Page 1

Informativo AMOSAD

-

Julho de 2009

-

número 03

Associação ganha site na internet Página na Internet, comunidade no Orkut e perfil no Twitter buscam proporcionar aproximação da Associação com os moradores. Através do site www.amosad.org.br, a Associação publicará notícias, atas de reuniões, balan-cetes, projetos, calendário de eventos e atividades, fotos, vídeos e outros assuntos de interesse dos moradores. Além do site, a Associação dispõe de comunidade no Orkut e perfil no Twitter. O uso dessas novas tecnologias visam facilitar o contato entre a Associação e a comunidade. PÁGINA 05

Sul da Ilha Livre (do trânsito caótico) Gente que faz

Audiência com Secretarias e Vice-prefeito PÁGINA 03

Eloisa Duarte

Morando há 13 anos na comunidade, Eloisa foi uma das responsáveis pela criação da Associação. Ela nos concede entrevista.

SEAF - Seara Espírita Amigos da Fraternidade PÁGINA 06

AMOSAD reali- Deposição Ileza bingo no Res- gal de Entulhos taurante do Avaí no Carianos PÁGINA 05

Já se passaram dez anos desde que foram iniciadas as obras da Via Expressa Sul e o trânsito cada vez fica pior, sobretudo durante a temporada

de verão. Associação propõe três alternativas para facilitar o deslocamento de veículos. PÁGINA 04

AMOSAD negocia implementação de Parque Infantil, Ilha de Ginástica e Estacionamento É um projeto da iniciativa privada em conjunto com entidades locais e poder público. Proposta é criação de uma área de lazer para toda a comunidade. Negociações com empresas e poder publico estão adiantadas.

PÁGINA 08 PÁGINA 04


2

Editorial Opinião ENDEREÇO: Rua Fermínio H. dos Santos, 160 CEP 88047-612 - Carianos Florianópolis-SC Telefone: (48) 9919-1319 8421-5484 E-mail: amosad_fpolis@hotmail.com DIRETORIA: Presidente Cláudio Roberto Vicente Vice-presidente Fernando Anísio Batista 1º Secretário Tiago Cargnin Gonçalves 2º Secretária Joice Jacques Pereira 1º Tesoureiro Cláudio Rodrigues 2º Tesoureiro João Eloi Brand Diretora de Eventos Cleusa Maria Fortunato Diretor de Comunicação Valmir Pedro Machado CONSELHO FISCAL: Membro Titular Eloísa Subtil Duarte

Jornal Passo a Passo convida ao Trabalho Comunitário Em sua 3ª Edição, o Jornal Passo a Passo se firma como importante meio de informação e comunicação para os moradores do bairro Carianos, inspirando aqueles que desejam trabalhar em prol da comunidade. A partir de agora, o Jornal passa a ser distribuído em todo o bairro, permitindo que mais pessoas se atualizem a respeito das lutas da AMOSAD por mais qualidade de vida aos moradores da Ressacada e Carianos. Aos “internautas”, a grande novidade apresentada no jornal é a criação do site da AMOSAD na Internet (www.amosad.org.br). É mais uma forma de conhecer e acompanhar o trabalho da nossa associação. Esta edição apresenta o Movimento Sul da Ilha Livre, um espaço de diálogo e articulação visando a resolução do velho problema do trânsito no Sul da Ilha. Leva ao conhecimento da comunida-

de as ações que vêm sendo realizadas pela AMOSAD, como a recente reunião realizada com o vice-prefeito e com os secretários de obras e da habitação de Florianópolis, visando resolver problemas conhecidos dos moradores, como ruas sem drenagem e pavimentação e dificuldade de locomoção em dias de jogos na Ressacada. Nesta edição criamos o Espaço da Cidadania, iniciando com uma matéria sobre o funcionamento da Câmara de Vereadores de Florianópolis. No Gente que Faz nossa entrevistada é a Conselheira e ex-Vice Presidente da AMOSAD, Eloísa Duarte. Eloísa teve um papel fundamental na constituição e consolidação da AMOSAD, já que por iniciativa sua é que foram realizadas as primeiras reuniões que culminaram com a criação da entidade. No Espaço Entidades, mostramos o belo trabalho reali-

zado pela SEAF - Seara Espírita Luz e Fraternidade. O Jornal Passo a Passo ainda fala do abandono de cães e do depósito ilegal de entulhos no bairro, problemas que só serão resolvidos quando o poder público fizer a sua parte e os moradores realizarem uma fiscalização efetiva sobre os responsáveis. Aliás, somente com a participação de todos é que o trabalho da AMOSAD trará resultados ainda melhores. Por fim, reforçamos o convite para participação no Bingo da AMOSAD, evento que tem como objetivo arrecadar recursos para a grande festa que será oferecida à comunidade no mês de Outubro - o Encontro Intercultural 2009. O bingo acontece no dia 07 de agosto, às 20h30 no Restaurante do Avaí. Como você pode ver, a AMOSAD tem feito muito pelo bairro, e fará bem mais com o seu apoio. Associe-se

“A partir de agora, o Jornal passa a ser distribuído em todo o bairro, permitindo que mais pessoas se atualizem a respeito das lutas da AMOSAD por mais qualidade de vida aos moradores” e participe das nossas atividades. Boa leitura! Cláudio Vicente Presidente da AMOSAD

Membro Titular Anísio Batista Membro Titular Romilda Fernandes

Calendário 2009

1º Suplente Lauro Benedito Dias

Evento

Data

Reunião da Diretoria

01 de Agosto - Sábado

19h (Casa do Cláudio)

GRANDIOSO BINGO

07 de Agosto - 6ª feira

20h30 (Avaí)

Reunião da Diretoria

05 de Setembro - Sábado

19h (Casa do Cláudio)

Reunião da Diretoria

03 de Outubro - Sábado

19h (Casa do Cláudio)

Assembléia Geral

06 de Outubro - 3ª feira

19h30 (Avaí)

Encontro Intercultural 2009

09 e 10 de Outubro 6ª feira e Sábado

Reunião da Diretoria

07 de Novembro - Sábado

19h (Casa do Cláudio)

Reunião da Diretoria

05 de Dezembro - Sábado

19h (Casa do Cláudio)

Eleição da Diretoria

08 de Dezembro - 3ª feira

19h30 (Avaí)

Festa de Natal das Crianças

12 de Dezembro - Sábado

15h (Bar do Chapecó)

2º Suplente Jorge Tadeo Heleno 3º Suplente Karla Ghizoni Bergler JORNAL DA AMOSAD Coordenação: Tiago Cargnin Secretário da AMOSAD Jornalista Responsável: Zulmar Faustino SC 01224 JP

Impressão: Gráfica Rio Sul Tiragem: 2.500 exemplares Distribuição: Carianos

Aniversariantes Horário

(Avaí)

OBSERVAÇÕES: 1. As reuniões da Diretoria são abertas a todos os Associados, mas só podem deliberar (votar) os membros da Diretoria. 2. As Assembléias Gerais são abertas a todos os moradores, mas só podem deliberar (votar) os Associados da AMOSAD.

JUNHO 02 - Fernando Anisio Batista 05 - Erick Julien Martins Neves 05 - Suzana Rodrigues Teixeira 08 - Clarinda Maria Reinehr Brand 10 - Alzemiro Anisio Batista 12 - Antonio Carlos Rodrigues 30 - Graziela da Silva Varella Batista JULHO 02 - Izoir da Luz Moraes 04 - Tania Regina dos Santos 07 - Lauro Benedito Dias 14 - Carlos Gomes de Magalhães Junior 15 - Marlene Dorvalina Rodrigues 17 - Kelita Bueno Batista 26 - Fabricio Merizi 27 - Claudio Rodrigo Machado 28 - Cláudio Rodrigues 30 - Valdenésio Wagner Filho 31 - Tânia Mara dos Santos


Geral 3 AMOSAD em Ação

Comunidade em Audiência com Secretarias e Vice-prefeito Em pauta estava a cobrança de benefícios para a rua Celso Martins da Silveira prometidos desde 2004. Compromisso é solucionar os problemas em um mês A AMOSAD e um grupo de moradores da Rua Celso Martins da Silveira estiveram reunidos no mês de julho com o Vice-prefeito de Florianópolis e Secretário Municipal de Transportes, Sr. João Batista Nunes, o Secretário Municipal de Obras, Sr. José Nilton Alexandre (Juquinha) e o Secretário Adjunto de Habitação, Sr. Nelson Bittencourt. Na pauta a falta de rede de água, drenagem e pavimentação na Rua Celso Martins da Silveira, prometidas desde 2004. A rua já esteve várias vezes no orçamento municipal, já foram encaminhados três

ofícios à Secretaria de Obras em outras ocasiões, e até hoje não foi feita a drenagem e pavimentação de um pequeno trecho com menos de 100 metros. Uma das saídas da rua está intransitável e a outra fica bloqueada em dias de jogo do Avaí, além do risco de ser fechada em função da criação de um estacionamento no local. A conversa deu frutos, e de imediato ficou definido que será feita drenagem e pavimentação em regime de mutirão. A Secretaria de Obras se comprometeu em adquirir e repassar todo o material aos moradores da rua em um pra-

zo de pouco mais de um mês. Os moradores realizarão a obra. No dia seguinte, a AMOSAD já encaminhou o pedido de ampliação da rede de água à CASAN, e o Secretário de Habitação assumiu o compromisso de garantir junto à Presidência da Companhia que esta ampliação aconteça em prazo recorde para que os moradores possam proceder com as obras de drenagem e pavimentação. Na ocasião o Presidente da AMOSAD, Sr. Cláudio Vicente, também entregou ao Secretário de Obras um ofício acompanhado de registro fotográfico e abaixo-

assinado dos moradores da Rua Aurino Máximo Nauck, solicitando uma melhoria emergencial na rua, que está com invasão de vegetação e bastante esburacada. O bom resultado da conversa com os órgãos de governo, que foi precedida pela mobilização de todos os moradores da rua, se deu em função do senso de organização e participação dos mesmos, a exemplo dos Srs. Carlos Junior, Anésio e Isaías. Estes moradores sempre participam das atividades da AMOSAD, são associados, se fazem presentes às reuniões e sempre buscam auxílio da Associação

mal, atualmente instalada no recém-inaugurado Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Florianópolis. Além de contar com cães e gatos para adoção, o CCZ possui projetos de castração, vacinação, acompanhamento e atendimento domiciliar de animais cujos donos possuem renda familiar inferior a 3 salários mínimos, ou dificuldade de locomoção.

Vida de Cão Cães abandonados na comunidade podem ser recolhidos, tratados e colocados para adoção Mesmo sendo classificado como crime previsto em lei federal, muitas pessoas abandonam cães, na maioria das vezes filhotes ou cães mais velhos. As pessoas alegam não ter condições de criar os recém-nascidos ou afirmam que o cão idoso não necessita mais de grandes cuidados. Ao invés de entregar os animais renegados às instituições competentes, abandonam semanalmente dezenas de cães em terrenos baldios ou em localidades como o bairro Carianos, geralmente nas proximidades do estádio do Avaí. Segundo Marco Ciampi, Presidente da Associação Humanitária de Proteção e Bem-Estar Animal (Arca Brasil), trata-se de “um fenômeno tipicamente urbano. Para acabar com a solidão das grandes cidades, as pesso-

as decidem ter um bicho de estimação. Depois de um tempo enjoam e se livram dele, como um objeto que não querem mais”. Os animais recolhidos, quando confirmado que sofrem de alguma patologia irreversível, são sacrificados. Os considerados saudáveis são castrados, vacinados e vermifugados. Mesmo assim a procura pela adoção desses animais ainda é muito inferior à oferta. Já existem ONGs que fazem o trabalho de conscientização da população sobre a importância da posse responsável. Espera-se que as pessoas reflitam antes de abandonar seu animal. Um cachorro, como qualquer outro animal de estimação, precisa de muito amor e de alguém responsável que tome conta dele. Só o fim do abandono exacer-

quando necessário. Este é o espírito de quem acredita e faz sua parte para tornar o bairro um lugar melhor pra se viver. Por mais que toda Associação de Moradores tenha uma capacidade limitada de resposta, ela é sempre o melhor caminho para organização popular e reivindicação de direitos junto ao poder público. A AMOSAD acompanhará de perto as ações da Prefeitura Municipal para garantir que os prazos acordados sejam cumpridos, para que em breve os moradores da Rua Celso Martins da Silveira possam ter uma melhor condição de vida.

Coordenadoria do Bem Estar Animal ONGs também acolhem os cães, tratam e os colocam para adoção bado vai parar o sacrifício de animais inocentes. O abandono ou mal-trato de animais deve ser denunciado à Coordenadoria do Bem Estar Animal, da Prefeitura Municipal de Florianó-polis. Se possível devem ser coletadas provas, que levadas à delegacia de polícia mais próxima são utilizadas na elaboração do boletim de ocorrência, que poderá ser entregue à Coordenadoria. As denúncias tam-

bém podem ser feitas diretamente à AMOSAD. Você também pode colaborar diretamente nessa luta de proteção aos animais. Adote um cãozinho abandonado, ou pelo menos ajude a castrar os animais que vivem na rua, evitando que se reproduzam descontroladamente. Essas ações podem ser feitas e orientadas com o auxílio da já citada Coordenadoria do Bem Estar Ani-

Atendimento de segunda à sexta, das 8 às 18 horas. Local: Centro de Controle de Zoonoses de Florianópolis. SC 401 - ao lado do Cemitério do Itacorubi Florianópolis / SC. Fone: (48) 3237-6890 FAX: (48) 3234-5677. E-mail: bemestaranimal @pmf. sc.gov.br. Site: www.pmf.sc. gov.br/ bemestaranimal/.


4

Geral

Sul da Ilha Livre (do trânsito caótico) Já faz dez anos que foram iniciadas as obras da Via Expressa Sul e o trânsito só fica pior Para deslocar-se diariamente entre o Sul da Ilha e outros locais da cidade é preciso ter muita paciência. Se for verão, com a chegada de milhares de carros de turistas, a paciência tem que ser maior ainda. Se for dia de jogo do Avaí na Ressacada, é preciso multiplicar a paciência e se conformar com a situação, que se estende por mais de uma década. Desde a época em que foram iniciadas as ações para a construção da Via Expressa Sul, até hoje, mais de 10 anos se passaram, e o que se tem é uma obra inacabada e cuja capacidade de resolver por definitivo o problema do trânsito para

o Sul da Ilha é bem limitada. O problema poderá ser resolvido se forem levadas a cabo em conjunto as 3 obras atualmente discutidas: 1. Construção do Elevado da Seta. 2. Conclusão da Via Expressa Sul até o Carianos e implantação do acesso ao Sul da Ilha através do acesso ao novo terminal de passageiros do Aeroporto Hercílio Luz. 3. Construção da terceira pista no Rio Tavares. Em 2007 o Governo Federal disponibilizou recursos da ordem de 22 milhões de reais para a conclusão da Via Expressa Sul, dinheiro não utilizado por falta de mobilização das autoridades em nível Estadual e Municipal. O que mais falta para que as obras anunciadas sejam efetivamente realizadas é mobilização

É neste contexto que a AMOSAD - Associação dos Moradores do Santos Dumont - criou o Movimento "Sul da Ilha Livre", um espaço de discussão e mobilização em torno do problema do trânsito na cidade, com destaque para o Sul da Ilha. A primeira grande reunião acontecerá no dia 09/ outubro, no restaurante do Estádio do Avaí, com presença de diversas autoridades em nível municipal, estadual e federal, representação de moradores e movimentos sociais, além de entidades de classe e especialistas técnicos. A reunião faz parte da programação oficial do Encontro Intercultural 2009. No âmbito do movimento já estão sendo empreendidas algumas ações emergenciais em conjunto com a Secretaria Municipal de Transportes, sobretudo em dias de jogo do Avaí, como a criação de um bolsão de estacionamento na Via Expressa Sul, com baldeação de torcedores por meio de

Engarrafamento na Via Expressa Sul: um desafio diário linhas de ônibus especiais. Em conjunto está sendo proposta a proibição de estacionamento de carros em via pública na Ressacada, o que também viabilizaria que o ônibus de linha entrasse nas ruas do Santos Dumont em dias de jogo, acabando com a falta de respeito com o usuário, que hoje precisa caminhar do

trevo da Rodovia Diomício Freitas até sua casa todas as vezes que há jogo. A AMOSAD convida todos os moradores e entidades do Carianos e de todo o Sul da Ilha a apoiarem esta idéia. Sul da Ilha Livre, um espaço democrático para fazer acontecer. Mais informações: www. amosad.org.br.

AMOSAD negocia áreas de lazer para a comunidade O presidente da AMOSAD, Cláudio Vicente, recebeu na comunidade o Sr. Neri José Negri, proprietário da empresa de publicidade Dito e Feito. Na ocasião discutiram a possibilidade de implementação de um parque infantil na comunidade da Ressacada, no terreno público localizado em frente ao residencial 14 Bis. É um projeto da iniciativa privada em conjunto com entidades locais e poder público. Em troca da implantação dos equipamentos, a comunidade e o poder público autorizariam a instalação de placas publicitárias no local. Além da instalação do parque, a associação dos moradores receberia uma parcela dos recursos repassados pelos anunciantes. Além disto, o Instituto Avaí

Localização do terreno pleiteado e do local para Área de Lazer. recebeu da Unimed e repassou à AMOSAD uma ilha de ginástica, composta por al-

guns aparelhos alongadores e aeróbicos que se tornariam mais uma alternativa

para a prática de atividade física pela comunidade. Esta ilha de ginástica também poderia ser implantada no referido terreno. A partir daí, a AMOSAD passou a estudar a possibilidade de implantar tanto o parque infantil quanto a ilha de ginástica neste terreno localizado entre a Avenida do Contorno da Ressacada e a Rua Arco-Íris. O projeto integraria ainda um estacionamento para os dias de jogo do Avaí, a ser administrado pela entidade. O estacionamento, junto com o parque infantil, gerariam recursos para aplicação exclusiva na construção da área de lazer, quadra de esportes e pista de caminhada, integrada ao Mini-centro Multiuso, uma vez que o prefeito Dário

Berger se comprometeu apenas com a obra civil do Multiuso, ou seja, o restante do projeto ficará a cargo da AMOSAD. Uma vez concluída a Área de Lazer, o estacionamento seria substituído por novo equipamento público para uso da comunidade. A diretoria da AMOSAD negociará com a Prefeitura de Florianópolis a possibilidade de utilização desse terreno, a fim de proporcionar novos locais de convivência e bem-estar à nossa comunidade. No entanto, há algumas barreiras legais a serem transpostas para que o projeto seja viabilizado. Se aprovado o uso do terreno, a AMOSAD irá detalhar a proposta junto à comunidade em Assembléia Geral.


Geral 5

AMOSAD Passo a Passo está na Internet Utilização de novas tecnologias como a criação de site, Orkut e Twitter visam mostrar os trabalhos realizados e aproximar os moradores da Associação

É caminhando passo a passo com a comunidade que crescemos juntos com você. Por isso, na terceira edição do Jornal Passo a Passo estamos lançando oficialmente a página da AMOSAD na internet. Confira no endereço www. amosad.org.br notícias, um pouco sobre nossa história, atas de reuniões, balancetes, projetos, calendário de eventos e atividades, fotos, vídeos, podcast, espaço para anunciantes e formulários de contato. O site constitui-se em mais um canal de comunicação entre a AMOSAD e você. Segundo o Wikipedia (enciclopédia eletrônica), a Internet tem possibilitado a formação de novas formas de interação, organização e atividades sociais, graças as suas características básicas, como o uso e o acesso difundido. Redes sociais, como Twitter e o Orkut têm criado uma nova forma de socialização e interação. Os usuários desses serviços são capazes de adicionar uma grande variedade de itens as suas páginas pessoais, de indicar interesses comuns, e de entrar em contato com outras pessoas. Também é possível encontrar um grande círculo de conhecimentos existentes, especialmente se o site permite que usuários utilizem seus nomes reais, e de permitir a comunicação entre os

grandes grupos existentes de pessoas. Prestigie esta iniciativa, pois ela foi feita para você. Cada ferramenta implementada em nossa página da internet foi pensada para o bem comum.

Perfil no Twitter e comunidade no Orkut Além de estar lançando sua página na internet, a AMOSAD também possui um perfil no Twitter, para que você possa acompanhar passo a passo tudo que está sendo feito e a hora em que está sendo feito. Para seguir a AMOSAD no Twitter acesse http://twitter.com/amosad e clique em follow (é preciso ser cadastrado no Twitter para seguir seus usuários). Neste mês também estamos inaugurando uma comunidade no Orkut, a maior rede de relacionamentos do Brasil. Através do endereço http://www.orkut.com.br/ Main#Community. aspx?cmm=91418496. Você poderá participar conosco nessa comunidade virtual, estreitando ainda mais a comunicação entre a comunidade da Ressacada e a Associação de Moradores. A Internet é agora mais um meio de contato da AMOSAD com você. Venha participar da AMOSAD, conheça nosso trabalho, associe-se e faça a sua parte.

Notícias, história, atas de reuniões, balancetes, projetos, calendário de eventos e atividades, fotos, vídeos, podcast, espaço para anunciantes e formulários de contato. Tudo isso estará disponível no site da AMOSAD

Bingo da AMOSAD 2009 Dia 07 de agosto - no Restaurante do Avaí A AMOSAD completou quatro anos no dia 04 de julho de 2009. Para comemorar essa data tão importante, estamos elaborando juntamente com o INSTITUTO AVAÍ um grande encontro de Cultura e Cidadania - o Encontro Intercultural 2009. Este evento, cuja primeira edição foi realizada em julho de 2008, neste ano acontecerá nos dias 09 e 10 de outubro. No primeiro dia acontecerá uma importante discussão sobre o problema do trânsito no Sul da

Ilha, no âmbito do Movimento Sul da Ilha Livre. No dia 10 de outubro (sábado) haverá Ação Cidadã, com muita recreação, inúmeros serviços gratuitos e várias apresentações culturais. Para que seja possível organizar o Encontro Intercultural 2009, fazendo frente às despesas do evento (toda a programação cultural e social é gratuita), a AMOSAD irá realizar um bingo no dia 07 de agosto, a partir das 20h30min. Este bingo contará com inúmeros prêmios, incluindo TV, DVD e Bicicle-

ta, com cartelas a apenas R$ 5,00 (cinco reais). Será realizado no Restaurante do Estádio do Avaí. Haverá serviço de bar e cozinha. Para adquirir sua cartela, procure os membros da Diretoria AMOSAD, a Secretaria do Avaí (Sra. Ivone) ou o Mercado Ideal (Srta. Miriam). Se desejar, ligue para a AMOSAD (Tel. 99191319) ou envie um e-mail (contato@amosad.org.br). Participe, divirta-se e ajude a viabilizar a grande festa do Encontro Inter-cultural 2009.


6

Geral

Espaço da Cidadania

Espaço Entidades

Como funciona a Câmara de Vereadores Todos estamos cansados de ouvir que nossos políticos seriam bem melhores se acompanhássemos o seu trabalho e cobrássemos o cumprimento das promessas de campanha. No entanto, poucos meses após a eleição a maior parte da população esquece em quem votou, o que demonstra falta de interesse na política. O Jornal Passo-a-Passo apresentará assuntos de interesse dos cidadãos de Florianópolis, que permitam entender melhor o funcionamento do setor público. Nesta edição, falaremos um pouco sobre a Câmara de Vereadores.

Os Três Poderes A política e o exercício do poder se baseia na idéia dos Três Poderes, conceito desenvolvido por Montesquieu, na obra "O Espírito das Leis", publicada em 1748. A idéia principal dos Três Poderes é provocar um equilíbrio entre eles, para que cada um exerça controle sobre o outro. O Poder Executivo, constituído pelo presidente da república e seus ministros, cumpre as leis e age para que elas sejam cumpridas. Em nível estadual o poder executivo é constituído pelo governador e seus secretários de estado. Em nível municipal, pelo prefeito e seus secretários municipais. O Poder Legislativo elabora e aprova as leis que irão reger a nação. É constituído pelo Congresso Nacional, que no caso do Brasil, é dividido em duas partes: o Senado e a Câmara dos Deputados. Em nível estadual, o poder legislativo é formado pelos deputados estaduais, e em nível municipal pelos vereadores. Por fim, o Poder Judiciário tem o poder de julgar e aplicar as leis elaboradas pelo Legislativo e exercidas pelo Executivo. Ministros, desembargadores e Juízes formam a classe dos responsáveis por essa função.

A Câmara de Vereadores Em nível de município, a Câmara de Vereadores busca atender aos anseios da coletividade, através das suas funções de legislar sobre assuntos de sua competência e de fiscalizar e controlar a administração, especialmente a execução orçamentária e a tomada de contas do Prefeito. A Câmara não administra o Município, porém estabelece normas de administração. Não executa obras e serviços públicos, mas dispõe sobre sua execução. A Câmara Municipal de Florianópolis é o órgão do governo local que abriga o Poder Legislativo do Município. É composta por dezesseis vereadores eleitos pelo povo para uma legislatura de 4 anos. Cada um dos vereadores de Florianópolis recebe o salário mensal bruto de R$ 7.607,47 (sete mil, seiscentos e sete reais e quarenta e sete centavos). A atividade legislativa da Câmara ocorre nas Sessões Plenárias que somente podem ocorrer com a presença de, no mínimo, um terço dos vereadores. As Sessões Plenárias são abertas à população. A Câmara Municipal de

Florianópolis entra em Recesso Parlamentar no período de 21 de dezembro a 31 de janeiro e de 16 a 31 de julho, perfazendo quase 2 meses sem atividade parlamentar. Nestes períodos não funcionam o Plenário e as Comissões.

Os Vereadores Os Vereadores, pelo contato direto com a comunidade ou pelas entidades que representam a sociedade organizada, avalia as necessidades de caráter local, tais como, saneamento básico, educação, moradia, transporte coletivo, sistema viário, proteção ambiental, entre outras. Também tem a função de denunciar dificuldades na prestação dos serviços públicos, buscando, pelos instrumentos competentes, a solução para os problemas e carências nestas áreas. Esta forma de trabalho, atendendo a comunidade, investigando denúncias, fiscalizando o Poder Executivo e procurando sempre melhorar o funcionamento do Legislativo, constitui o trabalho central do vereador. No entanto, não é isso o que geralmente acontece. Muitos prefeitos compram o apoio dos vereadores, para que possam fazer aprovar os projetos que desejam e também para que a fiscalização, tão importante, não seja tão efetiva. Quando o vereador não está preparado para a função, muitas vezes torna-se submisso ao poder e ao Prefeito, e em troca de apoio recebe benefícios para distribuir aos seus aliados. Este vereador traz mais prejuízos do que benefícios à população, pois deixa de realizar a sua função de fiscalizador e de defender a boa aplicação dos impostos que são pagos pela população. Para concorrer ao mandato de vereador é preciso ter a idade legal mínima de 18 anos. O número de integrantes nas Câmaras deve ser proporcional à população do município, variando entre 9 e 55 vereadores. No ano de 2004 o Supremo Tribunal Federal reduziu em 8.000 o número de vereadores em todo o país. No final de 2008 o Congresso Nacional (Senadores) tentou aumentar novamente o número de vereadores, o que em Florianópolis implicaria em mais 7 vagas na Câmara Municipal, mas a matéria foi rejeitada pelos deputados e condenada pelo Supremo Tribunal Federal. Agora está novamente em tramitação, com uma possibilidade grande de aprovação. Para acompanhar o trabalho dos vereadores de Florianópolis o cidadão pode assistir às Sessões Plenárias e acessar regularmente o site: www.cmf.sc.gov.br (na seção Transparência).

Localização da Câmara Municipal de Florianópolis: Rua Anita Garibaldi, 35 - Centro Florianópolis - SC CEP 88.010-500 Telefones: 3027-5700 / 3027-5744

A cada edição o Jornal da AMOSAD abrirá espaço para que uma entidade atuante na comunidade possa contar a sua história e apresentar o seu trabalho. Na 1ª edição contou a história do Internacional, na 2ª falamos sobre a Igreja Santa Catarina de Alexandria, a igreja católica da comunidade. Nesta edição, apresentamos Seara Espírita Amigos da Fraternidade SEAF, uma instituição religiosa presente na comunidade.

SEAF - Seara Espírita Amigos da Fraternidade Entidade ofere vários serviços que visam apoiar o ser humano seguindo a doutrina espírita. São mais de 100 pesoas atendidas semanalmente A Seara Espírita Amigos da Fraternidade foi fundada em 22/02/1999. É uma entidade filantrópica, a serviço da comunidade deste e de outros bairros. As pessoas que procuram a casa estão em busca de auxílio moral-cristão, psicológico, espiritual, entre outros. A casa oferece diversos serviços que visam o apoio ao ser humano sob a ótica da Doutrina Espírita. Alguns dos serviços ofereci- Sede da entidade localizada na Rua Arco-Íris. Nela são dos são: palestras todas oferecidas palestras, cursos de fitoterapia e florais, as quintas-feiras, aulas de entre outras atividades evangelização também às quintas-feiras, tratamento com pas- vivemos hoje não começou hoje, mas se às quartas, fluidoterapia e florais algum tempo atrás), proporciona restambém às quartas-feiras e grupo de postas para muitos questionamentos. jovens aos sábados. Nas segundas- Procurando orientar as pessoas, feiras e nas sextas-feiras um grupo direcionando-as para uma mudança de jovens senhoras se reúne para a em suas condutas e comportamenconfecção de artesanatos e curso de tos, levando o homem a ser o “Hopintura em tecido. São atendidas de mem do Bem” citado por Jesus Cris80 a 100 pessoas por semana, mui- to. Se não for possível mudar nosso tas vindas de bairros bem distantes. comportamento e pensamentos, O Espiritismo se baseia nas obras com certeza a Doutrina Espírita descodificadas pelo francês Allan perta o homem para valores muito Kardec. Tem em seus princípios bá- importantes em sua existência. sicos a certeza na vida após a morA SEAF convida os moradores de te. É o consolador prometido por nosso bairro a fazer uma visita à sua Jesus, pois essa Doutrina consola as sede. Todos serão acolhidos com dores humanas, através do entendi- muito amor, carinho e boa vontade. mento que a vida continua após a Que Jesus, nosso Mestre amigo, morte, sendo esta em realidade uma derrame no lar de todas as pessoas passagem para nossa verdadeira as bênçãos para iluminar, amparar vida: aquela vida espiritual. A Dou- e socorrer a todos indistintamente. trina Espírita proporciona o esclarecimento do homem através de seus Colaboração: Élia R. de Ávila (Secretápreceitos alicerçados numa linha de ria Geral da SEAF) pensamento racional e filosófico. Em muitos momentos de nossa vida nos SEAF - Rua Arco Íris, 639 questionamos a respeito do porquê de certas coisas estarem acontecenCarianos. Telefone: 3269-9971 do conosco. Coordenação Geral: Laura Silva O Espiritismo, com sua visão amAlves pliada da existência do espírito (o que


Gente que faz 7

Eloisa Subtil Duarte Nacida em Vacaria, RS, Eloisa reside na comunidade há 13 anos e foi uma das fundadoras da AMOSAD A entrevistada da 3ª edição do Jornal AMOSAD é nossa querida Eloisa Subtil Duarte. Nascida em Vacaria, Rio Grande do Sul, no dia 28 de fevereiro de 1959, veio para Florianópolis em 1992 e desde então reside em nossa cidade. Morou primeiramente no Centro e em Capoeiras, e mudou-se para o Carianos no dia 13 de agosto de 1996. Moradora a quase treze anos da nossa comunidade, Eloisa nos recebeu com muito carinho e atenção e nos presenteou com uma agradável conversa. Jornal da AMOSAD Quando você veio morar no Carianos, quais eram os principais problemas observados na comunidade? Eloisa - Esgoto, ausência de calçamento, lixo nos terrenos (o que ainda continua), mato e falta de calçadas para os pedestres. Quando viemos morar aqui, o problema dos ônibus também era complicado. Ele já entrava na Ressacada e durante um tempo passou por dentro do

loteamento, mas depois não entrou mais. Jornal da AMOSAD Nesses treze anos, você tem visto muitas melhorias nos problemas que existiam? Eloisa - Alguma coisa melhorou, principalmente depois que a gente começou com a Associação. A Associação não conseguiu resolver nesses quatro anos quase nada. É uma realidade que envolve muita política e muita burocracia, mas eu penso que agora com a Associação a comunidade tem, pelo menos, onde se referenciar, onde bater e onde pedir. Jornal da AMOSAD - E como foi essa luta para fundar a Associação aqui na Ressacada? Eloisa - Como eu sempre fui muito envolvida com as coisas, e sempre fui muito falante, de conversar com todo mundo. E como eu me envolvi muito com a Igreja Católica, as pessoas vinham e me diziam: “Ah, porque naquela rua o lixo não passa”,

“Ali tem um buracão e ninguém resolve”. Então eu pensei: nós vamos ter que fazer uma associação. Porque só através da associação que as coisas se fundamentam. Então eu comecei a comentar com as pessoas, falar com um e outro, falei com o Seu Anísio, o Seu Valdenésio, o Cláudio Rodrigues e o Cláudio Vicente, que eu tinha recém conhecido. E nós começamos a fazer reuniões, até que um dia o Cláudio Vicente resolveu assumir a presidência e está aí até hoje, fazendo quatro anos. A fundação foi em 4 de julho, mas a gente começou antes, bem antes. Na realidade começou com as reuniões aqui em casa. Nós nos reuníamos aqui, vinha bastante gente no início, mas é difícil, porque as pessoas querem resultados sem se comprometer. Esse é o nosso grande problema: resultados sem comprometimento. Uma situação bem clássica que aconteceu agora foi a história da Rua Pedro Fernandes, que

Dica de Culinária

Pudim de Sorvete Para você que gosta de cozinhar, nosso jornal está abrindo um espaço no qual apresentará receitas deliciosas para você experimentar em casa. A primeira delas é um Pudim de Sorvete, sobremesa ideal para o verão, que rende em torno de 20 porções.

Ingredientes: Creme 1:

 1 lata de leite condensado;  2 latas de leite;  4 gemas peneiradas.

Creme 2:

 4 claras;  4 colheres de sopa de açúcar;  1 lata de creme de leite com soro.

Cobertura:

 1 xícara de açúcar;  1 xícara de leite;  2 colheres de sopa de chocolate em pó.

Modo de fazer: Leve ao fogo em banho-maria todos os ingredientes do creme 1 e mexa até engrossar, sem deixá-lo ferver. Depois de

pronto, coloque o creme 1 no freezer, enquanto você bate o segundo creme. Para o creme 2, bata as claras com o açúcar até formar um suspiro, e depois junte o creme de leite delicadamente. Após batido, misture os cremes 1 e 2 até formar uma massa homogênea e deixe descansar. Por último, caramelize uma fôrma de furo. Quando todo o açúcar derreter, acrescente o leite e o chocolate misturados anteriormente. Por fim, retire a fôrma do fogo e despeje os cremes já misturados. Cubra a fôrma com papel laminado e leve ao freezer, deixando por no mínimo seis horas. Retire a fôrma do freezer meia hora antes de servir, isso facilita na hora de desenformar. Está pronta a deliciosa sobremesa. Bom apetite!

“Ainda falta muita coisa para conquistarmos. Isso depende de vontade política, mas com a Associação a comunidade tem, pelo menos, onde se referenciar, onde bater e onde pedir”, Eloisa Subtil Duarte recebeu a Laine Valgas. Foi uma mobilização muito pequena dos moradores. Eu acho que se eles tivessem envolvido a Associação, a gente poderia ter envolvido mais gente e ter ido com uma placa, reivindicando mais coisas. Aí a Associação faz parte e faz a diferença. Jornal da AMOSAD - Realmente Eloísa. Nesses últimos dias alguns moradores da Rua Celso Martins da Silveira entraram em contato com a Associação e nós conseguimos marcar uma reunião com o Vice-Prefeito e o Secretário de Obras, e o calçamento da rua deve começar nas próximas semanas. Eloisa - Com certeza a Associação é importante nesse intermédio. E ainda que os moradores da rua tenham que bancar uma parte do calçamento, a mão-deobra, que é mais cara, a prefeitura vai pagar. Tudo é possível. Com força de vontade dá pra fazer. E a Associação ajuda bastante nisso. Jornal da AMOSAD - E é interessante porque muitos moradores reconhecem esse trabalho. Recentemente recebemos um e-mail de um rapaz elogiando muito nosso esforço e incentivando para que não deixemos de trabalhar pela comunidade. Eloisa - Eu vi o e-mail dele elogiando o site. É realmente muito gratificante esse retorno. E ficou muito bom o

site da AMOSAD, porque o custo do jornal é muito alto, então tem que ser bimestral. Para se juntar notícias que sejam do dia-a-dia e montar o jornal é difícil, pois você não pode colocar uma notícia que aconteceu ontem. Já no site fica muito mais fácil e essa comunicação mais direta. Eu andei por aí esses dias e comecei a perceber que tem muitas coisas que a gente não vê no bairro. Tem uma empresa grande de consertos no Califórnia, que já sai um pouco da nossa área, mas que está crescendo muito. E essa nossa pracinha, que a prefeitura pode fazer para associação arrecadar fundos, além de terminar o calçamento da rua e estabelecer os limites do terreno. Seria ótimo para a comunidade. Jornal da AMOSAD Para terminarmos, gostaria de pedir para você deixar uma mensagem final aos nossos moradores. Eloisa - Eu li uma mensagem essa semana e acho muito importante para o nosso dia-a-dia: Faça hoje tudo o que você puder fazer, faça com carinho, com amor e se dedique. Porque o ontem já foi, e o amanha pode ser que a gente não esteja mais aqui para vê-lo. Então faça hoje tudo o que você puder fazer hoje, participe das atividades da comunidade, porque ontem já foi e amanhã pode não vir. E os seus filhos e os seus netos vão ficar aqui.


8

Geral

Deposição Ilegal de Entulhos no Carianos Ajude a AMOSAD e o Poder Público a fiscalizarem essa prática que atinge várias propriedades da comunidade Ao andarmos pelas ruas do nosso bairro, podemos observar grande quantidade de terrenos que ainda não foram habitados, configurando-se como locais atrativos para o depósito desenfreado de lixo e entulho. Esse problema é frequente em comunidades planas, de fácil acesso aos caminhões, e pouco fiscalizadas pelo poder público. Porém, como moradores, não podemos deixar que essa prática

se fortaleça e prejudique nossas vidas. A deposição de entulho em terrenos baldios acarreta uma série de consequências onerosas para o nosso bem-estar, como a proliferação de diversos animais: ratos, aranhas, escorpiões, baratas e serpentes; o acúmulo de materiais indesejáveis nos terrenos, impondo a aplicação de multas aos proprietários, muitas vezes desconhecedores da ação; a indignação da população residente nas proximidades do terreno; além da poluição visual das áreas adjacentes. Como cidadãos conscientes do nosso importante papel dentro de Deposição de entulho, lixo e móveis velhos em uma sociedaterreno privado

de que nos abraça, podemos tomar algumas atitudes. A AMOSAD disponibiliza aos moradores um modelo de notificação a ser entregue aos infratores no flagrante da ação. Ainda que não seja um documento oficial, a sua aplicação tem mostrado que funciona como ato coercitivo aos motoristas de caminhões e donos de empresas responsáveis pela deposição de lixo e entulhos. Os formulários podem ser baixados diretamente do site da AMOSAD (www.amosad. org.br), ou solicitados aos membros da diretoria pelo e-mail da associação (contato@amosad. org.br) e pelo telefone (48) 9919-1319. Além da notificação pessoal, medidas formais podem ser tomadas, como a convocação da Fundação Municipal de Meio Ambiente - Floram, que atende solicitações diretamente do Parque Ecológico do Córrego Grande, possuin-

Deposição de entulho às margens da Rodovia Diomício Freitas do equipes responsáveis pela fiscalização ambiental no município. Faça sua denúncia pelo telefone (48) 3234-8483, de segunda à sexta-feira, das 7 às 19h. Ou pelo email: floram@pmf.sc.gov.br. Também é possível denunciar essa prática pelo disque-denúncias do Pró-Cidadão de Florianópolis: (48) 3251-4915. É importante também que os moradores e proprietários tenham consciência dos

problemas decorrentes do acúmulo de entulhos por muito tempo em terrenos de sua propriedade. É comum que se utilize entulhos no aterramento de terrenos, mas não se pode aceitar que o entulho fique acumulado por 6 meses ou mais, como tem ocorrido. Uma vez depositado, o entulho deve logo ser espalhado, para evitar que se torne uma fonte de doenças para a comunidade.

EDIÇÃO JULHO 2009  

Jornal da AMOSAD - Associação de Moradores do Recreio Santos Dumount - http://amosad.org.br

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you