Page 92

se recusavam a ser chamados de existencialistas, rejeitando o rótulo sob o pretexto de que limitava e banalizava o alcance de sua filosofia. Sartre, que não tinha escrúpulos em que sua filosofia fosse limitada ou banal, foi o primeiro a chamar-se existencialista, no começo dos anos 40. No fim da década esse nome o tornaria mundialmente famoso e era praticamente sinônimo do seu. Sartre reconheceu que Kierkegaard desempenhou um papel no desenvolvimento inicial do existencialismo, mas insistiu em que o seu existencialismo nada tinha a ver com o do dinamarquês. Isso é bastante injusto mas bem o que Kierkegaard teria desejado. A promiscuidade e o ateísmo de Sartre, que tiveram um importante papel na sua vida filosófica, não poderiam combinar com a filosofia de Kierkegaard.

01 kierkegaard em 90 minutos paul strathern  
01 kierkegaard em 90 minutos paul strathern  
Advertisement