Page 1

Portfolio Ana Rita Coelho Arquitetura e Design


Ana Rita Naia Martins Coelho Morada: Praceta da Ponte da Pedra, nº 28, 2º drt trs; 4465-767 Leça do Balio Telefone: 221107416 Telemóvel: 924141994 E-mail: arnaiamc@gmail.com Cartão de Cidadão: 12625123 Nacionalidade: Portuguesa Naturalidade: Salvaterra de Magos Data de Nascimento: 13/10/1992 Carta de Condução Categoria B-B1

Nascida e crescida em Salvaterra de Magos, escolhi o Porto para a minha cidade. Cedo escolhi a Arquitetura para o meu futuro, tendo frequentado a Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto. Dentro da disciplina da Arquitetura desenvolvi um interesse pelas questões habitacionais e do clima. Além da arquitetura, tenho outros interesses dentro da área criativa e do design. O design de moda e o design de interiores, a fotografia e o design gráfico. O interesse nestas áreas promoveram o desenvolvimento de novas capacidade e ferramentas. Desde o aprofundamento de técnicas fotográficas, à costura e bordados, passando pela experiência em software como o InDesign, Photoshop ou Ilustrator.

2019 - Abril a Maio Desenhador (arquitetura) • Tratamento gráfico de levantamentos 3D • Produção de desenhos CAD Metamorphic Planet (colaboração freelance) 2018 - Março Workshop de Fotografia Noturna 12 horas I.F.P. Porto

2017 - Agosto a Setembro Assistente de Produção (indústria alimentar): • Manuseamento de maquinaria de enchimento assético; Sugal, S.A. 2017 - Maio Curso de Marketing Digital - Atelier Digital da Google 24 horas Google com apoio U. Porto, FMUP, Porto 2016 - Dezembro Inspiration Hostel 2016 Competition “Design a Space for artists retreat, creativity and insight” org.: OpenGap.net 2016 - Novembro GO!Architecture V.08 “Reintegração de um Vazio Urbano na Cidade” org.: AEFAUP

2016 - Agosto a Setembro Assistente de Produção (indústria alimentar) • Escolha de produto para primeira transformação • Manuseamento de maquinaria de enchimento assético; Sugal, S.A. 2016 - Fevereiro Workshop de Técnica Fotográfica I 18 horas I.F.P. Porto (Formador: Luís Barbosa)

Competências Linguisticas Português - Lingua Materna Inglês Francês Espanhol Italiano Software de Trabalho Auto CAD Revit

SketchUp

Artlantis

Indesign

Photoshop

Illustrator

- Conhecimentos de informática na ótica do utilizador (Office MT) - Experiência de utilização de programas de faturação.


Competências de Organização

2016 - Janeiro até ao momento Explicador de Geometria Descritiva (ensino secundário); • Aulas individuais • Preparação para exames nacionais; Trabalho por conta própria. (part-time) 2015 - Agosto a Setembro Assistente de Produção (indústria alimentar) • Escolha de produto para primeira transformação • Manuseamento de maquinaria de enchimento assético; Sugal, S.A. 2014 - Agosto a Setembro Operador de Báscula (indústria agropecuária e florestal) • Emissão de Guias de Venda e de Transporte • Pesagem de carregamentos animais, florestais e agrícolas • Controlo de entradas e saídas na propriedade; Companhia das Lezírias, S.A.

- Sentido de organização; - Sentido de responsabilidade; - Rigor; - Autonomia; - Capacidade de criar consensos. Competências Sociais - Facilidade de adaptação a diversas situações; - Espírito de iniciativa; - Espírito de equipa; - Capacidade de resolução de problemas.

Actividades Sócio-Culturais

2013 - Agosto Operador de Báscula (indústria agropecuária e florestal) • Emissão de Guias de Venda e de Transporte • Pesagem de carregamentos animais, florestais e agrícolas • Controlo de entradas e saídas na propriedade; Companhia das Lezírias, S.A.

- Cinturão castanho de Judo (Atleta de Competição pelo Judo Club de Salvaterra entre 2002 e 2007) (Melhor classificação: 1º lugar no Campeonato Nacional por Equipas 2006)

2013 - Abril a Maio Curso de Italiano nível A1 80 horas C.C.L. Porto

- Elemento fora do activo no Corpo Nacional de Escutas (Agrupamento 68-Salvaterra de Magos) (16 anos)

2012 - Agosto a Outubro Assistente de controlo de qualidade (indústria alimentar) • Análises laboratoriais de produto acabado • Lançamento em livros e registo dos resultados em programa informático específico SugalIdal, S.A.

- Participação em acções de voluntariado (Banco Alimentar conta a Fome e associação CASA – Centro de Apoio ao Sem Abrigo)

2013 - Julho Concurso de Fotografia “A Objetiva na Cultura Avieira” org.: Câmara Municipal de Salvaterra de Magos 2010 - 2019 Mestrado Integrado em Arquitetura • Principais áreas de estudo: Projeto; Desenho; História da Arquitetura; Teoria da Arquitetura; Construção; Arquitetura e Clima Faculadade de Arquitetura da Universidade do Porto

2007-2010 Curso Cientifico-humanístico de Artes Visuais • Disciplinas Específicas: Desenho [18]; Geometria Descritiva[18.5]; Matemática B[19.5]; Oficina de Artes[19]; Oficina Multimédia[19] • Média: 17 Valores Escola Básica e Secundária de Salvaterra de Magos

- Participação em diversas perigrinações, com destaque para o Caminho de Santiago Hobbies - Fotografia; - Design de Moda; - Desenho; - Leitura; - Escrita; - Cinema; - Viajar.

Conferências e Seminários • Affordable Housing. The 20th Century Legacy. - Internacional Congress org.: CEAU-FAUP; parceiros: FCT, Compete 2020, Portugal 2020, União Europeia; FAUP, Porto, 6 a 8 de Maio de 2019; • Carbon Neutral Social Housing in Europe: Post 2020- Challenges and Opportunities org.: Nordregio e CCDR-Norte; Casa da Música, Porto, 26 de Março de 2019; • Voluntária no evento OPEN HOUSE PORTO 2018 org.: Casa da Arquitectura; Porto, 30 Junho e 1 de Julho de 2018; • Ludic Architecture - IV International Encounter on Architectural Education, Spaces and Devices org.: CEAU-FAUP, UAM, Cuartocresciente, LUPO, Proxeto Terra, Osa Menor; FAUP, Porto, 12 e 13 de Maio de 2017; • Conversas com Arquitetos, por Arq.º Rui Neto - Obra e Projecto da nova sede da OASRN org.: OASRN e Norte 41º, patrocínio: Innovus e Sonae Indústria. Nova sede da Ordem dos Arquitetos SRN, Porto, 21 de Abril de 2016; • Exposições Internacionais - Entre o Jardim e a Paisagem Urbana: do Palácio de Cristal do Porto (1865) à Exposição de Paris (1937) org.: Fundação de Serralves em parceria com Porto. e apoio da U. Porto e CIBIO. Auditório do Museu de Serralves, Porto, 1 e 2 Fevereiro de 2016; • A análise económico-financeira dos projetos de eficiência energética org.: BCSD Portugal. Biblioteca Almeida Garret, Porto, 9 Julho de 2015; • Competências Críticas do Capital Humano até 2020 org.: BCSD Portugal. Biblioteca Almeida Garret, Porto, 9 Julho de 2015; • The Theaching of Architecture in the Development Process org.: ASF Portugal. FAUP, Porto, 13 de Abril de 2013;


Indice Casa para o Jardineiro, Porto, 2011

Learning Cube - Celula de Estudo Individual, FAUP, Porto, 2013

Lote na Avenida da Boavista, Porto, 2015

83.00

89.84

80.73

82.67

. 80,32

80.33

92.48

87.07 78.89

79.41

92.54

RU

89.46

90.22

91.39

87.45

82.22

DE

LU

IS

DO

75.28

76.33

75.06

70.61

67.29

71.11

31.65

31.58

36.66

37.99

35.88

31.33

23.20

26.38

23.73

23.92 23,75

10m

.23.06

15.91 32.56

23.70

18.81

49.27

49.81

47.52

47.21

41.33

32.83

27.31

27.31

25.87

19.12

18.76

11.99

12.05 11.73

11.85 11.74

21.58

14.63

O

TAV

GUS

11.84

11.70

11.97

27.61

32.38

E DE

29.37 28.18

45.13

36.20 35.14

40.71

29.48

31.69 15.19

14.87

20.70

17.48

19.47

27.56

14.34

14.53 14.15 13.18

11.91

11.90

15.36

32.21

L

EIFFE

11.68

11.79

11.72

11.90

11.64

4.85

4.95

11.73

11.58

11.89

11.61

4.14

2.57

4.71

2.22

9.21

RIO DOURO

4.98 9.72

11.85

11.98

49.94

43.82 42.56

Redesenho da Avenida 25 de Abril, Porto, 2018

16.18 14.84

8.38

11.71

53.99

49.62 49.06

48.24

28.86

29.62 27.31

53.99 51.87

51.87

48.82

40.61

40.40

30.86

28.39

33.06 32.26

49.25 51.71

42.15 41.95

40.43

36.66

41.27

35.14

40.60

11.72

16.26

15.19 11.94

12.02

41.52

41.34

21.28

20.27

18.12

18.07

13.45

17.68 14.40

12.20

12.05

20.25

21.39

18.11 17.68

14.71

46.48

42.11 40.85 40.40

42.62

37.45 15m

23.94

39.36

19.08

34.35

19.55

21.06

44.01

30.97

29.58

48.02 38.52

35.88 32.91

29.47

23.46 18.69 18.00

14.97 20.33

36.42

40.29

48.84

50.77

33.93 31.43

34.22

27.95

42.10

55.06

36.60

42.07

37.17 34.50

32.80

20.45 18.81

42.70 40.32

47.63 41.65

41.24 38.62

27.08 26.21 27.01 24.28 27,06 23.11 . 22.56

19.87

19.01

18.69 10m 16.14 14.35

33.09

33.34

27.43

27.96

.94

23.33

33.48

PL

31.39

49.06

42.06 41.78 41.50 39.45

44.98 41.20

49.65

66.10 56.03

10m

7.32 11.75

11.85

3.37

CORTE TRANSVERSAL

MODELO 3D (Interactivo)

15m

Herdade do Morgado de Agre, Portimao, 2019

10m

15m

10m

PLANTA DO PISO (11.93)

PLANTA DA COBERTURA

METAMORPHIC PLANET

Levantamento Arquitectónico - E21 0

1

2

3

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

.19

38.16

37.04 37.78 31.80

38.69

49.62

61.60 60.98

55.27 52.96

54.42

49.65

53.78

65.43

51.36

48.86

46.55

46.62

45.78

49.19

49.00

49.02

48.59

47.97

49.26

57.02

62.04

57.32

49.02

49.43

55.02

52.32

57.64 49.28

60.31

54.00

52.67

53.52

52.94

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

3

40.65 38.76

55.00 51.31

69.70

65.92

57.41

69.79

57.60

R 60.57

61.41

54.98 54.98

53.80 53.80

53.52

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

27

49.90 46.99 44.02 46.91

45.54 39.69

39.04

40.32

68.56 55.76

55.85

53.81 53.39

R 57.89

69.75

56.10 55.46

55.26

62.46 57.52

10m R 69.31

69.20

67.63

66.74

57.69

54.02

52.24

15m 50.51

50.37

43.51 43.06

40.05

39.71

57.99

S

69.24

57.64

R

DA 69.16

71.88

69.32

PASSEIO

69.86

72.14

62.93

62.90

70.05

72.39

72.17

60.17 59.98

66.34 69.50

69.31

71.57

72.18

78.46

72.51

72.31

66.91

56.71

57.65

51.91

54.15 41.50 40.04

77.19

72.08

66.18

57.68

57.53 49.89

68.67

74.81

75.14

79.38 71.07

72.05

65.87 59.01

58,38 . 51.51

68.47

15m

43.42 42.02

76.62

72.06

70.71

64.94

78.55 77.50 A SOUS

70.95

60.39

69.57

73.41

62.50

78.13

76.87

65.99

59.35 67.22

69.56

69.65

DIA

78.62

72.97 72.92

76.30

70.69

61.42

SOL 71.95

70.00

R 80.97

74.97

80.47

S

79.57

72.73 72.65

76.06

AL75.54

70.36

61.15

0

NER

65.66

60.52

RO

75.51

62.28

66.78

77.68

77.28 75.00

77.50

81.68

15m

77.66

73.95

73.31 72.43 72.11

65.37

63.67

69.09

83.03

81.96

81.22

73.16 72.45

CORTE LONGITUDINAL 65.19

71.55 70.62

83.87

76.83

82.91

81.09 . 81,39

74.83

GE

73.23

64.18

80.99

80.62

76.70

70.70

10m

73.23

71.95

Inspiration Hostel, 2016 90.52

81.20

80.92

80.77

79.30

80.53

75.86

66.17

10m69.69 64.90

76.37

90.52

82.11

81.02

79,47 .

79.24

83.65

81.81

81.04

76.07

71.29

71.89

63.74

R

72.12

71.49

66.59

79.14

ESCOLA

82.35

81.91

82.40

90.66

78.43

76.68

R 75.85

75.38

PL

67.33

77.79

94.49

81.21

82.09

71.24 71.08

8.11

90.88

79,18

82.56

100.39 83.62

74.37

74.98 75.43

70.63

81.48

82.28 86.94

79.06

74.02

71.32

56

96.86

94.17

81.49

90.17

71.52

71.16

68.77

8.73

82.99 86.16

83.52

94.23 90.87

79.40

81.64

75.66

86.17

86.70 85.23

102.45

92.40 79.96

90.67 90.67

79.61

71.18

75.55

90.84

DO

84.76 84.02

R

89.90

91.55

93.46

85.85

76.76

80.00 72.34

15m

71.25

75.19

55

88.99

87.12 92.09

82.39

79.52 71.87

ESCOLA 74.75

71.03

95.71

81.59

76.19

71.52

S

88.60 78.88

75.25

76.19

76.54

DIA

91.39

88.62 90.40

80.51

88.76 82.78

91.46

78.27

87.92

91.69

85.97

75.69

15m

89.60 91.94

86.89

86.32

75.54

75.64

90.86

87.61 85.53

94.09

84.19

80.99 86.01 79.27 82.57 81.15 S. VERSÃO DO AUTODESK PRODUZIDO POR UMA PARA ESTUDANTES 79.25 . 81.42 81.94

76,03 . 75.22

76.21

75.85

84.90

88.88

85.02

88.50

82.99

88.27

91.10

77.64

91.38

88.00

C.C.

77.11

07

91.55

75.82

75.61 93.74

94.20

89.97

A

91.12

91.12

0.75

88.77

77.88

85.77

77.04 91.12 89.86

83.83

. 80.74 81,37

88.99

91.73

97.41

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

88.17

77.75

78.18

91.73

RUA

78.16 77.93

91.01

78.58

79.11

83.50

82.15

89.42

97.22

83.85

92.82

89.00

95.90

84.03

82.55

91.44

87.10

91.83

84.33

84.96

105.95

85.35

85.31 87.65

83.21

82.98

82.60

80.20

85.39 81.36 87.44 77.89

78.15

78.54

79.72

79.48

80.49

94.94

88.77

78.39

79.01

79.68

80,09 .

80.90

91.35

87.94

9.48

R

80.20

84.33

85.99 85.53 85.50

84.67 84.90

84.48

82.49

82.46

82.42

83.11 80.25

80.77

80.10

89.68

82.05 1.06

85.77 84.67

82.55 82.45 . 84,09

82.47

80.60 . 80,51

80.50

82.50

82.60

82.35

82.36

80.77

80.74 86.16

100.99

84.59

82.48

84.05

85.51

101.23

UE

86.31

82.60

87.67

85.87

95.87

86.35 86.15 85.56

85.74 84.93

84.85

82.78

94.12

85.72 85.87

85.60 85.99

82.55

DUQ

93.63 93.36

94.07

84.72

82.48

C.J.

82.49

82.46

RUA

O ST GU AU

94.57 91.18

C.J.

82.42

85.31

86.62

84.53 82.49 82.55

82.96 82.75

91.19

93.77

82.41

82.44

83.50 83.69

DO

84.29

83.97

93.95

83.85

82.62

84.68 84.26 83.99

86.79

102.21

LOUL

82.69

102.24

108.95

91.70 82.99 83.77

82.05

A

84.12

82.89

84.61

CT

RO

82.57

84.59 85.28

85.39

82.67

RU

85.70 PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES 83.88 85.42 87.61

85.42

77

Go! ARCHITECTURE V.08, 2016

SA

86.31

85.19

4

5m

Cotas altimétricas referidas ao N.M.A.M. - Marégrafo de Cascais

Gravity Intuition, S.A.

HERDADE DO MORGADO DE ARGE Portimão

Desenho n.º:

Escala:

21

1:100

Data:

Maio 2019


Tendo como programa uma pequena habitação localizada num espaço sobrante da Faculdade de Arquitetura, este projeto baseia-se na criação de volumes cheios e vazios que na sua combinação e intercessão formam a casa para o jardineiro. O programa consiste numa pequena casa composta por uma zona de entrada, sala, cozinha e zona de refeição, uma casa de banho de serviço, lavandaria, uma suite e um quarto de visitas multifuncional. Além disso, o projeto deveria incluir um jardim e uma estufa. A volumetria expressa-se através de um paralelipipedo quadrado, cujo negativo se duplica em dois pátios escavados no terreno, junto ao muro de contenção dos jardins da Casa Cor--de-Rosa. A entrada para a habitação faz-se pelo piso superior do lado nascente, onde a diferença de cotas em relação à rua é menor e a exposição à circulação maior. Isto permite também que a sala de estar se vira a poente onde se destaca a vista para a ponte da Arrábida e Foz do Douro. O piso superior organiza-se em quatro zonas, em níveis distintos separados por mobiliário, e com uma linha de teto continua. O piso inferior organiza-se segundo uma forma T entre dois pátios de planta quadrada escavados no terreno. No piso inferior localizam-se os quartos e a lavandaria, tendo cada quarto acesso a um pátio, mantendo a privacidade mesmo com o uso de grandes janelas. FAUP, 2011 Orientação de Projecto: Arq. José Manuel Soares


Casa para o Jardineiro, Porto


Corte EE' PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

Corte DD' Corte CC' Corte BB' PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

Corte AA'


PRODUZIDO POR UMA VERSテグ DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

PRODUZIDO POR UMA VERSテグ DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

B'

C'

PRODUZIDO POR UMA VERSテグ DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

E D A'

E' D' A B

C PRODUZIDO POR UMA VERSテグ DO AUTODESK PARA ESTUDANTES


Este projeto consiste numa célula de estudo individual a ser colocada no espaço exterior da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, sendo prevista a possibilidade da sua reprodução, transporte ou remoção. A célula individual de estudo evoluiu de uma intenção construtiva baseada no material - peças de madeira de perfil 10x10. Com início num projeto coletivo, que tinha como conceito base a desconstrução de um cubo, e como referência principal a Wooden House, de Sou Fujimoto [Kumamoto, Japão - 2005/2008], surgiu uma célula individual criada a partir de barrotes de madeira. Empilhando o barrotes, todos com o mesmo perfil mas de comprimentos variáveis, obteve-se uma célula de estudo que se abre para a paisagem a sul, enquadrando o edifício da faculdade e a vista para o rio Douro. O seu interior permite tanto a sesta de um estudante com um “furo” durante a tarde como a reunião de um pequeno grupo de trabalho. Com uma volumetria de 2mx2mx2m, a célula de estudo está equipada com dois bancos e uma pequena mesa de apoio, de forma a permitir pousar um computador portátil. A partir da desconstrução construiu-se um espaço para a criação, tanto de trabalhos de Projeto como de projetos de futuro. FAUP, 2013 Orientação de Projecto: Arq. Bruno Moreira


Learning Cube - Celula de Estudo Individual, FAUP


Perfil Poente

Perfil Norte

Perfil Sul

Perfil Nascente

B

A

A

B Corte A

Corte B

Planta


Modelo 3D


Localizado a meio da Avenida da Boavista no Porto, o lote tratado encontra-se numa zona de transição. Existe a nascente uma torre de habitação e espaços comerciais, no entanto, a sul e poente a ocupação é feita por habitação unifamiliar de um a dois pisos, e finalmente a norte, o início do Parque da Cidade. Com estas préexistências era necessário projectar edifícios que diminuíssem o impacto das diferenças existentes no edificado. A primeira fase do projeto focou-se no tratamento urbano do espaço limitado pelas escadarias, a avenida da Boavista e as ruas Pinho Leal e Dr. Cupertino de Miranda. Tendo sido definidos três lotes para construção como desenho de duas novas ruas, uma perpendicular à av. da Boavista, e outra paralela. Este tratamento do espaço público incluiu a criação de novos espaços verdes, parqueamento público e um redesenho da escadaria de forma a criar um espaço que interagisse organicamente com a nova construção A área tratada encosta-se à escadaria pré-existente, criando uma plataforma no seu ponto de cota inferior potenciando o comércio no piso térrio. Pela profundidade do lote, este é ocupado por dois blocos iguais em planta, mas com diferente número de pisos, devido à diferença de cotas entre a avenida da Boavista a norte e a rua de Pinho Leal a sul. Toda a concretização final deste projeto passou pela definição de três materiais/cores a serem usados, que caracterizam áreas distintas do edifício, tanto no interior como exterior. - A Ardósia, pedra de cor cinza escuro, é utilizada como material principal do edifício, marcando o seu embasamento. No interior é usado para caracterizar o espaço de maior destaque do fogo, a sala de estar, sendo usada tanto no pavimento como no revestimento de uma das paredes. Este material é também usado nas divisões onde são necessários pavimentos e revestimentos impermeáveis. - A Madeira, sendo escolhido o pinho pelo seu tom claro, é o material de transição. Assim, é utilizado no revestimento dos átrios comuns do edifício e também nos corredores e halls dos fogos, numa tentativa de criar uma narrativa de continuidade. - O Branco, do reboco, é usado para a marcação do espaço privado - espaços públicos revestidos a ardósia e espaços privados rebocados e pintados de branco. Também no interior se mantém esta ideia, uma vez que é nos quartos que o branco predomina. FAUP, 2015 Orientação de Projecto: Arq. Hélder Casal Ribeiro

Plantas da Area de Intervencao e Tipologia de Usos


Lote na Avenida da Boavista, Porto


Alcado Norte

Alcado Nascente

Alcado Poente

Planta de Espaco Publico


Corte Longitudinal

Corte Transversal

Planta de Piso Tipo

Planta de Piso 0


Corte AA'

Corte BB'

Corte CC'

Corte DD' Interior do Fogo T2


Planta de Piso 0

Planta de Piso Tipo


Reintegração de um Vazio Urbano na Cidade Face ao desafio apresentado, esta proposta foca-se em dois pontos: a ligação entre as duas ruas e a possibilidade das multiplas utilizações do espaço. Desta forma, são criadas três volumetrias, duas que fecham as ruas e um terceiro no fundo do lote que nos leva a entrar no lote e ajuda a dar um propósito à utilização deste espaço interior do quarteirão. O volume da Rua dos Bragas desenha-se a partir de uma estilização da fachada do edifício que seria demolido. O R/C é ocupado por comércio de forma a atrair os transeuntes ao interior do quarteirão., os dois pisos superiores dão lugar a habitação. No espaço com acesso pela Rua de Cedofeita o volume é dividido em dois, com cérceas e plasticidades diferentes, abraçando a diversidade da envolvente. Este espaço, teria, tal como na rua dos Bragas o seu R/C ocupado por comércio, e os pisos superiores com habitação ou escritórios, de forma a aproveitar o potencial de uma rua conhecida pelo seu cariz comercial. Por ultimo, no interior do quarteirão, o volume destina-se a comércio, sendo o espaço à sua frente ideal para uma ocupação de esplanada. No centro do lote cria-se um jardim, de piso permeável, que com a colocação de árvores cria áreas de sombra e ajuda a vencer a diferença de cotas entre os espaços que o delimitam. Organização: AEFAUP


Go! ARCHITECTURE V.08, 2016


PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDA

IDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES


ANTES

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

Planta de Piso Tipo Planta de Espaco Publico

PRODU


RU A

94.20 82.87

82.17 79.51

81.03

77.32 77.10

78.76

SARAIVA

DE

CARVALHO

78.23

78.21

76.52

77.00

77.72

77.14

78.26

78.53

78.18

UD E

79.30 77.91

SA

75.50

78.28

78.03

77.07

76.96

81.07

78.52

79.37

DE

76.96

77.41

91.37

87.81

78.58 JARDIM 77.71

DE

78.65

77.25

ARNALDO

82.59

75.90

77.95

86.21

73.15

75.72

ALDO

GAMA75.04 76.47

ARN

84.26

.

73.69

84.24 76.17 85.41 75.54 75.30

72.70

75.10

DE 70.61 70.83

72.39 66.70 72.17 66.43 71.39

75.16 75.16

RUA

70.76

67.91

67,90 .

70.86

71.61

69.10

74.96

72.70 71.00

71.33

70.35

87.29

83.97

75.73

A

77.50

77.61

GAM

LE

GA , ~ CA O

79.05

78.33

65.76

77.14 66.02

68.39

77.33

nda

is

77.14

65.44

71.04

Gui

65.20

61.7

69.36 67.66

59.73 57.24

ada

s

58.58 65.57

54,91 .

66.70

58.07

66.23

49.01

46.69

47.68 44.87

52.64 52.21

57.23

57.61

58.99

48.45 46.74

68.59

68.59

56.21

55.28 52.26 49.70

64.72

RUA

58.10

6

61.24

61.72

dos

65.99

Esc

Organização: OpenGap

82.86

89.26

84.02 80.3

P.S.P.

82.94

82.63

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

Para a implementação do Inspiration Hostel na cidade do Porto era necessário encontrar um espaço disponível com boa localização cénica e boas acessibilidades. O local escolhido tem uma fantástica vista do rio Douro e está localizado perto da estação de comboios de São Bento e da praça da Batalha, sede do Teatro Nacional de São João e que possui uma estação rodoviária nacional e internacional. Esta proposta nasceu da agregação de vários volumes, alguns deles conectados, tendo em conta uso pretendido para os espaços. A base de todos os volumes é um quadrado, organizado em diferentes tamanhos e ângulos. O lobby de entrada é um cubo truncado, e o Hostel tem apenas conexão com a rua através de duas grandes portas de vidro, do lado oposto há conexões pela direita com a galeria e biblioteca, e à esquerda com o resto dos espaços. Foi importante para a conceptualização da proposta a existência de um espaço central externo que permitisse a insolação dos diversos volumes e criasse um espaço central de reunião. A colocação dos volumes foi feita com a intenção de criar este pátio central e, ao mesmo tempo, isolá-lo da rua e dos edifícios circundantes, para que se tornasse mais silencioso. A galeria e a biblioteca foram projetadas como espaços interligados para que se tenha que percorrer a galeria para aceder à biblioteca, dando maior exposição à exposição. Estes são os espaços mais próximos da rua e mais longe das suítes para permitir o acesso a visitantes exteriores ao Hostel sem distúrbios. A sala de silêncio é propositalmente isolada e desconectada do terreno para criar não apenas o silêncio, mas um completo isolamento do mundo exterior, por isso não há aberturas além da porta. Ao projetar as salas de grupo, decidiu-se criar um auditório completo que pudesse abrigar pequenos recitais, conferências e outras apresentações, e a outra sala como um verdadeiro espaço polivalente, mais adequado para aulas, apresentações de dança e outras reuniões. As suítes foram projetadas como espaços individuais e desconectados, espalhados pelo terreno do Hostel, para que cada hóspede pudesse ter não apenas seu próprio espaço interno, mas também um espaço ao ar livre. Existem três tipos diferentes de suítes com tamanhos diferentes que podem acomodar os vários tipos de uso que cada hóspede pode dar ao espaço. Todos estes foram projetados com a maior neutralidade possível para permitir a apropriação do espaço pelo hóspede, e assim não condicionar a produção artística.

84.19

99.42

43.74

62.1

57.96 47.54 57.83 47.49 44.72

47.

44.83

47.67

47.55

47.68 42.93

61.10

43.96 38.11 37.82

43.21 37.81 36.30

33 3


80.59

87.94

87.07

79.83

79.48

88.17

RU

89.46

91.12

RU

A 75.85 75.91

AC

TO

73.07

R

73.05

74.91

74.98

71.03

67.17

69.69 64.90

65.62

67.14

65.57

67.29

65.57

65.40

62.34

65.17

65.41

66.51

58.73

DO

65.09

64.92

40.44

.55

35.40 40.83

3.60 33.21

40.08

34.06

49.89

42.10

31.03 25.74

26.28

50.37

41.50 40.04

40.05 39.71

37.27

28.19 25.94

38.16

37.04 37.78 31.80 31.58

52.24

49.90

50.51

31.65

45.54 39.69

40.65 38.69

38.76

31.33

35.88

33.48

27.43

27.96

23.20

26.38

23.73

23.92 23,75

.23.06

15.91

18.81 18.69

33.09

27.08 26.21

20.45 18.81

20.33

27.31

27.31

36.42

31.43

25.87

19.12

14.71

20.25

14.40 12.20

11.99

12.05 11.73

11.85 11.74

18.76

11.85

18.12

16.26

14.63

GUS

O TAV 11.84

27.61

32.38

16.18 14.84

11.70

EI

FFEL

9.72

27.31

11.97

4.98

54.98

56 55.46

51.36

49.25

53.99 51.87

51.87

49.62 48.82

42.15

45.13

49.06

43.82 42.56

48.24

40.40 29.37 28.18

28.86

30.86

53.99

49.94

51.71

40.61

36 35.14

40.71

29.48

31.69 15.19

14.87

20.70

14.34 11.91

11.90 11.68

11.79

11.72 11.64 4.85 4.95 4.71

2.22

9.21

RIO DOURO

17.48

19.47

27.56

15.36

11.90

53.52

48.86

41.95

53.80 53.80

53.52

52.94

55.02

49.00

29.62

32.21

11.73

8.38 11.71

28.39

33.06 32.26

49.19

40.43

36.66

11.72

15.19 11.94

12.02

21.28

20.27

19.08

18.07

13.45

17.68

17.68

19.55

21.06

40.60

42.11 40.85 40.40

35.14

37.45

21.58

34.35

29.47

23.46 18.69

32.91

41.27

46.55

46.62

42.62

41.34

23.94

39.36

38.52

35.88

41.52

30.97

29.58

48.02

44.01

46.48

44.98 41.20

40.29

48.84

50.77

36.60

21.39

18.11

55.06

33.93

34.50

18.00

12.05

40.32

34.22

27.95

42.10

42.07

37.17

49.65 49.62

49.65

66.10 56.03

42.70

47.63 41.65

41.24

32.80

27.01 24.28 27,06 23.11 . 22.56 19.87

49.81

38.62

32.83

54.42

47.52

47.21

14.97

19.01

49.27

60.98

48.59

47.97

49.26

49.02

49.02

45.78

53.78

65.43

57.32

49.43

57.02

62.04

61.60

55.27 52.96

51.31

41.33

41.50 39.45

33.34

31.39

55.00

69.70

65.92

55.76

42.06 41.78

36.66

37.99

49.06

46.99 44.02 46.91

39.04

40.32

53.81 53.39

54.02

43.51 43.06

42.02

31.83 31.72

51.91

54.15

43.42

35.45

31.92

34.13

66.97

39.98

40.33

71.11 57.53

48.53

49.35

43.10

68.47

DO

A MIR

47.66 44.15

O UR

68.56

54.00

52.67

57.41

69.79 69.75

60.31

54.98

52.32

57.64 49.28

60.57

61.41 57.89

69.20

66.74

55.85

R

57.60

R

R

72.14

62.9

62.90

55.26

62.46 57.52

D

69.31

57.64

R

69.31

AS

69.24

67.63

59.98

66.34

70.05

69.16

69.32

60.17

69.50

69.86

71.57

71.88

66.91

57.69

57.68 58,38 . 51.51

68.67

74.81

72.39

72.17

56.71

57.65

60.39

60.52

66.51

64.50

67.22

69.35

66.51

64.14

61.41

73.37

72.51

72.08

59.01 57.99

73.41

80.97

75.14

79.38

72.18

78.46

72.31

65.87

59.35

61.15

69.57

62.50

71.07

SA SOU77.50

PASSEIO

79.57

78.13

72.05

66.18

64.94

D

78.55

77.19

72.06

65.19

62.28

69

70.00

R

74.97

80.47

IAS

78.62

72.97

76.87

65.99

61.42

71.95 69.65

72.92

76.30

70.71

65.66 65.37

63.67

69.09 66.78

65.40

72.65

76.06

AL75.54

70.36

SOL

75.00

77.50

81.68

77.66

72.73

76.62

70.62

65.52

NER

70.69

71.55

80.62

73.95

72.43

75.86

73.23

64.18

81.22

83.87

76.83

73.31

70.95

68.11

65.54

72.45

73.23

71.95

63.74

68.73

75.51

70.70

66.17

76.37

72.11

71.89

70.56

67.18

70.61

77.28

80.53

71.29

GE 66.59

81.09 . 81,39

73.16

75.38

75.43

70.63

79.30

77.68

81.04

76.07

75.85

80.99

78.43

76.68

R

80.92

80.77

83.03 81.96

74.83

67.33

75.55

77.79

65.64

76.33

75.06

81.94 81.20

82.91

72.12

71.08

75.55

6

90.17

71.49

AS

69.65

66.98

79.06

90.52 82.11

81.81 81.02

82.09

86.94

90.52

82.40

90.66

79,47 . 79.14

79.24

83.65

76.70

68.77

DI

82.28

71.24

71.32

69.67

71.19

81.21

79.25 . 79,18

82.56

ESCOL

82.35

81.91

R

94.49

74.37

71.16

75.28

90.88

81.15 81.48

100.39 83.62

81.49

79.61

72.34

96.86

94.17

79.40

81.64

80.00

74.02

DO

90.87

79.96

87.12

82.99 86.16

94.23

79.27

71.52

75.19

71.19

DO

85.23

83.52

92.40

90.67 90.67

75.66

86.17

71.18

72.91

79.81

71.87

71.25

75.64

0

76.19

74.75

75.54

90.84

76.76

81.42

86.70

102.45

91.55

93.46

92.09

80.99

S.

79.52

75.69

95.71

85.85

78.88

88.62

82.39

75.25

86.01

ESCOLA

88.99

R

89.90

82.78

81.59

76.19

76,03 . 75.22

76.21

76.96

61.41

DE 85.97

71.52

DO

82.22

IS

GO

77.37

76.33

18

80.51

86.32

C.C.

76.54

87.45

91.69

77.11

77.07

88.60

78.27

87.92

LU

LAR

77.12 77.28

89.60 91.94

91.39

84.19

88.76

91.46 91.39

86.89

82.57

77.65

90.86

84. 94.09

88.50

82.99

88.27

91.10

90.40 88.00

78.08

77.70

90.22

75.61 93.74

91.55

75.82

91.04 90.75 77.80

94.20

77.64

91.38

84.90

88.99

89.97

A

89.86

77.94

88.77

83.83

. 80.74 81,37 85.39 81.36

77.88

91.12 78.31

91.73

85.77

91.12

79.48

91.73

RUA

77.75 77.04

79.06

87.44 77.89

78.16 77.93

91.01

78.58

79.11

78.18

78.95

92.54

78.15

78.54

79.72

91.03

RU A

78.39

79.01

79.68

79.86

79.54

78.89

79.41

83.50

82.15

94.94

88.77

Inspiration Hostel, 2016 80.88

79.79

75

84.96

91.35

DO

80.12

30 80.15 80.35

82.05 81.06

RUA

80.65

DUQ

80.97 80.68

4.14

11.58

14.53 14.15 13.18

11.89 11.61

2.57


PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

Suite 1 - Meditation and Literature Suite 2 - Music


ISIS LLUU

Suite 3 - Visual Arts

81.64 81.64

75.66 75.66

86.17 86.17

81.48 81.48 82.28 82.28

82.56 82.56 82.09 82.09

86.94 86.94

79.06 79.06

90.17 90.17 76.33 76.33

76.07 75.85 76.07 75.85

4 4

80.01 80.01 80.18 80.18

77.66 77.66

5.1 5.1

76.70 76.70

78.00 78.00

8.1 8.1

74.83 74.83 72.45 72.45

ISIS LLUU

Legenda: 1- Entrada 2- Galeria de Arte 81.64 81.64 3- Biblioteca 4- Sala do Silencio 5- Sala de Convivio 75.66 5.1- Cozinha 75.66 86.17 5.2- Cafetaria 86.17 5.3- Lavabos 5.4- Sala de Estar 6- Auditorio 6.1- Regie 6.2- Arrumos 7- Sala Multifuncoes 8- Suites 8.1- Meditation & Literature 76.33 8.2- Music 76.33 8.3- Visual Arts

81.48 81.48 82.28 82.28

82.56 82.56 82.09 82.09

86.94 86.94

76.37 76.37

83.87 83.87 81.04 81.04

76.83 76.83

6.1 6.1

77.66 77.66

76.70 76.70 8.1 8.1

73.31 73.31

73.95 73.95

5.2 5.2

80.00 80.00

6 6

8.3 8.3

8.2 8.2

80.01 80.01

5.4 5.4 6.2 6.2 7 7 78.06 78.06

83

81.02 81.02

80.92 80.92

80.77 80.77

2 2

78.43 78.43

76.68 76.68

SPlanta Cota S A I DIA D

3 3

79.30 79.30

80.18 80.18

79.57 79.57

. 79,18. 79,18 79,47 79,47 79.14 79.14

79.06 79.06

90.17 90.17

R R

76.07 75.85 76.07 75.85

78.06 78.06

73.95 73.95 72.73 72.73

73.31 73.31 72.43 72.43

1 1

80.00 80.00

8.3 8.3

8.2 8.2

74.83 74.83 72.45 72.45

3 3

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

76.37 76.37

80.92 80.92

80.77 80.77

2 2

83.87 83.87 81.04 81.04

76.83 76.83

81.02

79.30 79.30

78.43 78.43

76.68 76.68

R R

79,18. 79,18 79,47 79,47 . 79.14 . 79.14

80.18 80.18 1 1 80.18 80.18

5.3 5.3

78.00 78.00

S

Planta Cota 81

79.57 79.57


Um dos objetivos iniciais no redesenho da Avenida 25 de Abril focava-se na criação de uma praça que pudesse alojar comércio a uma cota intermédia da avenida. Esta seria ligada à rua de Nossa Senhora da Lameira por uma nova rua que permitiria também um aumento do parqueamento exterior desta zona da cidade. O edifício que foi desenvolvido foi escolhido por ser o que tem maior ligação com esta nova praça. No que toca ao planeamento da edificação, foi definido como objectivo o delineamento e fechamento dos quarteirões existentes e a ocupação do espaço central da avenida. Na zona central desenham-se dois blocos (de orientação nascente/ poente) que definem o início e fim da ocupação e entre eles acessos diretos em banda que permitiam o uso do interior deste novo quarteirão para pátios ajardinados e diversificam a oferta tipológica habitacional desta zona da cidade. O Edifício foi concebido como um volume branco de onde foram subtraídos as varandas e janelas, criando vazios na massa. A diferença de material no piso térreo faz-se não só para ancorar o edifício, mas também para lhe dar uma escala mais apropriada ao local. A sua relação com o logradouro faz-se abrindo a cave para lá, de forma a vencer a diferença de cotas sem criar um fosso entre os espaços interiores do piso térreo e o logradouro. Assim, criou-se um terraço que serve tanto os habitantes como os espaços comerciais e que permite acomodar todos os lugares de estacionamento necessários num só piso de cave. O espaço da cave é aberto para permitir o arejamento do estacionamento e para promover a sua ligação ao espaço verde do logradouro. O acesso ao jardim do logradouro faz-se de duas formas, através do terraço, por três escadas metálicas, além do acesso pela cave. FAUP, 2018 Orientação de Projecto: Arq. Marta Rocha

Perfil Av. 25 de Abril

Perfil Praca


Redesenho da Avenida 25 de Abril, Porto


Corte A

Planta de Coberturas Corte B

Alcado Poente

Alcado Sul


Alcado Nascente

Planta de Piso Tipo

Planta de Piso Terrio

Planta da Cave


O Fogo: O fogo tipo foi desenhado de forma a ter uma divisão de usos não orientados a Nascente/Poente, mas Norte/ Sul, tendo assim quartos virados tanto a nascente como a poente. Esta disposição permite também que se crie um corredor livre entre as duas varandas ligando todos os espaços sociais (sala, entrada, zona de refeição e cozinha). De forma a tornar esta intenção possível é desenhada uma parede-armário que atravessa toda a casa. Este dispositivo vai desempenhando diversas funções dependendo da divisão para a qual se abre, além de incorporar elementos estruturais e de infraestruturas, como pilares, coretes e sistemas de ventilação. Na cozinha serve para encastrar os eletrodomésticos e armários. No quarto e entrada serve de roupeiro, e na sala de estar desenha uma estante. Nos topos livres desenham-se T4 resultantes da rotação da disposição dos quartos, seguindo a mesma lógica de divisão dos espaços estabelecida pela parede-armário. Por se tratar de um T4 e de forma a permitir um uso mais diversificado dos espaços um dos quartos estabelece uma ligação direta com a sala de estar.


Planta do Fogo Tipo

Corte de Pormenor da Fachada


Colaboração freelance com a empresa Metamotphic Planet para o tratamento gráfico de um levantamento 3D das edificações em ruina da Herdade do Morgado de Arge em Portimão. Tinha como função a produção de desenhos técnicos, plantas cortes e alçados, tendo por base um modelo 3D e levantamento fotográfico disponíbelizado pela Metamorphic Planet. Porto, 2019 Metamorphic Planet


PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

CT

CT

Herdade do Morgado de Arge, Portimao, 2019

15m

15m

15m

PL

15m

PL

10m

10m

10m

10m

CORTE LONGITUDINAL

CL

ALÇADO 1

15m

15m

15m

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

PL

15m

PL

10m

10m

10m

CORTE TRANSVERSAL

MODELO 3D (Interactivo)

CT

ALÇADO 2

10m

15m

15m

PL

10m

10m

CL

ALÇADO 3

15m

15m

PL

10m

10m

ALÇADO 4

PLANTA DO PISO (11.93)

PLANTA DA COBERTURA

METAMORPHIC PLANET

Levantamento Arquitectónico - E21 0

1

2

3

4

5m

Gravity Intuition, S.A.

Desenho n.º:

Escala:

Data:

21

1:100


CT

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO

65m

62m

ALÇADO 1

CL

62m

65m

65m

62m

ALÇADO 2

65m

62m

65m

62m

ALÇADO 3

CL

PRODUZIDO POR UMA VERSÃO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

CT

62m

65m

65m

62m

65m

ALÇADO 4

PLANTA DO PISO

62m


O AUTODESK PARA ESTUDANTES

CL

MODELO 3D (Interactivo)

65m

62m

CORTE TRANSVERSAL

CT

62m

PRODUZIDO POR UMA VERSรƒO DO AUTODESK PARA ESTUDANTES

65m

65m

62m

65m

62m

CORTE LONGITUDINAL

PLANTA DA COBERTURA

METAMORPHIC PLANET

Levantamento Arquitectรณnico - E18

Desenho n.ยบ:

Escala:

18


Profile for Ana Coelho

Portefólio de Arquitetura - Ana Rita Coelho  

Portefólio de Arquitetura - Ana Rita Coelho  

Advertisement