….. Em termos da essência daquilo que deve ser.

17

O Processo de Liderança A visão é suficientemente específica para proporcionar uma orientação real às pessoas, mas…. É suficientemente vaga para encorajar a iniciativa e para se tornar relevante.

18

9


T4

19

O Processo de Liderança O planeamento da mudança e a definição da visão e da estratégia são partes de um todo que serve propósitos diferentes.

20

10


T4

O Processo de Liderança No processo de mudança é importante que as pessoas estejam em sintonia com a visão e as estratégias de forma a facilitar a mudança. A comunicação emerge mecanismo fundamental.

como 21

O Processo de Liderança Para além da compreensão da mensagem, um aspecto central da comunicação é a credibilidade: fazer com que as pessoas acreditem na mensagem.

22

11


T4

O Processo de Liderança “As acções falam mais alto do que as palavras.” Necessidade de congruência entre as acções do líder e a mensagem que ele comunica. 23

O Processo de Liderança A liderança procura motivar as pessoas satisfazendo as necessidades básicas: Realização;  Pertença;  Reconhecimento;  Auto-estima. 

24

12


T4

O Processo de Liderança A motivação deve ser de longo prazo, exigindo: 

Visão e estratégia comunicada de forma continua; Comunicação com informação interessante para as pessoas; Envolvimento das pessoas nas decisões sobre a implementação.

25

O Processo de Liderança A liderança é o processo que ajuda a orientar e mobilizar as pessoas e as suas ideias.

26

13


T4

O Processo de Liderança O conceito de gestão está associado ao processo que procura a ordem e a consistência de dimensões chave da organização como a qualidade e eficiência, envolvendo o planeamento, a organização, direcção e controlo. 27

O Processo de Liderança A liderança produz movimento. São os lideres que criam as condições para a mudança. A mudança ocorre pelas acções dos líderes. 28

14


T4

29

O Processo de Liderança A gestão diferentes:

e

a

liderança

são

Na função  Na forma 

30

15


T4

31

16

A Liderança e o processo de Mudança  

Empresarialização dos Serviços Públicos

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you