Page 175

Para
Entender
as
Mídias
Sociais




174


universal
para
a
revelação
de
injustiças
reprimidas
e
 censuradas.
 
 Evidentemente
perseguido
pelo
governo
americano,
que
 foi
o
maior
prejudicado
com
as
informações
divulgadas
 no
Wikileaks,
Julian
Assange
foi
acusado
e
preso
por
 praticar
sexo
sem
camisinha,
o
que
na
Suécia
é
 considerado
crime.
 
 O
mais
estranho
dessa
prisão
foi
a
Interpol
ter
tratado
o
 caso
com
urgência,
possivelmente
deixando
“para
trás”
 casos
de
maior
relevância.
 
 Após
sua
prisão,
ele
teve
a
conta
bancária
e
as
doações,
 efetuadas
por
militantes
e
simpatizantes
do
Wikileaks,
 através
do
PayPal,
Visa
e
MasterCard

bloqueadas.
É
 interessante
salientar
que
o
grupo
Ku
Klux
Klan,
que
é
 conhecido
por
suas
práticas
racistas,
ainda
recebe
 doação
da
Visa
e
MasterCard.
 
 Os
bloqueios
foram
o
bastante
para
que
surgisse,
ou
ao
 menos
aparecesse
publicamente,
o
Anonymous
–
um
 grupo
de
hackers
espalhados
pelo
globo
–,
que
tem
como
 objetivo
suportar
as
ações
que
visam
à
liberdade
e
à
 transparência
dos
fatos.
 
 Oito
de
dezembro
de
2010:
este
foi
um
dia
de
orgulho,
 do
qual
toda
a
humanidade
deveria
se
lembrar
pelo
 resto
de
sua
existência.
Com
a
ajuda
do
Twitter
e
 Facebook,
em
pouco
menos
de
uma
hora,
 aproximadamente
500
hackers
estavam
reunidos
no
 


Para Entender as Midias Sociais  
Para Entender as Midias Sociais  

Livro coletivo sobre assuntos transversais as redes de relacionamento, produzido e publicado por profissionais e pesquisadores da área em ab...

Advertisement