Issuu on Google+

Avaliação do Encontro


Índice Avaliação do Encontro ........................................................................................... ................................ ........................... 1 Introdução ................................................................................................................................ ................................ ................................. 3 Organização do Encontro ................................................................................................ ................................ .......................................... 4 Figura n.º 1 – Divulgação do Encontro ................................................................ .................................................. 4 Figura n.º 2 – Secretariado / Organização do Encontro ........................................................ ................................ 4 Figura n.º 3 – Metodologia Utilizada no Encontro ................................................................ ................................ 5 Figura n.º 4 – Duração do Evento................................................................ Evento .......................................................... 5 Figura n.º 5 – Calendarização do Evento................................................................ ............................................... 6 Figura n.º 6 – Cumprimento dos Horários ................................................................ ............................................ 6 Intervenções .............................................................................................................................. ................................ .............................. 7 Figura n.º 7 – Como Classifica as Intervenções da Mesa Redonda I ..................................... ................................ 7 Figura n.º 8 – Como Classifica as Intervenções da Mesa Redonda II .................................... ................................ 7 Avaliação Global do Encontro de Voluntariado ................................................................ ........................................ 8 Figura n.º 9 – Correspondência do Evento às Expectativas do Participante no Encontro .... 8 Figura n.º 10 – Justificação do porquê da Afirmação............................................................ ............................ 8 Figura n.º 11 – Aspectos Positivos Apontados Apontados Durante o Encontro de Voluntariado .......... 9 Figura n.º 12 – Aspectos a Melhorar Apontados Durante o Encontro de Voluntariado ...... 9 Figura n.º 13 – Classificação Global do Encontro ................................................................ ................................ 10 Quadro n.º 1 – Sugestões para temas futuros ................................................................ .................................... 11

2


Introdução No sentido de poder aferir qual o grau de satisfação do participante no Encontro de Voluntariado “Criar Raiz”, organizado pelo p Grupo I da Plataforma SupraConcelhia oncelhia do Oeste, realizado no dia 20 de Maio de 2011 no Auditório da Casa da Música em Óbidos, foi entregue um questionário de avaliação onde eram colocadas questões respeitantes a três grandes aspectos: A Organização do Encontro, As Intervenções Realizadas e a Avaliação Global do Encontro de Voluntariado. Assim, os resultados apurados dos 87 questionários preenchidos de um total de 125 participantes no encontro (70%) são os que seguidamente se apresentam.

3


Organização do Encontro Figura n.º 1 – Divulgação do Encontro

Divulgação do Encontro Insuficiente; 2,30%

Suficiente; 17,24%

Muito Bom; 21,84%

Bom; 57,47%

O participante é de opinião que a divulgação do encontro é boa (58%), assim como o Secretariado / Organização deste (59%).

Figura n.º 2 – Secretariado / Organização do Encontro

Secretariado / Organização do Encontro Suficiente; 3,45%

Muito Bom; 36,78% Bom; 58,62%

4


Figura n.º 3 – Metodologia Utilizada no Encontro

Metodologia Utilizada no Encontro Suficiente; 10,34% Muito Bom; 22,99% Bom; 63,22%

A metodologia ia utilizada para a apresentação dos testemunhos é Boa (63%), à semelhança da Duração do Evento (71%). Figura n.º 4 – Duração do Evento

Duração do Evento Muito Bom; 8,05%

Suficiente; 17,24%

Bom; 71,26%

5


Figura n.º 5 – Calendarização do Evento

Calendarização do Evento Suficiente; 8,05%

Muito Bom; 22,99%

Bom; 63,22%

A calendarização do evento de entre as hipóteses de resposta Muito Bom, Bom, Suficiente, Insuficiente e Muito Insuficiente é considerada Boa (63%), bem como o cumprimento dos horários (47%). Figura n.º 6 – Cumprimento dos Horários

Muito Bom; 3,45%

Cumprimento dos Horários Muito Insuficiente; 1,15%

Insuficiente; 6,90%

Bom; 47,13% Suficiente; 40,23%

6


Intervenções Figura n.º 7 – Como Classifica as Intervenções Intervenç da Mesa Redonda I

Como Classifica as Intervenções da Mesa Redonda I Insuficientes; 1,15%

Suficientes; 4,60%

Muito Boas; 47,13% Boas; 47,13%

No que diz respeito às Intervenções das Mesas Redondas, estas estão divididas em duas partes, a Mesa Redonda I que decorreu no período da manhã e que tem uma avaliação repartida entre Muito Boas e Boas de igual modo (47%), e a Mesa Redonda II que decorreu no período da tarde e foram avaliadas como Muito Boas (63%). Figura n.º 8 – Como Classifica as Intervenções da Mesa Redonda II

Como Classifica as Intervenções da Mesa Redonda II Suficientes; 6,78%

Boas; 30,51% Muito Boas; 62,71%

7


Avaliação valiação Global do Encontro de Voluntariado Figura n.º 9 – Correspondência do Evento às Expectativas do Participante no Encontro

O Evento correspondeu às expectativas? Não; 1,22%

Sim, em parte; 43,90%

Sim, totalmente; 54,88%

Tendo em consideração aquilo que o participante do encontro esperava encontrar, este evento correspondeu às suas expectativas na totalidade (55%), justificando-se se com o facto de ter clarificado o conceito de “ser voluntário” (37%) e pela partilha de experiências (27%). Figura n.º 10 – Justificação do porquê da Afirmação

Justifique o porquê da sua afirmação Porque correspondeu às Outros factos apontados; 10,20% minhas expectativas; 10,20%

Clarificou o conceito do "Ser Voluntário"; 36,73%

A partilha de experiências; 26,53% A variedade e/ou qualidade dos temas abordados; 16,33%

8


Figura n.º 11 – Aspectos Positivos Apontados Durante o Encontro de Voluntariado Volunt

Aspectos Positivos Apontados Durante o Encontro de Voluntariado Outros factos apontados; 9,90%

Metodologia Utilizada; 4,95%

A apresentação do encontro; 10,89%

A partilha de experiências; 42,57%

A diversidade e qualidade dos intervenientes; 31,68%

Os aspectos positivos apontados durante o Encontro de Voluntariado prendem-se se com a partilha de experiências (43%) (43%) e a diversidade e qualidade dos intervenientes (32%). Os aspectos a melhorar mais referidos são o incumprimento dos horários e/ou programa (37%) e a Pouca Adaptação da Teoria à Prática (23%). (23%) Figura n.º 12 – Aspectos a Melhorar Apontados Durante o Encontro de Voluntariado

Aspectos a Melhorar Apontados durante o Encontro de Voluntariado Pouca divulgação Pouca interacção com a plateia; 13,95%

do encontro; 6,98%

Outros factos apontados; 18,60%

Incumprimento de horários e/ou programa; 37,21%

Adaptação da teoria à prática; 23,26%

9


Figura n.º 13 – Classificação Global do Encontro

De uma forma geral, como Classifica este Encontro Suficiente; 5,88%

Muito Bom; 34,12% Bom; 60,00%

Tendo em consideração tudo tudo o que atrás foi exposto e após consultada a opinião do Participante no Evento “Criar Raiz – Encontro de Voluntariado”, Voluntariado este foi classificado como Bom (60%).

10


Quadro n.º 1 – Sugestões para temas futuros

Sugestões temas futuros Mentalidade infantil Devia haver mais eventos sobre o voluntariado. Devia haver eventos práticos relacionados com o voluntariado. Sexualidade, poluição, animais extintos ou em vias de extinção Permacultura;; Alimentação Saudável; Sustentabilidade Ambiental; Vegetarianismo; Soluções para o futuro; Objectivos do Milénio; Exclusão Social; Racismo e Xenofobia; Emigração e Imigração; O Homem na Natureza; Arte Contemporânea; Cinematografia; Fotografia Digital; História tória da Humanidade; Globalização; Naturopatia; Saúde e Bem estar; Importância do Contacto com a Mãe Natureza Temas sobre o ambiente e a cultura Temas como a saúde (tratamentos para doenças graves) Lares de idosos, infantários, assistência social, centros de acolhimento de sem abrigo. Idosos, crianças, sobre a sociedade As diferentes áreas do voluntariado A importância do voluntariado no mundo. A importância e conhecimento que todas as pessoas têm sobre o voluntariado e a solidariedade Era importante, tante, numa próxima iniciativa, partilhar as experiências que pessoas fazem a nível local. Não partilhar só grandes experiências, ,mas partilhar grandes acções desenvolvidas por dezenas de pessoas localmente. Novas políticas para fomentar uma cidadania mais mais expansiva adequada e justa e que todos independentemente dos diversos estilos de vida diferentes possam ter acesso e informação Associativismo juvenil na região oeste. Todos os concelhos! Formação de voluntários - incentivação! Defesa dos animais, motivação de jovens na participação activa e de cidadania na sociedade em que se inserem. Iniciativas relacionadas com a acção social e solidariedade Esboçar de uma forma clara o papel do voluntário. Quem é, o que se pede. Temas relacionados com o serviço social e com idosos As instituições e a prática do voluntariado Interligação com entidades já no mercado há mais tempo. Exemplo, bombeiros, paróquias, junta de freguesia Apresentação de experiências de promoção de envelhecimento activo e outros membros da união europeia

11


12


Avaliação do Encontro de Voluntariado