Issuu on Google+

CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

1

29 de agosto Dia de combater o vício do fumo >> Pág 09

www.correiodomunicipio.com.br

SENTENÇA >> Pág 16

Após 6 anos, decisão em primeiro grau, condena candidato

A no II - E dição 87 - Itapema, 01 de setembro de 2012

Jardim Praiamar Falta de saneamento básico e fiscalização municipal expõe população à doenças infectocontagiosas >> Pág 05

Foto: Anselmo Vieira

RUGBY >> Pág 29

Itapemenses disputam final do estadual Série B no município

ABANDONO >> Pág 04

Feira quinzenal dá nova chance a animais de rua

Atletas de Itapema

em destaque >> Pág 04

SEMANA DECISIVA 75 recursos foram julgados na última sexta-feira. Você pode conferir os resultados no site: tre-sc.gov.br


2

CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

Opinião

A

Solução ou Omissão?

reportagem do Correio do Município esta semana acompanhou e fotografou as obras de extensão da Rua 462, no bairro Praiamar e ficamos pasmos com a situação vergonhosa das valas de águas pluviais. Toda aquela sujeira das valas que inunda aquele bairro está misturado com esgoto clandestino e água pluvial. O destino é o Rio da Fita que desemboca no Rio Perequê. O esgoto é tanto que a água é escura e com forte odor, deixando a localidade com um aspecto deplorável. De água pluvial não tem nada. O descaso do órgão ambiental municipal é flagrante. A Prefeitura Municipal afirma que tem a licença ambiental para realizar a obra de extensão, logo, é evidente que os técnicos da Fundação Ambiental Área Costeira de Itapema (FAACI) estiveram no local para vistoria e liberação da obra. A FAACI se preocupou em licenciar a obra de extensão, mas, deixou de verificar aquela imundice que escorre nas valas abertas pela Prefeitura, para as águas pluviais. Na verdade, não há fiscalização nenhuma, omissão total pelo Poder

Público. Os moradores do bairro despejam todo o esgoto da residência nas valas. O que adianta todo o trabalho da Companhia Águas de Itapema em coletar e tratar os esgotos da cidade, se a Prefeitura Municipal, que deveria zelar pela saúde dos cidadãos, não fiscaliza as ligações de esgoto clandestinas em valas para águas pluviais. Toda essa poluição está sendo despejada in natura diretamente no Rio Perequê, contaminando o ecossistema. A omissão na fiscalização é um caso sério, que o Ministério Público Estadual deve averiguar e punir os responsáveis. Sabe-se que tempos atrás foi encaminhada à Promotoria Pública de Itapema uma relação das edificações residenciais e comerciais que não estavam se utilizando da rede coletora de esgotos sanitários disponível, caracterizando crime ambiental e descumprimento da Lei Federal 11.445/07, e até agora nada foi feito. No bairro Praiamar está acontecendo à mesma coisa. A FAACI foi até o local para licenciar a obra da Prefeitura e sequer verificou o estado destas valas, como se não fosse sua obrigação. A solução da Prefeitura é canalizar todo esse esgoto, misturado

O FILHO DO SATANÁS Certa vez, no meio de uma viagem, após uma breve parada para abastecer o carro, dei carona para um sujeito de aspecto bizarro. Todo vestido de preto: calça, colete, paletó e camisa, além da gravata de um reluzente cetim escuro. Com o topo da cabeça calvo, mas que do meio para baixo, descia uma melena enegrecida que roçava, dobrando as pontas, logo acima dos ombros. Olhos miúdos, enviesados, cobertos por grossas sobrancelhas, que atiravam em desalinho uns fiapos de pelos compridos que enfeiavam a sua enorme testa. Magro demais, com o rosto ossudo, descarnado, meio cadavérico de tão pálido, e a boca despossuída de lábios, que mais parecia um preciso talho horizontal. Entrou e sentou, com as duas mãos cabeludas, esticando os dedos compridos e encaroçados, por cima das pernas, que terminavam com longas unhas cortadas em forma de pontiagudos triângulos, o que lhes dava a semelhança de misteriosas e assustadoras garras assassinas. Abriu a boca e me contou que trabalhava com os fenômenos das forças sobrenaturais, mais precisamente, praticante dos temidos e ocultos ofícios da magia negra, e que era requisitado por ricaços, políticos, homens e mulheres vítimas de traições e também, dos portadores de doenças incuráveis, já desenganados pelos médicos. Enfim, uma clientela formada por gente com toda espécie de graves problemas, a serem solucionados por ele, o representante do demônio aqui por cima da terra. Me falou convicto, que eu estaria sobrecarregado de incontáveis trabalhos

negativos, das mais terríveis macumbas existentes, feitos contra mim por algumas ex-mulheres. E que elas tinham muita pressa em me ver defunto, completamente morto e sepultado em um túmulo lacrado nos quatro costados por um resistente concreto armado, para nunca mais ser visto aqui no mundo dos vivos. Nem um mísero osso do meu esqueleto deveria restar como lembrança daquilo que fui um dia. Que eu seria depositário de todas coisas ruins, das piores doenças, e da certeza que seria acometido de todas as formas cruéis e dolosas de padecimento físico e mental, que foram atiradas contra a minha pessoa - e frisou forte, novamente -, por aquelas que um dia tanto me amaram, mas que, agora, rancorosas, não viam a hora em me ver transformado num horrível cadáver, visando o meu imediato sumiço deste planeta. Afirmou, o filho do satanás, que se eu não reagisse imediatamente, antes de falecer, inicialmente, padeceria com coleções de furúnculos recheados de pus, de feridas purulentas que sangrariam por cima do meu corpo; mais as pústulas fedorentas que destruiriam todo o meu rosto. Que a cegueira viria logo a seguir, além da impotência sexual, queda dos dentes, falência da memória; ainda a morte dos meus parentes próximos, e até a possibilidade de um repentino suicídio. Credo! Respondi. Estava quase morto e não sabia. Não imaginava que estava sendo atacado com tantos revoos de pragas, maldições e feitiços, por uma severa chuva de urucubaca que brevemente me consumiria com suas

www.correiodomunicipio.com.br

DIREÇÃO: Geral: Fabiano E. Soares Comercial: Naby Bufren Marketing: Olavo Carvalho Administração/Finanças: J. Anselmo Vieira

famintas bactérias. Foi quando ele apresentou a minha única alternativa: fazer um dedicado e grande trabalho de magia negra para contra-atacar as maldições que eu estaria sendo vitimado. Serviço garantido,me afirmou. Se não houvesse os resultados prometidos, me devolveria os honorários e as demais despesas feitas com três bodes pretos, dezoito galinhas negras, quarenta e dois quilos de milho torrado, seis quilos de mel silvestre, uma saca de farofa, sessenta e seis velas vermelhas, trinta e seis moedas de prata da época do império, três litros de sangue de um bezerro recémnascido, e as fotografias das ex-mulheres, além de duzentos e dezesseis metros de fitas encarnadas e pretas, mais um pacote com trezentos e noventa e seis reais, e doze tigelas de barro. Aproveitou o embalo e me apresentou o valor dos seus honorários, que equivaliam ao preço de um automóvel de porte médio. Falava comigo, o filhote do satã, sempre olhando para a frente, através do para-brisa, que a cada serviço pesado que enfrentava, do tipo daquele que faria para me estabilizar, para me devolver a saúde e a vida que eu estava prestes a perder, afirmou, agora, me olhando de frente, com aqueles olhos de bicho treinado, que perdia, para os fogos ardentes do inferno, onde residia o seu pai, cinco anos de sua vida. Era o preço que pagava para solucionar esses casos cabeludos. Que somente para clientes especiais “vendia” cinco anos de sua existência. Que não fora por acaso o nosso encontro naquele posto de gasolina. Com os punhos cerrados, quase gritando, afirmou,

juquitacarvalho@hotmail.com que ali ocorrera o raro e feliz encontro da necessidade com a salvação. E que ele, e somente ele, poderia me arrancar do meio de tanta encrenca, de tanta maldição. Ainda, quis me convencer que só lhe restavam escassos quinze anos de vida, no máximo, uma vez que, já vendera, para salvar outros dos seus clientes especiais, mais de quarenta anos que teria direito em usufruir. Mas não se queixava, porque aquele era o grave ônus de sua missão. E missão é uma ordem. Uma imposição que deve ser cumprida. Missão é missão. Não tem como escapar. Concluiu emocionado a cria do capeta. Credo! Falei meio assustado. Por fim, chegou o momento da sua abordagem final, com aquela agressividade necessária para o fechamento do negócio. Aquelas estratégias tão utilizadas pelos vendedores dos negócios da salvação. Retirou do bolso do casaco um cartão de visitas, com o seu nome: Demus do Fogo. E para não perder tempo, para iniciar logo os trabalhos que eu tanto necessitava, determinou que eu entrasse na primeira cidade, e sacasse uma boa quantia em dinheiro mais uma outra importância que deveria ser em cheque. Isto como sinal, uma entrada para garantir o início do contra-ataque para combater os males enviados pelas minhas inimigas. Para o livramento da minha pobre e condenada existência. E que o restante, o saldo, eu pagaria na próxima semana, num prazo de seis dias, em um encontro que ele indicaria hora e local. Já meio de tarde, estacionei o carro

EXPEDIENTE

n u m a lanchonete, dessas de beira de estrada e descemos os dois. Agradeci pela estranha companhia, pelos conhecimentos adquiridos, e lhe disse meio constrangido, que de fato, estava necessitando de uns alívios espirituais, mas que não aceitaria, de forma nenhuma, que ele abreviasse a sua vida em mais cinco anos, em troca do meu salvamento. Isso não. Jamais. E não aceitei o tal do serviço. Entretanto, o astuto filho do diabo, não se deu por vencido, e não querendo perder o cliente, me chamou num cantinho e me assoprou com um hálito quente no ouvido, que por um precinho bem camarada, e sem ele perder nem um dia sequer de sua vida, resolveria, mesmo assim, todos os meus problemas. Não aceitei novamente, e fui tomar um cafezinho. Quando volto para seguir rumo ao meu destino, vejo o desgraçado entrando junto com um casal, em outro carro que também seguia viagem. As atividade de uns tempos para cá, estão assim, muito surpreendentes e também exigindo um excessivo profissionalismo. Até o satanás, saiu detrás do seu balcão de negócios e enviou um dos seus filhos para trabalhar nas ruas e estradas, desesperado, em busca de novos clientes, decerto para cumprir as suas metas, diabolicamente exigidas.

Até a próxima e um abraço a todos!

jornalismo@correiodomunicipio.com.br

REDAÇÃO:

jornalismo@correiodomunicipio.com.br

Jornalista Responsável: Giuliano Scolari

Editor-chefe: Fabiano E. Soares editor@correiodomunicipio.com.br

Contato: leitor@correiodomunicipio.com.br

editor@correiodomunicipio.com.br

Coluna do Juquita

Vendas: José A. Vieira

Para anunciar comercial@correiodomunicipio.com.br 47 3268 6886 e 9698-9095

com sujeira e água pluvial e lançar diretamente no Rio da Fita. As fotos não mentem e mostram o estado dessas valas a céu aberto. As crianças brincam pela redondeza e ficam expostas a todo tipo de sujeira e, consequentemente, aquelas doenças infectocontagiosas ocasionadas pela falta de saneamento básico. Isso tudo acontecendo ao lado da Estação de Tratamento de Esgotos da Companhia Águas de Itapema. O que custa para a Prefeitura viabilizar a canalização das valas de “águas pluviais” para a estação de tratamento e dar início a limpeza deste material antes de lançá-lo no Rio da Fita? Ah, esqueci! Esse tipo de obra agora só na Meia Praia, onde todo mundo vê. Certamente essa história terá uma repercussão negativa para nosso Município, principalmente para aquele bairro. Aproveitem nosso tabloide e tenham uma boa semana e muita, muita paciência. Acessem nosso site e curtam nossa página na internet: www.correiodomunicipio.com.br.

Fone: (47) 3268 6886 Av. Gov. Celso Ramos, número 215 sala 102 - Centro - Itapema Cep 88220-000

Diagramação e Projeto gráfico: Marina Bertolli (DRT/SC 2509 JP) Circulação semanal: Itapema, Porto Belo, Bombinhas, Tijucas, Balneário Camboriú e Camboriú

O conteúdo publicitário veiculado neste jornal é de inteira responsabilidade de seus anunciantes. Os textos publicados nas colunas assinadas, são de responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião deste jornal.


CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

::

Palanque ::

3

itapema@hotmail.com

Marcão

:: Calçamento comunitário :: Rua onde moro no bairro Taboleiro foi entregue pavimentada recentemente através da parceria da administração municipal com os moradores. Fica meio difícil entender que parceria é essa, já que cada morador teve que desembolsar R$ 1.894,78. Quando foi para acertar os detalhes da obra o prefeito Sabino veio participar da reunião com os moradores. Mas agora, passados quatro meses da entrega da rua ela está cheia de buracos, alguns acabamentos ainda por fazer e ninguém quer assumir a responsabilidade pelos ajustes. Porém, aqueles que ainda não pagaram estão sendo acionados na justiça. Fico aqui imaginando como que o Evaldo candidato do PT em Porto Belo pode falar alguma coisa com relação a melhorar as condições das ruas se como advogado da Prefeitura de Itapema é um dos responsáveis por colocar meus vizinhos na justiça.

:: Hospital Regional :: No ano passado comecei uma campanha pelo facebook para a construção de um Hospital Regional que pudesse atender principalmente os três municípios da nossa Costa Esmeralda. Foram várias as manifestações de apoio, e algumas delas com resultados práticos. Consegui parceiros que juntamente com o governo do estado viabilizariam a construção do mesmo. Procurei falar com alguém da administração de Itapema, mas infelizmente não consegui ser recebido por ninguém, mostrando o interesse que sempre tiveram pela saúde do nosso município. Como teremos um novo prefeito a partir de janeiro, minhas esperanças renasceram, principalmente depois de uma conversa com o Bolinha em Itapema e com o Vadinho em Porto Belo, ambos mostrando total interesse em ajudar a viabilizar essa grande obra para a nossa região.

:: Conselho Tutelar :: Polêmica envolvendo o conselho tutelar em Itapema merece uma reflexão, até que ponto esse órgão tem correspondido as expectativas da população. Que ele não recebe as mínimas condições de trabalho todos nós sabemos, e olha que isso já vem de muito tempo. Basta olhar o local onde os conselheiros trabalham. Mas a denúncia de uma mãe feita pelas redes sociais, denunciando que uma conselheira apoiou a decisão do seu filho de 14 anos de sair de casa é muito séria. É preciso averiguar com muito cuidado toda essa história. Aliás, acho que todo candidato a conselheiro deveria passar por um treinamento específico antes de assumir tão importante função.

:: Bilhete ::

:: Rótula do Jardim Praiamar :: Mas é incrível a incapacidade da Litoral Sul e do Itatran de resolver os problemas causados pelo grande número de carros que circulam naquela rótula de acesso ao Jardim Praia Mar ao lado do Corpo de Bombeiros. Venho falando aqui nesse espaço à tempos sobre aquele trecho. A Litoral Sul começou algumas obras no acesso a BR 101 e não terminou deixando pior do que estava. Aliás, essa empresa está muito tranqüila aqui na região, ninguém cobra nada dela.

A presidenta Dilma Rousseff deu uma bronca nas ministras da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, através de um bilhete que foi flagrado pelas lentes dos fotógrafos. Dilma falava sobre os resultados da aprovação do Código Florestal na comissão mista do Congresso na noite da última quartafeira. Com as novas tecnologias presentes nas lentes fotográficas o pessoal precisa ficar mais ligado pra não pagar mico.

:: O foco :: Lamentavelmente, em função dos vários problemas enfrentados por alguns candidatos em Itapema, a campanha tem perdido muito do seu foco principal, pelo menos o que deveria ser o foco principal, que são as propostas, os pensamentos, os projetos que os candidatos pretendem fazer para melhorar a qualidade de vida da população. Onde a gente circula é só um querendo saber se o outro vai poder disputar as eleições. Na realidade acho que essa coisa de Ficha limpa já virou piada…

................................................................................................................ Gotas e Pingos

Tem gente que exerce com muita eficiência sua profissão, é o caso do Jorge da Autoe létrica ao lado do Posto Brava em Itapema. Contatos no 9916-6955.

Cavalgada dos Amigos do Sertão desse ano promete superar as expectativas de participação e organização.

Aqui em Itapema tem candidato soltando um dindim pra colocar placa em casa de eleitor. Olha que isso é motivo de impugnação da candidatura.

Espetacular o Festival de Camarão do Restaurante Estaleirinho que aconteceu nessa sexta, na próxima tem de Frutos do Mar.

Seguem os preparativos das escolas municipais para o desfile de 7 de setembro.


4

CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

Animais abandonados pedem

socorro

> A cada 15 dias a Feira de Adoção de Cães de Itapema dá a cães e gatos abandonados a oportunidade de ganhar novos donos. Na edição de sábado, 25, dois gatos e 10 cachorros foram adotados.

FOTOS: Giuliano Scolari

> Com dois cães adotados, o jovem casal ainda não decidiu os nomes. GIULIANO SCOLARI

A

jornalismo@correiodomunicipio.com.br

filhote de vira-lata Chiquinha ganhou um novo lar na tarde do sábado, 25. Adotada por Ana Paula, 18, moradora do centro de Itapema viu na edição da Feira de Adoção de Cães uma oportunidade de ter o seu primeiro animal de estimação. Em homenagem a personagem Chiquinha (María Antonieta de las Nieves) do seriado Chaves, Ana Paula batizou a nova

> Chiquinha, ainda sonolenta, no colo na nova dona, Ana Paula.

integrante “filha”. Foi assim para quem passou pela Praça da Paz, na região central de Itapema. Entre latidos e miados os curiosos se aproximavam tímidos e saiam descontraídos e, às vezes, com um animal nos braços. De um passeio entre amigos à dois novos integrantes da família. O jovem casal Alex dos Santos, 27 e Vanessa Barreto, 17, tiveram muita dúvida na hora de escolher qual dos filhotes levar. Depois de olhar, pedir opinião aos amigos, trocar de escolha e decidir novamente ela se apegou a um filhote. Já o

parceiro, depois de muito olhar e ser aconselhado por um dos voluntários do Canil também fez sua escolha. Um filhote de cor cinza. Os primeiros animais de estimação do casal ainda não têm nome. “Acho bonito, acho legal. Sempre quis ter animal de estimação”, conta Vanessa. Em muitos casos os voluntários que trabalham na Feira de Doação de Cães explicam aos interessados que não é simplesmente adotar um cão ou gato, mas sim assumir um compromisso mútuo. Nesta edição da feira, 10 cães e dois gatos foram adotados.

> Ivânia: A adoração pelos animais começou na infância e segue até hoje.

Segundo o funcionário público que trabalha há mais de 10 anos no canil municipal, Gerardo Porchia, 36, o objetivo da ação é encontrar um lar aos animais abandonados. Após assinar um termo de responsabilidade, os donos podem levá-los para casa. “Os adotantes têm que assinar um termo de responsabilidade para ter certeza que vão cuidar do animal”, salientou Porchia. Sobre o Canil Municipal, o funcionário público diz que, cerca de 100 animais estão abrigados e que o local é mantido com o auxílio da prefeitura.

Caso alguém encontrar cão abandonado deve-se ligar para o Canil e protocolar uma denúncia. “Após protocolar nós iremos ver se é possível recolher, porque o número de vaga é limitado e há uma grande quantidade de animais”, explicou. Os novos donos também ganham a castração do animal, feita pelo controle de Centro de Zoonoses da cidade. A edição da Feira de Adoção de Cães, que ocorre quinzenalmente, faz parte da campanha “Adote um Cão Amigo” promovida pela prefeitura de Itapema.

O que diz a Lei:

Os 70 animais de Ivânia

A simpática dona de casa, Ivânia Moder, 55 anos, desde muito pequena era apaixonada por animais. Ela conta que ao chegar do colégio chegava com dois ou três gatos nos braços. Moradora do bairro Morretes ela cria, entre cães e gatos quase 70 animais em casa. Tanto zelo requer cuidados e com isso vem gastos com comida, remédio e produtos de limpeza. “No início foi muito difícil. Teve uma ocasião que tive 108 gatos, fora os cachorros. Agora a prefeitura tem auxiliado, inclusive com medicação”, explicou Ivânia. - A medida que for feita a castração vai parar o abandono. A maioria deles, quase 90% são largados na rua. Muitos deles estão debilitados, que custam para se recuperar, pois

para que estejam prontos à adoção têm que estar bem, ressaltou a dona de casa. Sobre as raças abandonadas, ela conta que quase sempre são vira-latas. “Eu tenho um Chow Chow, que foi retirado do dono por maus tratos, quase morreu, passou por duas cirurgias. Esse é meu. Uma vitória por ter salvado,” completou. Apesar de ter quase 70 animais em casa, Ivânia diz ter 14 gatos e três cachorros de estimação. “Esses eu não vendo, não dou. Meus mesmo. É um aleijadinho, é outro com o problema no olho, outros que já pego velhinho, então esses têm que dar uma atenção maior e acabo me apegando mais”, completou sorrindo à equipe de reportagem.

Artigo 32 da Lei Federal nº 9.605/98 É considerado crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, doméstico ou domesticados, nativos ou exóticos. Pena - Detenção de três meses a um ano e multa. Parágrafo 1°. - Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animais vivos, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos. Parágrafo 2°. - A Pena é aumentada de um terço a um sexto se ocorrer a morte do(s) animal(s).

SERVIÇO: > Canil Municipal de Itapema > Ivânia Moder Rua 406 h1 - Morretes Para doações Fone: 47 3267-1533 Fone: 3368-5428


E dição 87 - 01 de setembro de 2012

Capa

Falta de saneamento preocupa moradores FOTO: Anselmo Vieira

> No bairro Praiamar

a falta de saneamento básico nas casas é preocupante. Além do cheiro de esgoto insuportável, doenças relacionadas à falta de saneamento também foram diagnosticadas. GIULIANO SCOLARI jornalismo@correiodomunicipio.com.br

C

om um cheiro nada agradável, que os moradores do bairro Jardim Praiamar convivem desde o início das obras de continuidade no asfalto da rua 462. O local fica às margens do Rio das Fitas, que corre em direção ao Rio Perequê e por sua vez termina no oceano. No local não há rede de esgoto e muitas das valas que escorrem para o rio estão entupidas, acumulando água e lixo. Segundo a dona de casa, Rosana Alexandre, 40, que mora em uma das ruas paralelas à obra o cheiro começou a ser mais forte após o início da pavimentação, há aproximadamente cinco meses. “À tardinha não tem quem aguente. Tranco a casa e não saio mais”, reclamou a moradora. Já Silvana de Oliveira, 27, que também mora próximo ao local disse que o cheiro é insuportável e não consegue abrir a casa em determinados horários, pois está cada vez mais difícil viver no local. “Não adianta arrumar um lugar, deixar tudo bonito se as outras ruas estão assim”. Ela se referiu às péssimas condições da rua 450 em que mora, com a vala entupida e um forte cheiro. Nossa equipe entrou em contato com a Fundação Ambiental Área de Itapema, administrada pela prefeitura municipal. O órgão é responsável por aprovar a liberação ambiental para a realização de obras na cidade. O chefe administrativo de finanças da Fundação, Augusto da Cruz Cavalheiro explicou que existe uma resolução do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) que autoriza a realização de algumas obras como construção de aterros sanitários; loteamentos; edificações residenciais e corte de

vegetação. No caso das obras da rua 462, Cavalheiro afirma ter licenciamento. “Há licenciamento ambiental, com drenagem pluvial feita com tubos de concreto. Não é rede de esgoto que escoa no rio, até porque lá não tem,” completou. Ele ainda concluiu dizendo que se existe uma galeria de água aberta, não é para ter, teoricamente, esgoto dentro e o que pode ter acontecido foi uma infiltração, vinda de fossos. A dona de casa e moradora do bairro, Mariluci Vieira Barbosa, 43, confirmou que no local não há rede de esgoto. Assim como em todo o bairro uma fossa (termo utilizado para tratamento primário de esgoto) foi implantada na casa. Segundo ela a água utilizada na pia da cozinha vai direto para vala, através de tubulações subterrâneas e acaba indo parar no rio da Fita.

5

> As doenças da falta de saneamento: Segundo o enfermeiro responsável no posto de saúde do bairro Jardim Praiamar, Jean Romeri, 32, algumas doenças relacionadas a falta de saneamento já foram registradas. Algumas parasitárias como os vermes são comuns no local. A escabiose ou sarna humana também entra na lista das doenças já registradas na unidade de saúde. Outra causa da falta de saneamento, muito comum no bairro, é a conjuntivite. A doença é causada por reação alérgica a poluentes ou substâncias irritantes como a poluição e a poeira. A alta incidência de ratos no bairro também é preocupante segundo o enfermeiro. “Ainda não tivemos caso, mas o pessoal nos fala sobre a alta quantidade desses animais”, informou. > Doença: Escabiose ou sarna humana. Causa: Contato direto com pessoas infectadas. Sintomas: Coceira, sintoma que se acentua à noite; pequenas lesões eritematosas que podem formar uma crosta provocada pelo ato de coçar o local. > Doença: Ascaridíase ou lombriga Causa: Ingestão de água ou alimentos contaminados. Sintomas: Febre; dor de cabeça; diarreia, nauseas e pneumonias. >Doença: Amebíase ou disenteria amebiana. Causa: Ingestão de água ou alimentos contaminados por cistos. Sintomas: Cólicas abdominais; fadiga; gazes em excesso e perda de peso.

CNPJ VEÍCULO: 11.510.970/0001-53 - R$ 420,00

CorreiodoMUNICÍPIO


6

CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

Geral D

IREITO DO CIDADÃO

> Decisões serão publicadas no site: tre-sc.gov.br

Por Luciano Peres Advogado especialista em direito bancário e presidente do Instituto Brasileiro de Defesado Consumidor Bancário (IBDConB)

A árdua tarefa de acertar as dívidas

Ser um endividado hoje é uma tarefa complicada. Além de sofrer as dificuldades de ter seu nome sujo, o consumidor tem que ficar atento às cobranças indevidas de tributos, aceitar juros altíssimos e ainda passar horas no telefone escutando mensagens eletrônicas na tentativa de um contato direto para sanar a dívida ou fechar um acordo de parcelamento. As dificuldades não param por aí. Depois de transferido algumas vezes, quando o endividado enfim consegue resultado, as dificuldades passam a um novo patamar, a negociação dos valores cobrados, o prazo de parcelamento e os juros agregados exorbitantes. As renegociações são feitas caso a caso, dependendo do valor de cada dívida, mas nem sempre é possível chegar a um montante viável para que o consumidor, enfim, quite seu débito. Volta-se, então, ao ponto inicial. Na tentativa de resolver as pendências, a procura por um novo crediário é outra opção mais do que comum. Neste caso, a briga é na hora de analisar a liberação do crédito, pois, na maioria dos casos, o endividado já está com o nome negativado. As instituições bancárias, que não querem mais clientes devedores, possuem critérios avaliação de risco do empréstimo com os quais verificam dados como idade, empregabilidade, salário, comprometimento da renda com parcelamentos e histórico de pagamentos. Até o volume de investimentos do consumidor na financeira e o número de consulta realizadas por outras financiadoras em um curto período são analisadas pelas instituições. Os clientes com mais de 30% da renda comprometida com dívidas, por exemplo, são considerados de alto risco pela elevada probabilidade de se tornar inadimplente. Seguindo as estatísticas, as chances reais de um endividado conseguir adquirir crédito são ínfimas, deixando-os fora do contexto de aprovação. Porém, não seriam estes consumidores os que mais precisariam de crédito? Os clientes potenciais que poderiam aproveitar a redução dos juros bancários estão apenas gastando seu tempo na tentativa, sem sucesso, de acertar as dívidas com as instituições financeiras. Enquanto os demais consumidores, que mantinham suas contas em dia com pagamentos à vista, aproveitam os baixos juros e as reduções de IPI para realizar seus sonhos com parcelamentos sem saber que, em um futuro nada distante, o montante gerado poderá levá-los também ao endividamento. Retrato da ditadura monetária da qual a sociedade como um todo se tornou refém.

Julgamentos da semana A sessão judicial extraordinária do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina desta sexta-feira (31) já tem a sua pauta disponível, com 75 processos. Com início marcado para às 14h, a sessão foi convocada pelo presidente do TRE-SC, desembargador Luiz Cézar Medeiros, para julgamento dos recursos em processos de registro de candidatura relativos às Eleições 2012. Para facilitar o acesso do público em geral aos julgamentos da Corte, o TRE-SC passará a

disponibilizar, a partir desta terça-feira (28), links do seu canal no YouTube nos quais será possível acompanhar as sessões plenárias ao vivo. O Tribunal continuará a informar com antecedência as pautas pelo Twitter e também passará a comunicar o início exato das sessões e quais serão os julgamentos iniciais, da chamada ordem de preferência, que é montada a partir de pedidos de advogados. Tais informações também serão postadas no Facebook.

> As sessões terão início às 16h30. > Pedidos de sustentação oral ou de preferência: deverão ser solicitados no dia da sessão, diretamente no plenário, a partir das 15h30. > A pauta de julgamentos, relação de todos os processos de Itapema que serão apreciados em sessão.

Confiram os processos pautados: 31 Recurso Eleitoral nº 303-40.2012.6.24.0091 (protocolo n. 657292012) - eleições 2012 Assunto: recurso eleitoral - registro de candidatura rrc - candidato - impugnação ao registro de candidatura - cargo - vereador - coligação partidária - proporcional - 91ª Zona Eleitoral - Itapema Relator: Juiz Julio Guilherme Berezoski Schattschneider Recorrente(s): Magnus Francisco Antunes Guimarães Advogado(s) : Joel Eliseu Galli - OAB: 22853/sc Recorrido(s) : Ministério Público Eleitoral 34 Recurso Eleitoral nº 404-77.2012.6.24.0091 (protocolo n. 673312012) - eleições 2012 Assunto: recurso eleitoral - registro de candidatura - drap - partido/coligação - cargo - prefeito vice-prefeito - coligação partidária - majoritária Pedido de efeito suspensivo - 91ª zona eleitoral Itapema Relator: Juiz Julio Guilherme Berezoski Schattschneider Recorrente(s): coligação continuar avançando (PT-

PRTB); Luiz Carlos Vieira; David Brandes Leite Advogado(s): Mauro Afonso de Gásperi - OAB: 5848/sc 52 Recurso Rleitoral nº 512-09.2012.6.24.0091 (protocolo n. 742562012) - eleições 2012 Assunto: recurso eleitoral - registro de candidatura - drap - partido/coligação - cargo - vereador Coligação partidária - proporcional - 91ª zona eleitoral - Itapema Relator: Juiz Julio Guilherme Berezoski Schattschneider Recorrente(s) : coligação continuar avançando (PTPRTB); David Brandes Leite; Luiz Carlos Vieira Advogado(s) : Mauro Afonso de Gásperi - OAB: 5848/sc __________________________________________ Até o fechamento desta edição, nenhum dos processos acima haviam sido julgados.


CorreiodoMUNICÍPIO

Ah se essa moda pega... #Na capital, uma aluna de 13 anos criou página no Facebook para relatar problemas da escola. “Eu Isadora Faber que tenho 13 anos, estou fazendo essa página sozinha, para mostrar a verdade sobre as escolas públicas. Quero melhor não só pra mim, mas pra todos”. Essa é a frase de apresentação do ‘Diário de Classe’, uma comunidade virtual no Facebook. A estudante diz que não imaginava a repercussão. Queria que as portas e fechaduras de sua escola fossem consertadas e as aulas na escola municipal em que estuda, em Florianópolis, melhorassem. A ideia surgiu depois que a irmã mostrou uma página semelhante. A página no Facebook foi criada no dia 11 de julho deste ano. A estudante está feliz com o resultado, embora os pais tenham sido chamados duas vezes à escola. “Eles ameaçaram me processar, queriam que tirasse a página do ar. Enfim, não gostaram nada da história”. Para a diretora da escola, a aluna postou fotos de alguns problemas que já haviam sido resolvidos. Além disso, ela afirma que há muitas ações em que a escola é destaque, inclusive mostrados no Facebook. “Há problemas, mas procuramos sempre resolver. Temos uma equipe que cuida de várias escolas da rede. Temos um espaço democrático, que se efetiva nos conselhos de classe. Seria interessante se as pessoas participassem desses espaços. Aí sim poderíamos resolver os problemas corretamente”, comentou ela. Depois da criação da página, a Secretaria Municipal de Educação fez uma auditoria na escola e alguns problemas já foram solucionados. A Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis disse que irá reformar a escola.

João Silveira

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

7


8

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

> Idoso morre em Hospital e filho registra Boletim de Ocorrência

CorreiodoMUNICÍPIO

Hospital em

observação

GIULIANO SCOLARI jornalismo@correiodomunicipio.com.br

E

m menos de um mês o Hospital Santo Antônio passa por mais uma polêmica. Na edição número 83, de 04 de agosto, mostramos o drama de Edicléia ao ver o filho nascer morto na maternidade do hospital. O caso que levantou dúvidas sobre o atendimento no local, se repetiu mais uma vez no fim de semana passado (25 e 26). Desta vez, um idoso faleceu e a família registrou Boletim de Ocorrência. Era sábado à noite quando José de Oliveira Cercal começou a sentir muita falta de ar. Já com dificuldades na fala, o senhor de 87 anos foi levado ao Hospital Santo Antônio pelo filho Pedro. Informado pelo médico de plantão, Dr. Maurício, que seu pai ficaria em observação no hospital. Pedro decidiu que passaria a noite com o pai. “O médico colocou ele em observação. Passaria a noite. Ele falou que era desconfortável, mas caso houvesse alguma

coisa com o meu pai ele teria atendimento”, contou. Após ser transferido para um dos quartos, José não se sentiu bem. Pedro conta que foi procurar uma enfermeira, mas ela não veio. “Procurei por todo o hospital até que encontrei uma. Ela disse que viria mas fiquei esperando e ela não apareceu. E o meu pai lá, esperando”. Ele conta ainda que, ao falar com uma das enfermeiras ela deu a entender que seu pai não teria mais chance de se salvar. Pedro conseguiu chamar o médico mas, era tarde demais. Agonizando na cama, José faleceu às 4h30 de domingo, 26, por parada respiratória agravada por pneumonia e enfisema pulmonar. “Somente depois que o medico chamou, quatro enfermeiras apareceram. Quando eu chamei nenhuma veio. Isso me deixou indignado”, desabafou. O Jornal Correio do Município entrou em contato com o Hospital Santo Antônio. A enfermeira Edna Martins, que estava de plantão na madrugada

de sábado para domingo disse que não houve negligência. Ela contou ainda que José havia dado entrada no local já com um estágio agravado de desidratação e bem debilitado.” Os exames mostravam um teor de desidratação muito abaixo do esperado”, revelou. Quando questionada sobre a possível demora no atendimento a enfermeira foi enfática e negou a acusação. Pedro fez um Boletim de Ocorrência na Delegacia Civil de Itapema. O caso agora será encaminhado ao Fórum para investigação.


CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

9

29 de AGOSTO

O Brasil combate o fumo contato@correiodomunicipio.com.br

C

riado em 1986 pela Lei Federal nº. 7.488, o Dia Nacional de Combate ao Fumo é comemorado em 29 de agosto. O objetivo é reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização da população brasileira para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. No Brasil, o INCA (Instituto Nacional de Câncer) é o órgão do Ministério da Saúde que coordena o Programa Nacional de Controle do Tabagismo. O programa visa prevenir e extinguir o tabagismo na população, por meio de ações que estimulem a adoção de comportamentos e estilos de vida saudáveis. O programa também visa a redução da incidência e mortalidade por câncer e doenças relacionadas ao tabaco em todo o país. A logomarca da campanha é a mesma do Dia Mundial Sem Tabaco, realizado em 31 de maio: “Cigarro não combina com a saúde do planeta. Nem com a sua”. Basta manter um cigarro aceso para

poluir o ambiente. A fumaça do cigarro pele e cabelos, mais disposição física e melhora na respiração. No início, contém mais de 4.700 substâncias os maiores receios são o aumento da tóxicas, incluindo arsênico, amônia, ansiedade e irritação. Mas, a maioria monóxido de carbono (o mesmo apresenta mais tranquilidade e manejo que sai do escapamento dos para trabalhar com os problemas do veículos), substâncias cancerígenas, cotidiano. além de corantes Os maiores e agrotóxicos motivos que levam os em altas usuários à recaídas é concentrações. Itapema implantou o estresse e a diversão,o Imagine a quantidade de programa de prevenção e que muitas vezes, tóxicos que várias tratamento do tabagismo estão acompanhados pessoas fumando, em 2009. Vários usuários de amigos fumantes. A maior incidência ao mesmo tempo, das recaídas variam deixam no nosso já passaram pelo prograentre os seis primeiros Planeta? Por ma e destes 70% largameses e 12 anos. estes motivos Há o pensamento ram o cigarro surgem as Leis de que o cigarro faz Municipais e acalmar, mas, na Federais que proíbem o uso do cigarro verdade a nicotina é estimulante e, em locais parcialmente ou totalmente consequentemente torna-se um vício. fechados. Os interessados em para de fumar O município de Itapema podem entrar em contato pelo fone implantou o programa de prevenção (47) 3267-1540 e (47) 3267-1740 e tratamento do tabagismo em 2009. no CERES (Centro de Referência Vários usuários já passaram pelo Especializado). Ou ainda pelo disqueprograma e destes 70% largaram o saúde, do Governo Federal no 0800 cigarro. Dentre os pontos positivos 61 1977 (opção 03). levantados pelos usuários que Mais informações sofre o uso pararam de fumar estão: melhora na de tabaco acesse o site do INCA no auto-estima, no olfato, no paladar, na www.inca.gov.br/tabagismo/.

CNPJ VEÍCULO: 11.510.970/0001-53 - R$ 140,00

KARINE SOARES

Nova resolução normatiza atendimento O Plenário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) aprovou na tarde desta terça, 28 de agosto, resolução que dispõe sobre o atendimento ao público e aos advogados por parte dos membros do Ministério Público. De autoria do conselheiro, Fabiano Silveira e com sugestões do conselheiro Jarbas Soares, o texto normatiza o atendimento como forma de incrementar os mecanismos de diálogo entre o MP e a sociedade e reforçar a observância de princípios como transparência, publicidade e eficiência. Segundo a regra, promotores e procuradores no exercício de suas funções deverão prestar atendimento ao público, sempre que solicitado, em local e horários adequados, com a finalidade de avaliar as demandas que lhe sejam dirigidas em face da defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. Isso inclui o atendimento aos advogados de qualquer uma das partes ou de terceiros interessados, independente de horário previamente marcado ou outra condição. Em caso de urgência, garante-se o atendimento, inclusive em regime de plantão. No atendimento de réus ou investigados em

ações penais, o membro do MP poderá adotar as cautelas que julgar necessárias para garantir sua segurança. A resolução também prevê que os membros podem reservar dia ou dias da semana para o atendimento ao público, quando for o caso. Além das hipóteses de férias, licenças e afastamentos legais, o atendimento ao público poderá ser suspenso, excepcionalmente, em razão de ameaça à integridade física do membro do MP. O conselheiro Fabiano Silveira explica que a resolução tem “o único intuito de aperfeiçoar a relação entre o Ministério Público e a sociedade, sempre partindo da premissa de que a atividade ministerial é, na sua verdadeira essência, um serviço público prestado à população”. Segundo ele, “o diálogo com as partes interessadas -não há como negar -favorece o entendimento do conflito em todas as suas dimensões. Essa forma de contato direto com o público só pode qualificar a ação do Ministério Público, especialmente no que se refere a saber se, como, quando, contra quem ou a favor de quem agir”. Como a proposta sofreu alterações decorrentes de sugestões formuladas por conselheiros autores de pedido de vista, a íntegra da resolução será publicada no site do CNMP nos próximos dias, após consolidação do texto final.


10

CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

JURÍDICO EM PAUTA Vinicius Torres Antonascio Advogado, OAB/SC 32.673 - Graduado em Direito pela Universidade do Vale do Itajaí - Pós-Graduando em Direito Aduaneiro e Comércio Exterior.

Não leu o contrato até o fim? E assinou?

M

ês passado, uma publicação da Editora Abril fez uma interessante reportagem sobre termos misteriosos encontrados em contratos. O objetivo era chamar a atenção para o fato de que a maioria dos brasileiros assina um documento desse gênero sem negociar as cláusulas que lhe são desfavoráveis e, principalmente, sem ler o documento até o final.A mais comum desculpa dada pelas pessoas entrevistadas na matéria envolve o fato de que os contratos são cada vez mais detalhados e extensos. A explicação para esse fenômeno reside seguramente nos Estados Unidos e na Inglaterra. Tradicionalmente, as empresas fundadas nesses países são orientadas por seus departamentos jurídicos no sentido de tentar,antecipadamente, prever as mais malucas situações que possam ocorrer entre “empresa” e “consumidor”. Daí, páginas e mais páginas de contrato. Apenas por curiosidade, na reportagem inicialmente citada, fez-se um teste para descobrir quanto tempo uma pessoa comum tem que gastar para ler os contratos dosmaiores serviços digitais do momento. Lendo em torno de 300 palavras por minuto, um contrato “padrão” da empresa Sony levaria 36 minutos para ser lido. Já um contrato da Apple, com simples “16 páginas”, levaria 27 minutos para ser vencido. A leitura de um contrato antes de qualquer compra é essencial para o surgimento de uma boa relação de consumo entre as partes. Quando o assunto é uma venda promocional, essa leitura precisa ser feita com atenção redobrada.Ao contratar um serviço como um cartão de crédito ou um cheque especial, o consumidor deve ficar atento às clausulas que envolvam o percentual de juros que será cobrado. No que tange aos contratos assinados pela internet, o principal grande risco que o consumidorcorre ao clicar em “aceito” sem ler o conteúdo

daquilo que está aceitando é o de ter explorado os seus dados pessoais. Segundo a legislação brasileira, a priori, as empresas contratadas “online” só podem dividir as informações de seus clientes com outras empresas mediante expressa autorização do contratante. Porém, a “tal autorização” seguramente estaráláescondida no meio do texto do contrato. Bem onde ninguém lê.A grande maioriadas pessoas autoriza sem se dar conta. Para não errar, siga os seguintes passos antes de assinar qualquer documento do gênero: primeiro, verifique se o contrato contém os dados cadastrais da empresa (razão social, nome comercial, CNPJ e endereço); segundo, leia o contrato até o fim, em casa e sem pressa; terceiro, sublinhe os termos técnicos que você não compreendeu e pesquise o seu significado em um site que ofereça gratuitamente um dicionário jurídico (por exemplo, http://www.jurisite.com.br/ dicionariojuridico); quarto passo, guarde uma cópia do documento completo em um local seguro; quinto passo, verifique se a empresa tem representação no Brasil; por fim, negocie com o fornecedor do produto ou serviço a retiradadas cláusulasdo contrato com as quais você não concorda; Deixando de lado o “juridiquês”, contrato significa: um acordo de vontades destinado a estabelecer um equilíbrio entre as partes. Assim, você, na qualidade de consumidor, tem o direito de exigir, com antecedência, o documento completo que terá que assinar para refletir com muita calma se aquela relação que está na iminência de se estabelecer lhe será “realmente” vantajosa ou não. Leve o documento para ser analisado pelo seu advogado de confiança, se necessário. Crie o hábito de brigar e negociar quando você se deparar com uma cláusula contratual com a qual você não concorda. É o seu futuro que está em jogo. Não seja mais um integrante da massa dos cidadãos que assina sem ler.

GIRO SC

27 de agosto: Parabéns Psicólogos No dia 27 de agosto de 2012 a Psicologia Brasileira comemora 50 anos de regulamentação do exercício profissional, conquistado em 1962. No estado, o Conselho de Psicologia está celebrando esta data através de várias atividades, com o objetivo de qualificação e valorização do profissional, através do resgate da trajetória da Psicologia em Santa Catarina e do debate de temáticas atuais que permeiam o exercício profissional. Até novembro, seminários e oficinas serão ministradas em Forianópolis, Chapecó, Joinville, Itajaí, Araranguá, Guaramirim e Joaçaba. Mais informações no http://www.crpsc.org.br

Condenado após oferecer R$ 20 a policial A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça manteve a condenação de um agricultor por corrupção ativa. O réu teria oferecido R$ 20 a dois policiais para escapar de uma multa de trânsito. O magistrado de Guaramirim substituiu a pena, de dois anos de reclusão, pelo pagamento de um salário-mínimo e prestação de serviços à comunidade. Conforme denúncia do Ministério Público, o réu transitava com uma moto na contramão quando foi interceptado pela Polícia Militar. Solicitada a documentação, o agricultor entregou um envelope com o documento da moto e mais duas notas de R$ 10. “Ó, isto é para o café de vocês”, teria dito o acusado, que acabou preso em flagrante e encaminhado para a delegacia. A defesa alegou que tudo não passou de um mal-entendido. O dinheiro já estava no meio dos documentos e o réu apenas mencionou a finalidade do dinheiro porque foi questionado pelos policiais. Em nenhum momento teve a intenção de oferecer vantagem ilícita. Inconformado com a condenação, o agricultor apelou para o Tribunal de Justiça e pleiteou absolvição.


CorreiodoMUNICÍPIO jornalismo@correiodomunicipio.com.br Envie sua sugestão ou crítica para nosso jornal. Esse é seu espaço para protestar, denunciar, elogiar e cobrar as autoridades

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

11

McDia Feliz

> A ação ocorreu em todo o país no sábado, 25. Em Itapema foram arrecadados R$ 21 mil

Pessoal, Vejam como andam as coisas no município de Itapema. Há dias comentaram algo sobre o Oficial de Registro de Imóveis daquele local. Pensei que estavam aumentando ou que fosse algo individual. Mais recentemente soube (inclusive me ligaram e enviaram e-mail’s pedindo a participação) de um ato de repúdio ao Sr. Valente, realizado na Câmara de vereadores daquele município, até com assinaturas pedindo que seja ele considerado persona “no grata” naquela cidade. Terça-feira (28/08) dirigi-me àquela serventia no intuito de buscar uma cópia de matrícula. Não tendo em mãos o número, pois ainda não tinha certeza de estar ou não incorporado o empreendimento - por isto a busca da matrícula - fiz a solicitação. Então informaram-me que sem o número deveria ser realizado uma busca e que esta estaria pronta entre um ou dois dias. Tudo bem, se é assim vamos aguardar. Fiz o pedido e a atendente me informou o valor de R$ 83,00. Argumentei que para uma cópia de matrícula este seria um valor elevado. Então esta pessoa - muito bem educada por sinal - argumentou que eu já deveria solicitar uma certidão de ônus e ações. Ora pois, se eu se quer tinha certeza da incorporação, para que uma ônus e ações? Ela insistiu para que solicitasse tal documento. Pare tudo, tenha calma; não estou em uma loja comprando um calçado e a vendedora me oferece um cinto que combine ou uma camisa e me oferece também uma calça. Parecia a loja da Tia que as meninas tem que vender alguma coisa para quem entra. “Cliente” não pode sair de mãos vazias... Pois então novamente disse: por favor, solicite apenas a cópia de matrícula. Assim feito deixei como depósito o valor de R$ 33,00 (recibo em anexo). Também pensei ser elevado para tal ato. A informação é que ‘se tiver folha excedente já estou cobrando’. Cobrar por algo sem saber se existe? Argumentei que havendo excesso deveria ser cobrado na retirada. Não obtive sucesso, deixei em depósito os R$ 33,00. No dia seguinte, quarta-feira (29/08) acessei o site onde me dispuseram login e senha e verifiquei que o documento solicitado encontrava-se disposível no balcão, isto funcionou bem. Já constava que a despesa era de R$ 16,30, portanto teria eu direito a devolução. Uau, que legal, quase fiz uma plaquinha; eu já sabia. Lá chegando retirei a senha e coincidentemente fui atendido pela mesma pessoa que fez o pedido. Muito atenciosa entregou-me a cópia de matrícula solicitada e pediu um documento meu para que providenciasse a devolução do depósito a maior. Em posse de meu documento dirigiu-se a parte reservada da serventia e retornou dizendo que logo receberia os meus haveres. Houve alguma demora mas nada que me chateasse. A decepção foi quando recebi um cheque. Sim, isto mesmo; um cheque no valor de R$ 16,70 (cópia em anexo) emitido pelo Sr. Guiulherme Figueiredo Valente (pessoa física). Não bastasse ter antecipado valores em espécie indevidamente no meu entender, ainda recebo ‘meu troco’ em cheque, cruzado e não endossável - quer dizer que nem posso utilizá-lo na padaria - com a obrigatoriedade de colocá-lo em cobrança através de depósito em minha conta (não sou obrigado a ter conta em banco). E agora, o que eu faço? Digo que o Sr. Valente é um brincalhão? Realmente nada pelos valores que são irrelevantes aqui, mas muito pela petulância deste cidadão que ao menos deveria respeitar aos demais. E o que me deixou ainda mais digamos ... chateado (vamos aliviar né?) é que mesmo com meu documento em mãos escreveram meu nome errado. Vou reclamar ao Bispo... Um abraço aos colegas e que os de Itapema tenham melhor sorte.

Adir A. Celant Creci/SC 8455 Avaliador de Imóveis CNAI 2076

Quem passou no sábado, 25, pela Avenida Nereu Ramos viu uma grande movimentação no restaurante McDonalds. A ação “McDia Feliz” ocorreu simultaneamente em todo o Brasil e visa arrecadar 100% do total de vendas do sanduíche Big Mac em prol do combate ao câncer infanto-juvenil. Durante todo o dia uma programação especial foi montada com apresentações de música e teatro. Segundo o gerente de plantão do restaurante, Leandro Bosthi, foram vendidos 2005 unidades do sanduíche. Ou seja, foram arrecadados mais de R$ 21 mil somente na franquia de Itapema. No ano passado foram vendidos 1,6 milhão de

sanduíches Big Mac em todo o país e arrecadou cerca de R$ 17,3 milhões. Para 2012 a expectativa foi de atingir a meta dos R$18,2 milhões. Desde o surgimento do projeto no Brasil, em 1988, o programa arrecadou R$ 80 milhões. O evento deste ano beneficiou 77 projetos de 58 instituições de todo o Brasil. Em Santa Catarina, a instituição Avos, de Florianópolis foi beneficiada em dois projetos: Programa de Atendimento Odontológico para Crianças e Adolescentes Portadores de Câncer e Aquisição de equipamentos para UTI do hospital Joana Infantil de Gusmão. Outra instituição foi o Hospital Materno Infantil,

de Joinville, com o projeto “Aquisição de Terreno para Construção da Casa de Apoio do Hospital Materno Infantil Dr. Joser Amarante Faria”.

> Conheça o projeto: Criado pelo McDonald’s no Canadá, em 1977, o McDia Feliz foi realizado pela primeira vez no Brasil em 1988, em São Paulo. Em 1989, chegou ao Rio de Janeiro e a partir de 1990 passou a ser realizado em nível nacional. Atualmente, o McDia Feliz é realizado em 14 países: Argentina, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, Estados Unidos, Finlândia, França, Inglaterra, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Suécia e Suíça.


12

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

ColunaSocial

por Marcia Maria marciamelias@hotmail.com

12 - E dição 87 - 01 de setembro de 2012

MC Dia Feliz Após um ano, sábado dia 25, voltamos à comemorar o Mc Dia Feliz. Felizmente sem chuva, com grande entusiasmo e sucesso. De Florianópolis vieram as voluntárias do Hospital Joana de Gusmão para unir forças ao pessoal daqui. Dona Darcy e dona Carmen da casa Madre Tereza de Calcutá, trabalharam com afinco, conseguindo suplantar a arrecadação do ano passado. Muitos foram os que ajudaram no sucesso da campanha. Particulares anônimos que compraram muitos tickets, a Prefeitura Municipal, através da Secretária de Esportes Cultura e Lazer providenciou palco, som, e, colocou pessoal à disposição, além de escolas para realizarem seus shows. E o pessoal do Mc que trabalhou bastante. Participaram dos shows: Alunos, da professora Darcy Augusta da Escola Paulo Reis, do Sertão, Grupo Vivaz, Anjos da Rua, Hipp Hopp, coral Anjos da Luz da Cerâmica Porto Belo de Tijucas, Coro de Flautas da Escola Cuca Fresca e muitos outros. Foram vendidos, 2.100 Tickets. Por isso, todo esse pessoal e os moradores de Itapema estão de parabéns, e vamos aguardar o próximo ano.

Apresentações de grupos culturais de Itapema envolveram o público

CorreiodoMUNICÍPIO


POLÍTICA 13

CorreiodoMUNICÍPIO

Moda

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

Manoella Deschamps Jornalista . Consultora de Moda Acesse: www.bubbleupstyle.com

13 - E dição 87 - 01 de setembro de 2012

Garimpe já: calça resinada

O

frio já está dando sinais de que quer ir embora, mas ainda assim alguns dias pedem pra gente tirar aquela jaqueta mais quentinha do armário. Por isso é hora de aproveitar as liquidações de inverno e garantir peças chaves que podem e devem ser usadas quando aquele ventinho bater a porta. E hoje vou falar das calças resinadas, o must have dessa estação. Elas dão a impressão de serem de couro, e caíram no gosto da mulherada. De várias cores, deixam o look mais moderno e com um quê de descolado. A preta é básica e peça chave para ser usada durante anos. Vale apostar! As coloridas são tendência do inverno, mas vem também para os dias mais frios de verão hein! Burgundy, vermelha, e agora as candycolors, para quem gosta de arrasar nas cores. Skinnys, elas se ajustam ao corpo,pedindo uma peça mais descolada em cima. Aposte nas camisas e t-shirts, a combinação perfeita para as calças resinadas. O tricot também é uma ótima aposta, e deixa o look super irreverente. A dobradinha com a jaqueta de couro é aposta certa. Nos pés, valem saltos altos bem pesados, os famosos sneakers, sapatilhas. Viram como a calça resinada é democrática? Que tal garantir a sua pela metade do preço?

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> #Beijos


14

CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

Conversa com a Presidente

Obentropp

Coluna Semanal Dilma Roussef

De políticos e candidatos

1 2

- As coisas como elas são! Nada de mascarar ou cretinamente encarar com otimismo. Perdão leitor, mas Obentropp não entra nessa balada romântica de achar que um Brasil melhor, no futuro poderá acontecer. Ou melhor, até pode, mas não com esse presente! - Candidato a prefeito da capital do estado de São Paulo, o Sr. Celso Russomanno é o espelho mais que perfeito da desgringolagem que reina em nosso torrão pátrio no que tange aos valores dos homens públicos que timoneiam (esse verbo não deve existir, só entra aqui como luva) ou pretendem assumir o comando do barco e suas implicações ao vivo e a cores. Não foi o primeiro e nem será o último radialista que alça vôos na política na cara dura, por serem entrões e haver público que os aceitem e admirem o que vem enobrecer a tal democracia delegativa. - Seguindo o fluxo, o catarinense Cesar Souza, deputado e exradialista apresenta o filho como candidato a prefeito (o vice é Amin, filho deles...) com a mesma verve de servir o povo, para o povo e com o povo, diferentemente de Antonio Brito Filho um gaúcho caradura que virou porta voz da agonia e passamento do presidente eleito mas não empossado, acabando por conquistar seus conterrâneos com esse blábláblá de peemedebista e virar ministro e governador da Querência riograndense com essa única e límpida referência. O radialista Helio Calixto Costa, mineiro da Globo e das antigas, chegou a senador e ministro e voa alto até hoje. Em nada difere Celso Russomanno, repórter de conciliação doméstica e de pequenos entreveros. Tem seu valor mas pra prefeito da maior cidade do continente que já teve um Covas no comando, é motivo pra indignação ou pra mamute de sapatilha dançar o Lago dos Cisnes em sessão única. Tá certo que existiram as erundinas, os pitas, mallufes, pra lembrar três. Louve-se o brado vingativo com o devido e justo troco nas eleições do rinoceronte Cacareco para vereador e agora o palhaço de picadeiro Tiririca deputado federal, ambos pela paulicéia desvairada. - Pra ser mais explícito, chamo a Lei da Ficha Limpa, instrumento instituído e fruto do clamor público da população para tentar frear os desmandos de homens com dois mil e oito entraves de decência e probidade no currículo e que nas eleições comparecem sempre falantes em decência, transparência, saúde, educação, segurança e pra vereador vote em mim com esperança. Durante a campanha possuem as chaves para dirimir todos os problemas da comunidade, sabem como resolver os mais intricados assuntos e de tudo entendem e fazem promessas do Oiapoque ao Chuí. É não? - A situação é essa: os partidos políticos não passam de balelas estatutárias; que não possuem a menor credibilidade perante a opinião pública, sob cuja bandeira se abrigam doutores e “171”, indo de crente a vendilhão. Êta mundão! E dizer que o presidente Gegê partiu pro suicídio ao saber do atoleiro em que se achava a sua guarda pessoal, com o guarda costa mor seu protegido Gregório Bezerra, metido até a medula óssea não em mensalões, mas em tentativa de assassinato com a morte de um inocente e não a do objeto desejado. A intenção era calar o loquaz e raivoso Carlos Lacerda, um político udenista que atormentava a vida do baixinho amante da atriz Virginia Lane (to mentindo, Mestre Jucy Varela?). O que diriam eles hoje da fortuna que o retirante de Garanhuns amealhou em oito anos de poder sem uma única acusação por parte de quem quer que seja? Verdadeiro milagre, mais consistente que os praticados pelo filho fenômeno e pelos pastores, reverendos e missionários expostos na mídia. Logo ele, um desligado pra carvalho, que nada sabe sobre o que ocorre abaixo do nariz e à sua volta...!!!

Aprendi com meu pai a pescar e a cuidar do pescado, mas vejo colegas que não têm o mesmo cuidado que eu. O governo pode ensinar a cuidar mais do controle sanitário para a comercialização de pescado? Renato Huff Schoennemayer, 28 anos, pescador de Barra Velha (SC)

3

4 5

Senhora Presidenta, por que o governo não investe no trabalho de fiscalização para que os sonegadores fiscais não contem vantagem neste país? Carlos José Santos, 59 anos, comerciante de Santos (SP)

Presidenta Dilma - Sim, Renato, o governo federal trabalha, com o apoio de estados e municípios, para assegurar pescados com a qualidade preconizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) aos consumidores. Uma parceria entre os ministérios da Pesca e Aquicultura e da Educação, está qualificando 2 mil profissionais, de 50 colônias de pescadores de todo o Brasil, em Telecentros Maré, em um curso à distância, via satélite, ministrado pelo Instituto Federal do Paraná (IFPR). Há 168 alunos de sua região. O curso dura dois anos e as primeiras turmas se formarão em dezembro próximo. Há também o Pescando Letras, que integra o programa Brasil Alfabetizado, e que desde 2003 alfabetizou mais de 170

mil pescadores. Em 2011, cerca de 5,5 mil pescadores participaram do programa. Para aprimorar o controle sanitário, criamos, em abril de 2012, a Rede Nacional de Laboratórios e, em maio, o Programa Nacional de Moluscos Bilvalves, que envolve ostras, mariscos e semelhantes. Já investimos R$ 16 milhões na formação dessa rede e do programa dos moluscos e vamos chegar a R$ 55 milhões, em cinco anos. Também estamos reestruturando programas de prevenção, controle, monitoramento e fiscalização de doenças, contaminantes e resíduos dos recursos pesqueiros. Renato, queremos apoiar cada vez mais pescadores a terem os mesmos cuidados que você em seu trabalho.

Presidenta Dilma - Carlos, temos um trabalho firme de combate à sonegação fiscal, ao contrabando e à pirataria. Em 2011, a Receita Federal bateu recorde histórico na identificação de valores sonegados por empresas e pessoas físicas: R$ 109,3 bilhões, valor 21% superior ao do total de autuações de 2010. Em 26,35% das fiscalizações concluídas, foram identificadas práticas que podem ser criminosas, e houve notificação ao Ministério Público Federal para processar os responsáveis. Ainda em 2011, foram apreendidos 3,3 bilhões de cigarros ilegais, no valor de R$ 165 milhões, e mais de R$ 14,7 milhões em medicamentos piratas, dentre

outras mercadorias. Além de não gerarem tributos, esses produtos ameaçavam a saúde da população e promoviam a concorrência desleal com a indústria legalizada. Os resultados desse combate à sonegação fiscal nem sempre são conhecidos porque a lei obriga manter em sigilo a identidade do contribuinte fiscalizado. Mas temos agido firmemente em todo o território nacional, inclusive com intensidade redobrada nas fronteiras, por meio do Plano Estratégico de Fronteiras, que envolve a atuação articulada das Forças Armadas, policias estaduais, Força Nacional de Segurança e polícias Federal e Rodoviária Federal, além da Receita Federal.


CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

DIPLOMACIA

Qualificação em Tecnologia da Informação em SC Com foco na capacitação de jovens para o setor da tecnologia, o programa Geração TEC está com processos seletivos abertos em sete regiões de Santa Catarina. São 300 vagas para os cursos de Webdesign, Infraestrutura de Redes de Computadores e Fundamentos de Redes e Sistema Operacional Linux. Serão beneficiados jovens e adultos das regiões da Grande Florianópolis, Joinville, Chapecó, Criciúma, Tubarão, Joaçaba e Rio do Sul. Para participar, os interessados precisam ter mais de 17 anos, ensino médio completo ou cursando o último ano, conhecimentos básicos em informática e não estarem empregados em atividades relacionadas à Tecnologia da Informação e da Comunicação – TIC. Interessados devem se inscrever no processo seletivo, através do site www.geracaotec.sc.gov.br. As inscrições estarão disponíveis até o dia 14 de setembro e podem ser feitas pelo site. Cursos oferecidos: Em todas as regiões o curso de Web Designer são oferecidos. Na grande Florianópolis, os cursos Básico de Ifraestrutura de Redes de Computadores e Fundamentos de Redes e Sistema Operacional Linux também são oferecidos.

Música para pequenos A artista de Blumenau, Nana Toledo, está a frente da Oficina gratuita “Música na Infância”, marcado para acontecer na próxima segunda-feira, 10, às 19 horas, no Auditório do SESC Blumenau. Nana se dedica a esta causa, e já gravou CD´s com cantigas infantis. As vagas são limitadas. Informações sobre inscrições pelo email: plugones1@hotmail.com ou pelo site: nanatoledo.com.br

A COR DO MEDO

A

cor do medo é transparente e por vezes (in)visível como em Pesadelo, cantado por Maurício Tapajós e Paulo César Pinheiro, “... olha o muro, olha a ponte / olha o dia de ontem chegando / Que medo você tem de nós.../ Você corta um verso eu escrevo outro / você me prende vivo eu escapo morto...” Dentro da literatura, a morte se apresenta de forma criativa/ artística e nos leva a grandes emoções e reflexões, como nas obras, Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto; A Morte e a Morte de Quincas Berro D’água, de Jorge Amado e as Intermitências da Morte, de José Saramago. Para os escritores, a morte de certa maneira vem acompanhada de um sentimento inexplicável: a inspiração como exaltação da vida,

15

IFSC abre inscrições para cursos de qualificação O Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) está com inscrições abertas para 21 cursos de qualificação em nove cidades. São 597 vagas distribuídos entre Araranguá, C h a p e c ó , Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Lages, Pinhalzinho, São Carlos e Xanxerê. A seleção é por sorteio ou análise socioeconômica, de acordo com o curso. Os cursos de qualificação ofertados pelo IFSC também são chamados de cursos de formação inicial e continuada (FIC). Possuem curta duração e são voltados ao aperfeiçoamento e qualificação para todos os níveis de escolaridade, em diferentes áreas profissionais. As inscrições podem ser feitas até o dia 16 de setembro. Para mais informações acesse www.ingresso.ifsc.edu.br ou ligue para 0800 722 0250.

Uso do Multímetro e do Osciloscópio na Eletrônica Automotiva Florianópolis Manipulador de Alimentos Auxiliar de Manipulação de Alimentos

Itajaí NR-10 SolidWorks - Desenho Assistido por Computador (CAD) Jaraguá do Sul Desenho Técnico Mecânico Fundamentos de Metrologia Reciclagem NR-10 Pinhalzinho Montagem e Manutenção de Computadores São Carlos Informática Costura Industrial Lages Boas Práticas para Manipuladores de Confira os cursos ofertados em Alimentos cada cidade: CLP - Controlador Lógico Programável Araranguá Instrumentação para Laboratórios Modelagem Plana e Costura Industrial Matemática Comercial e Financeira Básica Qualificação Profissional em Libras: Aplicação sem o uso de Calculadoras Financeiras nos diferentes contextos socioculturais Noções Básicas em Cosmetologia Segurança em Instalações e Serviços em Desenho Industrial: Básico 2D e 3D Eletricidade – NR 10 Xanxerê Chapecó Fundamentos de Metrologia

http://pedrodubois.blogspot.com.br

Literatura

POEMA Pedro du Bois

Tânia Du Bois

como vemos em Mário Quintana, “A morte deveria ser assim: / um céu que pouco a pouco anoitecesse / E a gente nem soubesse que era o fim.” A cor do medo representa a morte através de palavras fortes, doloridas e escuras, com o ar da dor da saudade, que também é solitária, porque nos sentimos indefesos, pequenos e insignificantes diante do vácuo, como nos mostra Pedro Du Bois, ”choramos a morte // Mesmo que nos liberte. // Choramos a libertação / da morte / morte libertada / libertária. // Seca estrada / em pós / de choradas mortes.” Morrer significa viver o vazio? Morrer é terminar com a vida, o amor, as idéias, a luz, as cores? A morte não é expressão da vida? A morte deixa marcas que, muitas vezes, são os alicerces da vida. Sem a presença desse atenuante não realizamos os

PRESSA nossos desejos e nem mostramos que a amizade, o amor, a solidariedade e o companheirismo superam a morte. Enfim, é o suspiro que precisamos para respirar, sendo a cor do medo o que enfrentamos para colorir. Segundo Jean Baudrilhard, “Aquilo que chamam morrer não é senão acabar de viver e o que chamam nascer é começar a morrer. E aquilo que chamam viver é morrer vivendo. Não esperamos pela morte: vivemos com ela perpetuamente.” Precisamos da arte para recriar a vida e sentir, em forma de liberdade, a cor do medo, que ao desvelar o silêncio nutre a esperança da ressurreição das cores. Carlos Pessoa Rosa expressa, “... Hoje sei que não se nasce da terra, mas é nela que adormecemos...” E Max Martins diz, “... o morto é morto / não podes cultivá-lo / no teu agora...”

Ser da rapidez do ato o tempo decorrido no gozo insensato (a recompensa dispensa honrarias e se contenta com a visão sobre a cama) ao preço do pagamento antepõe a vida intercalada na sombra necessária ao descanso não há pressa em seu ato e o instante permanece na imagem eternizada.


16

CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

DECISÃO

Sinduscon e Companhia Águas de Itapema

Reunião aproxima entidade de concessionária

Rico é condenado por crime de responsabilidade dos Prefeitos e Vereadores GIULIANO SCOLARI jornalismo@correiodomunicipio.com.br

R > Mário Marcondes, João Formento, Motta Netto e Manoel Felipe FABIANO SOARES editor@correiodomunicipio.com.br

N

esta última terça-feira dia 28/08, estiveram reunidos na sede da Companhia Águas de Itapema, o Presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Itapema - SINDUSCON, João Formento, acompanhado de sua assessoria jurídica e associados da entidade, com o Presidente da Companhia Águas de Itapema, Manoel Motta Netto e o membro do Conselho da concessionária, o empresário Mário Vieira Marcondes Neto, além de demais técnicos. O objetivo do encontro foi padronizar alguns procedimentos que envolvem ambas as partes referentes à construção civil de Itapema, bem como sanar dúvidas e colher sugestões. Dentre os temas abordados foram discutidos: o prazo para apresentação de projetos hidrosanitários; a emissão de certidão que comprove a aprovação do projeto; o redimensionamento de rede e as ligações de água e esgoto. Na oportunidade, foi comentada pelo Presidente do SINDUSCON a recente decisão da Magistrada Andréia Regis Vaz, que liberou todas as novas ligações de esgoto à rede pública, suspensas temporariamente desde o ano passado. Formento demonstrou satisfação com a decisão e otimismo com o futuro de Itapema. Pediu ao Presidente da

Companhia menos burocracia nos procedimentos de ligação de água, relacionando as inúmeras exigências que vem sofrendo do Registro de Imóveis e da Prefeitura de Itapema. Disse, ainda, que a Companhia Águas de Itapema deve ser uma parceira do Sindicato da Construção Civil agilizando os procedimentos para as novas ligações de água e esgoto. Motta Netto foi receptivo às reivindicações da entidade, dizendo que a flexibilidade será um marco nesta parceria. Quanto à certidão de aprovação de projetos hidrosanitários, Manoel mostrou eficiência e apresentou o modelo do documento que será entregue quando da aprovação para comprovação da mesma. A polêmica da reunião foi em relação à negativa de ligação de água pela concessionária em terrenos vazios, que segundo Netto é uma exigência da Prefeitura Municipal de Itapema. Segundo o conselheiro da concessionária, Mário Marcondes, esta questão será revista por não ser apropriada, comprometendo-se a levar o assunto ao poder concedente, no caso, a Prefeitura de Itapema. Mais uma vez, João Formento demonstrou estar comprometido com a entidade que preside, trazendo resultados positivos a todos os associados, aproximando o Sindicato mais importante da região das entidades não governamentais, firmando parcerias que garantem o crescimento e desenvolvimento da cidade.

ecente decisão publicada no sítio do Poder Judiciário de Santa Catarina, envolvendo o candidato à prefeitura de Itapema nestas eleições, Ricardo Alexandre Rosa, está dando o que falar. Além do candidato a prefeito, estão ainda envolvidos na denúncia do Ministério Público Estadual, André Deon do Amaral e Nivaldo Pereira. Diz o processo que em maio de 2006, o proprietário do extinto Jornal Independente, André Deon entrou em contato com o então prefeito de Itapema, Ricardo Rosa a fim de inserir publicações de atos legais do município no Jornal. A contratação foi efetivada por meio da Fundação Municipal de Esportes no valor de R$ 7.800. No mês seguinte, André emitiu uma nota fiscal no valor de R$ 5.800 no qual apenas R$ 3 mil foram pagos pelo município. De acordo com o processo “o valor de R$ 3 mil não chegou a dar entrada na contabilidade do Jornal Independente, sendo desviado em favor do denunciado André Deon. Não só isso, o serviço de ‘publicação de atos legais’ indicado na nota fiscal nunca foi realizado pelo Jornal Independente”. Os autos dizem ainda que “Ricardo Alexandre Ricardo Rosa sabia que o serviço indicado na nota fiscal não havia sido prestado e utilizando-se das prerrogativas do cargo, determinou a Nivaldo Pereira, que ocupava o cargo de Superintendente da Fundação Municipal de Esportes de Itapema, que atestasse falsamente que o serviço de ‘publicação de atos oficiais’ havia sido prestado. O denunciado Nivaldo, sem conferir a veracidade da informação, como era de seu dever, efetivamente certificou no verso da nota fiscal que o serviço fora realizado”.

Por fim, o processo concluiu que Ricardo Rosa e André Deon, mesmo sabendo que o serviço descrito na nota não havia sido publicado, desviaram verba pública em benefício do dono do Jornal Independente. Já Nivaldo Pereira, ao atender o pedido do prefeito não se certificou sobre a realização do serviço e assumiu o risco, tendo papel fundamental no desvio dos valores.

A condenação

Os três envolvidos foram condenados ao cumprimento de dois anos e quatro meses de reclusão, em regime inicial aberto, substituída por duas penas restritivas de direitos, consistentes em prestação de serviços à comunidade e prestação pecuniária, ou seja, pagamento de 20 salários

os envolvidos não poderão pelo prazo de cinco anos, concorrer a cargo público ou mesmo eletivo ou de nomeação e também à reparação do prejuízo causado... míninos. Os envolvidos não poderão, pelo prazo de cinco anos, concorrer a cargo público ou mesmo eletivo ou de nomeação e também à reparação do prejuízo causado aos cofres públicos no valor de R$ 3.000,00. A equipe do Jornal Correio do Município ligou várias vezes para o candidato Ricardo Alexandre Rosa – Rico como é conhecido, mas ele não atendeu as ligações e nem retornou.


CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

CLASSICorreio CONSULTE CRÉDITOS DE FINANCIAMENTOS

VENDA

Aceita financiamento bancá- (Cod. 259) MEIA PRAIA rio. R$180.000,00. APTO 02 DORMS + 01 SUÍTE + Dependências + Garagem (Cod. 91) VÁRZEA – Casa Privativa. R$ 315.000,00 com 02 dorms ( sendo uma aceita-se Financiamento. comercial@correiodomunicipio.com.br suíte), demais dependências Contato: 3268-6886 e Vaga para Garagem. Acei- (Cod. 272) MEIA PRAIA ta financiamento bancário. APTO DE 02 DORMS + 01SUR$165.000,00 . ÍTE + Dependências +

(Cod. 270) ALTO SÃO BENTOÓtima oportunidade!!!Terreno com 88 m² e com benfeitorias. R$50.000,00 (Cod. 183) ALTO SÃO BENTO Vende-se casa com 02 dorms + dependências + Vaga para Garagem Privativa. garagem. R$130.000,00, (Cod.267)MEIA PRAIA- APTO R$370.000,00 aceita-se Fiaceita-se financiamento. DE 01 DORM + 01 SUÌTE+ nanciamento. Dependências e vaga para (Cod. 090) ALTO SÃO BEN- garagem.Ótima localização. (Cod. 261) PEREQUÊ - Casa TO – Casa com 02 dorms + R$215.000,00 com 04 dorms (sendo02 suídependências + Vaga para tes), demais dependências e Garagem. R$135.000.00, (Cod. 254) MEIA PRAIA – vaga para garagem, terreno aceita-se financiamento. APTO DE 01 DORM + 01 SUcom área total de 300m², ÍTE + Dependências + Garacontendo espaço nos fun(Com. 230) ALTO SÃO BENTO gem Privativa, com excelente dos. Rua pavimentada. R$ – Casa com 02 dorms e de- localização. R$ 285.000,00 260.000,00 mais dependências, terreno valor á vista. com área total de 385,00m² Rua 246, no 297 – sala 3 – Meia Praia – Itapema/SC (47)3268-1047 / 3368-2639 e amplo espaço nos fundos.

3268 06886 CLASSICorreio ANUNCIE AQUI!

FORD CARGO TRUCADO NO BAÚ. ANO 1987 TRATAR: (47) 9644.1404 9199.3699

CONTRATA-SE

CONTRATA-SE

Correio do Município contrata: Instituto Inova contrato provendedor de publicidade para região fissional para área de vende Porto Belo e Bombinhas. (47) das.Informações no telefone 9947 3206 47-32680073 e currículos

VENDO TERRENO

VENDEDOR EXTERNO: Jornal Correio do Município contrata para início imediato VENDEDOR DE PUBLICIDADE EXTERNO. Boa comissão e excelente oportunidade profissional. Faça parte da nossa equipe! Informações: 32686886 ou 9947 3206. Currículos para: comercial@correiodomunicipio.com.br

Visite nosso site: www.corretoraribeiroimoveis.com.br

VENDE-SE CAMINHÃO

17

VENDO!!! Logus 94 segundo dono. 1.8 CLi, gasolina, dir hidr. cinza. Pequenos retoques na lataria. R$ 3000,00 Contato: 47 99047970 Itapema/SC.

para o e-mail: contato@ institutoimova.com.br

Bem aventurado o homem cuja força está no Senhor - Sl. 84:5

COMUNIDADE EVANGÉLICA

IGREJA LUZ E VIDA Um lugar de paz e esperança!

Ministério Pastor Carlos e Pastora Neuza Cultos a partir das 19h30 Terças, Quintas, Sábados e Domingos e nas Quartas, após às 18h. Rua 418, esq. rua 412 A, Morretes . Fone: (47) 9161 8649

ÁREA 5.200M2 LOCAL: SERTÃO DO TROMBUDO Rua: Antônio Oliveira Área de terra arborizada e com vista para o mar TRATAR: FONE (47) 9947.3206

Livros Papelaria Revistas Jornais Fotocópia

Fone: (47) 3368 0185 Av. Nereu Ramos, 4062 - sala: 02 - Meia Praia email: cafeleituramatriz@terra.com.br


18

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

CLASSICorreio

CorreiodoMUNICÍPIO

479

TUBOS, FLANGES E CONEXÕES EM FERRO FUNDI-

CLASSICorreio

ANUNCIE AQUI! Fone: 3268 6886 Suspensão especial . Autoelétrica . Som & Acessórios

(47) 3368 9768 . equipcar_itapema@hotmail.com Rua 408, n 535 . Morretes . Itapema . SC

DO E MATERIAIS DIVERSOS PARA SANEAMENTO BÁSICO. SERVIÇOS DE TORNO, FRESA E USINAGEM EM GERAL. CONFECÇÃO DE COMPORTAS GUARDA-CORPO E CORRIMÃO EM DIVEROS TIPOS


CLASSICorreio

CorreiodoMUNICÍPIO

ALESSANDRA TERESA GOMES

(47) 9652 - 6889

OAB SC 29.577 . alessandrateresagomes@yahoo.com.br

Avenida Nereu Ramos, 2861 Sala: 03 e 04

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

19


20

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

CLASSICorreio

CorreiodoMUNICÍPIO

3268 06886

CLASSICorreio

ANUNCIE AQUI!

CLASSICorreio

ANUNCIE AQUI! Ligue: 3268 6886

CLASSICorreio

ANUNCIE AQUI!

Rolamentos e Retentores

Av. Nereu Ramos, nº 505 – Centro - Itapema


CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

21

ITAPEMA

Vereador cobra pavimentação completa da Rua 902 Uma indicação apresentada nesta terça-feira, 28, pelo vereador Mauro Hercílio - Marinho (PPS), representa o descontentamento dos moradores da Rua 902-C, no Bairro Alto São Bento, em Itapema. O fato da Prefeitura Municipal ter comunicado que a obra de pavimentação não contemplará a via em toda sua extensão, motivou a reclamação dos moradores. As queixas

são de lama em dias de chuva, e muita poeira em dias de sol, problemas que seriam solucionados com a pavimentação asfáltica da rua. Segundo o Governo Municipal, a falta de tubulação na Rua 902-C seria o motivo da pavimentação ficar inacabada neste momento. A Secretaria de Obras alega que somente após conclusão das galerias para passagem da tubulação,

Trecho final da obra de pavimentação

a pavimentação poderá ser concluída. Porém, Marinho, ao apresentar e justificar sua indicação, garantiu que a via já conta com essa estrutura, portanto poderia receber tal benfeitoria. “Há 4 anos pedimos a pavimentação dessa rua. O que se iniciou esta semana. O que a Secretaria de Obras argumentou ser empecilho para pavimentar toda rua, é mentira. Temos aqui moradores

do local, indignados com essa situação. Então deixo aqui minha reclamação e o meu pedido para que esse projeto seja revisto”, argumentou Marinho. A Indicação nº 101/2012, pedindo a continuação da pavimentação, foi aprovada por unanimidade pelos vereadores na última sessão legislativa. Ela segue agora para apreciação da Prefeitura Municipal.

Parte da Rua 902-C, que ficará sem asfalto

CNPJ VEÍCULO: 11.510.970/0001-53 - R$ 120,00

Câmara engajada em campanha mundial contra a Poliomielite A Câmara Municipal de Itapema está participando de uma campanha mundial pelo fim da Poliomielite, conhecida também como Paralisia Infantil, encabeçada pelos Rotarys Club espalhados pelos mais diversos países. A “End Polio Now” chegou até o legislativo de Itapema através do Governador Regional do Rotary Club, Nilson Algarves, que visitou a Casa esta semana. Nilson apresentou a campanha e pediu a colaboração da comunidade local na arrecadação de fundos para erradicação total da doença. O presidente do legislativo, Giliard Reis (PMDB ), apresentou a causa durante a sessão legislativa desta semana, realizada dia 28. “A esperança do Rotary é arrecadar R$ 100 mil em Santa Catarina e todos os Estados estão fazendo a sua parte, assim como nós”, declarou. Desta forma, a Câmara conta com 2 pontos de coleta para doações, fixados na recepção da Casa. “Acabe com a Pólio Agora!”: A Poliomielite, ou Paralisia Infantil, é uma doença causada por um vírus, e altamente contagiosa. Não tem cura. Pode ser evitada se as crianças forem vacinadas, até que o mundo se livre desse mal e, assim, nunca mais precise vacinar seus filhos contra a pólio. O objetivo maior, é que nenhuma criança venha sofrer com esta terrível doença. “Sabemos que a humanidade luta contra a pólio há 25 anos. Falta muito pouco para essa batalha acabar. Mas ainda não fizemos o suficiente. Se a paralisia infantil não for eliminada totalmente, ela irá retornar. A campanha “END POLIO NOW Santa Catarina” faz parte da corrente mundial de combate à doença, na qual os Rotarys Club de todo o mundo estão engajados”, apresentou Nilson. As doações arrecadadas pela Câmara Municipal serão entregues diretamente ao Rotary Itapema.


22

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

CorreiodoMUNICÍPIO

2011


CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

2011

23


24

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

CorreiodoMUNICÍPIO

2011


CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

2011

25


26

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

CorreiodoMUNICÍPIO

2011


CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

2011

27


28

CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

Esporte

Jogos Para...INSPIRAR! Mais de quatro mil atletas vão participar dos jogos Paralímpicos de Londres. A cerimônia de abertura foi nessa quarta-feira (29). O preço das entradas é metade do que nas Olimpíadas. A promoção foi um sucesso. Ao todo, 2,4 milhões de ingressos já haviam sido vendidos, mesmo antes da abertura. Os Jogos Paralímpicos de Londres acontecem até o próximo dia 9 de setembro, nas mesmas instalações das Olimpíadas. Ao todo, cerca de 4.200 atletas competirão em 20 modalidades. Com 182 representantes, o Brasil chega como uma das grandes forças e almeja o sétimo lugar no quadro de medalhas.

> Brasil conquista o 1º Ouro na competição, com Daniel Dias

> Mudança no nome

> As primeiras medalhas

Até a última edição, em 2008, as Paralimpíadas, jogos esportivos envolvendo pessoas com algum tipo de deficiência, eram chamadas no Brasil de Paraolimpíadas. No entanto, em novembro do ano passado, durante o lançamento da logomarca dos Jogos Paralímpicos de 2016, no Rio, o nome perdeu a letra “o” e passou a ser chamado de Paralimpíadas a pedido do Comitê Paralímpico Internacional. A intenção foi igualar o nome ao uso de todos os outros países de língua portuguesa: Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, onde já se usava o termo Paralimpíadas. Além disso, a palavra “olimpíadas” é referente à outra organização esportiva, o Comitê Olímpico Internacional.

Assim como nos Jogos Olímpicos, a primeira medalha do Brasil nas Paralimpíadas de Londres chegou pelo judô. Michele Ferreira conquistou o bronze na categoria 52kg. A brasileira passou por altos e baixos na competição, mas contou com a sorte na última luta. A francesa Sandrine Martinet, machucada, não conseguiu voltar à competição para a disputa do bronze. No centro aquático de Londres, o carioca André Brasil nadou os 200 metros quatro estilos e conquistou a prata. Cada vez que a bandeira subir no centro aquático de Londres, um brasileiro vai se aproximando de um recorde pessoal, como é o caso de Daniel Dias que conquistou a medalha de ouro e o recorde mundial. Foram 32 segundos e cinco centésimos; 22 a menos da marca que era dele mesmo.

> Abertura dos jogos ocorreu no último dia 29

BRASILEIRO 2012 SÉRIE A


CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

29

Tapera Rugby disputa final do Campeonato Catarinense > Equipe de Itapema é destaque na Série B do campeonato GIULIANO SCOLARI

A

jornalismo@correiodomunicipio.com.br

etapa final do Campeonato Catarinense de Rugby Série B ocorre em Itapema nesse sábado (01). Os jogos serão realizados no campo do Sociedade Esportiva Itapema, no bairro Areal, próximo ao Ginásio Municipal de Esportes a partir das 15h. Os itapemenses do Tapera Rugby Club da categoria adulto masculino disputam o título invictos na competição por pontos corridos, com cinco vitórias em cinco partidas em duas etapas realizadas. No mesmo dia, a partir das 9h, também no campo do Sociedade Esportiva Itapema ocorre o Torneio de Rugby Juvenil, com a participação de outras equipes do Tapera Rugby Club em três categorias: masculino 16, masculino 18 e feminino. O treinador da equipe de Itapema, Rafael Schonardie, está confiante, pois o Tapera Rugby Club chega à final do campeonato invicto e com o maior número de pontos acumulados - são oito de vantagem em relação ao segundo colocado. Ele explica que o time

chega muito forte e motivado pelas vitórias anteriores. “Quero convidar a todos para prestigiar este momento único, onde uma equipe itapemense tem a grande possibilidade de levantar a taça de campeã do Rugby”, completa. >Como é o jogo Uma partida de rugby é composta por duas equipes com 15 atletas, em que os jogadores marcam pontos conduzindo a bola com as mãos até o final do campo adversário, na chamada área de in goal. Outra opção é chutar a bola sobre o gol adversário, um grande “H” no final do campo. Parece o futebol americano, mas há diferenças. 1. No rugby, um jogador só pode passar a bola para outro atrás dele. No futebol americano, lançamentos pra frente estão liberados; 2. A bola só muda de equipe quando o adversário consegue roubá-la, ou no caso de falta. No futebol americano, perde a bola o time que não percorrer pelo menos 10 jardas (9,14 metros) em quatro tentativas. A partida é realizada em dois tempos de 40 minutos, em um campo com 144 metros de comprimento e 70 de largura. O rugby conta com um árbitro e dois bandeirinhas.

> Por que a bola de rugby é oval? Inicialmente, a bola de rugby era feita utilizando bexiga de porco. Em 1870, começaram a ser fabricados alguns modelos utilizando tubos de borracha internos e, devido a maleabilidade da borracha a forma mudou gradualmente de uma esfera para um formato bem oval. Em 1892, a RFU (sigla para União de Futebol de Rugby) adotou o formato oval como o padrão para as bolas do esporte. O achatamento gradual da bola continuou ao longo dos anos. O material usado passou de bexiga de porco a couro, até chegar ao material sintético.

> O Rugby ganha cada vez mais espaço no país. Atletas de Itapema já são destaque na Seleção Brasileira


30

CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

Geral Previdência Adriano Nogueira

A

O DIREITO À SAÚDE (PARTE 2)

s operadoras de Plano de Assistência à Saúde são pessoas jurídicas de direito privado constituídas sob a forma de sociedade civil ou comercial, cooperativa ou entidade de autogestão, que operem produtos ou serviços de Plano Privado de Assistência à saúde, sendo sua atividade disciplinada pela Lei n.º 9.656 de

03.06.1998. A Lei 9.656 estabelece regras que devem ser respeitadas por ocasião da celebração do contrato de assistência à saúde. No entanto, de forma complementar, são aplicáveis as normas gerais previstas no Código Civil, e, ainda, no Código de Defesa do Consumidor aos contratos de plano de saúde. Abaixo citamos algumas situações que já foram objeto de discussão perante o STJ.

Limitações nos planos

O STJ tem entendimento reiterado no que diz respeito à limitação do tempo de internação. A Quarta Turma, quando do julgamento do Resp 361.415, declarou nula cláusula contratual dos planos de saúde que limita o tempo de internação em UTI. Tal reconhecimento, porém, não implicou, no caso, pagamento de indenização por danos morais e materiais. Em outro julgamento (Resp 326.147), a Quarta Turma decidiu que os planos de saúde não podem limitar o valor do tratamento e de internações de seus associados. Acompanhando o voto do relator, ministro Aldir Passarinho Junior, a Turma concluiu que a limitação de valor é mais lesiva que a restrição do tempo de internação vetada pela Súmula 302 do Tribunal. Segundo o ministro, a exemplo da limitação do tempo de internação, quando se restringe o valor do custeio, independentemente do estado de saúde do paciente segurado, esvazia-se o propósito do contrato, que é o de assegurar os meios para a sua cura. Para ele, está claro que limitar o valor do tratamento é lesivo ao segurado, pois reduz a eficácia do tratamento.

Reajustes

O STJ, repetidamente, recebe recursos que discutem a abusividade nos reajustes dos planos e seguros de saúde, principalmente quando há mudança de faixa etária. A Terceira Turma, ao julgar o Resp 989.380, vedou os reajustes nas mensalidades dos planos de saúde da Unimed Natal a partir de janeiro de 2004, em razão da mudança de faixa etária daqueles que completassem 60 anos ou mais, independentemente da época em que foi celebrado o contrato, permanecendo os consumidores idosos submetidos aos demais reajustes definidos em lei e no contrato. Para a relatora do caso, ministra Nancy Andrighi, o consumidor que atingiu a idade de 60 anos, quer seja antes da vigência do Estatuto do Idoso, quer seja a partir de sua vigência, está sempre amparado contra a abusividade de reajustes das mensalidades dos planos de saúde com base exclusivamente na mudança de faixa etária, por força da proteção oferecida pela lei, agora confirmada pelo Estatuto. A ministra Nancy Andrighi aplicou o mesmo entendimento ao julgar caso envolvendo um grupo de associados da Associação Paulista de Medicina (APM) e da SulAmérica Seguro Saúde S/A (Resp 1.106.557).

Cobertura

A cobertura assistencial é um conjunto de direitos a que o consumidor faz jus ao contratar um plano de saúde. A extensão da cobertura é determinada pela legislação de saúde suplementar e tem que estar expressa no contrato firmado com a operadora. Entretanto, muito se tem discutido, na Justiça, sobre o que deve ser coberto ou não pelos planos de saúde. Para os ministros da Terceira Turma do STJ, a cirurgia plástica para a retirada do excesso de pele (tecido epitelial) decorrente de cirurgia bariátrica (redução do estômago) faz parte do tratamento de obesidade mórbida e deve ser integralmente coberto pelo plano de saúde (Resp 1.136.475). Ainda sobre cirurgia bariátrica, os ministros da Turma determinaram que um plano de saúde arcasse com as despesas da cirurgia em uma paciente que mantinha contrato de seguro anterior ao surgimento dessa técnica de tratamento (Resp 1.106.789). “A jurisprudência deste Tribunal vem reconhecendo que a recusa indevida à cobertura médica é causa de danos morais, pois agrava o contexto de aflição psicológica e de angústia sofrido pelo segurado”, disse a ministra Nancy Andrighi.

Nasceu mulher, mas quer o direito de ser homem Hormônios garantiram voz grossa, barba e pelos. Nome e gênero foram alterados na certidão de nascimento. Agora, Justiça mandou Estado pagar cirurgia de mudança de sexo de Alexandre Emanuel. Não existe isso de mulher virar homem. Eu já era um homem no corpo de mulher. É assim, com firmeza, determinação e, sobretudo, coragem que o educador físico Alexandre Emanuel expõe seu rosto, nome e história. Avisa logo que a mudança de sexo não se trata de um sonho ou de uma escolha. Mas de “uma necessidade física e psicológica”. Graças ao uso de hormônios, a voz já é de homem, a barba, os pelos. Em cirurgias anteriores, tirou mama, útero e ovário. Mudou de nome e de gênero na certidão de nascimento. Faltava o final, o que faz um homem se sentir um homem por inteiro. Na semana passada, Alexandre Emanuel obteve uma autorização inédita na Justiça de Pernambuco. Conseguiu que o Estado seja obrigado a pagar a cirurgia de mudança de sexo que fará no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás. A operação será o próximo capítulo - que ele espera seja o derradeiro - de uma luta que já soma 13 anos, quando, pela

primeira vez, tomou a decisão de buscar ajuda médica. Aos 45 anos, Alexandre diz que só quer o direito de ser o que ele sempre foi: homem. As informações são do Jornal do Commercio, de Recife.

> Metoidioplastia

Não se trata de um implante. A cirurgia de nome difícil, metoidioplastia, consiste em aumentar o clitóris com tratamento hormonal e construir um canal ligado à uretra. O novo pênis terá as mesmas funções de um pênis normal - relata o jornal recifense. Em Pernambuco, essa cirurgia ainda não é feita. O juiz Marcos Vinícius Nonato, da 4ª Vara da Fazenda Estadual, não demorou mais que 24 horas para estudar o caso e dar sua decisão em antecipação de tutela. A ação ajuizada pela Defensoria Pública entrou num dia, no outro a liminar estava concedida. Ele já tem todas as características masculinas, mudou o nome, fez as cirurgias anteriores, tirou seios e útero. Só faltava a parte peniana. Não há motivo para prolongar esse sofrimento. É uma situação que exige uma resposta imediata - escreve o juiz na decisão.

Consumidor poderá receber carro reserva em caso de demora no conserto Tramita na Câmara o Projeto de Lei 3847/12, do deputado Wilson Filho (PMDB-PB), que obriga as montadoras de veículos a fornecer carro reserva caso o automóvel do cliente fique parado por mais de 48 horas por falta de peças originais ou caso não seja possível a realização do serviço no prazo contratado. O fornecimento do carro, similar ao do cliente, deverá ser feito por meio

das concessionárias ou importadoras da marca. O único requisito é que o veículo esteja na garantia. A empresa que descumprir a medida poderá ser punida com base no Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90). As penas incluem, por exemplo, a cassação da licença do estabelecimento ou da atividade.

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO CIVIL DE ITAPEMA – SINDUSCON ELEIÇÕES SINDICAIS – EDITAL DE CONVOCAÇÃO Pelo presente edital, faço saber que no dia 01 de novembro de 2012, no período de 08:00h às 17:00h , na sede desta entidade, será realizada eleição para composição da Diretoria, Conselho Fiscal, Delegados Representantes à Federação da Indústria do Estado de Santa Catarina, à qual está filiado este sindicato, bem como Suplentes, ficando aberto o prazo de 15 (quinze) dias para o registro de chapas, que correrá a contar do dia seguinte à publicação do Aviso Resumido deste Edital, nos termos do Estatuto Social. A secretaria da entidade funcionará no período destinado ao registro de chapas, no horário das 08:00h às 12:00h e das 13:30h às 17:00h, para o recebimento de documentação e fornecimento do correspondente recibo. Itapema, 03 de setembro de 2012. JOÃO FORMENTO Presidente


CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

Roteiro cultural:

Camarão na moranga

:: De Tudo um Pouco com Rafael Cortez, em Blumenau e Floripa ::

Ingredientes: • 1 kg de camarão médio • 4 colheres (sopa) de azeite • 2 dentes de alho • 1 cebola • 5 tomates sem sementes • Sal e pimenta do reino a gosto • 1 lata de creme de leite sem soro • 300 g de requeijão cremoso • 1 moranga • cheiro verde a gosto

1. Retire a tampa da moranga e a seguir, as sementes 2. Lave e enrole-a em papel alumínio 3. Leve ao forno e asse por 45 minutos 4. Reserve 5. Em uma panela, aqueça o azeite e refogue o alho e a cebola, junte o camarão e deixe cozinhar por 5 minutos 6. Junte os tomates picados, a pimenta, o sal e 3 colheres (sopa) de catchup (opcional) 7. Desligue 8. Acrescente o creme de leite e o cheiro verde e misture bem 9. Por último adicione o requeijão 10. O requeijão pode ser espalhado dentro da moranga reservada, depois basta despejar o creme de camarão nela. •Dica: Substitua o camarão por frango, carne seca, palmito ou cação.

Agende-se!!!! 06/09 - Green Valley Atrações: Milena Scheide / Sunnery James & Ryan Marciano / AN21 / A Liga . Informações: 47 3360 8097 / 9903 4303 ou www.greenvalley.art. br Local: Green Valley , rua Mamoré, 1083 - Rio Pequeno - Camboriú/SC

Horóscopo da semana

06/09 - Show Nacional Kid Abelha Atrações: Kid Abelha Informações: 48 3721 9559 / 48 3721 9569 ou www.evento.ufsc.br Local: Centro de Cultura e Eventos da UFSC, Campus Universitário - Trindade - Florianópolis/SC

31

O jornalista faz stand-up, improviso, bate-papo e um pouco de música, sempre com uma interação com a plateia. Desde a estreia em 2008, Rafael Cortez faz parte do programa da Rede Bandeirantes, CQC. Também foi colaborador da Veja-SP, TV Gazeta e Rede Mulher.

> Serviço:

É no sábado, 1º de setembro, 20h30 no auditório Heinz Geyer do Teatro Carlos Gomes, em Blumenau. Os ingressos custam R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia) . O espetáculo é indicado para maiores de 12 anos. Mais informações: (47) 3144-7166 No dia 02 ele se apresenta em Florianópolis, às 19h30 no Campus Universitário da Trindade. Os ingressos custam R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia). Mais informações no (48) 4062-0065

CINEMA - sábado e domingo

GNC BALN. CAMBORIÚ SHOPPING

07/09 - Warung Beach Club

VALENTE

Atrações: Soul Clap / Wolf Lamb / Kolombo / Gui Borato / Renato Ratier Vs. Ingrid / Fran Bortolossi Informações: 47 3348.7643 ou www.warungclub.com.br Local: Warung Beach Club - Rua José Medeiros Vieira - Praia Brava - Itajaí/SC

Os Mercenários 2 17:00 19:10 21:20 (fantasia)

(3D) 15:00 (Animação)

Outback Uma Galera Animal

Valente (3D) 13:00 (Animação) A Era do Gelo 4 (3D) 13:10 (Animação) Batman: o Cavaleiro Das Trevas Ressurge 15:10 (Ação) Batman: o Cavaleiro Das Trevas Ressurge 18:20 21:30 (Ação) Os Mercenários 2 13:30 15:40 17:50 20:00 22:10 (Ação) À Beira do Caminho 13:20 (Drama)


32

CorreiodoMUNICÍPIO

E dição 87 - 01 de setembro de 2012

REDES SOCIAIS

>> Pág 07

Diário criado por estudante de 13 anos provoca mudanças em escola pública

DIREITO PREVIDENCIÁRIO

>> Pág 30

Não perca a sequência de artigos de Adriano Nogueira, sobre o direito à saúde

HOSPITAL EM OBSERVAÇÃO

>> Pág 08

Idoso morre em Hospital de Itapema e filho registra Boletim de Ocorrência

Mc DIA FELIZ

>> Pág 11

Ação mobilizou todo o país no dia 25. Em Itapema apresentações artísticas marcaram a data


ED87