Page 1

ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DA ESTAÇÃO CIÊNCIA CNPJ 04.573.145/0001-32 (valores expressos em Reais - centavos suprimidos) BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO

PASSIVO 31/12/2008 132.190 131.696

CIRCULANTE DISPONÍVEL CAIXA BANCOS C/ MOVIMENTO BANCOS C/ MOVIMENTO - REC TERCEIROS APLICAÇOES DE LIQ IMEDIATA APLICAÇOES DE LIQ IMEDIATA - REC TERCEIROS

12.902 118.794 -

REALIZÁVEIS CONTAS A RECEBER ADIANTAMENTO A FORNECEDOR IMPOSTO A RECUPERAR

494 494

31/12/2007 367.628 CIRCULANTE 367.134 EXIGÍVEIS FINANCIAMENTOS 19.961 FORNECEDORES 230.614 OBRIGACOES FISCAIS OBRIGACOES TRAB E PREV 116.559 PROJETOS - PRESTAÇÃO DE CONTAS

PERMANENTE IMOBILIZADOS ( - ) DEPR ACUMUL TOTAL DO ATIVO

-

-

-

31/12/2008 12.364

PATRIMÔNIO LÍQUIDO SUPERAVIT/DEFICIT ACUMULADO FUNDOS INSTITUCIONAIS SUPERÁVIT/DÉFICIT DO EXERCÍCIO

367.628 SUPERÁVIT / DÉFICIT DO EXERCICIO

TOTAL DAS RECEITAS

12.364 6.179 18.543

TOTAIS

MUTAÇAO DO PATRIMONIO LÍQUIDO Superavit Deficit Doações Acumulado Acumulado de bens

Saldos em 31/12/2007

Ajuste Exercicio Anterior Transferencia Bens Recebidos em Doação Resultado do Exercicio

31/12/2007 36.000 -

DÉFICIT DO EXERCÍCIO TRANSFERIDO P/ PATR LIQUIDO

-

338.959

-

-

12.899 19.078

19.078 19.078

(6.179)

TOTAL DO PASSIVO

132.190

367.628

31/12/2008 13.650 1.868 245 6 42 1.680 803 250

31/12/2007 10.655 5.727 86 370 83

18.543 18.543

16.922 19.078 36.000

DESPESAS

DONATIVOS/CONTRIBUICOES SERVIÇOS EVENTOS FINANCEIRAS OUTRAS RECEITAS DESPESAS RECUPERADAS - CREDITOS BÁSICOS COFINS

Ajuste Exercicio Anterior Transferencia Bens Recebidos em Doação Resultado do Exercicio

119.291

494

RECEITAS

-

3.050 6.541

494

-

132.190

31/12/2007 348.550 348.550

-

NÃO CIRCULANTE EXIGIVEL A LONGO PRAZO

NÃO CIRCULANTE REALIZAVEL A LONGO PRAZO

31/12/2006

31/12/2008 119.291 119.291

TOTAL DAS DESPESAS SUPERÁVIT DO EXERCÍCIO TRANSFERIDO P/ PATR LIQUIDO

TOTAIS FLUXO DE CAIXA

-

-

36.000 36.000

PESSOAL SERVICOS PROF CONTRATADOS OCUPAÇÃO VEICULOS ADMINISTRATIVAS MARKETING/CAPTAÇÃO REC/DESENV.PARC. FINANCEIRAS TRIBUTARIAS

-

Superavit/ Deficit do Exercicio

Total do Patrimonio Liquido

-

-

31/12/2008 1- ATIVIDADES OPERACIONAIS Superavit/Déficit do Exercício Depreciação Superávit do Exercício Ajustado

(6.179) (6.179)

Acréscimo (decrescimo) do ativo circulante Realizaveis

-

19.078

Acréscimo ( decréscimo) do passivo circulante Exigiveis 19.078

-

-

-

19.078

TOTAL DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS 2- DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS 19.078 Aquisições de ativo imobilizado

19.078 -

-

-

(19.078) (6.179)

(6.179)

-

TOTAL DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS 3- ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS

31/12/2007 19.078 19.078

(494)

(229.259)

(266.210)

(235.438)

(247.626)

-

-

-

-

TOTAL DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS VARIAÇÃO DAS DISPONIBILIDADES (1+2+3) (235.438) (247.626) SALDO INICIAL DAS DISPONIBILIDADES 367.134 614.760 VARIAÇÃO OCORRIDA NO PERÍODO (235.438) (247.626) Saldos em 31/12/2008 19.078 (6.179) 12.899 DISPONIBILIDADE NO FINAL DO EXERCÍCIO 131.696 367.134 NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31.12.2008 1-CONTEXTO OPERACIONAL: g-) As Despesas da Entidade são apuradas através de notas fiscais e recibos, em conformidade com as A Associação constituída em fevereiro de 2001, tem por finalidade precípua promover estudos e pesquisas, exigências legais e fiscais. produzindo e divulgando tecnologias alternativas e conhecimentos técnicos em geral, em especial h-) Os Recursos da Entidade foram aplicados em suas finalidades institucionais, de conformidade com seu relacionados à cultura e à educação científica, podendo, desde que pautada nos princípios da legalidade, Estatuto Social, demonstrados pelas suas Despesas e Investimentos Patrimoniais. impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade e da eficiência, e sem fazer distinção quanto à raça, cor, gênero, condição social, credo político ou religioso. A Associação é qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) nos termos da Lei 9.790/99. 2-APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS: 4- PATRIMÔNIO SOCIAL As Demonstrações Contábeis foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis emanadas da legislação O Patrimônio Social é apresentado em valores atualizados e compreende o Patrimônio inicial acrescido dos societária brasileira, legislação específica aplicável a Entidades sem Fins Lucrativos e demais disposições valores dos Superávits e Déficits, ocorridos. complementares. 3-RESUMO DAS PRÁTICAS CONTÁBEIS: a-) Receitas e Despesas são contabilizadas pelo regime de competência. b-) As Aplicações Financeiras estão demonstradas pelo valor de aplicação acrescidas dos rendimentos correspondentes, apropriados até a data do balanço, com base no regime de competência. c-) O ativo imobilizado é demonstrado ao custo de aquisição e/ou doação. A depreciação é calculada pelo método linear com base em taxas que contemplam a vida útil dos bens. d-) A Provisão de férias foi constituída com base em períodos vencidos e proporcionais, acrescida dos encargos sociais. e) O Imposto de Renda (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro (CSLL), não é calculado, por tratar-se de Entidade sem Fins Lucrativos, conforme art 15 da Lei 9532/97. f-) As Receitas da Entidade são apuradas através de comprovantes de cobrança, avisos bancários, notas fiscais, recibos e outros.

Mikiya Muramatsu CPF 035.005.198-49 Tesoureiro

Rogério Gerlah Paganatto CPF 129.306.908-60 CRC 1SP131987/O-3

BALANÇO AAEC 2008 PARA PUBLICAÇÃO  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you