Page 34

na carne” e em certo ponto menciona uma “desproporção entre [sua] alma e [seu] corpo”. Só podemos adivinhar os detalhes precisos de sua miséria pessoal, que parece ter incluído a impotência sexual. Alguns alegaram que tudo isso imobilizou Kierkegaard, tornando toda a sua vida e obra um “caso especial”. Nada poderia estar mais longe da verdade. Muito mais plausível é o argumento de que sua miséria pessoal funcionou como um tormento constante, um aguilhão que aumentava o seu sofrimento ao ponto de torná-lo mais intensamente humano. Paradoxalmente, serviu para afastá-lo da vida e, em outro nível, para mergulhá-lo mais intensamente nela. Sua contínua miséria tornou-o ainda mais consciente das futilidades e das profundas implicações

01 kierkegaard em 90 minutos paul strathern