Page 46

Para
Entender
as
Mídias
Sociais






45


com
um
velho
amigo
da
escola,
mas
pode
continuar
a
 interagir
com
ele
em
disputas
eletrônicas.
Não
há
mais
 tanto
preconceito
contra
os
jogos.
Cada
vez
mais
se
 aceita
eles
são
importantes
para
o
aprendizado,
a
 felicidade
e
a
vida
em
sociedade.
Até
mesmo
animais
 precisam
de
brincadeiras.
 
 Também
começou
a
ficar
claro
que
os
jogos
não
servem
 apenas
para
a
diversão
e
que
podem
ser
ferramentas
 importantes
para
qualquer
serviço
online.
Um
dos
 pioneiros
da
idéia
é
a
rede
social
Foursquare.
Para
 estimular
que
as
pessoas
registrem
o
lugar
onde
estão,
 ele
oferece
medalhas
e
cria
competições
entre
os
 freqüentadores
mais
assíduos
de
cada
estabelecimento
 (o
vencedor
recebe
o
título
de
“prefeito”).
Outras
 empresas
encheram
seu
site
de
rankings,
barras
de
 progresso,
pontos
e
fases,
iniciando
um
movimento
 polêmico
que
vem
sendo
chamado
de
“gamification”.
 Alguns
acreditam
que
é
uma
forma
de
trazer
mais
 diversão
para
as
redes
sociais:
tarefas
chatas
como
 completar
o
longo
cadastro
de
um
site
como
o
LinkedIn
 ficam
mais
divertidas
quando
você
tem
uma
barra
que
 mede
o
seu
avanço
e
dá
uma
meta
para
cumprir.
Outros
 acham
que
essas
firulas
são
o
que
há
de
menos
 interessante
em
um
jogo.
O
ideal
seria
que
as
empresas
 de
internet
se
preocupassem
mais
em
fazer
coisas
 divertidas
que
em
disfarçar
serviços
sem
a
menor
graça
 com
rankings,
pontos
e
medalhas.
 
 Para
o
bem
ou
para
o
mal,
a
diversão
está
se
tornando
 um
elemento
fundamental
nas
redes
sociais.
A
mistura
 


Para Entender as Midias Sociais  

Livro coletivo sobre assuntos transversais as redes de relacionamento, produzido e publicado por profissionais e pesquisadores da área em ab...

Advertisement