Issuu on Google+

E2 Esportes %HermesFileInfo:E-2:20100518:

O ESTADO DE S. PAULO

TERÇA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2010

Copa do Mundo THEMBA HADEBE/AP

Polícia promete tolerância zero ● O ESTADO NA ÁFRICA DO SUL

Responsáveis pela segurança africana se exibem e garantem que país está pronto para dar tranquilidade aos turistas

Exercício. Policiais prendem suposto terrorista. País se diz pronto para problemas

ter sido notificados sobre a prisão do saudita. “Eu não sei nada sobre isso”, garantiu o porta-voz da policia, Vishnu Naidoo. A ameaça pode não ter consistência, mas é a segunda em pouco mais de um mês. No inicio de abril, representante de um braço da Al-Qaeda publicou artigo numa revista islâmica em que dizia ter vontade de organizar um ataquepor ocasiãodo jogoentre Estados Unidos e Inglaterra, no dia 12 de junho, em Rustemburgo.

Almir Leite ENVIADO ESPECIAL JOHANNESBURGO

Poderia ter sido uma mera coincidência,masfoi tudobemarquitetado. Uma demonstração do trabalho do esquadrão antibombas, com direito a policiais chegando de helicóptero para tomardeassaltoumcarrocomsuspeitos, foi o ponto alto do show preparadopelapoliciasul-africana para mostrar que está pronta para garantir a segurança de tudo e de todos durante a Copa do Mundo. A exibição ocorreu ontem nas ruas do luxuoso distrito de Sandton, em Johannesburgo. Na semana passada, uma agência de notícias alemã informou a prisão, no Iraque, de um oficial saudita que estaria envolvido no planejamento de ações terroristas durante o Mundial. A possibilidade de ataques é considerada remota, mas claramente preocupa os responsáveispelasegurançanopaísdaCopa. Oficialmente, eles dizem não

Sem medo. Cele Bheki, o carrancudo comissário de polícia, assegura que seus homens estão preparados para lidar com qualquer situação. “Vamos olhar para qualquer problema, por menor que seja. Desde a proteção de uma bola de futebol até a maior forma de criminalidade, como o terrorismo. Estamos totalmente preparados.” Eleeoutrasautoridadesporvárias vezes lembraram os investimentos na preparação de homensenacompradeequipamento e no intercâmbio com órgãos internacionais de polícia como pontos do aprimoramento das forcas de segurança. Pelo menos a propaganda feita ontem pela manhã foi boa. Um desfile de cerca de duas centenas de equipamentos novos – desde carros para simples rondas até veículos anfíbios e helicópteros, passando por carros blindados para combate urbano – e discursos,todos exaltando a “excelente preparação sul-africana”. Na pla-

ATENÇÃO TOTAL

190 mil teia, centenas de policiais e de civisquetinhamomesmocomportamento.Aplaudiam todas as frases mais fortes dos discursos. Festa e desconforto. O clima

foi de festa. Embora não para todo mundo. A maioria das cerca de 30 crianças de uma escola de clas-

é o efetivo total da polícia durante a Copa, segundo o Ministério da Polícia

se alta de Johannesburgo (de maioriabranca),que,sentadasno chão bem à frente do palanque, demonstravamdesconforto,cansaço e tédio depois de quase duas horas de desfile e muita falação. Os chefões queriam aproveitar a ocasião. Nathi Mthethwa, o orgulhosoministrodaPolícia,fa-

Mil

suspeitos foram presos com base em ligações do Crime Line, o Disque-Denúncia da África

lou por quase meia hora. Antes, enquanto observava a exibição doesquadrãoantiterrorismo, falou entusiasmado ao Estado. “Sea Copativesse começadoontem, nós estaríamos prontos.” Cele, ao perceber a presença de alguns jornalistas estrangeiros, fez questão de dar um recado.

“Querofalar especialmente para as pessoas de outros países que virãonos visitar.A Áfricado Sulé seguraemcada metrodoseu território.” Foi aplaudido de forma entusiasmada e, por fim, prometeu:“Criminosoque quiserdesafiaraforça desegurançavaireceber o fogo da policia.”

Sindicatos protestam e greves devem pipocar ROGAN WARD/REUTERS–12/5/2010

Vários setores veem no Mundial a chance de conseguir aumento salarial e temem pelo desemprego após a Copa

REALIDADE PREOCUPANTE

25O mil

postos de trabalho devem ser fechados pelo aumento de 25% na energia elétrica

JOHANNESBURGO

A trégua pedida pelo governo da África do Sul aos trabalhadores duranteaCopadoMundodificilmente vai ser atendida. A ameaça degrevesemvários setores no próximo mês torna-se cada vez mais possível de ser concretizada à medida que se aproxima o início do torneio. Os sindicatos perceberam no evento ótima oportunidade para arrancar aumentos salariais. Tambémcomeçaaganharcorpo a ideia de que vai sobrar uma bela conta para pagar quando a

36 mil

trabalhadores do setor de transporte estão parados

Nas ruas. Trabalhadores protestam por aumento elite do futebol for embora e, por isso,podehaveruma ondadedemissões. Assim, um dos objetivosdossindicatosseriaodemanter os empregos, usando as paralisações como forma de pressão. A Cosatu, a central sindical da ÁfricadoSul,fezumlevantamen-

toemqueestimaque,sóporconta do aumento de 25% na tarifa de energia elétrica, 250 mil postosdetrabalhopoderiamserperdidos. Esse cálculo levou a entidade a planejar protestos no períodoemqueabolaestiverrolando por gramados sul-africanos.

Governo dará benefícios fiscais para as sedes de 2014

“Nósnãopodemosdizer‘bandeirabranca,CopadoMundo,continuaremos depois’. O governo e as empresas devem encontrar uma solução para esse problema”, alegou a Cosatu recentemente. A central diz não querer prejudicar a competição, mas

quenãopodedeixardeprotestar. A África do Sul convive atualmentecomumagrevequeparece longedeterminar,adostrabalhadores do setor ferroviário e portuário. A paralisação entra na segunda semana e, ontem, tornousemaisabrangente,comaadesão dos trabalhadores que fazem o transporte de passageiros, o que prejudicou dois milhões de pessoas. Até então, apenas o transporte de carga fora afetado (36 mildos54mil empregados cruzaram os braços) e já se temia pelo atraso na entrega de equipamentosnecessáriosparaodesenvolvimento da Copa. As exportações sul-africanas de vinho, frutas e metais já estão comprometidas. Agrevetemcomopanodefundo o pedido de aumento de 15% dos salários. O governo e os patrões ofereciam 11%. Ontem, os trabalhadores acenaram com a

CASA BRASILEIRA NA ÁFRICA DIVULGAÇÃO

possibilidade de fechar acordo em13%. Mas o outrolado manteve a proposta. Não parece que o acordo esteja próximo. Contrabando. Outra ameaça aos trabalhadores, de acordo comaCosatu,éo contrabando.A receita federal sul-africana apreendeu desde novembro maisde88milhõesderands(cercadeR$21milhões)emmercadoriasfalsificadas.Sãoprodutosvariados, desde os ligados ao Mundial a roupas de todos os tipos. A entidade afirma que 14.400 empregosforamextintosnoanopassado por causa do contrabando e faz um apelo aos compatriotas e estrangeiros para que comprem apenas produtos legalizados. “Se isso não for feito, o sucesso da Copa não vai ser sentido pelos trabalhadores sul-africanos”, pregam os sindicalistas. / A.L.

Melhor na tv ● FUTEBOL

Mercadorias e bens utilizados na construção de estádios ficarão isentos do pagamento de impostos Renata Veríssimo / BRASÍLIA

As mercadorias e os bens utilizados na construção e na reforma dosestádiosque receberãoos jogos da Copa de 2014 ficarão isentos de pagamento de impostos, como ICMS e Cofins. Segundo comunicado divulgado pelo Ministério da Fazenda, uma medida provisória ou projeto de lei

O ACORDO MINISTÉRIO DA FAZENDA Em nota oficial

“Prevê isenção de ICMS nas operações com mercadorias e bens destinados aos estádios” regulamentará convênio assinadoem2008no âmbitodo Conselho Nacional de Política Fazendária(Confaz),formadopelogoverno federal e os Estados.

O acordo prevê a isenção de ICMS“nasoperaçõescommercadorias e bens destinados à construção, ampliação, reforma ou modernização de estádios para a Copa de 2014”. O benefício, porém, só será dado pelo governo estadual, se as operações também tiverem isenção de Imposto de Importação, IPI, PIS e Cofins. Depois da pressão dos clubes, a Uniãoanunciouqueimplementará o convênio assinado no Confaz.Adesoneraçãodetributosvale para produtos nacionais ou para bens importados que não sejamproduzidosnoBrasil.AReceita Federal disse não ter calculado ainda o valor da renúncia fiscal.

CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B Portuguesa x Coritiba (rede)

21h / SPORTV2 Paraná x Santo André (só para SP)

21h / SPORTV2 TAÇA LIBERTADORES Libertad x Chivas

22h15 / SPORTV / BANDSPORTS ● BASQUETE NBA - PLAYOFFS JOGO 2 Orlando Magic x Boston Celtics

21h30 / ESPN O Hotel Fairway, em Johannesburgo, local em que a seleção brasileira ficará concentrada durante a Copa da África do Sul, abriu suas portas para as primeiras imagens, depois de ampla reforma por que passou. Na foto, o aconchegante Restaurante Balata.

● TÊNIS ATP TOUR

10h / BANDSPORTS


Estadão 18 mai 2010