Issuu on Google+


A preservação do ecossistema e a responsabilidade ambiental é um princípio que faz parte do nosso objetivo, acreditamos que só assim poderemos ter uma sociedade mais equilibrada e justa. O nosso objetivo é colaborar com a natureza e realizar ações e parcerias que tenham a preocupação em contribuir com o desempenho de uma sociedade eficiente, reafirmando as responsabilidades ambientais e mantendo uma ação social conjunta. Para o A.M.E. UBATUBA, a natureza representa muito mais que uma linda paisagem. Ela é a grande responsável pela manutenção da vida. Acreditamos que a preservação do meio ambiente é um valor que todos devem sustentar. Somos um Movimento de Ação Ambiental, formada por pessoas de bem, sem fins lucrativos, que desejam ajudar o próximo, que amam a natureza e se preocupam com a preservação do meio ambiente. Desta forma, propagamos comportamentos benéficos que possam tornar o mundo um lugar melhor para se viver. Aqui, não temos o hábito de priorizar a reclamação dos problemas sociais e ambientais, culpando os governos, os políticos, o sistema, como se nos não tivéssemos nenhuma obrigação em prol de uma sociedade mais justa e igualitária. Na verdade somos todos responsáveis, direta ou indiretamente pela atual conjuntura social e ambiental. Incentivamos o voluntariado, pois assim como nós, há outras instituições sociais, precisando da colaboração de pessoas, para ajudarem em projetos que se destinam ao bem da coletividade. Você pode ser um voluntário social ou ambiental, mesmo sem está ligado a alguma instituição, basta olhar em sua volta e perceberá oportunidades de ajudar alguém ou desenvolver ações de preservação da natureza. Faça sua parte em prol da qualidade de vida no planeta, seja um defensor da natureza, essa é sua oportunidade de fazer a diferença, sendo um voluntário ambiental. Ficar parado, apenas reclamando é uma opção. Mas se você deseja contribuir para mudança desse cenário caótico, de destruição ambiental que vemos nos dias de hoje, junte-se a nós, vamos atuar de mãos dadas e assim, poderemos minimizar as mazelas ambientais que assolam nossa cruel realidade. Comece com ações simples, mas que farão grande diferença. Não sabe como? Seja um voluntário do A.M.E. UBATUBA.

Editor: Cosme Lima

Anuncie sua Empresa no mais completo Guia e Serviços de Ubatuba, em linguagem simples e eficiente, traduzido também para o Inglês, já esta adaptado aos grandes eventos que acontecerão no Brasil, como a Copa do Mundo e Olimpíadas. Serão distribuídos 3.000 Guias e Serviços entre os meses de Julho/13, Agosto/13 e Setembro/13, as cotas de Anúncios são únicas para o Trimestre, sendo distribuídos 1.000 Exemplares por mês. Veja a Revista Eletrônica no blog: www.ameubatuba.blogspot.com.br e Anuncie a Sua Empresa para o MUNDO através da nossa rede virtual, que já foi acessada por mais de 40 PAÍSES. (Confira no Blog.) Venha fazer parte você também, não perca a oportunidade de por sua Empresa no melhor GUIA E SERVIÇOS da Cidade. CONTATOS: contatoameubatuba@hotmail.com / (12) 9136-6759


O Aquário de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, mostra espécie exótica de água-viva. Conhecida também como água-viva australiana manchada, a "Phyllorhiza punctata" é nativa do oceano Pacífico Ocidental, vivendo na faixa entre a Austrália e o Japão, e pode chegar a 60 centímetros de diâmetro na fase adulta. Segundo o oceanógrafo Hugo Gallo, diretor do Aquário de Ubatuba, a "Phyllorhiza punctata" passou a preocupar cientistas quando passou a viver longe do seu habitat, como ocorre desde 2000 no Golfo do México, por causar desequilíbrio no novo ecossistema. Como se alimentam de zooplâncton, ovos e larvas de espécies de peixes nativos, elas podem prejudicar a safra dos camarões, que também tem sua fase planctônica, na costa brasileira A água-viva dessa espécie invasiva possui nematocistos (órgãos na epiderme) que guardam toxinas, ou seja, elas podem causar acidentes com banhistas. Para tratar as "queimaduras", é preciso enxaguar o local com água salgada ou com soro fisiológico e procurar atendimento médico em seguida. "Mas é importante não esfregar o ferimento para não espalhar o veneno na pele", alerta o oceanógrafo Hugo Gallo . O Aquário de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, tem sete águas-vivas em exposição: quatro da espécie "Phyllorhiza punctata" e outras três da "Chrysaora lactea", que se alimentam de plânctons cultivados no local. Ao todo, o Aquário mantém 738 animais marinhos, sendo de 119 espécies diferentes, mas expõe ao público 600 exemplares.

The Ubatuba Aquarium, on the northern coast of São Paulo, shows exotic species of jellyfish. Also known as Australian spotted jellyfish, the "Phyllorhiza punctata" is native to the western Pacific Ocean, living mostly between Australia and Japan, and can reach 60 cm in diameter in adulthood. According to the oceanographer Hugo Gallo, director of Ubatuba Aquarium, the "Phyllorhiza punctata" when scientists began to worry went to live away from their habitat, as occurs since 2000 in the Gulf of Mexico, causing imbalance in the new ecosystem. As they feed on zooplankton, eggs and larvae of native fish species, they may undermine the harvest of shrimp, which also has its planktonic phase, on the Brazilian coast The oceanographer Hugo Gallo, director of Ubatuba Aquarium, said that there was no published records of "Phyllorhiza punctata" offshore Brazil since 2006. "We will follow the development of these jellyfish in the aquarium and also in the region [Ubatuba]. Worries us But the appearance of these animals that possibly have been introduced by ballast water of ships, which may be related to the gradual increase of the operation of large ships in the northern coast [São Paulo], "explains The jellyfish that invasive species have nematocysts (bodies in the epidermis) which keep toxins, ie, they can cause injury to bathers. To treat "burns", you need to rinse the area with salt water or saline and then seek medical attention. "But it is important not to rub the wound not to spread the poison on the skin," says oceanographer Hugo Gallo. The Ubatuba Aquarium, on the northern coast of São Paulo, has seven jellyfish on display: four species "Phyllorhiza punctata" and three of "Chrysaora lactea", which feed on plankton grown on site. Altogether, the Aquarium holds 738 marine animals and 119 different species, but exposes to the public 600 copies


Todos os anos Ubatuba é a primeira cidade do mundo a receber de braços abertos o tão esperado verão, precisamente na praia do Itaguá, quando o sol do meio-dia alinha-se perpendicularmente ao Trópico de Capricórnio, como num passe de pura mágica, as sombras da encantada praia somem. Vizinha da nossa bela Iperoig, praia do centro do município, ela presencia calada, porém observadora, o desenrolar da história que constrói o nosso Brasil. Foi em suas areias que partiu, no dia 1º de junho de 1973, a canoa Maria Farinha, hoje instalada no Centro de Informações Turísticas,

construída por cinco moradores do bairro, que partiram rumo a Santos, levando três dias para a conclusão de seu destino, seguindo a mesma trajetória feita pelos índios Tupinambás na data da Paz de Iperoig 14/09/1563. Essa iniciativa anos mais tarde inspirou o Sr. Joaquim Lauro Monte Claro a realizar a primeira corrida de canoa, hoje praticada em vários eventos, tanto da região sul quanto norte do município. Com o passar dos anos, o insinuante jundu que envolvia a areia monazítica, veio a ser, em nome do progresso, substituído por largos calçadões e quiosques à beira mar. Ansiosos, os primeiros raios de sol caminham pelo mar para saudar o encontro com as areias de Itaguá, que neste horário já conforta os pescadores que passaram a noite no mar e,


embriagando os olhos de que aproveita o horário para caminhar. Ao entardecer, o movimento é constante: enquanto alguns voltam do trabalho para casa, outros aproveitam para fazer o happy hour nos quiosques com música ao vivo, passear no shopping, jantar em bons restaurantes, ou simplesmente, caminhar, pois o movimento não é só em terra, pois os anjos encarregam-se de pintar o céu com cores que só eles podem criar e, quando a noite chega com seu manto estrelado às vezes iluminado pela lua, a magia não emana do Trópico de Capricórnio e, sim, das pessoas que passam por lá.

A.M.E.UBATUBA – DISTRICTS Every year Ubatuba is the world's first city to receive with open arms the long awaited summer beach Itaguá precisely, when the midday sun is aligned perpendicular to the Tropic of Capricorn, as if by sheer magic, the shadows of the enchanted beach disappear. Neighbor Iperoig our beautiful beach from the center of the city, she witnesses silent, but observant, the unfolding of the story that builds our Brazil. Was in the sand that departed on 1 June 1973, the canoe Maria Farinha, now installed in the Tourist Information Centre, built for five neighborhood residents, who departed towards Santos, taking three days to complete your destination following the same path taken by the Indians at the time Tupinambás Peace Iperoig 14/09/1563. This initiative years later inspired Mr. Joaquim Monte Lauro course to hold the first canoe race, now practiced in several events, both in the south as northern municipality. Over the years, insinuating jundu involving the monazite sand, came to be in the name of progress, replaced by wide boulevards and kiosks by the sea. Anxious, the first rays of sunshine walk by the sea to greet the encounter with the sands of Itaguá, which this time has comforted fishermen who spent the night at sea, and drunk eyes that takes the time to walk. At dusk, the movement is constant: while some returned home from work, others to enjoy the happy hour kiosks with live music, walk around the mall, dining in fine restaurants, or simply walking, because the movement is not only on land, because the angels are in charge of painting the sky with colors that only they can create and when the night comes with your starry mantle sometimes illuminated by the moon, the magic does not emanate from the Tropic of Capricorn and, yes, people that pass through there.


Studio Silvia Martinês ganha Cinco prêmios para Ubatuba em festival de dança. O grupo de dança Studio Silvia Martinês, trouxe cinco premiações para a Ubatuba, com sua participação na 10ª Edição do festival Dança Paraty. Representado pelas bailarinas Silvia Martines, Desireé Vigneron, Ana Pavão, Izabela de Souza, Amanda Gregório, Aline Pilz, Andreza Pavão e a professora e coreógrafa Evilene Bordini, o grupo levou ao total 6 coreografias para o festival e contou com o apoio cultural da Pousada Rosa Café, de Paraty e do fotógrafo Luis Pavão. Na categoria de dança do ventre profissional, o grupo ficou em segundo, terceiro e quarto lugar, com as coreografias "Egiptian Night", "Baladi" e “Entrance of the Stars”, respectivamente. No solo dança do ventre profissional, a bailarina Silvia Martinês que apresentou a coreografia “We Will Rock You”, ficou em segundo lugar e a bailarina Aline Pilz em quarto, com a coreografia "Hayat". Para a coreógrafa do grupo, Evilene Bordini, “Participar desses festivais é muito prazeroso pois há uma integração e troca por meio das diversas modalidades de dança encontradas ali. Além da cumplicidade e companheirismo que é desenvolvida entre as bailarinas, que estão unidas pelo propósito de dançar e propagar a equipe e a arte que é a dança do ventre”. Ela parabenizou as bailarinas e fez questão de destacar “O esforço e dedicação de cada uma foi fundamental para essa conquista”.

Festival O Dança Paraty, comemorou 10 anos de realização, consolidando-se uma referencia em festival de dança. O festival é um projeto da Allegro Studio & Produções, realizado em parceria com a Prefeitura Municipal de Paraty, sendo de autoria da bailarina e coreógrafa Mathilde Mathias. Nesta edição foram recebidos mais de 800 bailarinos vindos de 32 cidades e cinco estados. Créditos das fotos: Luis Pavão

Studio Silvia Martínez wins five awards for dance festival in Ubatuba. The dance group Studio Silvia Martínez, brought five awards for the Ubatuba, with their participation in the 10th edition of the festival Dance Paraty. Represented by dancers Silvia Martines, Desireé Vigneron, Anna Peacock, Izabela de Souza, Amanda Gregory, Aline Pilz, Andreza Peacock and teacher and choreographer Evilene Bordini, the group led to total 6 choreography to the festival and had the support of cultural Pousada Rosa coffee, Paraty and photographer Luis Peacock. In the category of professional belly dancing, the group took second, third and fourth place, with the choreography "Egiptian Night", "Baladi" and "Entrance of the Stars", respectively. In solo belly dance professional ballerina Silvia Martínez presented the choreography "We Will Rock You", came second and the dancer Aline Pilz fourth on the choreography "Hayat". For choreographer of the group, Evilene Bordini, "Joining these festivals is very enjoyable as there are integration and exchange through various forms of dance found there. Besides the complicity and friendship that is developed between the dancers, who are united by the purpose of dancing and propagate the team and the art that is belly dancing. "She congratulated the dancers and made a point of highlighting "The effort and dedication of each was instrumental in this achievement."Festival The Paraty Dance, celebrated 10 years of achievement, consolidating a reference in dance festival. The festival is a project of Allegro Studio & Productions, in partnership with the Municipality of Paraty, being authored by dancer and choreographer Mathilde Mathias.This issue were received over 800 dancers coming from 32 cities and five states.


Arquipélago da Ilha Anchieta Este arquipélago está localizado na costa da enseada do Flamengo na região centro-sul do município de Ubatuba. Formado por um grupo 04 (quatro) Ilhas e Ilhotes são elas, a própria Ilha Anchieta, Ilhote do Sul, Ilha das Palmas e Ilhote das Cabras. Segunda maior ilha do litoral de São Paulo sendo um dos principais atrativos turísticos do Município de Ubatuba. Batizada como Ilha dos Porcos, em 1904 foi instalada uma colônia penal, posteriormente transformando-se em presídio político. Em 1955, após intensas rebeliões o presídio foi desativado. O nome da ilha foi mudado para Ilha Anchieta em 1934, como parte das homenagens ao quarto centenário do nascimento do Padre José de Anchieta. Após diversas propostas de ocupação, feitas por diferentes governos em 1977, foi criado o Parque Estadual da Ilha Anchieta (PEIA), protegendo a própria Ilha Anchieta e o Ilhote do Sul, suas riquezas naturais, preservando o rico patrimônio histórico-cultural representado pelas ruínas do presídio, suas instalações e seus entornos onde é proibida a pesca e a caça-submarina.

Particularidades: As profundidades nos pontos deste destino podem variar de 2 a 18 metros e a visibilidade varia muito em função das correntes e condições climáticas, alcançando 12 metros nos melhores dias. Ao longo do ano, a temperatura média da água situa-se na casa dos 22ºC, podendo chegar aos 27ºC entre meados de janeiro até a chegada do outono, já no início do verão, ocasionalmente ocorre o fenômeno das termoclinas, correntes extremamente frias em determinada faixa da coluna d’água.

Archipelago of Anchieta Island This archipelago is located on the shore of the cove Flamengo in the south central region of Ubatuba. Formed by a group four (04) islands and islets are they the very Anchieta Island, South Islet, Isle of Palms and Islet of Goats. Second largest island of the coast of São Paulo is one of the main tourist attractions of the city of Ubatuba. Dubbed Isle of Pigs in 1904 installed a penal colony, later turning into a political prison. In 1955, after intense rebellions the prison has been disabled. The island's name was changed to Ilha Anchieta in 1934 as part of the homage to the fourth centenary of the birth of Father José de Anchieta. After occupying various proposals made by different governments in 1977, was created the Parque Estadual da Ilha Anchieta (PEIA), protecting itself Anchieta Island and South Islet, its natural resources, preserving the rich historic and cultural heritage represented by the ruins of prison, their facilities and their surroundings which is prohibited fishing and hunting underwater.

Specials: The depths at the points of this destination can range from 2 to 18 meters and visibility varies greatly depending on the currents and weather conditions, reaching 12 meters in better days. Throughout the year, the average water temperature is set at around 22 º C and can reach 27 ° C from mid-January until the arrival of autumn, early in the summer, occasionally occurs the phenomenon of thermo clines, currents extremely cold in certain range of the water column.


ILHA ANCHIETA - A ilha é composta por sete belíssimas praias, trilhas e uma infra-estrutura surpreendente. Com apenas dois reais você poderá usufruir de suas belezas naturais, tais como: as praias e as trilhas autoguiadas, visitar a

sede do projeto Tamar (tartarugas marinhas),os lindos painéis fotográficos, o presídio e a capela Bom Jesus (restaurada) com guias, deliciar-se nas refrescantes duchas, sem contar os serviços de bar e restaurante, guias para trilhas distantes, churrasqueiras, ambulatório, lancha, telefone para emergência, entre outros.

ISLAND ANCHIETA The island is composed of seven beautiful beaches, hiking trails and an infrastructure surprising. With only two real you can enjoy its natural beauties, such as the beaches and the self-guided trails, visit the project site Tamar (turtles), the beautiful photographic panels, the prison chapel and Bom Jesus (restored) with guides, indulge in refreshing showers, not counting the service bar and restaurant tabs for distant trails, grills, outpatient, boat, emergency call, among others.

APROVEITE O PARAISO PRAIA DA FAZENDA - Privilegiada pelo criador, escolhida pelos homens. A extensa praia da Fazenda, 3,5 Km, acolhe em seu seio a sede de um dos nove núcleos administrativos do Parque Estadual da Serra do Mar, o Núcleo Picinguaba, onde 80% da área territorial do município pertencem ao Parque, compondo 47.000 ha de extremo fascínio natural. É importante ressaltar que é o único trecho de toda Serra do Mar que se estende de Ubatuba, litoral norte, a Itariri, litoral sul, protegendo o ecossistema desde a serra até a orla marítima, valorizando a importância da conservação da vida no planeta. BEACH FARM - Privileged by the creator, chosen by men. The long sandy beach of Finance, 3.5 km, receives in its bosom the headquarters of one of the nine administrative nucleus of the Parque Estadual da Serra do Mar Picinguaba, where 80% of the land area of the municipality belongs to the Park, comprising 47,000 ha extreme natural allure. Importantly is the only stretch of the entire Serra do Mar which extends from Ubatuba, north coast, Itariri, south coast, protecting the ecosystem from the mountains to the coastline, highlighting the importance of the conservation of life on the planet.


CACHOEIRA DO PROMIRIM - A nascente surge discretamente no seio da Mata Atlântica, descendo Serra a baixo, com a força gigante da Mãe Natureza, contornando rochas margeadas por raras espécies de árvores nativas. Cada queda d’água tem uma, forma diferente, com três principais poços na área de visitação. É em meio às pedras que está sua principal atração: os pequenos poços acima da segunda queda, onde desfrutamos de pequenas hidromassagens naturais. Em algumas você pode ficar sentado, em outras, você consegue encaixar todo o corpo. É uma delícia!

ÁGUAS MILAGROSAS

WATERFALL Promirim - The spring comes quietly within the Atlantic Forest, Serra down to low, with the giant force of Mother Nature, skirting rocks lined with rare native tree species. Each has a waterfall, different shape, with three main wells in the visitation area. It is among the stones which is its main attraction: the small wells above the second drop, where we enjoy small natural whirlpools. In some you can sit in others, you can fit the whole body. It is a delight!

NATUREZA EXUBERANTE

REFÚGIO PARA A ALMA ILHA DO PROMIRIM- Contornada pelo imenso planeta azul, a Ilha do Prumirim impera sua beleza! Próxima da costa, ela está ao alcance de todos... Em suas águas translúcidas pode-se observar o movimento da rica vida marinha como arraias, corais, miriquites, garoupas, peixe-palhaço e até tartarugas marinhas. O cenário perfeito para aqueles que sonham em fugir para uma ilha do Oceano Atlântico, onde o silêncio é substituído pelo som de pássaros e a marola à beiramar... Para quem desejar vivenciar um pouco deste paraíso basta alugar um barco na praia do Prumirim, região norte, que estará lá à sua inteira disposição para levá-lo e buscá-lo a qualquer hora a ser combinada.

Circumvented by the immense blue planet, the island reigns Prumirim its beauty! Near the coast, it is available to everyone ... In its translucent waters can observe the movement of rich marine life like stingrays, coral, miriquites, groupers, clown fish and even turtles. The perfect setting for those who dream of escaping to an island in the Atlantic Ocean, where the silence is replaced by the sound of birds and the ripple seaside ... For those who wish to experience a bit of this paradise just rent a boat on the beach Prumirim, the northern region, who will be there at your disposal to take you and pick you up at any time be combined.


Brava da Fortaleza - Acesso na entrada para praia Dura, passando pelas praias: Dura, Brava do Sul, Vermelha do Sul e do Costa. Praia localizada na enseada da Fortaleza, praticamente selvagem. Cercada pela vegetação típica da Mata Atlântica, com areia clara e água límpida, tem uma ponta de pedra em seu canto direito. Indicada para o banho ou mergulho. Access to the beach entrance Dura, past the beaches: Hard, Brava South, Red and South Coast. Beach cove located in Fortaleza, almost wild. Surrounded by vegetation typical of the Atlantic, with white sand and clear water, has a stone in his tip right corner. Suitable for swimming or diving.

FIGUEIRA -

Acesso na primeira entrada para Tabatinga, aproximadamente

1,5 Km por estrada de cascalho e terra, ou por trilha de nível médio, pelo morro da Caçandoca. O mesmo acesso é utilizado para praia da Ponta Aguda e praia da Lagoa. No caminho uma bela vista panorâmica das praias do entorno. A praia da Figueira fica dentro de propriedade particular, é quase deserta com areias grossas e mar pouco agitado. Fica em frente à Ilha do Tamanduá. Presença de comunidade tradicional caiçara. O acesso também pode ser feito de barco. Indicada para o banho ou mergulho. Access to Tabatinga in the first inning, approximately 1.5 km by gravel road and land track or middle level, the hill of Caçandoca. The same is used to access the beach and Ponta Aguda Beach Lagoon. On the way a beautiful panoramic view of the surrounding beaches. The beach of Figueira is inside private property is almost deserted with coarse sand and sea bit busy. It is opposite the Island Tamanduá. Presence of traditional community caiçara. Access can also be done by boat. Suitable for swimming or diving. DO PULSO - Acesso de carro até o estacionamento do Condomínio da Praia do Pulso onde seguimos 1 Km a pé. Linda praia de areias claras e águas mansas. Própria para banho e esportes náuticos, fica dentro de condomínio com várias casas de veraneio. Na ponta esquerda da praia está a ilha da Maranduba e a vista da praia Grande do Bonete. Do lado direito o início para a trilha histórica para Caçandoca, que dá aceso a beleza selvagem das praias: da Caçandoquina, da Raposa, do Saco das Bananas, do Frade ou Simão e da Lagoa. Access by car to the parking lot of the condominium where we Beach Pulse 1 Km walk. Beautiful beach of white sands and calm waters. Suitable for swimming and water sports, is inside a condominium with several vacation homes. At the left end of the beach is the island of Maranduba Great view of the beach and Bonete. On the right track for the start for historical Caçandoca, giving lit the wild beauty of the beaches: the Caçandoquina, the fox, the bag of bananas, or the Friar Simon and Lagoa.


SACO DAS BANANAS - Acesso de barco ou trilha de nível médio/difícil, saindo da praia do Pulso ou da praia da Caçandoca seguindo pela praia da Caçandoquinha e praia da Raposa. Está localizada dentro de uma área reconhecida como o primeiro Quilombo do Litoral Norte que se estende da praia da Lagoa até a praia do Pulso. Essa é uma trilha histórica com uma beleza selvagem, ruínas da época da escravidão, restos de construções de casas, roda d’água e pilastras. A praia é em forma de ferradura com encosta aberta. Presença de comunidade Quilombola. Access by boat or trail medium / hard, going to the beach or the beach Pulse Caçandoca followed by the beach and beach Caçandoquinha Fox. It is located within an area recognized as the first Quilombo North Coast stretching from beach to beach lagoon Pulse. This is a historic trail with a wild beauty, ruins from the time of slavery, leftover building houses, water wheel and pilasters. The beach is shaped like a horseshoe with open hillside. Presence of community Quilombola

FLAMENGUINHO - O acesso é de barco ou por trilha partindo do Saco da Ribeira e passando pela praia do Flamengo, localizadas na enseada do Flamengo. A praia tem uma faixa estreita de areia e no seu mar de águas calmas aportam muitas embarcações, tem casas de veraneio e vegetação exuberante. É caminho para trilha da praia das Sete Fontes. Access is by boat or by trail starting from the Saco da Ribeira and past the Flamengo beach, located at the inlet of Flamengo. The beach is a narrow strip of sand and sea in its calm waters they contribute many vessels, have vacation homes and lush vegetation. It's way to the beach trail from Seven Springs.


Corrida: É só dar o primeiro passo... O número de praticantes de corrida cresce a cada dia no Brasil como comprovamos nos calçadões à beira mar, praias, academias e provas realizadas todos os finais de semana pelo país afora. Inúmeras pesquisas e artigos científicos começam a ser lançados e debatidos freqüentemente na mídia especializada, leia-se mídia de corrida. Isso mesmo, hoje a corrida é uma mercado em franca expansão e movimenta não somente a ala científica e técnica da modalidade, mas também muitos segmentos do comércio de produtos e serviços. Por tratar-se de um esporte de execução simples, com movimentos que todos já sabem fazer desde os primórdios, a corrida pode ser praticada pela maioria das pessoas, porém, teste ergométrico e outros exames simples são recomendados para iniciar a atividade com seguranças, e preferencialmente sob a orientação de uma profissional de educação física. Torne-se mais um corredor a se divertir por aí, você só precisa de um par de tênis !!! Aí vão algumas dicas simples e básicas: Não saia para caminhada em jejum, de preferência à sucos e frutas, ou siga a orientação de um nutricionista; Se não quiser levar água, hidrate-se antes de iniciar a caminhada; Use um calçado adequado para praticar esportes, descalço recomenda-se apenas à beira mar; AS roupas devem ser leves e confortáveis. Bonés e viseiras são recomendados; Use protetor solar; Se você nunca correu, comece caminhando, tenha paciência; A orientação de um profissional de educação física será sempre indispensável para que você progrida com segurança e eficiência, portanto procure um profissional. Quando o corpo é posto em movimento, centenas de processos químicos, invisíveis a olho nu, acontecem nas células de nosso organismo, nos beneficiando de dentro para fora e fora para dentro. Essa troca faz com que o corpo receba uma descarga de hormônios e outras reações químicas que fazem a corrida ser o esporte que mais cresce no Brasil e no mundo: Reduz o peso corporal; Melhora o nível de colesterol; Aumenta a capacidade cardiorrespiratória; Reduz os riscos de infarto; Aumenta a massa muscular; Reduz a variação da pressão arterial de repouso; Ativa a circulação sanguínea, diminuindo problemas do coração; Melhora a função do rim, que filtra o sangue e reduz o número de substâncias tóxicas que circulam pelo corpo; Melhora a qualidade do sono; Estimula a formação de massa óssea ajudando a prevenir lesões como a osteoporose; Melhora a auto-estima; Aumenta o condicionamento físico; Proporciona sensação de bem-estar; Diminui o estresse e melhora a depressão; Aumenta a eficiência do metabolismo. Preciso falar mais alguma coisa? Experimente, o mínimo que vai conseguir é muito mais saúde para seu corpo e sua mente


Race: Just take the first step ... The number of runners is growing every day in Brazil as evidenced in the seaside boardwalks, beaches, clubs and events held every weekend throughout the country. Numerous research and scientific papers begin to be launched and discussed frequently in the specialized media, read media race. That's right, today the race is a booming market and moves not only the scientific and technical side of the sport, but also many segments of trade and services. Because it is a sport of simple execution, with moves that everyone knows to do from the beginning, the race can be practiced by most people, however, stress testing and other simple exams are recommended to start with security activity, and preferably under the guidance of a professional physical education. Become a runner over to have fun out there, you just need a pair of shoes!! Here are some simple tips and basic: Do not leave to walk fast, preferably with juice and fruits, and follow the guidance of a nutritionist, If you do not want to carry water, hydrate yourself before starting the walk; Use appropriate footwear for sports, barefoot suggested only seaside, AS clothing should be light and comfortable. Caps and visors are recommended; Use sunscreen, If you have never raced, start walking, have patience; guidance of a professional physical education will always be necessary for you to progress safely and efficiently, so look for a professional. When the body is set in motion, hundreds of chemical processes invisible to the naked eye, occur in the cells in our body, in benefiting from inside to outside and outside to inside. This exchange causes the body to receive a discharge of hormones and other chemical reactions that make the race to be the fastest growing sport in Brazil and the world: Reduces body weight, improves cholesterol levels, Increases cardiorespiratory capacity, reduces the risk of heart attack; Increases muscle mass Reduces variation in resting blood pressure, activates the blood circulation, reducing heart problems, improves the function of kidney that filters the blood and reduces the number of toxic substances that circulate in the body, improves sleep quality; stimulates bone formation helping to prevent injuries such as osteoporosis, improves self-esteem, increases physical fitness; provides sense of well-being, decreases stress and improves depression; Increases metabolism efficiency. I need to say more? Try it, the least you will get is much healthier for your body and your mind


A.M.E. UBATUBA - Quando é que decidiu entrar para o mundo da úsica? KILO - Comecei em 1998 quando alguns amigos formaram uma banda ai então fiquei empolgado com toda aquela magia e um das principais pessoas que me ajudou foi Fabrício Machado que na época era o vocalista da banda que se chamava LOBOS DA CORTE. A.M.E. UBATUBA-Já tocou em algumas bandas e agora está trabalhando sozinho, como é essa transição? KILO - É algo que nunca imaginei fazer, pois sempre tive um apoio, e quando tinha a minha banda eu era baixista e vocalista então quando me vi só precisando trabalhar resolvi dar continuidade e ir pra cima e mostrar que todos nós somos capazes. A.M.E. UBATUBA - O que devemos esperar de sua carreira solo em geral? KILO - Eu não gosto muito desse termo carreira solo, mas é uma continuidade no trabalho agora com violão e voz, totalmente diferente do anterior, mas venho me sentindo muito bem graças a DEUS com todos os elogios e apoio, e agora todas as pessoas que estiverem me assistindo farão parte desse projeto. A.M.E. UBATUBA - Quem te inspira no trabalho criativo? KILO - Hoje a principal inspiração é a minha esposa Priscila e o meu filho Kauan, pois são os meus maiores incentivadores e fãs. A.M.E. UBATUBA - E você pode soltar pra gente se vem novo trabalho por aí? KILO - Sim tenho em mente algo que ainda está se encaixando, pois algumas canções estão surgindo e serão muito simples para relaxar e pensar “o que é ser feliz", espero que tudo aconteça da melhor maneira possível. Meu muito obrigado ao AMEUBATUBA pela oportunidade e parabéns pelo trabalho que vem realizando pelo bem de todos!

A.M.E. UBATUBA - When did you decide to enter the world of music? KILO - started in 1998 when some friends formed a band there so I was excited about all that magic and one of the main people who helped me was Fabricio Machado who was then the lead singer of the band that was called WOLVES OF THE COURT. A.M.E. UBATUBA-He has played in some bands and is now working alone, as it is this transition? KILO - is something I never imagined doing, because I always had a backup, and when I had my band was bassist and vocalist so when I saw only needing to work and decided to continue to go up and show that we are all capable. A.M.E. UBATUBA - What should we expect from his solo career in general? KILO - I do not really like that term solo career, but it is a continuity of work now with guitar and voice, totally different from the previous one, but I've been feeling very well thanks to God all the praise and support, and now all the people who are watching me be part of this project. A.M.E. UBATUBA - Who inspires you in creative work? KILO - Today the main inspiration is my wife and my son Kauan Priscilla, because they are my biggest supporters and fans. A.M.E. UBATUBA- And you can drop up to us new work comes around? KILO - Yes I have in mind something that is still coming together, as some songs are appearing and are very easy to relax and think "what is to be happy," I hope it happens in the best way possible. My thanks to AMEUBATUBA the opportunity and congratulations on work being done for the good of all!


AMIGOS NA PRESERVAÇÃO, PROTEÇÃO E RESPEITO A UBATUBA

APPRU - Amigos na Preservação, Proteção e Respeito a Ubatuba, surgiu no dia, 27 de setembro de 2002 com a Ação Ambiental “DEDIQUE UM DIA A UBATUBA!”. O objetivo naquele momento era reunir amigos para limpar o Rio Grande de Ubatuba, um dos principais rios de nossa bacia hidrográfica, o rio é responsável por mais de 60% do abastecimento de água do município. A primeira ação foi um sucesso e depois desta, a APPRU vem realizando diversas outras ações por todas as comunidades de Ubatuba, limpando rios, praias, mangues, floresta, costeiras e realizou também passeatas, blitz, palestras e muitas outras atividades e ações ambientais. Sempre trabalhando com amigos por toda a cidade, tendo grande repercussão na mídia, levando sempre o nome de Ubatuba para vários cantos da região, mostrando a preocupação da população local com a preservação de sua natureza. E isto é o que somos Amigos de Ubatuba, defendemos ações na prática e buscamos sempre o bem para Ubatuba e sua população, realizando ações num clima de amizade, respeito e muita dedicação.

APPRU - Friends in the Preservation, Protection and Respect Ubatuba, came a day, September 27, 2002 with the Environmental Action "Take A DAY UBATUBA". The / aim at that time was to gather friends to clear the Rio Grande de Ubatuba, one of the main rivers in our watershed, the river is responsible for over 60% of the water supply of the municipality. The first action was a success and after this, the APPRU been performing various other actions by all communities of Ubatuba, cleaning rivers, beaches, mangroves, forest, coastal and also held rallies, blitz, lectures and many other activities and environmental actions. Always working with friends all over the city, having great repercussion in the media, always taking the name of Ubatuba to various corners of the region, showing the concern of the local population with the preservation of nature. And this is what we are Friends of Ubatuba, defend actions in practice and always seek the good of Ubatuba and population, performing actions in an atmosphere of friendship, respect and dedication.


1º Circuito Municipal AUSK de Skate & Festival Inverno de Aço na praça do capricórnio em Ubatuba Aconteceu nos dias 21, 22 e 23 de junho a primeira etapa do 1º Circuito Municipal AUSK de Skate, marcando o Dia internacional do skate e solstício de inverno. Durante os três dias acontecerá inúmeras atividades ligadas ao skate e ao rock local. Na sexta - feira dia 21, dia em que marca o dia internacional do skate e solstício de inverno no hemisfério sul, acontecerá o lançamento do vídeo de skate de Ubatuba “RukSkateboard” produzido por “Odirlei Augusto” skatista veterano na cidade. Também serão exibidos vídeos de eventos já realizados no ano de 2013 pela AUSK como, (SickMind Summer 2013 & Hip Rock Gira Brasil).Ainda no dia 21 acontecerána Praça do capricórnio a abertura do “Festival Inverno de Aço” que visa valorizar o cenário do rock pesado da região, e tem como organizado r “Julio Candinho” músico e idealizador do segmento musical. No Sábado dia 22,acontecerá a passeata “GoSkateboarding Day” em homenagem ao dia internacional do skate, com a presença de skatistas de toda a região, músicos e adeptos da cultura urbana. No período da noite, durante o segundo dia do “Festival Inverno de Aço”teremos inúmeras apresentações de peso entre elas a principal atração “Banda Vulcano” umas das pioneiras no estilo “Rock Metal” no Brasil. A Banda acaba de voltar de uma turnê na Inglaterra e terá esse show marcando o retorno ao país. Já no domingo, dia 23 ultimo dia de realização, estará acontecendo à partir das 9:00hrs, a primeira etapa do“1º Circuito Municipal AUSK de Skate” que tem como principal objetivo formalizar a modalidade na cidade, oferecendo ranking municipal e benefícios para os atletas mais bem colocados. O Evento será disputado pelas categorias, iniciante, mirim, amador e feminino e terá a participação de atletas profissionais e “Best Trick Livre”. Teremos também inserções musicais com “PocketShows” de Hip Hop e um show especial na íntegra durante os intervalos das baterias de skate com a “Banda Veltra” de hard core que vem crescendo e ganhando inúmeros simpatizantes. “Após o campeonato a Banda de Hard Rock de Ubatuba “Psycos Jam” entra em cena fechando o ‘Circuito e o Festival Inverno de Aço” com previsão de término para as 23:00hrs. “OBS: “Acompanhe nas próximas edições mais informações sobre o evento, e o” lineup” oficial com os shows dos 3 dias de Festival de rock. Mais informações: Elton Herrerias Junior &Ângela Mendonça (Circuito Municipal AUSK) (12) 96085732 – 91034011 - 97748518 www.circuitoauskdeskate.blogspot.com Julio Candinho (Festival Inverno de Aço) (12)97774902 - www.invernodeaco.blogspot.com


1 kg de mariscos grandes com as cascas limpas o suficiente; 2 pimentões, 1 verde outro vermelho, bem picadinhos; 4 tomates bem picados com ou sem as sementes; 2 cebolas picadinhas; 3 dentes de alho espremidos; 3 pimentas malaguetas (2 ou 3 espremidas e picadas); pimenta do reino; sal a gosto; ½ xícara de chá de azeite; 2 latas de cerveja (700 ml); 1 xícara de chá de coentro bem picadinho (opcional). Limpe bem os mariscos tirando toda a barba e o lodo da casca. Lave em água e depois os coloque em recipiente com água e limão espremido ali jogando inclusive as cascas dos limões. O limão ajuda a fazer o bichinho expelir a areia e desinfetálos, ainda vivos. Depois, faça um refogado com óleo ou azeite, deitando a cebola e depois o alho sem deixar dourar, juntando depois o tomate, as pimentas malaguetas, a pimenta do reino e os pimentões verdes bem picadinhos. Adicionar o coentro. Jogar logo em seguida somente os mariscos sem a água com limão. Deixar refogar um pouco. Junte a cerveja (mais ou menos o equivalente a 2 latas ou 1 garrafa). Deixar cozinhar em fogo médio. Calcule certa quantidade de arroz para o marisco (por exemplo, três xícaras de arroz para cada quilo de marisco) e depois de limpo e lavado o arroz, junte ao cozido, mexendo 1 vez só. Refogar abaixando o fogo e deixando a panela tampada para cozinhar. Depois de cozido o arroz (as cascas se abrem e ficam repletas do mesmo), desligar o fogo e servir acompanhado de cerveja ou vinho branco bem gelado. Come-se com garfo e as conchas com as mãos, abrindo-as e sorvendo o conteúdo. Se quiser não acrescente o arroz só servindo o cozido, esperando esfriar um pouco para comer o conteúdo das cascas, tomando o caldo em cuias.

Lambe-Lambe Stylish Caiçara 1 kg of large clams with the shells clean enough, 2 peppers, one green the other red, finely chopped, 4 tomatoes, finely chopped with or without seeds, 2 finely chopped onions, 3 cloves of garlic squeezed; 3 chilies (2 or 3 squeezed and chopped), black pepper, salt to taste, ½ cup of olive oil, 2 cans of beer (700 ml), 1 cup of finely chopped cilantro (optional). Thoroughly clean the clams taking full beard and bark sludge. Wash in water and then place them in a container with water and squeezed lemon there playing even peels of lemons. The lemon helps make the pet expel sand and disinfect them, still alive. Then make a stew with vegetable or cooking oil, pouring the onion and then the garlic without letting it brown, then adding tomatoes, chilies, black pepper and finely chopped green chilies. Add the cilantro. Play then immediately only seafood without the water with lemon. Let it cook a bit. Add the beer (more or less equivalent to the first two cans or bottle). Simmer over medium heat. Calculate quantity of rice for seafood (eg 3 cups of rice for every pound of seafood) and then cleaned and washed rice, add the cooked, stirring once 1. Sauté lowering the heat and leaving the covered pot for cooking. Once cooked rice (the shells open and are full of it), turn off the heat and serve with beer or white wine well chilled. Come up with a fork and shells with your hands, opening them and sipping content. If you want to add the rice not only serving the stew, hoping to cool a bit to eat the contents of the shells, taking the broth into bowls.



A.M.E. UBATUBA GUIA E SERVIÇOS