Page 35

O estudo mostra que a maioria dos problemas detectados são comuns a todas as instituições, cursos e polos. Os resultados evidenciaram que os coordenadores conhecem sua realidade e estão preocupados com a situação em que se encontram, principalmente em relação à falta de recursos humanos, de apoio pedagógico, de infraestrutura física, de recursos financeiros e de regulação para os procedimentos administrativos. A pesquisa ratificou que os cursos foram implantados nas instituições por uma decisão política nacional, porém as especificidades da educação a distância não foram levadas em consideração. Não houve divulgação da nova modalidade, nem de sua metodologia, procedimentos e importância. Os planos de cursos adotados foram os mesmos do ensino presencial. Poucas instituições conseguiram a formação de uma equipe multidisciplinar, a infraestrutura disponibilizada não atende às necessidades da nova modalidade. Essa é a realidade de grande parte dos cursos do Brasil. Eles foram implantados com adaptações do ensino presencial e, com o decorrer do tempo, receberam alguns ajustes. A falta de pessoal capacitado, de formação docente, as dificuldades de logística e até problemas com a aquisição de computadores e link de internet estão entre os principais problemas identificados na Rede e-Tec no Brasil. As principais conclusões desta primeira etapa da pesquisa – leitura da realidade – levou o grupo a buscar outros suportes teórico-metodológicos e legais para propor soluções e medidas de encaminhamento para garantir a consolidação da Rede e-Tec, com condições de efetiva operacionalidade e qualidade. Este desafio motivou a segunda etapa de pesquisa.

34

O Processo de Gestão Institucional

O Processo de Gestão Institucional na Rede e-Tec Brasil  

Livro

O Processo de Gestão Institucional na Rede e-Tec Brasil  

Livro

Advertisement