Issuu on Google+


juntos

+ EDITORIAL

FAMÍLIA SEMPRE PRIORIDADE A revista JUNTOS, meio oficial de comunicação da Convenção Batista Paranaense chega a sua 6ª edição tendo como base o tema anual da Convenção Batista Brasileira: Família: o ideal de Deus para o ser humano. Você terá oportunidade de ler matérias e artigos, cujo conteúdo com certeza abençoará sua vida e ministério. Com base no tema principal da revista para esta edição (família), escolhemos para ilustrar a capa uma família missionária muito estimada pelos batistas paranaenses. O pastor Yvani Camilo, sua esposa Sueli e seus filhos André e Sara são a família missionária com maior tempo de atuação em nosso estado. Eles estão saindo do quadro de missionários para assumir o pastorado efetivo da PIB de Ponta Grossa e por seus anos de intenso trabalho em missões estaduais, nossa gratidão e homenagem. Sua contribuição, compartilhando conosco acerca de suas impressões sobre as matérias e qualidade do material, será de grande utilidade para o aperfeiçoamento do trabalho. Aguardamos que você escreva para comunicacao@batistasparana.org.br, enquanto equipe de comunicação da CBP, temos como meta produzir um material de excelência.

EXPEDIENTE

2

REVISTA DA CONVENÇÃO BATISTA PARANAENSE Rua XV de Novembro, 3270 - Curitiba/PR - 80045-340 redacao@batistasparana.org.br | (41) 3362-7878 www.batistasparana.org.br diretor geral PR. IZAIAS QUERINO presidente PR. CLÁUDIO ALBERTO ANDRADE jornalista responsável ANA LETÍCIA PIE (MTB/PR 9319)

PR. ANTONIO V. KUKUL FILHO Executivo do Conselho de Administração da CBP

editor PR. ANTONIO V. KUKUL FILHO coordenador de comunicação PAULO J. CLEMENTE projeto gráfico ANA LETÍCIA PIE capa e diagramação ANA LETÍCIA PIE

Contato: antonio@batistasparana.org.br Pastor Titular da Igreja Batista no Bairro Novo Mundo (Curitiba/PR) e Bacharel em Teologia pela Faculdade Teológica Batista do Paraná (Curitiba/PR).

imagens ARQUIVO CBP (Capa: Família Camilo) tiragem 10.000 *As matérias publicadas nessa revista são de responsabilidade de seus autores.


juntos

+ SUMÁRIO

EDITORIAIS 04 SERÁ O FIM DOS SERAFINS? por Pr. Izaías Querino

05 A SOCIEDADE PRECISA DA FAMÍLIA por Pr. Cláudio A. Andrade

ARTIGOS 08 EDUCAÇÃO CRISTÃ

por Rosane Torquato

32 MISSÕES ESTADUAIS por Pr. Izaías Querino

09 CANTO DA MÚSICA por Angela Cristina da Silva

12 JUBEPAR

por Paulo J. Clemente

16 HOBAPAR

por Jamil Dias Alves

17 ORDEM DOS PASTORES

3

por Pr. Nivaldo Cavallari

21 CAM

por Pr. Rivelino Santos

DESTAQUES 10 ATITUDES QUE IMPEDEM A ALEGRIA por Pr. Valdo Fonseca de Oliveira

20 IGREJA: UM REFÚGIO PARA A FAMÍLIA por Pr. Urandi Tenório

14 O QUE FAZER ANTES DE CASAR? por Pr. Osmar Gomes

18 O IDEAL DE DEUS PARA O SER HUMANO por Letícia Azevedo Silveira

ATIVIDADES 24 NOTÍCIAS REGIONAIS

Os batistas nas regiões do estado

36 CONGRESSO JUNTOS

Para família batista paranaense

34 AGENDA CBP

Os próximos meses para os batistas


juntos

4

+ PANORAMA


“O PAI PROCURA ADORADORES QUE O ADOREM EM ESPÍRITO E EM VERDADE.”

Dentro da bíblia, considero Isaías capítulo seis uma das mais lindas visões da glória e do relacionamento de Deus conosco. É importante notar a glória de Deus sendo reverenciada até mesmo quando ele se curva a falar conosco. A visão mostra os seres celestiais, serafins, estranhamente, portadores de seis asas. Todas tinham finalidade. O profeta Isaías descreve o momento de sua chamada observando o que estes seres faziam junto ao trono do altíssimo. Com certeza, algo estranho a nossa geração, acostumada a ver Deus como um de nós, comum como nós. A ausência da percepção de Deus como santo e digno de ser adorado, tem levado ao barateamento do que chamamos de adoração. Vejamos o texto; “Cada um deles tinha seis asas: com duas eles cobriam o rosto, com duas cobriam os pés e com as outras duas voavam. Eles diziam em voz alta uns para os outros: ‘Santo, Santo, Santo é o Senhor Todo-Poderoso; a sua presença gloriosa enche o mundo inteiro!’”. Cobriam o rosto com temor, não se achavam dignos de olhar para a majestade divina. Com duas asas cobriam os pés – reverência, e com duas voavam – serviço. Esta visão mostra a adoração na sua totalidade e integralidade, e esta inclui o reconhecimento da majestade e da glória divina, reconhece a nossa pequenez diante Dele e a necessidade de nossa entrega em serviço a Ele. Nossos templos estão cheios de pessoas que se dizem “adoradores do Senhor”, mas cuja vida está desprovida de serviço consagrado a Deus. Muitos que se denominam uma “geração de adoradores”, mas têm um comportamento desprovido de reverência a Deus, cuja glória revela nossos pecados. Daí, o profeta olhar para si e dizer: “Ai de mim que sou um homem de impuros lábios...”. Quando Jesus morreu na cruz, Ele abriu nossa

entrada diante de Deus, o véu do templo se rasgou, como exemplo do que aconteceu no céu, trazendo livre acesso ao Pai. Logo aboliu-se a necessidade de sacerdócio. Cada um pode comparecer diante do Senhor. Mas a possibilidade de chamar Abba Pai, não exclui o Santo, Santo, Santo dos serafins. Precisamos de adoradores que mesmo na intimidade com o Pai tenham a reverência e o respeito a este. Deus continua imutavelmente santo, digno de ser adorado. Os serafins continuam voando e adorando a Deus. Não chegou o seu fim com a nossa geração. Precisamos de adoradores, como disse o Senhor Jesus: “... O pai procura adoradores que o adorem em espírito e em verdade”. Em espírito: é a declaração que sai do coração. Em verdade: é a prática da confissão em serviço cristão. Quantas asas levamos ao templo e à presença de Deus? Como está no rosto diante de Deus? Que atitudes de arrependimento? Que movimentos de serviço alegre que fazemos diante do altar? Nossa vida de adoração deve espelhar-se na dos Serafins, fazer coro com eles e exclamar: Santo, Santo, Santo; sentir a cada ato de adoração a brasa do altar nos lábios; e sair do culto com as palavras do profeta: Eis-me aqui, usa-me! Devemos servir aqui, na terra, no meio do povo de lábios impuros, enquanto eles, os Serafins, adoram e servem a Deus entre os anjos no céu. Caso contrário, não seria o fim dos serafins?

PR. IZAÍAS QUERINO Diretor Geral da Convenção Batista Paranaense

Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil (Rio de Janeiro/RJ). Pastor, escritor e conferencista internacional. Membro da Primeira Igreja Batista de Curitiba.

5


juntos

6

+ DESAFIO


A família é uma entidade espiritual, não apenas um ajuntamento de pessoas morando debaixo do mesmo teto. É um homem e uma mulher unidos por Deus numa aliança de casamento. Os filhos concebidos, nascem e crescem dentro da proteção espiritual dessa aliança. O inventor da família foi Deus. Depois de criar todas as coisas, Ele criou o homem para ser o administrador de tudo. Então, Ele olha para o homem e diz: “Não é bom que ele esteja só, far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea”. Dentro de um padrão normal, a família sempre começa com o casamento. Aqui, no Brasil, o casamento civil só foi instituído depois da Proclamação da República, em 1890. De acordo com o plano de Deus ninguém deveria nascer sem família. Basta olhar para os animais. Eles nascem e logo se tornam independentes. Já o ser humano leva quanto tempo para se tornar independente? Nós precisamos da família e somos dependentes da família. A família é muito importante para a sociedade. A sociedade é o que a família é. A soma dos lares determina a sociedade. A família funciona dentro de uma estrutura, onde o pai tem o seu papel, a mãe tem o seu e os filhos têm o seu. Cada um cumprindo as suas responsabilidades (Efésios 5.22-23; 6.1-4). De acordo com a Bíblia, o pai é o cabeça do lar,

é o líder da família. Ele precisa ser respeitado como tal. A mãe é auxiliadora. Quando uma mulher compreende bem o seu papel, ela se torna uma bênção para a família. É por isso que a Bíblia afirma que “a mulher sábia edifica o lar, mas a tola derruba-o com suas próprias mãos” (Provérbios 14.1). Por outro lado, os filhos também têm o seu papel e as suas responsabilidades. É, em casa, que eles aprendem a obedecer, a viver em comunidade, a dividir espaços e coisas. Como é importante a função de cada um dentro da família. Observe a pesquisa que a Revista Veja publicou com o seguinte título: “Precisam-se: Pais”. É uma matéria sobre a importância da influência paterna na formação dos filhos, com dados de pesquisas mostrando que 70% das crianças e adolescentes reclamam da falta de convivência com o pai. A família é o ideal de Deus para o ser humano. A própria sociedade depende da família. Como vai a sua família? Siga o padrão bíblico e sua família será feliz. PR. CLAUDIO ALBERTO ANDRADE Presidente da CBP

Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil. Representante da JMM na Região Sul do Brasil. Conselheiro da SEB.

7


juntos

8

+ EDUCAÇÃO CRISTÃ

Conhecer a palavra de Deus é o único caminho para um relacionamento pleno com Ele. Somente através da palavra o seu povo encontra-se capacitado a fazer a sua obra e a impactar o mundo. É visando esta realidade que a Educação Cristã tem atuado, sempre em consonância com a visão da Convenção Batista Paranaense, buscando capacitar os membros de Igrejas Batistas no estado do Paraná. Cada vida que tem participado das diversas capacitações ofertadas tem sentido claramente como valeu o tempo empregado na formação e capacitação para toda a boa obra. Entretanto, as ações da Educação Cristã são diversificadas. Em 2013 destaco a organização e coordenação das capacitações de liderança e do projeto CBP + PERTO DE VOCÊ. Viagens por todo o Paraná com a equipe de executivos da Convenção e colaboradores voluntários nos possibilitaram capacitar líderes nas associações do Sudoeste, BIG (Batistas do Iguaçu), Norte, Centro, Litoral, BGC (Batistas da Grande Curitiba). Também apoiamos diretamente o evento de Capacitação de Líderes promovido pela Associação dos Campos Gerais. Aproximadamente 630 líderes no estado do Paraná foram impactados diretamente com estas ações. Porém, ainda tem muito a ser feito. Famílias precisam ser impactadas dentro de suas peculiaridades etárias. Desta forma, a Educação Cristã articula-se diretamente com as organizações de Educação Cristã Missionária (UFMBP, HOBAPAR, JUBEPAR) e também com a área da Música, a fim de pensar e promover ações de formação cristã junto às mulheres, homens, jovens, idosos, adolescentes e crianças. Aliás, dentro desta última

faixa etária, e seguindo a visão para a denominação, foi organizado em 2013 o Comitê Ministério com Crianças, que tem como principal função pensar em ações que otimizem e valorizem este ministério em nossas igrejas. Quando uma criança é ganha para o Senhor Jesus Cristo uma vida inteira é dedicada ao Pai. É um grande potencial, é delas que virão os nossos novos pastores, missionários, obreiros e cidadãos que impactarão nossa nação. A criança é sujeito neste tempo presente! Neste ano a CBP tem como tema “Família, o ideal de Deus para o ser humano” e reafirma o versículo de Josué 24.5b como texto base. Diante disso sinto-me feliz por poder ser um instrumento nas mãos de Deus a fim de colaborar com reflexões e ações conjuntas no objetivo comum de proclamar este ideal divino. Muito ainda precisa ser feito em nosso estado e você pode ser o instrumento nas mãos de nosso Deus Todo-Poderoso. Quando ouvir falar de treinamentos sendo feitos em sua região, priorize-os. Participe das ações da Convenção, pois, juntos fazemos mais. Envie sugestões e relatos de experiências para a Educação Cristã pelo e-mail dec@batistasparana.org. br. Juntos, façamos deste estado um local onde famílias fortes exaltam ao Senhor! ROSANE TORQUATO Executiva do Conselho de Educação Cristã da CBP

Contato: dec@batistasparana.org.br Bacharel em Educação Religiosa pelo IBER/RJ. Licenciatura em Pedagogia. Membro da Igreja Batista Lindóia, em Curitiba/PR.


juntos

+ CANTO DA MÚSICA

Durante o ano de 2013 fizemos capacitações e treinamentos em várias regiões do nosso estado, foram momentos de aprendizagem, crescimento do conhecimento técnico e espiritual. Mas, porque nos capacitarmos e buscarmos treinamentos? Alguns músicos acham que por participarem de algum curso em dado momento, não precisem mais estudar, buscar capacitação e novas técnicas para melhorar o tocar, o cantar e o liderar. A Bíblia fala que devemos sempre ter em mente a excelência na obra do Senhor, dar o melhor para Deus. E como conseguir a excelência e aumentar nosso conhecimento no que fazemos? Em um Encontro dos Músicos Batistas do Brasil, realizado em agosto, o pastor Guilherme Gimenez nos falou que hoje em dia o ministério de música e adoração passou por várias mudanças, uma delas é que o ministro/líder do ministério de artes e adoração deve ter algum conhecimento mínimo, ter uma ideia do que será feito: em música, teatro, dança, cenografia, sonorização, transmissão de cultos, softwares de gerenciamento de projeção, planejamento a curto, médio e longo prazo. Pensando nesse crescimento musical e artístico de nossos líderes e liderados, a área de música da CBP tem levado vários temas para as reuniões da CBP+perto de você. São treinamentos e capacitações em diversas áreas da música na igreja. Muitos são os professores, pastores, parceiros que nos auxiliam nas clínicas e temas que queremos levar para o melhor funcionamento do ministério de música de nossas igrejas. Nossa oração é que no ano de 2014 tenhamos ainda mais músicos com o desejo de servir buscando a excelência no trabalho do Senhor, para assim oferecermos o melhor para o nosso Deus. ANGELA CRISTINA GOMES DA SILVA Coordenadora de Música da CBP Contato: ambap.pr@gmail.com Presidente da AMBAP. Formada pelo Seminário Batista do Sul do Brasil – Rio de Janeiro, com especialização em regência coral. Professora de musicalização infantil. Membro da Igreja Batista Vila Nova, em Londrina/PR.

9


juntos

10

+ ARTIGO


A parábola do filho pródigo, como é conhecido o texto de Lucas 15.28-32, fala de dois irmãos que resolveram viver alienados do Pai. O mais novo abandonou o lar para viver num lugar distante fazendo o que bem entendesse, sem ter que dar a menor satisfação à família. O filho mais velho ficou em casa, morando com os pais, mas tão alienado quanto o que partiu. Vamos nos concentrar no irmão mais velho, para verificarmos nele algumas atitudes que podem impedir a alegria e a afetividade no lar. Comecemos com um dos grandes ensinamentos deste texto: estar perto não quer dizer que estar junto. Estar na mesma casa, debaixo do mesmo teto, nem sempre se traduz em afetividade para com os familiares (antes de dar continuidade, sugerimos a leitura atenta de Lucas 15.28-31). - Impedimos a alegria e a afetividade no lar quando colocamos as coisas que queremos e os planos que estabelecemos acima das pessoas com as quais convivemos. (Lc 15.29) - O grande problema do filho mais velho é que seu maior desejo na vida não era um relacionamento de amor com o pai. Mas a riqueza que este possuía e os bens que poderia lhe proporcionar. Muitos lares estão sentido a dor do desprezo, abandono, insensibilidade e da falta de solidariedade humana por parte de familiares que resolveram dar mais importância às coisas, projetos e satisfação pessoal do que às pessoas que vivem em sua casa. Pessoas assim são incapazes de celebrar a vitória dos outros. Seus interesses pessoais estão sempre acima de qualquer coisa ou pessoa. Isso é um tormento na vida de uma família porque, enquanto todos se alegram, ele resmunga e murmura. - Impedimos a alegria e afetividade no lar ao reagirmos com ira quando as coisas não funcionam do jeito que achamos que deveria funcionar. (Lc 15.28). Há pessoas que vivem em função das circunstâncias

da vida. Só conseguem experimentar a felicidade e a paz quando tudo lhe é favorável e as coisas caminham do seu jeito. Não são capazes de enxergar os propósitos de Deus, nem as maravilhas do Seu poder em sua vida, muito menos na vida dos outros. Vivem para si. Esquecem que ser cristão é optar pela renúncia, por um estilo de vida de servo, onde o desejo de abençoar é maior do que o de ser abençoado. - Impedimos a alegria e a afetividade no lar quando nos julgamos superiores aos outros. (Lc 15.30) - O irmão mais velho se julgava superior ao mais novo. Tanto que, ao mencioná-lo no diálogo com o pai, não foi capaz de chamá-lo de irmão, referindo-se a ele como “esse teu filho” (v.30), num tom de absoluto desprezo e superioridade. Quantos lares estão sofrendo porque pais estão olhando os filhos de cima para baixo? Quantos cônjuges adoram dizer que o outro está sempre errado? Quantos filhos desdenham dos pais, não lhes dando o devido valor e respeito? O grande problema para quem se julga superior ao outro é se achar incapaz de fazer o que o outro fez, e por isso não consegue perdoar. E onde não há perdão não há alegria, nem afetividade. Perdoar alguém que julgamos inferior é uma tarefa quase impossível. Que as nossas atitudes sejam para promover a alegria e expressar afetividade. Deus deseja que nossos lares tenham vigor espiritual que traduza afetividade. Não basta ser afetivo com Deus quando se é frio em casa. Espiritualidade sem afetividade é um paradoxo. PR. VALDO FONSECA DE OLIVEIRA Presidente do Conselho de Missões da CBP

Pastor titular da Igreja Batista do Cajuru, formado em Teologia pelo STBSB/RJ, Pós-Graduado em Terapia de Família pela Faculdade Cândido Mendes/RJ.

11


juntos

+ INVASÃO

JUBEPAR REALIZA VIAGEM MISSIONÁRIA EM CAMBÉ ESTIVERAM PRESENTES MAIS DE 300 JOVENS VOLUNTÁRIOS

12

A Cidade de Cambé, região norte do estado, foi literalmente “invadida” por mais de 300 jovens e adolescentes com demonstrações de amor por meio do Invasão. O Projeto Invasão aconteceu no Centro de Eventos de Cambé e no bairro Jardim Cidade Verde, nos dois locais a população pode contar de forma gratuita com corte de cabelo e maquiagem, apresentações de teatro, dança de rua, pirofagia, demonstrações de força, aferição de pressão arterial, aconselhamento, recreação para crianças, distribuição de algodão doce, jogos recreativos e uma grande festa no sábado à noite para a família cambeense no Centro de Eventos da cidade, com apresentações culturais, testemunhos e uma mensagem evangelística. Os participantes antes de saírem para a missão receberam orientações e após divisão em equipes, fizeram o planejamento de suas ações. Os pastores Fernando Lemos, Fabricio Silveira e Fabiano Martins conduziram a preparação espiritual desafiando-os a estarem prontos para servir.

Nem mesmo a chuva impediu que a missão fosse cumprida “…o fato de ter chovido nos motivou ainda mais, e me ensinou que para servir, a zona de conforto tem que ser deixada de lado” diz Renan Colli. Um kit de material foi preparado e distribuído no centro de Cambé contendo uma sacolinha de lixo para carro com adesivo da campanha “A Vida Não é Droga”, um gibi da história de Jesus e um folheto da “Jogada Perfeita”. Pensando na melhoria da autoestima, escolhemos uma casa do bairro Jardim Cidade Verde para receber


uma reforma. Com apoio da equipe do COVO – Construtores Voluntários, jovens do Invasão e empresários da região, realizamos uma pequena reforma na casa do Sr. Altair que ficou feliz e disse: “no início achei que era uma

13

pegadinha, só acreditei quando começaram a desmontar tudo para iniciar a reforma”. Com essas ações, a JUBEPAR pretende colaborar para a melhoria da autoestima da população e a qualidade de vida, demonstrando amor ao próximo. Esta é mais uma oportunidade de servir sua própria geração com os dons e talentos de cada um, de forma a despertá-los para levar uma mensagem de paz e esperança a tantas famílias que precisam de ajuda ao nosso redor. PAULO J. CLEMENTE Executivo da Juventude Batista do Paraná

Contato: pauloclemente@jubepar.com.br Bacharel em Teologia pela Faculdade Teológica Batista do Paraná (Curitiba/PR). Bacharel em Administração de Empresas. Membro da Igreja Batista no Bairro Novo Mundo.

AGRADECIMENTOS LUNEAR MARITIMA, JMM, FTBP, PROJETO VIDA, PROJETO COVO, FRIMESA, MINISTÉRIO RBC, ABANOPA, JUBANOPA, LOJA MUSICAL DE ARAPONGAS, NM CONSTRUTORA, VI MARRA CONSTRUTORA, DEPÓSITO LOCASA, DEPOSITO PLANALTO, CAMPNEUS, DUMENTAL, RESTAURANTE SABOR CAPIXABA, CLAUTUR TURISMO, PIZZARIA PIUBELLO, MAGAZINE LUIZA, AUTO POSTO CARDAMONE, PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBÉ, PRIMEIRA IGREJA BATISTA DE CAMBÉ, IGREJA BATISTA JARDIM CIDADE VERDE, IGREJA BATISTA ESPERANÇA DE LONDRINA, IGREJA BATISTA DA GRAÇA E CONVENÇÃO BASTISTA PARANAENSE.


juntos

14

+ CASAMENTO


É muito comum ver que os preparativos para o casamento agitam a vida do casal. Provas de vestido, confirmar com o fotógrafo, ligar a luz da nova casa, são muitos os detalhes que antecedem a festa do casamento. Contudo o casamento é mais do que uma festa de uma noite. Casamento é para a vida toda! Por isso a pergunta, o que fazer antes do casamento? “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.” (Gênesis 2.24). Com base apenas neste versículo passo a dar três conselhos para esta fase: 1. Deixar pai e mãe: o casal deve estar pronto para desligar-se da sua família original. É tempo de independência. Uma delas é a independência Financeira: casamento não é aventura e agora o casal precisará pagar as suas contas sem precisar da ajuda dos pais, ao menos no seu orçamento básico; Emocional: o casal deve estar preparado para suprir as emoções um do outro. Em algumas famílias os vínculos com pai e mãe são tão fortes (o que não é necessariamente ruim) que não permitem que o cônjuge assuma de agora em diante este papel de provedor emocional; Espiritual: alguns casais deixam de frequentar a igreja depois que casam, este é tempo de criar a cultura de buscar a Deus na nova família que se forma. 2. Unir-se a sua mulher: A partir do casamento existe um compromisso de fidelidade eterna. Deus nos dá a possibilidade de escolher, baseado em critérios que de antemão conhecemos. A Bíblia nos mostra os critérios e nos auxilia nisto, contudo a escolha ainda é nossa e por isso devemos usar o tempo de

namoro para fortalecer a convicção que estamos escolhendo corretamente. Namoro é feito para acabar, ou como dois bons amigos ou com casamento. 3. Serão os dois uma só carne. A poesia judaica é muito rica apesar de ser muito simples. Esta parte do versículo não fala apenas de conjunção carnal, fala de uma fusão completa e indissociável, como misturar dois tipos diferentes de pó de café, depois será impossível separar sem que haja prejuízo. Por isso o casal deve avaliar antes do casamento se os projetos individuais, se não coincidirem, são ao menos compatíveis. Isto evita que depois de casados uma das partes possa argumentar que “se anulou” pelo relacionamento, o que não é o ideal. Assim os projetos individuais conquistados se tornam a vitória dos dois. Se os sonhos coincidem ou são compatíveis, podem ser compartilhados. As realizações são multiplicadas e as frustrações são repartidas. Nos dois casos o casal sai fortalecido. Acrescento ainda a necessidade da busca de um conselheiro que acompanhe o casal, pessoas com mais experiência que podem ajudar a identificar áreas de tensão e serem referenciais nesta nova etapa do casal.

PR. OSMAR GOMES Vice-Presidente da CBP

Formado em Teologia pela Faculdade Teológica Batista do Paraná. Pós-graduado em Liderança Avançada pelo Haggai Institute – Maui em 2006. Pai do Lucca e da Laura e casado com a Daniela. É pastor da Igreja Batista de Bom Retiro, Curitiba/PR.

15


juntos

16

+ HOBAPAR

Olhando a grande quantidade de crianças perambulando pelas ruas, nos semáforos, pedindo esmolas; nas creches, abandonadas pelos pais; nos reformatórios, algumas perguntas nos vêm à mente: Que virão a ser estas crianças? Qual será o futuro deles? Spurgeon, um dos mais importantes pregadores de todos os tempos, disse a respeito do cuidado que devíamos ter com as nossas crianças: “Que nenhum homem despreze as crianças ou pense que são insignificantes. Eu revindico o lugar da frente para elas. Elas são o futuro do mundo, o passado, já se foi e não podemos alterá-lo. Até mesmo o presente já se foi à medida que o vivemos... Nossa esperança está no futuro, portanto abra espaço para as crianças, abra caminho para os meninos e meninas.”. Será que a igreja do Senhor Jesus tem cumprido a obra de evangelização de nossas crianças? Segundo dados estatísticos a maioria dos Cristãos receberam a Cristo entre os 8 e os 14 anos de idade. Essas crianças são cuidadas depois de tomar essa decisão? Jesus ordenou que cuidássemos delas (Mateus 18.14). Precisamos ter um cuidado especial com as nossas crianças porque delas é o Reino de Deus. Muitas igrejas tem se preocupado demasiadamente com o conforto, programas e estudos profundos para os adultos, negligenciando uma atenção maior às nossas crianças. Nossas Organizações Missionárias, como as Mensageiras do Rei e Embaixadores do Rei, fornecem oportunidade para crianças crescerem em sua vida cristã e na formação missionária. A HOBAPAR está empenhada em fornecer às Igrejas Batista do Paraná apoio na formação de líderes para trabalhar com meninos, através de treinamento e materiais. Cabe a cada pastor, cada líder, preocupar-se ou não com os nossos meninos agora.

HOBAPAR PRESENTE NO 16º MUNAMI Os Homens Batista do Paraná, representando quatro Associações (Grande Curitiba 2, Campos Gerais 1,

Noroeste 1 e Litoral 8), participaram do 16º MUNAMI (Mutirão Nacional Missionário), na cidade de Jacinto/MG, realizado em outubro de 2013. O Paraná comandou o 16º MUNAMI, trabalhando nas seguintes áreas: distribuição de Bíblias e Novos Testamentos; realizando visitas; reformando casas e construindo o templo da PIB de Jacinto. O resultado desse trabalho podemos resumir da seguinte maneira: foram 187 decisões; foram dados e agendados 34 estudos bíblicos; uma reconciliação; 18 cultos ao ar livre; três cultos no presídio com sete decisões; programação com 350 crianças (kids games), com aproximadamente 120 decisões; foram 216 inscritos de 13 estados do Brasil; e participaram 260 pessoas. Foi uma bênção a participação dos Homens Batistas do Paraná, juntamente com os demais representados pelos outros estados brasileiros. JAMIL DIAS ALVES Executivo da Hobapar

Contato: jamil.uhpr@hotmail.com Membro da Igreja Batista Jardim das Américas - Paranaguá.


juntos

+ ORDEM DOS PASTORES BATISTAS DO PARANÁ

17

A Convenção Batista Brasileira escolheu para 2014 o tema “Família, o ideal de Deus para o ser humano”, tomando como divisa a declaração de Josué registrada no capítulo 24.15b: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor”. Isto me leva a pensar sobre como nós, pastores, iremos abordar essa temática durante este ano. Teríamos autoridade para afirmar que a família é o ideal de Deus para o ser humano? Somos nós, como bem aconselha o apóstolo Paulo a Timóteo, exemplo para os fiéis no tocante a esta matéria? Em nossa escala de valores onde entra a família? Será que em nome da obra não temos relegado a família a um segundo plano? Uma pesquisa de pastores realizada pelo Instituto Fuller aponta que 80% dos pastores acreditam que o ministério pastoral está afetando negativamente a sua família e 33% dizem que ser pastor é claramente um risco para sua família. Stephen Kanits nos conta a seguinte história: Há vinte anos presenciei uma cena que modificou radicalmente minha vida. Foi num almoço com um empresário respeitado e bem mais velho que eu. Ele era um dos poucos engajados no social, embora fosse pessoalmente um workaholic (em tradução livre: viciado em trabalho). O encontro foi na própria empresa, ele não tinha tempo para almoçar com a família em casa nem com os amigos num restaurante. Seus olhos estavam estranhos, achei até que vi uma lágrima no olho esquerdo. Bobagem minha pensei, homens não choram, especialmente na frente de outros. Mas du-

rante a sobremesa ele começou a chorar copiosamente. Fiquei imaginando o que eu poderia ter dito de errado. “Minha filha vai se casar amanhã”, disse sem jeito, “e só agora a ficha caiu. Eu fui um tremendo de um workaholic e agora percebo que mal a conheci. Conheço tudo sobre meu negócio, mal conheço minha própria filha. Dediquei todo o tempo a minha empresa e me esqueci de me dedicar à família.” Prezado colega de ministério, “nenhum sucesso no mundo compensa o fracasso no lar”. Priorizar a família é tão importante que a Ordem de Pastores Batistas do Brasil dedicou um capítulo inteiro de seu código de ética só para tratar dos deveres do pastor para com sua família, que em síntese é retratado em um verso da poesia do Pr. Marcos Amazonas dos Santos, intitulada “Ser Pastor”: “Ser pastor é ser membro de uma família. É ser marido, pai, amigo e pastor dos mesmos. É ser presente, mesmo quando o tempo parece ser tão pouco. É ter a coragem de parar para poder ser pai e marido. É simplesmente ser.” Tem certeza que você quer continuar com aquele velho discurso que faz tudo em nome da obra? PR. NIVALDO CAVALLARI Presidente da Ordem dos Pastores Batistas do Paraná Pastor da PIB de Paranaguá; Presidente do Conselho Educacional da CBP; Membro do Centro de Letras de Paranaguá; Membro do Instituto Histórico e Geografico de Paranaguá; Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil e diplomado pela Escola Superior de Guerra - 4° Ciclo de Estudos Estratégicos. PósGraduado em Teologia pela Faculdade Teológica Batista do Paraná.


juntos

18

+ CAPA

Um dos maiores questionamentos que tenho ouvido nos últimos tempos é: “O que está acontecendo com as famílias de hoje?”. Confesso que por muito tempo tentei encontrar respostas para esta pergunta. Há sim, uma série de questões relevantes que muitos estão desprezando e por isso pensam que família feliz, nos dias de hoje, é impossível encontrar. Casei-me muito nova, apenas 19 anos, e vivi todas as dificuldades que a imaturidade causa em um relacionamento. Mas tinha dentro de mim a convicção de que lutaria para que ele fosse para sempre e se fosse para sempre, teria que ser bom. Com o passar dos anos, observando o crescimento da minha família e ouvindo muitos pacientes e irmãos no consultório, entendi que não seria possível ter uma família feliz sem ter Deus no centro e sem investir nela. Meu marido é pastor de igreja e coordenador de uma Agência Missionária, diante disso, pode-se imaginar a quantidade de trabalho que desenvolve. Durante anos, lutei contra seu ímpeto de trabalhar muito e não ter tempo para a família. E quando digo que lutei, é porque lutei mesmo. Lutei muito. Orei muito. Algumas vezes até com lágrimas lhe disse que precisava dedicar mais tempo a nós. Valeu a pena! Com o passar do tempo, percebi meu marido priorizando seu dia de folga, descansando nas férias, levando os filhos para passear na praça, mesmo em um dia de semana. Entendemos juntos, que se não investíssemos em nosso casamento e em nossos filhos, a vida em família perderia o sentido. Aos pais, digo sem medo de errar, gastem tempo com seus filhos. Separem tempo para isso. Nossa vida é muito agitada, somos engolidos pelos afazeres do dia a dia e não priorizamos o tempo juntos. Para aplacar a culpa do fracasso, compensamos nossos filhos e cônjuge com presentes, promessas e às vezes lágrimas de arrependimento. Mas nos dia seguinte, fazemos tudo do mesmo jeito. A culpa nunca é sanada. E vivemos um ciclo vicioso. Diante

disso, queridos pais, aproximem-se dos seus filhos. Conheçam o mundo que vivem. É importante conhecer seus amigos, seus interesses, seus sonhos, pois só assim, conhecerão seus corações. Tenho visto pais distantes de seus filhos, chegam até a dizer que não os conhecem mais e não sabem quando isso começou. Começou quando eles chegaram em casa agitados para contar uma novidade, aparentemente sem importância, mas os pais estavam muito ocupados, estressados ou até não estavam em casa. Eles buscaram outra pessoa para contar a novidade e os pais não perceberam. Até quando os pais perceberão seus filhos quietos ou diferentes do comum, mas não farão nada? Não os procuram para conversar, não se interessam por seus problemas. Uma muralha emocional começa a se levantar entre pais e filhos. Não podemos desistir dos nossos filhos, talvez eles estejam vivendo um mundo que desconhecemos, falando palavras que não entendemos, mas dentro deles, ainda existem aquelas crianças imaturas e inseguras que um dia pegamos em nossos braços. Eles precisam de nós. Minha palavra também é para aqueles que hoje vivem essa muralha emocional no casamento e não sabem como derrubá-la. Em primeiro lugar, não há obstáculo grande demais que não possa ser derrubado com o Senhor. Creia nisso. Então, com essa certeza em seu coracão você precisa lutar. Algumas dicas práticas podem ajudar. Aprendi algo valioso observando a vida conjugal dos meus pais. Eles sempre reservaram tempo para estarem a sós. Quando era criança não entendia isso, às vezes até reclamava e pedia para ir junto com eles, mas hoje, depois de anos de casamento, entendo com clareza essa necessidade. Casais, separem tempo para estarem juntos, sem os filhos. Passeios de mãos dadas, cinema juntos, um jantar ou até uma viagem. Não há problema em deixar os filhos para estarem juntos, cuidando e investindo no relacionamento. Alguns


casamentos passam por esfriamentos severos e os cônjuges chegam até a pensar que não se amam mais. São brechas perigosas que abrimos em nossos relacionamentos e muitas vezes o retorno é dolorosos e deixa marcas. Esfriamentos são causados pela falta de tempo juntos, pelas diferenças nas metas e sonhos do casal, pelo afastamento de Deus. Isso precisa de atenção. Outras orientações são importantes e percebo que tem trazido conflitos nos relacionamentos. Maridos, não deixem suas esposas dormirem sozinhas, não fiquem acordados até tarde enquanto suas esposas dormem. Vocês precisam deitar juntos, orar antes de dormir, terem momentos a dois. Mulheres, não priorizem os afazeres da casa ou até mesmo da igreja, em detrimento do seus maridos. Eles preferem uma casa bagunçada com a esposa ao lado do que uma limpeza invejável, mas uma esposa distante e cansada. Outra questão importante é o tempo que as famílias dedicam as redes sociais, jogos eletrônicos e televisão. Um tempo precioso, às vezes o pouco que resta para estarem juntos, sendo perdido como penas ao vento. Se não há tempo sobrando, não desperdice o pouco que tem. Não pense que seu relacionamento familiar irá melhorar se você não mudar seus hábitos. Por isso, maridos e esposas, invistam em seus casamentos. Acreditem, ele pode ser pleno. Pode ser diferente. Percebi que quando o casamento vai bem, os filhos também vão bem, porque se sentem seguros e o contrário também acontece. Quando os pais brigam ou estão distantes um do outro, os filhos sofrem, ficam

inseguros e se afastam para fugir dessa difícil realidade. Gosto que meus filhos vejam o quanto nos amamos. Abraços, carinhos entre os cônjuges, fazem bem aos filhos. Mas existe também a necessidade de dedicar tempo aos filhos. Passeios juntos, programas diferentes, mesmo estando em casa, culto doméstico, férias em família. Todas essas oportunidades aproximam os pais dos filhos. Todas as noites meu filho mais velho chama seu pai para orar antes de dormir. Começou em uma noite em que estava com medo de dormir sozinho e se tornou um hábito irrevogável. Ali conversam sobre o dia, algumas exortações necessárias são dadas e até risadas altas às vezes ouço do meu quarto. Não há fórmula mágica para uma família feliz. Há sim, esforço, dedicação e busca ao Senhor. Por isso, não importa como sua família esteja hoje, importa o que você fará para mudar essa realidade. Não se acomode ao estágio que chegou. Você sempre pode progredir, há sempre o que melhorar, por isso, mãos a obra! Afinal, nessa batalha, não lutamos sozinhos, o Senhor dos exércitos luta ao nosso lado. Que Ele te abençoe em nome de Jesus. LETÍCIA AZEVEDO SILVEIRA Psicóloga

Psicóloga clínica com ênfase na área familiar. Membro da Primeira Igreja Batista de Matelândia/PR.

19


juntos

+ ARTIGO

20

“Deus faz que o solitário more em família; tira os cativos para a prosperidade; só os rebeldes habitam em terra estéril.” (Salmos 68.6)

O ataque contra a família é avassalador, mas Deus tem a igreja como refúgio e poder. Ela tem sido, através de todos os séculos, a mais poderosa força em prol do bem sobre a face da terra. É luz no meio da densa escuridão, sal dentro da sociedade, retardando o alastramento da corrupção moral e dando tempero e sabor à vida humana. A Igreja tem a missão e o poder necessário para reverter o caos instalado em qualquer família. Tem o potencial de cultivar e garantir harmonia e estabilidade dentro de um lar. Oferece para família refúgio do mundo, cura de angústias e dores emocionais e um ambiente de amor dedicado e genuíno. O maior interessado em arruinar essa instituição divina é o “Príncipe deste mundo”. Influenciando a mídia com propagandas, novelas e filmes que nem sempre estão firmados nos princípios e valores cristãos. Por este motivo a família precisa de um refúgio, e a igreja é este lugar, pois o inimigo não pode prevalecer contra ela. “... As portas do inferno não prevalecerão contra a Igreja” (Mateus 16.18). No cuidado com a família, existe uma atenção especial aos pais. Sempre foi dado o mandamento de criar os filhos “na doutrina e admoestação do Senhor” (Efésios 6.4). Observemos a oração de Manoá ao saber que seria pai: “Então, Manoá orou ao Senhor e disse: ah! Senhor meu, rogo-te que o homem de Deus que enviaste venha outra vez e nos ensine o que devemos fazer ao menino que há de nascer.” (Juízes 13.8). Os pais devem se empenhar ao máximo para ensinar e criar seus filhos nos princípios do evangelho. Ser membro de uma família e ser membro de uma igreja são grandes bênçãos das quais não se pode abrir mão. “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o dia se aproxima.” (Hebreus 10.25). Escolha hoje um lugar seguro, um lugar de refúgio, pois nossa família é única. Façamos isso com a ajuda e a bênção de Deus. PR. URANDI TENÓRIO Presidente da BCG

Bacharel em Teologia Exegética e Pós-Graduado em Aconselhamento pela FTBP. Pastor da Igreja Batista Rio Verde - Ponta Grossa/PR.


juntos

+ CAM

Marinheiros histórias de vidas que precisam de cuidado

Uma das visitas mais difíceis que já fiz em meus quase dez anos de capelão no Centro de Apoio aos Marinheiros (CAM) foi quando conheci Ritche. Ele está há nove meses a bordo e enfrentando uma situação complicadíssima. Foi abandonado e traído pela sua esposa, ela abandonou seus dois filhos com os pais dele e em novembro de 2013, o Tufão destruiu sua casa. Seu pai foi ferido na perna e teve que ir para o hospital, sua mãe está cuidando dele, seus dois filhos, um de nove e outro de doze anos, tiveram que ir embora para casa de primos em outra ilha há mais de 200 quilômetros. Quando ele ligou e conseguiu conversar com seu pai, ele disse: “Não adianta você voltar agora que você não vai conseguir nos ajudar aqui, fique a bordo e continue trabalhando para conseguir recursos financeiros para ajudar”. Então ele me contou que ficará mais um ano a bordo: “Quando entro na minha cabine as lágrimas rolam em meu rosto e questiono porque tudo isso está acontecendo”. Então o abracei e oramos juntos entregando tudo nas mãos do Senhor, ele orou aceitando a Cristo e falei para ele ler os Salmos e o Evangelho de João. No outro dia quando fui visitá-lo ele agradeceu muito: “Li os Salmos e o Evangelho de João e me sinto fortalecido, obrigado por ter orado e ajudado”. Outra situação marcante, foi a visita ao marinheiro muçulmano Yussuf Habib, que teve um sério acidente a bordo. Ele estava com saudades de casa e deprimido. Compartilhei do amor de Cristo com ele e oramos ao final e quando estávamos terminando ele estava sorrindo. No outro dia ele estava se preparando para ir embora e agradeceu muito por alguém ter dado atenção a ele. Essas são duas histórias que refletem a importância de estarmos perto das pessoas e como pequenos gestos e atitudes podem fazer diferença na vida de pessoas. Sinto-me privilegiado de fazer parte da obra de Deus e grato por Ele usar a minha vida. O desafio é que você também faça parte dessa obra em oração!

PR. RIVELINO SANTOS Capelão do Centro de Apoio aos Marinheiros

Bacharel em Teologia pela FTBP e pastor da Igreja Batista Memorial em Paranaguá. Presta assistência social e espiritual às pessoas que aportam em Paranaguá.

21 21


juntos

+ NOTÍCIAS REGIONAIS

GRANDE CURITIBA

22

UM DOS MAIORES WORKSHOPS DA NOSSA HISTÓRIA No último dia 31 de agosto a BGC realizou seu 1º Workshop de Música para as Igrejas Batistas da Grande Curitiba, contando com o total apoio da Igreja Batista Sião, que o sediou, Igreja Batista do Cajurú (Pr. Maico Sant´Anna), Igreja Batista Resgate (Pr. João Camargo Júnior), Banda ReCall e do Coral Gospel de Curitiba. Foram 280 inscritos, representando 38 igrejas Batistas e 2 igrejas de outras denominações convidadas. Foram realizados no total oito oficinas instrumentais, de sonorização e de vocal e ministração, visando o aperfeiçoamento dos ministros de louvor e membros das equipes de louvor das diversas igrejas batistas de nossa Associação. A realização deste evento era um antigo sonho da BGC, e foi avaliado por todos como excelente, diante da grande e surpreendente adesão dos participantes e qualidade dos preletores. O Pr. Jean Garcia Cesar, presidente em exercício da BGC e o Pr. José Soares, do corpo de pastores da Igreja Batista de Sião, foram fundamentais no apoio e organização do evento nas dependências da Igreja que lideram. Devido ao excelente resultado, a BGC e a Igreja Batista Sião agendaram o 2º. Workshop de Música para o dia 20 de setembro de 2014, quando todos nos encontraremos para mais uma oportunidade de crescimento e edificação do corpo de Cristo, através da música que alimenta e nutre a alma dos verdadeiros adoradores! ORGANIZAÇÃO DA IGREJA BATISTA VITÓRIA RÉGIA Na data de 28 de setembro de 2013, os Batistas da Grande Curitiba (BCG), apoiaram na organização de mais uma igreja batista, promovida pela igreja mãe, a Igreja Batista Memorial de Curitiba, que tem a frente o Pr. Marcelo Lomba. Foi uma noite de celebração e adoração ao Senhor pela oficialização de mais uma agência do reino de Deus para a Grande Curitiba. A Igreja tem a frente o Pr. Reginaldo Aparecido de Oliveira e foi organizada com 45 membros. Desejamos que a amada Igreja seja muito bem sucedida na tarefa de Proclamar o Evangelho de Cristo.

SEMINÁRIO DE EVANGELISMO SINÉRGICO E VIDA TOTAL DA IGREJA Nos dias 18 a 20 de outubro de 2013 a BGC, com o apoio da Igreja Batista Betel em Curitiba, realizou os seminários de treinamento Evangelismo Sinérgico e Vida Total da Igreja. Pela terceira vez no Paraná, o Dr. Pr. Darrel Robinson (EUA - Texas) e o Pr. Odilon dos Santos (SP), puderam ministrar este seminário de despertamento e avivamento espiritual. No dia 18/10, na parte da manhã e tarde, o evento foi destinado aos pastores batistas e na parte da noite do mesmo dia e durante todo o dia seguinte, a todos os membros das Igrejas Batistas interessadas em se aperfeiçoarem e se prepararem melhor para servir ao Rei Jesus e assim proclamarem o Evangelho de Cristo em toda nossa região. ENCERRAMENTO DAS ATIVIDADES COM A CELEBRAÇÃO DO NATAL DA FAMÍLIA PASTORAL A BGC e a Ordem dos Pastores Batistas da Grande Curitiba, realizaram com muita alegria, dia 09 de Dezembro, a festa de encerramento das atividades associacionais do ano de 2013, com o Natal da Família Pastoral. Foi uma homenagem e ao mesmo tempo uma demonstração de gratidão da BGC/OPBGC aos pastores e seus familiares pela bênção que eles representam à frente de suas Igrejas. Foi um dia inteiro de muita interação, comunhão, lazer e recreação, sorteio e distribuição de brindes para toda a família pastoral. Quase 200 participantes num “Day Use” nas dependências do Hotel Fazenda Estância Betânia, em Colombo e, realmente, todos se divertiram e glorificaram a Deus por tudo que o Senhor tem realizado em nossas vidas. POSSE DE PASTORES NAS IGREJAS BATISTAS DA GRANDE CURITIBA Posse do Pr. Marlon Thiago K. dos Santos como pastor titular da Primeira Igreja Batista no Bairro Novo, no dia 02 de novembro de 2013, em seu templo; posse do Pr. Daniel Fábio Alves de Carvalho como pastor titular na PIB de União da Vitória, dia 14 de dezembro de 2013; Posse do Pr. Luís Raul Faraci na PIB de Colombo, que no dia 07 de dezembro de 2013 recebeu com


EVANGELISMO SINÉRGICO

NATAL PASTORAL

NATAL PASTORAL

1O WORKSHOP DE MÚSICA PARA AS IGREJAS DA BGC

ORE PARA QUE EM 2014 NOSSA ASSOCIAÇÃO VIVA AS GRANDES COISAS DE DEUS PARA NÓS!

alegria o seu novo pastor, ao mesmo tempo em que realizou um culto de gratidão ao Pr. Onéas Ribeiro da Silva e irmã Beatriz Silva, os quais serviram por 14 anos àquela amada Igreja. Como Associação BGC - Batistas da Grande Curitiba e Ordem dos Pastores Batistas da Grande Curitiba, damos as boas vindas aos amados pastores e desejamos-lhes as mais ricas bênçãos do Senhor para o seu ministério à frente de suas Igrejas.

PR. JOÃO CAMARGO JUNIOR NO WORKSHOP DE MÚSICA

CORAL GOSPEL DE CURITIBA

ANIVERSÁRIOS DE MINISTERIO PASTORAL A BGC parabeniza ao Pr. Olívio da Silva Junior pelos 25 anos de ministério pastoral que foram comemorados com duas noites de gratidão a Deus no final do ano; parabenizamos também ao Pr. Elias Silva Barbosa pelos 25 anos de ministério pastoral que foram comemorados no dia 28 de outubro de 2013; o Pr. Claudio Alberto completou 26 anos de ministério pastoral no dia 03 de Janeiro deste ano! Ele é o nosso atual Presidente da Convenção Batista Paranaense e Representante de Missões no Sul do Brasil. Tem sido um líder-servo proclamador do Evangelho de Cristo aqui no Sul e exemplo de líder Denonimacional. A BGC e a OPBG Curitiba se congratulam com mais um aniversário ministerial deste homem de Deus!

PR. DORGIVAL LIMA PEREIRA Coordenador dos Batistas da Grande Curitiba Contato: bcg@batistasparana.org.br Bacharel em Teologia pela Faculdade Teológica Batista do Paraná (Curitiba/PR). Consultor em Planejamento Estratégico Compartilhado certificado pela Case - University Western Ohio Cleveland. Membro da Igreja Batista Lindóia (Curitiba/PR).

23


juntos

+ NOTÍCIAS REGIONAIS

CAMPOS GERAIS

24

Tivemos várias atividades nos Campos Gerais. O Conjubacam, Congresso da Juventude Batista dos Campos Gerais, foi realizado nos dias 11 a 13 de outubro, sendo recebido na cidade de Palmeira pela Primeira Igreja Batista. Com uma expressiva representação de jovens e adolescentes da BCG, o evento foi um tempo de comunhão e celebração que despertou e impactou nossa juventude. As mensagens foram ministradas pelo Pr. Leandro Menegatte (Rio de Janeiro) e o louvor pela banda dos jovens da PIB Curitiba. A 21ª Assembleia dos Batistas dos Campos Gerais aconteceu no dia 19 de outubro na PIB Ponta Grossa. Aproximadamente 100 mensageiros estiveram presentes aos trabalhos que se estenderam por todo o dia e parte da noite. O tema escolhido foi: “Igreja, luz para todas as gerações”, que foi desenvolvido pelo Pr. Izaías Querino, Diretor Geral da Convenção Batista Paranaense, orador convidado para a ocasião. Nesse tempo foi eleita a nova diretoria da BCG, composta como segue: Presidente – Pr. Urandi Tenório; 1º Vice-Presidente – Pr. Leilson de Oliveira Camargo Junior; 2º Vice-Presidente – Pr. Luiz Schafranski; 1ª Secretária – Magda Mincov Tenório; e 2ª Secretária – Zuleica Rapini Schafranski. Também foram eleitos os membros das organizações que compõem a BCG, dois quais se destacam aqui seus presidentes e coordenadores. A Ordem dos Pastores será presidida pelo Pr. Luiz Schafranski; A Hobacam pelo irmão Renato Carlos de Melo; a UFMCG pela irmã Maria Ivete Albuquerque Brites; e a Jubacam pelo irmão William Nascimento Garbin. Para o Conselho Fiscal, nosso órgão examinador e fiscalizador, foi eleito como titular o irmão Renato Carlos de Melo e demais suplentes. Tudo transcorreu em um ambiente de louvor, comunhão e celebração ao Senhor que nos abençoou muitíssimo. Os Batistas dos Campos Gerais agradecem o empenho e dedicação dos irmãos e irmãs que compuseram a diretoria geral e demais organizações no exercício 2012/2013 pelo

excelente trabalho que realizaram nesse tempo. Agradecemos também a PIB de Ponta Grossa pela calorosa recepção e apoio que deram durante todo o tempo. O dia mundial de Oração foi promovido pela União Feminina Missionária dos Campos Gerais sob a liderança da irmã Sueli I. Guidelli dos Santos, no dia 09 de novembro na Igreja Batista em São Mateus do Sul. Foi um tempo precioso de oração e ministração da Palavra que abençoou todos os participantes. A programação foi intercalada por momentos de oração, apresentações inspirativas, celebração de louvor ao Senhor dirigido pela igreja hospedeira e ministração da Palavra. Grande parte das nossas igrejas se fez representar de tal modo que o templo da igreja ficou completamente lotado. IGREJAS QUE FIZERAM ANIVERSÁRIO Em agosto: Igreja Batista Verdade; em setembro: PIB de Palmeira e IB Aliança; em outubro: PIB de Arapoti; em novembro: IB São Mateus do Sul, PIB de Piraí do Sul, PIB de Irati e PIB de Telêmaco Borba; e, em dezembro: PIB de Ponta Grossa. Parabéns a vocês por serem instrumentos poderosos no anúncio do Evangelho. CONSAGRAÇÃO AO MINISTÉRIO PASTORAL Foram examinados e consagrados por suas igrejas os seguintes irmãos: no dia 04 de maio, o irmão Eiron G. de Miranda, pastor da PIB de Reserva; no dia 01 de junho, o irmão Leilson de Oliveira Camargo Junior, da Igreja Batista de São Mateus do Sul, empossado como pastor da Igreja Batista Aliança, no dia 22 de junho. CUIDADO COM AS CRIANÇAS A Igreja Batista Rio Verde em Ponta Grossa procura cuidar dos pequenos de uma forma muito especial. Durante a EBD e também nos cultos da noite, por meio do Ministério Infantil denominado “Pequenos Sábios”. O esforço é que seja levado a eles um ensino de qualidade e


ASSEMBLEIA DA BCG

DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO DA UFMCG

CONJUBACAM

com empenho, ministrar-lhes ao coração. Nos dias 26 e 27 de outubro de 2013, realizamos uma programação recreativa de contação de histórias e brincadeiras ao ar livre para 113 crianças menores de 12 anos. Encerramos no domingo com um culto infantil. Durante o apelo 12 crianças aceitaram a Jesus.

90 ANOS DA PIB PONTA GROSSA “SIM, COISAS GRANDIOSAS FEZ O SENHOR POR NÓS, POR ISSO ESTAMOS ALEGRES.” SALMOS 126.3

ANIVERSÁRIO DE 90 ANOS DA PIB PONTA GROSSA

CULTO DE GRATIDÃO AOS 90 ANOS DA PIB PONTA GROSSA

Estamos comemorando nossos 90 anos como Igreja Batista em Ponta Grossa. Temos compromisso, em primeiro lugar, com a adoração verdadeira pela qual fomos criados. Em segundo lugar, o compromisso com a comunhão, na qual experimentamos o amor de Jesus Cristo por meio dos relacionamentos. E em terceiro lugar, a proclamação das boas novas de Deus para o homem perdido. Tudo começou com a vinda do Pr. Abrahão de Oliveira para Ponta Grossa, na época era pastor auxiliar da PIB Curitiba. Logo que chegou alugou uma casa e voltou para buscar a família. Comprou algumas cadeiras com o auxílio de alguns colaboradores e iniciou o Colégio Batista na cidade com quatro alunos, sendo que três alunas eram suas filhas. Em 04 de maio de 1923, realizou-se o primeiro culto público batista na cidade. E em 15 de Julho de 1923, organizou-se a congregação Batista em Ponta Grossa, que em 31 de dezembro do mesmo ano foi organizada em Igreja com 31 membros. Amados irmãos, hoje crescemos 10 vezes mais e chegamos a 300 membros, e o nosso grande desafio ao celebrarmos 90 anos de organização é continuarmos até a volta do Senhor Jesus Cristo sendo uma igreja com o mesmo ardor na adoração, comunhão e proclamação.

PR. ROMÉRIO DE SOUZA SANTOS Coordenador dos Batistas dos Campos Gerais

Contato: bcg@batistasparana.org.br Bacharel em Teologia pela Faculdade Teológica Batista do Paraná (Curitiba/PR). Pastor da Igreja Batista em Telêmaco Borba/PR.

25


PARTICIPANTES DO CONGRESSO E PR. IRLAND AZEVEDO

juntos

+ NOTÍCIAS REGIONAIS

NOROESTE

26

Em um clima de muita comunhão, inspiração e alegria, a Associação das Igrejas Batistas do Noroeste do Paraná (AIBANORPA), realizou seu primeiro congresso na região, nos dias 07 e 08 de setembro de 2013, nas instalações da UniCESUMAR (Centro Universitário de Maringá). Durante o evento foi tratado o tema, “Crescendo na graça e no conhecimento”, baseado em 2 Pedro. O preletor, Pr. Irland de Azevedo, falou sobre três focos: a graça e a obra; o preço do conhecimento; sem Cristo não há Graça. Assim como o Pr. Irland, os preletores das oficinas: Rosane Torquato (Mulheres), Jamil Dias Alves (Homens), Pr. Lucas Zub Dutra (Jovens), equipe JUAD de Novo Hamburgo (Adolescentes), Luciana Borges Ribeiro, Mariana Castanho Caetano e Valéria (Crianças) e Pr. Irland Azevedo (Pastores) foram ricamente usados por Deus para impactar os congressistas. Na área musical, tivemos a brilhante participação do coral da AIBANORPA, sob a regência da ministra de música da IBV7, Márcia Bexiga. Nos momentos dos cânticos, dirigidos com muita competência pelo ministro de música da PIB de Maringá, Paulo Silas Sudré, os músicos conduziram os congressistas a momentos muito bons. Tivemos também a participação especial do coral feminino da IB Mandacaru. Houve uma representatividade de 83% das igrejas da região, além de membros de igrejas de outras cidades e estados. A expectativa, é que no próximo congresso, agendado para 2015, todas as igrejas da região enviem representantes. PR. CLÁUDIO GOMES RIBEIRO Coordenador da Associação das Igrejas Batistas do Noroeste Contato: claudio@batistasparana.org.br Formado no SETEBES (Seminário Teológico Batistas do Espírito Santo) e Membro da PIB em Maringá.

OFICINA DE CRIANÇAS

OFICINA DE PASTORES

OFICINA DE HOMENS COM JAMIL DIAS ALVES (HOBAPAR)

ORAÇÃO DE GRATIDÃO PELOS PRELETORES DAS OFICINAS

OFICINA DE JOVENS COM O PR. LUCAS ZUB DUTRA


juntos

+ NOTÍCIAS REGIONAIS

SUDOESTE Os Batistas do Sudoeste do Paraná encerram o ano de 2013 com alegria e, podemos afirmar: “Grandes coisas fez o senhor por nós e por isso estamos alegres”. Neste ano tivemos quatro igrejas que ficaram sem seus pastores, mas pela graça de Deus, a Central de Francisco Beltrão já tem seu líder, o irmão Mateus Cleber Ribas, que aguarda a sua ordenação. Em junho foi empossado na PIB de Pato Branco, o pastor Adjames Gomes e Souza. Em outubro foi empossado na PIB de Dois Vizinhos, o pastor Luciano Batista de Souza. A PIB de Clevelândia está em processo de sucessão pastoral. Aconteceu em setembro o Congresso da MCA, em Pato Branco, tendo como preletora irmã Elaine Cristina Campos e Souza. E em outubro tivemos o Congresso Metanoia, dos jovens e adolescentes, em Pato Branco, teve como preletor o Pr. João Camargo Junior. Em novembro tivemos em Coronel Vivida a CBP Mais Perto de Você, e com alegria dizemos: “até aqui nos ajudou o senhor por isso estamos alegres”. PR. OSNILDO WALTER VIEIRA Coordenador da Associação das Igrejas Batistas do Sudoeste do Paraná Contato: prosnildo@yahoo.com.br Bacharel em Teologia pelo Seminario Teológico Batista do Brasil e Bacharel e Licenciatura Plena em Filosofia, pela Universidade Federal do Paraná. Pastor da PIB de Coronel Vivida.

CBP + PERTO DE VOCÊ EM CORONEL VIVIDA

27 POSSE DO PR. LUCIANO SOUZA NA PIB DOIS VIZINHOS


RETIRO DE HOMENS

juntos

+ NOTÍCIAS REGIONAIS

LITORAL OUTUBRO Nos dias 11 e 12 foi realizado a 63ª Assembleia dos Batistas do Litoral Paranaense, na PIB de Matinhos com a presença de várias igrejas e congregações da região. Na ocasião tivemos no sábado a eleição da nova diretoria para o período 2014/2015. Durante a programação tivemos a participação do Grupo Master abrilhantando os cultos com músicas inspirativas. O presidente eleito foi o Pr. Natálio de Freitas Castro da Congregação Batista Jardim Iguaçu. No dia 20/10 foi realizado o culto de oficialização da Congregação Batista Labra, liderada pelo seminarista Evaldo Pinto, da PIB de Paranaguá. Tivemos a presença de vários irmãos da igreja mãe e louvamos a Deus por mais uma agência do reino de Deus que tem trabalhado com famílias carentes no bairro. 28

NOVEMBRO Nos dias 01, 02 e 03 /11 a Juventude Batista do Litoral (Jubalito), promoveu o Congresso Jovem com a participação de mais de 100 jovens, no Acampamento Terra Santa em Guaratuba/PR. As palestras foram ministradas pelo Pr. Paulo Real, da IB Vila Sete de Maringá/PR, que trouxe a participação musical da Banda Trilhos. Foram momentos abençoados de confronto com a Palavra e liberdade musical. Louvamos a Deus por essa Juventude que trabalhou o tema: Servindo com o que sou. Na ocasião tivemos a eleição da nova diretoria. Nos dia 22, 23 e 24/11 foi realizado, no Acampamento Terra Santa, o retiro de Homens do Litoral com a presença de várias igrejas e congregações representadas. A ministração da Palavra ficou por conta do Pr. Jaziel Guerreiro Martins (Diretor da Faculdade Teológica Batista do Paraná), que levou os tema: “O compromisso espiritual do homem que serve a Deus” e “Antes crescei na graça e no conhecimento de Nosso Senhor Jesus Cristo” (II Pedro 3.18).

PR. CLAUDINEY PIRES Coordenador da Associação das Igrejas Batistas do Litoral

Contato: claudineypires@ibest.com.br Coordenador dos Batistas do Litoral Paranaense e Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Betânia.

CONGREGAÇÃO BATISTA DE LABRA

CONGRESSO JOVEM

DIRETORIA DO JUBALITO


juntos

+ NOTÍCIAS REGIONAIS

BATISTAS

DO IGUAÇU Os Batistas do Iguaçu agradecem por mais um ano em que dedicamos no altar do Senhor nossas vidas e a estrutura que Ele nos concede nas 26 igrejas e 26 congregações, com todos os seus ministérios. Em setembro aconteceu a CBP + PERTO DE VOCÊ, e uma capacitação promovida pelo área de Educação Cristã, trouxe os temas: A recreação no Ministério Infantil (com a Profª Suelen Eiras de Castro); Material Didático e Literatura: como escolher? (com a Profª Rosane Torquato): Hobapar: ministério com meninos de 9 a 16 anos – embaixadores do rei (com Miguel Magis): Ufmbp: Liderança Feminina (com a irmã Noélia Magalhães); AMBP: A música na igreja local (com Ângela Cristina Gomes); Jubepar: Juventude 2.0 - seguindo os passos do mestre (com Paulo Clemente); FTBP: Não basta ler, tem que entender. Dicas para melhor entender da Bíblia (com Pr. Jaziel Guerreiro Martins). No primeiro sábado de outubro, com mais de 200 jovens, houve o Encontrão da Juventude Batista do Iguaçu, no salão da Congregação Batista Vera Cruz. O preletor Pr. Sérgio Cruz, da frente missionária Projeto Barnabé em Agro-cafeeira, falou sobre o desafio deste tempo e o profundo compromisso do jovem crente. Também em outubro aconteceu nas dependências da Igreja Batista de Campina da Lagoa, a 8ª Assembleia da BIG. Foi eleita a nova diretoria para o próximo biênio ficando assim composta: Presidente: Pr. Adir Samuel da Costa – IB. Central Cascavel; 1º Vice: Pr. João Melo – IB. Campina da Lagoa; 2º Vice: Pr. Maicon Roberto Goes Sartori – IB. Boas Novas Missal; 1º Secretário – Pr. Sérgio Silva – IB. Jesuítas; 2º Secretário – Pr. Paulo Cesar Berberth Lima – IB. Central Toledo. De 08 a 10 de novembro, em Foz do Iguaçu, reuniram-se os HOBAPAR de nossa região num congresso que contou com a presença, além dos homens da região também com a liderança Estadual e do COVO. Oramos para que o Estado do Paraná mediante a instrumentalidade da obra Batista, veja a glória do Senhor por meio da salvação de vidas do poder do pecado e sejam edificadas sobre o alicerce firme que é Jesus. PR. DANIEL TEIXEIRA DE AZEVEDO Coordenador da Associação das Igrejas Batistas do Iguaçu Contato: prdanielazevedo@hotmail.com Formado pelo SEMIB - Seminário e Instituto Bíblico Betânia 1983 e Psicanalista.

CBP + PERTO DE VOCÊ - CASCAVEL

29 PR. IZAÍAS E PR. ADIR, PRESIDENTE DA BIG

CBP + PERTO DE VOCÊ - CASCAVEL


MEMBROS DA IGREJA BATISTA EM CRUZEIRO DO OESTE

juntos

+ NOTÍCIAS REGIONAIS

OESTE Aconteceu nos dias 19 a 26 de outubro uma Cruzada Internacional na Associação Oeste (AIBOP). Com a participação de 10 Igrejas onde tivemos muitas experiências, várias decisões e algumas reconciliações. No total tivemos o seguinte resultado: 1661 adultos e 180 crianças fizeram sua decisão de receberem a Jesus como Salvador. No total foram 16.879 decisões e mais 13 reconciliações. Entre as Igrejas já há 18 novos convertidos se preparando para o batismo. Tivemos a Coordenação da irmã Gláucia Vidal, que nos proporcionou esta bênção. Ao todo foram 20 irmãos americanos e 6 chilenos. O culto de abertura foi realizado na Primeira Igreja Batista de Umuarama e o Culto da Vitória no dia 26, na Primeira Igreja Batista Filadélfia, em Cianorte. 30

MAIS UM OBREIRO CONSAGRADO NO OESTE No dia 06 de dezembro foi consagrado ao ministério da Palavra o Pr. Iran Gonçalves. O evento aconteceu na Igreja Batista de Altônia, com a presença de vários pastores da região.

ENTREGAS DE CERTIFICADO DE BATISMO

CONSAGRAÇÃO AO MINISTÉRIO DO PR. IRAN

PR. GENTIL DOS SANTOS Coordenador da Associação das Igrejas Batistas do Oeste Contato: aibop@uol.com.br Bacharel em Teologia pela Faculdade Teológica Batista Ana Wollerman, em Dourados/MS. Membro da 3ª Igreja Batista de Umuarama.

CRUZADA INTERNACIONAL

CORO NA CRUZADA INTERNACIONAL


juntos

+ NOTÍCIAS REGIONAIS

NORTE ORDENAÇÕES AO MINISTÉRIO PASTORAL No mês de novembro as igrejas da ABANOPA ordenaram ao santo ministério da palavra três novos obreiros. No dia 09 de novembro foi ordenado pela Igreja Batista Esperança, em Londrina, o irmão Anselmo Muanda, que é casado com a irmã Marina Muanda e tem uma filha. Ele foi convidado e já assumiu o pastorado da Primeira Igreja Batista de Ibiporã. Deus o abençoe neste novo desafio de vida e também a igreja neste novo tempo que será liderada pelo querido irmão. A Igreja Batista Leblon, também teve o privilégio e a bênção de conduzir ao sagrado ministério da palavra, o irmão Almir de Souza. A ordenação ocorreu no dia 22 de novembro, nas dependências de seu templo, localizado na cidade de Londrina/ PR. Esta igreja foi organizada como fruto da ação missionária da Convenção Batista Paranaense e com apoio da igreja mãe, a Igreja Batista da Graça, em Londrina. O Pr. Almir de Souza é casado e tem três filhos. Clamamos as bênçãos dos altos céus ao novo pastor e a querida igreja. No dia 23 de novembro, foi a vez do irmão Luis Antonio de Souza ser consagrado ao ministério pastoral da Igreja Batista em Andirá. O pastor e a esposa realizam um trabalho muito bom na cidade de Andirá/PR, com forte ênfase social. Que o Senhor da obra sustente a cada dia a igreja e seu estimado pastor. PIB DE ARAPONGAS EMPOSSA SEU NOVO PASTOR Em um culto com casa cheia realizado no dia 14 de dezembro, a Primeira Igreja Batista de Arapongas celebra ao Senhor e empossa o irmão Aldo Rodrigues de Freitas como seu novo pastor. O Pastor Rodrigues é casado com a irmã Arlete e tem dois filhos. Depois de um tempo frente ao pastorado na cidade de Cuiabá/MT, recebeu a direção do Senhor para assumir aquela igreja. Na ocasião foi saudado e recebe a oração de posse do presidente da ABANOPA, Pr. Rafael Tomazini, e dos demais pastores presentes. Foi um culto muito abençoado onde a igreja se fez presente para clamar as bênçãos de Deus sobre seu novo líder espiritual e família.

PR. RODRIGUES LOPES Coordenador da Associação das Igrejas Batistas do Norte Contato: batistasdonortedoparana@hotmail.com Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil (Rio de Janeiro/RJ). Cursando Administração de Empresas na Faculdade União das Américas. Membro da Igreja Batista Vila Nova, em Londrina/PR.

PR. ALMIR E ESPOSA

PR. ANSELMO, ESPOSA E FILHA

ORDENAÇÃO PR. LUIS ANTONIO EM ANDIRÁ

31


juntos

+ MISSÕES ESTADUAIS

Nosso alvo

missionário 800 NOVOS

ALVO ALCANÇADO

ADOTANTES

R$ 340.537,08

existe alguém que precisa de Jesus 32

DESAFIOS 2014

2013 Minha primeira palavra é de gratidão a Deus e aos crentes batistas que atenderam o apelo da CBP no sentido de fazermos um grande esforço missionário neste ano. O tema: “Perto de você, existe alguém que precisa de Jesus”, chamou nossa atenção para as grandes necessidades do Paraná, de gente que está muito perto da gente. O ano de 2013 foi diferente em missões estaduais, pois pela primeira vez nesses últimos anos, marcamos um dia especial para ofertar para missões. Dia 28 de julho, Dia da Consciência Missionária. Foi um dia diferente para os batistas paranaenses, dia de esforço sincronizado em todo estado. Cada Associação acompanhou, em tempo real, o momento do levantamento das ofertas e era notório a alegria e o movimento em todas as regiões. Na medida em que as informações iam chegando ao escritório da CBP e este repassava de volta às igrejas o quanto já tinham alcançado. Foi um momento muito bom. Nosso alvo missionário de oferta especial foi ultra-

CAMBARÁ

PONTA GROSSA passado, levantamos R$ 340.537,08 e conquistamos mais 800 novos adotantes (missionários mantenedores) que adotaram missionários e projetos de missões e ação social. Com o esforço de um bom número de igrejas poderemos manter o nosso quadro de missionários e ampliaremos ainda mais, iniciando novos ministérios e alcançando novas cidades. Na próxima edição da revista Juntos daremos informações mais detalhadas das ofertas das igrejas e das adoções missionárias. São muitos os desafios para o ano de 2014, entre eles os das cidades de Cambará, Ponta Grossa e dos projetos Barnabé, Projeto Vida e da Carcerária. Conto com voce em 2014! PR. IZAÍAS QUERINO Diretor Geral da Convenção Batista Paranaense

Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil (Rio de Janeiro/RJ). Pastor, escritor e conferencista internacional. Membro da Primeira Igreja Batista de Curitiba.


juntos

+ JUBEPAR


35


Remetente: Convenção Batista Paranaense | Rua XV de Novembro, 3270 – Alto da XV – Curitiba/PR – CEP: 80045-340 | Telefone: (41) 3362-7878


Revista Juntos - Edição 6