Issuu on Google+

s

a

ú

d

e

2

0

0

os mais admirados da

MEDICINA DistribuiçÃo D i r i g i D a

´ me di cos e hospitais

www.analise.com

9


ÍNDICE

ÁREA DOs mais admirados Alergia e Imunologia Anestesiologia Cardiologia Cirurgia cardiovascular Cirurgia da mão Cirurgia de cabeça e pescoço

os mais admirados da

MEDICINA

Cirurgia do aparelho digestivo Cirurgia geral Cirurgia pediátrica Cirurgia plástica Cirurgia torácica Cirurgia vascular Clínica geral Coloproctologia Dermatologia Endocrinologia e metabologia Epidemiologia Farmacologia

Apresentação Pesquisa seleciona o que a área de saúde no Brasil tem de mais exuberante: médicos e hospitais admirados. Pág.8

Gastroenterologia Genética médica Geriatria Ginecologia e obstetrícia Hematologia Hepatologia

PERFIL DOS MÉDICOS

Pág.32

Imunologia Infectologia Mastologia

PERFIL DOS HOSPITAIS

Pág.288

Medicina do esporte Medicina do trabalho Medicina estética Medicina intensiva Medicina nuclear Medicina social Medicina tropical Nefrologia Neurocirurgia Neurologia Nutrologia Oftalmologia Oncologia Ortopedia e traumatologia Otorrinolaringologia Patologia Pediatria Pneumologia Psiquiatria Radiologia Radioterapia Reumatologia Urologia

4

SAÚDE

Médicos

Hospitais

Pág

Pág

14 14 14 15 15 15 15 15 16 16 16 16 16 18 18 18 20 20 20 20 20 22 23 23 23 23 23 23 23 23 23 23 24 24 24 24 24 25 25 25 25 26 26 26 27 27 28 28 28 29

276 276 276 276 276 276 277 277 277 277 277 278 278 278 278 278 279 279 279 279 279 279 280 280 280 280 280 281 281 281 281 281 281 281 282 282 282 282 282 284 284 284 285 285 285 285 285


METODOLOGIA

Saiba como foi feita esta edição Quem escolhe os médicos e hospitais mais admirados

As listas de nomes de médicos e de hospitais publicadas nesta edição com a indicação de os mais admirados da medicina foram montadas a partir de indicações de médicos consultados pela Análise Editorial. Este ano, o grupo de médicos convidados a fazer indicações foi formado com base nos nomes publicados na edição de 2008, de Os Mais Admirados da Medicina. Esse grupo é formado por representantes de entidades de classe, associações de especialistas, diretores de hospitais particulares e públicos, professores, pesquisadores, outros profissionais conhecidos e consagrados pela competência profissional e médicos revelados na pesquisa realizada em 2008. 

Como é feita a pesquisa 

A pesquisa foi iniciada no dia 9 de setembro de 2008, e encerrada em 18 de novembro de 2008. Nesse período foram procurados cerca de quatro mil profissionais. Com o objetivo de identificar profissionais e estabelecimentos de saúde que se destacam na prestação de serviços, os nomes dos entrevistados que participaram da pesquisa foram mantidos em sigilo. Dessa maneira, cada entrevistado pôde se manifestar livremente. As indicações dos médicos são armazenadas em um banco de dados eletrônico.

Como é MONTADA A LISTA DE  MAIS ADMIRADOS para publicação

O trabalho de pesquisa resultou em 1.500 votos válidos e a indicação de aproximadamente 4.600 nomes de diferentes médicos e quase 500 nomes de diferentes hospitais. A lista final de médicos e de hospitais publicada nesta edição foi organizada a partir de uma nota de corte definida pela edição baseada em critérios técnicos. Análise Os Mais Admirados da Medicina 2009 apresenta 2.349 nomes de médicos em 50 especialidades da medicina e 214 hospitais. Foram citados médicos de 26 estados brasileiros, apenas o estado de Tocantins não teve médicos citados. Além disso, foram citados hospitais localizados em 16 unidades da federação. Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo tiveram representantes entre os mais admirados.  Não médicos – A lista de mais admirados inclui os nomes de alguns profissionais que não possuem formação superior em medicina. A edição decidiu mantê-los devido ao reconhecimento expresso pelos médicos convidados a fazer indicações e por sua contribuição inequívoca para o desenvolvimento da medicina. 

Como é feito o perfil dos médicos e HOSPITAIS mais admirados 

A atual edição apresenta, a partir da página 32 o perfil de 2.238 médicos, entre os 2.349 da lista final. E o perfil de 119 hospitais entre os 214 mais admirados, a partir da página 288. Esta edição de Análise Editorial publica o perfil de todos os profissionais e de todos os estabelecimentos de saúde que forneceram informações. Todos foram procurados e receberam as mesmas condições para preencher os questionários eletrônicos criados para facilitar a produção dos perfis. No caso dos perfis de médicos, quando foi possível, a equipe buscou informações em fontes oficiais. A principal delas foi a Plataforma Lattes, base de dados de currículos de pesquisadores do Con-

6

SAÚDE

selho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).  Observações para o perfil dos médicos: No perfil dos médicos foram usados os conceitos de especialidade, área de atuação e área de interesse. A Comissão Mista de Especialidades (CME), formada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), pela Associação Médica Brasileira (AMB) e pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), reconhece e denomina as especialidades médicas e áreas de atuação na medicina.   Especialidades – são as grandes áreas de conhecimento. São definidas a partir da complexidade que apresentam, pela relevância epidemiológica que possuem e pelo acúmulo de informação que se tem sobre elas.  Áreas de atuação – são áreas complementares às especialidades, são reconhecidas e certificada pela CME. Para atuar com exclusividade em uma área de atuação, o médico pode obter um certificado de área de atuação emitido pela AMB, por exemplo.  Áreas de interesse – foram definidas pela Análise Editorial como subespecialidades, não reconhecidas pela CME ou em processo de reconhecimento, nas quais muitos médicos se dedicam como áreas de sua preferência, mas não como atividade exclusiva. 

Critérios adotados na elaboração do perfil dos hospitais: 

No perfil dos hospitais foram usados os conceitos de taxa de mortalidade, taxa de infecção hospitalar e médicos por leito. Taxa de mortalidade dos hospitais – a taxa de mortalidade é obtida pelo coeficiente entre o número total de óbitos e o número total de altas no período. Taxa de infecção hospitalar – a taxa de mortalidade é calculada através do coeficiente entre o número total de casos de infecção hospitalar e o número total de altas no período. Médicos por leito – o indicador foi obtido a partir da divisão do número total de médicos ou enfermeiros pelo número de leitos totais, não incluindo leito de UTI, leito de maternidade e day clinic. 

Abreviações  Os nomes de algumas faculdades aparecem na publicação na forma abreviada a fim de facilitar a leitura e evitar repetições. São elas: Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), Fundação Getulio Vargas (FGV),Instituição Toledo de Ensino (ITE), Instituto Municipal de Ensino Superior de São Caetano do Sul (USCS), Instituto Nacional de PósGraduação (INPG),Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Camp), Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC -MG), Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), Universidade de São Paulo (USP), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy (Unigranrio), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp),Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

e

d

i

t

o

r

i

a

l

Presidente Eduardo Oinegue Diretores de conteúdo Alexandre Secco e Silvana Quaglio Diretor financeiro Gerhard Sogl Diretor comercial Alexandre Raciskas Rua Major Quedinho, 111, 16° andar CEP 01050-904, São Paulo - SP Tel. (55 11) 3201-2300 Fax (55 11) 3201-2310 contato@analise.com

www.analise.com

os mais admirados da

MEDICINA PUBLISHER Eduardo Oinegue EDITOR Alexandre Secco Editora Assistente: Ana Paula Marques Reportagem: Márcio Conde e Cleide Viana Pesquisa: Ana Carolina Victorazzi, Carlos Eduardo Massarico, Daniel Ghigiarelli, Heloiza Camargo, Juliane Almeida, Leonardo Morato, Mariana Blessa, Mateus Cleto, Maurício Nadal, Nathalia Guarezi, Roberta Veloso, Rodrigo Salles e Taluana Borba Revisão: Dalva Nogueira de Lacerda Diagramação: Gustavo André Moura, Régis Schwert e Robson Rodrigues Tecnologia da informação/ gerência: Cristiano Carlos da Silva Tecnologia da informação: Henrique Dergado e Marco Antonio Stefanelli Circulação/gerência: Ligia Donatelli Circulação/levantamento de dados: Aline Fraga, Bruna Abjon, Camila do Bem, Carlos Larios, Carolina Ferreira, Carolina Macedo, César Melo, Henrique Gonçalves do Carmo, Jacqueline Lopes Sobral, Letícia Vidica e Valquíria Oliveira Publicidade/gerentes de negócios: Alessandra Soares, Carlos Salazar, Fernando Monteiro, Marcia Pires e Thomas Steward Assistente comercial: Silvia Marinho Assistente de mercado: Camila Chaves Tiragem: 45 000 Auditoria/Auditing

Empresa filiada à Associação Nacional dos Editores de Revistas

Impressão: Gráfica Prol Distribuição exclusiva em bancas: Fernando Chinaglia Distribuidora S/A (21) 2195-3200 Planej. de Circulação: Edicase Soluções para Editores www.edicase.com.br - Op. de Manuseio FG Press (11) 3697-2277. Distribuição dirigida: Door to door www.d2d.com.br


REUTERS

os mais admirados

Médicos analisam imagem de coração: medicina brasileira menos distante das nações desenvolvidas

Medicina de primeira grandeza Eduardo Oinegue

S

endo a única empresa brasileira especializada na produção de anuários estatísticos de cunho jornalístico, a Análise Editorial tem o privilégio de constatar em cada publicação sua – sempre com números – que o Brasil está cada vez mais sofisticado, mais atualizado e menos distante dos países aos quais nos comparamos quando buscamos referências de desenvolvimento. (A relação completa das publicações da Análise pode ser conferida em www.analise.com). É fabuloso ver o Brasil progredindo em diversas áreas. E é especialmente reconfortante verificar que a medicina nacional também forma entre os segmentos de grande vitalidade. Reconfortante porque vivemos aqui, temos nossos filhos aqui e dependemos

8

SAÚDE

dos avanços da medicina brasileira para o nosso bem-estar. A prova material desta vitalidade é o anuário Análise Saúde, que, em 2009, chega à sua segunda edição. Afinal, se o Brasil não tivesse avançado como avançou no campo da saúde, de que forma reuniríamos massa crítica para editar uma revista como esta, que traz a relação de 2.000 profissionais médicos e de 100 hospitais mais admirados pelos próprios médicos, em 50 especialidades? Para editar outra de nossas publicações, o anuário Análise Advocacia, que reúne a relação dos advogados e escritórios mais admirados do Brasil, a Análise Editorial entrevista os diretores jurídicos das maiores empresas brasileiras. Ou seja, recorre aos clientes para saber quais são suas referências no Direito. No caso do anuário Análise Saúde não faria muito sentido procurar os clientes dos médicos, ou seja, seus pacientes, posto que falta a eles conhecimento científico para aferir a qua-


lidade médica. O paciente pode ser parâmetro para medir a satisfação com o atendimento recebido, que muitas vezes, não guarda relação com a qualidade do tratamento prestado. Daí porque recorremos aos próprios médicos, únicos em condições de julgar a medicina que se pratica no Brasil. Partimos do princípio de que, se a indicação de um só médico de nossa confiança já nos deixa tranquilos na escolha de um especialista, a indicação feita por muitos médicos pode ser ainda melhor. Análise Saúde é resultado de uma ampla pesquisa, resultado de milhares de entrevistas individualizadas feitas com médicos e conduzidas por nossa equipe de pesquisadores e jornalistas. A qualidade da lista final é resultado da qualidade dos entrevistados, que batizamos de “colégio eleitoral”. A formação e composição deste colégio é explicada em detalhes na metodologia que acompanha a edição. Ao pedir a

cada um dos entrevistados que indicasse até três médicos mais admirados em sua área de atuação, recebemos como resposta o nome de profissionais consagrados e de alta reputação e também de médicos menos conhecidos, mas igualmente respeitados na categoria pela qualidade do tratamento a seus pacientes. A escolha dos mais admirados não se orientou por uma preocupação de natureza geográfica. Em outras palavras, não pedimos ao “colégio eleitoral” que apontasse profissionais na sua cidade ou região, mas aos mais admirados onde quer que estivessem. A lista final reuniu profissionais de 25 estados brasileiros. O mesmo critério norteou a seleção dos hospitais mais admirados. Como não poderia deixar de ser, o perfil dos médicos mais admirados da Análise Saúde é muito diferente da média da categoria médica em geral, que tem três empregos, dá plantões

A formação acadêmica dos profissionais Escolas onde se graduaram 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 15 16 17 18 19 20 21

25 26 28 29

Faculdade de Medicina da USP Universidade Federal de São Paulo Universidade Federal do Rio de Janeiro Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Universidade Federal do Paraná Universidade Federal do Rio Grande do Sul Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp Fundação e Faculdade de Medicina do ABC Universidade Federal de Pernambuco Universidade Federal Fluminense Universidade do Estado do Rio de Janeiro Universidade Federal da Bahia Centro Universitário Lusíada Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Universidade de Santo Amaro Faculdade de Medicina de Botucatu da Unesp Universidade Federal do Triângulo Mineiro Universidade de Mogi das Cruzes Escola de Medicina da Fundação Técnico Souza Marques Pontifícia Universidade Católica de Sorocaba Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Universidade Federal do Ceará Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais Universidade Federal de Goiás Universidade Gama Filho Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública Faculdade Evangélica do Paraná Universidade Federal de Juiz de Fora Outras

% 19,2 10,8 7,1 4,3 3,9 3,3 3,0 2,9 2,8 2,4 2,2 2,1 1,9 1,9 1,7 1,5 1,4 1,3 1,2 1,1 1,0 1,0 1,0 1,0 0,9 0,8 0,8 0,7 0,6 0,6 0,6 14,8

públicas x privadas

62%

38%

cursaram universidade pública

cursaram universidade privada

MESTRADO

20%

80%

possuem

não possuem

doutorado

71%

29%

possuem

não possuem

HOMENS X MULHERES

84%

16%

são homens

são mulheres

SAÚDE

9


Alergia e imunologia Alergia e imunologia 

Antonio Claudio Lucas Nóbrega 

Fausto Feres 

Luiz Antônio de Almeida Campos 

Antônio de Pádua Mansur 

Fausto Haruki Hironaka 

Luiz Antônio Machado César 

Antônio Edmond Ghattas 

Felix José Alvarez Ramires 

Luiz Aparecido Bortolotto 

Antonio Paes de Carvalho 

Fernando Bacal 

Luiz Carlos Santana Passos 

Ari Timerman 

Fernando Ganem 

Luiz Eduardo Mastrocolla 

Dirceu Solé 

Aristóteles C. Alencar Filho 

Fernando Nobre 

Luiz Fernando Salazar Oliveira 

Evandro Alves do Prado 

Armênio Costa Guimarães 

Fernando Oswaldo Dias Rangel 

Luiz Francisco Cardoso 

Luiz Vicente Rizzo 

Auristela I. de Oliveira Ramos 

Flávio Cure Palheiro 

Luiz José Martins Romeo Filho 

Wilson Carlos Tartuci Aun 

Bárbara Maria Ianni 

Flávio Tarasoutchi 

Luiz Roberto Soares Londres 

Benedito Carlos Maciel 

Francisco A. Helfenstein Fonseca 

Marcelo Chiara Bertolami 

Bernardino Tranchesi Júnior 

Francisco Bueno W. Gonçalves 

Marcelo Garcia Leal 

Bráulio Luna Filho 

Francisco C. da Costa Darrieux 

Marco Antônio Mota Gomes 

Bruno Caramelli 

Francisco Manes Albanesi Filho 

Marcos A. Magalhães Andrade Jr. 

Cantídio Drumond Neto 

Francisco R. Martins Laurindo 

Marcos Knobel 

Carlos A. Mascia Gottschall 

Fúlvio José Carlos Pileggi 

Marcos R. Andrade Costa Barros 

Carlos Alberto Pastore 

Gilson Soares Feitosa 

Maria Virginia L. Machado 

Antonio Rahme Amaro 

Carlos Augusto Cardoso Pedra  

Gilson Soares Feitosa Filho 

Maria Virgínia Tavares Santana 

Antonio Vieira de Mello Filho 

Carlos Augusto Cardozo Faria 

Giuseppe Sebastiano Dioguardi 

Mário de Seixas Rocha 

Eliana Laurenti 

Carlos Ronaldo Scherr 

Hélio Germiniani 

Maristela Camargo Monachini 

Flávio Takaoka 

Carlos Vicente Serrano Júnior 

Humberto Pierre 

Martino Martinelli Filho 

Jair de Castro Júnior 

Celmo Celeno Porto 

Ieda Biscegli Jatene 

Maurício Wajngarten 

José Luiz Gomes do Amaral 

Celso Amodeo 

Iran Castro 

Max Grinberg 

José Otávio Costa Auler Júnior 

Celso Ferreira 

Iran Gonçalves Júnior 

Michel Batlouni 

José Paulo de F. Drummond 

César Augusto Esteves 

Jadelson Pinheiro de Andrade 

Mucio Tavares de Oliveira Jr. 

Maria José Carvalho Carmona 

Charles Mady 

Jairo Lins Borges 

Nabil Ghorayeb 

Mônica M. Siaulys C. Cardoso 

Cláudio Buarque Benchimol 

Januário de Andrade 

Nabil Mitre 

Pedro Paulo Tanaka 

Cláudio Cirenza 

Jaqueline Scholz Issa 

Nadine Oliveira Clausell 

Ronaldo Seligman 

Claudio D. Sahione Schettino 

João B. Costa C. Serro Azul 

Nasser Sarkis Simão 

Sérgio Bernardo Tenório 

Cleonice Carvalho Coelho Mota 

João Lourenço Villari Herrmann 

Nelson A. de Souza e Silva 

Wanda Gomes Carneiro 

Cynthia Karla Magalhães  

João Mansur Filho 

Nelson Itiro Miyague 

Daniel Born 

Joel Spadaro 

Niete Lago Modernell 

Daniela Calderaro 

Jorge Pinto Ribeiro 

Orlando Campos Filho 

Dário Celestino Sobral Filho 

José Aid Soares Sad 

Oscar Pereira Dutra 

Denilson Campos de Albuquerque 

José Alfredo Sejópoles 

Oswaldo Tadeu Greco 

Diovanne Berleze 

José Antônio Franchini Ramires 

Otávio Celso Eluf Gebara 

Dirceu Rodrigues de Almeida 

José Antonio Marin Neto 

Otávio Rizzi Coelho 

Edgard Pessoa de Mello Júnior 

José Augusto Marcondes Souza 

Paulo Cesar B. Veiga Jardim 

Abrão José Cury Junior 

Edimar Alcides Bocchi 

José Carlos Nicolau 

Paulo Eneas Franco Ortiz Jr. 

Adriano Marçal Nogueira Junior 

Edmar Atik 

José Eduardo Krieger 

Paulo Jose Ferreira Tucci 

Alcides José Zago 

Edmundo Arteaga Fernández 

José Eduardo Morais Rego Sousa 

Paulo Márcio Sallum 

Aloyzio Cechella Achutti 

Edson Stefanini 

José Guilherme de Faria Feres 

Paulo Roberto Dutra da Silva 

Álvaro Avezum Júnior 

Eduardo Argentino Sosa 

José Henrique Andrade Vila 

Pedro Alves Lemos Neto 

Amanda Guerra de M. Rego Sousa 

Eduardo Benchimol Saad 

José Marcio Ribeiro 

Protásio Lemos da Luz 

Amit Nussbacher 

Eduardo Moacyr Krieger 

José Marcos de Gois 

Radi Macruz 

Andréa Araujo Brandão 

Eduardo Nani Silva 

José Paulo Novazzi 

Rafael Leite Luna 

Andrei Carvalho Sposito 

Elias Knobel 

José Péricles Cruz Esteves 

Raul Dias dos Santos Filho 

Andréia Assis Loures Vale 

Enilton Sergio Tabosa do Egito 

José Renato das Neves 

Renato Abdala Karam Kalil 

Angelo Amato Vincenzo de Paola 

Ernani Furletti Lages 

José Rocha Faria Neto 

Renato Barroso Pereira Castro 

Anis Rassi Junior 

Ernesto Succi 

José Wilson Souza Cavalcante 

Ricardo Pavanello 

Anna Maria Andrei Fischmann 

Eulógio Emílio Martinez Filho 

Josilavio de Almeida Araújo 

Roberto Alexandre Franken 

Antônio Augusto Barbosa Lopes 

Evandro Tinoco Mesquita 

Juliano de Lara Fernandes 

Roberto Esporcatte 

Antonio C. Pereira Barretto 

Expedito E. Ribeiro da Silva 

Leopoldo Soares Piegas 

Roberto Kalil Filho 

Antonio Carlos de C. Carvalho 

Fábio Fernandes 

Lilian Maria Lopes 

Roque Marcos Savioli 

Antônio Carlos Lopes 

Fábio Sândoli de Brito Júnior 

Lucia Tomoko Fukuyama 

Rosa Célia Pimentel Barbosa 

Antonio Carlos Palandri Chagas 

Fábio Vilas Boas Pinto 

Luís Henrique Wolff Gowdak 

Rui Fernando Ramos 

Anestesiologia 

Cardiologia 

14

SAÚDE


Cirurgia Geral

Sandra da Silva Mattos 

Noedir Antônio Groppo Stolf 

Sérgio Samir Arap 

Jurandir Marcondes Ribas Filho 

Sérgio Timerman 

Orlando Petrucci Júnior 

Vergilius J. F. Araújo Filho 

Laércio Gomes Lourenço 

Sônia Silva Prado 

Pablo M. Alberto Pomerantzeff 

Luiz Augusto C. D'Albuquerque 

Valéria Bezerra de Carvalho 

Paulo Chaccur 

Valmir Fernandes Fontes 

Paulo José de Freitas Ribeiro  

Valter Correia de Lima 

Paulo Manuel Pêgo Fernandes 

Walter Lunardi 

Paulo Paredes Paulista 

Marcel Autran Cesar Machado 

Whady Armindo Hueb 

Paulo Roberto Barbosa Évora 

Marcel Cerqueira César Machado 

Wille Oigman 

Paulo Roberto Lunardi Prates 

Wilson Alves de Oliveira Jr. 

Paulo Roberto L. Prates 

Alberto Goldenberg 

Marcelo Averbach 

Wilson Salgado Filho 

Paulo Roberto Slud Brofman 

Albino Augusto Sorbello 

Marcelo Zindel Salem 

Pedro Rafael Salerno 

Alexander Charles Morrell 

Marcos de Abreu Bonardi 

Reinaldo Wilson Vieira 

Almino Cardoso Ramos 

Maria José Femenias Vieira 

Renato Samy Assad 

André Kondo 

Maria Lúcia Zanotelli 

Ricardo de Carvalho Lima 

André Luis Montagnini 

Mitsunori Matsuda 

Ricardo Mazzieri 

Andy Petroianu 

Nelson Adami Andreollo 

Sérgio Almeida de Oliveira 

Antonio Carlos Ligocki Campos 

Nelson Ary Brandalise 

Valdo José Carreira 

Antônio L. Vasconcellos Macedo 

Osvaldo Malafaia 

Adib Jatene 

Walter José Gomes 

Antonio Nocchi Kalil 

Paulo F. Altenfelder Silva 

Arlindo Almeida Riso 

Antonio Sérgio Brenner 

Paulo Herman 

Artur Berti Ricca 

Paulo Kassab 

Aureo Ludovico de Paula 

Paulo Roberto Savassi Rocha 

Danton Richlin da Rocha Loures 

Boris Barone 

Peretz Capelhuchnik 

Domingo Marcolino Braile 

Bruno Zilberstein 

Rafael Sanches Neto 

Ênio Buffolo 

Carlos Eduardo Domene 

Raul Cutait 

Fábio Biscegli Jatene 

Carlos Eduardo Fonseca Pires 

Renato Araújo Bonardi 

Cirurgia cardiovascular 

Carlos Roberto Ribeiro Moraes 

Cirurgia da mão 

Cléber Costa de Oliveira 

Cirurgia do aparelho digestivo 

Luiz Felipe Fernandes Osório  Magaly Gemio Teixeira  Manoel dos Passos Galvão Neto 

Marcelo Augusto F. Ribeiro Jr. 

Fernando Platania 

Jefferson Luis Braga da Silva 

Cervantes Caporossi 

Renato Arioni Lupinacci 

Fernando Ribeiro Moraes Neto 

Rames Mattar Júnior 

Cleber Dario Pinto Kruel 

Rubens Antônio Aissar Sallum 

Francisco Diniz Affonso Costa 

Delcio Matos 

Sergio M. A. Domenico Lucchesi 

Donato Roberto Mucerino 

Sérgio Roll 

Edmundo Machado Ferraz 

Sérgio Szachnowicz 

Edson José Lobo 

Sidney Raimundo Silva Chalub 

Jesualdo Cherri 

Eugênio Américo Bueno Ferreira 

Telesforo Bacchella 

João José Carneiro 

Evandro Andersen Pinheiro 

Thomas Szegö 

José Armando Mangione 

Fernando Luiz Barroso 

Ulysses Ribeiro Junior 

Henrique Murad  Ivo Abrahão Nesralla  Januário Manoel de Souza 

Cirurgia de cabeça e pescoço 

José Carlos Silva de Andrade 

Alberto Rossetti Ferraz 

Flávio Antonio Quilici 

Vincenzo Pugliese 

José Francisco Baumgratz 

Alfio José Tincani 

Francisco C. Martins Rodrigues 

William Saad Hossne 

José Glauco Lobo Filho 

Antonio José Gonçalves 

Francisco Sérgio P. Regadas 

Zacarias Alves de Souza Filho 

José Pedro da Silva 

Antônio Santos Martins 

Gaspar de Jesus Lopes Filho 

José Teles de Mendonça 

Benedito Valdecir de Oliveira 

Gutemberg Fernandes de Araújo 

Luís Alberto Oliveira Dallan 

Celso U. Moretto Friguglietti 

Henrique Walter Pinotti 

Luiz Antonio Rivetti 

Claudio Roberto Cernea 

Hilton Telles Libanori 

Luiz Augusto Ferreira Lisboa 

Daniel Sperb 

Iure Kalinine Ferraz de Souza 

Luiz Boro Puig 

Fábio Luiz Menezes Montenegro 

Ivan Cecconello 

Luiz Carlos Bento de Souza 

Fernando Luiz Dias 

João Batista Marchesini 

Luiz César Guarita Souza 

Flávio Carneiro Hojaij 

João C. Dallegrave Marchesini 

Alcides José Branco Filho 

Luiz Fernando Kubrusly 

Jacob Kligerman 

Joaquim José Gama Rodrigues 

Alcino Lázaro da Silva 

Luiz Francisco Poli Figueiredo 

José Magrim 

José Alfredo dos Reis Neto 

Américo Gusmão Amorim 

Marcelo Biscegli Jatene 

Lenine Garcia Brandão 

José Ben-Hur de E. Ferraz Neto 

Antônio Carlos C. Kuster Filho 

Maria Lúcia Bastos Passarelli 

Luiz Paulo Kowalski 

José Carlos Del Grande 

Carlos Alberto Guimarães 

Mario Gesteira Costa 

Luiz Roberto Medina dos Santos 

José Carlos Pareja 

Carlos Gilberto Carlotti Jr. 

Mário Issa 

Marcelo Doria Durazzo 

José Eduardo Monteiro da Cunha 

Carlos Henrique Mayr Júnior 

Miguel Lorenzo Barbero Marcial 

Marcos Brasilino de Carvalho 

José Eduardo S. do Nascimento 

Célio Eduardo da Costa Henrici 

Mozart Augusto Soares Escobar 

Marcos Roberto Tavares 

José Jukemura 

Celso Luiz Empinotti 

Nilzo Augusto Mendes Ribeiro 

Pedro Michaluart Júnior 

Josemberg Marins Campos 

Celso Marques Portela 

Cirurgia geral 

SAÚDE

15


medicina social Medicina social 

Neurocirurgia 

Neurologia 

José Antunes Rodrigues  José Geraldo Speciali  José Luiz Dias Gherpelli  José Luiz Weffort  José Marcelo Ferreira Bezerra 

Daniele Riva 

Alberto Carlos Capel Cardoso 

Abelardo Queiroz Campos Araújo 

José Maurício Godoy Barreiros 

Alex Caetano de Barros 

Abram Topczewski 

José Salomão Schwartzman 

Alex Caetano Rolindo 

Acary Souza Bulle Oliveira 

Lineu César Werneck 

Américo Rubens Leite Santos 

Alberto Alain Gabbai 

Luciano de Paola 

Arthur Cukiert 

Américo Ceiki Sakamoto 

Luis Fernando Garcias da Silva 

Atos Alves de Souza 

Amilton Antunes Barreira 

Luiz Alberto Bacheschi 

Benedicto Oscar Colli 

André de Castro Dalbem 

Luiz Augusto Franco de Andrade 

Carlos Henrique Ribeiro 

André Luis Fernandes Palmini 

Luiz Celso Pereira Vilanova 

Ênio Roberto Pietra Pedroso 

Carlos Roberto Telles Ribeiro 

Andrea Frota Bacelar Rego 

Magda Lahorgue Nunes 

Eduardo de A. Silva Vellutini 

Antonio Spina França Netto 

Marcelo Calderaro 

Eliseu Paglioli Neto 

Aroldo Luiz da Silva Bacellar 

Marcia L. C. Pradella Hallinan 

Evandro Pinto da Luz Oliveira 

Ayrton Roberto Massaro 

Marcos Raimundo Gomes Freitas 

Felix Hendrik Pahl 

Benito Pereira Damasceno 

Maria Joaquina Marques Dias 

Fernando Menezes Braga 

Carlos A. Mantovani Guerreiro 

Maria Luiza G. de Manreza 

Flávio José Barbosa Leite 

Charles André 

Marilisa Mantovani Guerreiro 

Gabriel Mufarrej Neto 

Charles Peter Tilbery 

Mário Gilberto Siqueira 

Álvaro Nagib Atallah 

Gilberto G. Machado de Almeida 

Cícero Galli Coimbra 

Maurice Borges Vincent 

Alvaro Pacheco e Silva Filho 

Guilherme Carvalhal Ribas 

Dagoberto Callegaro 

Mauricio A. Gheller Friedrich 

Artur Beltrame Ribeiro 

Gustavo Adolpho C. de Carvalho 

Dalva Lúcia Rollemberg Poyares 

Mauro Atra 

Daniel Sigulem

Hamilton Matushita 

Denise Duizit Colin 

Mauro Muszkat 

Davi Korn 

Hélio Rubens Machado 

Eduardo Genaro Mutarelli 

Milberto Scaff 

Décio Mion Junior 

Henrique Seiji Ivamoto 

Egberto Reis Barbosa 

Osvaldo Massaiti Takayanagui 

Elias David Neto 

Hildo R. Cirne Azevedo Filho 

Eli Faria Evaristo 

Paulo C.Trevisol Bittencourt 

Emil Sabbaga 

Jânio Nogueira 

Eliova Zukerman 

Paulo Caramelli 

Euler Pace Lasmar 

João Márcio de Moraes Garcia 

Elza Márcia Targas Yacubian 

Paulo Euripedes Marchiori 

Hugo Abensur 

Joaquim de Campos Simião 

Erasmo Barbante Casella 

Paulo H. Ferreira Bertolucci 

Irene de Lourdes Noronha 

Jorge P. B. Marcondes de Souza 

Esper Abrão Cavalheiro 

Pedro Ferreira Moreira Filho 

Istênio José Fernandes Pascoal 

José Alberto Landeiro 

Fernando Cendes 

Pedro Paulo Porto Júnior 

João Egidio Romão Júnior 

José Carlos Esteves Veiga 

Fernando Kok 

Rafael Linden 

Jocemir Ronaldo Lugon 

José Carlos Lynch de Araújo 

Fernando Nório Arita 

Regina Maria Papais Alvarenga 

José Osmar M. de Abreu Pestana 

José Francisco Salomão 

Flávio Sadurny de Aloe 

Ricardo Nitrini 

Luiz Estevam Ianhez 

Luis Alencar Biurrum Borba 

Francisco E. Costa Cardoso 

Roberto Franco Morgulis 

Marcelo Costa Batista 

Luiz Alcides Manreza 

Gabriel Rodríguez de Freitas 

Rosana Souza Cardoso Alves 

Marcus Gomes Bastos 

Luiz Carlos de Alencastro 

Gerson Chadi 

Sebastião Eurico de Melo Souza 

Maria Eugênia F. Canziani 

Manoel Jacobsen Teixeira 

Getúlio Daré Rabello 

Sérgio Augusto Pereira Novis 

Miguel Carlos Riella 

Marcos Augusto Stávale Joaquim 

Gilmar Fernandes do Prado 

Sérgio Roberto Haussen 

Miguel Cendoroglo Neto 

Mário Augusto Taricco 

Glieb Ávila Pereira 

Sergio Tufik 

Natalino Salgado Filho 

Milton Kazunori Shibata 

Hélio Afonso Ghizoni Teive 

Soniza Vieira Alves Leon 

Nestor Schor 

Mirto Nelso Prandini  

Henrique Ballalai Ferraz 

Umbertina Conti Reed 

Odair Marson 

Nelson Pires Ferreira 

Ida Fortini 

Vilma Duarte Câmara 

Oscar Fernando Pavão Santos 

Paulo Niemeyer Soares Filho 

Irene Abramovich 

Vitor Tumas 

Paulo César Ayrosa Galvão 

Pedro Sampaio Guerra 

Ivan Antônio Izquierdo 

Wilson Luiz Sanvito 

Pedro Renato Chocair 

Raul Marino Júnior 

Jaderson Costa da Costa 

Wilson Marques Júnior 

Roberto Pecoits Filho 

Reynaldo André Brandt 

Jaime Olavo Marquez 

Ronaldo Roberto Bérgamo 

Ricardo Ramina 

Jefferson Becker 

Sérgio Antônio Draibe 

Sebastião Nataniel S. Gusmão 

João Pereira Leite 

Sérgio Reynaldo Stella 

Sérgio Cavalheiro 

João Radvany 

Valter Duro Garcia 

Sérgio Pinheiro Ottoni 

Joaquim Coutinho Netto 

Vanda Jorgetti 

Valter da Costa 

Jorge El-Kadum Noujaim 

Virgilio Gonçalves Pereira Jr. 

Wen Hung Tzu 

Jorge Neval Moll Neto 

Medicina tropical 

Nefrologia 

24

SAÚDE


ortopedia e traumatologia Nutrologia 

Harley Edison Amaral Bicas 

Oncologia 

Ricardo Renzo Brentani 

Henderson Celestino de Almeida 

Roberto Gomes 

Homero Gusmão de Almeida 

Ronaldo de Albuquerque Ribeiro 

Jacó Lavinsky 

Samuel Aguiar Junior 

João Alberto Holanda Freitas 

Sebastião Cabral Filho 

Aloízio Faria de Souza 

João Orlando Ribeiro Gonçalves 

Adelaide Machado Portela 

Sérgio Daniel Simon 

Carlos Daniel Magnoni 

Joel Edmur Boteon 

Ademar Lopes 

Sidnei Epelman 

Celso Cukier 

Jorge Mitre 

Ademir Torres Abrão 

Vladmir Cláudio Cordeiro Lima 

Dan Linetzky Waitzberg 

José da Silva R. de Oliveira 

André Márcio Murad 

Daniela Ávila Hueb 

José Ricardo C. Lima Rehder 

Antônio Carlos Buzaid 

Durval Ribas Filho 

Leôncio de Souza Queiroz Neto 

Antônio Drauzio Varella 

José Eduardo Dutra de Oliveira 

Lincoln Lemes Freitas 

Artur Katz 

Mauro Fisberg 

Luciene Chaves Fernandes 

Artur Malzyner 

Osman Gióia 

Márcia Beatriz Tartarella 

Augusto César de Andrade Mota 

Patrícia Amante de Oliveira 

Márcio Bittar Nehemy 

Auro Del Giglio 

Marco Antonio Rey de Faria 

Benedito Mauro Rossi 

Adilson de Paula 

Marcos Pereira de Ávila 

Bernardo Garicochea 

Akel Nicolau Akel Junior 

Mariana Coelho 

Carlos Gil Moreira Ferreira 

Akira Ishida 

Mário Luiz Ribeiro Monteiro 

Carlos H. Escosteguy Barrios 

Alberto Tesconi Croci 

Mariza Aparecida Polati 

Carlos Inácio de Paula 

Alcino Cochrane de Affonseca 

Mauricio Eliezer Neto 

Carlos R. Brunetti Montenegro 

Alexandre Estevão Vamos Kokron 

Mauro Silveira Queiroz Campos 

Cid Ricardo A. Buarque Gusmão 

Aloysio Campos da Paz Júnior 

Adalmir Mortera Dantas 

Michel Eid Farah Neto 

Clarissa M. Cerqueira Mathias 

Amâncio Ramalho Júnior 

Almir Ghiaroni de A. e Silva 

Miguel Ângelo Padilha Velasco 

Daniel Goldberg Tabak 

André Pedrinellio 

Álvaro Dantas de Almeida Jr. 

Miguel Laudelino Fernandes 

Daniel Herchenhorn 

Antônio Vitor de Abreu 

Ana Luisa Höfling de L. Farah 

Milton Ruiz Alves 

Elza M. de O. Dertonio Donato 

Arlindo Gomes Pardini Júnior 

Ana Rosa Pimentel Figueiredo 

Mylene Leal Matsuhara 

Fabio de Oliveira Ferreira 

Arnaldo Valdir Zumiotti 

Antonio Augusto Velasco e Cruz 

Nadyr Jorge Sáfadi 

Fabio Jose Haddad 

Benno Ejnisman 

Breno Barth Amaral de Andrade 

Nassim da Silveira Calixto 

Fauzia de Fátima Naime 

Caio Augusto de Souza Nery 

Carlos Augusto Moreira Júnior 

Newton Kara José 

Fernando Cotait Maluf 

Carlo Milani 

Carlos Eduardo Leite Arieta 

Octaviano Magalhães Júnior 

Fernando Medina da Cunha 

Carlos Americo de B. V. Giesta 

Carlos França Rangel 

Oswaldo F. M. Brasil do Amaral 

Francisco Aparecido Belfort 

Carlos Augusto Malheiros Luzo 

Carlos Gabriel de Figueiredo 

Patrícia Ferreira Conti 

Frederico Perego Costa 

Claudio Henrique Barbieri 

Carlos Heler Ribeiro Diniz 

Paulo A. de Arruda Mello Filho 

Gelson Batochio 

Cláudio Santili 

Carlos Ramos de Souza Dias 

Paulo César Silva Fontes 

Gilberto Schwartsmann 

Cleber Antonio Jansen Paccola 

Carlos Roberto Paiva Gonçalves 

Paulo Elias Corrêa Dantas 

Guilherme Mendes Filho 

Edie Benedito Caetano 

Christian M. de Camargo Campos 

Paulo Schor 

Gustavo Cardoso Guimarães 

Edson Cerqueira Garcia Freitas 

Cláudio do Carmo Chaves 

Remo Susanna Junior 

Hezio Jadir Fernandes Júnior 

Eduardo Barros Puertas 

Cláudio Luiz Lottenberg 

Renaldo Duarte Moreno 

Hiram Silveira Lucas 

Eduardo Benegas 

Cleber Godinho 

Ricardo Queiroz Guimarães 

Jorge Sabbaga 

Elcio Landim 

Clelia Maria Erwenne 

Ricardo Uras 

José Bines 

Élio Consentino 

Daniela E. C. Campelo Ramos 

Riuitiro Yamane 

José Carlos do Valle 

Emerson Kiyoshi Honda 

Denise de Freitas 

Roberto Freire Santiago Malta 

José Cláudio Casali da Rocha 

Fábio Ferraz Amaral Ravaglia 

Denise de Vuono Chinzon 

Roberto Mitiaki Endo 

Jurandir de Almeida Dias 

Flávio Faloppa 

Edilberto Olivalves 

Rogério Alves Costa 

Manoel Jesus Pinheiro Coelho 

Flávio Robert Sant'ana 

Eduardo Cunha de Souza 

Rubens Belfort Mattos Júnior 

Marcos Antônio Lima Polonia 

Fuad Kalil Sobrinho 

Eduardo Salvia de Lucca 

Rubens Camargo Siqueira 

Marcos F. de Oliveira Moraes 

Geraldo da Rocha Motta Filho 

Elisabeto Ribeiro Gonçalves 

Tadeu Cvintal 

Miguel José Froimtchuk 

Geraldo Lopes da Silveira 

Fernando Luís Cançado Trindade 

Tomás Fernando S. Mendonça 

Moacyr Basso Junior 

Gilberto Luís Camanho 

Fernando Oréfice 

Virgílio Centurion 

Nilton Tabajara Herter 

Hélio Barroso dos Reis 

Francisco Max Damico 

Vital Paulino Costa 

Olavo Feher 

Hélio Jorge A. Fernandes 

Galton Carvalho Vasconcelos 

Wagner Duarte Batista 

Paulo Marcelo Gehm Hoff 

Henrique Sodré Almeida Fialho 

Geraldo Vicente de Almeida 

Wallace Chamon Alves Siqueira 

Rene Claudio Gansl 

Itiro Suzuki 

Guilherme Kfoury Muinhos 

Walter Yukihiko Takahashi 

Ricardo Caponero 

Jairo de Andrade Lima 

Hamilton Moreira 

Walton Nosé 

Ricardo César Pinto Antunes 

João Batista de Miranda 

Ricardo Pasquini 

Oftalmologia 

Ortopedia e traumatologia 

SAÚDE

25


Alergia e Imunologia | Anestesiologia  lergia e A Imunologia 

RJ -  Rio de Janeiro 

Evandro Alves do Prado 

Rio de Janeiro (RJ). Tel.: (21) 2539-2297  Centro hospitalar: Instituto de

Health, Estados Unidos, em 1999. Livre-docência, imunologia, Faculdade de Medicina da USP, em 2001. Fellowship, imunologia pediátrica, Stanford University School of Medicine, Estados Unidos, em 1992.  Residência: alergia e imunologia, Lucile Packard Children’s Hospital, Estados Unidos, em 1991.  Título de especialista: alergia e imunologia pela American Association of Immunologists em 1993.  Atuação acadêmica: Faculdade de Medicina da USP, professor(a) titular.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: imunologia ocular e imunodeficiência, junto à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.  Outras informações: foi presidente da Sociedade Brasileira de Imunologia, de 2006 a 2007, e vice-presidente de 2000 a 2001. Membro da American Association of Immunologists e da Association for Research in Vision and Ophthalmology. 

Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira da UFRJ, chefe de serviço, setor: alergia e imunologia.  Graduação: medicina, UFRJ, em 1974.  Residência: alergia e imunologia, Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro, em 1976.  Título de especialista: alergia e imunologia pela Sociedade Brasileira Alergia e Imunopatologia em 1982.  Atuação acadêmica: UFRJ, professor(a) auxiliar.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: alergia na criança e no adolescente, junto ao Instituto de Puericultura e    Pediatria Martagão Gesteira da UFRJ.  Outras informações: presidente da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia para o biênio São Paulo (SP). Tel.: (11) 3887-2740  2007/2008.  Centro hospitalar: Hospital do   Servidor Público Estadual, São Paulo - SP, membro do corpo clínico, setor: SP -  São Paulo  alergia e imunologia.  Graduação: medicina, Faculdade de São Paulo (SP). Tel.: (11) 5579-6596  Medicina da USP, em 1999.  Centro hospitalar: Hospital São Paulo Outras informações: membro da (Unifesp), membro do corpo clínico, Sociedade Portuguesa de Alergologia setor: alergia e imunologia clínica.  e Imunologia Clínica. Diretor Graduação: medicina, Unifesp, em secretário da Associação Brasileira 1975.  de Alergia e Imunopatologia.  Cursos complementares: doutorado,   medicina, Unifesp, em 1987. Anestesiologia  Livre-docência, alergia e imunologia clínica e reumatologia, Unifesp, em 1997. Fellowship, alergia e imunologia clínica e reumatologia departamento de pediatria, Unifesp, em 1984.  Residência: pediatria, Hospital São Paulo (Unifesp), em 1978.  PR -  Curitiba  Título de especialista: pediatria pela Sociedade Brasileira de Pediatria em Curitiba (PR). Tel.: (41) 3360-7200  1978. Alergia e Imunologia pela Área(s) de interesse: recuperação Sociedade Brasileira Alergia e pós-anestésica, anestesiologia geral.  Imunopatologia em 1988.  Centro hospitalar: Hospital Vita Atuação acadêmica: Unifesp, Curitiba, membro do corpo clínico, professor(a) titular.  setor: anestesiologia.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: Graduação: medicina, Faculdade alergia e imunulogia clínica e Evangélica do Paraná, em 1988.  reumatologia, junto à Universidade Cursos complementares: mestrado, Federal de São Paulo.  anestesiologia, UFPR, em 1996.    Doutorado, clínica cirúrgica, UFPR, em 1999.  Residência: clínica geral, Hospital São Paulo (SP). Tel.: (11) 3091-7394  Universitário Evangélico de Curitiba, Centro hospitalar: Hospital das em 1992.  Clínicas da Faculdade de Medicina da Título de especialista: clínica geral Universidade de São Paulo pela Sociedade Brasileira de Clínica (HCFMUSP), chefe de serviço, setor: Médica em 1992. anestesiologia pela imunodeficiência. Hospital Albert Sociedade Brasileira de Einstein, médico(a) credenciado(a), anestesiologia em 1995.  setor: imunologia.  Atuação acadêmica: UFPR, Graduação: medicina, UnB, em 1987.  professor(a) adjunto(a).  Cursos complementares: doutorado, Outras informações: professor imunologia, Faculdade de Medicina associado da Stanford University da USP, em 1997. Pós-doutorado, School of Medicine, Estados Unidos.  imunologia, National Institutes of

Wilson Carlos Tartuci Aun 

Dirceu Solé 

Pedro Paulo Tanaka 

Luiz Vicente Rizzo 

32

   SAÚDE

Sérgio Bernardo Tenório 

Curitiba (PR). Tel.: (41) 3310-1010  Área de atuação: dor. 

 rea(s) de interesse: anestesiologia Á cardiológica, anestesiologia em neurocirurgia, anestesiologia pediátrica, bloqueios anestésicos ou anestesiologia local, recuperação pós-anestésica.  Centro hospitalar: Hospital Pequeno Príncipe, membro do corpo clínico, setor: anestesia. Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), membro do corpo clínico, setor: anestesia.  Graduação: medicina, UFPR, em 1975.  Cursos complementares: mestrado, anestesia, UFPR. Doutorado, anestesia, Unifesp, em 1999.  Residência: anestesiologia, Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, em 1977.  Título de especialista: anestesiologia pela Sociedade Brasileira de anestesiologia em 1982.  Atuação acadêmica: UFPR, chefe da disciplina de anestesiologia.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: dor, junto à UFPR.   

RJ -  Rio de Janeiro 

Antonio Vieira de Mello Filho 

Rio de Janeiro (RJ). Tel.: (21) 2430-9333  NÃO FORAM FORNECIDAS INFORMAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PERFIL   

RS -  Porto Alegre 

Ronaldo Seligman 

Porto Alegre (RS). Tel.: (51) 2101-8226  Área(s) de interesse: anestesiologia

cardiológica, anestesiologia obstétrica, anestesiologia pediátrica, recuperação pós-anestésica, Anestesia para procedimentos em urologia, ginecologia e otorrinolaringologia.  Centro hospitalar: Hospital de Clínicas de Porto Alegre, membro do corpo clínico, setor: anestesiologia. Hospital Moinhos de Vento, membro do corpo clínico, setor: anestesiologia. Hospital Mãe de Deus, Porto Alegre - RS, membro do corpo clínico, setor: anestesiologia.  Graduação: medicina, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, em 1968.  Residência: anestesiologia, Hospital Ernesto Dornelles, Porto Alegre - RS, em 1970.  Título de especialista: anestesiologia pela Sociedade Brasileira de anestesiologia em 1973.  Atuação acadêmica: Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, professor(a) adjunto(a).  Outras informações: coordenador do Setor de Estágios para Médicos e Alunos de Medicina na Área de anestesiologia no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Recebeu título Superior em anestesiologia pela Sociedade Brasileira de anestesiologia, em 1975.   

SC -  Florianópolis 

José Paulo de Figueiredo Drummond 

Florianópolis (SC). Tel.: (48) 3222-4960  NÃO FORAM FORNECIDAS INFORMAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PERFIL   

SP -  Marília 

Jair de Castro Júnior 

Marília (SP). Tel.: (14) 3413-3626  Graduação: medicina, Faculdade de

Medicina de Marília, em 1995.  Cursos complementares: mestrado, anestesiologia, Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista, em 2005.  Residência: anestesiologia, Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Marília, em 1998. anestesiologia para a cirurgia cardiovascular, Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, em 1999.  Título de especialista: anestesiologia pela Sociedade Brasileira de anestesiologia em 1997.  Atuação acadêmica: Faculdade de Medicina de Marília, professor docente.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: anestesiologia, junto à Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista.   

SP -  São Paulo 

Antonio Rahme Amaro 

São Paulo (SP). Tel.: (11) 5080-6005  Área de atuação: dor. 

 rea(s) de interesse: anestesiologia Á obstétrica, anestesiologia pediátrica, bloqueios anestésicos ou anestesiologia local, recuperação pós-anestésica, dor pós-operatória.  Centro hospitalar: Hospital e Maternidade Santa Joana, São Paulo - SP, chefe de serviço, setor: anestesiologia. Hospital Pró Matre Paulista, diretor(a) administrativo e/ ou diretor(a) superintendente, setor: anestesiologia.  Graduação: medicina, Universidade de Santo Amaro, em 1976.  Residência: anestesiologia, Hospital do Servidor Público Estadual, São Paulo - SP, em 1980.  Título de especialista: anestesiologia pela Sociedade Brasileira de anestesiologia em 1980.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: anestesia obstétrica, junto ao Hospital e Maternidade Santa Joana.  Outras informações: apresentou um trabalho de baixas doses de morfina em parto cesariana, em 1994. 

  

Eliana Laurenti 

São Paulo (SP). Tel.: (11) 3747-1233   rea(s) de interesse: anestesiologia Á

obstétrica, anestesiologia pediátrica, recuperação pós-anestésica.  Centro hospitalar: Hospital Albert Einstein, membro do corpo clínico,


Cardiologia setor: anestesiologia. Hospital Sírio-Libanês, membro do corpo clínico, setor: anestesiologia. Hospital Alemão Oswaldo Cruz, membro do corpo clínico, setor: anestesiologia.  Graduação: medicina, Fundação e Faculdade de Medicina do ABC, em 1977.  Residência: anestesiologia, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), em 1980.  Título de especialista: anestesiologia pela Sociedade Brasileira de anestesiologia em 1980. 

  

Flávio Takaoka 

São Paulo (SP). Tel.: (11) 3895-6791  Área(s) de interesse: anestesiologia

cardiológica.  Centro hospitalar: Hospital Albert Einstein, chefe de serviço, setor: anestesiologia. Hospital Dia Fleury, chefe de serviço, setor: anestesiologia.  Graduação: medicina, Faculdade de Medicina da USP, em 1978.  Cursos complementares: doutorado, anestesiologia, Faculdade de Medicina da USP, em 1992. Fellowship, anestesiologia, Baylor College of Medicine, Estados Unidos, em 1989. Fellowship, anestesiologia, Cedars Sinai Medical Center, Estados Unidos, em 1990.  Residência: anestesiologia, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), em 1982.  Título de especialista: anestesiologia pela Sociedade Brasileira de anestesiologia em 1982.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: anestesiologia, junto ao Hospital Albert Einstein.  Outras informações: ex-diretor científico da Sociedade de anestesiologia do Estado de São Paulo (Saesp). 

  

José Luiz Gomes do Amaral  São Paulo (SP). Tel.: (11) 5576-4522  Graduação: medicina, Unifesp, em

1976.  Cursos complementares: mestrado, anestesiologia, Unifesp, em 1981. Doutorado, anestesiologia, Unifesp, em 1987. Livre-docência, anestesiologia, Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista, em 1990.  Residência: anestesiologia, Hospital São Paulo (Unifesp), em 1978.  Atuação acadêmica: Unifesp, professor(a) titular.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: fisiopatologia e tratamento da dor, ventilação pulmonar em anestesia, terapia intensiva e repercussões do estresse anestésico cirúrgico, junto à Universidade Federal de São Paulo.  Outras informações: presidente da Associação Médica Brasileira. Consultor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Membro titular

da Academia de Medicina de São Paulo. Consultor científico da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). 

  

José Otávio Costa Auler Júnior  São Paulo (SP). Tel.: (11) 3069-5000  Centro hospitalar: Hospital das

Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), diretor(a) clínico. Instituto do Coração (InCor), chefe de serviço, setor: anestesia.  Graduação: medicina, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, em 1972.  Cursos complementares: doutorado, patologia experimental e comparada, Faculdade de Medicina da USP, em 1986. Livre-docência, anestesiologia, Faculdade de Medicina da USP, em 1989.  Residência: anestesiologia, Hospital do Servidor Público Estadual, São Paulo - SP, em 1974.  Atuação acadêmica: Faculdade de Medicina da USP, professor(a) titular.  Outras informações: foi presidente da Sociedade de anestesiologia de São Paulo e da Sociedade Paulista de Terapia Intensiva. Atualmente é um dos diretores da Sociedade Paulista de Terapia Intensiva. 

 ealiza pesquisas na(s) área(s) de: R anestesiologia, junto à Faculdade de Medicina da USP e Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.  Outras informações: possui título Superior de Especialista em anestesiologia pela Sociedade Brasileira de anestesiologia, em 1993. Membro da American Society of Anesthesiologists. 

Cardiologia 

São Paulo (SP). Tel.: (11) 5080-6068  Área(s) de interesse: anestesiologia

obstétrica.  Centro hospitalar: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, médica assistente, setor: anestesiologia. Hospital e Maternidade Santa Joana, São Paulo - SP, chefe de serviço, setor: anestesiologia. Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, corresponsável pelo serviço, setor: anestesia obstétrica.  Graduação: medicina, Faculdade de Medicina da USP, em 1989.  Cursos complementares: mestrado, anestesiologia, Faculdade de Medicina da USP, em 1996. Doutorado, anestesiologia, Faculdade de Medicina da USP, em 1999. Fellowship, anestesiologia, Shands Children’s Hospital, Estados Unidos, em 1996.  Residência: anestesiologia, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em 1992.  Título de especialista: anestesiologia pela Sociedade Brasileira de anestesiologia em 1991.  Atuação acadêmica: Faculdade de Medicina da USP, instrutor(a) de ensino. 

  

José Wilson de Souza Cavalcante  Manaus (AM). Tel.: (92) 2125-5959  Centro hospitalar: Hospital

São Paulo (SP). Tel.: (11) 3069-5232 

  

Manaus (AM). Tel.: (92) 3233-2196  Área de atuação: ergometria. 

Wanda Gomes Carneiro 

  

Mônica Maria Siaulys Capel Cardoso 

Aristóteles Comte de Alencar Filho 

 rea(s) de interesse: cardiogeriatria, Á hipertensão arterial, miocardiopatias, tabagismo.  Graduação: medicina, Universidade Federal do Amazonas, em 1978.  Cursos complementares: mestrado,    fisiologia do exercício, UFRJ, em 1982.  Título de especialista: cardiologia pela Sociedade Brasileira de São Paulo (SP). Tel.: (11) 3040-1480  Cardiologia em 1983.  Centro hospitalar: Hospital e Atuação acadêmica: Universidade Maternidade São Luiz, São Paulo Federal do Amazonas, professor da SP, diretor(a) clínico, setor: anestesia.  pós-gradução.  Graduação: medicina, Universidade Realiza pesquisas na(s) área(s) de: de Mogi das Cruzes, em 1979.  fisiologia do exercício com enfoque Residência: anestesiologia, Hospital em esforço, junto à Universidade do Servidor Público Estadual, São Federal do Amazonas.  Paulo - SP, em 1982.  Outras informações: atual Outras informações: fez Pósvice-presidente da Associação Graduação em Administração Médica Brasileira (AMB) do Hospitalar pelo Centro Universitário Amazonas. Realizou curso de São Camilo e MBA em Gestão de especialização em medicina do Saúde pelo Instituto Brasileiro de esporte pela Universidade Federal do Mercado de Capitais. Tem certificado Rio de Janeiro. Coordenador do de especialista em anestesiologia Programa Estadual de Controle do pela Associação Médica Brasileira.  tabagismo.   

Maria José Carvalho Carmona  NÃO FORAM FORNECIDAS INFORMAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PERFIL 

AM -  Manaus 

AL -  Maceió 

Marco Antônio Mota Gomes 

Maceió (AL). Tel.: (82) 3201-2900  Área de atuação: hemodinâmica e

cardiologia intervencionista.  Área(s) de interesse: hipertensão arterial.  Centro hospitalar: Clínica Cardiodinâmica, membro do corpo clínico, setor: cardiologia.  Graduação: medicina, Fundação Universitária de Ciências da Saúde de Alagoas Governador Lamenha Filho, em 1973.  Residência: cardiologia, Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro, Rio de Janeiro-RJ, em 1974.  Título de especialista: cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Medicina do trabalho pela Associação Nacional de Medicina do Trabalho.  Atuação acadêmica: Escola de Ciências Médicas de Alagoas, professor(a) titular.  Outras informações: ex-presidente do Departamento de Hipertensão da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Ex-consultor do Ministério da Saúde, de 2000 a 2002. 

Universitário Francisca Mendes da Universidade Federal do Amazonas, diretor(a) clínico, setor: cardiologia. Hospital Check-Up de Manaus, membro do corpo clínico, setor: cardiologia.  Graduação: medicina, Universidade Federal do Amazonas, em 1972.  Cursos complementares: mestrado, cardiologia, UFRJ, em 1976. Fellowship, Vanderbilt University, Estados Unidos, em 1990.  Residência: cardiologia, Hospital dos Servidores do Estado, Rio de Janeiro - RJ, em 1974.  Título de especialista: hipertensão pela Sociedade Brasileira de Hipertensão em 2002. Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia em 2003.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: hipertensão arterial e doenças crônicas degenerativas.  Outras informações: professor aposentado da Universidade Federal do Amazonas. É membro fundador da Sociedade Brasileira de Terapia Intensiva. É socio titular da Associação Brasileira de Educação Médica, da Sociedade Brasileira de Cardiologia e da Sociedade Brasileira de Hipertensão Arterial. Foi presidente do Fundo de Aperfeiçoamento e Pesquisa em Cardiologia da Sociedade Brasileira de Cardiologia e da Liga Amazonense de Hipertensão Arterial. Médico da Secretaria Estadual de Saúde do Amazonas.   

SAÚDE

33


CIRURGIA CARDIOVASCULAR  

 irurgia C cardiovascular 

PE -  Recife 

Carlos Roberto Ribeiro de Moraes 

Recife (PE). Tel.: (81) 3416-1122  Centro hospitalar: Real Hospital

AL -  Maceió 

Cléber Costa de Oliveira  Maceió (AL). Tel.: (82) 3377-0770 

NÃO FORAM FORNECIDAS INFORMAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PERFIL   

BA -  Salvador 

Nilzo Augusto Mendes Ribeiro 

Salvador (BA). Tel.: (71) 3326-4455  Área(s) de interesse: cirurgia

cardíaca de neonatos, cirurgia da aorta e seus ramos, cirurgia de arritmia, cirurgia de defeitos congênitos do coração.  Centro hospitalar: Santa Casa de Misericórdia da Bahia, membro do corpo clínico, setor: cardiologia. Hospital Aliança de Salvador, membro do corpo clínico, setor: cardiologia.  Graduação: medicina, UFRJ, em 1968.  Cursos complementares: doutorado, cirurgia torácica e cardiovascular, Faculdade de Medicina da USP, em 2004.  Título de especialista: cirurgia cardiovascular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular em 1978.  Outras informações: concluiu curso de pós-graduação em cirurgia cardiovascular no Instituto do Coração (InCor), em 2000.   

CE -  Fortaleza 

José Glauco Lobo Filho  Fortaleza (CE). Tel.: (85) 3244-1711  Área(s) de interesse: cirurgia

endovascular, transplante cardíaco.  Centro hospitalar: Hospital Universitário Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará, chefe de serviço, setor: cardiovascular.  Graduação: medicina, Universidade Federal do Ceará, em 1975.  Cursos complementares: mestrado, farmacologia e fisiologia, Universidade Federal do Ceará, em 1998. Doutorado, cirurgia geral, UFRJ, em 2004.  Residência: cirurgia geral, Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Ceará, em 1978. cirurgia torácica e cardiovascular, Hospital BrousaisParis, França, em 1980.  Título de especialista: cirurgia cardiovascular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: cirurgia de revascularização do miocárdio.   

54

SAÚDE

Português de Beneficência de Pernambuco, membro do corpo clínico, setor: cardiologia.  Graduação: medicina, Universidade Federal de Pernambuco, em 1964.  Cursos complementares: doutorado, cirurgia cardiovascular, Universidade Federal de Pernambuco, em 1966. Livre-docência, Universidade Federal de Pernambuco, em 1971.  Atuação acadêmica: Universidade Federal de Pernambuco, professor(a) titular.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: cirurgia da tetralogia de Fallot (defeito congênito do coração), homoxertos, endomiocardiofibrose. 

  

Fernando Ribeiro de Moraes Neto  Recife (PE). Tel.: (81) 3221-0382  Centro hospitalar: Hospital das

Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, membro do corpo clínico, setor: cirurgia cardiovascular.  Graduação: medicina, Universidade Federal de Pernambuco, em 1989.  Cursos complementares: mestrado, cirurgia cardiovascular, Unifesp, em 1993. Doutorado, cirurgia cardiovascular, Unifesp, em 1997. Fellowship, cirurgia cardíaca, Royal Brompton Hospital, Inglaterra, em 1995.  Residência: cirurgia torácica, Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, em 1992.  Atuação acadêmica: Universidade Federal de Pernambuco, professor(a) adjunto(a).  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: doença coronarianas (doenças relacionadas ao coração) e tratamentos cirúrgicos.  Outras informações: recebeu o prêmio professor Dr. Domingos Marcolino Brailem, concedido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, em 2005, e o Prêmio Nacional de Cirurgia Cardíaca da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardíaca, em 1998. Recebeu, em 1991, o voto de Congratulações da Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco por ter participado da equipe que realizou o primeiro transplante de coração em Pernambuco. É especialista em cirurgia cardiovascular pela Unifesp. 

  

Mario Gesteira Costa 

Recife (PE). Tel.: (81) 3231-6013  Área(s) de interesse: cirurgia

cardíaca de neonatos, cirurgia de arritmia, transplante cardíaco, revascularização coronária, cirurgia cardíaca valvar, câncer pulmonar, cirurgia torácica videoassistida, tumores mediastínicos, doenças do espaço pleural, simpatectomia toracoscpópica, cirurgia da traquéia, hiper-hidrose e simpatectomia. 

 entro hospitalar: Hospital Oswaldo C Cruz de Recife, chefe de serviço, setor: cirurgia torácica. Hospital Oswaldo Cruz de Recife, membro do corpo clínico, setor: cirurgia cardiovascular. Hospital Unicárdio do Recife,Recife-PE, médico(a) credenciado(a), setor: irurgia cardiovascular.  Graduação: medicina, Universidade Federal de Pernambuco, em 1973.  Residência: cirurgia geral, Bronx Municipal Hospital Center, Estados Unidos, em 1974. Cirurgia torácica, Bronx Municipal Hospital Center, Estados Unidos, em 1981.  Título de especialista: cirurgia geral pela American Board of Surgery em 1980. Cirurgia cardiotorácica pela American Board of Thoracic Surgery em 1982.  Atuação acadêmica: Universidade Federal de Pernambuco, professor(a) adjunto(a).  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: cirurgia do câncer de pulmão, junto à Universidade Federal de Pernambuco.  Outras informações: preceptor da residência de cirurgia cardiovascular do Hospital Universitário Oswaldo Cruz - UPE. Cirurgião cardiovascular da Unicárdio de Recife. 

  

Mozart Augusto Soares de Escobar  Recife (PE). Tel.: (81) 3231-3100  Área(s) de interesse: cirurgia

cardiopediátrica, cirurgia da aorta e seus ramos, cirurgia de defeitos congênitos do coração, cirurgia laparoscópica, cirurgia oncológica, cirurgia videotoracoscópica, transplante cardíaco.  Centro hospitalar: Real Hospital Português de Beneficência de Pernambuco, membro do corpo clínico, setor: cirurgia cardiovascular e torácica. Hospital De Ávilla, membro do corpo clínico, setor: cirurgia cardiovascular e torácica. Pronto-Socorro Cardiológico de Pernambuco (Procape), membro do corpo clínico, setor: cirurgia cardiovascular e torácica.  Graduação: medicina, Faculdade de Ciências Médicas de Pernambuco, em 1973.  Cursos complementares: mestrado, cirurgia, Universidade Federal de Pernambuco, em 1981. Fellowship, cirugia cardiovascular, Hospital Italiano de Buenos Aires, Argentina, em 1982.  Residência: cirurgia cardiovascular, Real Hospital Português de Beneficência de Pernambuco, em 1975.  Título de especialista: cirurgia cardiovascular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular em 1984.  Atuação acadêmica: Universidade Federal de Pernambuco, professor(a) adjunto(a). 

  

Pedro Rafael Salerno 

Recife (PE). Tel.: (81) 3222-2080 

Área(s) de interesse: cirurgia

cardíaca de neonatos, cirurgia cardiopediátrica, cirurgia da aorta e seus ramos, cirurgia de defeitos congênitos do coração, transplante cardíaco, transplante de células.  Centro hospitalar: Hospital Esperança, chefe de serviço, setor: cirurgia cardiovascular. Pronto Socorro Cardiológico de Pernambuco (Procape), membro do corpo clínico, setor: cirurgia cardiovascular.  Graduação: medicina, PUC-Camp, em 1984.  Cursos complementares: doutorado, cirurgia cardio-torácica, Faculdade de Medicina da USP, em 2002. Fellowship, cirurgia cardiovascular, University of Toronto, Canadá, em 1988.  Residência: cirurgia geral, Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em 1986. Cirurgia cardiovascular, Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, em 1990.  Título de especialista: cirurgia cardiovascular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular em 1999.  Atuação acadêmica: Universidade de Pernambuco, professor(a) assistente.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: proteção miocárdica, junto ao Procape e Hospital Esperança.  Outras informações: diretor científico da Sociedade Norte e Nordeste de Cirurgia Cardiovascular. 

  

Ricardo de Carvalho Lima 

Recife (PE). Tel.: (81) 3416-1176  Área(s) de interesse: cirurgia

cardíaca de neonatos, cirurgia cardiopediátrica, cirurgia da aorta e seus ramos, cirurgia de defeitos congênitos do coração, cirurgia endovascular, transplante cardíaco, cirurgia de coronária e valvular.  Centro hospitalar: Pronto Socorro Cardiológico de Pernambuco (Procape), membro do corpo clínico, setor: cardiologia. Real Hospital Português de Beneficência de Pernambuco, membro do corpo clínico, setor: cardiologia.  Graduação: medicina, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 1976.  Cursos complementares: mestrado, cirurgia cardiovascular, UFPE, em 1981. Doutorado, cirurgia cardiovascular, Unifesp, em 1999. Fellowship, cirurgia cardiovascular, Royal Brompton Hospital, Inglaterra, em 1983.  Residência: cirurgia cardiovascular, Hospital das Clínicas da UFPE, em 1978.  Título de especialista: cirurgia cardiovascular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular em 1988.  Atuação acadêmica: Universidade de Pernambuco, professor(a) titular.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: cirurgia de coronária, junto à Universidade de Pernambuco.  Outras informações: recebeu o Prêmio Nacional de Cirurgia Cardíaca da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular.   


CIRURGIA CARDIOVASCULAR PR -  Curitiba 

Danton Richlin da Rocha Loures 

Curitiba (PR). Tel.: (41) 3336-8466  Centro hospitalar: Hospital de

Clínicas da Universidade Federal do Paraná, membro do corpo clínico, setor: cirurgia cardiovascular.  Graduação: medicina, UFPR, em 1968.  Cursos complementares: doutorado, cirurgia cardíaca, Faculdade de Medicina da USP, em 1972. Doutorado, cirurgia cardíaca, UFPR, em 1973. Livre-docência, cirurgia cardíaca, UFPR, em 1976.  Título de especialista: cirurgia cardiovascular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular em 1972.  Atuação acadêmica: UFPR, professor(a) titular.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: células-tronco, junto à UFPR. 

  

Francisco Diniz Affonso da Costa  Curitiba (PR). Tel.: (41) 3241-1200  Área(s) de interesse: cirurgia

cardiopediátrica, cirurgia da aorta e seus ramos, cirurgia videotoracoscópica, transplante cardíaco, transplante de células.  Centro hospitalar: Instituto de Neurologia e Cardiologia de Curitiba, chefe de serviço, setor: cirurgia cardíaca. Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, chefe de serviço, setor: cirurgia cardíaca.  Graduação: medicina, UFPR, em 1982.  Cursos complementares: mestrado, cardiologia, UFPR, em 1987. Doutorado, clínica cirúrgica, UFPR, em 1994. Livre-docência, cirurgia cardíaca, Unifesp, em 2001. Fellowship, cirurgia cardiovascular, University of Alabama, Estados Unidos, em 1988.  Residência: cirurgia torácica e cardiovascular, Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, em 1987.  Título de especialista: cirurgia cardiovascular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular em 1997.  Atuação acadêmica: PUC-PR, professor(a) titular.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: operação de Ross com homoenxertos (válvulas humanas) valvares, junto à Pontifícia Universidade Católica do Paraná.  Outras informações: devido a expertise que desenvolveu com a pesquisa de válvulas humanas, prestou consultorias internacionais para a Tissue Regenix, clínica dedicada ao desenvolvimento de soluções para déficits crônicos em tecido doador, ligada a University of Leeds, Inglaterra. Também prestou consultoria para a maior empresa de válvulas humanas do mundo, CryoLife, nos Estados Unidos. 

  

Luiz César Guarita Souza 

Curitiba (PR). Tel.: (41) 3013-9000  Área(s) de interesse: cirurgia da

aorta e seus ramos, cirurgia de arritmia, cirurgia de defeitos congênitos do coração, transplante de células.  Centro hospitalar: Hospital Cardiológico Constantini, médico(a) credenciado(a), setor: cirurgia cardiovascular.  Graduação: medicina, UFPR, em 1995.  Cursos complementares: mestrado, cirurgia cardiovascular, Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, em 1999. Doutorado, cirurgia cardiovascular, Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, em 2001. Fellowship, cirurgia cardiovascular e transplante celular, Hôpital Bichat - ClaudeBernard, França, em 2000.  Residência: cirurgia cardiovascular, Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, em 1999.  Título de especialista: cirurgia cardiovascular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular em 2001.  Atuação acadêmica: PUC-PR, professor(a) adjunto(a).  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: cirurgia cardiovascular, junto à Pontifícia Universidade Católica do Paraná.  Outras informações: membro da Sociedade Paranáense de Cardiologia. Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. 

  

Luiz Fernando Kubrusly 

Curitiba (PR). Tel.: (41) 3342-7474  Área(s) de interesse: cirurgia

cardíaca de neonatos, cirurgia cardiopediátrica, cirurgia da aorta e seus ramos, cirurgia de defeitos congênitos do coração, cirurgia endovascular, cirurgia robótica, eletroterapia do coração, transplante cardíaco, transplante de células, cirurgias valvárias.  Centro hospitalar: Hospital Vita Curitiba, diretor(a)/chefe de laboratório, setor: cardiologia.  Graduação: medicina, Faculdade Evangélica do Paraná, em 1979.  Cursos complementares: mestrado, cirurgia cardíaca, UFPR, em 1993. Doutorado, cirurgia cardíaca, UFPR, em 1995. Livre-docência, cirurgia cardíaca, Faculdade Evangélica do Paraná, em 2000. Fellowship, cirurugia cardíaca, Texas Heart Institute, Estados Unidos, em 1988.  Residência: cardiologia, Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, em 1981.  Título de especialista: cirurgia cardiovascular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular em 1981. Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia em 1990.  Atuação acadêmica: UFPR, professor(a) titular.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: k-pump (coração artificial), junto à Universidade Federal do Paraná. 

Paulo Roberto Slud Brofman 

Curitiba (PR). Tel.: (41) 3271-1657  Área(s) de interesse: cirurgia de

arritmia, cirurgia endovascular, cirurgia robótica, eletroterapia do coração, transplante cardíaco, transplante de células.  Centro hospitalar: Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, membro do corpo clínico, setor: cirurgia cardiovascular.  Graduação: medicina, UFPR, em 1972.  Cursos complementares: mestrado, clínica cirúrgica, Faculdade de Medicina da USP, em 1980. Doutorado, clínica cirúrgica, Faculdade de Medicina da USP, em 1986.  Residência: cirurgia cardiovascular, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), em 1975.  Atuação acadêmica: PUC-PR, professor(a) titular.  Outras informações: professor adjunto da Universidade Federal do Paraná.   

RJ -  Rio de Janeiro 

Henrique Murad 

Rio de Janeiro (RJ). Tel.: (21) 2562-2629  Área(s) de interesse: cirurgia da

aorta e seus ramos, cirurgia endovascular, transplante cardíaco.  Centro hospitalar: Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (UFRJ), diretor(a) clínico, setor: cirurgia cardiovascular.  Graduação: medicina, UFRJ, em 1967.  Cursos complementares: mestrado, cirurgia cardiotorácica, UFRJ, em 1978. Doutorado, cirurgia cardiotorácica, UFRJ, em 1982.  Residência: cirurgia geral, Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (UFRJ), em 1969. Cirurgia geral, Cook County Hospital, Estados Unidos, em 1975. Cirurgia cardiotorácica, University of Illinois Medical Center, Estados Unidos, em 1976.  Atuação acadêmica: UFRJ, professor(a) titular.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: aneurisma de aorta, tratamento cirúrgico das doenças valvares e revascularização miocárdica, junto à Universidade Federal do Rio de Janeiro.  Outras informações: membro titular da Academia Nacional de Medicina (ANM). 

  

Valdo José Carreira 

Rio de Janeiro (RJ). Tel.: (21) 2538-7873  Centro hospitalar: Rede D’Or de

Hospítais, chefe de serviço, setor: cirurgia cardiovascular. Casa de Saúde São José, chefe de serviço, setor: cirurgia cardiovascular.  Graduação: medicina, UFPR, em 1986.  Residência: cirurgia cardiovascular, Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, em 1981. 

 ítulo de especialista: cirurgia T cardiovascular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular em 1994.  Outras informações: inventor da Técnica de Carreira para tratamento de aneurismas da aorta com envolvimento da crossa da aorta, em 2006.   

RS -  Porto Alegre 

Ivo Abrahão Nesralla 

Porto Alegre (RS). Tel.: (51) 3230-3600  Área(s) de interesse: cirurgia de

arritmia, transplante cardíaco, cirurgia experimental.  Centro hospitalar: Instituto de Cardiologia/Fundação Universitária de Cardiologia, diretor(a) administrativo e/ou diretor(a) superintendente, setor: cirurgia cardiovascular.  Graduação: medicina, UFRGS, em 1962.  Cursos complementares: pósdoutorado, ciência da saúde, Academia Nacional de Medicina, em 2006. Livre-docência, cirurgia cardiovascular, UFRGS, em 1976. Fellowship, cirurgia cardiovascular, Stanford University School of Medicine, Estados Unidos, em 1985.  Residência: cirurgia cardiovascular, Hospital de Clínicas de Porto Alegre, em 1965.  Atuação acadêmica: Fundação Universitária de Cardiologia Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul, instrutor(a) de ensino.  Realiza pesquisas na(s) área(s) de: transplante cardíaco, marca-passo, medicina experimental, fisiopatologia e avaliação das cardiopatias congênitas e adquiridas na infância e avaliação anátomo-funcional da terapêutica cirúrgica, junto ao Fundação Universitária de Cardiologia - Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul.  Outras informações: sócio-fundador da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos e membro da Society for Cardiovascular Surgery. Diretor-presidente do Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul da Fundação Universitária de Cardiologia. 

  

Paulo Roberto Lunardi Prates 

Porto Alegre (RS). Tel.: (51) 3219-6681  Área(s) de interesse: cirurgia

cardiopediátrica, cirurgia da aorta e seus ramos, cirurgia de arritmia, cirurgia de defeitos congênitos do coração, cirurgia endovascular, cirurgia robótica, cirurgia videotoracoscópica, transplante cardíaco, transplante de células.  Centro hospitalar: Instituto de Cardiologia/Fundação Universitária de Cardiologia, membro do corpo clínico, setor: cirurgia cardiovascular. Hospital Mãe de Deus, Porto Alegre RS, membro do corpo clínico, setor: cirurgia cardiovascular. Hospital Moinhos de Vento, membro do corpo clínico, setor: cirurgia cardiovascular. 

   SAÚDE

55


Alergia e Imunologia Alergia e imunologia 

HCor - Hospital do Coração  São Paulo (SP) 

Misericórdia de São Paulo  São

Hospital 9 de Julho  São Paulo (SP) 

 nicordis  Recife (PE)  U

 ospital Albert Einstein  São Paulo H

Cirurgia da mão 

Paulo (SP) 

(SP)  Hospital Alemão Oswaldo Cruz  São Paulo (SP) 

Hospital Albert Einstein  São Paulo (SP)  Hospital Alemão Oswaldo Cruz  São Paulo (SP)   ospital das Clínicas da Fac. de H Medicina da USP  São Paulo (SP)  Hospital do Fundão (Universitário Clementino Fraga Filho)  Rio de Janeiro (RJ)  Hospital São Paulo  São Paulo (SP)   ospital Universitário Gaffrée H Guinle (Unirio)  Rio de Janeiro (RJ) 

 ospital Aliança  Salvador (BA)  H

Anestesiologia 

Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo  São Paulo (SP)   ospital Cardiológico H Constantini  Curitiba (PR)  Hospital Copa D'Or  Rio de Janeiro (RJ)   ospital das Clínicas da Fac. de H Medicina da USP  São Paulo (SP) 

Medicina de Ribeirão Preto (USP)  Ribeirão Preto (SP)  Hospital de Clínicas de Porto Alegre  Porto Alegre (RS) 

 ospital e Maternidade São H Luiz  São Paulo (SP) 

Hospital Albert Einstein  São Paulo (SP)  Hospital Alemão Oswaldo Cruz  São Paulo (SP)   ospital das Clínicas da Fac. de H Medicina da USP  São Paulo (SP)  Hospital de Clínicas da UFPR  Curitiba (PR)  Hospital de Clínicas de Porto Alegre  Porto Alegre (RS)   ospital e Maternidade Santa H Joana  São Paulo (SP) 

(SP) 

Rio Preto (SP) 

 ospital do Coração Anis H Rassi  Goiânia (GO) 

Fleury Hospital Dia  São Paulo (SP) 

Hospital Albert Einstein  São Paulo

 ospital Beneficência Portuguesa H de São José do Rio Preto  São José do

Hospital das Clínicas da Fac. de

Cirurgia cardiovascular 

Hospital Espanhol de Salvador  Salvador (BA)   ospital Mãe de Deus  Porto Alegre H (RS)  Hospital Mater Dei  Belo Horizonte (MG) 

H  ospital Moinhos de Vento  Porto Alegre (RS) 

H  ospital Pequeno Príncipe  Curitiba (PR) 

H  ospital Português da Bahia  Salvador (BA)   ospital Pró-Cardíaco  Rio de Janeiro H

Hospital Alemão Oswaldo

HCor - Hospital do Coração  São Paulo (SP)  Hospital Albert Einstein  São Paulo (SP)  Hospital Alemão Oswaldo Cruz  São Paulo (SP)   ospital Aliança  Salvador (BA)  H  ospital Beneficência Portuguesa H de São José do Rio Preto  São José do

Cruz  São Paulo (SP)  H  ospital Moinhos de Vento  Porto Alegre (RS) 

H  ospital São Lucas (PUC-RS)  Porto Alegre (RS)  Hospital Sírio-Libanês  São Paulo (SP)   

Rio Preto (SP) 

Cirurgia de cabeça e pescoço 

Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo  São Paulo (SP)   ospital Cardiológico H Constantini  Curitiba (PR)  Hospital das Clínicas da Fac. de Medicina da USP  São Paulo (SP)  Hospital das Clínicas da Fac. de

Medicina de Ribeirão Preto (USP)  Ribeirão Preto (SP)  Hospital de Clínicas da Unicamp  Campinas (SP)  Hospital e Maternidade São Luiz  São Paulo (SP)  Hospital Esperança  Recife (PE)  Hospital Mãe de Deus  Porto Alegre (RS) 

Hospital 9 de Julho  São Paulo (SP)  H  ospital A. C. Camargo  São Paulo (SP)  Hospital Albert Einstein  São Paulo (SP)  Hospital Alemão Oswaldo

Cruz  São Paulo (SP)  H  ospital das Clínicas da Fac. de Medicina da USP  São Paulo (SP) 

Hospital Moinhos de Vento  Porto Alegre (RS) 

Hospital de Câncer I - INCA  Rio de

Hospital e Maternidade São Luiz  São Paulo (SP) 

(RJ) 

 ospital Paulistano  São Paulo (SP)  H

Janeiro (RJ) 

H  ospital Samaritano  São Paulo (SP) 

 ospital Pequeno Príncipe  Curitiba H

Hospital Mãe de Deus  Porto Alegre (RS) 

 ospital Samaritano do Rio de H Janeiro  Rio de Janeiro (RJ) 

(PR) 

H  ospital de Clínicas da Unicamp  Campinas (SP) 

Hospital Pequeno Príncipe  Curitiba (PR) 

Hospital Santa Catarina  São Paulo (SP) 

 ospital Santa Catarina  São Paulo H (SP) 

Hospital Heliópolis  São Paulo (SP) 

 ospital Pró-Matre Paulista  São H

H  ospital Santa Helena  Goiânia (GO) 

 ospital Santa Isabel  São Paulo (SP)  H

H  ospital Moinhos de Vento  Porto

 ospital Santa Isabel  São Paulo (SP)  H

H  ospital Samaritano  São Paulo (SP) 

Paulo (SP) 

 ospital Samaritano  São Paulo (SP)  H

 ospital Sarah Kubitschek  Brasília H (DF) 

 ospital Santa Lúcia  Brasília (DF)  H

 ospital Santa Rita (Santa Casa H de Porto Alegre)  Porto Alegre (RS) 

Hospital São José  Teresópolis (RJ) 

 ospital São Paulo  São Paulo (SP)  H

Hospital Sírio-Libanês  São Paulo (SP) 

 ospital São Lucas (PUC-RS)  Porto H

 ospital Sírio-Libanês  São Paulo (SP)  H

Alegre (RS)  Hospital São Paulo  São Paulo (SP) 

Hospital Vera Cruz de Belo Horizonte  Belo Horizonte (MG) 

 ospital Sírio-Libanês  São Paulo (SP)  H

 ospital Vita Curitiba  Curitiba (PR)  H

Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia  São Paulo (SP) 

INC - Instituto de Neurologia de Curitiba  Curitiba (PR) 

Instituto de Cardiologia do Rio

Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia  São Paulo (SP) 

 ospital Samaritano  São Paulo (SP)  H

Hospital Vita Curitiba  Curitiba (PR)   

Cardiologia 

Grande do Sul da Fundação Universitária de Cardiologia  Porto Alegre (RS) 

Biocor Instituto  Nova Lima (MG)  Casa de Saúde São José  Rio de Janeiro (RJ)  Clínica São Vicente da Gávea  Rio de Janeiro (RJ) 

276

SAÚDE

I nstituto de Moléstias Cardiovasculares (IMC)  São José do Rio Preto (SP)  Instituto do Coração (InCor)  São Paulo (SP)  Irmandade da Santa Casa de

Instituto de Cardiologia do Rio

Grande do Sul da Fundação Universitária de Cardiologia  Porto Alegre (RS) 

I nstituto do Coração (InCor)  São Paulo (SP)  Real Hospital Português  Recife (PE)   

Hospital Erasto Gaertner  Curitiba (PR) 

Alegre (RS) 

H  ospital Samaritano do Rio de Janeiro  Rio de Janeiro (RJ)  Hospital Santa Catarina  São Paulo (SP) 

H  ospital Sírio-Libanês  São Paulo (SP)  Instituto do Coração (InCor)  São Paulo (SP)  Instituto Nacional de Câncer

(Inca)  Rio de Janeiro (RJ)  I rmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo  São Paulo (SP) 

S  anta Casa de Misericórdia de Porto Alegre  Porto Alegre (RS)   


Cirurgia torácica Cirurgia do aparelho digestivo 

Cirurgia geral 

Cirurgia pediátrica 

Hospital dos Servidores do

Estado  Rio de Janeiro (RJ)  Hospital e Maternidade São

Luiz  São Paulo (SP)  Hospital Green Hill  São Paulo (SP)  Hospital Mater Dei  Belo Horizonte

Casa de Saúde Campinas  Campinas

Casa de Saúde Campinas  Campinas Hospital Albert Einstein  São Paulo

(SP) 

(MG)   ospital Monte Klinikum  Fortaleza H

(SP) 

(SP) 

C  entro Médico Campinas  Campinas

 leury Hospital Dia  São Paulo (SP)  F

Hospital Alemão Oswaldo

(SP) 

Hospital 9 de Julho  São Paulo (SP) 

Cruz  São Paulo (SP) 

H  ospital Albert Einstein  São Paulo (SP) 

Hospital Monte Sinai  Juiz de Fora

Hospital Samaritano do Rio de

 ospital Albert Einstein  São Paulo H

 ospital Barra D'Or  Rio de Janeiro H

(SP) 

(RJ) 

Hospital da Criança  São Paulo (SP) 

Hospital das Clínicas da Fac. de

H  ospital das Clínicas da Fac. de Medicina da USP  São Paulo (SP) 

Hospital Alemão Oswaldo

Cruz  São Paulo (SP) 

Medicina da USP  São Paulo (SP) 

 ospital Aliança  Salvador (BA)  H

Hospital das Clínicas da Fac. de

 ospital Beneficência Portuguesa H de São Paulo  São Paulo (SP)   ospital Brasília  Brasília (DF)  H  ospital das Clínicas da Fac. de H Medicina da USP  São Paulo (SP)  Hospital das Clínicas da Fac. de

Medicina de Ribeirão Preto (USP)  Ribeirão Preto (SP)  Hospital de Clínicas da

UFPR  Curitiba (PR)  Hospital de Clínicas da

Unicamp  Campinas (SP)  Hospital de Clínicas de Porto

Alegre  Porto Alegre (RS)   ospital e Maternidade São H Luiz  São Paulo (SP)  Hospital Mãe de Deus  Porto Alegre (RS)  Hospital Moinhos de Vento  Porto Alegre (RS)   ospital Nossa Senhora das H Graças  Curitiba (PR)   ospital Português da H Bahia  Salvador (BA)   ospital Samaritano  São Paulo (SP)  H  ospital Santa Catarina  São Paulo H (SP) 

Medicina de Ribeirão Preto (USP)  Ribeirão Preto (SP)  Hospital de Clínicas da

Unicamp  Campinas (SP)  Hospital de Clínicas de

Hospital Infantil Joana de Gusmão  Florianópolis (SC)  Hospital Infantil Sabará  São Paulo (SP) 

 ospital de Clínicas de Porto H Alegre  Porto Alegre (RS) 

Hospital Municipal Infantil Menino Jesus  São Paulo (SP) 

 ospital do Fundão (Universitário H Clementino Fraga Filho)  Rio de Janeiro (RJ)  Hospital e Maternidade São

Luiz  São Paulo (SP)  Hospital Espanhol SEB  Rio de Janeiro (RJ) 

Hospital Pequeno Príncipe  Curitiba (PR) 

H  ospital Santa Catarina  São Paulo (SP) 

H  ospital Sírio-Libanês  São Paulo (SP) 

(MG) 

Janeiro  Rio de Janeiro (RJ)  Hospital Santa Catarina  São Paulo (SP)   ospital São José  Teresópolis (RJ)  H  ospital São Paulo  São Paulo (SP)  H  ospital São Rafael  São Paulo (SP)  H Hospital Sírio-Libanês  São Paulo (SP)  Laranjeiras - Clínica

Perinatal  Rio de Janeiro (RJ)   aternidade Sinhá M Junqueira  Ribeirão Preto (SP)   anta Casa da Misericórdia do Rio S de Janeiro  Rio de Janeiro (RJ)   

Instituto da Criança do HCFMUSP  São Paulo (SP)   

Cirurgia torácica 

Hospital Felício Rocho  Belo Horizonte (MG) 

Cirurgia plástica 

 ospital Mãe de Deus  Porto Alegre H (RS)  Hospital Moinhos de Vento  Porto Alegre (RS) 

Clínica São Vicente da Gávea  Rio

H  ospital Quinta D'or  Rio de Janeiro (RJ)  Hospital Samaritano  São Paulo (SP)   ospital Samaritano do Rio de H Janeiro  Rio de Janeiro (RJ)  Hospital Santa Cruz de

Curitiba  Curitiba (PR)  Hospital Santa Lúcia  Brasília (DF) 

Hospital Santa Rita (Santa Casa

Hospital Santa Luzia  Brasília (DF)   ospital São Lucas (PUC-RS)  Porto H

 ospital Santa Rosa  Cuiabá (MT)  H

Alegre (RS) 

 ospital São Paulo  São Paulo (SP)  H

Hospital Sírio-Libanês  São Paulo (SP) 

 ospital São Rafael de H Salvador  Salvador (BA) 

Hospital Universitário da

 ospital Sírio-Libanês  São Paulo (SP)  H

Universidade Federal de Santa Catarina  Florianópolis (SC) 

Hospital Universitário Evangélico

Hospital Universitário Evangélico

de Curitiba  Curitiba (PR) 

de Curitiba  Curitiba (PR) 

 ospital Vita Curitiba  Curitiba (PR)  H

I nstituto Nacional de Câncer (Inca)  Rio de Janeiro (RJ) 

Instituto Alfa de

Hospital e Maternidade São Luiz  São Paulo (SP) 

Niterói  Niterói (RJ) 

 ospital Santa Cruz de H Curitiba  Curitiba (PR) 

de Porto Alegre)  Porto Alegre (RS) 

Hospital de Clínicas da Unicamp  Campinas (SP) 

(CE) 

Gastroenterologia (IAG)  Belo

 eal Hospital Português  Recife (PE)  R

Horizonte (MG)  Real Hospital Português  Recife (PE) 

 anta Casa de Misericórdia de S Porto Alegre  Porto Alegre (RS) 

Casa de Saúde São José  Rio de Janeiro (RJ)  Clínica Ivo Pitanguy  Rio de Janeiro (RJ)  Clínica São Vicente da Gávea  Rio de Janeiro (RJ)  Hospital Albert Einstein  São Paulo (SP)  Hospital Alemão Oswaldo Cruz  São Paulo (SP) 

de Janeiro (RJ)  HCor - Hospital do Coração  São Paulo (SP)  Hospital A. C. Camargo  São Paulo (SP)  Hospital Albert Einstein  São Paulo (SP)  Hospital Alemão Oswaldo

Cruz  São Paulo (SP) 

H  ospital Ana Costa  Santos (SP) 

 ospital Copa D'Or  Rio de Janeiro (RJ)  H

Hospital Barra D'Or  Rio de Janeiro (RJ) 

 ospital das Clínicas da Fac. de H Medicina da USP  São Paulo (SP) 

Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo  São Paulo (SP) 

Hospital e Maternidade São

H  ospital Copa D'Or  Rio de Janeiro (RJ)  H  ospital da Plástica  Rio de Janeiro (RJ)  Hospital das Clínicas da Fac. de Medicina da USP  São Paulo (SP)  Hospital do Fundão (Universitário Clementino Fraga Filho)  Rio de Janeiro (RJ)  Hospital dos Defeitos da Face  São Paulo (SP) 

Luiz  São Paulo (SP)  Hospital Monte Sinai  Juiz de Fora (MG)  Hospital Samaritano do Rio de

Janeiro  Rio de Janeiro (RJ)  Hospital Sírio-Libanês  São Paulo (SP)  Instituto do Coração (InCor)  São Paulo (SP)   

SAÚDE

277


Biocor Instituto 

Biocor Instituto  www.biocor.com.br  Nova Lima (MG)  Tel. (31) 3289-5254  Fundado em 1985  Diretor geral:  Mario Vrandecic 

Classificação:  hospital geral, hospital geral de alta complexidade.  Tipo:  de ensino, privada.  Atendimento:  plano de saúde, SUS.  Acreditações:  ONA nível 3 (excelência), ISO 14001 (ambiental), ISO 9001:2000 (gestão de qualidade).  Leitos:  320, sendo 50 de UTI, 5 de day clinic.  ■  EQUIPE   Médicos:  338 (1, 3 por leito).  Enfermeiros:  500 (1, 9 por leito).  Enfermeiros especializados:  cardiologia, centro cirúrgico, hemodinâmica, hemodiálise, CTI, urgência, emergência e trauma.  Outros profissionais:  nutricionistas (3), fisioterapeutas (63), fonoaudiólogos (2).  ■ PROCEDIMENTOS  Atendimentos (ano):  108.726 pacientes.  Cirurgias (ano):  7.947  Taxa de mortalidade geral:  3, 6%  Período médio de internação:  5 dias.  Taxa de infecção hospitalar:  4, 6%  Transplantes realizados:  córnea (NI), rim (3).  ■  SERVIÇOS ESPECIAIS  Serviços especializados:  cardiologia de alta complexidade, cirurgia bariátrica, cirurgia vascular, neurocirurgia de alta complexidade, oncologia de alta complexidade, ortopedia de alta complexidade, quimioterapia, videolaparoscopia, órteses e próteses.  Exames especiais:  angioplastia, cateterismo, cirurgia cardíaca robótica, densitometria óssea, ecocardiografia, ecocardiografia digital, eletroencefalograma, eletrofisiologia, eletroneuromiografia, endoscopia, hemodinâmica, mamografia, mamografia digital, medicina nuclear, ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia 3D, ultrassonografia com doppler.  Clínicas especializadas:  check-up, diabetes, diagnóstico, eletrofisiologia e neuroradiologia, hematologia, pneumologia, mastologia, hemodiálise, medicina preventiva, nefrologia e diálise, obesidade, reabilitação e fisioterapia, tabagismo e drogas, vacinação.  Amenidades, serviços especiais e domiciliares:  acesso à internet nos quartos, atenção domiciliar, capela, chefe de cozinha, coleta de exames, entrega de resultados via e-mail, heliponto, restaurante, lanchonete, coffee shop, serviço psico-social, serviços religiosos, banco de sangue, exame em crianças, atendimento de enfermagem, coleta de exames, fisioterapia, métodos gráficos.  ■ UTI   Número de leitos:  50  Taxa de mortalidade:  8, 4%  Período médio de internação:  2, 7 dias.  UTIs especializadas:  UTI coronária (12 leitos), UTI pediátrica (8 leitos),

288

SAÚDE

UTI pós-operatório (30 leitos).  Unidades de UTI móvel:  3  ■  EMERGÊNCIA  Número de médicos in loco no plantão:  13  Especialidades in loco no plantão 24h:  anestesia, cardiologia, cirurgia cardiovascular, cirurgia geral, cirurgia plástica, cirurgia torácica, clínica médica, neurocirurgia, neurologia, Oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, urologia.  Comissões atuantes:  comissão de infecção hospitalar, comissão de ética.  Atuação acadêmica:  pós-graduação nas áreas:  cardiologia, cardiologia pediátrica, nefrologia, cirurgia geral, hematologia, fisioterapia respiratória, neurocirurgia, terapia intensiva e cirurgia cardiovascular. Residência médica nas áreas: cardiologia, cardiologia pediátrica, nefrologia, cirurgia geral, hematologia, fisioterapia respiratória, neurocirurgia, terapia intensiva e cirurgia cardiovascular.  ■ INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES   Contribuições no campo científico:  o hospital realiza pesquisa na área de desenvolvimento de substitutos cardíacos.  Contribuições no campo do atendimento clínico:  resultado de procedimentos realizados com benchmarks positivos.  Outros comentários:  a instituição atua na formação de profissionais médicos e fisioterapeutas. Possui uma escola de enfermagem, promove o Programa Arte no Pátio, e participa de projetos de ação global e divulgação de orientações médicas em jornais e outros meios de comunicação. A instituição pode ser considerada referência nas áreas de cardiologia, hemodinâmica, neurocirurgia, cardiopediatria, cirurgia cardíaca, cirurgia geral, ortopedia e cirurgia torácica. 

Casa de Saúde Campinas  www.casadesaudecampinas.com.br  Campinas (SP)  Tel. (19) 3736-3466  Fundado em 1881  Diretor-presidente:  Gilberto Amorim Battagini 

Classificação:  hospital dia, hospital geral, pronto-socorro especializado em cardiologia , pronto-socorro especializado em ginecologia, pronto-socorro especializado em ortopedia, pronto-socorro geral.  Tipo:  filantrópica, privada.  Atendimento:  particular, plano de saúde.  Leitos:  190, sendo 23 de maternidade, 28 de UTI, 15 de day clinic.  ■  EQUIPE   Médicos:  456 (3,7 por leito).  Enfermeiros:  343 (2,8 por leito).  Enfermeiros especializados:  central de materiais (NI), medicina do trabalho (NI), UTI (NI).   Outros profissionais:  nutricionistas (NI), fisioterapeutas (NI).  ■ PROCEDIMENTOS   Atendimentos (ano):  157.687 pacientes.  Cirurgias (ano):  7.137 

 axa de mortalidade geral:  2,5%  T Período médio de internação:  3 dias  Taxa de infecção hospitalar:  2%  Transplantes realizados:  rim (2)  ■ SERVIÇOS ESPECIAIS   Serviços especializados:  cardiologia de alta complexidade, cirurgia bariátrica, cirurgia vascular, neurocirurgia de alta complexidade, oncologia de alta complexidade, ortopedia de alta complexidade, quimioterapia, radioterapia, videolaparoscopia, órteses e próteses.  Exames especiais:  densitometria óssea, ecocardiografia, ecocardiografia digital, eletroneuromiografia, endoscopia, medicina nuclear, ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultra-sonografia 3D, ultra-sonografia com doppler.  Clínicas especializadas:  diagnóstico, hemodiálise, obesidade, reabilitação e fisioterapia, reprodução humana.  Amenidades, serviços especiais e domiciliares:  cursos regulares para casais esperando bebês, capela, chefe de cozinha, coleta de exames, entrega de resultados via e-mail, restaurante, lanchonete, coffee shop, serviços religiosos, banco de sangue, exame em crianças.  ■ MATERNIDADE   Número de leitos:  23  Partos por ano:  509  Cesarianas:  90%  Partos normais:  10%  Instalações:  está situada no mesmo edifício onde se encontram as demais dependências do hospital.  Outras características:  capacitada para realizar partos de alto risco. Mantém equipe para retirar células-tronco.   ■ UTI   Número de leitos:  28  Período médio de internação:  4 dias  UTIs especializadas:  UTI coronária (5 leitos), UTI neonatal (5 leitos), UTI pediátrica (4 leitos), UTI pós-operatório (4 leitos), uti geral (10 leitos).  ■ EMERGÊNCIA   Número de médicos in loco no plantão:  5  Especialidades in loco no plantão 24h:  anestesia, cardiologia, cirurgia geral, clínica médica, ortopedia, pediatria.  Comissões atuantes:  curativos, infecção hospitalar, prontuário médico, ética, óbito.  Atuação acadêmica:  residência médica nas áreas:  anestesiologia.  ■ INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES   Contribuições no campo do atendimento clínico:  o hospital atua em conjunto de atividades sistematizadas visando eficácia e efetividade, agregando recursos tecnológicos disponíveis, mantendo um relacionamento humanizado e respeitoso, baseado em práticas de melhorias e continua qualidade dos serviços prestados.  Outros comentários:  a instituição pode ser considerada uma referência no que diz respeito ao seu histórico. Instalada em um prédio centenário reconhecido como um dos melhores hospitais de Campinas, possui um corpo clínico de renome e tem investido constantemente em suas instalações e ampliações, em equipamentos tecnológicos, em procedimentos médicos, oferecendo

aos clientes serviços de qualidade. 

Casa de Saúde São José  www.cssj.com.br  Rio de Janeiro (RJ)  Tel. (21) 2538-7626  Fundado em 1923  Diretora geral:  Laura Benincá 

Classificação:  hospital geral.  Tipo:  filantrópica.  Atendimento:  particular, plano de saúde.  Acreditações:  ONA nível 3 (excelência).  Leitos:  108, sendo 33 de maternidade, 75 de UTI.  ■  EQUIPE   Enfermeiros:  591  Enfermeiros especializados:  centro cirúrgico (9), neonatologia (10), terapia intensiva (25).  Outros profissionais:  fisioterapeutas (30), fonoaudiólogos (3).  ■ SERVIÇOS ESPECIAIS  Serviços especializados:  atendimento a malformação labiopalatal, atendimento a malformações craniofaciais, cardiologia de alta complexidade, cirurgia bariátrica, cirurgia vascular, implante coclear, neurocirurgia de alta complexidade, oncologia de alta complexidade, ortopedia de alta complexidade, polissonografia, quimioterapia, videolaparoscopia, órteses e próteses.  Exames especiais:  angioplastia, cateterismo, ecocardiografia, ecocardiografia digital, eletroencefalograma, eletrofisiologia, eletroneuromiografia, endoscopia, hemodinâmica, mamografia, ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia com doppler.  Clínicas especializadas:  obesidade, reabilitação e fisioterapia, vacinação.  Amenidades, serviços especiais e domiciliares:  cursos regulares para casais esperando bebês, capela, chefe de cozinha, jornaleiro, revistaria, livraria, restaurante, lanchonete, coffee shop, serviços religiosos, banco de sangue.  ■ MATERNIDADE   Número de leitos:  33  Parto por ano:  3.840  Cesarianas:  85%  Partos normais:  15%  Instalações:  está situada no mesmo edifício onde se encontram as demais dependências do hospital.  Outras características:  capacitada para realizar partos de alto risco. Possui programa específico de incentivo à realização de parto normal. Mantém equipe para retirar células-tronco.  ■ UTI   Número de leitos:  75  UTIs especializadas:  UTI coronária (9 leitos), UTI neonatal (15 leitos), UTI pós-operatório (10 leitos), Unidade Semi Intensiva (11 leitos).  ■ EMERGÊNCIA��� Número de médicos in loco no plantão:  11  Especialidades in loco no plantão 24h:  cardiologia, cirurgia geral, clínica médica, neonatologia, ortopedia. 


Centro Infantil Boldrini  omissões atuantes:  equipe C multidisciplinar de gerenciamento de risco, comissão de infecção hospitalar, revisão de prontuários, revisão de óbitos, ética. 

Centro Brasileiro da Visão (CBV) 

da infância e juventude para atendimento de crianças carentes. Os membros do corpo clínico do CBV são coordenadores do Centro de Referência em Oftalmologia Hospital das Clínicas Universidade Federal de Goiás (CEROF-UFG), que atende cerca de dez pessoas carentes por ano. O corpo clínico do CBV é divido em subespecialidades oftalmológicas. Seis desses médicos possuem doutorado, quatro possuem mestrado e seis concluíram pós-graduação lato sensu em instituições internacionais de prestígio. Os membros do corpo clínico são convidados como palestrantes nos maiores eventos nacionais da especialidade e em vários internacionais. Com amplas instalações, em mais de seis mil metros quadrados, o CBV é especializado no diagnóstico e no tratamento de todas as patologias oftalmológicas, com absoluta eficiência profissional e moderna tecnologia. 

introdução no Brasil da endociclofotocoagulação para tratamento do glaucoma refratário.  Contribuições no campo do atendimento clínico:  o CBCO é pioneiro na utilização da departamentalização e sub-especialidade na oftalmologia, com exemplo o departamento de retina, catarata, glaucoma, refrativa, córnea e plástica ocular que possui um profissional específico para tratar e atuar em uma única subespecialidade e departamento.  Outros comentários:  alguns médicos que compõem o corpo clínico prestam serviços oftalmológicos no Centro de Referência em Oftalmologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (CEROF-UFG), com atendimento ambulatorial e cirúrgico a pacientes carentes. Quarenta por cento dos pacientes do CBCO vêm de outras cidades, estados brasileiros e até mesmo outros países e 90% de clientes do centro, são particulares. 

Centro Brasileiro de cirurgia de Olhos (CBCO) 

Centro de Neurociências da Rede Labs D’Or 

Centro Infantil Boldrini  www.boldrini.org.br  Campinas (SP)  Tel. (19) 3787-5001  Fundado em 1978  Diretor-presidente:  Silvia Regina Brandalise 

Classificação:  hospital especializado.  Tipo:  filantrópica, privada.  Atendimento:  plano de saúde, SUS.  Leitos:  77, sendo 8 de UTI.  ■  EQUIPE   Médicos:  64 (0, 9 por leito).  Enfermeiros:  150 (2, 2 por leito).  Outros profissionais:  nutricionistas Classificação:  hospital especializado.  (1), fisioterapeutas (2).  Tipo:  privada.  ■ PROCEDIMENTOS  Atendimento:  plano de saúde, SUS Atendimentos (ano):  6.064 pacientes.  (parcial).  Cirurgias (ano):  732  Leitos:  12, sendo 6 de day clinic.  Taxa de mortalidade geral:  1, 77%  ■ EQUIPE   Período médio de internação:  5, 1 Médicos:  26 (4, 3 por leito).  dias.  Enfermeiros:  8 (1, 3 por leito).  Taxa de infecção hospitalar:  2, 4%  Outros profissionais:  nutricionistas Transplantes realizados:  medula (1).  óssea (13).  ■ PROCEDIMENTOS  ■  SERVIÇOS ESPECIAIS  Atendimentos (ano):  44.000 Serviços especializados:  oncologia pacientes.  de alta complexidade, quimioterapia, Cirurgias (ano):  1.000  radioterapia.  Período médio de internação:  1 dia.  www.neuroscience-rio.org  Exames especiais:  endoscopia, Transplantes realizados:  córnea Rio de Janeiro (RJ)  ressonância magnética, tomografia (20).  Tel. (21) 2538-3641  www.cbco.com.br  computadorizada, ultrassonografia ■  SERVIÇOS ESPECIAIS   Fundado em 2003  Goiânia (GO)  3D, ultrassonografia com doppler.  Exames especiais:  angiografia Presidente:  Tel. (62) 3252-5566  Amenidades, serviços especiais e digital, eletrofisiologia, tomografia de Jorge Neval Moll Neto  Fundado em 1994  domiciliares:  banco de sangue, coerência óptica.  Diretor-presidente:  exame em crianças.  Classificação:  pesquisa em Clínicas especializadas:  diagnóstico, Marcos Pereira de ávila  ■ UTI   neurociência humana.  reabilitação visual.  Número de leitos:  8  Classificação:  hospital especializado.  Tipo:  privada.  Amenidades, serviços especiais e Taxa de mortalidade:  13, 93%  Tipo:  privada.  Atendimento:  plano de saúde, SUS domiciliares:  exame em crianças.  Período médio de internação:  4, 4 Atendimento:  particular, plano de (parcial).  ■ EMERGÊNCIA  dias.  Número de médicos in loco no saúde.  ■ PROCEDIMENTOS  UTIs especializadas:  UTI pediátrica Atendimentos (ano):  3.000 pacientes.  (6 leitos).  plantão:  1  Leitos:  12, sendo 6 de day clinic.  ■  SERVIÇOS ESPECIAIS   Especialidades in loco no plantão ■ EQUIPE   ■ EMERGÊNCIA  Médicos:  14 (2, 3 por leito).  Exames especiais:  ressonância 24h:  Oftalmologia.  Número de médicos in loco no Enfermeiros:  6 (1, 0 por leito).  magnética, tomografia computadoriComissões atuantes:  comissão plantão:  3  Enfermeiros especializados:  oftalzada.  interna de prevenção de acidentes, Especialidades in loco no plantão mologia (6).  Clínicas especializadas:  diagnóstico.  24h:  hematologia, oncologia, comissão de infecção hospitalar, Outros profissionais:  nutricionista Amenidades, serviços especiais e comissão de ética.  pediatria.  (1).  domiciliares:  exame em crianças.  Atuação acadêmica:  pós-graduação Comissões atuantes:  comissão de ■ PROCEDIMENTOS  Comissões atuantes:  comitê nas áreas:  nas subespecialidades educação continuada, comissão de Atendimentos (ano):  25.000 cientifico, ética.  relacionadas a oftalmologia. parceria prontuários, comissão de ética em pacientes.  ■ INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES   pesquisa, comissão de infecção institucional com Universidade de Contribuições no campo científiCirurgias (ano):  1.800  Brasília (UnB). Participante do hospitalar, comissão de ética.  Transplantes realizados:  córnea co:  estudos em doe nças neurodegeprograma de pós-graduação, Atuação acadêmica:  pós-graduação (30).  nerativas, esclerose múltipla, psiquia- nas áreas:  na área da saúde da doutorado e mestrado da UnB.   SERVIÇOS ESPECIAIS  tria, neurologia comportamental e ■ INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES   ■ criança. Residência médica nas Contribuições no campo científico:  a Serviços especializados:  busca cognitiva.  áreas: em oncologia e hematologia instituição participa de 14 estudos internacional de doador de tecidos, Contribuições no campo do pediátrica.  multicêntricos internacionais nas órteses e próteses.  atendimento clínico:  neuroimagem e ■ INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES   áreas de retina e cirurgia refrativa.  Exames especiais:  eletrofisiologia, avaliação neuropsiquiátrica em Contribuições no campo científiContribuições no campo do retinografia mono/colorida, protocolos de pesquisa.  co:  as contribuições mais relevantes atendimento clínico:  a existência de tomografia computadorizada, video  utros comentários:  são realizados O do Boldrini no campo científico estão grupos de apoio aos deficientes angiografia.  exames em pacientes carentes na coordenação dos protocolos visuais, serviços especializados com Clínicas especializadas:  diagnóstico, vinculados a projetos de pesquisa. terapêuticos da leucemia linfóide atendimento personalizado, cursos de reabilitação visual.  Equipe de pesquisa multidisciplinar, aguda, na área da citogenética e apoio e esclarecimento com cuidados Amenidades, serviços especiais e incluindo dois médicos com biologia molecular das leucemias e preventivos e testes usuais as pessoas domiciliares:  exame em crianças.  pós-doutorado no exterior, físicos tumores sólidos. Na área da no ambiente de trabalho, com cerca ■ EMERGÊNCIA   médicos e cientistas de computação e hematologia, atua no desenvolvimenEspecialidades in loco no plantão de mil participantes por mês, é uma matemática com doutorado no Brasil to de programas de atendimento 24h:  anestesia, Oftalmologia.  das principais contribuições do e exterior. Equipamento de integral aos pacientes portadores de Comissões atuantes:  comissão do centro no campo do atendimento ressonância magnética de 3Tesla de hemofilia, talassemia e doença clínico. Também é possível destacar o corpo clínico, comissão de infecção última geração. Centro especializado falciforme.  hospitalar, ética.  serviço humanizado de atendimento em neurociências.  Contribuições no campo do ■ INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES   e espera com museu oftalmológico e atendimento clínico:  em relação a Contribuições no campo científico:  a cinema.  melhorias na qualidade de vida, as Outros comentários:  a instituição é a instituição realiza pesquisa para principais contribuições centram no tratamento de degeneração macular, única a realizar cirurgia complexa atendimento multiprofissional, na utiliza radioterapia na degeneração micro-retiniana no Distrito Federal. agilidade dos atendimentos e macular úmida e foi pioneira na Possui convênios com creche e vara procedimentos (todos no Hospital) na www.cbv.med.br  Brasília (DF)  Tel. (61) 3214-5000  Fundado em 2003  Diretor-presidente:  Marcos Avila 

SAÚDE

289


Hospital Brasília  hemodinâmica, em 1969, tendo formado 174 médicos, sendo centro de referência da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica de Cardiologia Intervencionista (SBHC). Soma um total de 442.460 procedimentos até agosto de 2007. O hospital foi pioneiro na cirurgia de revascularização do miocárdio.  Outros comentários:  a instituição é filantrópica e 60% dos atendimentos são a pacientes do SUS. O hospital possui uma equipe de destaque, com professores doutores e mestres. Todo seu corpo clínico possui títulos de especialização em seus respectivos campos de atuação. Além de instalações de ponta na área de diagnóstico por imagem e tecnologia moderna para diagnósticos e terapêuticos. 

Hospital Brasília  www.hospitalbrasilia.com.br  Brasília (DF)  Tel. (61) 3248-9000  Fundado em 1987  Superintendente:  Erickson Blun 

Classificação:  cirurgia cardíaca, cirurgia geral, hospital especializado, hospital geral, neurocirurgia, pronto-socorro especializado em cardiologia, pronto-socorro especializado em clínica médica, pronto-socorro especializado em ortopedia, pronto-socorro geral.  Tipo:  privada.  Atendimento:  particular, plano de saúde.  Acreditações:  ONA nível 1, ONA nível 2 (plena), administrador hospitalar do ano - prêmio top hospitalar - em 2007, melhor hospital do centro-oeste - prêmio top hospitalar em 2005 e 2006, melhores empresas para se trabalhar - exame/ você sa - em 2007 e 2008  Leitos:  148, sendo 24 de maternidade, 53 de UTI.  ■  EQUIPE   Enfermeiros:  380 (5, 4 por leito).  Outros profissionais:  nutricionistas (6), fisioterapeutas (30), fonoaudiólogos (6).  ■ PROCEDIMENTOS  Atendimentos (ano):  132.000 pacientes . Cirurgias (ano):  8.000  Taxa de mortalidade geral:  1%  Período médio de internação:  4 dias.  Transplantes realizados:  córnea (1), rim (2).  ■  SERVIÇOS ESPECIAIS  Serviços especializados:  atendimento a malformações craniofaciais, cardiologia de alta complexidade, cirurgia bariátrica, cirurgia vascular, neurocirurgia de alta complexidade, oncologia de alta complexidade, ortopedia de alta complexidade, quimioterapia, videolaparoscopia, órteses e próteses.  Exames especiais:  angioplastia, cateterismo, ecocardiografia, ecocardiografia digital, eletroencefalograma, endoscopia, hemodinâmica, mamografia, mamografia digital, medicina nuclear, ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia com doppler.  Clínicas especializadas:  hemodiálise,

294

SAÚDE

obesidade, odontologia, reabilitação e fisioterapia, reprodução humana.  Amenidades, serviços especiais e domiciliares:  cursos regulares para casais esperando bebês, acesso à internet nos quartos, capela, coleta de exames, heliponto, restaurante, lanchonete, coffee shop, serviços religiosos, visita virtual, banco de sangue.  ■  MATERNIDADE   Número de leitos:  24  Parto por ano:  2.400  Cesarianas:  95%  Partos normais:  5%  Instalações:  está situada no mesmo edifício onde se encontram as demais dependências do hospital.  Outras características:  capacitada para realizar partos de alto risco. Mantém equipe para retirar células-tronco. Mantém banco de leite.  ■ UTI   Número de leitos:  53  Taxa de mortalidade:  15%  Período médio de internação:  4 dias.  UTIs especializadas:  UTI neonatal (11 leitos), UTI pediátrica (6 leitos), pronto socorro (10 leitos).  Unidades de UTI móvel:  5  ■ EMERGÊNCIA  Número de médicos in loco no plantão:  11  Especialidades in loco no plantão 24h:  anestesia, cardiologia, cirurgia geral, clínica médica, odontologia, ortopedia, otorrinolaringologia, pediatria.  Comissões atuantes:  comissão de prontuário, comissão de ética de enfermagem, comissão de óbito, comissão de infecção hospitalar, comissão de ética.  Atuação acadêmica:  pós-graduação nas áreas:  gestão de negócios terapia intensiva. Residência médica nas áreas: terapia intensiva.  ■ INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES   Contribuições no campo do atendimento clínico:  qualidade das equipes multiprofissionais.  Outros comentários:  as campanhas Anjo da Guarda, Hospital Mais Limpo do Mundo e Programa de Reciclagem são alguns exemplos do engajamento do Brasília em ações que contribuem para o equilíbrio social e ecológico. Além disso, possui um programa de geração de empregos, programa de tratamento de saúde, programa de qualidade de vida (Conexão Saúde) e realiza campanhas educativas, curso para gestantes, Tai chi chuan para a comunidade, campanhas de doação de alimento e brinquedos para instituições carentes e campanha de reciclagem de lixo. A instituição pode ser considerada referência nas especialidades de terapia intensiva, terapia intensiva neonatal e obstetrícia. 

Hospital Brigadeiro  -  São Paulo (SP)  Tel. (11) 3170-6000  Fundado em -  Diretor-presidente:  Joâo Carlos Vicente de Carvalho 

Classificação:  ambulatório de especialidade, clínica especializada em hematologia, clínica especializada em neurologia, clínica especializada em urologia, hospital especializado, pronto-socorro especializado em hematologia, pronto-socorro especializado em urologia.  Tipo:  pública, ensino.  Atendimento:  SUS.  Leitos:  120  ■  EQUIPE   Médicos:  350 (2, 9 por leito).  ■ PROCEDIMENTOS   Transplantes realizados:  córnea (35), medula óssea (NI).  ■ SERVIÇOS ESPECIAIS  Serviços especializados:  neurocirurgia de alta complexidade, oncologia de alta complexidade, quimioterapia, videolaparoscopia.  Exames especiais:  ecocardiografia, eletroencefalograma, endoscopia, mamografia, tomografia computadorizada, ultrassonografia com doppler.  Clínicas especializadas:  diabetes, diagnóstico, hemodiálise.  Amenidades, serviços especiais e domiciliares:  banco de sangue.  ■ UTI   Unidades de UTI móvel:  1  Atuação acadêmica:  residência médica nas áreas: endocrinologia. 

Hospital Copa D'Or  www.copador.com.br  Rio de Janeiro (RJ)  Tel. (21) 2545-3600  Fundado em 2000  Diretor geral:  Rodrigo Gavina 

Classificação:  hospital geral.  Tipo:  privada.  Atendimento:  particular, plano de saúde.  Acreditações:��� Joint Commission International (JCI).  Leitos:  205, sendo 55 de UTI, 3 de day clinic.  ■  EQUIPE   Médicos:  1500 (10, 2 por leito).  Enfermeiros:  664 (4, 5 por leito).  Enfermeiros especializados:  centro cirúrgico (NI), CTI (NI), pediatria (NI).  Outros profissionais:  nutricionistas (NI), fisioterapeutas (NI), fonoaudiólogos (NI).  ■ PROCEDIMENTOS  Atendimentos (ano):  94.000 pacientes.  Cirurgias (ano):  6.600  Taxa de mortalidade geral:  3%  Período médio de internação:  4, 2 dias.  Taxa de infecção hospitalar:  4%  Transplantes realizados:  coração (NI), córnea (NI), medula (NI), medula óssea (NI), ossos (NI), pele (NI), pulmão (NI), pâncreas (NI), rim

(NI).  ■  SERVIÇOS ESPECIAIS  Serviços especializados:  atendimento a malformação labiopalatal, atendimento a malformações craniofaciais, atendimento a queimados, busca internacional de doador de tecidos, cardiologia de alta complexidade, cirurgia bariátrica, cirurgia vascular, implante coclear, neurocirurgia de alta complexidade, oncologia de alta complexidade, ortopedia de alta complexidade, quimioterapia, videolaparoscopia, órteses e próteses.  Exames especiais:  angioplastia, cateterismo, ecocardiografia, ecocardiografia digital, eletroencefalograma, endoscopia, hemodinâmica, mamografia, mamografia digital, ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia com doppler.  Clínicas especializadas:  fonoaudiologia, nutrição, psicologia clínica, reabilitação e fisioterapia.  Amenidades, serviços especiais e domiciliares:  acesso à internet nos quartos, cabelereiro, capela, coleta de exames, entrega de resultados via e-mail, floricultura, heliponto, jornaleiro, revistaria, livraria, lavanderia para acompanhantes, manicure, restaurante, lanchonete, coffee shop, serviços religiosos, banco de sangue.  ■ UTI   Número de leitos:  55  Taxa de mortalidade:  3%  Período médio de internação:  4, 2 dias.  UTIs especializadas:  UTI coronária (10 leitos), UTI pediátrica (11 leitos), neurointensiva (NI).  ■ EMERGÊNCIA  Número de médicos in loco no plantão:  8  Especialidades in loco no plantão 24h:  cardiologia, cirurgia geral, cirurgia plástica, clínica médica, neurologia, oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, pediatria, psiquiatria, urologia.  Comissões atuantes:  comissão de infecção hospitalar, prontuários, terapia intensiva, transplante de órgãos, ética.  ■ INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES   Outros comentários:  o hospital faz parte do Programa Empresa Cidadã de apoio e ações na comunidade, com grupo de voluntários e do Programa Viver Bem para educação em saúde e prevenção com materiais informativos, palestras e área de acesso no site da instituição. 

Hospital da Mulher de Dourados  -  Dourados (MS)  Tel. (67) 3411-2500  Fundado em 2007  Diretor técnico:  Antonio Marinho Falcão Neto 

Classificação:  ambulatório de especialidade, consultório, hospital especializado, maternidade.  Tipo:  pública, ensino. 


Hosp. das Clínicas USP - RP  tendimento:  SUS.  A Leitos:  65, sendo 20 de maternidade, 10 de UTI.  ■  EQUIPE   Enfermeiros:  81 (2, 3 por leito).  Enfermeiros especializados:  UTI neonatal (2).  Outros profissionais:  nutricionistas (2), fisioterapeutas (3), fonoaudiólogos (2).  ■ PROCEDIMENTOS  Atendimentos (ano):  10.267 pacientes.  ■  SERVIÇOS ESPECIAIS   Amenidades, serviços especiais e domiciliares:  cabelereiro, manicure, serviços religiosos.  ■ MATERNIDADE   Número de leitos:  20  Parto por ano:  2.800  Cesarianas:  39%  Partos normais:  61%  Instalações:  está situada no mesmo edifício onde se encontram as demais dependências do hospital.  Outras características:  capacitada para realizar partos de alto risco, equipada com quartos especiais para realizar parto humanizado. Mantém banco de leite.  ■ UTI   Número de leitos:  10  UTIs especializadas:  UTI neonatal (10 leitos).  ■ EMERGÊNCIA  Número de médicos in loco no plantão:  3  Especialidades in loco no plantão 24h:  ginecologia e obstetrícia, pediatria.  Comissões atuantes:  comissão de humanização, comissão de morte materna e infantil, comissão de infecção hospitalar.  Atuação acadêmica:  residência médica nas áreas: ginecologia e obstetrícia. 

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (Unesp)  www.hc.fmb.unesp.br  São Paulo (SP)  Tel. (14) 3811-6215  Fundado em 1963  Diretor-presidente:  Sergio Swain Muller 

Classificação:  ambulatório de especialidade, hospital dia, hospital geral, pronto-socorro geral.  Tipo:  de ensino, pública.  Atendimento:  SUS.  Leitos:  440, sendo 31 de maternidade, 52 de UTI, 15 de day clinic.  ■  EQUIPE   Médicos:  392 (1, 1 por leito).  Enfermeiros:  1854 (5, 4 por leito).  Enfermeiros especializados:  cirurgia cardiovascular, urgência/emergência, UTI.  Outros profissionais:  nutricionistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos.  ■ PROCEDIMENTOS  Atendimentos (ano):  462.218 pacientes.  Cirurgias (ano):  12.246 

 axa de mortalidade geral:  3%  T Período médio de internação:  5, 65 dias.  Taxa de infecção hospitalar:  5%  Transplantes realizados:  córnea (NI), fígado (NI), pâncreas (NI), rim (NI).  ■  SERVIÇOS ESPECIAIS  Serviços especializados:  atendimento a malformação labiopalatal, atendimento a malformações craniofaciais, cardiologia de alta complexidade, cirurgia bariátrica, cirurgia vascular, neurocirurgia de alta complexidade, oncologia de alta complexidade, ortopedia de alta complexidade, polissonografia, quimioterapia, radioterapia, videolaparoscopia, órteses e próteses.  Exames especiais:  angioplastia, cateterismo, densitometria óssea, ecocardiografia, ecocardiografia digital, eletroencefalograma, eletrofisiologia, eletroneuromiografia, endoscopia, hemodinâmica, mamografia, medicina nuclear, ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia 3D, ultrassonografia com doppler.  Clínicas especializadas:  bulimia e anorexia, diabetes, diagnóstico, hemodiálise, medicina preventiva, obesidade, odontologia, reabilitação e fisioterapia, reprodução humana, tabagismo e drogas, vacinação.  Amenidades, serviços especiais e domiciliares:  atenção domiciliar, capela, restaurante, lanchonete, coffee shop, serviços religiosos, banco de sangue, exame em crianças, coleta banco de leite humano.  ■ MATERNIDADE   Número de leitos:  31  Parto por ano:  1.089  Cesarianas:  60%  Partos normais:  40%  Instalações:  está situada no mesmo edifício onde se encontram as demais dependências do hospital.  Outras características:  capacitada para realizar partos de alto risco. Possui programa específico de incentivo à realização de parto normal. Mantém equipe para retirar células-tronco. Mantém banco de leite.  ■ UTI   Número de leitos:  52  Taxa de mortalidade:  17, 87%  Período médio de internação:  6, 99 dias.  UTIs especializadas:  UTI coronária (10 leitos), UTI neonatal (15 leitos), UTI pediátrica (7 leitos).  Unidades de UTI móvel:  1  ■ EMERGÊNCIA   Especialidades in loco no plantão 24h:  anestesia, cardiologia, cirurgia geral, cirurgia plástica, cirurgia vascular, clínica médica, neurologia, Oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, pediatria, psiquiatria, urologia.  Comissões atuantes:  bioética, comissão de infecção hospitalar, intra-hospitalar de doação de órgãos e tecidos, comissão de ética, óbito.  Atuação acadêmica:  pós-graduação nas áreas:  anestesiologia, bases gerais da cirurgia, fisiopatologia em clínica médica, doenças tropicais, ginecologia, obstetrícia e mastologia, patologia e saúde coletiva. Residência médica nas áreas: anestesiologia, dermatologia, infectologia, medicina

de família e comunidade, medicina nuclear, neurologia, neurocirurgia, oftalmologia, ortopedia, otorrino, patologia, psiquiatria, radiologia, cirurgia geral, clínica médica, medicina preventiva e social, ginecologia e obstetrícia, pediatria.  ■  INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES   Contribuições no campo científico:  a pesquisa clínica no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (Universidade Estadual Paulista) já exercida há longa data com recursos próprios e de convênios, voltada a análise da eficácia e eficiência de diagnósticos, procedimentos e terapias para as doenças mais prevalentes da região e alguns projetos multicêntricos nacionais e internacionais em cooperação. As linhas de pesquisas realizadas são extremamente abrangentes e concentram-se principalmente nas áreas relacionadas aos programas de pós-graduação da universidade.  Contribuições no campo do atendimento clínico:  o Hospital das Clínicas participa das políticas de humanização do Ministério da Saúde, com ações voltadas para a assistência ao usuário e melhorias nas condições de trabalho dos servidores.  Outros comentários:  o HC-Unesp é referência no atendimento de alta complexidade nas áreas de ortopedia, neurocirurgia, cardiovascular, neonatologia, gestação de risco, entre outros. É referência também na formação e capacitação de recursos humanos em diversas áreas da saúde, a saber: ensino de graduação em medicina e enfermagem, residência médica e aprimoramento (biologia, biomedicina, bioquímica, ciências sociais, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, enfermagem, medicina, nutrição, odontologia, psicologia, serviço social, terapia ocupacional, farmácia e bioquímica, ciências da computação, tecnologia em saúde. 

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP)  www.hcrp.fmrp.usp.br  Ribeirão Preto (SP)  Tel. (16) 3602-2843  Fundado em 1956  Superintendente:  Milton Roberto Laprega 

Classificação:  ambulatório de especialidade, clínica especializada, hospital dia, hospital especializado, hospital geral, pronto-socorro especializado.  Tipo:  de ensino, pública.  Atendimento:  SUS.  Leitos:  868, sendo 28 de maternidade, 77 de UTI.  ■  EQUIPE   Médicos:  470 (0, 6 por leito).  Enfermeiros:  1749 (2, 3 por leito). 

 nfermeiros especializados:  1694.   E Outros profissionais:  nutricionistas (23), fisioterapeutas (34), fonoaudiólogos (16).  ■ PROCEDIMENTOS  Atendimentos (ano):  598.584 pacientes.  Cirurgias (ano):  33.381  Taxa de mortalidade geral:  4%  Período médio de internação:  6, 9 dias.  Taxa de infecção hospitalar:  3, 2%  Transplantes realizados:  córnea (98), fígado (19), medula óssea (52), rim (38).  ■  SERVIÇOS ESPECIAIS  Serviços especializados:  atendimento a malformação labiopalatal, atendimento a malformações craniofaciais, atendimento a queimados, cardiologia de alta complexidade, cirurgia bariátrica, cirurgia vascular, implante coclear, neurocirurgia de alta complexidade, oncologia de alta complexidade, ortopedia de alta complexidade, polissonografia, quimioterapia, radioterapia, videolaparoscopia, órteses e próteses.  Exames especiais:  angioplastia, cateterismo, densitometria óssea, ecocardiografia, ecocardiografia digital, eletroencefalograma, eletrofisiologia, eletroneuromiografia, endoscopia, hemodinâmica, mamografia, mamografia digital, medicina nuclear, ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia 3D, ultrassonografia com doppler.  Clínicas especializadas:  bulimia e anorexia, diabetes, diagnóstico, hemodiálise, medicina preventiva, obesidade, odontologia, reabilitação e fisioterapia, reprodução humana, tabagismo e drogas, vacinação.  Amenidades, serviços especiais e domiciliares:  banco de sangue, exame em crianças.  ■ MATERNIDADE   Número de leitos:  28  Parto por ano:  2.011  Cesarianas:  40%  Partos normais:  60%  Instalações:  está situada no mesmo edifício onde se encontram as demais dependências do hospital.  Outras características:  capacitada para realizar partos de alto risco. Possui programa específico de incentivo à realização de parto normal. Mantém equipe para retirar células-tronco e instalações para armazenar células-tronco. Mantém banco de leite.  ■  UTI   Número de leitos:  77  Período médio de internação:  7, 8 dias.  UTIs especializadas:  UTI coronária (5 leitos), UTI de queimados (10 leitos), UTI neonatal (20 leitos), UTI pediátrica (8 leitos), UTI pós-operatório (30 leitos).  Unidades de UTI móvel:  1  Comissões atuantes:  comissão de mortalidade materna, comissão de análises de prontuários e óbitos, comissão intra-hospitalar de transplantes, comissão de racionalização de energia, comissão de racionalização de água, comissão de prevenção de acidentes, comissão de ética em pesquisa, comissão de SAÚDE

295



Análise Saúde 2009