Page 1

MATIF

HOSPITAL MATERNO INFANTIL


FICHA TÉCNICA Estudantes: Ana Caroline Lino | Brenda Cardoso Professores Orientadores: Irton Pinheiro | Manoel Farias Localização: Antônio Cirilo Gomes, s/n - Cruzeiro Área do Terreno: 9.113,72m² Área Construída: 4.556,86m² Ano: 2019


su má rio

01 . Localização .pag 08-09. Análise do Lugar .pag 10-11.

03.

02.

Programa de Necessidades .pag 12-13.

Zoneamento .pag 14-15.

04 .

0 5 . Implantação .pag 16-17.


0 6 . Partido | Conceito .pag 18-19. Plantas Baixas .pag 20-31. 0 7 . 0 8 . Cortes .pag 32-35. Fachadas .pag 36-39. 0 9 . 10 . Volumetria .pag 40-47 .


apresentação O presente trabalho, da disciplina de Projetot VI do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIFACISA, irá apresentar uma proposta de hospital materno infantil localizado na cidade de Campina Grande-PB, no bairro do Cruzeiro. Entendendo que o município em questão é referência na área de saúde e serviços nas diversas especialidades. É de suma importância a implantação de um equipamento hospitalar na área, visando não só favorecer a população, como desobstruir as unidades de saúde existentes e oferecer um atendimento especializado. Portanto, o MATIF - hospital materno infantil, vem propor atendimento diferenciado a partir da humanização dos ambientes e a relação com a biofilia. Por isso além de dispor de estrutura de tratamento fisico, tambem buscar comprender a cura atraves da saúde mental e suas relações.

“ A arquitetura hospitalar é um instrumento de cura de mesmo estatuto que um regime alimentar, uma sangria ou um estágio médico. O espaço hospitalar é medicalizado em sua função e em seus efeitos. ” (FOUCAULT,1979,p.109)


Área de Intervenção Hospital Trauma

Açude Velho

Parque da Liberdade

Ginásio “O meninão”

Parque do Povo

Parque da Criança

M ALV IN AS

ESTAÇ ÃO VEL HA

s

DIN A M ÉR ICA

.A lm ir a nt e

Ba

rr

os

o

CE NT EN Á R IO

to

CATO LÉ

Av

Al v e

i xo o Pe n a i r . Fl o Mal . v A

Av . D in a m é r i ca

O presente trabalho, da disciplina de Projetot VI do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIFACISA, irá apresentar uma proposta de hospital materno infantil localizado na cidade de Campina Grande-PB, no bairro do Cruzeiro. O terreno a ser trabalhado está localizado em esquina se configurando com 3 testadas, sendo elas nas ruas Antônio Cirilo Gomes, João Joquim Barbosa e R. Maria da Conceição . Entendendo que o município em questão é referência na área de saúde e serviços nas diversas especialidades. É de suma importância a implantação de um equipamento hospitalar na área, visando não só favorecer a população, como desobstruir as unidades de saúde existentes e oferecer um atendimento especializado.

SA NTA R OS A

Av. Alm iran te Bar roso

JAR DIM PAU LIS TAN O

PRES. ME DIC I

CR UZ EIR O

Av . As sis Ch at ea ub ria nd

se Ju R.

01.

lin

o

Ku

bi t

sc

he

k

ITA RA RÉ

Curso d’ Água Linha do Trem

Localização

Estádio Ernane Sátiro “O Amigão”


03 04 02

R. Dr. Fl o r i a n

o Men d

e s F re ir e

R.

Ju

se

lin

o

Ku

bi t

sc

he

k

PRES. ME DIC I

05

R. Ant ô ni

o C ir il o Gom e

s

01 C o n ce iç ã o R . M a ri a d a

CR UZ EIR O

01. Área de Intervenção 02. Escola Estadual Prof. Raul Cordula

03. Fármacia Dias 04. Praça Joacir Oliveira

05. Mercadinho 2 Irmãos Ponto de ônibus (900 | 090B | 101 | 111 | 909)


uso e ocupação

sistema viário

05

1

3

02

1

1

3

1

4

2

4 2

03 3

3

4

4

01 1

Legenda:

01 02 03 04 05

3

1 3

Via Local Via Coletora Sentido da via Ponto de Ônibus Rua: Farmaceutico João Nóbrega Rua: Antônio Cirílo Gomes Rua: Argemiro Carneiro da Silva Rua: Eraldo Carolino de Lima Rua: João Joaquim Barbosa

04

2

2

1

1

3

3

escala gráfica escala gráfica 0

50

0 100

150m

Legenda:

02.

Uso Residencial Uso Misto

Análise DO LUGAR

Uso Comercial Lote Vazio

Uso religioso

50

100

150m


atributos ambientais

3

1

4

503.0

504.0

.0

506.0

505.0

2

507

cheios e vazios

1

Legenda: Cheios Vazios Área de Intervenção

4

1 3

2

1

3

escala gráfica 0

50

100

150m

Legenda: Árvores Médio Porte

Solo Permeavél Nascente

Corpos D’água

Poente

Árvores Pequeno Porte

Ventos Predominantes


AMBIENTES Sala de Espera e Atendimento Sanitários Acessíveis (mas., fem., família.) Área para Guarda de Macas e Cadeiras de Rodas Sala de Triagem Consultório Indiferenciado Consultório Diferenciado (1 de odontológico e 2 de ginecologia/obstetricia ) Posto de Enfermagem e Prescrição Médica S. de Utilidade (expurgo) Sanitários funcionários (mas. e fem.) Farmácia Setorial Rouparia Setorial S. de Equipamentos S. de Observação com Banheiros (lactentes e gestantes ) S. de Serviço Social S. de Inalação S. de reidratação (6 pacientes) DML

DIM (m²)

QUANT (unid.)

TOTAL (m²)

30,00 4,00 8,00 10,80 11,50 16,50 6,00 6,00 3,50 4,00 6,00 10,00 30,00 6,00 4,80 36,00 6,00

1,00 3,00 1,00 1,00 3,00 3,00 1,00 1,00 2,00 1,00 1,00 1,00 2,00 1,00 1,00 1,00 1,00

30,00 12,00 8,00 10,80 35,00 39,50 6,00 6,00 7,00 4,00 6,00 10,00 60,00 6,00 4,80 36,00 6,00

385,58m²

.URGÊNCIA

TOTAL

Área externa para embarque e desembarque de ambulância Área para Guarda de Macas e Cadeiras de Rodas Sala de Espera e Atendimento Sanitários acessíveis (masc., fem., inf.) Sala de Triagem Sala de Higienização dos pacientes Área de Escovação Sala de Urgência com 2 leitos Sala de Curativo e Suturas Sala de Aplicação de Medicamentos Sala de Exame Diferenciado Sala de Observação com banheiros ( fem., infantil) Posto de Enfermagem e Prescrição Médica Sala de Utilidade (expurgo) Sanitários Funcionários (mas. e fem.) Farmácia Setorial Rouparia Setorial Sala de Equipamentos Sala de Gesso Sala de Raio X (vestiário, exame, deposito de chapas, controle) Sala de Laudo Sala de Serviço Social Sala de Reidratação (3 pacientes) Sala de Inalação (6 pacientes) DML

TOTAL

43,00 3,00 30,00 3,00 8,00 8,00 3,50 25,00 9,00 5,50 7,50 25,50 8,00 8,00 3,00 4,00 4,00 4,00 10,00 9,00 6,00 6,00 18,00 36,00 2,00

1,00 1,00 3,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 2,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00

43,00 3,00 90,00 3,00 8,00 8,00 3,50 25,00 9,00 5,50 7,50 51,00 8,00 8,00 3,00 4,00 4,00 4,00 10,00 9,00 6,00 6,00 18,00 36,00 2,00

416,65m²

.DIAGNÓSTICO

NECESSIDADES

Patologia Clinica Laboratório de analises clinicas

Imagenologia Sala de Eletrocardiograma e Eletroencefalograma Sala de Ultrassonografia Consultório indiferenciado com sanitário anexo Sala de laudos e interpretação

Centro Cirúrgico e Obstétrico Recepção Troca de Macas Indução e Recuperação Anestésica (03 leitos) Sala de cirurgia (porte médio) Escovação Posto de Enfermagem e Serviços Sala Utilidades (Expurgo) Banheiro de Barreira Masculino Banheiro de Barreira Feminino Sala de Estar Medico e Enfermagem Sala de expectação (pré-parto) Sala de parto Sala de cuidados do recém nascido Escovação Sala Administrativa Arsenal Deposito de Equipamentos DML

1,00 1,00 1,00 1,00

5,00 30,00 12,00 10,00

5,00 30,00 12,00 10,00

1,00

35,00

35,00

1,00 1,00 1,00 1,00

12,00 12,65 16,60 10,00

12,00 12,65 16,60 10,00

1,00 1,00 1,00 2,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 2,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00

15,00 13,00 20,00 25,00 1,10 6,00 6,00 8,00 8,00 12,00 18,00 14,00 10,00 1,10 10,00 73,45 10,00 2,40

15,00 13,00 20,00 50,00 1,10 6,00 6,00 8,00 8,00 12,00 18,00 28,00 10,00 1,10 10,00 73,45 10,00 2,40

484,44m²

TOTAL

.INTERNAÇÃO

. AMBULATORIAL

03.

Programa de

Área para registro de pacientes Sala espera pacientes e acompanhantes Sanitários para pacientes e acompanhantes Depósito de equipamentos e materiais

Estar visitantes Sala administrativa Sanitários Publico acessíveis (fem., masc., família) Sanitários funcionários (masc., fem.) Quarto de plantão com banheiro privativo (masc., fem.) Área para macas e cadeira de rodas Deposito de equipamentos e materiais Copa de distribuição Posto de enfermagem e Prescrição Medica Sala de serviço (expurgo) Sala de exames e curativos Enfermaria Lactentes com um leitos e banheiros Enfermaria Lactentes com dois leitos e banheiros Enfermaria Lactentes com três leitos e banheiros Enfermaria gestantes com um leito e banheiro Enfermaria gestantes com dois leitos e b anheiros Enfermaria gestantes com três leitos e banheiros Quarto isolamento com antecâmara e banheiro (1 leito )

UTI Neo-natal e Obstetrícia Posto de enfermagem e Prescrição Medica (neonatal) Área coletiva de tratamento com quatro leitos (neonatal) Quarto isolamento com antecâmara e banheiro (1 leito) (neonatal) Sala de Higienização e preparo de material (neonatal) Posto de enfermagem e Prescrição Medica (obstetrícia) Área coletiva de tratamento com quatro leitos (obstetrícia) Quarto isolamento com antecâmara e banheiro (1 leito) (obstetrícia) Rouparia Deposito de Equipamentos Quarto de plantão com banheiro Sanitário funcionários (mas. e fem.) Sala Administrativa Copa / Lactário DML Rouparia Setorial Sala de Utilidades

TOTAL

15,00 6,00 3,00 2,00 6,00 10,00 10,00 10,00 8,00 8,00 10,00 10,00 13,00 20,00 10,00 14,00 24,00 42,00

2,00 2,00 3,00 4,00 2,00 2,00 1,00 1,00 2,00 2,00 2,00 4,00 4,00 4,00 4,00 4,00 4,00 2,00

30,00 12,00 9,00 8,00 12,00 20,00 10,00 10,00 16,00 16,00 20,00 40,00 52,00 80,00 40,00 56,00 96,00 84,00

14,00 42,00 15,00 6,50 13,50 41,00 15,00 8,60 9,00 24,00 8,60 9,00 9,00 4,00 8,60 6,00

1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 2,00

14,00 42,00 15,00 6,50 13,50 41,00 15,00 8,60 9,00 24,00 8,60 9,00 9,00 4,00 8,60 12,00

1.106,04m²


60,00 6,00 4,00 6,00 30,00 10,00 4,00 10,00

Área para armazenagem e distribuição

2,00

Área de recepção e inspeção de equipamentos, Equipamento

30,00

Sala de preparo e guarda de cadáver Área externa para embarque de carro funerário

14,00 21,00

Banheiros com vestiários para funcionários (Mas. e Fem.) Sala administrativa

20,00

Central de Administração de Materiais Manutenção Necrotério Apoio

Limpeza e Zeladoria

Depósito de material de limpeza com tanque (geral) (DML) Sala de preparo de equipamentos / material Abrigo de recipientes de resíduos ( lixo )

Segurança e Vigilância

Área para identificação de pessoas e/ou veículos

Infraestrutura Predial

Sala para subestação elétrica Casa de bombas / máquinas Área para tanques de gases medicinais Área para centrais de gases (cilindros) Garagem para Ambulâncias (opcional)

25,00 4,00 4,00 4,00 6,00 4,00 10,00 6,00 6,00

Estacionamento

1,00 2,00 1,00 2,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 2,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 50,00

.APOIO TÉCNICO

TOTAL Setor de Nutrição e Dietética (cozinha) Lactário Recepção e inspeção de alimentos (triagem) Despensa de alimentos e utensílios (12% da área total) Área preparo e cocção dos alimentos (20% da área total) Setor de distribuição de refeições Refeitório Área para recepção, lavagem e guarda de louças Área para recepção lavagem e guarda de carrinhos Área para lavagem e guarda de panelas e utensílios Apoio Nutrição (12% da área total) Sanitários para funcionários (mas. e fem.) DML Sala administrativa (nutricionista) Sanitários para o refeitório Farmácia Recepção e inspensão de medicamentos Armazenagem e controle Central de Material Esterilizado (CME) Recepção de materiais sujo Banheiro de Barreira sujo (masc. E fem.) DML para o setor de esterilização suja Sala de limpeza e preparo dos matérias Recepção de roupa limpa Banheiro de Barreira limpo (mas. E fem.) Sala de Esterilização Geral Armazenagem e distribuição de materiais DML para o setor de esterilização limpo

TOTAL

60,00 12,00 4,00 12,00 30,00 10,00 4,00

.ADM

. APOIO LOGÍSTICO

Processamento de roupas Sala para recebimento, pesagem, classificação e separação Banheiro de Barreira masculino e feminino (sujo) DML Banheiro de Barreira Masc. e Fem. (limpo) Setor de lavagem de roupas: lavar , centrifugar, secar e passar Sala de armazenagem geral de roupa limpa (rouparia geral) DML Sala administrativa

10,00

20,00 12,00 24,00 24,00 24,00 24,00 11,35 4,35 7,20 11,35

Atendimento ao público e espera da administração Sala de direção Sala de reuniões (12 pessoas) 2,00 m2 / pessoas Sala administrativa (secretária) (4 pessoas) Área para execução dos serviços administrativos clínicos Tesouraria (4 pessoas) Arquivo administrativo Área para controle de ponto dos funcionários Posto policial Arquivo médico.

1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00

TOTAL

2,00

20,00 12,00 24,00 24,00 24,00 24,00 11,35 4,35 7,20 11,35 210,93m²

30,00 14,00 21,00 40,00 25,00 4,00 4,00 4,00 6,00 4,00

Ambulatorial = 11,18% Urgência = 12,08% Internação - 32,07% Diagnóstico = 14,05% Técnico = 13,53% Administrativo = 6,12% Logístico = 12,43%

10,00 6,00 6,00

426,40m²

12,00 12,00 15,00 21,00 36,00 12,00 75,00 3,00 3,00 3,00

1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00 1,00

12,00 12,00 15,00 21,00 36,00 12,00 75,00 3,00 3,00 3,00

6,00 3,00 9,00 20,00

2,00 1,00 1,00 2,00

12,00 3,00 9,00 40,00

33,00 5,00 3,00

1,00 1,00 1,00

33,00 5,00 3,00

3,00 20,00 5,00 3,00 15,00 10,00 3,00

1,00 1,00 1,00 2,00 1,00 1,00 1,00

3,00 20,00 5,00 3,00 15,00 10,00 3,00

466,70m²

243m²

396m²

442m²

198m²

501m²

455m²

1.378m²

Área total do terreno: 9.113,72m² Permeabilidade: 20% = 1.822,744m² Taxa de ocupação: 30% = 2.734,116m² Área a ser construída: 4.556,86m² = 50% do terreno Índice de aproveitamento = 1 Área livre do terreno, destinada a expansão (4.556,86m²) Taxa de ocupação Permeablidade


04.

Zoneamento


ÃO

EIÇ CONC

NCEIÇ DA CO IA R A R. M

ÃO

ÃO EIÇ CONC

RIA DA R. MA

RIA DA R. MA

Subsolo

R. ANTÔNIO CIRILO GOMES

escala gráfica

0

13

26m

R. ANTÔNIO CIRILO GOMES

Térreo

escala gráfica

0

13

26m

Primeiro Pavimento

R. ANTÔNIO CIRILO GOMES escala gráfica

26m

13

0

acesso

amb

ul

a

ên

A divisão dos setores foram feitas de acordo com a distribuição setorial de atividades, tentando manter as conexões mais viáveis a funcionalidade dos serviços necessários para melhor atender a demanda e ofertar as condições de trabalho dignas e confortáveis no deslocamento. Esse planejamento é mais do que tudo a junção logica de conectividade, lógica, acessibilidade e conforto.

acesso

dia e t gn er

apo

lo

io

g ico

cnico

administ

o

acesso

ist

a

tiv

r

inter

tico ós pia a

na

rial

o

a

urg

to

çã

ci

O fluxograma ao lado, representa as ligações da edicação em questão, interligando seus setores em forma de conexões. Foi proposto a partir do estudo feito com as necessidades de cada setor e seus fluxos. Observamos que as conexões entre os setores de atendimento, sendo eles, o ambulatorial e de urgência, com o setor de diagnóstico e terapia. Sendo este ligado ao setor de internação como aos setores de serviço.


05.

IMPLANTAÇÃO


ACESSO SERVIÇO

04

05

06

p çã o C o n ce r ia d a a M . R

p çã o C o n ce r ia d a R. Ma

01

ACESSO AMBULATORIAL

R. Antônio Cirilo Gomes

subsolo

escala gráfica 15

0

30m

03

ACESSO URGÊNCIA

térreo térreo

R. Antônio Cirilo Gomes

escala gráfica 0

15

30m

A implantação do edificio em questão foi pensada primeiramente a favorecer os condicionates ambientais presentes no local. Se utilizou da topografia existente para compor a forma geométrica da mesma. A inserção também foi pensada de modo a favorecer o funcionamento do hospital, possibilitando assim, um bom fluxo interno favorencendo não só a quem irá trabalhar como os pacientes. Pensou-se também na questão de gerar espços verdes e de convivência de modo a humanizar o hospital, criando maior relação com a natureza.

04

07

ACESSO URG.

02

02

08

p çã o

02

n ce d a Co ia r a M R.

07

primeiro pav. Legenda: 01. Ambulatorial 02. Core 03. Urgência 04. Técnico

05. 06. 07. 08.

Logistico Diagnóstico Internação Administração

R. Antônio Cirilo Gomes

escala gráfica 0

15

30m

Os blocos foram configurados a partir de módulos de 8,00x6,00 metros entre os eixos dos pilares. Esse tipo de modulação permite que os módulos de 8,00m de vão tenham um corredor central de 2,00m podendo os outros 4,00m se distribuirem para ambientes que tenham concepções menores. Assim, cria-se uma circulação fluída por meio de um corredor único. Os pilares possui dimensão de 30x50cm, sendo interligados e estruturados com vigas de 48cm de expessura . Atingindo uma altura de 4,50m de pé esquerdo. Sendo proposto a utilização de estrutura mista entre alvenaria e metal.


06.

Partido Arquitetônico CONCEITO


con to

Para melhor garantir o bem estar dos pacientes do MATIF, buscamos compreender a relação que a natureza tem com a humanidade. Uma paisagem cênica de espaço livre e ao mesmo tempo seguro é o que desejamos nos espaços públicos. Sabendo disso, o MATIF busca relacionar o interior abraçando o seu exterior, de maneira o qual a natureza proporcione o bem estar dos pacientes e acompanhantes através da biofilia, que em grego significa “amor pela vida” .

Utilizamos como partido implantar o edifício de forma que dialogue com todas as faces urbanas, para isso as maiores faces implantadas no sentido norte-sul,aproveitando melhor todas as condicionantes ambientais.A fomra foi distribuída em duas torres paralelas de maiores faces interligadas por uma perpendicular, com essas maiores faces orientados no sentido norte-sul.Os espaços verdes foram dispostos de forma a favorecer não só as atividades interiores do prédio, como também comtemplar o entorno e possibilitar vivências atendendo ao conceito da biofilia. Estes espaços também tem como objetivo serem voltados para a população, como forma de gentileza urbana.

par ti

Telhados interativos proposto com finalidade de promover uma relação do edifício com o exterior. Proporcionando um novo conceito de espaço na arquitetura hospitalar

Estudo da forma:

polígono inicial

Subtração de partes para integrar as áreas verdes

polígono formado

Repetição da forma + adição retangular para atender as areas necessarias e vencer topografia

Espaços criados com intenção de proporciar relação com a natureza. Podendo assim, também ajudar os fatores dos condicionantes ambientes. Bem como, local propiocio para fornecer gentilezas urbanas


07.


BAIXAS PLANTAS


TER R AP LAN AG EM

03 03

.0

503

legenda:

talude

506.0

corte 03

507.0

.0

505

504 .0

aterro

O corte 03, é para mostrar como ficará o talude em relação aos olhos da rua. Onde, será proposto colocar vegetações com objetivo não só de oferecer um paisagismo, como, de barrar a visão de quem está na calçada para dentro do edificio.


C O B E R TA

i = 1% telha de fibrocimento

i = 1% telha de fibrocimento

onc da C a i r R. Ma

e p çã

o

i = 1% telha de fibrocimento

i = 1% telha de fibrocimento

R. Antônio Cirilo Gomes

planta de coberta

escala gráfica 0

15

30m


S U B S O LO

01 02

02

01

subsolo nível -5.00

escala gráfica 0

15

30m


escala grรกfica 0

7

14m


TÉR R EO

01

02

02

nível +4.50

01

térro

escala gráfica 0

15

30m


escala grรกfica 0

14

21m


P R I M E I R O PAV .

01

02

02

nível +5.00

01

primeiro pav.

escala gráfica 0

15

30m


escala grรกfica 0

14

21m


LEG ENDA

01 Recepção ambulatorial

25 Escovação

49 Vestiário

73

Deposito de equipamento

97

02 Área de macas

26 Posto policial

50 Manutenção

74

Estar visitantes

98 Epaço reflexivo

03 Triagem

27 Embarque/Desembarque de ambulâncias

51 Armazenagem de medicamentos

75

Sala de exames e curativos

99 Core

04 Wcs

28 Sala de espera/ registro de paciente

52 Recepção e inspeção de alimentos

76

Enfermaria gestantes 3 leitos

100 Jardim

05 Sala de observação

29 Ultrassonografia

53 Área de preparo e coacção

77

Área coletiva de tratamento com 4 leitos

06 DML

30 Eletrocardograma

54 Recepção, lavagem e higienização

78

Copa lactário

07 Consultório diferenciado

31 Laboratório de analises clinicas

55 Distribuição de refeição

79

Área coletiva de tratamento com 4 leitos Neo.

08 Consultório indiferenciado

32 Sala de laudo

56 Refeitório

80

Sala de utilidades

09 Farmácia

33 Direção

57 Guarda utensilios

81

Depósito de equipamentos

10 Rouparia

34 Arquivo médico

58 Camera fria

82

Sala higenização

11 Posto de enfermagem

35 Arquivo administrativo

59 Dispensa

83

Sala de entrevista

12 Sala de equipamentos

36 Sala de reuniões

60 Recepção e inspeção de alimentos

84

Espera UTI e centro cirúrgico

13 Sala de serviço social

37 Tesouraria

61 Lactário

85

Armazenagem e distribuição

14 Wc's funcionários

38 Atendimento ao público

62 Espaço de Convivência

86 Esterelização

15 Aplicação de medicamentos

39 Serviços adm./ secretaria

63 Sala nutrição

87 Preparo e limpeza

16 Sala inalação/ reidratação

40 serviços adm./enferm./clin./tec.

64 Enfermaria lactantes

88 Anestesia

17 Raio x

41 Embarque/ desembarque de carro funerário

65 Enfermaria gestantes 2 leitos

89 Sala de cirurgia

18 Curativo e sutura

42

Preparo e guarda cadáver

66 Enfermaria gestantes

90 Sala de parto

19 Exame diferenciado

43

Deposito

67 Enfermaria gestantes 2 leitos

91 Sala de cuidado com recem nascido

20 Sala de urgência

44

Sala administrativa

68 Enfermaria lactantes 3 leitos

92 Espectação

21 Recepção urgência

45

Controle de funcionários

69 Enfermaria lactantes 3 leitos

93 Pré parto

22 Sala de higenização

46

Banheiro de barreira

70 Quarto isolamento

23 Expurgo

47

Recebimento e passagem de roupas

71 Quarto de plantão

24 Sala de gesso

48

Centrifugar/ secar/ passar

72 Copa de distribuiçao

Troca de macas

101 Guarita 102 Área para armazenamento de distribuição 103 Lixos e resíduos 104 Preparo de equipamento e material 105 Sala para subtenção elétrica

94 Posto 95 Arsenal 96 Estar medico


08.


CORTES


01

02

02

01 +10.00 +9.50

+5.00

Corredor

+0.50

Corredor

Ambulâncias

Posto de Enf.

-5.00

Corredor Serviço social

corte 01

escala gráfica 0

10.00 +9.50

Atendimento ao público

Centrifugar/ Secar/ Passar

Centrifugar/ Secar/ PassarCorredor

Sala de reuniões

Analises clinicas

Corredor

+5.00

Sala de observação

corte 02

+0.50

Sala de observação

-5.00

escala gráfica 0

10

20m

10

20m


09.


FACHADAS


escala grรกfica 10

0

escala grรกfica 0

10

20m

20m

fachada norte

fachada sul


escala grรกfica 0

10

20m

10

20m

escala grรกfica 0

fachada leste

fachada oeste


09.


VOLUMETRIA


ARQUITETURA E URBANISMO PROJETO VI PROFESSORES : IRTON PINHEIRO E MANOEL FARIAS ALUNAS : ANA CAROLINE LINO E BRENDA CARDOSO 2019.2

Profile for Ana Caroline Lino

Hospital Materno Infantil - MATIF  

O presente trabalho, da disciplina de Projetot VI do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIFACISA, irá apresentar uma proposta de hospital...

Hospital Materno Infantil - MATIF  

O presente trabalho, da disciplina de Projetot VI do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIFACISA, irá apresentar uma proposta de hospital...

Advertisement