Page 1

J A B O Jornal da Associação Brasileira de Odontologia

128

Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

Encontro histórico reúne Seções e Regionais da ABO em Brasília

Com o objetivo de compartilhar experiências com todas as unidades de sua rede, a ABO Nacional realizou encontro inédito em Brasília, nos dias 19 e 20 de novembro, com a presença das 27 Seções e mais de 50 Regionais. Foram pautas variadas, mas a tônica das reuniões, uma só: a participação democrática das diversas instâncias da ABO nas discussões que definem os rumos da entidade. Acompanhe cobertura completa nas págs. 4, 5, 6, 7, 8 e 10.

Padronize sua Regional com a identidade ABO Nacional

Brasília foi palco dia 20 de novembro de homenagem da ABO Nacional a três personalidades da Odontologia, com a entrega do Prêmio Pedro Martinelli, a mais alta honraria da entidade, a Swedenberg Barbosa (chefe de Gabinete-Adjunto do Gabinete Pessoal do presidente da República), Gilberto Pucca Jr. (coordenador nacional de Saúde Bucal do MS) e Orlando Ayrton de Toledo (professor emérito da Universidade de Brasília). A cerimônia teve mais de 200 convidados. Pág. 8

n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n

2011: ABO tem congressos em todas as Regiões O Calendário Oficial de Congressos 2011 da ABO tem nove eventos programados, em todas as Regiões do País. O 11º Congresso Internacional de Odontologia de Minas Gerais (Ciomig) abre o cronograma em março, seguido pelos congressos de Tocantins (maio), Mato Grosso (junho), Rio de Janeiro (julho), Paraíba (agosto), São Paulo (setembro), Goiás (setembro), Paraná (outubro) e Maranhão (novembro). Confira mais detalhes na pág. 17. n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n

Campanha nacional contra câncer bucal ABO e Oral-B, com apoio do Ministério da Saúde, anunciam o Projeto Nacional de Prevenção de Câncer Bucal durante o CDN de Brasília. Estima-se que até o final deste ano serão registrados 14.120 novos casos da doença no Brasil. A campanha espera prevenir por meio de educação, orientação ao autoexame, diagnóstico precoce e condutas de tratamento para este mal, em benefício da população brasileira. Pág. 24

n n n n n n n n n n n n n n n n n

ABO é notícia mais de 300 vezes na mídia em 2010 Pág. 10

Na cerimônia, autoridades da Odontologia e do poder público: Pedro Alzair, José Porto, Manoel Mello, Marco Vasques, Roberto Vianna, Swedenberg Barbosa, Newton Miranda de Carvalho, Gilberto Pucca Jr., Orlando Ayrton deToledo, senador Randolfe Rodrigues e Wesley B. Toledo

n n n n n n n n n n n n n n n n n

JABO, agora, tem IVC: maior credibilidade para 100 mil exemplares

Coluna REGIONAIS dá várias dicas que podem ser seguidas por essas unidades da ABO. Confira e faça parte. Págs. 6 e 7

Swedenberg, Pucca e Ayrton de Toledo recebem a Comenda Pedro Martinelli

n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n n

A ABO Nacional deseja a toda a família odontológica um 2011 de muitos sorrisos saudáveis


2

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

Associação Brasileira de Odontologia

EDITORIAL

As marcas da ABO Diretoria Nacional

O

ano de 2010 começou com a esperança de, enfim, termos uma ABO de todos. Cada passo dado pela Diretoria da entidade que representa os mais de 230 mil cirurgiões-dentistas de todo o Brasil era dado com o objetivo de fazer com que cada um desses profissionais se sinta, cada vez mais, representado pela ABO. E começamos pela nossa própria casa, voltando nossas atenções à base de sustentação do gigante em que nossa entidade tem se convertido: as Seções e Regionais espalhadas por todo o território nacional. Assim, os canais de comunicação da ABO com suas unidades foram reforçados e novos espaços foram abertos, culminando na até então inédita Conferência das Regionais da ABO, em Brasília (DF), que reuniu lideranças odontológicas de todas as Regiões do País em discussões que vão ajudar a definir os rumos da entidade e da própria Odontologia. Nas reuniões da Conferência, cujos detalhes podem ser conferidos nesta edição do JABO, pudemos conhecer e discutir com profundidade as questões que nos afligem, surpreendermo-nos com problemas compartilhados pelas mais diversas realidades e nos alegrarmos com a troca de experiências e a descoberta de soluções comuns. Nunca a ABO experimentara tamanha convergência de ideias, todas em prol do desenvolvimento harmonioso e equilibrado da entidade. Certamente, um marco histórico. A ABO é feita de marcos e de marcas, e umas das mais importantes tem ganhado o peso merecido graças aos nossos esforços de reformulação e valorização do Selo de Qualidade ABO, especialmente na relação com a iniciativa privada, ampliando sua presença no mercado e os benefícios da medida para a Odontologia e a saúde bucal da população. Também por conta do fortalecimento da credibilidade da entidade empresas parceiras têm anunciado cada vez mais no Jornal ABO Nacional, que agora é filiado ao Instituto de Verificação de Circulação (IVC) e tem sua tiragem de 100 mil exemplares garantida, e na Revista ABO Nacional, recém-aprovada por avaliação da Scientific Electronic Library Online, a SciELO. Graças a esse trabalho, conquistamos a autossuficiência de nossos veículos de comunicação. Neste ano, também ganhamos a grande mídia, sendo a ABO a voz da Odontologia nacional nos maiores jornais, revistas, programas de TV e de rádio e demais veículos de grande alcance na população brasileira. Firmada como principal fonte de informações odontológicas e de saúde bucal, a ABO teve mais de 300 inserções nos meios de comunicação nacionais ao longo do ano, sendo ouvida quase que diariamente pela mídia e por seus milhões de leitores, telespectadores, ouvintes. Além disso, incrementamos parcerias com o poder público, fortalecendo a responsabilidade social da ABO e dando maior visibilidade à classe odontológica. Encerramos 2010 felizes pelos progressos conquistados, mas cientes dos desafios que ainda se impõem ao fortalecimento da ABO e da nossa Odontologia e à nossa missão de promover a saúde bucal de forma plena. Novos marcos virão, e terão as marcas da ABO. Newton Miranda de Carvalho Presidente da ABO Nacional

J A B O

E X P E D I E N T E

JABO é uma publicação bimestral da Associação Brasileira de Odontologia, de circulação nacional. Produção/edição: Edita Comunicação Integrada. Al. Santos, 1398 - 8º and. conj. 87. Telefax (+11) 3253.6485 e (+11) 3284.1348. CEP 01418-100 - São Paulo - SP - Brasil. E-mail: edita@editabr. com.br Diretores: Joaquim R. Lourenço e Zaíra Barros. Editora: Zaíra Barros (MTb: 8989). Redação/ repórteres: Antonio Júnior (MTb:56.580), Diego Freire (MTb: 49.614); Sônia Matias (MTb: 30.992); diagramação/artes: Edita/José Américo de Lima; fotos: Edita/David de Barros/ Fotoabout - e-mail: rsm@fotoabout.com. Publicidade: abo@abo.org.br; MN Design - Tel.:(+11) 2975.3916, e-mail: mncomunicacao@uol.com.br ; Ponto 4 Propaganda Ltda. Tel. (+11) 3816.0328; e-mail ponto4@ponto4.com.br. Impressão: Darthy Gráfica.Tiragem: 100.000 exemplares. Distribuição gratuita. Circulação nos meses de em fevereiro, abril, junho, agosto, outubro e dezembro.

A ABO não se responsabiliza pelos serviços e produtos das empresas que anunciam no JABO, as quais estão sujeitas às normas de mercado e do Código de Defesa do Consumidor. Artigos assinados ou conceitos emitidos são de responsabilidade exclusiva dos autores. Permitida a reprodução de textos do jornal desde que citada a fonte.

Conselho Executivo Nacional (CEN) Presidente: Newton Miranda de Carvalho (MG) Vice-presidente: Manoel de Jesus R. Mello(CE) Secretário-geral: Marco Aurélio Blaz Vasques (RO) Tesoureiro-geral: Wesley Borba Toledo (DF) 1ª secretária: Daiz da Silva Nunes (AP) 1o tesoureiro: Carlos Augusto Jayme Machado(MG) Suplentes: Dilto Crouzeiles Nunes (RS)/ Paulo Murilo Oliveira da Fontoura Jr.(RJ)/ Lucila Janeth Esteves Pereira (PA)/ Júlio Medeiros Barros Fortes (PI) Conselho Fiscal Nacional Efetivos: José Silvestre (SP)/ José

Registrada no Conselho Nacional do Serviço Social (nº 110.006/54), em 12 de janeiro de 1955. Filiada à FDI e à Fola/Oral. Sede Administrativa: Rua Vergueiro, 3153 conjs.82 e 83 - CEP 04101-300 - São Paulo - SP Telefax: (+11) 5083.4000. E-mail: abo@abo.org.br - Site: www.abo.org.br Barbosa Porto (CE)/ Alberto Tadeu do Nascimento Borges (AM) Suplentes: Rafael de Almeida Decúrcio (GO)/ / Stanley Sandro da Silva Mendes (AC)

Assessores da Presidência Paulo Murilo O. da Fontoura Jr. (RJ)/ Antônio Inácio Ribeiro (PR)/ Nilsom T. M. de Albuquerque/ Osiris P. Klamas (PR)

Vice-presidentes Regionais Norte: Luiz Fernando Varrone (TO) Nordeste: Tiago Gusmão Muritiba (AL) Sudeste: Osmir Luiz Oliveira (MG) Sul: Nádia Maria Fava (SC) Centro-oeste: Jander Ruela Pereira (MT)

Diretor do Departamento de Avaliação de Produtos Odontológicos (Dapo) Oscar Barreiros de Carvalho Jr. (SP)

UniABO Coordenador: Egas Moniz de Aragão (PR) Vice-coordenador: Inácio Rocha da Silva (RJ) Secretário: Sérgio de Freitas Pedrosa (DF)

Diretor científico da Revista ABO Nacional Fernando Luiz Tavares Vieira (PE) Conselho Nacional de Saúde (CNS) Efetivo: Geraldo Vasconcelos (PE) Conselho Deliberativo Nacional (CDN) Presidente: José Barbosa Porto/CE Vice-presidente: Nadia Maria Fava/SC

ABO nos Estados ABO/Acre Pres. Stanley Sandro da Silva Mendes R. Marechal Deodoro, 837, s.4 69900-210 - Rio Branco - AC Telefax(+68) 3224.0822 abo.acre@hotmail.com ABO/Alagoas Pres. Tiago Gusmão Muritiba Av.Roberto M. de Brito, s/n.-Jatiuca 57037-240 Maceió - AL Telefax(+82) 3235.1008 aboal@aboal.org.br www.aboal.org.br ABO/Amapá Pres. Daiz da Silva Nunes Rua Dr.Marcelo Cândia, 635 CP 635 68906-510 - Macapá - AP Tel. (+96) 3244.0202/Fax 3242.9300 abo-ap@oi.com.br ABO/Amazonas Pres. Alberto Tadeu do N. Borges Rua Maceió, 863 69057-010 - Manaus - AM Tel.(+92) 3584.5535/3635-231 abo_am@vivax.com.br ABO/Bahia Pres. Antístenes Albernaz Alves Neto R.Altino Serbeto Barros, 138 41825-010 - Salvador - BA Tel.(+71) 2203.4066/ Fax 2203.4069 abo-ba@abo-ba.org.br www.abo-ba.org.br ABO/Ceará Pres. José Barbosa Porto R. Gonçalves Lêdo, 1630 60110-261 - Fortaleza - CE Tel.(+85) 3311.6666/Fax 3311.6650 abo@abo-ce.org.br www.abo-ce.org.br ABO/Distrito Federal Pres. Hamilton de Souza Melo SGAS 616 - lote 115-L/2 Sul 70200-760 - Brasília - DF Tel.(+61) 3445.4800/Fax 3445.4848 abodf@abo-df.org.br www.abo-df.org.br ABO/Espírito Santo Pres. Armelindo Roldi R. Henrique Rato, 40 - Fátima 29160-812 - Vitória - ES Telefax(+27) 3337.8010 aboes@veloxmail.com.br www.abo-es.com.br ABO/Goiás Pres. Jorivê Sousa Castro Av.Itália, 1184 74325-110 - Goiânia - GO Tel.(+62) 3236.3100/Fax 3236.3126 ca@abo-go.com.br www.abo-go.com.br

ABO/Maranhão Pres.Marvio Martins Dias Av. Ana Jansen,73 65051-900 - São Luiz - MA Tel. (+98) 3227.1719/Fax 3227.0834 aboma4@hotmail.com www.abo.ma.com.br

ABO/Rio de Janeiro Pres. Paulo Murilo O. da Fontoura Rua Barão de Sertório,75 20261-050 - Rio de Janeiro - RJ Tel.(+21)2504.0002 /Fax 2504.3859 aborj@aborj.org.br www.aborj.org.br

ABO/Mato Grosso Pres. Luciano Castelo Moraes Rua Padre Remeter, 170 78008-150 - Cuiabá - MT Telefax(+65) 3623.9897 assbo_mt@terra.com.br www.abomt.com.br

ABO/Rio Grande do Norte Pres. Pedro Alzair Pereira da Costa Rua Felipe Camarão, 514 59025-200 - Natal - RN Tel.:(+84) 3222.3812/Fax: 3201.9441 aborn@aborn.org.br/www.aborn.org.br

ABO/Mato Grosso do Sul Pres. Paulo Cezar R. Ogeda Rua da Liberdade, 836 79004-150 Campo Grande - MS Telefax (+67)3383.3842 aboms@terra.com.br www.aboms.org.br ABO/Minas Gerais Pres. Carlos Augusto Jayme Machado Rua Tenente Renato César, 106 30380-110 - B.Horizonte - MG Tel. (+31) 3298.1800/Fax 3298.1838 abomg@abomg.org.br www.abomg.org.br ABO/Pará Pres. Lucila Janeth Esteves Pereira Rua Marquês de Herval, 2298 66080-350 - Belém - PA Tel. (+91) 3277.3212/Fax 3276.0500 abo@abopa.org.br ABO/Paraíba Pres. Patrícia Meira Bueno Av. Rui Barbosa,38 58040-490 - João Pessoa - PB Telefax(+83) 3224.7100 abopb@hotmail.com www.abopb.com.br ABO/Paraná Pres. Osiris Pontoni Klamas Rua Dias da Rocha Filho, 625 80040-050 - Curitiba - PR Tel.(+41)3028.5800/Fax 3028.5824 abo@abopr.com.br www.abopr.com.br ABO/Pernambuco Pres. Luiz Gonçalves de Melo Rua Dois Irmãos, 165 52071-440 - Recife - PE Tel.(+81) 3442.8141 scdp@hotlink.com.br www.scdp.com.br ABO/Piauí Pres. Júlio Medeiros Barros Fortes Rua Dr. Arêa Leão, 545 - SUL 64001-310 - Teresina - PI Tel.(+86) 3221.9374 abopi@uol.com.br www.abo.pi.org.br

ABO/Rio Grande do Sul Pres. Flávio Augusto Marsiaj Oliveira Rua Furriel L. A. Vargas, 134 90470-130 - Porto Alegre - RS Tel.:(+51) 3330.8866/Fax: 3330.6 932 abors@abors.org.br www.abors.org.br ABO/Rondônia Pres. Antonio Carlos Politano Rua D.Pedro II, 1407 78901-150 - Porto Velho - RO Tel.: (+69) 3221.5655/Fax: 3221.6197 abo-ro@enter-net.com.br ABO/Roraima Pres. Luiz Carlos Schwinden R. Barão do Rio Branco,1309 69301-130 - Boa Vista - RR Tel. (+95) 3224.0897/ Fax 3224.3795 abo-rr@click21.com.br ABO/Santa Catarina Pres. Nádia Maria Fava Rua Dom Pedro I, 224 - Capoeira 88090-830 - Florianópolis- SC Telefax (+48) 3248.7101 abosc@abosc.com.br www.abosc.com.br ABO/São Paulo Pres. José Silvestre Rua Dr. Olavo Egídio, 154 - Santana 02037-000 - São Paulo - SP Tel.: (+11) 2950.3332/Fax: 2950.1932 secretaria.abo@terra.com.br www.abosp.org.br ABO/Sergipe Pres. Martha Virgínia de Almeida Dantas Av. Gonçalo Prado Rollemberg, 404 49015-230 - Aracajú - SE Tel: (+79) 3211.2177 Fax: 3214.4640 abo-se@infonet.com.br www.abo-se.org.br ABO/Tocantins Pres. Luiz Fernando Varrone Av.LO15 602 Sul-Conj. 02 Lote 02 70105-020 - Palmas - TO Tel.: (+63) 3214.2 246/Fax: 3214.1659 abotocantis@gmail.com www.abo-tocantis.com.br

Visite o Portal ABO em www.abo.org.br


JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

ABO

3

Eleições em SC, RS e PA Quatro unidades da Rede ABO elegeram, recentemente, novos dirigentes. Nas Seções Rio Grande do Sul e Pará e na Regional Taguatinga (ABO/DF) houve reeleição. Já a Seção Santa Catarina tem novos dirigentes ABO Rio Grande do Sul A ABO/RS reelegeu sua diretoria para o biênio 2010/2012. A Diretoria Executiva é formada por Flavio Augusto Marsiaj Oliveira (presidente), Lina Eda Martinelli S. de Lima (1ª vice-presidente), João Batista Burzlaff (2º vice-presidente), Daniela Farias Araújo (1ª secretária), Maria Teresa Fasolo (2ª secretária), Cláudia Reckzigel (1ª tesoureira), Rogério Padilla (2º tesoureiro). O presidente reeleito, Flavio Marsiaj, declarou que “passada a

XI Cioa

Mello,VP da ABO no evento em Belém

O vice-presidente da ABO Nacional, Manoel de Jesus R. Mello, representou o presidente Newton Miranda de Carvalho na solenidade de abertura do IX Congresso Internacional de Odontologia da Amazônia (IX Cioa), promovido pela ABO/PA, de 3 a 6 de junho, em Belém. “Valorização da Odontologia: o profissional em tempos de reconhecimento”. Esse foi o tema do congresso, que incluiu na programação cursos internacionais, nacionais e locais e apresentação de trabalhos científicos. Estavam presentes também na solenidade a presidente da ABO/ PA, Lucila Pereira; o presidente do congresso, Silvio Menezes; e representantes da ABO Região Norte, entre outros. A presidente da ABO/PA destacou a necessidade de educação continuada para o cirurgião-dentista, que precisa estar sempre atualizado para oferecer o melhor ao seu paciente. O presidente do IX Cioa, Silvio Menezes, criticou os profissionais que vendem seus serviços por pouco, dizendo que quem age assim não reconhece nem a si mesmo e nem a própria profissão e acaba por prejudicar a imagem da classe. O vice-presidente da ABO Nacional, Manoel de Jesus R. Mello, disse que a educação continuada é uma necessidade imposta pela sociedade. “A cada ano surgem novas tecnologias e os profissionais devem estar atentos e acompanhar esses avanços para se manterem no mercado de trabalho”, afirmou. Ressaltou ainda que é necessário que as universidades estejam mais integradas ao campo profissional. Sobre as políticas públicas na área de saúde, Mello reconheceu os avanços em Saúde Bucal no Brasil, mas destacou que há necessidade de melhor remuneração aos profissionais de Odontologia.

ABO/RS: presidente reeleito, Flavio Augusto Marsiaj Oliveira, e diretores

primeira gestão, com muito esforço e dedicação, temos, atualmente, uma associação organizada, que é auditada regularmente, seguindo as diretivas legais em toda a sua plenitude. A reforma estatutária profunda é um dos nossos objetivos nesta atual gestão,

integrando ao colégio eleitoral os nossos sócios do interior, bem como a expansão das atividades da nossa UniABO, com a absorção de vários profissionais afins. Buscaremos, também, a descentralização de alguns eventos da ABO/RS para as cidades do interior”. ABO Pará A ABO/PA escolheu novamente Lucila Janeth Esteves Pereira para continuar à frente da Seção, tendo como vice-presidente

Marcelo Folha. Foram eleitos, também, os componentes da Assembleia Geral e do Conselho Fiscal. ABO Santa Catarina Murilo Ferreira Lima e Auredil J. R. Santos foram eleitos, respectivamente, presidente e vice-presidente da Seção Santa Catarina. Regional Taguatinga Já a Regional Taguatinga, da ABO Distrito Federal, reelegeu para presidente Tarcísio Pinto.


BRASÍLIA

4

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

Do local

Fotos: Edita/Diego Freire

Regionais participam de

Os dias 19 e 20 de novembro de 2010 foram históricos para a ABO Nacional e toda a sua rede. Pela primeira vez, Seções e Regionais se encontraram em reunião promovida pela entidade com o objetivo de compartilhar experiências, desafios e soluções. A 1ª Conferência de Regionais da ABO contou com a presença de mais de 50 representantes de unidades da ABO de todas as regiões do País, e foi seguida de uma série de outras reuniões, de pautas variadas, mas com pelo menos um elemento em comum: a participação democrática das diversas instâncias da ABO nas discussões que definem os rumos da entidade. Realizadas em Brasília (DF), as reuniões tiveram como fecho a cerimônia de entrega da Comenda Pedro Martinelli, honraria máxima da entidade, a três personalidades: Orlando Ayrton de Toledo, Swedenberg Barbosa e Gilberto Pucca Jr. Acompanhe cobertura completa nesta e nas próximas páginas do JABO Por Diego Freire e Zaíra Barros

Mais de 50 unidades do País na 1ª Conferência de Regionais ABO Dirigentes de Regionais também falaram diretamente aos conselhos Executivo Nacional e Deliberativo Nacional da ABO

A

1ª Conferência de Regionais da ABO se estendeu por toda a tarde de 19 de novembro, e teve início com a exposição coletiva de dificuldades pelas quais as Regionais passam em seus contextos locais, seguida de apresentações de propostas de ações locais e nacionais que ajudem a solucionar os problemas levantados. As situações foram analisadas pelo Conselho Executivo Nacional (CEN) e pelo Conselho Deliberativo Nacional (CDN), que acompanharam as exposições e solicitaram seu envio por e-mail para documentação e avaliação mais aprofundada de cada caso. Para o presidente da ABO Nacional, Newton Miranda de Carvalho, trata-se de oportunidade única de desenvolvimento da ABO local e globalmente. “Não é viável pensar numa ABO forte internacionalmente sem considerar o desenvolvimen-

to de cada uma de suas unidades, que são nossa base, o alicerce da nossa representatividade. Os mais de 230 mil cirurgiões-dentistas que representamos em nível nacional e internacional estão nos milhares de municípios brasileiros, lidando com problemas locais, que não podem ser desconsiderados”, defende. Diversidade em pauta As discussões envolveram assuntos diversos. Da Regional Caruaru (PE), Humberto Vieira Sobreira defendeu “maior participação e representação das Regionais, que têm poucos recursos”. Segundo ele, “é preciso um projeto emergencial para a valorização das Regionais e da classe odontológica”. Para Márcio Arruda Ramos, da Regional Lages (SC), a Conferência das Regionais é sinal dessa valorização. “O ideal seria haver duas reuniões como essa por ano”, destacou o jovem presidente, de 36 anos de

idade, para quem “a reunião da ABO é o foro adequado para a discussão dos problemas que afetam as menores unidades da entidade”. Com 12 anos de formado, Ramos comanda a Regional fundada em 1957, com sede de campo e sala administrativa próprias. “Mesmo sem ter escola de educação continuada, a Regional trabalha ativamente para trazer novos sócios, oferecendo facilidades, convênios e descontos com empresas”, compartilhou com os colegas presentes. Solicitações específicas também tiveram vez na reunião. O presidente da Regional Ponta Grossa (PR), César Campagnoli, pediu chancela de congresso oficial para seu evento local. Rodrigo Veneziano e Nestor Werner Jr., de Sorriso (MT), disseram que os cirurgiões-dentistas de sua Regional estão desestimulados e precisam de novas ideias para arrecadar recursos. Dificuldades dos

cirurgiões-dentistas na adequação às normas para acessibilidade aos consultórios foram relatadas pelo presidente da Regional Blumenau (SC), Flávio Cândido Ferreira, que contou com o auxílio de colegas que já acompanharam a situações em seus municípios.


BRASÍLIA

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

5

para o global

reunião nacional inédita Aprovação coletiva Diante de todos os desafios expostos, a iniciativa de compartilhar problemas e soluções foi aplaudida pelos representantes das Regionais. “Trata-se de uma iniciativa de descentralização de decisões, e isso é muito importante porque as ações da ABO nacionalmente têm impacto

localmente, em cada Seção e Regional”, defendeu Nestor Werner Júnior, presidente da Regional Sorriso (MT), que, como outros presidentes regionais, também participou da reunião do CDN. James Torres Carvalho, de Imperatriz (MA), comemorou a troca de experiências entre as lideranças locais e nacionais: “Essa interatividade com o CDN é fundamental.” A presidente da Regional Nova Iguaçu (RJ), Maria Dionísia

respostas nas discussões com os colegas das demais Regionais e do CEN foi animador.” A conferência inspirou Elza Maria Godinho, de Vila Velha (ES), a propor a criação de um grupo de discussão on-line “para expandir o fórum iniciado pela ABO Nacional”. O CEN solicitou que as questões levantadas sejam enviadas por e-mail (abo@abo. org.br), para que possam ser analisadas com maior profundidade e ainda mais discutidas.

dos Santos, surpreendeu-se com as semelhanças entre os problemas enfrentados pelas diferentes regiões. “Da mesma forma as soluções podem ser compartilhadas”, sugeriu. Para o conterrâneo Luís Eduardo Campos, de Teresópolis (RJ), “a iniciativa de reunir as Regionais pode fazer surgir, através do diálogo, soluções comuns”. Pedro Garcia Duarte, de Pouso Alegre (MG), se disse surpreso: “Minha expectativa era baixa, mas o imediatismo das

Nenhum outro supera

Colgate Total 12. O único com a exclusiva Tecnologia Triclosan + Copolímero, que garante 12 horas de proteção clinicamente comprovada. Saiba como a Tecnologia Triclosan + Copolímero garante 12 horas de proteção. Triclosan

O Triclosan é um ingrediente altamente efetivo: perfura a membrana celular das bactérias, reduzindo e inibindo a placa bacteriana.

+

=

Copolímero

O Copolímero forma uma fina película que armazena o Triclosan e garante a retenção do ingrediente antibacteriano nas superfícies dos dentes e da gengiva.

Colgate Total 12

Após a escovação com Colgate Total 12, o Triclosan e o Copolímero continuam agindo por 12 horas contra a placa bacteriana.

Novo Total 12 Professional Whitening. Reduz até 95% das manchas extrínsecas.1

Seu aliado entre as consultas do seu paciente para uma boca mais saudável. 1. Dados em arquivo. Colgate-Palmolive Company.

1 EM RECOMENDAÇÃO DOS DENTISTAS

A MARCA Nº

www.colgateprofissional.com.br Serviços profissionais: 0800 703 9366

Y69553_45255_9_Total12_210x280.indd 1

11/24/10 8:26 PM


BRASÍLIA

6

Política de Saúde Bucal é tema de palestra

REGIONAIS

Conecte-se à sua Seção

Fotos: Edita/Diego Freire

Identidade visual ABO Para orientação de muitas Regionais que desconhecem o uso adequado da logotipia adotada pela ABO Nacional, após a instalação da nova identidade visual, aqui estão as identificações para a Nacional, para a Seção e para a Regional. Padronize a sua Regional como o modelo ao lado. Caso necessite da arte, envie e-mail para a Secretaria ABO: abo@ abo.or.br.

Técnico do MS falou de avanços e desafios do Brasil Sorridente

As políticas públicas de saúde bucal nacionais também foram discutidas durante as reuniões da ABO em Brasília. Representando o coordenador nacional de Saúde Bucal, Gilberto Pucca Jr., o técnico do Ministério da Saúde Moacir Paludetto Jr. ministrou a representantes de Seções e Regionais da ABO a palestra Brasil Sorridente – de Programa a Política de

Na pág. 2 desta e de todas as edições do JABO, há a relação completa de todas as Seções ABO, com nome do presidente, endereço, telefone, e-mail e site. Também no Portal ABO - www.abo.org.br - há a relação de todas as Seções e Regionais. Informe a Secretaria ABO (abo@abo.org.br) caso não conste sua Regional da lista ou se os dados estiverem incorretos. Integre-se e mantenha contato com sua Seção.

Conheça as campanhas ABO e adote-as em sua Regional

Estado de Saúde Bucal. Os dados apresentados foram analisados criticamente pelas lideranças presentes, que aproveitaram para levantar questões ligadas à realidade local de aplicação dos recursos federais na promoção da saúde bucal. Ao falar dos avanços da Política Nacional de Saúde Bucal, Paludetto destacou o apoio da ABO ao Brasil Sorridente e a importância

do engajamento de todas as lideranças odontológicas na devida aplicação dos recursos nos municípios. “Os resultados aqui apresentados são mérito, também, de todos vocês, colegas cirurgiões-dentistas que abraçam a causa da promoção da saúde bucal através da representatividade da ABO”, disse. Segundo os dados apresentados por Moacir Paludetto Jr., em 2009, 65% da população brasileira já tinham acesso a água de abastecimento fluoretada. Com a reorganização da Atenção Básica, 86,5% dos municípios contam com equipes de saúde bucal (ESBs) na rede pública. Também foi apresentada a expansão dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) no Programa Territórios da Cidadania, que tem como objetivos promover o desenvolvimento econômico e universalizar programas básicos de cidadania por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável.

GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA

Há quatro campanhas da ABO Nacional que podem ser adotadas por todas as Seções e Regionais em seu âmbito de atuação. As campanhas têm logotipos únicos para utilização em todo o Brasil. E o mais importante: se realizar alguma dessas ações, informe o JABO (edita@editabr.com.br) para que seu exemplo ganhe visibilidade e seja seguido por outras Regionais. Confira nesta e na próxima página:

ABO Amiga do Peito Defensora da importância do leite materno para o desenvolvimento harmonioso da criança, a ABO Nacional conscientiza a população sobre a necessidade da amamentação e apoia ações que a promovam, por meio da campanha ABO Amiga do Peito. Em Tocantins, onde o projeto nasceu, a principal medida é o apoio ao Banco de Leite Materno. Lá, a ABO/TO incentiva mães a doarem leite e a comunidade em geral a viabilizar embalagens para o recolhimento do material. A ideia é garantir o alimento tão indispensável no processo de imunização, formação e crescimento sadio das crianças.

Fotos: Telmo Ximenes

Odontologia com sustentabilidade A ABO Nacional se preocupa com o meio ambiente. Para ajudar a preservá-lo, a entidade realiza a campanha permanente ABO Responsabilidade Ambiental. Um dos focos principais da iniciativa é a conscientização do cirurgião-dentista para o descarte adequado do mercúrio presente no amálgama dentário. Pequenas atitudes também são enfocadas na campanha para manter o equilíbrio do planeta: reciclar o lixo, economizar água, comprar e utilizar eletrodomésticos com baixo consumo de energia, usar sacolas recicláveis para fazer compras no supermercado, não jogar óleo de cozinha na rede de esgotos e consumir produtos com certificação ambiental são ações incentivadas pela ABO em todo o território nacional.

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010


BRASÍLIA

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

No CDN, ABO apresenta balanço positivo de 1 ano

Responsabilidade social de Norte a Sul Palestras educativas, aulas de escovação supervisionadas por cirurgiões-dentistas, distribuição de kits de higiene bucal e orientações especiais para gestantes e idosos são algumas das ações realizadas nas unidades da ABO espalhadas em todo o Brasil, e que fazem parte da campanha ABO Responsabilidade Social, visando o bem-estar das comunidades. Através de ações preventivas e educativas em saúde bucal, a entidade tem contribuído para a melhoria da qualidade de vida da população. Faça parte. n n n n n n n n n n n

ABO em um click do mouse

No Portal ABO há muito mais que destaques de notícias da entidade. Nele há a possibilidade de se folhear as páginas das edições do JABO e da Revista ABO Nacional, através do sistema flash. Outro benefício é que todos os CDs e acadêmicos podem se cadastrar para ter um e-mail profissional: seunome@abo.org. Na home do portal você encontra o campo de cadastramento. Verifique em www.abo.org. br. E mais: também no Portal estão relacionados os endereços físicos e eletrônicos de todas as unidades da ABO Nacional. Caso os dados da Seção ou da Regional não estiverem corretos ou não constarem, informe a Secretaria ABO: abo@abo.org.br.

Publicações trazem reportagens e ciência Dois dos veículos mais respeitados da área odontológica são editados pela ABO Nacional: o JABO, que traz notícias de interesse do CD e coberturas especiais como a desta edição, com tiragem de 100 mil exemplares certificada pelo Instituto de Verificação de Circulação, e distribuição gratuita; e a Revista ABO Nacional, periódico publicado há 18 anos pela entidade, agora na biblioteca SciELO, e que é recebida mediante assinatura. Esta revista traz artigos científicos e matérias sobre especialidades e outros temas que dizem respeito à profissão. Atualize-se: veja nesta edição, na pág. 24, informações de como proceder para assinar a Revista ABO Nacional.

Fale com a ABO www.abo.org.br

Plenária das reuniões ficou lotada por representantes de Seções e Regionais. Minas Gerais teve forte presença nos encontros

Fotos: Edita/Diego Freire

100% livre do tabaco Todos os ambientes da ABO são 100% livres de fumaça de cigarro. Esse é um dos resultados da parceria da entidade com a organização não governamental Aliança de Controle do Tabagismo (ACT). Atualmente, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), há cerca de 1,1 bilhão de fumantes no mundo. No Brasil, esse número chega a 32 milhões. O cigarro é hoje o campeão de mortes no planeta. Mesmo com a introdução de leis proibindo o fumo em ambientes fechados e controlando a publicidade de cigarros, a ABO trabalha para que as pessoas se conscientizem do problema e decidam livremente melhorar a duração e a qualidade de sua vida. Coloque sua Regional nesta campanha.

7

A extensa pauta de trabalho do Conselho Deliberativo Nacional (CDN), no dia 20 de outubro, em sua última reunião do ano, realizada em Brasília (DF), incluiu balanço positivo do primeiro ano da atual gestão da Diretoria eleita no final de 2009, na presença de quase 100 representantes de Seções e Regionais da ABO de todo o Brasil. O presidente do Conselho Executivo Nacional (CEN), Newton Miranda de Carvalho (MG), exibiu na Assembleia do CDN números referentes às atividades da Diretoria nas áreas da Diretoria Financeira, de Publicidade e de Comunicação, todas com bom desempenho no período. Carvalho destacou avanços obtidos em 2010 como a entrada da Revista ABO Nacional na SciELO e a aprovação do Instituto de Veri-

ficação de Circulação (IVC) para a tiragem de 100 mil exemplares do JABO (veja detalhes na pág. 10). Segundo o presidente nacional da ABO, com o aumento verificado de 61% na publicidade veiculada no JABO, o periódico bimestral tornou-se autosuficiente e ganhou enorme visibilidade. Ele citou, também, o crescimento de 59% no número de certificações para produtos com Selo ABO concedidos pela ABO Nacional. “Faço um agradecimento especial à Diretoria, pois, em um ano tão difícil como este, com o empenho de todos, pudemos alcançar resultados tão significativos. Esta é a ABO de Todos”, afirmou. Ao falar da presença de cerca de 50 Regionais da ABO nas reuniões em Brasília (DF), o presidente

explicou que a iniciativa teve o objetivo de reunir o maior número de unidades da entidade. “Esta é uma oportunidade ímpar de nos reunirmos, as Regionais poderão conhecer mais de perto a atuação da Seções, do CDN, do CEN, da UniABO e dos nossos programas e projetos, além de participar ativamente do processo de desenvolvimento de uma Assembleia Geral como esta, em que todos têm direito a voz.” O presidente do CDN, José Barbosa Porto (CE), mostrou-se satisfeito com a participação das Regionais na Assembleia, “um fato histórico” na ABO, disse ele.

Correta prescrição de antimicrobianos deve ser seguida também por CDs O representante da ABO no Conselho Nacional de Saúde (CNS), Geraldo Vasconcelos, informou ao CDN e aos representantes de Seções e Regionais presentes que, no último dia 5 de novembro, o plenário do órgão enviou proposta à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para adequação à Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 44, que dispõe sobre o controle de medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianas. As novas determinações da Anvisa quanto à prescrição de antimicrobianos devem ser seguidas também pelos cirurgiões-dentistas. A proposta à Anvisa, elaborada durante a 205ª reunião ordinária do CNS, é que, “considerando que a retenção das receitas destes medicamentos pelas farmácias e drogarias será obrigatória a partir de 28 de novembro de 2010”, o início da obrigatoriedade da retenção das receitas tenha o mesmo prazo, “para que os conselhos profissionais, conforme solicitação desta Agência, possam informar a seus pares das novas exigências”. Duas vias A RDC 44 determina que as prescrições somente poderão ser dispensadas quando apresentadas de forma legível e sem rasuras, em duas vias, contendo as seguintes informações: identificação do medicamento ou da substância prescrita sob a forma de Denominação Comum Brasileira (DBC), com dosagem ou concentração, forma farmacêutica,

Vasconcelos, representante da ABO no CNS, explica norma 44

quantidade (em algarismos arábicos e por extenso) e posologia; identificação do emitente, com nome do profissional e inscrição no CRO correspondente ou nome da instituição, endereço completo, telefone, assinatura e marcação gráfica (carimbo); identificação do usuário, com nome completo; e data da emissão. Na farmácia, deverão ser anotadas na receita: identificação

do comprador, com nome completo, número do documento oficial de identificação, endereço completo e telefone (se houver); e identificação do registro de dispensação, com anotação da data, quantidade aviada e número do lote, no verso. Confira no Portal ABO (www. abo.org.br) a lista dos antimicrobianos na Anvisa (não se aplica aos de uso exclusivo hospitalar).

UniABO tem nova coordenação - Em sua última reunião do ano, no dia 19 de novembro, em Brasília, a UniABO elegeu os membros de sua Coordenação para 2011. O novo coordenador é Sérgio Pedrosa (DF), no lugar de Inácio da Silva Rocha (RJ), que assume a vice-coordenação. O secretário-geral é Egas Moniz de Aragão (PR).


BRASÍLIA

8

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

Comenda Pedro Martinelli

Homenagens da ABO reúnem lideranças nacionais

Premiados com a Comenda Pedro Martinelli com Newton Miranda de Carvalho e Sílvia Martinelli

N

a noite de 20 de novembro, ao final da série de encontros realizada pela ABO em Brasília (DF), a entidade reuniu lideranças do poder público, da ciência odontológica e da iniciativa privada para a entrega da Comenda Pedro Martinelli, honraria máxima concedida pela entidade a personalidades que renderam importantes contribuições ao desenvolvimento da Odontologia brasileira e à promoção da saúde bucal. Na ocasião, foram homenageados o prof. Orlando Ayrton de Toledo, respeitado pesquisador e professor emérito da Universidade de Brasília; Swedenberg Nascimento Barbosa, chefe de Gabinete-Adjunto do Gabinete Pessoal do presidente da República; e Gilberto Alfredo

Pucca Jr., coordenador nacional de Saúde Bucal do Ministério da Saúde. O primeiro homenageado da noite foi o prof. Toledo, que recebeu a medalha e o diploma que simbolizam a homenagem das mãos do presidente da ABO/DF, Hamilton Melo. Emocionado, o acadêmico disse sentir-se homenageado por todos os cirurgiões-dentistas representados pela ABO. “Certamente, muitos destes colegas mereceriam estar aqui, no meu lugar, sendo homenageados, o que não me impede de me sentir honrado e muito grato”, disse. Em seguida, Swedenberg Barbosa recebeu sua homenagem das mãos do presidente da ABO/RN, Pedro Alzair, de quem foi aluno. Ao agradecer, o cirurgião-dentista

Pedro Alzair (RN) entrega honraria a Swedenberg Barbosa; Newton Miranda de Carvalho, a Gilberto Pucca Jr.

Fotos: Telmo Ximenes

Foto: Edita/Diego Freire

mais próximo do presidente da República lembrou dos motivos que o levaram a escolher a Odontologia. “Posso dizer que não teria obtido nenhum êxito na minha vida se não fosse cirurgião-dentista, e me sinto especialmente honrado por receber uma homenagem com o nome de um dos maiores profissionais da nossa área”, reconheceu. Coube ao presidente da ABO Nacional, Newton Miranda de Carvalho, entregar a Comenda Pedro Martinelli ao último homenageado da noite, o coordenador nacional de Saúde Bucal, Gilberto Pucca Jr., para quem os avanços conquistados pela Odontologia podem ser compartilhados por todos os presentes. “Aqui, temos lideranças odontológicas de todo o País, com quem divido esta homenagem e a quem agradeço pela parceria. Ainda precisamos superar muitos desafios, mas a Odontologia brasileira está pronta para isso. Os avanços conquistados são um sonho que acalanto desde a faculdade, e agradeço à ABO pela parceria.” Agradecendo a presença de Silvia Martinelli, viúva de Pedro Martinelli, o presidente Newton Miranda de Carvalho disse haver uma conjunção favorável no momento de entrega da Comenda porque os três homenageados estão em Brasília, onde a ABO encontrou a oportunidade da realização do Seminário de Saúde Bucal e de reunir grandes lideranças. “Isso torna a cerimônia ainda mais bela e

Roberto Vianna homenageia Sílvia Martinelli e prof. Orlando Ayrton Barbosa recebe o prêmio de Hamilton Melo (DF)

mostra o poder da Odontologia. Não há como negar que no governo Lula a área odontológica evoluiu muito, com uma nova visão de atendimento. Isso se deve, justamente, a essa conjunção retratada aqui. É a união de forças do poder público, da ciência, da iniciativa privada e de todos os cirurgiões-dentistas brasileiros, representados pela ABO, que nos leva às conquistas aqui festejadas”, alegrou-se. A entrega da Comenda Pedro Martinelli contou, ainda, com a presença de Carolina Dantas Rocha Xavier, assessora do Ministério

da Saúde; Randolfe Rodrigues, senador eleito pelo Amapá; Luís Antônio Moraes, assessor do deputado federal Chico Leite; Rosângela Camapum, da Federação Interestadual dos Odontologistas; e Roberto Vianna, presidente da Federação Dentária Internacional, entre outras autoridades e representantes de Seções e Regionais da ABO Nacional. A cerimônia foi encerrada pelo presidente do Conselho Deliberativo Nacional (CDN), José Barbosa Porto, seguida de congraçamento para os cerca de 200 convidados, com apoio da Oral-B.

Foto: Edita/Diego Freire

Fotos: Telmo Ximenes

GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA GALERIA

Solenidade teve presença de mais de 200 convidados e autoridades da Odontologia


JABO - Ano XXVIII - NĂşmero 128 - Novembro/dezembro - 2010

9


COMUNICAÇÃO

10

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

IVC, SciELO e notícias diárias na mídia

E

ste ano foi marcado por episódios importantes na área de Comunicação da ABO Nacional. Os mais recentes são a inclusão da Revista ABO Nacional no índice bibliográfico da Scientific Eletronic Library Online (SciELO); a filiação do Jornal ABO junto ao IVC, na categoria de circulação controlada de conteúdo dirigido; e o crescimento da exposição da marca e da imagem ABO nos grandes meios de comunicação impressos e eletrônicos (veja abaixo). Revista ABO na SciELO A Revista ABO Nacional foi aprovada pela primeira etapa de

avaliação dos periódicos científicos indexados na base de dados Lilacs, índice bibliográfico da literatura relativa às ciências da saúde publicada nos países da América Latina e Caribe, realizada pela Scientific Electronic Library Online, a SciELO. Desenvolvida pela Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp) em parceria com o Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme), a SciELO abrange uma coleção selecionada de periódicos científicos brasileiros e conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A primeira etapa de avaliação dos periódicos odontológicos, concluída no último dia 20 de agosto pelo Comitê Consultivo da SciELO, teve o objetivo de identificar o núcleo de títulos de referência para inclusão na coleção da biblioteca on-line. Foi feita uma avaliação prévia de 44 periódicos a partir dos seguintes indicadores: resposta da convocação e ao envio de informação solicitada; adequação quanto ao quesito escopo; pontualidade na publicação; média de artigos publicados por ano; publicação predominante de contribuições originais.

2010: mais de 300 notícias da ABO publicadas na mídia No total (até novembro), foram 310 notícias, sendo: 221 em jornais e revistas impressas 72 em mídia on-line (sites, portais e blogs) 17 em rádios e TVs Além da maior exposição, outro fato expressivo é que a grande imprensa ( jornais como Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo, Revista Veja, Revista Época, TV Globo,TV Record, entre outros) passaram a ouvir a entidade em suas reportagens ou para abalizar informações recebidas. A ABO Nacional é, hoje, a principal referência

Além da Revista ABO Nacional, foram aprovados outros 22 periódicos científicos odontológicos. Segundo a SciELO, “os títulos não incluídos nesta lista poderão ser submetidos a um novo processo de seleção da Coleção SciELO Brasil a partir de solicitação específica de avaliação a ser encaminhada ao Comitê Consultivo em ocasião futura”. Para o presidente nacional da ABO, Newton Miranda de Carvalho, a aprovação da Revista ABO Nacional pelo Comitê Consultivo da SciELO marca a nova fase pela qual a publicação passa. “Compartilhamos mais esta conquista com os cientistas da Odontologia, autores da rica produção publicada na revista; os jornalistas responsáveis pela sua produção e pelas pautas de divulgação científica que configuram um dos seus diferenciais; a equipe que coordena todo esse processo, capitaneada pelos professores Fernando Tavares, diretor científico, e Cláudio Heliomar Vicente da Silva, secretário-executivo; e todos os leitores que recebem a Revista ABO Nacional em todo

o território nacional.” O diretor científico do periódico, Fernando Luiz Tavares Vieira, também comemorou: “Não poderíamos terminar o ano com notícia melhor. Credito essa conquista à dedicação de todos. Com sacrifício, determinação, seriedade, competência e amor à causa, haveremos de alcançar outros resultados positivos.” Entenda a SciELO O modelo SciELO segue três componentes: metodologia própria, que permite a publicação eletrônica de periódicos científicos, organização de bases de dados bibliográficas e de textos completos, recuperação de textos por seu conteúdo, preservação de arquivos eletrônicos e produção de indicadores estatísticos; a aplicação desta metodologia na operação de sites de coleções de revistas eletrônicas; e o desenvolvimento de alianças entre os atores da comunicação científica – autores, editores, instituições, agências de financiamento, universidades, bibliotecas e centros de informação científica e

para a imprensa quando o assunto é Odontologia ou saúde bucal. Veja alguns exemplos apresentados em reunião da ABO em Brasília (DF), em novembro: Revista Veja – Editora Abril Frequência: 3 reportagens com fontes da ABO Circulação nacional: 1.081.997 de tiragem Custo estimado do espaço, se pago: R$ 304.058,00 Jornal Folha de S.Paulo Frequência: 14 reportagens com fontes da ABO Circulação nacional: 300.245 de tiragem

Teresa Márcia na sessão temática Doenças Infecciosas na UTI

esforços diagnósticos e terapêuticos das equipes médicas. Para o presidente da Amib, Ederlon Rezende, o Departamento de Odontologia da entidade, presidido pela cirurgiã-dentista Teresa Márcia Nascimento de Morais, tem grande importância no tratamento de doenças graves. “A presença do cirurgião-dentista

na equipe da UTI é de grande valia para o paciente, além de ser uma área em franco desenvolvimento”, defendeu. A integração com as equipes multiprofissionais em saúde também foi destaque durante a feira comercial. No estande da ABO, cirurgiões-dentistas orientavam

JABO tem 100 mil exemplares, com IVC O Instituto de Verificação de Circulação (IVC) informou que foi aprovada a filiação do Jornal ABO, da Associação Brasileira de Odontologia, junto ao IVC, na categoria de circulação controlada de conteúdo dirigido. A publicação conta, a partir de agora, com o selo do IVC, garantindo a tiragem e a circulação de 100 mil exemplares, distribuídos nacionalmente. Essa comprovação aumenta a credibilidade do JABO e resulta em maior número de anunciantes interessados no público leitor. ABO Nacional dobra exposição na imprensa Em 2010, a quantidade de notícias editoriais da ABO na imprensa em todo o território nacional dobrou em relação ao ano passado, segundo levantamento feito pela Assessoria de Imprensa da ABO, com base em clipping impresso, eletrônico e on-line entregue à Presidência da entidade. Se em 2009 a ABO era notícia dia sim, dia não, agora quase não houve dia em que a entidade não tenha sido ouvida sobre a Odontologia brasileira e a saúde bucal da população.

Custo estimado do espaço, se pago: R$ 227.640,00 Fantástico – TV Globo 11min20s de reportagem / 4min de ABO Custo estimado, se pago: R$ 3 milhões 22 pontos de audiência x 65 mil lares Audiência estimada de 1 milhão e 430 mil lares TV Minuto – Metrô de São Paulo 5 dias de transmissão com fonte da ABO 10 mil minutos de veiculação das informações 200 trens, 16.350.000 passageiros

ABO participa do 15º CBMI A Odontologia tem cada vez mais participação no ambiente hospitalar e de UTI. Esse avanço esteve em pauta durante o 15º Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva (CBMI), que aconteceu em Brasília (DF), no último mês de outubro, com a participação da ABO, através do Departamento de Odontologia mantido pela entidade na Associação de Medicina Intensiva Brasileira (Amib). Profissionais do Brasil inteiro e de outros países estiveram presentes discutindo estudos que comprovam que a falta de cuidados odontológicos a pacientes com graves enfermidades aumenta a probabilidade de infecções, principalmente respiratórias, causadas pela proliferação de bactérias na flora bucal. Os cirurgiões-dentistas participaram de forma integrada às demais mesas, temas livres e sessões do congresso. As apresentações demonstraram como a integração da Odontologia às outras áreas da Medicina, dentro do ambiente hospitalar, qualifica o fazer assistencial e potencializa os

tecnológica, entre outros.

os congressistas sobre os benefícios da atuação para o paciente crítico. “As habilidades e conhecimentos do cirurgião-dentista para atuar em ambiente hospitalar com ênfase em UTI” e “A designação dos serviços de Odontologia em hospitais” foram alguns dos temas nos dois dias de reuniões presididas por Teresa Nascimento de Morais. Participaram também das discussões representante do Ministério da Saúde e do Departamento de Gestão da Educação na Saúde. Ao final do evento foram traçados os preparativos para o 16º CBMI, que acontecerá em novembro de 2011, em Porto Alegre (RS), e o 2º Simpósio de Odontologia da Amib, que será realizado em São Paulo (SP), também no próximo ano. Mais informações: www.amib.com.br

ABO tem estande no Ciosp 2011 A ABO participa, entre os próximos dias 29 de janeiro e 1º de fevereiro, do Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo (Ciosp), promovido pela Associação Paulista de Cirurgiões-dentistas (APCD). A edição de 2011 do evento tem como tema Agregar para Crescer, e deve reunir 220 ministradores que conduzirão mais de 100 cursos, conferências clínicas, simpósios, workshops e atividades hands-on, entre outras. A programação paralela do evento inclui a Feira Internacional de Odontologia de São Paulo e os projetos Ensino e Pesquisa, Saúde Coletiva e OdontoComunidade, além das comemorações do centenário da APCD. O Ciosp 2011 acontece no Expo Center Norte (Rua José Bernardo Pinto, 333), na capital paulista. Mais informações podem ser obtidas no site www.apcd.org.br/ centenario e pelo telefone 0800 128555.


JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

IMPLANTODONTIA

11

Implantes na vanguarda da Odontologia

S

e a Odontologia é uma das áreas da saúde que mais avançam em ciência e tecnologia, muito desse vanguardismo se deve à Implantodontia. Há mais de 20 anos, quando os implantes já eram uma realidade de mais de duas décadas nos países desenvolvidos, poucos brasileiros tinham acesso às possibilidades da reabilitação oral. De lá para cá, a indústria nacional avançou e colocou no mercado uma série de inovações que concorrem em pé de igualdade com marcas mundiais. A pesquisa odontológica em Implantodontia brasileira também ganhou o mundo e é reconhecida internacionalmente como uma das mais avançadas. E a população, enfim, passa a ter acesso gradativo a todos esses progressos. Diante de tanta evolução, as novas fronteiras da Implantodontia dizem respeito mais à melhoria de seus processos. Para o prof. Mario Groisman, mestre em Ciências Odontológicas pela Universidade de Lund, na Suécia, os novos colos de implantes que permitem a manutenção da estrutura óssea marginal são uma dessas fronteiras. “Antes, no desenho clássico ad modum Brånemark, tínhamos uma perda óssea de 2 mm no primeiro ano”, explica. Entre as inovações já em curso, Groisman destaca tecnologias CAD/CAM que permitem o escaneamento de um trabalho intraoral, novas tecnologias em superfícies de implantes, que facilitam o processo de osseointegração e melhoram a relação entre o tempo e a instalação da prótese, e novos programas de cirurgia guiada com maior precisão para a instalação de implantes e menor tempo de tratamento. Avanços com segurança Procedimentos mais seguros, mais rápidos e menos invasivos, resultados mais previsíveis e altamente estéticos – essas são algumas das principais e mais recentes mudanças pelas quais tem passado a Implantodontia, possibilitadas por avanços em protocolos, técnicas e biomateriais. A especialidade também ampliou seu espectro de indicação, com tratamentos conduzidos de forma mais ágil e simples e, consequentemente, levando mais pacientes aos consultórios. Os procedimentos aperfeiçoados de instalação de implantes e de enxertos viabilizaram a reabilitação de casos muito complexos e desfavoráveis, com resultados satisfatórios. Uma possibilidade clínica cada vez mais divulgada é a ancoragem no osso zigomático, indicada para pacientes com maxila atrófica que não podem ou não querem receber enxerto ósseo. As técnicas também evoluíram para que seja necessário menor número de implantes para a reabilitação, trazendo vantagens para profissionais e pacientes. Outras mudanças significativas na Implantodontia estão relacionadas ao tempo de duração do procedimento e de espera do paciente até o resultado final. Antes, imperavam protocolos de atendimento que

exigiam períodos de espera para osseointegração, e os pacientes eram obrigados a tolerar por um bom tempo suas próteses, que nem sempre ofereciam conforto. Os benefícios dos implantes só viriam depois de concluída essa fase. A maior rapidez na conclusão dos tratamentos foi permitida pelo desenvolvimento técnico dos implantes, que chegaram a novos desenhos e tratamentos de superfície, pelas possibilidades de diferenciação no processo cirúrgico e pelo melhor conhecimento das respostas biológicas em osseointegração. Esses avanços possibilitaram chegar à carga ou função imediata, a instalação da prótese logo após a colocação do

implante. Posteriormente também foi possível instalar implantes em seguida às extrações dos dentes, realizando toda a reabilitação oral em um único dia. O desenvolvimento tecnológico em Implantodontia também buscou procedimentos menos invasivos, com planejamento detalhado e maior previsibilidade. Assim, chegou-se aos protocolos de

cirurgias guiadas, baseadas em imagens radiológicas mais apuradas, como as da tomografia computadorizada, e em modelos prototipados que orientam e agilizam o procedimento de instalação dos implantes. Os ganhos obtidos com este novo processo estão no maior conforto para o paciente, durante o procedimento e no pós-cirúrgico, e nos parafusos

implantados de maneira bastante precisa, depois de planejados virtualmente. Mas, a despeito de qualquer evolução tecnológica, cabe ao cirurgião-dentista a avaliação de como e quando aplicá-la, sempre em benefício do paciente. “O sucesso em Implantodontia só pode ser assegurado por planejamento, desenvolvido por profissional devidamente capacitado para o procedimento pretendido. Todas as condições devem ser avaliadas – periodontais, ósseas e oclusais –, sempre com ética e transparência junto ao paciente”, defende o presidente da ABO, Newton Miranda de Carvalho (veja mais na pág. 14).


12

JABO - Ano XXVIII - NĂşmero 128 - Novembro/dezembro - 2010


JABO - Ano XXVIII - NĂşmero 128 - Novembro/dezembro - 2010

13


OSSEOINTEGRAÇÃO

14

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

45 anos de casamento perfeito entre osso e titânio Há 45 anos, o médico sueco Per-Ingvar Brånemark descobria o princípio do casamento perfeito do osso com o titânio. A técnica revolucionou a Implantodontia e revelou uma nova alternativa para a reconstrução do corpo humano. Em 2005, evento com 3.500 especialistas em São Paulo comemorou, com a presença de Brånemark, os 40 anos da descoberta. Na época, o cientista havia escolhido Bauru (interior de São Paulo) para residir e lá abriu o instituto que leva seu nome. Hoje, aos 80 anos o Pai da Osseointegração está de volta à sua terra natal, Gotemburgo, mas aqui deixou muitos seguidores

Ambição e futuro Naquela ocasião, afirmou querer “compartilhar a ambição de levar melhor qualidade de vida a todas as pessoas que sofrem perdas de dentição ou de movimento em razão de doença ou amputação”. Brånemark fez também um retrospecto de sua obra e apontou para a meta a ser perseguida no futuro: transformar a osseointegração numa técnica simples, segura, de baixo custo e acessível. Além disso, o procedimento deve exigir o mínimo de intervenção cirúrgica, solução protética precisa e previsibilidade de resultados. “Se apenas 1% dos pacientes pode ter acesso a isso, Hipócrates não gosta”, afirmou. No final da jornada, despediu-se da assistência, bastante emocionada. “Agora somos uma família integrada no mundo todo. Deus abençoe vocês e a seus pacientes.” Dificilmente o público brasileiro voltará a ter a oportunidade de ver um elenco tão grande e qualificado de especialistas reunidos, capitaneados pelo seu mentor e inspirador. Sua generosidade e cordialidade mostram que este sueco, além de precursor da osseointegração, é

Futuro: “Transformar a osseointegração numa técnica simples, segura, de baixo custo e acessível. Se apenas 1% dos pacientes tiver acesso, Hipócrates não gosta” P.I Branemark

Foto: Mario Miranda

Memórias dos 40 anos* O descobridor da osseointegração, o ortopedista sueco Per-Ingvar Brånemark, ou simplesmente dr. P-I (com a pronúncia em inglês Pi-Ai), é dono de uma estatura e comportamento pouco usuais para um sueco. Tem menos de 1,70m, gesticula como um latino e é bem-humorado como um sul-americano. Sem qualquer arrogância, o ar paternal é reforçado pelos cabelos brancos como a neve de Gotemburgo, sua terra natal, trocada durante alguns anos pela calorenta Bauru. Ali fixou residência e se tornou uma figura pública pitoresca por causa do inglês com forte sotaque britânico com o qual se comunica com todos e que incorpora às poucas palavras que aprendeu em português, como “muitou oubrigadou”. Durante o evento comemorativo dos 40 anos da osseointegração, em 2005, em São Paulo, Brånemark, com sua indefectível gravata borboleta, recebeu comovidas homenagens de seus convidados, entre elas, a Comenda Pedro Martinelli, a mais alta honraria concedida pela Associação Brasileira de Odontologia. Muito orgulhoso, desfilou pelos corredores do evento com ela no peito, inclusive na coletiva de imprensa que concedeu no mesmo dia. Apesar da extenuante jornada científica, o pioneiro ainda encontrava tempo para dar concorridos autógrafos nas brechas da agenda e uma entrevista exclusiva à Revista ABO Nacional.

P.I. Brånemark com a Comenda Pedro Martinelli

um doutor também em integração. A repercussão provocada pela osseointegração chegou ao Brasil na década de 80. Até então, a Implantodontia não dispunha de protocolos cirúrgicos e controle de qualidade. “Não havia crédito e os resultados a longo prazo não eram previsíveis”, recorda Carlos Eduardo Francischone. Os tratamentos beiravam o empirismo e as primeiras notícias que circularam na comunidade odontológica brasileira, por volta de 1986, também foram encaradas com uma certa desconfiança. Laércio Vasconcelos, Carlos Alberto Dotto, Marco Antônio Bottino, Jurgen Jacobsen, Vicente de Souza Pinto entre outros, fazem parte da primeira leva de profissionais que foram ao exterior para travar contato mais próximo com a obra de Brånemark e ajudaram a disseminar o protocolo no Brasil. Os pacientes, em virtude dos tratamentos anteriores, tinham medo da técnica e os CDs também, lembra um dos pioneiros no Brasil. A partir de 1988, a osseointegração começa a ganhar espaço em eventos e cursos. Em 1992, a convite de Laércio Vasconcelos, que tinha participado de um curso de credenciamento em osseointegração na Suécia, Brånemark passou a colaborar com o Hos-

pital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais, o Centrinho, unidade ligada à Faculdade de Odontologia de Bauru, da USP. O médico sueco também passou a lecionar em cursos de pós-graduação da Universidade Sagrado Coração, consolidando um intercâmbio que culminou com a mudança de Brånemark para aquela cidade do interior de São Paulo. “Mãe natureza” Per-Ingvar Brånemark acredita na providência e que as descobertas acontecem quando a “Mãe Natureza” ou “alguém acima dela” consente. Pois foi com uma mãozinha do imprevisto que ele realizou seu maior feito científico. Na década de 50, quando lecionava na Universidade de Gotemburgo, sua pesquisa versava sobre o comportamento de células sanguíneas. Uma das questões que mais lhe chamavam a atenção era como essas células eram produzidas na medula óssea. Para fazer suas investigações em tíbia de coelhos, ele usava uma câmara de observação em titânio. Durante estas experiências, percebeu que o instrumento permanecia fixado ao osso dos animais. Assim, por acidente, o ortopedista desvendou o fenômeno da osseointegração, que permite a integração do titânio ao osso como

se fosse parte de sua estrutura. O resultado redirecionou as pesquisas do jovem cientista. Estudantes voluntários se ofereceram para experiências que comprovariam a união perfeita entre o metal e o osso. E, além de tudo, o titânio não causava rejeição nem inflamações nos tecidos vivos, como ocorriam com outros materiais. O avanço das pesquisas e o aprimoramento do titânio abririam terreno para uma nova possibilidade. P-I Brånemark e equipe queriam testar o potencial da osseointegração como técnica de ancoragem de partes do corpo humano e juntas. O caminho mais viável apontava para os ensaios iniciais para os implantes dentais. Testes foram feitos com cachorros. Um cão de caça chamado Niklas teve parte da tíbia retirada e substituída por duas barras de titânio paralelas. Três dias após, o animal caminhava normalmente sem demonstrar sinal aparente de desconforto. Em um filme feito na época, é mostrado o animal caminhando sobre as patas traseiras. O teste da carga havia sido um sucesso. Depois, disso, foram feitos testes com implantes dentais nos animais. Em outro documentário da época, o implante fixado em um cachorro suporta um peso de 10 kg.

Paciente histórico O sueco Gösta Larsson (foto), então com 34 anos, havia perdido os dentes da mandíbula e sofria com diversos outros problemas dentais, incluindo fissura palatina. Soube da experiência de Brånemark

e apresentou-se como voluntário para o procedimento que mudaria a história da Odontologia mundial. Larsson recebeu em 1965 quatro implantes na mandíbula e uma prótese fixa que reabilitaram completamente sua função mastigatória até o final de sua vida, em 2006, aos 75 anos. Apesar do futuro promissor da descoberta, P-I Brånemark quis primeiro fundamentar uma sólida base científica, com estudos multicêntricos e longitudinais, para a osseointegração antes de divulgá-la amplamente para o mundo. Da pesquisa à prática Para sair da fase de pesquisa até a aplicação clínica da osseointegração, Brånemark concebeu um objetivo bastante determinado. Ou seja, todos os implantes e componentes protéticos foram cuidadosamente desenvolvidos e os procedimentos técnicos envolvidos no protocolo foram estritamente detalhados. Mas foi somente em 10 de outubro de 1975 que a Agência Nacional de Saúde na Suécia regulamentou o tratamento com implantes desenvolvido por Brånemark, porém limitou a sua utilização apenas por especialistas adequadamente treinados em clínicas apropriadas. Nos anos seguintes, Brånemark concentrou sua atuação no treinamento de especialistas e no aperfeiçoamento de componentes cirúrgicos e protéticos. Da Suécia para o mundo Para facilitar a divulgação sobre os conceitos da técnica foi organizada uma conferência sobre Osseointegração na Clínica Odontológica, em Toronto (Canadá), em 1982, com o apoio das universidades de Toronto e de Gotemburgo. Apesar de possuir 15 anos de experiência clínica, não somente na Suécia, Brånemark estava apreensivo acerca da receptividade de sua apresentação. Porém, ao final da conferência, foi aplaudido de pé e muitos dos participantes tornaram-se seus colaboradores nos anos vindouros. A partir de então, várias instituições reconhecidas mundialmente juntaram-se à equipe da osseointegração em países como Estados Unidos, Canadá, Austrália, Bélgica, Suécia, Espanha, Itália, Brasil, Chile, Japão e Coréia.

Fontes *Revista ABO Nacional edição 72 (Vol.XIII, no 3, jun/jul-2005) - Matéria especial feita pelos jornalistas Marcelo de Andrade, Antonela Tescarollo, Cacá Sil Garcia e Mariana Estevo *Livro Close to the Edge - Brånemark and the Development of Osseointegration McClarence, Elaine (Quintessence Books, Berlim, Alemanha, 2003)


15

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

Seu Presente para o FUTURO!

2011

Promoção 4X R$263,00 4X R$468,00 5X R$491,00 6X R$585,00 10X R$702,00

Quantidade 10 Unid. 20 Unid. 30 Unid. 50 Unid. 100 Unid.

CONECT AR Quantidade 10 Unid. 20 Unid. 30 Unid. 50 Unid. 100 Unid.

Promoção 4X R$337,50 4X R$600,00 5X R$630,00 6X R$750,00 10X R$900,00

CONECT CÔNICO Quantidade 10 Unid. 20 Unid. 30 Unid. 50 Unid. 100 Unid.

Promoção 4X R$337,50 4X R$600,00 5X R$630,00 6X R$750,00 10X R$900,00

Promoção 4X R$346,50 4X R$616,00 5X R$646,00 6X R$770,00 10X R$924,00

MICRO UNIT RETO HE

Coping Micro Unit CrCo

Bônus a mesma quantidade em Coping Acrílico

Bônus a mesma quantidade em Parafuso

Quantidade 10 Unid. 20 Unid. 30 Unid. 50 Unid. 100 Unid.

Quantidade 10 Unid. 20 Unid. 30 Unid. 50 Unid. 100 Unid.

Promoção 4xR$212,00 4xR$377,00 5xR$396,00 6xR$471,50 10xR$566,00

Promoção 4xR$207,00 4xR$368,00 5xR$386,40 6xR$460,00 10xR$552,00

ESTETICONE RETO HE

PILAR DE PREPARO HE

Bônus a mesma quantidade em Coping Acrílico

Bônus a mesma quantidade em Parafuso

Quantidade 10 Unid. 20 Unid. 30 Unid. 50 Unid. 100 Unid.

Promoção 4xR$249,00 4xR$444,00 5xR$466,00 6xR$555,00 10xR$665,00

Quantidade 10 Unid. 20 Unid. 30 Unid. 50 Unid. 100 Unid.

Promoção 4xR$182,97 4xR$325,28 5xR$341,93 6xR$406,90 10xR$487,80

Conexão perto de você: Araçatuba 0800 771 5514 | Araraquara (16) 3336-1896 | Baixada Santista 0800 770 6162 Bauru 0800 725 1358 | Belo Horizonte (31) 2535-1777 | Brasília (61) 3201-8010 Cuiabá (65) 3027-2023 | Florianópolis 0800 600 4834 | Fortaleza (85) 3224-8598 Goiânia (62) 3092-3088 | Juiz de Fora (32) 3217-3276 | Natal (84) 3222-5199 Porto Alegre (51) 3018-1820 | Recife (81) 3226-2540 | Ribeirão Preto (16) 3968-4450 Rio de Janeiro (21) 2568-1799 | Sul de Minas (35) 3739-2620 | Uberaba (34) 3312-5182 Uberlândia (34) 3216-9339 | Vitória (27) 3201-4537

São Paulo e outras localidades: 0800 774 2630

²Promoção válida até 31/12/10 ou término do estoque

Quantidade 10 Unid. 20 Unid. 30 Unid. 50 Unid. 100 Unid.

MASTER POROUS

¹Imagens ilustrativas

MASTER GRIP POROUS


UNIABO

16

UniABO amplia instalações no PA

15% de desconto no catálogo de obras odontológicas Desconto é aplicado em obras do catálogo da Artmed para inscritos no Pro-Odonto, programa de atualização a distância desenvolvido em parceria com a ABO e estende-se também aos títulos da Artes Médicas. Estas três obras apresentadas nesta edição completam a seleção de sete livros campeões nas preferências das duas editoras e publicadas na edição passada do JABO. Consultas podem ser feitas no site www.artmed.com.br. Saúde Bucal das Famílias: Trabalhando com Evidências Coordenadores: Simone Tetu Moysés, Léo Kriger e Samuel Jorge Moysés. Este é um compêndio de orientação aos profissionais que, além de contextualizar a teoria e a prática, consagra uma nova atitude epistemológica de quem não só investiga como cuida da formação de novos profissionais. Os organizadores e os colaboradores desta obra são profissionais de reconhecida competência em serviço, ensino e pesquisa, tendo contribuído com sua dedicação à ciência aplicada tanto na formação como na assistência. A prevenção bucal como dimensão de saúde pública. Esta obra é resultado de esforços sinérgicos dos que assumiram a missão de bem servir, buscando tornar realidade o direito universal e integral à saúde do cidadão brasileiro. Prefaciado pelo Dr. Armando Raggio. Preço de catálogo: R$ 72,00, 320 páginas Ortodontia: Bruxismo Autor: Roberto Nascimento Maciel. Obra abrangente abordando temática difícil e importante dentro da Odontologia que conta com a colaboração de diversos autores da Europa e dos EUA na elaboração de seus seis capítulos: Fundamentos; Sinais e sintomas; Diagnóstico; Recursos Avançados; Métodos de Controle e Terapêutica; Reabilitação oral em pacientes com bruxismo. Preço de catálogo: R$ 295,00, 720 páginas Percepção-Estética em Próteses Livres de Metal em Dentes Naturais e Implantes Autores: Marco Antonio Bottino, Renata Faria, Luiz Felipe Valandro. Uma obra que tem a pretensão de despertar todos os sentidos a fim de apurar a percepção sobre a especialidade odontológica, que busca através do belo, reproduzir a natureza. Unindo sensibilidade e conhecimentos científicos para criar as condições capazes de reproduzir as condições clínicas e fisiológicas ideais para atingir os melhores resultados, associados ao prazer da prática odontológica, mais especificamente, a prática protética. O livro apresenta farto material ilustrativo de excelente qualidade. Dez capítulos abordam as restaurações de cerâmica pura em dentes naturais e sobre implantes. Traz ainda, temas relacionados com o preparo de dentes para os diversos tipos de necessidades protéticas, como cimentação adesiva e diferentes aspectos relacionados à adesão, tratando a comunicação estética dentro da concepção de tratamento integrado. Preço de catálogo: R$ 495,00, 762 páginas n n n n n n n n n n n

Unimed e ABO: vantagens para os usuários A parceria da ABO Nacional com a operadora de planos de saúde Unimed continua beneficiando todos os seus associados ao oferecer completo acesso a serviços de saúde. A qualidade no atendimento e a ampla rede de assistência médica continuam sendo os maiores diferenciais do benefício. Com a maior cobertura do Brasil, a Unimed está presente em 74,9% do território nacional, com 377 cooperativas médicas em mais de 4.500 municípios. São mais de 106 mil médicos cooperados prestando assistência a cerca de 15 milhões de clientes e 73 mil empresas. Oferecendo bons serviços aos associados, a parceria tem como opção o plano eletivo nacional, com consultas com hora marcada. Assim, o usuário pode utilizar a rede credenciada Unimed de todo o Brasil, além das coberturas que fazem parte do Rol de Procedimentos da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Este plano possui ainda cobertura de Extensão Assistencial: em caso de falecimento do titular, os dependentes que estiverem no plano continuarão tendo assistência médica e hospitalar por mais dois anos, sem o custo das mensalidades. Há ainda o seguro de morte natural e acidental,também com o objetivo de amparar a família. Outras vantagens são os preços mais justos e a copartipação limitada por procedimento: quem utiliza pouco o serviço paga mensalidade menor, e aqueles que utilizam com maior frequência têm a tranquilidade de saber que as coparticipações estão limitadas por procedimentos, além de isenção de coparticipação para internação e cirurgias. Informações: 0800 703 5401 e www.sestiniseguros.com.br/abo

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

Auditório de 500 lugares pode ser transformado em cinco salas de aula

A

UniABO no Pará está de cara nova. Foram realizadas reforma e ampliação da sala de espera e da recepção de seu prédio, proporcionando mais conforto aos pacientes atendidos nos cursos de especialização. E no último mês de setembro teve início o primeiro curso de especialização em Saúde Coletiva, realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A nova recepção está mais ampla e climatizada, e representa melhoria na humanização do atendimento para os públicos interno e externo da instituição. Além disso, professores, alunos, funcionários e comunidade em geral contam com lanchonete recém instalada no novo estacionamento da UniABO, com capacidade para 500 veículos, inaugurado oficialmente no mês de outubro como parte das comemorações do Dia do Cirurgião-dentista. A UniABO no Pará também está dando continuidade à campanha de doação de poltronas, com a intenção de transformar o lugar em um novo espaço para realização de eventos científicos e sociais. Por R$ 95,00, o doador poderá ter seu nome bordado no encosto da poltrona. Para fazer a doação, basta entrar em contato com Silvia Lima, na secretaria da ABO/PA, pelo telefone (91) 3277.3212 ou pelo e-mail abo@abopa.org.br. Vários cirurgiões-dentistas já participaram da campanha. Capacitação de profissionais Desde o mês de setembro, vários cirurgiões-dentistas do Pará estão participando do primeiro curso de especialização em Saúde Coletiva oferecido pela UniABO no Estado. Com duração de 18 meses, o objetivo é ir além do diagnóstico, planejando, programando e gerenciando serviços de saúde e c a p a c i t a n d o o c i r u rg i ã o dentista a atuar como executor no campo da Saúde Coletiva, desenvolvendo ações de natureza promocional, preventiva e curativa em conformidade com o Sistema Único de Saúde (SUS). A atuação é feita especialmente através da Estratégia Saúde da Família (ESF), visando a melhoria

das condições de saúde bucal e da qualidade de vida da população. O curso tem aulas teóricas e práticas, algumas delas na própria rede de saúde publica, privilegiando o espaço de intervenção do profissional na área de assistência, gestão e pesquisa em saúde. Parceria - A parceria c o m a S e s p a s u rg i u c o m o uma necessidade de formar profissionais diferenciados para o desenvolvimento das atividades da assistência e gestão na perspectiva do SUS. Com o convênio, a Sespa amplia a cobertura assistencial e oferece ainda qualificação integrada ao serviço público. “A formação específica na pós-graduação busca

em muitos casos, distorções na compreensão e execução do seu papel no setor saúde. “Temos, em toda a região Norte, uma cobertura assistencial muito limitada, e o especialista em Saúde Coletiva deve ter um perfil diferenciado no sentido de ampliar a redução de iniquidades no setor saúde, incluindo a saúde bucal. Esse perfil se coaduna em trabalhar em equipe, elaborar e gerenciar projetos, propor intervenções que nem sempre estão limitadas à área da saúde, mas que nela têm intersecção”, observou. Compõem, ainda, o corpo docente do curso os CDs Ceci Baker, Lucila Pereira, Alda França Costa, Elizabeth Teixeira, Jorge

Fachada da sede da Seção Pará

aprofundar e ampliar o leque de possibilidades deste profissional no contexto da saúde pública. O curso da ABO/PA é voltado, portanto, para esta perspectiva”, explica o coordenador da especialização, prof. Aluísio Celestino Júnior. Como reflexo dessa parceria, o Pará contará com profissionais que trabalharão com os gestores municipais e, principalmente, com a comunidade, fomentando a mudança de um perfil epidemiológico ainda desanimador para muitos paraenses. Para o coordenador do curso, “a formação acadêmica de graduação no Brasil ainda carrega traços importantes de uma visão fragmentada de saúde hospitalocêntrica e mercantilista”. Mesmo com avanços no Pará, segundo ele, os alunos das fa c u l d a d e s d e O d o n t o l o g i a reproduzem esse modelo, gerando,

Nogueira e Arnaldo Zúniga. Como docentes convidados estão Ângelo Giuseppe Roncalli Costa Oliveira e Paulo Sávio Angeiras de Góes.

Novo curso em fevereiro

A UniABO está com inscrições abertas para curso de especialização em Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais. As aulas começam no dia 1º de fevereiro, e o curso tem duração de 18 meses, com periodicidade mensal. O corpo docente é composto por Maria Rosária Wanderley Lasmar do Amaral, Daniel Berreta Moreira Alves e Ana Carla Carvalho de Magalhães. Mais informações no site da ABO/ PA (www.abopa.org.br).


JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

CONGRESSOS

17

CIOMIG 2011 tem como destaque as inovações

N

o próximo mês de março, Belo Horizonte vai abrir o Calendário Oficial de Congressos da ABO em 2011 com a realização do 11º Congresso Internacional de Odontologia de Minas Gerais (CIOMIG). Promovido pela ABO/MG, o evento trará grandes discussões sobre o uso de novas tecnologias, a busca de melhores resultados estéticos e a longevidade dos procedimentos clínicos. O CIOMIG, que acontece de 23 a 26 de março no Minascentro, terá como tema principal Qualidade com Simplicidade. Cursos, simpósios, palestras e seminários estão incluídos na programação do evento, que a cada edição cresce mais. Em 2011, serão cinco simpósios, 120 cursos e 196 palestras com o que há de mais moderno e atual na Odontologia. O tema central do congresso demonstra a busca constante dos profissionais pela qualidade técnica em Odontologia, tendo como base os conceitos científicos, e a simplicidade como resultado dos treinamentos e das diversas decisões tomadas para facilitar procedimentos clínicos e melhores resultados a longo prazo. A programação científica contemplará temas atuais, o que permitirá que o cirurgião-dentista

Até 31/1, inscrições com desconto

discuta, atualize-se, aperfeiçoe e compartilhe suas experiências com renomados clínicos e pesquisadores de todo o Brasil e do exterior. Nomes internacionais já estão confirmados na programação, como Nelson Silva, brasileiro que foi pesquisador da Universidade de Odontologia de Nova York (NYU), onde concluiu seu pós-dourado na área de biomateriais; Jonathan Ferencz, formado em Odontologia pela NYU, onde concluiu pósgraduação em Prótese; e Eric Van Dooren, graduado em Odontologia pela Universidade Católica de Leuven (Bélgica), que atua em Periodontia, Prótese Fixa e Implantodontia. Também estarão presentes profissionais reconhecidos no Brasil, como Wilson Batista Mendes, doutor em Materiais

Dentários pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e mestre em Reabilitação Oral pela Universidade de São Paulo (USP); Gustavo Gomes de Oliveira, mestre em Prótese Dentária pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG); e Eduardo Miyashita, doutor em Odontologia Restauradora pela Faculdade de Odontologia de São José dos Campos da Universidade Estadual Paulista (Unesp), com pesquisas na área de materiais cerâmicos. Os simpósios programados para o 11º CIOMIG terão temas como “O momento para extrair o dente com doença periodontal e colocação de implantes”; “Como selecionar com segurança sistemas livres de metal”; “Clareamento de dentes vitalizados o estágio atual”; “Qualidade com simplicidade – como melhorar a

longevidade das minhas resinas compostas”; “O controle clínico da disfunção temporomandibular”; e “Previsibilidade da intervenção endodôntica”. Haverá ainda programação em estética com a UNY, com o tema “Maximizando qualidade com simplicidade”. A programação vai contemplar também todas as técnicas da Odontologia dentro de uma visão atual, com palestras ministradas por professores especialistas de grande vivência e reconhecida competência prática. Serão 196 palestras sequenciais nos quatro dias de congresso. Grandes indústrias e fornecedores de produtos dirigidos à Odontologia também participarão do CIOMIG – oportunidade para que os participantes efetuem seus negócios diretamente com as empresas.

As inscrições para o 11º CIOMIG podem ser feitas no site da ABO/MG (www. abomg.org.br) e até o dia 31/01/11, os interessados terão descontos. Para associados da ABO, o valor da inscrição é de R$ 190,00; associados universitários, R$ 85,00; universitários não associados, R$ 90,00; e cirurgiões-dentistas não associados, R$ 270,00. São várias opções de pagamento: cartão de crédito Visa e Mastercard (à vista ou em três vezes sem juros); cheque nominal (à vista ou parcelado); boleto bancário (à vista) ou depósito em conta corrente.

Confira os diferentes valores de inscrição até 28/2 e após 1/3 até a data do evento Mais informações: www.abomg.org.br

Calendário Oficial

de Congressos 2011 MAIO ABO Tocantins

JULHO ABO Rio de Janeiro

SETEMBRO ABO São Paulo

OUTUBRO ABO Paraná

3º Congresso de Odontologia do Estado do Tocantins 25 a 28 de maio Palmas (TO) Informações: abotocantins@gmail.com www.abo-tocantins.com.br

20º Congresso Internacional de Odontologia do Rio de Janeiro 20 a 23 de julho Rio de Janeiro (RJ) Informações: aborj@aborj.org.br www.aborj.org.br

Congresso Internacional de Odontologia da ABO/SP 4 a 6 de setembro São Paulo (SP) Informações: secretaria.abo@terra.com.br www.abosp.org.br

11º Congresso Internacional de Odontologia do Paraná 6 a 8 de outubro Curitiba (PR) Informações: abo@abopr.com.br www.abopr.com.br

MARÇO ABO Minas Gerais

JUNHO ABO Mato Grosso

AGOSTO ABO Paraíba

SETEMBRO ABO Goiás

NOVEMBRO ABO Maranhão

11º Congresso Internacional de Odontologia de Minas Gerais 23 a 26 de março Belo Horizonte (MG) Informações: abomg@abomg.org.br www.abomg.org.br

6º Congresso Odontológico de Mato Grosso 2 a 4 de junho Cuiabá (MT) Informações: secretariaabomt@gmail.com www.abomt.com.br

Congresso Odontológico da Paraíba 4 a 6 de agosto João Pessoa (PB) Informações: abopb@terra.com.br www.abopb.com.br

16º Congresso Internacional de Odontologia de Goiás 21 a 24 de setembro Goiânia (GO) Informações; ca@abo-go.com.br www.abo-go.com.br

4º Congresso Maranhense de Odontologia 9 a 12 de novembro São Luís (MA) Informações: aboma4@hotmail.com www.abo.ma.com.br

Neste ano serão nove congressos oficiais do Calendário Oficial da ABO Nacional. A agenda será aberta em março, pela ABO Minas Gerais, e encerrada pela Seção do Maranhão, em novembro. Programe-se.


18

DIA DO CD

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

ABO comemora Dia do CD em todo o Brasil No último dia 25 de outubro, os cirurgiõesdentistas puderam comemorar o seu dia com várias atividades realizadas nas Seções e Regionais da ABO espalhadas em todo o Brasil. Palestras, mesas redondas, workshops foram os destaques da programação – mas a maior beneficiada foi a comunidade, que recebeu orientações, ganhou kits para higiene bucal e participou de atividades lúdicas e educativas, numa mostra de comprometimento, respeito e envolvimento da ABO com a saúde da população.

Palestras e campanhas em Mato Grosso do Sul

Sessão solene homenageou instituições

Na ABO/MS, a programação para comemorar o Dia do Cirurgião-dentista, que teve início no dia 18 e se estendeu até 23, contou com palestras, workshops, lançamentos de campanhas e outras atividades. No primeiro dia foi ministrada a

palestra “Técnicas de manipulação de materiais dentários para ASB e TSB”, com Luciene Magalhães. No dia seguinte foi a vez de José Peixoto Ferrão ministrar workshop e palestra sobre Periodontia. E, saindo um pouco do universo

odontológico, mas ainda pensando no cirurgião-dentista, aconteceu a palestra “Como investir na Bolsa de Valores”, uma aula completa sobre o mercado financeiro. O lançamento de duas campanhas também fez parte da programação: ABO Jovem, voltada para os novos profissionais e acadêmicos da Odontologia, e Novos Sócios, além do relançamento do novo site da ABO/MS, que foi totalmente reformulado. Fechando as comemorações, no dia 23, houve solenidade de entrega de títulos a profissionais que contribuíram com o crescimento e fortalecimento da Odontologia do estado.

Escolas em ação no Rio Grande do Sul Palestras, workshop e lançamento de campanhas

Pará: esporte e saúde bucal Atividades esportivas, educativas, científicas e sociais fizeram parte da programação elaborada pela ABO/PA para marcar o Dia do Cirurgião-dentista. As ações foram realizadas de 16 a 22 de outubro. Nos dois primeiros dias, o esporte deu o tom da comemoração, com o VII Open de Tênis e caminhada pelas ruas de Belém. Em parceria com o Sesc, a Seção realizou ação educativa para a comunidade, tirando dúvidas e ensinando a pessoas de todas as idades os benefícios da visita regular ao consultório odontológico e da boa escovação dos dentes. Juntamente com instituições parceiras, foram oferecidos diversos serviços à comunidade, como emissão de carteira de traba-

lho e carteira de identidade, corte de cabelo, oficina de materiais recicláveis, exame de glicemia, medição de pressão arterial, massoterapia, educação no trânsito, distribuição de mudas de plantas, recreação, escovódromo, distribuição de kits de higiene bucal e lanche. “Benefício por incapacidade” e “Estresse no trabalho” foram os temas discutidos nas duas palestras ministradas a profissionais da Odontologia pela cirurgiã-dentista Júlia Braun, da Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina no Trabalho (Fundacentro). Ao final, houve sessão solene de homenagens prestadas a diversas instituições que contribuem para o bom desempenho do trabalho da ABO/PA.

O Departamento Comunitário da ABO/RS organizou no Dia do Cirurgião-dentista trabalho educativo que envolveu 140 crianças e adolescentes da Escola Municipal de Porto Alegre. Contando com a ajuda de vários voluntários, a Seção promoveu apresentação de filmes educativos sobre educação bucal e escovação orientada.

Escovação orientada

Maringá (PR) debate políticas de saúde Durante quatro dias, profissionais e acadêmicos de Odontologia participaram de palestras promovidas pela Regional Maringá (PR) sobre os mais diferentes temas, como “A epidemiologia nos serviços de saúde bucal coletiva”, “Saúde bucal 2003 e 2010: processo e produtos para orientação de políticas públicas” e “Saúde Bucal Maringá: resultado do levantamento epidemiológico”. Também aconteceram duas mesas redondas,

nas quais os cirurgiões-dentistas discutiram sobre “A importância da epidemiologia clínica e analítica para implantação, avaliação e reestruturação continuada de serviços em saúde” e “Resolutividade e humanização em saúde bucal coletiva: a importância da atenção primária no serviço de saúde”. A comunidade também esteve envolvida nas comemorações e participou de ações nas unidades básicas e nas escolas públicas.

Rio de Janeiro entrega carro 0 km A ABO/RJ e o CRO-RJ se uniram para realizar o congraçamento comemorativo do Dia do CD. Com a participação de mais de 500 pessoas entre profissionais, autoridades da área e representantes de empresas do setor. Em parceria com a EuroBarra, foi sorteado um carro zero km entre os participantes, além de diversos outros brindes. “Investir em eventos de entidades renomadas como a ABO/RJ e o CRO-RJ só reforça nossa marca. Ofereceremos também

aos associados condições diferenciadas na compra de veículos na concessionária”, explica o gerente de vendas da EuroBarra, Márcio Mattos. O evento teve o apoio também da Galasso e Fonseca Corretora de Seguros e SulAmérica Seguros, e patrocínio da Oral-B e Cielo. “Parabenizamos todos os cirurgiões-dentistas por esta data. A festa é uma homenagem a esses profissionais, por sua luta e conquistas”, disse o presidente da ABO/RJ, Paulo Murilo da Fontoura.

Carlos Alberto ao receber a chave do carro 0 km

Premiação – Carlos Alberto de Souza Costa foi o ganhador do novo Uno Way 1.4 EVO Flex, 4 portas, 2011, sorteado no dia 29 de outubro passado durante a comemoração ao Dia do CD.“Nunca tinha ganhado qualquer tipo de sorteio na vida.

Foi emocionante e inesperada”, falou Carlos Costa, dono da Dental Unidrog. “Esta foi a segunda vez que participei da comemoração e acho importante que mais representantes de dentais participem de eventos odontológicos.”

ES: “Vale a pena sorrir” A ABO/ES promoveu uma série de eventos que reuniu seus associados e possibilitou um contato mais estreito com a comunidade. Em parceria com a Vale, a Seção realizou o evento “A ABO apresenta: Vale a pena Sorrir!”, que contou com o apoio de várias empresas e colaboradores. Mais de 600 crianças de diversas entidades da Grande Vitória participaram das atividades, que tinham como objetivo levar conhecimento em saúde bucal e meio ambiente através de teatro musical, palestras educativas, distribuição de kits de higiene bucal e escovação supervisionada, brincadeiras e interação com o Corpo de Bombeiros do ES, entre outras atividades. Também foi realizada jornada odontológica em conjunto com o CRO-ES, nos dias 22 e 23 de outubro, abordando temas como “Facetas cerâmicas de planejamento, execução e cimentação”, ministrada pelo Márcio Rodrigues Bittencourt; “Planejamento integrado em reabilitação estéticas”, com Fabiano Marson; e “Odontologia estética”, com Marco Antonio Masioli. Todos ou cursos foram oferecidos gratuitamente aos associados.


anuncio.pdf

DIA DO CD

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

1

04/08/10

11:12

A Artmed cresceu

Crianças se divertem no Distrito Federal

19

e agora é

Grupo A.

A ABO/DF promoveu uma semana inteira de programação voltada às comemorações do Dia do Cirurgião-dentista. Cerca de 250 crianças tiveram um dia de muita diversão com o projeto ABO na Comunidade, e puderam brincar em cama elástica e tobo-

Isso significa mais conhecimento para você.

Torneio esportivo

gã, além de participar de atividades teatrais e jogos. Profissionais de entidades odontológicas e centros acadêmicos participaram de torneios de futsal e truco, momentos de integração entre cirurgiões-dentistas.

ABO na Comunidade

ABO/CE beneficia população A comunidade, principalmente as crianças, foi a grande protagonista das comemorações do Dia do Cirurgião-dentista no Ceará. Em parceria com o Sistema Verdes Mares, a ABO/CE deu uma verdadeira aula a aproximadamente 200 crianças de comunidades carentes sobre educação em saúde bucal. Apresentação de vídeos, gincanas, brincadeiras, aplicação de flúor e distribuição de kits de higiene bucal fizeram parte da programação. Para muitas crianças foram suas primeiras orientações odontológicas. Elas também receberam informações sobre a época de cadastramento para receber, gratuitamente, atendimento. Os tratamentos incluem Odontopediatria, Ortodontia, Dentística, Endodontia, Prótese, Implantodontia e outras especialidades.

SC nomeia presidente de honra

C

M

Y

MY

A ABO/SC comemorou o último Dia Nacional do Cirurgião-dentista e da Saúde Bucal, 25 de outubro, com homenagens, lançamentos e inaugurações. Entre os homenageados da noite esteve o presidente da ABO Nacional, Newton Miranda de Carvalho, nomeado presidente de honra da Seção. Na ocasião, foi lançada revista histórica em comemoração aos 75 anos da ABO/SC. Também houve

Minas Gerais ensina sobre higiene bucal No dia 16 de outubro, a ABO/ MG realizou, na Praça JK, no bairro Sion, a ação social Saúde na Praça, envolvendo pessoas de todas as idades. Crianças aprenderam a maneira adequada de escovar os dentes, enquanto adultos se mantiveram informados sobre educação

bucal. A iniciativa contou com a parceria da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG) e do Serviço Social do Comércio de Minas Gerais (Sesc-MG), que cedeu seis escovódromos ao estande da ABO/ MG. No total, 2,5 mil pessoas participaram da ação.

Homenagens na ABO/BA A ABO/BA comemorou o Dia do CD prestando homenagens a profissionais que engrandecem a profissão. Entre eles, o cirurgião-dentista Nilton Edison Messias de Oliveira, a deputada federal Alice Mazzuco Portugal e o presidente da ABO/BA, Antístenes Albernaz Alves Neto (foto). Participaram da solenidade diretores de entidades odontológicas e vereadores.

CM

Presidente da ABO prestigiou o evento

lançamento da pedra fundamental da nova sede da Seção e da UniABO no Estado, além da entrega das instalações hidrossanitárias da sede campestre, em Vargem Pequena, Florianópolis. A atual presidente, Nádia Maria Fava, recebeu placa de agradecimento pela gestão 2007-2010, e Sérgio Bastos Abraham recebeu placa pela contribuição na idealização do projeto da nova sede.

CY

CMY

K

ABO/PE: prevenção e saúde Teatro de fantoches, escovódromo, aplicação de flúor, distribuição de kits com escova e creme dental, tendas e unidades móveis disponíveis para exames clínicos foram algumas das atividades realizadas na capital pernambucana, em comemoração ao Dia do Cirurgião-dentista, celebrado no último dia 25 de outubro. Com apoio da ABO/PE, diversas entidades (CRO-PE, SOEPE, FOR, UFPE, FOP, PCR e SESI) promoveram ações de Promoção e Prevenção de Saúde Bucal, durante todo o dia, na Praça do Derby, área central do Recife, beneficiando a população.

O JABO agradece às Seções e Regionais pelas informações enviadas para estas páginas.

O Grupo A é um conjunto de várias editoras e diversas plataformas de distribuição de informação técnica, científica e profissional. É assim, crescendo, que levamos sempre mais conhecimento às suas mãos. E para os inscritos no PRO-ODONTO, a novidade é ainda melhor:

agora, o desconto exclusivo de 15% em qualquer livro do Grupo A inclui também os títulos da Artes Médicas. Se você está inscrito no PRO-ODONTO, aproveite. Se não estiver, inscreva-se já para poder aproveitar.

Saiba mais sobre o PRO-ODONTO em www.sescad.com.br ou entre em contato: info@sescad.com.br · (51) 3025.2550


20

GERAL

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

Gestão e Marketing

A imagem do Cirurgião Dentista

CD Esportista A convite da Diretoria Executiva da ABO Nacional, aceitei a missão de levar até você informações e um pouco da nossa experiência de uma vida sempre associada ao esporte. Como cirurgião-dentista formado há 27 anos, tenho observado a incrível diferença na qualidade de vida entre os praticantes de alguma atividade esportiva, ou até de um hobby, em relação aos sedentáOsíris Pontoni rios. Nossa profissão exige demais do Klamas nosso corpo e, por mais ergonômicos Cirurgião-dentista, que sejam nossos consultórios, com o presidente da ABO/PR e consultor da passar dos anos as dores começam a Presidência da ABO aparecer. Portanto, uma atividade física Nacional que proporcione um reforço ou pelo menos a manutenção muscular deve ser considerada de extrema importância por todos nós. Nossa intenção será compartilhar exemplos de colegas que praticam os mais variados tipos de esporte, e que você possa se identificar e começar a praticá-los. Traremos também muitas informações relacionadas à qualidade de vida. Num futuro muito próximo, quem sabe, a sua história pode fazer parte desta coluna. Não esqueça de consultar um médico e faça um planejamento para dar o primeiro passo em direção a uma vida melhor!

Obesidade contribui para a cárie nas crianças Pesquisa realizada com 65 crianças pequenas (2 a 5 anos) em tratamento de cárie em dentes de leite aponta que 28% delas estavam 85% acima do peso. As principais causas para a obesidade e a cárie nos pequenos são as más escolhas alimentares, incluindo bebidas e sucos de frutas açucarados. A pesquisa foi realizada em Buffalo (EUA). O estudo aponta que 18 das 65 crianças apresentavam IMC acima de 85, valor que poderia ser maior se as crianças não estivessem em jejum. A circunferência da cintura comparada com a altura foi significativamente maior nas crianças com sobrepeso e obesas comparadas com as crianças de peso normal. Setenta e um por cento das crianças apresentavam ingestão calórica maior do que as 1.200 calorias por dia normais para a faixa etária. A cárie, segundo o Healthly People 2010, já é a doença crônica mais comum da infância. De 5% a 10% das crianças apresentam cárie na primeira infância, e a obesidade mais do que triplicou nos últimos 30 anos, alcançando quase 20% em 2008.

Boa parte dos Cirurgiões Dentistas vive entre quatro paredes, trabalhando em uma boca, num dente, muitas vezes com foco em parte deste e algumas vezes usando lupa para algum detalhe. Esta visão leva a uma postura introspectiva que se contrapõe à necessidade de uma ação mais abrangent e como agentes de saúde que são. Outras situações ditadas pela biossegurança, o tem afastado conceitualmente do seu público. Ações outras o deveriam levar a uma presença maior na comunidade e posicioná-lo na amplitude de sua verdadeira importância.

O

uso de gorro, máscara, óculos e, em breve, dos protetores auriculares para evitar doença profissional pelo convívio com o alta rotação o tem afastado dos pacientes se compararmos com o tempo em que os cumprimentava com um abraço ou aperto de mão. A própria necessidade de incrementar o atendimento tem levado as auxiliares a colocarem o paciente na cadeira, para a entrada em cena do CD, somente no momento do atendimento propriamente dito. Isso numa análise conceitual da relação profissional/paciente caracteriza um afastamento de sua clientela e traz conseqüências. Neste quadro de distanciamento pelas implicações do mundo moderno, uma maior presença na comunidade e na sociedade, com ações extraparedes do consultório em forma de palestras e participações em escolas, empresas e entidades de outras categorias profissionais, se fazem necessárias para colocar a Odontologia entre as necessidades e anseios da população, visto que esta ainda não a coloca como um dos seus desejos de consumo. O próprio uso da Internet e dos meios de comunicação seriam um caminho para fazer a saúde bucal ser mais procurada como anseio da população. Como comprovação desta situação poderia ser colocada a eleição de apenas seis Cirurgiões Dentistas como deputados nas últimas eleições, nenhum por São Paulo, onde se encontra cerca da metade do PIB brasileiro e a parte mais influente nas decisões políticas e administrativas. Dado que se considerado importante, deveria levar a uma conscientização da necessidade de eleger número significativo de representantes nas próximas eleições, que por serem minoritárias, seriam um

Antônio Inácio Ribeiro* caminho para a construção de uma representatividade maior a partir das câmaras de vereadores. Momento oportuno para esta tomada de posição pode ser o presente, já que nunca se constatou tanta presença da Odontologia nos meios de comunicação mais importantes, como o acontecido na semana do Dia do Dentista deste ano. Não só em quantidade como em qualidade de presença, gerando consciência da necessidade de maior atenção à saúde bucal. Aproveitar esta situação para conquistar mais presença em ações específicas nas áreas citadas anteriormente, em forma de apresentação de mais motivos à ida aos consultórios, além da dor e estética habituais. Buscar um destaque pode ser também complementado com uma simples iniciativa de grafar o profissional com letras iniciais maiúsculas, Cirurgião Dentista, como sempre fizemos em nossas comunicações e como fez agora o Conselho Federal de Odontologia em suas páginas de anúncios em importantes revistas de circulação nacional. Pode parecer um detalhe, mas é coadjuvante no propósito de destacar mais o profissional da saúde bucal. A autoafirmação da categoria é bem-vinda nestes momentos de transição por que passa a profissão, elevando a

auto- estima. Estender esta valorização às profissões complementares também seria forma de somar, já que quase nada foi anunciado no recente Dia do Técnico em Prótese Dentária, 5 de novembro, e, se ainda não houver um definitivo, criar uma data própria para celebrar o Dia do Auxiliar de Saúde Bucal, já que ambos são peças importantes no exercício da Odontologia. Detalhes que compõe um todo mais unido e coeso em prol de benefícios de toda a categoria. Motivos a mais para destacar e reconhecer a importância das equipes de saúde bucal do Brasil Sorridente. Já que o boca a boca tem diminuído nos tempos atuais, a ajuda de um face a face ou de um corpo a corpo na conquista de novos pacientes pode ser alavancada com a utilização de um tela a tela, através do uso mais incrementado da Internet e dos e-mails como forma ativa de conquistar mais pacientes pela conscientização para motivos outros que poderiam levar muitas pessoas mais vezes aos consultórios dentários. O uso das redes sociais também tem se mostrado excelente coadjuvante n e s t e o b j e t ivo . M o d e r n i z a r o relacionamento é forma de compensar o distanciamento. A propósito, peça uma estratégia de marketing, que a enviarei graciosamente pelo e-mail ribeiro@odontex.com.br. * Assessor de Marketing e Gestão da ABO Nacional, Professor de Marketing do MBA Gestão de Negócios na Área da Saúde da São Leopoldo Mandic, MBA em Marketing pelo ISAE da Fundação Getúlio Vargas, Especialista em Marketing pela PUC do Paraná e Administrador pela Universidade Mackenzie de São Paulo. www. odontex.com.br

México prepara-se para o FDI’2011 A Cidade do México vai receber o próximo Congresso Mundial Anual da Federação Dentária Internacional, o FDI’2011, que acontece de 14 a 17 de setembro, no Centro Banamex. O evento, cujo tema será Novos Horizontes na Atenção à Saúde Oral, será organizado localmente pela Associação Mexicana de Odontologia (ADM). Entre os assuntos que serão abordados estão: “Novos paradig-

mas na gestão da cárie e avaliação de riscos”, com John Featherstone (EUA); “Tecnologia odontológica minimamente invasiva”, com August Bruguera (Espanha); “O segredo do sorriso: células-tronco odontológicas”, com Thimios Mitsiadis (Suíça); “Inovações no tratamento periodôntico não cirúrgico”, com Eduardo Saba-Chujfi (Brasil); “Dinâmica interdisciplinar no planejamento do tratamento”,

com Ricardo Mitrani (México); e “Sucesso na Endodontia: dor, obturação e satisfação”, com Donaldo C Yu (Canadá). Participam também especialistas da China, Nicarágua, Argentina, Alemanha e Japão, entre outros países. A ADM reúne 120 escolas de Odontologia e mais de 5 mil CDs no México. A entidade colabora com a monitoração da prática odontológica, representa o sindicato de CDs e contribui para a qualidade profissional. Informe-se: congress@fdiwordental.org


INTERNACIONAL

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

Se a epidemia de cólera no Haiti seguir padrão semelhante ao último surto nas Américas, poderá se transformar em mais de 75 mil casos nos próximos 3 meses, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em conferência de imprensa realizada em novembro último. Até o fechamento desta edição do Jabo, 1.800 haitianos já tinham morrido e as autoridades consideram que os casos da doença cheguem perto de 270 mil pessoas infectadas. Para representantes da Organização Mundial de Saúde (OMS), essa epidemia se dá em um dos países mais pobres do mundo, com condições sanitárias realmente dramáticas, sem acesso à água potável. Menos de 40% têm acesso a serviço de saúde. Há 2,1 médicos para cada 10 mil habitantes. As próximas semanas serão difíceis, porque a epidemia já está presente em todo o país e, apenas em Porto Príncipe, há uma população de 3 milhões de habitantes. Segundo a OMS, foram instalados em todo o país 36 centros de tratamento do cólera, capazes de atender 2.830 pessoas, separadas dos hospitais convencionais, para evitar que a doença contamine outros pacientes. Seriam necessários, pelo menos, mais 10 unidades como essas. A OMS também acredita que a epidemia terá que ser combatida não apenas com a abertura de leitos em centros de atendimento, mas também com ações na área de saneamento e outras intervenções sociais. Mesmo antes do terremoto de janeiro passado, a cidade já tinha sistema inadequado de água e infra-estrutura de saneamento, além de moradias superlotadas em muitas áreas. Agora, as condições da cidade são muito piores e propícias para a rápida propagação do cólera, segundo a OMS. A última epidemia de cólera no hemisfério ocidental começou no Peru em 1991 e se espalhou para cerca de 16 outros países, da Argentina ao Canadá. Apenas no Peru, a epidemia produziu mais de 650 mil casos ao longo de seis anos. A OMS está trabalhando com outras agências da ONU, com o Ministério da Saúde haitiano, entidades não governamentais e parceiros para obter os suprimentos médicos e mensagens de prevenção para as pessoas em todo o Haiti, inclusive em aldeias remotas. Entidades como os Médicos sem Fronteiras e Parceiros na Saúde estão fornecendo tratamento médico para as vítimas da cólera e contribuindo para a criação de centros especiais de tratamento de doença nas zonas afetadas, incluindo a capital. As últimas informações dão conta de que o que mais se precisa no país são profissionais de saúde para o atendimento dos doentes. Informe-se Cruz Vermelha: www.icrc.org

ABO apoia Um Sorriso para o Haiti A ABO Nacional apoia a campanha humanitária Um Sorriso para o Haiti, iniciativa da Federação Odontológica Latino Americana (Fola), para arrecadar doações para os cirurgiões-dentistas do Haiti, vitimados por terrível terremoto em janeiro passado. No Brasil, a campanha teve início no Congresso Mundial Anual da Federação Dentária Internacional (FDI), realizado em Salvador (BA), em setembro último, com a presença dos presidentes Newton Miranda (ABO), Adolfo Rodriguez (Fola) e Samuel Prophet, da Associação Odontológica Haitiana.

Foto: Javier de Pisón

OMS: cólera ataca população

21

Antônio Inácio Ribeiro, Adolfo Rodriguez, Newton Miranda de Carvalho e Samuel Prophet, em Salvador

Na ocasião, o diretor da Odontex, Antônio Inácio Ribeiro, anunciou a entrega de 1.000 unidades de seus componentes calcináveis para próteses sobreimplantes, que serão utilizados pelos cirurgiões-

-dentistas do Haiti para solucionar casos de prótese. A entrega foi feita na República Dominicana em curso organizado pela Fola e ministrado por Ribeiro na cidade de Santo Domingo, no

dia 21 de agosto, com a presença de 300 CDs. Ribeiro disse que a entrega foi feita na República Dominicana por ela se situar na mesma Ilha Espanhola onde se localiza o Haiti. Na ocasião ficou acertado que no próximo curso, a realizar-se em fevereiro, será promovido outro para continuar a ajuda aos habitantes de Porto Príncipe. O presidente da ABO Nacional, Newton Miranda, aproveitou para informar que foi a primeira entrega oficial de donativos de uma empresa brasileira para a campanha e espera que tenha a adesão de outras representantes da indústria brasileira do setor.


O D O N T O S/A

22

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

V Prêmio SAÚDE! tem patrocínio Colgate

qualidade de vida dos brasileiros. Os 21 trabalhos avaliados e selecionados por uma comissão julgadora formada por 80 grandes especialistas foram submetidos a votação popular na Internet. Em cada uma das sete categorias (Saúde Bucal, Saúde do Coração, Saúde Mental, Saúde da Criança, Saúde da Mulher, Saúde do Homem e Saúde e Prevenção), três trabalhos foram escolhidos. Os finalistas podem ser conhecidos no site www.premiosaude.com.br.

Santos,Heloísa Carvalho Borges, Lidia Regina da Costa Hidalgo e Luíz Fernando Lolli, da Faculdade de Odontologia de Araçatuba da Universidade Estadual Paulista (FOA-Unesp). Qualidade de vida Segundo Patrícia Bella Costa, relações profissionais da Colgate-Palmolive Brasil, “colaborar com

a realização do Prêmio SAÚDE! é uma forma de incentivar a disseminação de informações que visam à melhoria da saúde e qualidade de vida de todos nós, princípio da nossa empresa ao desenvolver seus produtos e realizar ações e campanhas educacionais de saúde bucal”.

Fotos: Edita/Diego Freire

A

Colgate-Palmolive, por meio das marcas Colgate e Protex, patrocinou o V Prêmio SAÚDE!, realizado pela Editora Abril. A cerimônia de premiação dos trabalhos vencedores aconteceu no último dia 29 de novembro, no Memorial da América Latina, em São Paulo (SP). O objetivo é valorizar, incentivar e divulgar campanhas de prevenção e educação, trabalhos clínicos ou da área cirúrgica e outras ações capazes de melhorar a saúde e a

Saúde Bucal Na categoria Saúde Bucal, venceu o trabalho “Inibição de metaloproteinases da matriz como estratégia para prevenção de erosão dentária”, de autoria de Marília Afonso Rabelo Buzalaf, Melissa Thiemi Kato, Angelica Reis Hannas, Aline de Lima Leite e Ana Carolina Magalhães, da Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo (FOB-USP). Os outros dois finalistas da categoria foram: “Uma solução para armazenamento e descontaminação de escovas dentais em ambientes escolares”, de autoria de Claudia de Oliveira Ferreira e Sandra Gomes da Silva, da Prefeitura Municipal de Peruíbe (SP), e “Programa de atenção odontológica às gestantes de Araçatuba”, de autoria de Suzely Adas Saliba Moimaz, Cléa Adas Saliba Garbin, Nemre Adas Saliba, Najara Barbosa da Rocha, Renata Reis dos

Patrícia Bella Costa, Marília Buzalaf e equipe ganhadora do prêmio

Imbra tem pedido de autofalência negado Para pleitear a falência, a empresa precisa de autorização em assembleia geral, já que é uma sociedade anônima. O Imbra deixou 25 mil clientes no prejuízo. Os cirurgiões-dentistas e demais funcionários que lá trabalhavam não têm responsabilidade sobre a interrupção do atendimento e são, eles próprios, vítimas do fechamento da empresa O pedido de autofalência proposto pelo Instituto Brasileiro de Odontologia (Imbra) no último mês de outubro foi negado pela Justiça no início de novembro. Para pleitear a autofalência, de acordo com o juiz Caio Marcelo Mendes de Oliveira, da 2ª Vara de Recuperação Judicial e Falências de São Paulo, responsável pelo julgamento da sentença, a empresa precisa de autorização em assembleia geral, já que é constituída sob a forma de sociedade anônima. Até agora, a autorização não foi apresentada.

O processo foi julgado extinto, uma vez que a autora da ação não preenche o requisito do interesse processual exigido por lei. A empresa de implantes dentários deixou 25 mil clientes no prejuízo. Com o pedido de falência negado, o Imbra pode pedir a recuperação judicial, medida que permitirá que a empresa tente se restabelecer em prazo determinado pela Justiça. Assim, poderá renegociar dívidas e readequar fluxos de caixas aos seus compromissos financeiros. Caso isso ocorra, os consumido-

res poderão continuar a realizar consultas e exames. No entanto, se houver algum problema, poderão pedir rescisão do contrato e registrar reclamação no Procon. O Imbra pretende entrar com recurso para que a Justiça reconsidere a decisão. Pedido de falência No dia 6 de outubro, o Imbra pediu autofalência alegando ter uma dívida de mais de R$ 221 milhões. As atividades foram paralisadas no mês de setembro em São Paulo devido a atrasos nos salários dos

funcionários. A empresa alegou, por meio de comunicado, que os transtornos foram provocados pelo não pagamento de uma parcela de cerca de R$ 20 milhões de um empréstimo que o fundo de private equity GP Investimentos, antigo controlador da empresa, havia se comprometido a conceder à Arbeit, a nova dona. Sociedade e cirurgiões-dentistas foram surpreendidos com o fechamento das unidades da empresa. De acordo com o Conselho Regional de Odontologia (CRO-SP),

a interrupção dos procedimentos odontológicos não é de responsabilidade dos profissionais e nem pode configurar falta de ética dos cirurgiões-dentistas que vinham realizando tais tratamentos. Como a empresa não está funcionando, os profissionais estão impossibilitados de acessar os prontuários de seus pacientes, além de não disponibilizar de meios para prestar o devido atendimento. Orientações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3549 5500, das 9h às 17h, na Comissão de Ética do CRO-SP.


JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

O D O N T O S/A

23

Oral-B lança Pro-Saúde Whitening

D

ois novos cremes dentais da Oral-B já estão disponíveis no mercado. O novo creme dental Oral-B Pro-Saúde Whitening foi formulado a partir das tecnologias da sílica dupla - que possui propriedades abrasivas distintas e eficazes na remoção de manchas superficiais durante a escovação e da tecnologia hexametafosfato de sódio - que age quimicamente,

desprendendo as manchas que já existem e prevenindo o aparecimento de outras. Segundo a fabricante, a tecnologia do produto permite também que, durante a escovação, seja liberado na boca o fluoreto estanoso, ingrediente que mata as bactérias causadoras de cáries, placa bacteriana, gengivite e mau hálito. Trata-se de única fonte de fluoreto aprovada pelo Food and Drug Administration (FDA), como agente ativo multifuncional. Já o novo creme dental Oral-B Pro-Saúde é, segundo a empresa,

Sabonete Pom Pom é vendida por R$ 85 milhões A Hypermarcas, empresa de bens de consumo de capital nacional, anunciou dia 10 de novembro a compra da marca de sabonetes infantis Pom Pom, da Colgate-Palmolive, por R$ 85 milhões. Outro negócio foi a compra de uma empresa familiar, controladora da marca Bitufo, de higiene bucal. Por R$ 82,5 milhões, a Hypermarcas comprou a fábrica e a distribuidora da família. Outros R$ 84 milhões foram desembolsados para a compra de três medicamentos da farmacêutica Medley, adquirida pela Sanofi-Aventis no ano passado. Os remédios Digedrat, Peridal e Lopigrel foram colocados à venda por determinação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) como condição para que o negócio fosse aprovado. Os produtos configuravam uma concentração de mercado nesse segmento. As três aquisições somam o valor total de R$ 251,5 milhões. n n n n n n n n n n n

Uso de bisfenol A é proibido na UE A partir de 2011, a União Europeia irá banir o uso de bisfenol A (BPA) na produção de mamadeiras. A substância é suspeita de causar problemas como câncer, diabete

formulado para proteger contra cárie, gengivite, placa bacteriana, sensibilidade e acúmulo de tártaro e, simultaneamente, clareia os dentes, evita a formação de novas manchas e refresca o hálito. Sua eficácia é garantida a partir da combinação do fluoreto estanoso, cuja função é proteger contra placa bacteriana, gengivite, cárie, sensibilidade e mau hálito; e do hexametafosfato de sódio, ingrediente que atua na remoção de manchas e na prevenção do tártaro. Estudos clínicos sobre o Oral-B

Pro-Saúde constataram a diminuição significativa no surgimento de placa bacteriana 24 horas após o uso e a redução na sensibilidade dentária em 44% após oito semanas de uso contínuo. Também foi constatada a

e infertilidade. O Canadá foi o primeiro país a criar leis restringindo o uso do BPA, iniciativa que foi seguida pela França, Dinamarca, Costa Rica e sete Estados americanos. No Brasil, um projeto de lei foi aprovado na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado proibindo a venda de mamadeiras e chupetas com BPA. Entidades médicas se mobilizam agora para alertar a população e os profissionais de saúde sobre os potenciais riscos do composto químico. n n n n n n n n n n n

Planos de saúde odontológicos crescem no Nordeste Os planos de saúde odontológicos tiveram um crescimento de 3,66% no primeiro semestre deste ano, enquanto, no mesmo período de 2009, o acumulado registrado foi de 9,97%. Só a região Nordeste teve um avanço de 5,43%. Nas outras regiões do País houve um crescimento médio de 4%. A região Sudeste teve uma pequena redução na participação do total do número de beneficiários, evoluindo apenas 0,65% entre os dois trimestres deste ano. Os dados foram publicados no mês de setembro no Caderno de Informação em Saúde Suplementar, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) com dados de junho de 2010.

diminuição do tártaro em até 54% e do sangramento devido à gengivite em 43%, ao longo de um período de três meses de uso. Mais informações: www.oralb. com.br, www.procter.com.br

Odontoprev lança Projeto Missão Sorriso em Goiás A OdontoPrev, maior operadora de planos odontológicos da América Latina,firmou parceria inédita com as prefeituras municipais de Itaberaí,Vianópolis, Morrinhos e Silvânia, em Goiás, para implantação do Projeto Missão Sorriso - Sistema de Prevenção da Saúde Bucal. O principal objetivo da iniciativa será capacitar e estimular crianças e adolescentes ao autocuidado com a higiene bucal. O convênio foi assinado dia 2 de dezembro, em Goiânia, pelo fundador e diretor-presidente da OdontoPrev, Randal Zanetti, e pelos prefeitos dos respectivos municípios. A Missão Sorriso contará com participação de CDs, agentes comunitários de saúde e professores dos municípios e tem como público-alvo crianças de 0 a 12 anos. O programa terá duração de três anos e deve atender em torno de 12 mil crianças. Para participar, o responsável pela criança assinará um Termo de Compromisso e receberá o cartão Missão Sorriso, que funcionará para registro do comparecimento da criança às consultas anuais com o CD (Plano Preventivo Terapêutico), desde a primeira visita. As crianças que comprovarem a ida anual ao CD participarão de sorteios, como forma de estímulo a continuar no projeto. A OdontoPrev criou ainda kits odontológicos com escova e creme dental e material informativo com técnicas de escovação e prevenção. As crianças cadastradas no projeto passarão por exame epidemiológico anual, que será realizado nas escolas públicas e particulares do município, zonas rural e urbana. “Com o programa, a OdontoPrev fortalece cada vez mais seu compromisso com a melhoria da saúde bucal de toda a população”, explica Randal Zanetti.

Produtos da Johnson para higiene bucal infantil A linha infantil completa, Agente Cool BlueTM, composta pelo enxaguatório bucal Listerine® e a escova e o fio dental Reach® Johnson & Johnson, auxilia na escovação e estimula a higiene bucal dos pequenos. Inédito no Brasil, o enxaguatório Listerine ® Agente Cool BlueTM, que deve ser utilizado antes da escovação, pinta a placa bacteriana de azul, ajudando os pequenos a identificar as regiões que necessitam de um cuidado melhor. Com sabor suave e agradável de menta glacial, o novo enxaguatório infantil possui ainda uma válvula dosadora

que mostra a quantidade ideal (10 ml) para a realização do bochecho. A escova de dente possui design moderno e diferenciado e está disponível nas cores azul e rosa. O fio dental possui saboroso gosto de tutti-frutti. Os produtos são recomendados para crianças a partir de 6 anos de idade. Preços sugeridos: Listerine® Agente Cool Blue 250 ml: R$ 10,80, Reach® Escova de Dente infantil Agent Cool Blue: R$: 7,00, Reach® Fio dental infantil: R$ 5,60. Novo enxaguatório Complementando a linha de escovas e fio dental Essencial, da marca Reach®, Johnson&Johnson, chega às farmácias e supermer-

cados, em primeira mão no Brasil, o novo enxaguatório bucal, Listerine® Essencial, com sabor mais suave e preço acessível. Sua fórmula exclusiva complementa a limpeza mecânica, penetrando onde a escova de dente e o fio dental não alcançam. Placa Segundo a fabricante, o produto auxilia na redução da placa bacteriana, proporcionando até 12 horas de hálito fresco, além de prolongar a sensação de

limpeza e proteger os dentes contra as cáries. O novo enxaguatório estará disponível em três diferentes sabores: menta, limão e menta glacial, cada um em dois tamanhos: 250 ml e 500 ml. Serviço Preço sugerido: Listerine® Essencial 250 ml: R$ 7,50; Listerine® Essencial 500 ml: R$ 9,80; escova dental Reach Essencial: R$ 2,10; fio dental Reach Essencial: R$ 4,50. Mais informações: 0800 703 6363


PREVENÇÃ0

24

JABO - Ano XXVIII - Número 128 - Novembro/dezembro - 2010

ABO e Oral-B lançam campanha nacional contra câncer bucal

O

Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima que, até o fim do ano, serão registrados 14.120 novos casos de câncer bucal no Brasil. Para combater o avanço da doença, a ABO vai dar início a uma campanha nacional de prevenção e educação em parceria com a Oral-B e com o apoio do Ministério da Saúde. O Projeto Nacional de Prevenção do Câncer Bucal foi anunciado na última reunião do Conselho Deliberativo Nacional (CDN) da entidade, no dia 20 de novembro, em Brasília (DF).

A prevenção da doença e o aumento dos índices de diagnóstico precoce de lesões potencialmente malignas (LPMs) tornam menos dispendioso o tratamento do câncer. Na campanha, isso será feito através de esclarecimento sobre a importância do autoexame, educação sobre a saúde bucal e a importância do diagnóstico precoce, orientação sobre condutas de Lesão inicial

tratamento das doenças presentes e identificação de lesões bucais iniciais. Segundo a coordenadora técnico-científica da campanha, a CD Lusiane Borges, consultora da ABO Nacional e diretora da Biológica Consultoria em Saúde, a proposta é “beneficiar a população brasileira com bases preventivas sólidas e atuantes de forma ampla nas comunidades,

bem como incutir a filosofia preventiva na formação dos cidadãos e em todos os profissionais envolvidos”. O gerente de Relações Profissionais da Oral-B, Carlos Kemel, explica que o trabalho será feito de maneira colaborativa. “Vamos criar uma rede de prevenção do câncer bucal com a participação de cirurgiões-dentistas, acadêmicos, técnicos e auxiliares em saúde bucal e demais profissionais da Odontologia, todos em ação conjunta e multiplicadora, com o objetivo de levar maior esclarecimento à po-

pulação, incentivando a eliminação dos fatores de risco, como álcool, tabaco, radiação solar e higiene bucal deficiente.” O coordenador nacional de Saúde Bucal, Gilberto Pucca Jr., comemorou a iniciativa e garantiu apoio do Ministério da Saúde às ações. “O câncer de boca é uma das nossas grandes prioridades. Não há razão para o Brasil manter o quadro existente. Temos que ser ousados e muito determinados nas parcerias. Tenho certeza de que essa campanha vai colaborar muito para

Lusiane Borges

o Brasil reverter esse quadro, que é profundamente injusto”, disse. Quando o diagnóstico é feito nos estágios iniciais da doença, o câncer bucal pode ser considerado curável. “Já nos casos de diagnósticos tardios, o prognóstico é desfavorável, e os tratamentos, mutilantes, paliativos e dispendiosos para as unidades hospitalares e planos de assistência

Carlos Kemel

médica-odontológica. Nesse cenário, a prevenção do câncer adquire relevância em saúde pública, particularmente porque a abordagem preventiva é compatível com a natureza da doença, de identificação visual favorecida. “Além disso, é possível esclarecer a população sobre a necessidade da eliminação dos fatores de risco associados ao

Gilberto Pucca Jr.

desenvolvimento do câncer, bem como orientá-la sobre a importância da realização do autoexame de boca periódico, já que o câncer nas fases iniciais não apresenta sintomas”, explica Lusiane Borges.

Jornal ABO - Ed. 128  

Jornal ABO - Edição 128 Novembro/ Dezembro de 2010 Distribuição nacional gratuita, a cada dois meses, com informações de interesse para tod...