Page 9

MEMÓRIA, SENTIMENTOS E LEITURA

Pensar sobre os livros que percorreram o meu caminho é um exercício tortuoso de memória. Ao longo da vida, creio que tenham sido milhares deles. Livros que li (e reli), livros que vi em mãos conhecidas e desconhecidas, livros que descobri por acaso, livros que namorei de longe, livros veementemente recomendados, livros que enfeitam estantes, livros que eu mesma fiz, livros largados no meio, livros que perdi e livros que reencontrei. O livro, pelo menos para mim, é mais que um objeto de leitura, mais que um mero invólucro de histórias. Acho que vale apontar que o livro é, sim, um objeto. Não um objeto qualquer, mas um objeto belíssimo. Muitos dos livros que escolhi me conquistaram pela cara. Julgar um livro pela capa é um dos maiores prazeres da vida, embora alguns condenem essa atitude: eu os chamo de “defensores do conteúdo”, aqueles 9

Memória, sentimentos e leitura - Paula Serelle  
Memória, sentimentos e leitura - Paula Serelle  
Advertisement