Page 51

O ME N I N O Q U E V I RO U

GRIFE

Armani – a marca internacional mais conhecida no Brasil – existe graças ao imperador italiano Giorgio, que deixou a medicina para espalhar elegância pelo planeta Por Ca rlos Amoed o

Roma

teve mais de uma centena de imperadores. Mas para os italianos, o verdadeiro imperador, o homem capaz de incendiar a moda e revolucionar o mundo do design, é o estilista Giorgio Armani. Aos 75 anos, cabelos grisalhos, olhos azuis cristalinos, pele bronzeada, feição forte e marcante, esse senhor italiano, com jeito de garotão, cria há três décadas, peças do vestuário e objetos que transpiram modernidade e elegância, admirados por muitos e possuídos por poucos. O grupo Armani, fundado em 1975 por Giorgio com o amigo Sergio Galeotti, desenha, fabrica, distribui e vende roupas, acessórios, relógios, joias, artigos de decoração, perfumes e cosméticos em oito divisões ou marcas: Giorgio Armani, Armani Privé, Armani Collezioni, Emporio Armani, Aj/Armani Jeans, A/X Armani Exchange, Armani Junior e Armani Casa. São 13 fábricas e cerca de 500 lojas exclusivas em 46 países, empregando diretamente 5 mil pessoas. Cada marca possui uma equipe de estilo. Mas é Giorgio Armani quem comanda, supervisiona, aprova ou refaz as criações quando necessário. Há quem o descreva como uma pessoa de temperamento difícil, mas tudo indica que essa sede por perfeição levou seu grupo a crescer anualmente em média, 14% nos últimos cinco anos. Em 2008, a grife somou 1,620.3 milhão de euros em vendas. Se for levado em conta o comércio de produtos autorizados no valor por atacado, o lucro sobe para 2,516.9 milhões de euros. Segundo pesquisa realizada desde 2008, pela MCF Consultoria e Conhecimento, empresa especializada em negócios de luxo, em parceria com o instituto de pesquisas GFK, a Armani é a líder de preferência entre os brasileiros no segmento de vestuário de alto padrão. O mesmo resultado foi constatado por uma pesquisa global realizada pela empresa britânica Nielsen, também em 2008. “A Armani é uma escola contemporânea do luxo em diversos níveis de acessibilidade”, diz Carlos Ferreirinha, presidente da MCF. “É uma das poucas marcas que se transformam pelo próprio nome originando outras marcas de sucesso sob a tutela de um mesmo criador e estilo.”

050_057_BRANDS.indd 51

7/28/10 1:43:38 PM

Just 2  
Just 2  

revista de luxo

Advertisement