Page 1

Associação Nacional de Arte e Criatividade Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência

PROGRAMA DE DIFUSÃO Actividades Artísticas, Culturais e de Formação Julho 2013  6


ÍNDICE Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência

ESPECTÁCULOS EXPOSIÇÕES PRÉMIOS A CONCURSO FORMAÇÃO LIVRO ESTE MÊS NÃO DEIXE DE…


ESPECTテ,ULOS Associaテァテ」o Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiテェncia


Corpo Evento – XV Ciclo de Espectáculos em Teatro e Dança Espaço t Local: Rivoli Teatro Municipal | Pequeno Auditório | Porto Data: 1 a 14 de Julho Horário: 21h30 Preço por espectáculo: 3€ Grupos de 10 pessoas usufruem de um preço especial de 10€

Este ano para além de serem apresentadas criações de oito grupos provenientes dos ateliês do Espaço t: "Aceno de Acenar", "Teatro em Movimento", "Teatro a Metro", "Flor de Lótus", "Poesia do Corpo", "Grupo de Expressão Corporal Espaço t – Corpos Con(sentidos)", "Grupo de Teatro Terapêutico Espaço t", "Grupo de Canto – Rouxinóis em Fuga", participarão ainda cinco grupos convidados "Grupo de Teatro do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia", "Psiquê – Grupo de Teatro do Hospital Magalhães Lemos", "Grupo Teatro Juvenil Flor de Infesta", "Tête - Grupo de Teatro do Hospital de S. João"; e o "Grupo de Teatro Projecto Raiz – Programa Escolhas". O Corpo Evento pretende dar a conhecer ao público em geral a consolidação destes projectos ao nível da expressão corporal e dramática, que têm como objectivos comuns potenciar capacidades criativas, sociais e comunicacionais de pessoas com dificuldades de integração social, desenvolvendo a sua auto estima e auto conceito. É objectivo do Corpo Evento contribuir para uma sociedade mais inclusa, onde todos desenvolvem um papel activo. Mostrando que o palco é de todos/as e de cada um!

Rivoli Teatro Municipal Informações sobre Acessibilidade Exterior: Em frente ao teatro há um parque de estacionamento pago Piso regular na zona envolvente com passeios rebaixados nas passadeiras. Entrada para o interior do teatro através de uma rampa de declive moderado. Interior: A bilheteira possui um balcão elevado. Percurso no interior do teatro acessível. Existem 8 lugares especiais reservados para pessoas com mobilidade reduzida. Fonte: www.portugalacessivel.com


OU QUIXOTE, a partir de Cervantes Musgo Produção Cultural e Animateatro

Local: Quinta da Regaleira, Sintra Data: até 6 de Outubro Horário: Quinta a Domingo | 22h Classificação: M/16 anos Duração: 2h00 s/intervalo Preço por espectáculo: 15 euros; 25 euros (espectáculo e jantar)

Sinopse O espectáculo "Ou Quixote", com direcção e dramaturgia de Paulo Campos dos Reis engrossa a imensa lista de declarações de amor ao clássico de Cervantes que, de há quatro séculos a esta parte, têm ressuscitado o "romance dos romances", actualizando-o. A irresistível irradiação simbólica do mito desafiou-nos, também, a procurar, entre as engenhosas veredas do enredo, uma leitura nossa, pessoal e transmissível, procurando dialogar com Portugal "hic et nunc". É assim que, como António José da Silva fez com "o seu" Quixote do séc. XVII (entre outros, incontáveis, enamorados) quisemos emprestar temas portugueses (também europeus, também ocidentais) ao "nosso": identidade ontológica (o Quixote lúcido/louco ou a surprendente metamorfose de Sancho), representação estética (a nossa oficinal "neo-barroca" experimentação teatral), o colonialismo (introduzindo a figura de um Quixote ex-combatente da Guerra Colonial), o Feminino (uma reflexão sobre a galeria de figuras femininas que atravessa o romance), entre outros. "Ou Quixote" é, portanto, o resultado desse forum exegético sobre o Quixote matricial, endereçando, por outro lado, ao espectador, convite para, também, dialogar com o texto cervantino. O espectáculo tem dois palcos. Um, a Quinta da Regaleira, em Sintra, lugar certo para se surpreender, entre os seus exuberantes edifícios neo-manuelinos, um D. Quixote ao gosto romântico. Outro, virtual. No sítio oficial (www.ouquixotenaregaleira.com) poder-se-ão visualizar cenas que não integrarão o espectáculo na Quinta, mas que ali estarão acessíveis on-line. Chamámos-lhe "Ou Quixote 2.0". Precedeu o espectáculo uma residência artística em Vale de Barris, no espaço do colectivo de teatro O Bando. Uma semana de trabalho num lugar privilegiado de criação, onde, depois de diversos "Estudos para Ou Quixote", estabelecemos, sobretudo, o material dramatúrgico que enformará a versão final.


EXPOSIÇÕES Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência

EXPOSIÇÃO POLARIS "MUNDOS AO MUNDO"


Exposição "QUANTO TEMPO O INSTANTE?" de Dani Soter Comissariada por Fátima Lambert Local: Quase Galeria, Espaço t Rua do Vilar, 54 (ao Palácio de Cristal), Porto Data: 6 de Julho a 7 de Setembro

Em torno do Acervo, exposição inaugural do Atelier-Museu Júlio Pomar Local: Atelier-Museu Júlio Pomar Rua do Vale, 7, Lisboa Data: até 29 de Setembro Horário: Terça a Domingo das 10h00 às 18h00 Entrada grátis Exposição de abertura do Atelier-Museu Júlio Pomar (inaugurado em 5 de Abril) que reúne cerca de 100 obras representativas do percurso do artista. As primeiras datam dos anos 40/50. Entre elas estão quadros e esculturas do espólio pessoal de Pomar e outros cedidos por instituições culturais.


PRÉMIOS A CONCURSO

Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência


II Prémio Internacional de Artes Plásticas realizadas por pessoas com deficiência Data limite para concorrer: 18 de Outubro A Fundação ANADE, sediada em Madrid, Espanha, que promove a inserção social e laboral das pessoas com deficiência ou doença mental através de actividades culturais, lança o II Prémio Internacional de Artes Plásticas Realizadas por Pessoas com Deficiência com o objectivo de divulgar a criatividade e o talento destas pessoas. Prémios: 1º Prémio: Valor em dinheiro e uma obra realizada por um artista destacado 2º Prémio: Valor em dinheiro e Placa

Mais Informações: Para aceder ao Regulamento do Concurso, solicite o mesmo à ANACED através do email: anaced@net.sapo.pt www.fundacionanade.org

IX Prémio Internacional de Contos escritos por pessoas com deficiência Data limite para concorrer: 18 de Outubro A Fundação ANADE, sediada em Madrid, Espanha, que promove a inserção social e laboral das pessoas com deficiência ou doença mental através de actividades culturais, lança o IX Prémio Internacional de Contos escritos por pessoas com deficiência com o objectivo de fomentar a leitura e a criação literária entre estas pessoas. Prémios Para pessoas com deficiência intelectual: 1º Prémio: € 500 e Placa 2º Prémio: € 300 e Diploma Para pessoas com deficiência física, sensorial, orgânica ou doença mental: 1º Prémio: € 500 e Placa 2º Prémio: € 300 e Diploma

Mais Informações: Para aceder ao Regulamento do Concurso, solicite o mesmo à ANACED através do email: anaced@net.sapo.pt www.fundacionanade.org


Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência

FORMAÇÃO


XIX Estágio de Dança de Aveiro Companhia Olga Roriz

Data: 27 de Agosto a 6 de Setembro Local: Teatro Aveirense, Aveiro

Sob a direcção da Companhia Olga Roriz o estágio de 2013 está fundamentado no próprio método de trabalho e formação dos bailarinos que são a fonte inspiradora da coreógrafa.

Para tal, Olga Roriz, delineou um currículo condensado nas disciplinas mais importantes para a formação de um bailarino pronto a responder técnica, artística e criativamente às exigências profissionais da maior parte das companhias em todo o Mundo. Constituído pelas técnicas de Dança Clássica, Contemporâneo, Reportório, Improvisação, Voz e Movimento e Dança Contemporânea para Séniores, ministrados pelos mais qualificados professores e bailarinos profissionais da Companhia como, Sylvia Rijmer, Magalie Lanriot, Catarina Câmara, Rafael Alvarez e a própria Olga Roriz que nos irá presentear com uma Masterclass intitulada “Os estímulos e a criação”, uma viagem iniciática, teórica e prática sobre um dos seus métodos de criação. Este estágio condensado em cinco disciplinas obrigatórias, tem como objectivo proporcionar ao aluno, não só, uma compreensão física mas também mental e criativa das ferramentas que necessita para vir a ser bailarino ou melhorar as suas capacidades de intérprete, assim como ter um contacto real com o reportório coreográfico que uma das Companhias mais importantes do panorama cultural português, pode oferecer.

Para mais informações/Bilheteira/Inscrições 234 400 920/2 | 924 405 544 bilheteira@teatroaveirense.pt www.teatroaveirense.pt


LIVRO

Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência

Contos escritos por pessoas com deficiência


Sobreviver Bento Amaral Editora: Sinais de Fogo Data de lançamento: Maio de 2013 Número de Páginas: 256 Preço: 11 €

Bento Amaral é professor na Universidade Católica e chefe da Câmara dos Provadores do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto. É tetraplégico desde 1994, em consequência de um acidente que sofreu no mar, foi campeão mundial de vela adaptada em 2005, em Itália, e foi apurado para os Jogos Paralímpicos de 2008, na China, onde pela primeira vez defendeu as cores de Portugal na vela adaptada. A paralisia também não o impediu de aceitar um desafio político, ao integrar as listas do Movimento Esperança Portugal as legislativas de 2011. Entre outras distinções, em 2009 foi condecorada pelo Presidente da República como Oficial da Ordem do Infante D. Henrique. Na obra, Bento Amaral relata o essencial da sua vida antes, durante e depois do acidente “numa narrativa sincera, autêntica e sem artificialismo, […] tal como vive a sua condição: um dia a seguir ao outro”, escreve a jornalista, autora e apresentadora de programas de televisão Laurinda Alves, que prefaciou o livro. “Parece-me que o essencial deste livro está na sua capacidade de se transcender e, de uma forma especial, no seu sentido de transcendência, na sua espiritualidade e na sua capacidade de aceitação de uma situação que é adversa todas as horas de todos os dias de todos os anos”, acrescenta Laurinda Alves. “O relato que faço é parcial e abreviado. Começa no preciso momento em que tive um acidente no mar que me deixou tetraplégico. Tinha então 25 anos. Atravessa um período de quase dois decénios e termina na data em que escrevo”, explica o autor na publicação. Bento Amaral diz também que “para ser mais útil” procurou dar ênfase às pequenas conquistas, decepções, dificuldades e alegrias pelas quais passa qualquer pessoa na sua situação física.

“Gostava, com esta partilha, de poder ajudar quem vive momentos difíceis. Gostava que tais pessoas tivessem esperança no seu futuro. Gostava ainda de contribuir para mudar o olhar da sociedade em relação a quem é diferente”, acrescenta.


ESTE MÊS NÃO DEIXE DE… visitar o Museu Municipal de Faro


Museu Municipal de Faro Largo D. Afonso III, 14 8000-167 Faro 289 870 829 dmar.dc@cm-faro.pt www.cm-faro.pt

Faro é uma cidade de vários encantos patrimoniais e de longos séculos de história que facilmente se testemunham na vila adentro. Onde outrora civilizações de eras longínquas viveram e edificaram os seus lares, templos e equipamentos públicos, hoje turistas de vários idiomas exploram, pelo seu próprio pé ou por sugestão de itinerários de visita, as referências históricas e artísticas farenses. O passeio pelo centro histórico obriga a paragens junto do arco da vila, ao arco do repouso, a uma vista pelas muralhas, à Sé e, naturalmente, ao museu municipal. Cem anos depois desde a sua fundação, marco que lhe confere o estatuto de um dos museus mais antigos da região algarvia, e depois de ter conhecido várias moradas, o antigo convento de Nossa Senhora da Assunção, o seu actual espaço, é de longe o que melhor lhe assenta e o que mais o valoriza. O claustro, herança arquitectónica da vida conventual, qual cartaz do museu, além de exteriorizar grande sensualidade e magia, ainda distribui pelos seus dois pisos as salas de exposição. Ao circular pelo quadrado do claustro pode ter acesso a uma síntese das épocas romana e islâmica, apreciar belos exemplares de pintura antiga ou as obras de Carlos Porfírio, tudo graças a uma equipa qualificada e experiente a trabalhar todos os dias para melhorar o serviço do Museu Municipal e convencê-lo a entrar aqui. Se nos confiar a sua visita sairá seguramente satisfeito e mais enriquecido. Venha ao Museu Municipal de Faro, vai ver que vale a pena. Marco Lopes Director do Museu Municipal de Faro

INFORMAÇÕES SOBRE AS CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE Exterior Percurso entre o estacionamento e a entrada livre de obstáculos Acesso das pessoas com mobilidade condicionada entre a via pública e o local de entrada/saída principal viabilizado por rampa com inclinação adequada

Interior Porta de entrada/saída principal com largura adequada a pessoas com mobilidade condicionada Átrio de entrada livre de obstáculos Sinalética que faculta informação sobre o tipo de acessibilidade disponibilizado pelo espaço Vestíbulos e corredores com dimensões adequadas que permitem a manobra de retorno a pessoas em cadeira de rodas Disponibilização de funcionário para acompanhar pessoas com necessidades especiais Fonte: Directório sobre Acessibilidade em Espaços Culturais e Artísticos, editado pela ANACED


ANACED Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência Rua do Sítio ao Casalinho da Ajuda 1349 -011 Lisboa Tels. 21 363 68 36 – 21 361 69 10 Fax 21 364 86 39 Visite-nos em www.anaced.org.pt Siga-nos também no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/ANACED-Arte-e-Criatividade-Pessoas-comDefici%C3%AAncia/108277345933518 Fotografia da capa: Corpo Evento – XV Ciclo de Espectáculos em Teatro e Dança, Espaço t


Programa de difusão nº 6  

Programa de Difusão de Actividades Artísticas, Culturais e de Formação.

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you