Issuu on Google+


05/01/1963


ACOLHIDA Comentarista – Foi há 50 anos, na comunidade de ???????? que Adelina e Serilo Vian se uniram em matrimônio. Eles o fizeram na presença do padre Ermenegildo, amigos e seus padrinhos?????? Hoje eles convidam para agradecermos juntos a Deus tudo o que já realizaram nestes anos de matrimônio. Além de fazermos esta ação de graças por seu jubileu, pediremos ao Senhor que nos confirme a todos em nossos compromissos familiares e comunitários. CANTO Vocês construíram a casa na rocha, sobre a rocha do amor. / Vocês construíram a história com a benção do Senhor. / Por isso chegou este dia, tão feliz e de tanta alegria! COMO É BONITO UM AMOR QUE NUNCA ENVELHECE/ QUE NUNCA SE ESQUECE DA FONTE/ DA FONTE DO AMOR!/COMO É FELIZ O CASAL QUE OUVE A PALAVRA!/ EM DEUS ENCONTROU A VERDADE/ VIDA, VERDADE E AMOR! Vocês entenderam que fidelidade/tem consigo sua cruz./Mas nunca perderam o rumo/ pois na fé há sempre luz./ Por isso chegou este dia/ tão feliz e de tanta alegria! ATO PENITENCIAL Comentarista – O jubileu de casamento de Adelina e Serilo lembra os compromissos da vocação de cada um de nós. Fomos

chamados a fé em Cristo, à participação comunitária, `vida familiar. Todos temos nossa parte a dar na construção de um mundo justo e fraterno. Assumimos o testemunho da fé, o serviço fraterno e a harmonia da família? Cultivamos a oração e a meditação da palavra de Deus? CANTO RENOVA-ME SENHOR JESUS/ JÁ NÃO QUERO SER IGUAL/ RENOVA-ME SENHOR JESUS/ PÕE EM MIM SEU CORAÇÃO. Porque tudo o que há/ dentro de mim/ precisa ser mudado Senhor. Porque tudo o que há/ dentro do meu coração/ precisa mais de ti. HINO DE LOUVOR Comentarista – Esta celebração jubilar nos convida a louva a Deus por sua bondade. Manifestemos nosso louvor cantando: CANTO GLÓRIA/ GLÓRIA/ AO PAI CRIADOR, AO FILHO REDENTOR E AO ESPÍRITO/ GLÓRIA! Ao pai criador do mundo/ao filho redentor dos homens/ e ao espírito de amor demos sempre/ Glória!


ORAÇÃO P – Oremos. Ó Deus, olhai com bondade este casal, Adelina e Serilo com os filhos que geraram para a vida e fé, pelo bem que praticaram em sua longa vida. E, como confirmastes, em admirável sacramento, as primícias de seu amor, abençoai os frutos de seus longos anos. P.N.S.J.C. T – Amém. LITURGIA DA PALAVRA Leitura Comentarista: O matrimônio é grande porque representa a união de Cristo com sua igreja. Desta realidade, São Paulo tira algumas conseqüências para a vida do casal cristão???? Leitura da carta de São Paulo aos Colossenses (3, 12-17) Irmãos: Vós sois amados por Deus, sois os seus santos eleitos. Por isso, revesti-vos de sincera misericórdia, bondade, humildade, mansidão e paciência, suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos mutuamente, se um tiver queixa contra outro. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoaivos também. Mas, sobretudo, amai-vos uns as outros, pois o amor é o vínculo da perfeição. Que a paz de Cristo reine em vossos corações, à qual fostes chamados como membros de um só corpo. E sede agradecidos. Que a palavra de Cristo, com toda a sua riqueza, habite em vós. Ensinai e admoestai-vos uns aos outros com toda a sabedoria. Do fundo dos vossos corações,

cantai a Deus salmos, hinos e cânticos espirituais, em ação de graças. Tudo o que fizerdes, em palavras ou obras, seja feito em nome do Senhor Jesus Cristo. Por meio dele dai graças a Deus, o Pai. Palavra do Senhor. Meditando a Palavra Comentarista: Vamos meditar nas palavras que acabamos de ouvir. Ouçamos a mensagem que o canto nos traz e a guardemos em nosso coração. CANTO Ainda que eu fale a língua dos homens/ ainda que eu fale a língua dos anjos/ serei como bronze/ que soa em vão/ se eu não tenho amor/ amor aos irmãos. O AMOR É PACIENTE E TUDO CRÊ/ É COMPASSIVO/ NÃO TEM RANCOR/ NÃO SE ALEGRA COM A INJUSTIÇA E COM O MAL/ TUDO SUPORTA/ É DOM TOTAL. Ainda que eu tenha/ vigor de profeta/ e o dom da ciência/ firmeza na fé/ ainda que eu possa/ transpor as montanhas/ se eu não tenho amor/ de nada adianta. ACLAMAÇÃO DO EVANGELHO Comentarista: Porque a palavra de Deus orientou o casaljubilar ao longo dos seus dias, nós aclamamos cantando:


CANTO DÁ-ME A PALAVRA CERTA NA HORA CERTA E DO JEITO CERTO/ E PRA PESSOA CERTA./ DÁ-ME A CANTIGA CERTA NA HORA CERTA E DO JEITO CERTO/ E PRA PESSOA CERTA. Palavra é como pedra/ preciosa, sim./ Quem sabe o valor cuida bem do que diz./ Palavra é como brasa/ queima até o fim./ Quem sabe o que diz há de ser mais feliz. Evangelho (Mt 7, 21.24-29) Comentarista: Certamente o casal jubilar encontrou dificuldades nestes seus 50 anos de casamento. Eles as venceram porque construíram sua vida sobre a base firme do segmento de Cristo. P - O Senhor esteja convosco T - Ele está no meio de nós. P - Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus. T - Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: “Não são aqueles que dizem Senhor, Senhor, que entrarão no Reino dos Céus, mas só aquele que faz a vontade do meu Pai que está no céu. Todo aquele que ouve a minha palavra e as põe em prática é como o homem prudente que edificou sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, os rios transbordaram, vieram as torrentes e sopraram os ventos contra aquela casa; mas ela não desabou, porque estava edificada sobre a rocha. Por outro lado, quem houve

minhas palavras, e não as Poe em prática, é como um homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos sopraram e deram contra a casa, e a casa caiu, e sua ruína foi completa. Quando Jesus acabou de dizer estas palavras, as multidões ficaram admiradas com seu ensinamento. De fato, eles as ensinava como quem tem autoridade e não como os mestres da lei. Palavra da Salvação. HOMILIA Renovação do compromisso Celebrante: Neste dia festivo, convido o casal a renovar seu compromisso matrimonial diante de Deus em forma de oração Comentarista: Vamos acolher as alianças que o sacerdote vai abençoar novamente, sinal visível de amor que uniu Adelina e serilo ao longo destes 50 anos de vida. CANTO Eu te agradeço tanto/ por esse amor bonito/ que entrou na minha vida/ entrou e foi ficando e me envolveu./ Me trouxe um novo encanto/ mostrou-me o infinito/ e aquela dor doída/ a dor da solidão não mais doeu. Eu disse aonde eu ia/ contei-te os sonhos meus/ dissestes que era teu o meu caminho/ encheste a minha vida de carinho/dissestes que também buscavas Deus.


Eu te agradeço tanto por este matrimônio/ que se tornou meu sonho/ que é muito mais bonito que eu pensei./ É grande é puro é santo/ é cheio de lembranças/ é feito de esperanças/ te amo e para sempre te amarei. Com Deus por testemunha/ eu juro neste altar/ que venha o que vier em nossos dias/ por entre mil tristezas e alegrias/ pra sempre, sempre, sempre vou te amar. Celebrante: Na presença de Cristo na igreja, de seus filhos, parentes, amigos, voc6es Adelina e Serilo estão reafirmando que se amam e desejam continuar juntos no caminho do amor. Unam suas mãos através do gesto de entrega. Você, Serilo, promete continuar amando, respeitando e vivendo com alegria junto com Adelina? Serilo: Sim, prometo! Você, Adelina, promete continuar amando, respeitando e vivendo com alegria junto de Serilo? Adelina: Sim, prometo! Renovação da bênção das alianças Comentarista: As alianças de Adelina e Serilo foram abençoadas no dia de seu casamento. Elas passaram a ser o sinal concreto do amor de um pelo outro. Hoje as alianças carregam junto a bênção de todo o bem realizado nestes 50 anos. Bendizemos a Deus por tudo o que elas

representam na vida deste casal e que os mesmos permaneçam felizes em seu matrimonio. Celebrante: Oremos. Ó Deus que fizestes a aliança conosco em Jesus Cristo, abençoai as alianças e a união de amor deste casal. Que eles sejam para ambos um sinal de amor e de fidelidade. Que eles permaneçam fiéis um ao outro e se amem mutuamente na paz. P.N.S.J.C. Serilo: Adelina receba esta aliança como renovação do meu amor e de minha fidelidade. Adelina: Serilo receba esta aliança como renovação do meu amor e de minha fidelidade. Preces Minha prece de pai é que meus filhos sejam felizes. Minha prece de mãe é que meus filhos vivam em paz. Que eles achem os seus caminhos. Amem e seja amados! Vivam iluminados! Nossa prece de filhos é prece de quem agradece. Nossa prece é de filhos que sentem orgulho dos pais. Que eles trilhem os teus caminhos! Louvem e sejam louvados! Sejam recompensados! ILUMINA, ILUMINA, NOSSOS PAIS NOSSOS FILHOS E FILHAS! ILUMINA, ILUMINA, CADA PASSO DAS NOSSAS FAMÍLIAS!


Minha prece, ó Senhor, é também pelos meus familiares. Minha prece, ó Senhor, é por quem tem um pouco de nós. Que eles achem os seus caminhos! Amem e sejam amados! Vivam iluminados! Nossa prece, ó Senhor, É também pelos nossos vizinhos, Por quem vive e trabalha e caminha, Conosco, Senhor. Que eles achem os seus caminhos! Amem e sejam amados! Vivam iluminados! OFERTÓRIO Comentarista: Neste ofertório queremos recordar todos os gestos de doação que Adelina e Serilo tiveram um para com o outro e ambos para os filhos e a comunidade. CANTO Meu coração é para ti, Senhor (3X), meu coração é para ti. POQUE TU ME DESTE A VIDA/ PORQUE TU ME DESTE O EXISTIR/ PORQUE TU ME DESTE O CARINHO/ ME DESTE O AMOR! A minha vida é para ti... Minha Família é para ti... P – Oremos – Recebei, ó Pai, estas oferendas de ação de graças pelas bodas dos vossos filhos Adelina e Serilo, e fazei que sejam para ambos uma fonte de paz e de alegria. P.N.S.J.C

ORAÇÃO EUCARÍSTICA P - O Senhor esteja convosco. T - Ele está no meio de nós. P - Corações ao alto. T - O nosso coração está em Deus. P - Demos graças ao Senhor, nosso Deus. T - É nosso dever e nossa salvação. P - Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai Santo, eterno e todo poderoso, por Cristo, Senhor nosso. A união do homem e da mulher, que celebramos no sacramento do matrimonio, é a imagem do vosso amor de Pai. De fato, por amor criaste o homem e a mulher, na vossa bondade, os elevastes o mandamento do amor, distinto de todos os vossos filhos e filhas. Sinal permanente do vosso amor é o sacramento do matrimonio, que santifica o homem e a mulher para que possam participar da vossa eterna caridade. Unidos aos anjos e a todos os santos, nós vos aclamamos, cantando: CANTO Deus é Santo Deus é amor/ Deus é pai e criador/ E nos deu Jesus por irmão/ Louvado seja o Senhor! Céus e terra cantarão/ao que vem nos acolher/ No seu reino de amor/ Hosana damos ao Senhor! P - Na verdade, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade. Santificai, pois estas oferendas, derramando sobre elas o vosso


Espírito, a fim de que se tornem para nós o corpo e + o sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso. T - Santificai nossa oferenda, ó Senhor. P - Estando para ser entregue e abraçando livremente a paixão, ele tomou o pão, deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Eis o mistério da fé. T- Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus. P - Celebrando, pois, a memória da morte e ressurreição do vosso Filho, nós vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui na vossa presença e vos servir. T - Recebei, ó Senhor, a nossa oferta. P - E nós vos suplicamos que, participando do corpo e sangue de Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito num só corpo.

T - Fazei de nós um só corpo e um só espírito. P - Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja que se faz presente pelo mundo inteiro: que ela cresça na caridade com o nosso papa Bento XVI, e com o nosso bispo dom Luiz e todos os ministros do vosso povo. T - Lembrai-vos, ó Pai, da vossa igreja. P - Lembrai-vos também de todos os nossos familiares, amigos e parentes que morreram na esperança da ressurreição e de todos os que partiram desta vida: acolhei-os junto a vós na luz da vossa face. T - Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos. P - Enfim, nós vos pedimos, tende piedade de nós e dai-nos participar da vida eterna, com a Virgem Maria, mãe de Deus, com os santos apóstolos e todos os que neste mundo vos serviram, a fim de vos louvarmos e glorificarmos por Jesus Cristo, vosso Filho. T - Concedei-nos o convívio dos eleitos. T - Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus pai, todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. COMUNHÃO P - Antes de participarmos do banquete da eucaristia, sinal de reconciliação e vínculo de união fraterna, rezemos juntos, como o Senhor nos ensinou: T - Pai nosso que estais nos céus... Comunhão


Comentarista: Podemos agora buscar o sustento de nossa vida, que é o Corpo e o Sangue de Cristo. Ele se dá a nós para que também nos doemos com alegria aos irmãos. CANTO Preguiera a la Famêia ORAÇÃO DA COMUNHÃO Oremos: Ó Deus, que acolhestes à mesa da vossa família o casal Adelina e Serilo com seus filhos e amigos, concedei-lhes progredir com firmeza e alegria na mutua comunhão, para encontrarem-se, um dia, no convívio do céu. P.N.S.J.C. AÇÃO DE GRAÇAS FINAL Comentarista: Sentimos que é maravilhoso vivermos unidos, que é belo na família festejar alegre o jubileu de seus pais. O que devemos fazer para que no dia-a-dia nossas famílias vivam em harmonia? CANTO ABENÇOA SENHOR MEUS AMIGOS E MINHAS AMIGAS E DA-LHES A PAZ. AQUELES A QUEM AJUDEI/ QUE EU AJUDE AINDA MAIS/ AQUELES A QUEM MAGOEI/ QUE EU NÃO MAGOE MAIS/ SAIBAMOS DEIXAR UM NO OUTRO UMA SAUDADE QUE FAZ BEM/ ABENÇOE SENHOR MEUS AMIGOS E MINHAS AMIGAS. AMÉM!

Luzes que brilham juntas/ velas que juntas queimam no altar da esperança/ trilhos que juntos percorrem os mesmos dormentes/ e vão terminar no mesmo lugar/ Aves que voam em bando/ verso que segue verso nas rimas da vida/barcos que singram os mares até separados/ mas sobem o porto onde vão se encontrar/ São assim os amigos que a vida me deu/ Meus amigos e minhas amigas e eu! Gente que sonha junto/ gente que brinca e briga e se zanga e perdoa./ um sentimento forte, mais forte que a morte, nos faz ser amigos no riso e na dor./Vidas que fluem juntas/ rios que não confluem mas vão paralelos/ Aves que voam juntas e sabem que um dia, por força da vida não mais se verão. Resta apenas o sonho que a gente viveu./ Meu amigos e minhas amigas, e eu! BENÇÃO FINAL


Nossos pais: Marcelino Munaretto Marco Vian Odila Nardi Maria Comerlatto Nós: Adelina e Serilo Nossos filhos: Adiles – Ademir – Idair - Mercilda Nossos genros: +Gabriel Valdir – Lino – Altivir Nossas Noras: Dirley – Cristiane Nossos Netos: Pedro – Valdecir – Marco Antonio +Marcelo – Fernando – Ana Paula – Laura – Fernanda – Luiz Henrique – Flávia – João Vitor Nossa Bisneta: Gabriela (Valdecir e Simone) Nossos Filhos adotivos: Ir. Valdir – Luiz – Antonio


Agradecemos sua presença!

Celebração de Bodas dia 05 de janeiro de 2012 na igreja São Luiz no horário das 19 horas. Celebrada pelo pároco Pe. Fábio Costa Faria.



celebracao