Page 1


05/01/1963


ACOLHIDA Comentarista – Foi há 50 anos, na comunidade de ???????? que Adelina e Serilo Vian se uniram em matrimônio. Eles o fizeram na presença do padre Ermenegildo, amigos e seus padrinhos?????? Hoje eles convidam para agradecermos juntos a Deus tudo o que já realizaram nestes anos de matrimônio. Além de fazermos esta ação de graças por seu jubileu, pediremos ao Senhor que nos confirme a todos em nossos compromissos familiares e comunitários. CANTO Vocês construíram a casa na rocha, sobre a rocha do amor. / Vocês construíram a história com a benção do Senhor. / Por isso chegou este dia, tão feliz e de tanta alegria! COMO É BONITO UM AMOR QUE NUNCA ENVELHECE/ QUE NUNCA SE ESQUECE DA FONTE/ DA FONTE DO AMOR!/COMO É FELIZ O CASAL QUE OUVE A PALAVRA!/ EM DEUS ENCONTROU A VERDADE/ VIDA, VERDADE E AMOR! Vocês entenderam que fidelidade/tem consigo sua cruz./Mas nunca perderam o rumo/ pois na fé há sempre luz./ Por isso chegou este dia/ tão feliz e de tanta alegria! ATO PENITENCIAL Comentarista – O jubileu de casamento de Adelina e Serilo lembra os compromissos da vocação de cada um de nós. Fomos

chamados a fé em Cristo, à participação comunitária, `vida familiar. Todos temos nossa parte a dar na construção de um mundo justo e fraterno. Assumimos o testemunho da fé, o serviço fraterno e a harmonia da família? Cultivamos a oração e a meditação da palavra de Deus? CANTO RENOVA-ME SENHOR JESUS/ JÁ NÃO QUERO SER IGUAL/ RENOVA-ME SENHOR JESUS/ PÕE EM MIM SEU CORAÇÃO. Porque tudo o que há/ dentro de mim/ precisa ser mudado Senhor. Porque tudo o que há/ dentro do meu coração/ precisa mais de ti. HINO DE LOUVOR Comentarista – Esta celebração jubilar nos convida a louva a Deus por sua bondade. Manifestemos nosso louvor cantando: CANTO GLÓRIA/ GLÓRIA/ AO PAI CRIADOR, AO FILHO REDENTOR E AO ESPÍRITO/ GLÓRIA! Ao pai criador do mundo/ao filho redentor dos homens/ e ao espírito de amor demos sempre/ Glória!


ORAÇÃO P – Oremos. Ó Deus, olhai com bondade este casal, Adelina e Serilo com os filhos que geraram para a vida e fé, pelo bem que praticaram em sua longa vida. E, como confirmastes, em admirável sacramento, as primícias de seu amor, abençoai os frutos de seus longos anos. P.N.S.J.C. T – Amém. LITURGIA DA PALAVRA Leitura Comentarista: O matrimônio é grande porque representa a união de Cristo com sua igreja. Desta realidade, São Paulo tira algumas conseqüências para a vida do casal cristão???? Leitura da carta de São Paulo aos Colossenses (3, 12-17) Irmãos: Vós sois amados por Deus, sois os seus santos eleitos. Por isso, revesti-vos de sincera misericórdia, bondade, humildade, mansidão e paciência, suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos mutuamente, se um tiver queixa contra outro. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoaivos também. Mas, sobretudo, amai-vos uns as outros, pois o amor é o vínculo da perfeição. Que a paz de Cristo reine em vossos corações, à qual fostes chamados como membros de um só corpo. E sede agradecidos. Que a palavra de Cristo, com toda a sua riqueza, habite em vós. Ensinai e admoestai-vos uns aos outros com toda a sabedoria. Do fundo dos vossos corações,

cantai a Deus salmos, hinos e cânticos espirituais, em ação de graças. Tudo o que fizerdes, em palavras ou obras, seja feito em nome do Senhor Jesus Cristo. Por meio dele dai graças a Deus, o Pai. Palavra do Senhor. Meditando a Palavra Comentarista: Vamos meditar nas palavras que acabamos de ouvir. Ouçamos a mensagem que o canto nos traz e a guardemos em nosso coração. CANTO Ainda que eu fale a língua dos homens/ ainda que eu fale a língua dos anjos/ serei como bronze/ que soa em vão/ se eu não tenho amor/ amor aos irmãos. O AMOR É PACIENTE E TUDO CRÊ/ É COMPASSIVO/ NÃO TEM RANCOR/ NÃO SE ALEGRA COM A INJUSTIÇA E COM O MAL/ TUDO SUPORTA/ É DOM TOTAL. Ainda que eu tenha/ vigor de profeta/ e o dom da ciência/ firmeza na fé/ ainda que eu possa/ transpor as montanhas/ se eu não tenho amor/ de nada adianta. ACLAMAÇÃO DO EVANGELHO Comentarista: Porque a palavra de Deus orientou o casaljubilar ao longo dos seus dias, nós aclamamos cantando:


CANTO DÁ-ME A PALAVRA CERTA NA HORA CERTA E DO JEITO CERTO/ E PRA PESSOA CERTA./ DÁ-ME A CANTIGA CERTA NA HORA CERTA E DO JEITO CERTO/ E PRA PESSOA CERTA. Palavra é como pedra/ preciosa, sim./ Quem sabe o valor cuida bem do que diz./ Palavra é como brasa/ queima até o fim./ Quem sabe o que diz há de ser mais feliz. Evangelho (Mt 7, 21.24-29) Comentarista: Certamente o casal jubilar encontrou dificuldades nestes seus 50 anos de casamento. Eles as venceram porque construíram sua vida sobre a base firme do segmento de Cristo. P - O Senhor esteja convosco T - Ele está no meio de nós. P - Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus. T - Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: “Não são aqueles que dizem Senhor, Senhor, que entrarão no Reino dos Céus, mas só aquele que faz a vontade do meu Pai que está no céu. Todo aquele que ouve a minha palavra e as põe em prática é como o homem prudente que edificou sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, os rios transbordaram, vieram as torrentes e sopraram os ventos contra aquela casa; mas ela não desabou, porque estava edificada sobre a rocha. Por outro lado, quem houve

minhas palavras, e não as Poe em prática, é como um homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos sopraram e deram contra a casa, e a casa caiu, e sua ruína foi completa. Quando Jesus acabou de dizer estas palavras, as multidões ficaram admiradas com seu ensinamento. De fato, eles as ensinava como quem tem autoridade e não como os mestres da lei. Palavra da Salvação. HOMILIA Renovação do compromisso Celebrante: Neste dia festivo, convido o casal a renovar seu compromisso matrimonial diante de Deus em forma de oração Comentarista: Vamos acolher as alianças que o sacerdote vai abençoar novamente, sinal visível de amor que uniu Adelina e serilo ao longo destes 50 anos de vida. CANTO Eu te agradeço tanto/ por esse amor bonito/ que entrou na minha vida/ entrou e foi ficando e me envolveu./ Me trouxe um novo encanto/ mostrou-me o infinito/ e aquela dor doída/ a dor da solidão não mais doeu. Eu disse aonde eu ia/ contei-te os sonhos meus/ dissestes que era teu o meu caminho/ encheste a minha vida de carinho/dissestes que também buscavas Deus.


Eu te agradeço tanto por este matrimônio/ que se tornou meu sonho/ que é muito mais bonito que eu pensei./ É grande é puro é santo/ é cheio de lembranças/ é feito de esperanças/ te amo e para sempre te amarei. Com Deus por testemunha/ eu juro neste altar/ que venha o que vier em nossos dias/ por entre mil tristezas e alegrias/ pra sempre, sempre, sempre vou te amar. Celebrante: Na presença de Cristo na igreja, de seus filhos, parentes, amigos, voc6es Adelina e Serilo estão reafirmando que se amam e desejam continuar juntos no caminho do amor. Unam suas mãos através do gesto de entrega. Você, Serilo, promete continuar amando, respeitando e vivendo com alegria junto com Adelina? Serilo: Sim, prometo! Você, Adelina, promete continuar amando, respeitando e vivendo com alegria junto de Serilo? Adelina: Sim, prometo! Renovação da bênção das alianças Comentarista: As alianças de Adelina e Serilo foram abençoadas no dia de seu casamento. Elas passaram a ser o sinal concreto do amor de um pelo outro. Hoje as alianças carregam junto a bênção de todo o bem realizado nestes 50 anos. Bendizemos a Deus por tudo o que elas

representam na vida deste casal e que os mesmos permaneçam felizes em seu matrimonio. Celebrante: Oremos. Ó Deus que fizestes a aliança conosco em Jesus Cristo, abençoai as alianças e a união de amor deste casal. Que eles sejam para ambos um sinal de amor e de fidelidade. Que eles permaneçam fiéis um ao outro e se amem mutuamente na paz. P.N.S.J.C. Serilo: Adelina receba esta aliança como renovação do meu amor e de minha fidelidade. Adelina: Serilo receba esta aliança como renovação do meu amor e de minha fidelidade. Preces Minha prece de pai é que meus filhos sejam felizes. Minha prece de mãe é que meus filhos vivam em paz. Que eles achem os seus caminhos. Amem e seja amados! Vivam iluminados! Nossa prece de filhos é prece de quem agradece. Nossa prece é de filhos que sentem orgulho dos pais. Que eles trilhem os teus caminhos! Louvem e sejam louvados! Sejam recompensados! ILUMINA, ILUMINA, NOSSOS PAIS NOSSOS FILHOS E FILHAS! ILUMINA, ILUMINA, CADA PASSO DAS NOSSAS FAMÍLIAS!


Minha prece, ó Senhor, é também pelos meus familiares. Minha prece, ó Senhor, é por quem tem um pouco de nós. Que eles achem os seus caminhos! Amem e sejam amados! Vivam iluminados! Nossa prece, ó Senhor, É também pelos nossos vizinhos, Por quem vive e trabalha e caminha, Conosco, Senhor. Que eles achem os seus caminhos! Amem e sejam amados! Vivam iluminados! OFERTÓRIO Comentarista: Neste ofertório queremos recordar todos os gestos de doação que Adelina e Serilo tiveram um para com o outro e ambos para os filhos e a comunidade. CANTO Meu coração é para ti, Senhor (3X), meu coração é para ti. POQUE TU ME DESTE A VIDA/ PORQUE TU ME DESTE O EXISTIR/ PORQUE TU ME DESTE O CARINHO/ ME DESTE O AMOR! A minha vida é para ti... Minha Família é para ti... P – Oremos – Recebei, ó Pai, estas oferendas de ação de graças pelas bodas dos vossos filhos Adelina e Serilo, e fazei que sejam para ambos uma fonte de paz e de alegria. P.N.S.J.C

ORAÇÃO EUCARÍSTICA P - O Senhor esteja convosco. T - Ele está no meio de nós. P - Corações ao alto. T - O nosso coração está em Deus. P - Demos graças ao Senhor, nosso Deus. T - É nosso dever e nossa salvação. P - Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai Santo, eterno e todo poderoso, por Cristo, Senhor nosso. A união do homem e da mulher, que celebramos no sacramento do matrimonio, é a imagem do vosso amor de Pai. De fato, por amor criaste o homem e a mulher, na vossa bondade, os elevastes o mandamento do amor, distinto de todos os vossos filhos e filhas. Sinal permanente do vosso amor é o sacramento do matrimonio, que santifica o homem e a mulher para que possam participar da vossa eterna caridade. Unidos aos anjos e a todos os santos, nós vos aclamamos, cantando: CANTO Deus é Santo Deus é amor/ Deus é pai e criador/ E nos deu Jesus por irmão/ Louvado seja o Senhor! Céus e terra cantarão/ao que vem nos acolher/ No seu reino de amor/ Hosana damos ao Senhor! P - Na verdade, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade. Santificai, pois estas oferendas, derramando sobre elas o vosso


Espírito, a fim de que se tornem para nós o corpo e + o sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso. T - Santificai nossa oferenda, ó Senhor. P - Estando para ser entregue e abraçando livremente a paixão, ele tomou o pão, deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Eis o mistério da fé. T- Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus. P - Celebrando, pois, a memória da morte e ressurreição do vosso Filho, nós vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui na vossa presença e vos servir. T - Recebei, ó Senhor, a nossa oferta. P - E nós vos suplicamos que, participando do corpo e sangue de Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito num só corpo.

T - Fazei de nós um só corpo e um só espírito. P - Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja que se faz presente pelo mundo inteiro: que ela cresça na caridade com o nosso papa Bento XVI, e com o nosso bispo dom Luiz e todos os ministros do vosso povo. T - Lembrai-vos, ó Pai, da vossa igreja. P - Lembrai-vos também de todos os nossos familiares, amigos e parentes que morreram na esperança da ressurreição e de todos os que partiram desta vida: acolhei-os junto a vós na luz da vossa face. T - Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos. P - Enfim, nós vos pedimos, tende piedade de nós e dai-nos participar da vida eterna, com a Virgem Maria, mãe de Deus, com os santos apóstolos e todos os que neste mundo vos serviram, a fim de vos louvarmos e glorificarmos por Jesus Cristo, vosso Filho. T - Concedei-nos o convívio dos eleitos. T - Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus pai, todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. COMUNHÃO P - Antes de participarmos do banquete da eucaristia, sinal de reconciliação e vínculo de união fraterna, rezemos juntos, como o Senhor nos ensinou: T - Pai nosso que estais nos céus... Comunhão


Comentarista: Podemos agora buscar o sustento de nossa vida, que é o Corpo e o Sangue de Cristo. Ele se dá a nós para que também nos doemos com alegria aos irmãos. CANTO Preguiera a la Famêia ORAÇÃO DA COMUNHÃO Oremos: Ó Deus, que acolhestes à mesa da vossa família o casal Adelina e Serilo com seus filhos e amigos, concedei-lhes progredir com firmeza e alegria na mutua comunhão, para encontrarem-se, um dia, no convívio do céu. P.N.S.J.C. AÇÃO DE GRAÇAS FINAL Comentarista: Sentimos que é maravilhoso vivermos unidos, que é belo na família festejar alegre o jubileu de seus pais. O que devemos fazer para que no dia-a-dia nossas famílias vivam em harmonia? CANTO ABENÇOA SENHOR MEUS AMIGOS E MINHAS AMIGAS E DA-LHES A PAZ. AQUELES A QUEM AJUDEI/ QUE EU AJUDE AINDA MAIS/ AQUELES A QUEM MAGOEI/ QUE EU NÃO MAGOE MAIS/ SAIBAMOS DEIXAR UM NO OUTRO UMA SAUDADE QUE FAZ BEM/ ABENÇOE SENHOR MEUS AMIGOS E MINHAS AMIGAS. AMÉM!

Luzes que brilham juntas/ velas que juntas queimam no altar da esperança/ trilhos que juntos percorrem os mesmos dormentes/ e vão terminar no mesmo lugar/ Aves que voam em bando/ verso que segue verso nas rimas da vida/barcos que singram os mares até separados/ mas sobem o porto onde vão se encontrar/ São assim os amigos que a vida me deu/ Meus amigos e minhas amigas e eu! Gente que sonha junto/ gente que brinca e briga e se zanga e perdoa./ um sentimento forte, mais forte que a morte, nos faz ser amigos no riso e na dor./Vidas que fluem juntas/ rios que não confluem mas vão paralelos/ Aves que voam juntas e sabem que um dia, por força da vida não mais se verão. Resta apenas o sonho que a gente viveu./ Meu amigos e minhas amigas, e eu! BENÇÃO FINAL


Nossos pais: Marcelino Munaretto Marco Vian Odila Nardi Maria Comerlatto Nós: Adelina e Serilo Nossos filhos: Adiles – Ademir – Idair - Mercilda Nossos genros: +Gabriel Valdir – Lino – Altivir Nossas Noras: Dirley – Cristiane Nossos Netos: Pedro – Valdecir – Marco Antonio +Marcelo – Fernando – Ana Paula – Laura – Fernanda – Luiz Henrique – Flávia – João Vitor Nossa Bisneta: Gabriela (Valdecir e Simone) Nossos Filhos adotivos: Ir. Valdir – Luiz – Antonio


Agradecemos sua presença!

Celebração de Bodas dia 05 de janeiro de 2012 na igreja São Luiz no horário das 19 horas. Celebrada pelo pároco Pe. Fábio Costa Faria.


celebracao  

celebracao bodas d eouro vô e vó,