Issuu on Google+

V SARAU CULTURAL TERRAS DE VERMOIM

DOIS DIAS DE MUITA ANIMAÇÃO

Desporto, saúde e solidariedade

presentes na IV Prova de Atletismo Terras de Vermoim pag. 04 e 05

Ciclismo

AMVE-GARANTIR NORTE Apresenta-se para vencer pag. 05


02

Nota de Abertura

Fevereiro 2012

Editorial

Paulo Azevedo

Caros sócios, Todos nós temos um espírito empreendedor. Todos nós gostamos e procuramos criar, construir, ajudar. Uns com mais tempo, outros com menos, mas no fundo todos gostamos de fazer algo, quer seja com opiniões, com incentivos ou com atos. As associações não são dos dirigentes (da direção), mas sim de todos nós (sócios). À direção cabe a principal responsabilidade, dado que se propôs gerir a

associação durante o mandato para o qual foi eleita, mas todos nós temos a responsabilidade de ajudar a manter este projeto no nível em que se encontra. Os sócios muito têm contribuído para este grau elevado de exigência, aliado a um crescimento sustentável e credível no desporto, na cultura e na ação social. Os sócios podem apoiar de várias maneiras, tendo sempre em conta a disponibilidade de cada um. Neste sentido, apelo à colaboração de todos os as-

Agenda Março - Campeonato Nacional de Cross curto ( Atletismo) Abril - II Festival de Coros da Associação Moinho de Vermoim Maio - Campeonato Nacional de Ciclismo Estrada ( Vila Real) www.Facebook.com

Ficha Técnica Propriedade: Associação Moinho de Vermoim, Rua António Oliveira da Costa, nº 15, Vermoim – 4770- 765 - V.N. de Famalicão Direção: Paulo Azevedo Paginação e arranjo gráfico: José Fernando Silva Fotografia: Bruno Cunha e Miguel Pinto Redação: Filipa Torres Impressão: Crystal Print - Publicidade e Artes Gráficas

sociados que possam ter mais tempo livre e queiram abraçar este projeto. É claro que todos temos as nossas ocupações, os nossos empregos e, nestes tempos difíceis, tudo se torna um pouco mais complicado, mas todos somos úteis e bem-vindos. Acredito que juntos faremos com que esta Associação seja ainda mais forte. Contamos com todos! O presidente, Paulo Agostinho Azevedo

em Educação Física com experiência de vários anos. Esta atividade decorre no Pavilhão Municipal Terras de Vermoim às Segundas e Quartas feiras das 21h00 às 22h00. As inscrições estão abertas e podem ser feitas através do nosso blog ou dos contatos telefónicos habituais. As aulas têm decorrido num clima de bastante animação mas também de empenho por parte de todos os intervenientes. Estamos certos que esta actividade é mais um contributo no serviço à população e na promoção de uma atividade física regular.

No início deste ano a Associação Moinho de Vermoim teve a possibilidade de iniciar a atividade de Ginástica de Manutenção contando já com um número considerável de alunos. Esta atividade surge na sequência de várias solicitações por parte da população em proporcionar uma atividade física regular num horário pós-laboral, de modo a possibilitar a uma prática desportiva que permita uma melhoria da qualidade de vida que é um dos objectivos da AMVE. As aulas são dirigidas pela professora Daniela Simões, licenciada

Acompanhe-nos em: www.moinhovermoim.blogspot.com

O Moinho


O Moinho

Bloco Fotográfico

Fevereiro 2012

Festa do 5º Aniversário da Associação

Alberto Baptista, vence prova internacional em Espanha

Rafael Silva, Campeão Distrital de Corta-mato José Lima, Vice-Campeão distrital de Corta-mato

Momento teatral no V Sarau Cultural

Bento, campeão Nacional de CicloCrosse

Ângelo Ribeiro, Campeão distrital Corta-Mato

Atletas do Moinho vencem titulos nacionais em pista coberta

03


04

Na Mó do Moinho

Fevereiro 2012

O Moinho

Em três, dois, um…Partida! Soa o tiro e corre-se. O atletismo, dizem, é um desporto para todos e como tal as camisolas azuis da AMVE padronizaram as ruas e fizeram-se suar. Entre os que estão pela competição, os que vem pela convivência e amizade e os que fazem unicamente a caminhada, o sentimento de festa generaliza-se e, à “corrida” do dia 23 de Julho que contou com cerca de 1500 participantes, somam-se Rosa Mota, Dulce Félix e Cláudia Pereira. O Moinho foi saber o porquê destas três atletas se juntarem à atividade e que considerações tecem acerca do atletismo e da promoção deste junto dos mais novos.

Rosa Mota

Que motivação a faz estar presente neste tipo de evento?

Em primeiro lugar porque admiro o trabalho destas pessoas. De ano para ano o número de participantes cresce e isso deve-se ao empenho de quem organiza. Respeito estas pessoas e é sempre com muito gosto que cá estou. Considera que o facto de existir a versão “caminhada” ajuda a que se possa reunir uma colectividade maior? Vulgarmente pensa-se que o atletismo é só para quem pode, mas todos podem. Se não corre, anda, se não anda

vem ver quem corre e quem anda. O melhor disto é o facto das pessoas saírem de casa e conviverem. Em meios pequenos, nomeadamente em freguesias como Vermoim, este conceito rebusca as pessoas “do sofá” e dá-lhes uma opção de desporto? Dá-lhes cultura e hábito desportivos. Ajuda a que tenham

a atenção voltada para atividades mais saudáveis e cria uma aprendizagem nas crianças, que neste caso, desde cedo poderão integrar-se na prática física. Apoia qualquer causa desportiva, seja esta com ou sem mediatismo? Costumo dizer que corro por todas desde que sejam pessoas credíveis e onde eu confie no trabalho que desenvolvem, como é o caso. Isto é um ambiente familiar e para a comu-

nidade, eu identifico-me com esse conceito. Gosta de dar conselhos aos mais novos, está atenta à linha de partida, fala com eles… O que leva consigo depois de um dia assim? A oportunidade. Noto que é comum terem medo da competição em si, medo do tiro. E a minha função é estimulá-los

no sentido de participarem, de ganharem gosto pela atividade física. Muitas vezes digo aos pais, quase sempre mais entusiasmados que os próprios filhos, que não os pressionem para ganharem e sim que os encorajem para estarem presentes. Acredita que a recessão económica possa suprimir, um pouco, a prática desportiva com custos elevados, e dar novo alento ao atletismo? Tenho tido conhecimento de

provas que deixaram de se realizar devido a cortes no financiamento por parte dos patrocinadores e lamento bastante. Aqui, tem sido uma boa surpresa e a aderência tem crescido. Quero acreditar que a festa se irá repetir [risos]. No final, os prémios. Nas mãos dos vencedores, tanto Dulce Félix como Cláudia Pereira deixaram não só troféus, bem

como o exemplo de empenho e esforço – “o atletismo é feito de exigência pessoal diária, se hoje não for correr, amanhã já não será a mesma coisa, amanhã não estarei tão apta”, assegura Dulce Félix. Cláudia Pereira concorda e acrescenta ainda “Estou aqui hoje e lembro-me que um dia fui um daqueles meninos, o pé ansioso na partida, o entusiasmo das pessoas que me vinham ver. É bom ver esse sentimento espelhado nas caras deles”. Filipa Torres


O Moinho

Fevereiro 2012

IV PROVA DE ATLETISMO TERRAS DE VERMOIM

IV PROVA DE ATLETISMO TERRAS DE VERMOIM A Associação Moinho de Vermoim (AMVE) organizou no passado dia 23 de Julho de 2011 a IV Prova de Atletismo Terras de Vermoim. A Prova estava englobada no V Sarau Cultural Terras de Vermoim. Foi uma tarde muito animada com milhares de participantes que deram um grande brilho às Ruas de Vermoim e Castelões. A primeira iniciativa foi a Caminhada que contou com mais de um milhar de participantes. Com o Lema “Desporto, Saúde e Solidariedade”, as

pessoas cada vez mais participam na nossa Prova, sendo já conhecida como uma referência nas Provas de Atletismo. A moldura humana que assiste às provas tem vindo aumentar de ano para ano e tornase um espectáculo as provas de vão decorrendo durante o dia. Foram mais de 500 atletas aqueles que participaram na vertente competitiva da IV Prova de Atletismo Terras de Vermoim. Desde os Minis, até aos Veteranos, passando pela inovadora Corrida de Cadeiras

Classificações Individuais da IV Prova de Atletismo Terras de Vermoim

Minis Femininos – Leonor Costa – CDCC Minis Masculinos – Gonçalo Oliveira – Ind. Benjamins Femininos – Beatriz Félix – JAM Benjamins Masculinos – Diogo Rosário – SCB Infantis Femininos – Ana Nunes - CDCC Infantis Masculinos - Miguel Constante – ARLVG Iniciados Femininos – Elsa Maia – G.T. Iniciados Masculinos – João Pereira – AMVE Juvenis Femininos – Jéssica Lopes – LFC Juvenis Masculinos – Hélder Costa – GRAC Juniores Femininos – Joana Fernandes – SCB

de Rodas, foi sem sombra de dúvidas a melhor prova que realizamos desde a nossa existência. Como em todos os anos a AMVE homenageia figuras do Atletismo e do Desporto Nacional, sendo que nesta edição marcaram presença Rosa Mota, Dulce Félix, Cláudia Pereira, Augusto Antunes, Alberto Baptista e Carlos Costa. Foram momentos únicos vividos nesta IV Prova de Atletismo, sendo que no próximo ano irão existir novidades nas comemorações da V Pro-

va de Atletismo Terras de Vermoim. Esta prova já recebeu desde Campeões Olímpicos, a Campeões do Mundo e referências no Desporto Nacional, sendo que continuamos muito motivados para que de ano para ano a prova melhore e seja uma referência no Atletismo Nacional. Uma palavra de reconhecimento para os Sponsors e todos os atletas que ao longo da época honraram a camisola da AMVE.

Juniores Masculinos – Ângelo Ribeiro – AMVE Seniores Femininos - Cláudia Pereira – SCB Seniores Masculinos – Manuel Magalhães – NAJ Veteranas – Amélia Granja – G.T. Veteranos I – António Silva – Ind. Veteranos II - Casimiro Galhardo – ARES Cadeira de Rodas – Alberto Baptista – AMVE Classificação Colectiva da IV Prova de Atletismo Terras de Vermoim Masculinos – Associação Recreativa Estrelas do Sul Femininos – Sporting Clube de Braga

SECÇÃO DE CICLISMO: AMVE-GARANTIR NORTE A Secção de Ciclismo foi criada na fundação da AMVE. Desde o inicio com grande implantação e com tradições, sendo que nos últimos dois anos a secção ganhou relevo no panorama Nacional participando

em provas pelo país e em Espanha. Na actualidade é uma das secções com mais visibilidade e que com frequência obtém resultados. A secção será composta por 10 atletas na competição, onde irão realizar provas de ci-

Atletas da Secção de Ciclismo 2012: António Bento – Campeão Nacional de Ciclocrosse e Vice-Campeão Nacional de Estrada Masters C Andraz Herczog - Elite Luís Ribeiro - Elite Paulo Braga - Júnior António Moreira (Ex. Póvoa Btt) – Master B Hugo Marques (Ex. Fundiarte) – Master A Gabriel Castro – Master A Pedro Mendonça - Elite Carlos Fontes – Master A João Miranda – Master A

clismo de Estrada, BTT XCO E XCM, Ciclocrosse e Ciclismo de Pista. Num passado recente tivemos ciclistas com vitórias importantes a nivel nacional e internacional. Estão garantidas as condições para a realização da melhor época de sempre da secção de ciclismo, sendo que

Hugo Marques, ex-Fundiarte

o projecto para a época 2012 será denominado por AMVEGARANTIR NORTE. As apostas da secção são os Nacionais de estrada, o regional do Minho de BTT XCO e os nacionais de BTT XCO. De realçar que teremos mais 10 atletas a promoverem o ciclismo de lazer.

António Moreira, ex-Póvoa BTT

05


06

Cultura

Fevereiro 2012

O Moinho

Sarau Cultural

O V Sarau Cultural saldouse num êxito estrondoso a nível organizativo e de adesão de pessoas. Foram várias centenas de pessoas que se deslocaram à nossa fregue-

pessoas que assistiram e ficam impressionados com o progresso dos nossos meninos ao longo de todos os anos de existência do Coro. De seguida actuaram os alunos da Escola

um espectáculo de música popular portuguesa com uma “roupagem” muito própria com que contagiou e animou todo o público presente. No sábado, 23 de Julho,

sia nos dias 22 e 23 de Julho para assistir aos vários espectáculos que levamos a efeito e às mostras culturais que promovemos. No dia 22 de Julho actuou o Coro Infantil da Associação Moinho de Vermoim com o seu reportório que mais uma vez emocionou todas as

de Dança “Open Dance” que proporcionaram um espectáculo com base em personagens da Disney em que apresentaram todos os estilos de dança ensinados na escola. Para finalizar a noite da melhor forma tivemos a actuação da banda “Coro Mole” que apresentou

foram apresentadas as várias equipas desportivas da AMVE de Ciclismo e Atletismo, assim como as equipas dos vários escalões de futsal do FC Vermoim. Foi a oportunidade de dar a conhecer os atletas que diariamente se preparam para representar da melhor forma a

AMVE e é uma forma de agradecermos tudo o que dão pela Associação. Seguidamente apresentou-se o Desfile de Moda com a presença de algumas figuras bem conhecidas do público português que levou ao rubro as centenas de pessoas que se entusiasmaram com o “glamour” dos modelos, das roupas e acessórios que foram sendo passados ao longo da noite. De realçar os modelos Vermoinenses que desfilaram, Joana Santos, Luísa Braga, Ana Rita Silva e Serginho. Eles são a prova que em Vermoim temos jovens com qualidades para singrar, bastando serem criadas as possibilidades. Para finalizar o V Sarau Cultural em beleza entrou em cena a peça de teatro “Sketch para 3” com Sérgio Ferreira, Joana Almeida e Elisabete Silva que levou ao rubro as centenas de pessoas que não arredaram pé para assistir a mais a este excelente espectáculo. Para finalizar ficou a promessa de repetir o Sarau

Cultural em 2012 com ainda mais empenho e brilhantismo, tentando inovar cada vez mais para tornar ainda mais apelativo e proporcionar momentos de bem-estar, cultura e lazer a todas as pessoas.


O Moinho

Cultura e Desporto 07

Fevereiro 2012

Núcleo de Teatro O Núcleo de Teatro da Associação Moinho de Vermoim está a ultimar as peças de teatro para apresentação. Neste momento estão a decorrer os ensaios das peças “O Pedido de Casamento” e “Os Malefícios do Tabaco” de Anton Tchekov e a peça com base na história de “Peter Pan”. Os responsáveis do Núcleo de Teatro, Sérgio Ferreira e Carlos Silva, estão bastante optimistas com a forma como os ensaios estão a decorrer prevendo-se que terão bastante sucesso e serão motivo de orgulho para todo

o universo da AMVE. Estas peças poderão ser apresentadas em vários locais, estando já a desenvolver esforços para as realizar no maior número de espaços possível e disponíveis para participar em espectáculos para os

quais sejamos combinados. O nosso Coro Infantil está também a preparar inovações no seu reportório com músicas tradicionais portuguesas que cantadas pelas nossas crianças terão um novo encanto e irão fazer as

delícias de todos os públicos para os quais iremos actuar. Em Março iremos realizar o “II Festival de Coros Infantis” com a participação de Coros convidados onde teremos a oportunidade de apresentar as mais recentes interpretações e, tal como no ano anterior, proporcionar um serão bem passado. O Coro Infantil participa anualmente em vários eventos para os quais é convidado e tem recebido várias felicitações das actuações que tem realizado.

Secção de Atletismo 2012

A aposta no Atletismo para o ano de 2012 será uma realidade. São mais de 30 atletas que irão defender as cores do Moinho. Desde os Minis aos Veteranos, são atletas de referência no Atletismo. Recentemente conquistámos títulos Nacionais e regionais, na formação e nos Seniores. Na presente época reforçamos a secção de Atletismo com vários atletas que vieram melhorar a

qualidade da equipa. Iremos apostar ao longo da época 2012 nos Nacionais de Pista Coberta e ao Ar Livre, em provas de Estrada, nos Nacionais

e Regionais de Crosse. Estão garantidas as condições para ser a melhor época de sempre no Atletismo. Iremos continuar a aposta

no Atleta Alberto Baptista que irá participar nos Jogos ParaOlimpicos de Londres 2012.

Atletas da Secção de Atletismo 2012: Rodrigo Rocha - Benjamim José Lima – Vice-Campeão Distrital De Corta-Mato Em Benjamins Rafael Silva – Campeão Distrital De CortaMato Em Benjamins Rodrigo Carvalho - Benjamim Tiago Ferreira - Benjamim Ricardo Pereira - Benjamim Inês Marinho – Vice Campeã Distrital De Corta-Mato Em Benjamins Francisca Ferreira – 3º Lugar No Distrital De Corta-Mato Benjamins Matilde Costa - Benjamim Catarina Lobo - Benjamim Mariana Ferreira - Benjamim

Inês Rosas - Infantil Sara Oliveira - Iniciada Diana Oliveira - Iniciada José Pedro Silva - Iniciado Ana Carneiro - Iniciada Ana Veiga - Iniciada Fátima Almeida - Iniciada Tânia Ribeiro – Iniciada Ângelo Ribeiro – Campeão Distrital De Corta-Mato Longo Juniores Bianca Magalhães - Juniores Lurdes Pereira - Seniores João Antunes - Seniores Luís Carvalho – Vice-Campeão Nacional Em 3000 Metros Pista Coberta Em M35

Pedro Costa – 3º Lugar Nos Nacionais De Pista Coberta De 3000 Metros M45 Agostinho Costa – M45 Jorge Cunha – Vice-Campeão Regional De COrta-Mato Curto Veteranos Adelino Fernandes –M45 Joaquim Costa – Campeão Nacional De 1500 E 3000 Metros Pista Coberta Em M50 Manuel Matos – M55 Manuel Alves – M50 José Costa – M45 Augusto Antunes – Vice-Campeão Nacional De 800 Metros Pista Coberta Em M45


08

Patrocínios

Fevereiro 2012

Publireportagem

O Moinho

Jaime Oculista,

Mais de 20 anos de experiencia, 8 lojas e 25 colaboradores. Estes são números que definem a cuja principal atividade se centra na prestação de serviços de optometria/contactologia e comercialização de material ótico. Jaime Oliveira, sócio fundador e patrocinador pontual da AMVE (Associação Moinho de Vermoim), falou-nos da política empresarial e dos alicerces que sustentam a prossecução da mesma. Desde quando existe a Jaime Oculista e com que objectivos foi pensada? A empresa existe desde Fevereiro de 1991 e surgiu na sequência de um levantamento da necessidade, na área ótica, em Famalicão. Era um mercado onde eu já trabalhava e com o qual me identificava. Aquando da fundação procurei acrescentar algumas valências, ou como costumo dizer, fazer uma coisa com cabeça, tronco e membros [risos] e dotamo-nos desde o início com 3 departamentos; o gabinete de optometria e análise da função ocular, o departamento técnico e ainda o de vendas.

O que caracteriza os profissionais da empresa? Nós sempre tivemos o cuidado de trabalhar com profissionais de conhecimento alargado dentro da área: Optometristas licenciados, técnicos habilitados para a oficina e assistentes de ótica com formação para poderem aconselhar em questões como o visagismo e a função ocular. Para além destes critérios tentamos manter-nos a par das necessidades dos clientes e das soluções que lhes possam ser adequadas. Como define os espaços comerciais que a Jaime Oculista apresenta?

Neste momento estamos numa dinâmica de reestruturação de todos os espaços existentes. Queremos dotá-los com um novo visual. A última intervenção foi em Guimarães, também pelo facto de estarmos preparados para embalar o evento Guimarães, Capital Europeia da Cultura 2012. Considero que os espaços são agradáveis e funcionais e temos tido um bom feedback dos clientes em relação a isso. Especializada, sobretudo, na venda de soluções ópticas, que serviços são oferecidos neste âmbito? Fundamentalmente, um bom serviço de saúde com consultas de optometria em que é re-

alizada uma análise a todos os níveis do sistema ótico. Vemos se a pessoa tem cataratas, se tem alguma retinopatia e conforme o diagnóstico ou encaminhamos para uma área médica, ou fazemos a correcção com auxilio ótico ou não fazemos nada…há pessoas que vêem bem [risos]. Ao nível do concelho, a Jaime Oculista garante diversidade e regalias distintas de qualquer outro espaço de venda? Do ponto de vista tecnológico tentamos estar sempre ao mais alto nível, como os próprios clientes podem verificar. Para tal estamos presentes

em quase todos os certames internacionais, sobretudo Paris e Milão. É uma forma de acompanharmos o que há de novo nas várias vertentes; análise, execução e venda. Como é que as pessoas podem ter acesso às sugestões e promoções da Jaime Oculista? Estamos agora a desenvolver o site, que brevemente estará disponível, onde a relação empresa-cliente sairá reforçada. À margem disso comunicamos as nossa campanhas disponíveis via sms e email. Neste momento até estamos a realizar um inquérito de satisfação aos clientes, em que estes nos devolverão as suas opiniões, com o objectivo de clarificar e melhorar alguns serviços a par do período de certificação da empresa. O que trará essa certificação? Desde 2008 que a Jaime Oculista tem vindo a ser distinguida como PME Líder, sendo que em 2010 e 2011 acumulou também a distinção de PME Excelência. Satisfeitos com esta notabilida-

de decidimos iniciar o processo de certificação. Acima de tudo este mesmo processo visa uniformizar a padronizar o atendimento e a forma de trabalhar em todos os espaços Jaime Oculista. Sente que a colaboração com associações juvenis, nomeadamente com AMVE, é um bom ponto de partida para a divulgação da Jaime Oculista? Esta associação, em concreto, porque é de Vermoim e porque esta é a terra que me viu nascer e onde eu mantenho ainda uma ligação bastante umbilical, poderá contar sempre connosco. Para além da colaboração com a AMVE e outras associações fazer parte da componente social da Jaime Oculista, eu considero que temos que nos manter a para da juventude. Além da juventude ser o futuro, se a conseguirmos cativar, seremos reconhecidos pela mesma. Uma palavra que defina esta empresa? Organização.


O MOINHO - 2ª EDIÇÃO