Issuu on Google+


frutas

Abacate pág. 6-7

Maçã pág. 16-17

Ameixa pág. 8-9

Morango pág. 18-19

Banana pág. 10-11

Pêra pág. 20-21

Kiwi pág. 12-13

Pêssego pág. 22-23

Laranja pág. 14-15

Uva pág. 24-25


legumes & vegetais

Abóbora pág. 28-29

Couve Flor pág. 38-39

Alho Françês pág. 30-31

Ervilha pág. 40-41

Batata pág. 32-33

Feijão pág. 42-43

Cebola pág. 34-35

Repolho pág. 44-45

Cenoura pág. 36-37

Tomate pág. 46-47


2.60€ KL Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Laurales Família: Lauraceae Género: Persea Espécie: P. americana Nome binomial Persea americana

Regiões de cultivo:

Cultivada em regiões tropicais tais como as Ilhas Canárias a ilha da Madeira.

Características do solo:

Solo leve, profundo, drenado e ligeiramente ácido.

Condições climáticas:

Regiões com chuvas com apróximadamente 1.200 milímetros anuais.

8

Época de colheita:

Janeiro-Dezembro, com ênfase em abril e maio. Os frutos não devem ser colhidos sem pedúnculo, os quais devem ser aparados, deixando-se 6 a 10mm de seu comprimento para facilitar o acondicionamento na embalagem.

Composição nutritiva:

Rica em açúcares e com elevados teores de proteínas, possui ferro, magnésio e vitaminas A, C, E, B6 e A7.

Modos de consumo:

Saladas temperadas, como no guacamole, prato da culinária mexicana, ou como sobremesa, batido com leite e açúcar ou com açúcar e limão, comum em Moçambique e no Brasil.

Parte comestível:

Polpa verde-amarelada, de consistência mole, que envolve a grande semente.

Espécies:

Mais de 500, entre as quais a guatemalteca, a antilhana e a mexicana.

Abacate

O nome do abacate vem da palavra asteca “ahuacatl”


9


2.50€ KL

Ameixa

Regiões de cultivo:

Sul do Brasil, China e locais da Europa mais frios.

Características do solo:

- Terreno elevado e bem exposto ao sol, que seja profundo, permeável e bem drenado. O pH favorável situa-se ao redor de 6,0.

Época de plantio:

Em julho e agosto ou durante o período das chuvas.

Época de poda:

A época indicada para a poda é no inverno, no frio intenso, com geadas e nevadas.

Época da colheita:

Classificação científica: Reino: Plantae Clado: angiospérmicas Clado: eudicotiledóneas Clado: rosídeas Ordem: Rosales Família: Rosaceae Género: Prunus Subgénero: Prunus Espécies: 150

Composição nutricional:

Propriedades laxativas, provitamina A, pectina, carboidratos, magnésio, sódio, potássio.

Modos de consumo:

Consumo natural, conservas, geleias e

10 doces, compotas, sumos e purês.

Para determinar o ponto da colheita, deverão ser tomadas amostras de frutos, cada 2 a 3 dias, de modo a se verificar a evolução da maturação.

Condições climáticas:

A ameixa geralmente atinge melhor qualidade no verão. Os ventos têm que ser amenos, de modo a não afectarem as plantações.


11


0.80€ KL

Banana

Regiões de cultivo:

Madeira, Açores, Brasil, India, América, Filipinas,México, etc...).

Características do solo:

Solos aluviais (Neossolos Flúvicos).Embora parte das necessidades nutricionais possam ser supridas pelo próprio solo, na maioria das vezes é necessário aplicar calcário e fertilizantes químicos.

Época de plantio:

No início da época das chuvas, no entanto não deve ser iniciado em épocas de temperaturas muito baixas.

Época de poda:

A poda da bananeira é realizada com o objetivo de apenas se deslocar a produção, de modo a colocá-la numa época de preços mais favoráveis, o que ocorre normalmente no final do ano.

Época de colheita:

A colheita começa de 10 a 18 meses após o plantio, variando de acordo com fatores como a temperatura.

Condições climáticas:

Exige temperaturas que não estejam abaixo de 10 ºC e que não ultrapassem os 40ºC.

Composição Nutritiva:

- Potássio, cálcio, fósforo,vitaminas A, C, B1, B2, B5 e B6.

Modos de consumo:

Além de consumidas ao natural, as bananas são muito boas para o fabrico de doces, licores e até mesmo são normalmente consumidas cozidas, assadas ou fritas. São diversos os exemplos pelos quais se pode aproveitar a casca da banana, como o brigadeiro, o bolo, a farinha, o bife empanado de casca de banana e vários outros.

Sabias que...? Devido ao elevado teor de potássio na sua composição, as bananas são levemente radioativas!

12

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Liliopsida Ordem: Zingiberales Família: Musaceae Género: Musa Espécies: Origem híbrida (40)


13


1.80€ KL

Regiões de cultivo:

China, Itália, Nova Zelândia, Chile, França, Grécia, Estados Unidos etc...

Características do solo:

O kiwi é um fruto que dá numa trepadeira e que se desenvolve em altitudes que variam de 300 a 1.400m. Ph 5.5.

Características do solo:

O kiwi é um fruto que dá numa trepadeira e que se desenvolve em altitudes que variam de 300 a 1.400m. Ph 5.5.

Época de plantio:

No inverno, no período de chuvas.

Época de olheita:

Os frutos devem ser colhidos quando ainda estiverem bem firmes na trepadeira, podendo-se esperar maturação em 6-8 semanas se em ambiente ventilado ou em 4-6 meses se em frigorífico a 1 ou 2ºC positivos.

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Ericales Família: Actinidiaceae Género: Actinidia Espécie: A. deliciosa Nome binomial Actinidea deliciosa Árvore: Kiwizeiro

14

Composição nutritiva:

Vitaminas C, A, E, B6, niacina, magnésio, potássio, ferro, clorofila.

Época de poda:

No verão, cortando-se os lançamentos do ano após crescimento de 60-80cm. (enrolam-se nos fios de arame. No inverno são eliminados os ramos fracos ou com enfermidades deixando-se os mais vigorosos (com 6 a 8 gemas).

Condições climáticas:

Clima temperado ou subtropical de montanha, é uma planta que prefere temperaturas mais baixas, sendo as melhores entre 15 ºC e O ºC. Precisa de um grande volume de chuvas ou de uma boa irrigação desde que seja bem distribuída durante todo o ano e sem sol directo. Os ventos devem ser brandos.

Kiwi

Tem mais vitamina C que a laranja!


15


Regiões de cultivo:

0.50€ KL

Índia, Espanha, Itália, Roménia, Algarve, África do Sul, Angola, Flórida, Califórnia, Brasil, etc...

Características do solo:

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Sapindales Família: Rutaceae Género: Citrus Espécie: C. maxima C. reticulata

Laranja

A palavra laranja vem do persa narang.

Para se conseguir determinar a necessidade de adubação, deve-se realizar uma análise do solo, para que este receba os nutrientes necessários para que a plantação seja desenvolvida adequadamente. PH de 6.0 a 6.5.

Época de poda:

A laranjeira não necessita de poda de frutificação, apenas de limpeza ou de desbaste. Nestes casos podam-se apenas os ramos mortos ( poda de limpeza ) ou os ramos que atrapalham a colheita. ( poda de desbaste ). Todas as podas devem ser feitas no período de repouso vegetativo e nunca quando a árvore está em flor ou com fruto.

Condições climáticas:

O clima melhor para cultivo fica com temperaturas entre 23 e 32 ºC. Regiões muito quentes, com temperaturas superiores a 32 ºC não são adequadas para o cultivo desta planta.

Modos de consumo:

Sumo, em pó, concentrado, compota, doces, e de forma natural.

Época de colheita:

As variedades Dalmau e Newhall têm a sua época de colheita entre Novembro e Março, quanto às variedades Baía e Jaffa de Fevereiro e Abril e as Valencia Late e Lane Late de Março a Agosto.

Composição Nutritiva:

Sumo, em pó, concentrado, compota, doces, e de forma natural.

16

Época de plantio: Em junho e julho.


17


1.00€ KL

Maçã

Classificação científica: Reino: Plantae Clado: angiospérmicas Clado: eudicotiledóneas Clado: rosídeas Ordem: Rosales Família: Rosaceae Subfamília: Maloideae Género: Malus

Regiões de cultivo:

Ásia Ocidental, Europa, Estados Unidos, Portugal, China, Nova Zelândia, Brasil, etc...

Características do solo:

Solos areno-argilosos e o argilo-argiloso, com pH 6. A área deve ser protegida contra ventos fortes e não pode apresentar uma inclinação acentuada (menor que 20%).

Época de plantio:

A época de plantio é de junho a agosto, com florada nos meses de setembro e outubro.

Época de poda:

A poda ou desbaste deve ser feita quando os frutos jovens estiverem com 1 cm de diâmetro, deixando 2 a 3 frutos nos terminais e 1 a 2 nas laterais.

Condições climáticas:

Regiões de clima frio são as mais ideias. São necessárias 800 horas de frio com temperaturas inferiores a 7.2ºC para uma safra de qualidade.

Época de colheita:

Começa em finais de janeiro e termina no começo de maio, de acordo com as espécies cultivadas.

Composição nutritiva:

Vitaminas A,B1, B2, B6, C, niacina, ácido fólico, cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, zinco.

Modos de consumo: 18

compotas, sumo, em pó, naturalmente, tortas, etc...


19


1.50€ KL

Morango

Características do solo:

O morangueiro é uma planta muito sensível a solos compactos, que reduzem o seu crescimento, asfixiando o sistema radicular. Requer luz solar directa e um solo que permita uma boa drenagem, não sendo aconselhável plantá-los em zonas que se mantenham húmidas durante a primavera, já que este tipo de ambiente frequentemente origina doenças relacionadas com as folhas e raízes do morango.

Época de plantio: Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Rosales Família: Rosaceae Subfamília: Maloideae Género: Fragaria

Época de colheita:

A colheita é feita cerca de 60 a 80 dias após o plantio, dependendo do clima e região. Também influenciam os tratos culturais, a forma de produção e a época de colheita. Esta poderá ser feita de Agosto a Dezembro.

Modos de consumo:

Naturalmente e açucar, em doces, tortas, recheio, bolos, gelados, acompanhados de cereais e outras frutas.

Regiões de cultivo:

Brasil, Portugal, Estados Unidos, Canadá, França, Itália, Austrália, etc...

20

O morangueiro é uma planta muito sensível às condições climáticas. Assim sendo, um plantio que produza bem numa determinada região pode não adaptar-se em outra zona, pois podem surgir pragas ou doenças.

Condições climáticas:

O morangueiro é uma planta muito sensível às condições climáticas. Assim sendo, um plantio que produza bem numa determinada região pode não adaptar-se em outra zona, pois podem surgir pragas ou doenças.

Composição nutritiva:

Vitaminas A, B, C, K, E, magnésio, fósforo, potássio, sódio, carboidratos, cárcio e ferro.


21


1.80€ KL

Regiões de cultivo:

Pêra

Grécia, Brasil, Portugal, etc...

Época de colheita: Dezembro-Abril.

Características do solo:

Não adapta-se bem em solos alcalinos, sendo que o pH mais indicado deve ser entre 5.5 e 6. A multiplicação desta planta é feita através de enxertias, para a obtenção das mudas. Desenvolve-se melhor em solos bem drenados e profundos. Podem ser plantadas em encostas ou próximas a algum tipo de vegetação que proteja dos ventos.

Época de plantio:

Em julho e agosto. O plantio é feito em covas de cerca de 75cm, com um espaçamento médio de 7m entre as linhas e de 6 a 7m entre as árvores. Pode ser utilizado, também, um espaçamento de 4x4m.

Composição nutritiva:

Vitaminas A, B1, B2, B3, C, niacina, sódio, potássio, cálcio, fósforo, enxofre, magnésio, silício e ferro.

Modos de consumo: Classificação científica: Reino: Plantae Clado: Angiospérmicas Clado: Eudicotiledóneas Clado: Rosídeas Ordem: Rosales Família: Rosaceae Subfamília: Maloideae Género: Pyrus

22

Sobresemas, tortas, cremes, gelados, compotas, acompanhada de queijo forte etc...

Época de poda:

As podas são muito boas para esta planta, principalmente nos primeiros anos. Devem ser podadas apenas durante o inverno, quando estiverem sem folhas.

Condições climáticas:

Clima temperado, de preferências locais sem muita humidade.


23


2.70€ KL

Regiões de cultivo:

China, Sul da Ásia, Japão, Sul do Brasil.

Condições climáticas: Temperaturas muito baixas.

Características do solo:

Solos de grandes altitudes depende do local de cultivo, pois o pessegueiro requer temperaturas muito baixas.

Composição nutritiva:

Carboidratos, proteínas, fibras, potássio, vitaminas A, B e C, fósforo, sódio.

Modos de consumo:

Naturalmente, compotas, doces, cremes, perfumes, em pó, etc...

Época de plantio:

Em Abril, em sulcos separados de 30cm onde são colocados os caroços encostados uns aos outros e cobertos com uma camada de 3cm de terra.

Época de muda:

Julho ou Agosto. As mudas são transplantadas para um viveiro, com espaçamento de 1m entre as linhas e 20cm entre elas. Um ano depois de serem semeadas, já podem ser enxertadas com espaçamento de 6x6 ou 7x7m.

Época de colheita:

Setembro - Fevereiro. Deve ser feita nas horas frescas do dia e quando apresentarem uma coloração amarelo-esverdeada ou creme-claro.

Pêssego A palavra pêssego deriva do latim “persicu malum”, que significa “maçã da Pérsia”. Classificação científica:

24

Reino: Plantae Clado: Angiospérmicas Clado: Eudicotiledóneas Clado: Rosídeas Ordem: Rosales Família: Rosaceae Género: Prunus Subgénero: Amygdalus


25


2.80€ KL

Uvas

Regiões de cultivo:

Ásia, Portugal, Açores, Brasil, Oriente Médio, Itália, Patrícia, etc...

Época de plantio:

O plantio pode ser realizado em qualquer época do ano em condições irrigadas, entretanto o plantio no período mais seco reduz a ocorrência de doenças e a necessidade de tratamentos fitossanitários permanentes.

Época de poda:

Uvas rústicas - curta - 2 gemas. - Uvas finas - longa - 6 a 10 gemas.Desbrota - Retirada do excesso de brotação. Amarração - Dos brotos aos arames. Desbaste - retirada de 60% das bagas com auxílio de tesouras especiais (uvas finas).roteção dos cachos - Com folhas de papel impermeável (uvas finas). Pulverizações - Em número variável e dependendo das pragas e doenças.

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Vitales Família: Vitaceae Género: Vitis.L

Características do solo:

Quanto ao solo, deve-se dar preferência às encostas, pouco íngremes, protegido dos ventos dominantes, principalmente do sul. Com relação às condições físicas do solo é possível contornar as deficiências pelo uso de porta-enxertos específicos, bem como as propriedades químicas pelo uso de matéria orgânica e fertilizantes.

26

Época de colheita:

De Outubro a Dezembro.

Condições climáticas:

A videira, exige um período de frio no inverno, quando ocorre a dormência das gemas.Acontece que as atuais variedades cultivadas são originárias de regiões de clima de inverno mais intenso, e outras de clima mais ameno.

Composição nutritiva:

Sais minerais, vitaminas A, C, B1, B2, B3, B6, tiamina, niacina, riboflavina, piridoxina, ácido fólico, etc...

Modos de consumo:

Sumo, doce, vinho, passas, crua.


27


0.80€ KL

Abóbora

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Cucurbitales Família: Cucurbitaceae Género: Abobora Naudin. Espécie: A.tenuifolia Nome binomial: Abobra tenuifolia

Semente da abóbora Regiões de cultivo:

Estados Unidos, China, México e Índia.

Composição nutritiva:

Proteínas, cálcio, fósforo, ferro, vitaminas A, B1, B2 e C.

Modos de consumo:

Assada, em sopas, purés, pratos variados, papas, etc...

Características do solo:

É uma planta trepadeira, rasteira (Cucurbita moschata) que se desenvolve bem em qualquer solo, exceto nos húmidos, mas prefere os sílico-humosos e leves. O pH indicado para esta trepadeira é de entre 5.5 e 6.5.

30

Época de plantio:

Pode ser todo o ano, em regiões de clima quente. Nas mais frias, recomenda-se de Agosto a Março. O espaçamento indicado é de 1,2 a 3m e covas de 50x80cm por 30cm de profundidade. Devem ser plantadas de 3 a 4 sementes, por cova, 5cm abaixo da terra.

Época de colheita:

Só devemos colher as abóboras quando o seu pendúnculo estiver bem seco e sua casca bem dura, lenhosa, o que ocorre em 120 a 150 dias.

Condições climáticas:

A plantação de abóboras é uma cultura anual, que prefere climas quentes e temperados.


31


0.80€ KL

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Liliopsida Ordem: Asparagales Família: Alliaceae Género: Allium Espécie: A. porrum

Regiões de cultivo:

Portugal, Espanha, França, Reino Unido, etc...

Características do solo:

Alho

Francês

Condições climáticas:

Em geral subdividem-se as variedades cultivares de alho-francês em alho-francês de inverno e de verão. Enquanto que o alho-francês de verão é plantado com vista a uma colheita rápida, o alho-francês de inverno é geralmente colhido até à primavera seguinte ao ano em que é plantado.

32

É mais resistente à geada que a cebola. A planta adapta-se facilmente a qualquer tipo de solo, ainda que prefira solos pouco ácidos ou sensivelmente neutros. É aconselhável também que o solo seja bem drenado.

Época de plantio:

Na Primavera: nos meses de Março a Abril. Este é o período ideal para a plantação do alho francês para todos os que vivem no Hemisfério Norte. No Outono: nos meses de Setembro e Outubro, para todos os que vivem no Hemisfério Sul.

Época de colheita:

A colheita do alho francês demora em média cerca de 80 dias após a sua plantação. No entanto, pode iniciar a colheita assim que o vegetal atingir o tamanho de um lápis.

Composição nutritiva:

Potássio, cálcio, fósforo e vitaminas B, C e E.

Modos de consumo:

Em saladas, sopas, purês, batidos, etc...


33


0.80€ KL

Regiões de cultivo:

Portugal, Inglaterra, Índia, China, Japão, etc...

Classificação científica: Reino: Plantae Subreino: Viridaeplantae Infrarreino: Streptophyta Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Superordem: Asteranae Ordem: Solanales Família: Solanaceae Género: Solanum Espécie: S. tuberosum Nome binomial: Solanum tuberosum

Condições climáticas:

É necessária uma temperatura média entre 10°C e 30°C, sendo que a temperatura ideal para a maior produção está entre 18°C e 20°C.

Batata

34

Composição nutritiva:

Ferro, vitaminas C, B1, B2, B3, B6, potássio, fósforo, magnésio.

Características do solo:

Os tipos de solos mais adequados para o plantio de batata são aqueles que oferecem pouca resistência ao desenvolvimento do tubérculo e que são ricos em matéria orgânica, com boa drenagem e aeração. Os solos com pH entre 5.2 e 6.4 são considerados ideais.

Época de plantio:

O plantio geralmente ocorre no início da Primavera nas zonas temperadas e no fim do Inverno nas regiões mais quentes, e nos países tropicais cresce nos períodos mais frios. Em algumas regiões subtropicais onde o relevo é mais elevado, é possível plantar o ano inteiro.

Época de colheita: 150 dias após o plantio.

Modos de consumo:

Cozida, em forma de purê, frita, assada, etc...


35


0.60€ KL

Regiões de cultivo:

Estados Unidos, Brasil, Portugal, etc...

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Liliopsida Ordem: Asparagales Família: Alliaceae Género: Allium Espécie: A. cepa Nome binomial: Allium cepa

Cebola

Características do solo:

A cebola desenvolve-se melhor em solos de textura média e com teores adequados de matéria orgânica. Devem ser livres de impedimentos físicos (camadas compactadas, adensadas e encrostamentos) e de boa drenagem para que favoreçam o bom desenvolvimento das raízes e dos bulbos.

Época de plantio:

O plantio deve ser definida em função da compatibilização das exigências fisiológicas e com as condições ambientais locais e do mercado consumidor. Faz-se no período de Fevereiro a Maio, e a colheita de Julho a Novembro.

Época de colheita:

Normalmente é feita de Julho a Setembro, dependentemente da região. Regiões com boas condições são possiveis ser plantadas todo o ano.

Condições climáticas:

Regiões húmidas, com locais que permaneçam o solo com pelo menos 80% de húmidade.

Composição nutritiva:

Proteínas, gorduras, vitaminas A, B1, B2, B3, C, potássio, fósforo, cálcario, sódio, silício, magnésio e ferro.

Modos de consumo:

A cebola maioritariamente é utilizada com um tempêro, para dar um maior sabor aos cozinhados. É também muito utilizada crua em saladas.

36


37


Regiões de cultivo:

0.50€ KL

Sudeste, Nordeste e Sul do Brasil, Portugal etc...

Características do solo:

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Apiales Família: Apiaceae Género: Daucus Espécie: D. carota Nome binomial: Daucus carota

Cenoura

Não tolera a acidez do solo, portanto o pH ideal é em torno de 6.5. A saturação por bases é de 70 - 80%. O calcário deve ser incorporado de 20 a 25cm de profundidade.

Época de plantio:

Grupo Nantes: a melhor época de plantio é do outono ao inverno. Grupo Kuroda: adaptam bem às condições de pluviosidade e temperaturas elevadas, portanto são indicadas para o cultivo na primavera ou verão. Grupo nacional: são boas opções para o cultivo da cenoura na primavera ou verão.

Época de colheita:

Quando as raízes apresentam-se no ponto de colheita, as folhas inferiores apresentam-se amareladas e as superiores abrem-se, encostando as pontas na superfície do canteiro. Isso ocorre entre 85 a 120 dias após o plantio.

Condições climáticas:

A cenoura germina numa faixa de temperatura variável entre 8 e 30ºC. Para o desenvolvimento ideal das raízes, a variação de temperatura é de 15 a 21ºC. Em condições de temperatura inferior a 15ºC as raízes são mais finas e compridas, e acima de 21ºC são curtas.

Composição nutritiva:

Fibra dietética, antioxidantes, minerais e caroteno, vitaminas A, B2, B3, C, potássio, sódio, cálcio, fósforo, enxofre, cloro, magnésio, silício, ferro.

38


39


1.80€ KL

Regiões de cultivo:

Brasil, Rússia, Polónia, China, Japão.

Época de plantio: No Outono e Inverno.

Couve flor

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Brassicales Família: Brassicaceae Género: Brassica Espécie: B. oleracea

Época de colheita:

A colheita é realizada quando as inflorescências estão totalmente desenvolvidas, com os botões florais ainda unidos (cabeça compacta e ainda firme), realizando o corte no colo da planta e deixando algumas folhas de proteção durante o transporte até os centros de consumo.

Características do solo:

Argilosos, ricos em matéria orgânica e bem drenados. A cultura da couve flor é um pouco tolerante à acidez e ao alumínio, exigindo assim um pH entre 6.0 e 6.8, sendo a adubagem essêncial para uma maior produção.

Modos de consumo:

Cozida em vapor de modo a se conservar todos os nutrientes e vitaminas.

40

Condições climáticas:

A couve-flor é já considerada uma cultura típica do outono-inverno, exigindo temperaturas amenas ou frias. A melhor temperatura é de 14 a 20.

Composição nutritiva:

Carboidratos, açúcares, fibra dietética, proteínas, vitaminas A, B1, B2, B3, B5, B6, B9, potássio, cálcio, zinco, enxofre, sódio, fósforo, magnésio, silício, ferro.

A couve-flor é cultivada no Oriente Médio desde a Antiguidade.


41


1.00€ KL

Regiões de Cultivo:

Ásia Central, Europa, etc...

Composição nutritiva: Vitaminas A, B1, B2, B3, B6, C, K1,hidratos e proteínas.

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Fabales Família: Fabaceae Género: Pisum Espécie: P. sativum Nome binomial: Pisum sativum

Modos de consumo:

As ervilhas são consumidas cozidas ou em forma de sopa ou purê.

Características do solo:

Solo homogéneo, sem diferenças de humidade, acidez e fertilidade. Devese enriquecer o solo com composto e usar fertilizantes orgânicos com baixos níveis de nitrogénio. O pH do solo deve situar-se à volta dos 6.5.

Época de plantio:

No início da Primavera, logo após o final das geadas de Inverno, pois esta é a melhor altura para o desenvolvimento das vagens e de ervilhas saudáveis.

Época de colheita:

A colheita ocorre em torno de 100 dias e quando os grãos secos atingem 13 a 14% de humidade.

Condições climáticas:

As temperaturas para o cultivo das ervilhas situam-se entre os 13 e os 18 graus. Atenção temperaturas elevadas (acima dos 27 graus), pois impedem o crescimento das vagens e o florescimento das ervilhas.

Ervilha

42


43


2.50€ KL

Regiões de cultivo:

Brasil, México, Portugal.

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Fabales Família: Fabaceae Subfamília: Faboideae Género: Phaseolus Espécie: P. vulgaris Nome binomial: Phaseolus vulgaris

O feijoeiro não desenvolve-se bem em solos encharcados, ácidos, sendo assim é preferível as terras boas e leves. Terrenos muito inclinados devem ser evitados, porque favorece a erosão.

Época de plantio:

Pode ser produzido em duas épocas: Feijão das águas- Agosto e Setembro, sob condições normais, acompanhando o início da estação chuvosa. Cultivo da seca- Maio e Junho, sob condições normais, quando se pode contar com o índice de chuva para o desenvolvimento inicial das plantas. Cultivo do inverno-Janeiro e Fevereiro.

Época de colheita:

Condições climáticas:

Temperaturas ao redor de 21° C. Não deve haver excesso de água nem deficiência, sendo ideal que a precipitação pluviométrica atinja aproximadamente 100mm mensais, bem distribuídos durante o ciclo da cultura.

Composição nutritiva:

Proteínas, ferro, cálcio, vitaminas (principalmente do complexo B), carboidratos e fibras.

Feijão

44

Características do solo:

A colheita deve ser feita quando as hastes tiverem secas e quando a maioria das folhas caídas. Nesse ponto, as vagens já estão secas, com coloração amarelo-palha.

Modos de consumo:

Em Portugal, o feijão-comum (Phaseolus vulgaris) é base de sopas e da típica feijoada, ainda em doçaria (por exemplo, o pastel de feijão). As vagens verdes podem acompanhar, cozidas, qualquer prato de peixe cozido, e, cortadas às tiras, em sopa (sopa de feijão carrapato).


45


1.50€ KL

Repolho vem do Espanhol repollo, que por sua vez originava-se do Latim repullus, de repullulare que se traduziria por “produzir folhas em abundância”.

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnaeoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Brassicales Família: Brassicaceae Género: Brassica Espécie: B. oleracea

Repolho Regiões de cultivo:

Brasil, Portugal, Itália, França, etc...

Condições climáticas:

Regiões de clima temperado e humido. A temperatura ideal para a sua germinação é de 13 a 15ºC.

Composição nutritiva:

Vitaminas A, B1, B2, B5, C, fósforo, ferro, cálcio, potássio, sódio, enxofre.

Modos de consumo:

Sopas, conservas, acompanhamentos, massas, etc...

Uso medicinal:

Úlceras internas, abcessos, estômago, nevralgias faciais e dentárias, tuberculose, gota, reumatismo, erisipela...

46

Características do solo:

O mais apropriado para o cultivo do repolho é aquele de textura média, solto, profundo e rico em matéria orgânica. É uma cultura tolerante à acidez, podendo desenvolver-se em faixas de pH entre 5.5 e 6.8.

Época de plantio:

Exigem temperaturas amenas ou frias, por isso o seu plantio deverá ser realizado no Outono ou Inverno.

Época de colheita:

Certos tipos de variedades atingem o ponto de colheita em 50 dias, produzindo cabeças reduzidas. Outras variedades são colhidas cerca de 80 dias depois do seu transplante, produzindo cabeças de maiores dimensões.


47


1.30€ KL

Regiões de cultivo:

México, Portugal, Brasil, Espanha, Itália, etc...

Classificação científica: Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Solanales Família: Solanaceae Género: Solanum Espécie: S. lycopersicum Nome binomial: Solanum lycopersicum

Modos de consumo:

Pode ser servido cru, acompanhado de queijo mozarela ou a colorir uma salada fresca, como ser um ingrediente utilizado para confecionar os mais variados pratos quentes.

Características do solo:

Solo solto e fértil, pelo que aconselha-se que este seja preparado com adubo ou estrume antes da plantação dos tomateiros. Recomenda-se ainda a aplicação frequente de fertilizante ao longo do período de crescimento.

Época de plantio:

As sementes de tomates devem ser semeadas no início da Primavera, cerca de 8 semanas antes da última geada e de preferência num local coberto. Quando os tomateiros atingirem uma altura de cerca de 10cm, devem ser colocados em vasos individuais. Depois da última geada, os tomateiros envasados podem ser plantados no jardim ou horta.

Época de colheita:

Dá frutos entre o início do Verão e o final do Outono e podem ser colhidos sempre que se apresentarem vermelhos e amadurecidos.

Condições climáticas:

Os tomates requerem um espaço com muito sol, mas não calor excessivo, e que esteja abrigado da força do vento.

Composição nutritiva:

Licopeno, vitaminas do complexo A e B, fósforo, potássio, ácido fólico, cálcio e frutose.

tomate

48


49



Catálogo pdf