Issuu on Google+

Trendbook Berlim


Berlim Berlim é a capital da Alemanha, a maior cidade do país e a segunda mais populosa. É uma cidade global e um dos mais influentes centros mundiais de cultura, política, meios de comunicação e ciência. A sua economia é baseada principalmente no sector dos serviços, abrangendo uma variada gama de indústrias criativas, empresas de comunicação e centros de convenções. A cidade também serve como importante centro continental para o transporte aéreo e ferroviário, e é um destino turístico popular. Como indústrias relevantes tem: na área das TI, farmacêuticas, engenharia biomédica, electrónica, engenharia de tráfego e energias renováveis. No que respeita a moda, arte, design e música, a capital Alemã merece toda a nossa atenção. O afluxo global de criativos transformou-se num enorme movimento cultural cool alusivo à cidade de Nova Iorque dos anos 80. O que os atraiu a Berlim foi o seu lendário clima de tolerância, abertura a novas ideias e experimentação que se fundem com uma tendência provocadora que dá à cidade “eternamente acabada” a sua credibilidade de rua. Berlim acolhe universidades reconhecidas, institutos de investigação, orquestras, museus, e celebridades; e é anfitriã de muitos eventos desportivos. O seu cenário urbano e o seu legado histórico tornaram-na um destino popular para a produção de filmes internacionais. A cidade é reconhecida pelos seus festivais, pela arquitectura diversa, pela vida nocturna, pelas artes contemporâneas, pelas redes de transportes públicos e pelo elevado nível de vida. Apesar de toda a diversidade que podemos encontrar na cidade, vou descobrir o que de interessante e criativo a cidade tem para oferecer.


Relação com as Tendências e os Tópicos do Zeitgeist As Tendências, ou Trends, podem ser variadas e identificadas por diversas Redes, a nível internacional. Ao longo do Trendbook, algumas dessas tendências vão estar associadas aos

diversos Cool examples apresentados. As tendências apresentam visões complementares, pontos de vista diversos e ajudam a compreender as mudanças de mentalidade. Algumas dessas tendências são: |Tendência – Rede| Experience Economy – Trendwatching; Clanning – BrainReserve; Love Thy City – Trends Research Center; Luxury – Trend Hunter; Kids (& Parents) – Trends Active. Berlim


Cool Examples

Berlim


The Floppy Table A Mesa Disquete é um tributo divertido à tecnologia obsoleta, neste caso o clássico disco médio de armazenamento de informação. Todos os detalhes são perfeitos, desde a patilha metálica que desliza, à marca quadrada a meio da disquete, até à seta que indica de que lado a disquete deve ser inserida. As únicas e principais diferenças são: o tamanho da mesa disquete, a adição de quatro pernas, e claro, sem a parte mecânica interior da disquete. Desenhada por Axel Van Exel e Marian Neulant do Neulant Van Exel, um duo artístico, de design e arquitectura de Berlim (mais especificamente um arquitecto e um escultor), a mesa disquete esconde algo. A patilha metálica desliza e revela-se um perfeito depósito secreto para os controlos remotos. A mesa é feita de aço laminado e aço inoxidável. Porque é Cool: A disquete é uma tecnologia que já expirou há muito tempo, desde que os CDs e as pen-drives apareceram. Juntamente com o gosto pelo VHS e pelas cassetes – são todos velhos e cansados “gadgets” que nos fornecem memórias da nossa tecnologia antiga. Quando pensávamos que os dias das disquetes 3.5’’ tinham acabado, eis que regressam de outra forma. A Floppy Table é uma mesa de café com um design fantástico, que foi feita para se assemelhar com a clássica disquete 3.5’’. O metal protector até desliza para o lado de forma a revelar um compartimento secreto, um pequeno espaço para os comandos ou até para tabaco, por ex. A mesa tem um número de série único inserido a laser, é feita por encomenda e à mão. Tendências Associadas: Design = Wow + How + How Good, Identities Narrated. Tendências Relacionadas: Experience Economy, Meaningful Nostalgia, Clanning, Down-Aging.

Berlim


Green Lamp

O Green Lamp do Siesta Studio é uma combinação única de um candeeiro com um vaso, onde se pode plantar o que se quiser. Como uma treliça, o candeeiro tem uma estrutura que permite às plantas crescerem à sua volta. Sendo o mundo romântico e antigo como é, o candeeiro traz um toque da Natureza para dentro de casa, de forma única, claro! A combinação de um candeeiro com um vaso torna-se numa peça contemporânea de decoração que serve mais do que um propósito. Somos nós que lhe damos o nosso toque pessoal, que se desenvolve diariamente com o crescimento da planta. Em conjunto com a forma e o nível de crescimento, não só o aspecto muda mas também o incrível jogo de luzes e a sombra que forma. Diariamente único e surpreendente, vai partilhar das nossas alegrias e fazer-nos sentir melhor quando estivermos tristes. Um objecto inanimado que ganha vida, uma planta viva que adquire propriedades surpreendentes – parecem combinar tão bem que se tornaram inseparáveis.

Porque é Cool: Alguma vez desejou que o seu candeeiro fosse um bocadinho mais… dinâmico? E se fosse uma combinação única de um candeeiro com um vaso? Pode ser um conceito simples mas tem um grande impacto tanto a nível estético como no estilo de vida. Essencialmente, o abajur com estrutura de treliça é feito de modo a parecer um candeeiro clássico enquanto a base é um vaso. O Green Lamp tem como característica o formato treliça e o varão que vem directamente do vaso — só tem que plantar a sua planta favorita e moldá-la de modo natural de forma a conseguir tratar dela e a dar-lhe a forma que quiser. Traz um toque da Natureza para dentro de casa. É uma peça completamente diferente, é cool e é linda! Excelente ideia! “Tratando de uma planta aproximamo-nos da Natureza. Tratamos melhor… o planeta Terra, os nossos entes queridos, e finalmente nós mesmos.” Tendências Associadas: Eco-Sustainability, Experience Economy, Design = Wow + How + How Good. Tendências Relacionadas: Identities Narrated, Clanning. Video: http://vimeo.com/49798426

Berlim


Vintage Suitcases

Bo Christian Larsson é um artista Sueco que vive e trabalha entre Munique e Berlim. Hotels, trabalho do artista, mostra uma forma pela qual a bagagem vintage ainda pode ser apreciada. Artisticamente ajustadas, as malas foram convertidas em mini hotéis. Tornaram-se, essencialmente, um conjunto de sofisticadas casas de bonecas, contudo as malas mantiveram a essência do perpétuo viajante.

Porque é Cool: A bagagem vintage pode parecer bonita, mas dificilmente é prática para usar devido ao seu tamanho e peso. Juntando janelas de treliça e portas, o artista transformou a bagagem em esculturas de edifícios em camadas. Com as etiquetas da bagagem ainda presas, a peça presta uma homenagem ao acto de fazer férias, transformando-a num hotel. Larsson reimagina hotéis em larga escala, pequenos móteis, e “bed and breakfasts” empilhando malas de vários tamanhos sozinhas ou em conjunto, voltando cada uma indefinidamente ao seu destino. Hotels por Bo Christian Larsson é apenas uma pequena parte do seu impressionante portefólio de objectos. Usando estes achados, como a bagagem vintage, dá-lhe uma nova história e um novo significado que vai enfrentar o teste do tempo. Só podemos gostar da imprevisibilidade destas inteligentes esculturas com malas. Imagina-se que nestas malas vintage seja onde moram pessoas pequenas. Amo! Tendências Associadas: Experience Economy, Design = Wow + How + How Good, Identities Narrated. Tendências Relacionadas: Meaningful Nostalgia, Clanning.

Berlim


“Dispatchwork” “Dispatchwork” (jogo linguístico entre “dispatching” and “patching”, despachar e remendar os buracos) por Jan Vormann é uma instalação com uma parte urbana, uma parte de realce histórico (visto muitas das fendas serem da época da Segunda Guerra Mundial), e é também uma forma de chamar a atenção para os edifícios que precisam de ajuda. Um tijolo desaparecido aqui e uma pedra lascada ali mostram as marcas normais dos estragos e da fúria nas estruturas e ruas da cidade, mas preenchê-las com peças multicoloridas de LEGO torna-as numa posição de nítido alívio com o que as rodeia – especialmente num lugar como Berlim. Jan Vormann desde há muito tempo que brinca com peças de LEGO em variadas capacidades artísticas – assim como tapar buracos de estruturas com espelhos e outro tipo de materiais que chamem a atenção.

Tendências Associadas: Anger, Distrust and Revolution; Identities Narrated,

Bottom Of

The Social Pyramid, LEGOverse. Tendências

Relacionadas:

Experience

Economy, Crowd Everything, Design = Wow + How + How Good, Meaningful Nostalgia, Love Thy City, Clanning, S.O.S. (Save Our Society).

Porque é Cool: “Dispatchwork” por Jan Vormann deixa um comentário brincalhão em Berlim que evita uma ruptura profunda com a sociedade. Usando cor, e um método meio infantil nos edifícios, o artista está sabiamente a realçar o mau estado da cidade. Muitas das paredes de pedra danificadas são alusivas ao trauma da Segunda Guerra Mundial, assim o grande objectivo do ‘Dispatchwork’ é transmitir a lembrança e restauração das feridas do passado. Com uma hábil montagem de peças de LEGO e alguma ajuda do público, este trabalho tornou-se uma icónica instalação de arte. Pode parecer caótico mas existe arte no processo: identificar fendas é naturalmente subjectivo, e preenchê-las é ao mesmo tempo uma arte criativa e habilidosa, pode envolver esquinas nas ruas e trabalhar em detalhes estruturais existentes.

Berlim


Tire Chandeliers Uma excêntrica estrutura em tijolo, alguns pneus e muitas luzes. Estes são os elementos de design da Bow Berlin, joalharia e boutique de moda em pele e showroom. Quando os pneus estão cheios são unidos aos candelabros, vale bem a pena dar uma espreitadela, e a Bow Berlin Boutique exibe esta característica única. A loja expõe o trabalho de dois designers alemães: sofisticadas malas em pele, cintos e outros acessórios por Michael Lawrenz e relógios, joalharia e acessórios por Christian Koban. O designer de Berlim, Neels Kattentidt, preservou as características das superfícies ásperas em tijolo e as abóbadas cool da estrutura da antiga estação de comboios, e criou uma atmosfera excêntrica e “descascada” da galeria usando o mínimo de componentes fora de contexto.

Tendências Associadas: Design = Wow + How + How Good, Experience Economy, Eco-Sustainability, Luxury.

Tendências Fashionising.

Relacionadas:

Clanning,

Porque é Cool: Se as lojas de luxo normais já o aborrecem, a Bow Berlin Boutique e a sua moda em pele vão de certeza animá-lo. Localizada numa zona com classe e chique de Berlim Ocidental, esta divinal galeria adornada com pneus vai deixá-lo entusiasmado. A boutique foi feita para parecer excêntrica enquanto mantém a estrutura em tijolo. A loja está inundada com imensos pneus, e o esplêndido candelabro com um pneu é uma verdadeira obra-prima. Quatro pneus foram inteiramente cortados, enrolados em cabo, aparafusados e pregados com iluminação LED e com vidro branco na parte traseira de forma a criar prateleiras, expositores e até candelabros. A loja é fabulosa e gosto particularmente dos candelabros.

Berlim


Sensor de respiração para bebés

Porque é Cool: No futuro, um babygrow com uma discreta placa de circuitos com um sistema de sensor integrado pode ser inserido na roupa do bébe, envolvendo confortavelmente o seu corpo de forma a não magoar, avisando os pais assim que os bebés deixem de respirar. A base do sistema de sensor é uma placa de circuitos impressa e ajustável que envolve o corpo do bebé e que mal se dá por ela. É uma excelente ideia e é perfeito para acalmar os pais durante a noite enquanto o seu recém-nascido dorme calmamente.

Tendências Associadas: Wellthy, Design = Wow + How + How Good, Experience Economy. Tendências Relacionadas: Meaningful Compassion, Wellthy, Being Alive, Kids (& Parents).

Os pais de recém-nascidos estão sempre a ir durante a noite ao quarto dos bebés para verificar se eles ainda estão a respirar. Em alternativa, podem deixar o bebé dormir no seu quarto na esperança de que não haja nenhuma paragem respiratória em que tenham que intervir antes que seja tarde demais. Desenvolvido pelos investigadores do Fraunhofer Institute for Reliability and Microintegration IZM em Berlim, o Fraunhofer IZM Babygrow foi desenhado para ajudar a prevenir a Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI). Fornece aos novos pais uma forma de monitorizar o sono do seu recém-nascido, particularmente o seu padrão de respiração.

Berlim


“Pencils & Coffee” Laura Serra, uma artista de Berlim normalmente bebe café todas as manhãs para carregar energias para o dia. Depois reparou que há sempre restos de café, e então decidiu usá-los para tornar o papel branco mais interessante. Pelo menos mais interessante para ela! Laura diz que adora trabalhar com café porque reage de forma diferente aos vários tipos de papel, pincel ou esponja.

Tendências Associadas: Design = Wow + How + How Good, Experience Economy. Tendência Relacionada: Clanning.

Porque é Cool: As crianças às vezes esfregam saquetas de chá em folhas de papel para lhe dar um aspecto rústico, antigo, como se fosse um mapa do tesouro, e a série “Lápis & Café” de Laura faz o mesmo, mas em vez de saquetas de chá usa restos de café. Laura decidiu dar um toque especial às folhas brancas e lisas de papel com a sua arte pessoal esfregando com café e dando uma textura diferente aos seus trabalhos. A série “Lápis & Café” de Laura Serra é extraordinária, sendo ela uma verdadeira mestre na criação de obras de arte únicas com letra tipográfica, usando nada mais que apenas café e lápis. O seu trabalho é super interessante e absolutamente lindo. Amo!

Berlim


Miniature Graffiti Apartments

Evol é um artista alemão que actualmente vive e trabalha em Berlim. Transforma superfícies urbanas banais em edifícios miniatura reais. É como se fosse um projectista urbano, mas ao contrário dos outros ele cria a cidade dentro da cidade. O artista usa estampas complicadas para rapidamente transformar caixas de electricidade, e outras superfícies urbanas usadas, em edifícios de apartamentos miniatura ou outras estruturas. Desenhando pequenas varandas e antenas parabólicas de lado da caixa eléctrica, é capaz de transformá-la num pequeno arranha-céus real. Porque é Cool: Estes exemplos de apartamentos miniatura em graffiti feitos em objectos do dia-a-dia faz-me desejar encolher e viver num deles. Para criar os surpreendentes apartamentos artísticos, Evol usa uma técnica de estampas em camadas para criar um impressionante nível de profundidade e detalhe. Se pinta varandas e janelas em blocos de cimento, caixas de correio, muros ou outros objectos comuns à volta da cidade, isso é definitivamente um tipo de graffiti interessante e com classe, diferente do que o que normalmente se observa. Há profundidade no seu trabalho e é tão real que podemos dar por nós a pensar se há pessoas pequeninas a viver em cada um desses mini apartamentos. O trabalho do Evol é fantástico! Tendências Associadas: Love Thy City, Experience Economy. Tendências Relacionadas: Design = Wow + How + How Good, Clanning.

Berlim


Himo Em Berlim, Mimosa Pale cria chapéus irreverentes no seu pequeno estúdio e loja, Himo. Com experiência em escultura e artes performativas, decidiu realizar o seu sonho de ser dona de uma loja de chapéus. O nome da loja vem da palavra finlandesa desejo, paixão, e descreve perfeitamente os seus produtos. A sua experiência em escultura é realçada nos designs que se ajustam na cabeça de quem usa os chapéus. Atrás do balcão está um chapéu com um barco em mar turbulento. Outro está ao canto da montra principal, com penas de 60 centímetros a esvoaçar. Juntamente com os “chapéus perigosos" e uma série de “chapéus militares" estão turbantes, gorros, panamás e uma grande colecção de estilos em feltro devido a Pale ter aprendido mais sobre os métodos tradicionais de fazer chapéus. Porque é Cool: Todos os seus chapéus são feitos à mão. Variam desde o divino (uma pequena caixa de chapéus em veludo com um pássaro empoleirado no topo), até aos extravagantes (a touca estilo Marie Antoinette feita inteiramente em copos shot de plástico!). O que une os grandes chapeleiros contemporâneos é a sua recusa em serem limitados pelos costumes ou pela praticabilidade do produto no que respeita a design de chapéus, e a Mimosa – que também é artista performativa – partilha dessa qualidade. Cria peças teatrais para a cabeça que desafiam qualquer concepção do que é que pertence à cabeça de cada um. As criações de chapelaria da Himo Hatshop parecem algo que saiu do mundo literário de “Alice no País das Maravilhas”. Maravilhosamente extravagantes e femininamente divertidos, não são algo que uma rapariga use no dia-a-dia, a não ser que simplesmente se queira destacar na multidão. Contudo, a loja vai chamar a atenção a quem queira estar elegante com um toque de diversão. Esta loja é absolutamente fantástica e parece-me o céu para quem, como eu, adora chapéus! Espero um dia poder visitar esta loja! Tendências Associadas: Experience Economy, Excess Therapy. Tendências Relacionadas: Design = Wow + How + How Good, Clanning.

Berlim


Kinderdentist Kinderdentist é um mundo subaquático de brincadeira e aventura com uma onda visual de cerca de 3 metros que dá as boas-vindas às crianças que vêm do mundo exterior, levando-as directamente ao balcão da recepção. Esta onda, vibrante com padrões em diferentes tons de azul, faz a ligação e mostra os níveis superiores e inferiores da clínica. Convida-nos para a sala de espera e recepção no piso inferior e tem janelas nas escadas que dão para as salas de tratamento. Todas as áreas seguem o mesmo tema da experiência subaquática com as suas cores, arquitectura e elementos espaciais. Padrões pixelados de cardumes de peixes fazem a ligação a todas as salas de tratamento. Os bancos prateados das salas de espera são alusivos aos submarinos. Kinderdentist foi desenhado pela empresa de arquitectura, super criativa e multifuncional GRAFT. Porque é Cool: Este é o tipo de sítio que nos faz querer ser crianças outra vez. Nunca pensei dizer isto de um consultório de dentista, mas que posso fazer? E porquê que os consultórios dos dentistas dos adultos não podem ter este aspecto também? No Kinderdentist sentimo-nos como se estivéssemos debaixo de água, num submarino, só à espera que coisas emocionantes aconteçam. E à parte de tudo isto os miúdos ainda tratam dos dentes, claro! A espera, assim como o próprio tratamento podem-se tornar numa experiência divertida. Desta forma a atitude em relação ao habitual medo do dentista pode mudar desde muito cedo. Os pequenos clientes não têm que deixar o feliz mundo subaquático e podem aproveitar esta experiência completamente nova de uma ida ao dentista. Tendências Associadas: Experience Economy, Wellthy. Tendências Relacionadas: Meaningful Compassion, Kids (& Parents), Design = Wow + How + How Good.

Berlim


Soho Hotel Soho Hotel é um hotel boutique exclusivo com um look industrial chique em Berlim, num dos distritos mais modernos, zona onde os coolhunters de todo o mundo gostam de combinar um bom brunch com algum tempo de ócio. Soho House Berlin tem como característica a arquitectura Bauhaus simétrica num edifício onde os partidos comunistas se costumavam encontrar. Todos os quartos são espaçosos e com mobiliário clássico com um design nostálgico, incluindo gira-discos com uma selecção de discos vinil. O terraço do sétimo andar tem um bar e uma piscina com uma vista panorâmica de Berlim. O Club Bar oferece uma área de lounge confortável com 2 lareiras e uma House Kichen onde os hóspedes podem jantar todos os dias.

Porque é Cool: Soho Hotel Berlin é um clube privado com 85 quartos, 20 dos quais são apartamentos com serviço completo, localizados no oitavo andar de um edifício Bauhaus dos finais dos anos 1928. Os quartos de hotel oferecem um ambiente típico exclusivo: camas personalizadas, chuveiros da floresta tropical, televisores planos Samsung, um Spa com produtos Cowshed. Alguns até têm gira-discos vintage restaurados e LPs vinil de inspiração com um toque retro industrial também reforçado pelo betão exposto e os panéis escuros. Os quartos de hotel do Soho House Berlin são de uma loucura agradável ainda para mais com uma mistura tão forte, uma linguagem visual angular com glamourosos, exuberantes e puritanos alcochoados em veludos de 1930. O hotel oferece um luxo excêntrico e descontraído num histórico edifício Bauhaus e apesar de todo o luxo o hotel parece ser absolutamente confortável e belo! Tendências Associadas: Luxury, Experience Economy, Design = Wow + How + How Good. Tendências Relacionadas: Identities Narrated, Meaningful Nostalgia, Clanning, Pleasure Revenge, Small Indulgences.

Berlim


Oukan 71 Oukan 71 é uma loja com um conceito super-moderno, com dois andares arejados com um design avant-garde muito moderno para mulher e homem, assim como artigos de interior únicos e um elegante bar de chá. Localizado na rua Kronenstrasse 71 (Kronen Strasse significa Rua da Coroa em alemão, e Oukan é japonês para coroa), a boutique tem um interior fantástico. No conceito de dois pisos abertos, a Oukan 71 oferece uma constante selecção de moda, acessórios e design que vai mudando, muito disto actualmente escandinavo, mas com um toque japonês. O restaurante e sala de chá servem pequeno-almoço e almoços com pratos de comida crua, vegan, vegetariano e peixe. Porque é Cool: É uma interessante loja que combina um showroom/loja de moda e arte com uma sala de chá e restaurante. Mal se entra na loja começa logo a experiência: uma fantástica porta cilíndrica de vidro abre-se automaticamente, dando acesso ao piso superior através de uma escadaria aberta. O primeiro piso exibe looks unisexo de uma selecção de designers. Uma vasta escada circular guia-nos ao segundo piso, onde há mobiliário para a casa e artigos de design em conjunto com roupa feminina – e o restaurante/café. Enquanto a Oukan 71 pode decididamente ter um toque japonês, muita da mercadoria é actualmente escandinava, mas tudo decididamente inovador. Se quiser fazer uma pausa desta loja fabulosa, pode subir ao restaurante e bar de chá, um café minimalista, onde Eriko Ohsawa criou menús de pequeno-almoço e almoço cheios de saudável comida vegetariana, também para vegetarianos que comem peixe, pratos crús, assim como uma selecção de chás tranquilizantes. O conceito da loja é incrível, é uma ida às compras que nos proporciona uma experiência completamente diferente. É uma nova forma de tirar proveito da loja e disfrutar das compras! Tendências Associadas: Experience Economy, Design = Wow + How + How Good. Tendência Relacionada: Clanning.

Berlim


Erika-Mann Elementary School II

Tendências Associadas: Experience Economy, Design = Wow + How + How Good, Identities Narrated, Kids. Tendência Relacionada:Clanning.

Erika-Mann Elementary School II é um fantástico projecto arquitectónico inspirado no fantástico mundo do Dragão Prateado. O projecto foi desenhado por Baupiloten (um grupo de estudantes de arquitectura da Technical University of Berlin liderado pela arquitecta Susanne Hoffmann) e pelos próprios miúdos da escola. Os diferentes espaços chamam-se Snuffle Garden, Snuffling Room, Chill Room and Dragon’s Breath, cada um com um fundo branco e puro e que oferecem liberdade de expressão na forma de mobiliário flexível. Os pisos e paredes superiores das histórias foram transformados em áreas com assentos por módulos. Dependendo do tempo, o “Snuffle” envolve apenas um véu de luz. A quebrar o ambiente da zona de assentos existem vários espaços onde as crianças podem relaxar em materiais suaves. As partículas “Fireclaw” e “Fireflower” – unidades de assentos onde as crianças podem criar o seu próprio ambiente através da manipulação de som, luz e imagem – e também flutuar no véu de luz do "Snuffle". O “Chill Room” é uma paisagem com assentos suspensos e cobertos com espuma, lona, e tecidos variados. Uma série de “Petals” com um metro de altura forma uma ilha protectora à volta dos assentos suspensos, grande o suficiente para caberem duas ou três crianças. Esta ilha protectora é feita de estruturas em madeira e pode individualmente ser formada pelas crianças. Assim as crianças são capazes de formar o seu próprio ambiente de acordo com os seus desejos através da manipulação de som, luz e laminado.

Porque é Cool: Este projecto foi desenhado por um grupo de estudantes de arquitectura e os miúdos que usam o espaço participaram activamente no processo de design. Disseram aos estudantes de arquitectura de que forma usam o espaço, deram opiniões no sentido de como a escola deveria funcionar e o que gostavam de ver nela. Juntos procuraram iluminar e alegrar o aspecto pesado e autoritário do velho edifício de 1915. Desenvolveram um divertido conceito baseado no fantástico e poético mundo do Dragão Prateado. Quanto mais exploramos a escola mais se sente a presença do Dragão Prateado cujo espírito muda, mexe-se, brilha e cintila. A escola tem um ambiente divertido e nada usual dividido em diferentes áreas, onde as crianças podem brincar e estimular a sua criatividade. O conceito e toda a ideia são perfeitos! Ao mesmo tempo, e através de uma história fantástica, as crianças podem brincar, aprender e estimular a sua criatividade. Amo!

Berlim


Technology Center Medical Science

O insinuante e brilhante edifício do Technology Center Medical Science parece de alguma forma estéril e sintético. O edifício tem duas funções principais, instalações da empresa e centro científico, mas ambas têm a ver com a mobilidade humana, especificamente andar e agarrar, e biónica (tecnologia modelada na natureza). Os três pisos inferiores acolhem o Centro Científico e três exposições: O Fascínio de Andar e Agarrar, A Natureza como Nossa Guia, e A Tecnologia para as pessoas. Porque é Cool: As palavras “médico” e “ciência” fazem surgir imagens de edifícios estéreis brancos que se focam sempre no saneamento. O edifício do Technology Center Medical Science em Berlim, foi desenhado por Gnaedinger Architects, e incorpora tanto os aspectos estéril como o branco no seu design. O aspecto clínico e as formas abrangentes são o que o tornam um complexo cool. A fachada está desenhada de forma a assemelhar-se à estrutura das fibras dos músculos. Se visitar o Centro Científico, vai aprender tudo sobre isto e nunca mais vai olhar para o edifício da mesma forma. Andar e agarrar são coisas que fazemos diariamente. O que acontece no nosso corpo durante essas actividades é complexo e fascinante. Instalações interactivas e de multimédia motivam os visitantes a divertirem-se enquanto aprendem mais sobre eles mesmos e a entender as invenções que recuperam a mobilidade. O edifício é muito porreiro e belo e tem um interior com uma imagem muito clean. Este edifício é um lugar pelo qual temos curiosidade em visitar e ao mesmo tempo podemos aprender mais sobre nós mesmos e sobre as novas e interessantes invenções.

Tendências Associadas: Experience Economy, Design = Wow + How + How Good. Tendências Relacionadas: Clanning, Meaningful Compassion.

Berlim


The Coen Lamp O Coen Lamp, desenhado pelo estúdio de Berlim, Böttcher + Henssler, é perfeito para a iluminação de halogéneo. É construído a partir de uma simples folha de aço disponível em prateado ou branco. Também equipado com o fio de electricidade disponível em tecido branco, preto ou vermelho. O objectivo para criar este candeeiro era o de criar luz que não fosse só brilhante e perfeita, mas também uma peça que revelasse o coração e alma da arquitectura da iluminação. Porque é Cool: O Coen Lamp brinca com a aparência dos candeeiros clássicos e interpreta todas as características convencionais de uma forma completamente nova. A simplicidade lógica da aparência e a sua construção reflectem a sua simples silhueta. A sua construção simples é conseguida através do uso de uma simples folha de aço. O fio de electricidade termina no corpo do candeeiro e ao mesmo tempo faz a recepção da luz da lâmpada. Os pés e a sombra do candeeiro fundem-se directamente um no outro e desta forma criam uma luz característica tipo borboleta e uma sombra que brinca. Os candeeiros são fornecidos com lâmpadas opacas de halogéneo e que poupam energia. Os Coen lamps têm um estilo magnífico, são modernos e ficam lindamente em modernos interiores. Tendências Associadas: Experience Economy, Design = Wow + How + How Good. Tendência Relacionada: Clanning.

Berlim


Trendbook elaborado por: Ana Isabel Figueira Berlim


Berlim