Page 1


Sintra faz a diferença com a recolha de óleos alimentares usados

Valorização do Resíduo Regra gera Regra ger eral, era al, o os OAU são ão lançados la çados no o esgoto es e o ou colocad lo cados os no no lilixo lixo, provo provocando ando a poluição polui o da ass linhas de d água e solos solos,, dificultando culta do ainda ai da o funciona fu cionam ament mento o das Estaç stações ções de Trat Tra rat atamen amento o de Águas guas Residua esiduais ais is (ETARs) municip mun icipais. ais. Calcul Calcula ula-se a-se que ue em e Portu Portugal al seja sejam m prod produdu zidass ce zida cerca rca de 125 25 0 000 00 tonela neladass deste de resíduo. resíd Em m Sintra Sintra é realiz re ealizada ada da a a valorizaçã valo zação energética energ ca a dos OAU U para produçã produção ão de de Biodie B odiesel el e su sua utilização utiliza ão para p o ab abaste stec tec ecime mento nto da ffrota rota a mun municipal. ipal. Com om esta es atitud atitu ude de iremo ir mos: • reduz r duzirr o cons c nsu sumo su mo de ccomb ombu bu bus ustíveis veis fósseis, fó seis, e por conconsequê se uência cia redu eduzir zir ir de emissõe emissões es de Gases G ses com c m Efeito de Estu stufa a (GEE), (G E), prev reve eve venind nindo do o aquec aquecimento aq q mento global e ass altera a erações ões climática climáticas; s; s; •g garan antirr um u de destin tino adequa ad quad ado aos aos O OAU,, reduzindo OA red zindo o imp mpact cte ambie ambiental al caus ausado do pel ela carga ela ca carg rga ga polu poluente nte na nas ETAR TARs munic nicipai pais; • co cont ntrib ibuir ir para ara a políti política a de d gestão ge ão e valorizaç alor alori oriização o dos do resíd res íduos os, s, melho horan ando o a qu qualida idade de do do arr dos do oss centros c ntros urban urb anos os e a red r duzin zindo o a factura fa ura energét ene gética ad do municí cípio io.

Desde o ano no de 2003 20 3 q que ue a Agênc Agência a Munic M nicipal pal de e Energ E ergia de Sintra (AMES) S)) em em coo oopera eração ão com a Câm âmara ra Mun Municipa cipal de Sintra promovem em m a rec ecolha ha de óle leo ali alimen entar ar usad u ado no âmbito da sensib ibiliz izaçã ação o ambi bienta ntal do municíp mu cípio. o. A As camcampanhas de reco ecolh lha a des deste e res esíd sídu duo ini iniciar aramm-se ee em m escol e colass dos diferente tes níve veiss de e en nsin no.. Pro Profe rofes essore ores e alun unoss ficam am a conhecer er as va vanta ntage gens ns de d dep eposi ositar arem em m no n Óleão ão os óleeos alimen enta ares es usad usados os (O OAU), AU , que que de depo poiss d de e re reco colhid idoss são s o valoriza val lo ado os em Bio Biodi diessel.. Estass cam Es ampa mp pan panh nha has tive veram am,, e aind nda a têm êm uma gran ande de a ace ce ceitaação o por or pa arte e das ass e essco scol cola as,, sen sendo do qu que e tod odos os se emp em mpenh enham am m em m rec ecolh her não o só s o OA AU p pro rod od du u uzzid zido on nas as ca canti ntina nas com como ta tam mbém bé m o OAU U traz azido o pe eloss p próp óprios os alu aluno nos os das da d s ssua uass cas casas. as. Nesste sent ntido o, e tend ndo em cont nta que e pop opula ação ão o do d conc conceelho o de e Sin intra a esstá mobiliz ob zada da para pa a a sepa paraç ação o sel elect ectiv tiva a de este e res esídu uo, inici ciou--se em m Ou utub bro de 2005 05 a reco colha a de e OAU U prrodu uzid doss no o sec ectorr do omé ésticco, esta ando do ao dispo por da pop pula ação o 23 3 Ole leõe es, colo ocad doss estr trate egica came mente te jun unto o do dos os eccopo ponto tos.

Onde pode depositar o seu óle

o alimentar

Resultados do Projecto Desd sde Dezzem mbro o de e 200 005 até ao final al do o pass assado do mês mê de Outtubrro, noss 23 óleõ õess de rua, a, nas as 711 esccolas as pa arceieira as do proje jecto o, e nou outro os lo ocai ais co como mo lar aress de ido o sos s , cr r esc c es par r ticu u lare res, pas s tela a rias as usado? com m fa ffab abr brric ico co pró próp ópriio,, e alg a algun algu lgun guns uns nss rrestaurantes, restauran restaurantes resta restaura re res estaurantes, staurantes, taurantes, ante es rec re eccolheu ollhe eu-se e 66 65 518 8 liitro tro ros os de de OA O OAU A AU U. U.

Freguesia

Morada

Agualva

Rua António Nunes Sequeira

Algueirão - Mem Martins

Estrada de Mem-Martins (junto à estação da CP)

Almargem do Bispo

Av. General Barnabé António Ferreira (junto à fonte)

Belas

Av. João de Belas

Belas

Belas Clube de Campo, Alameda do Aqueduto

Cacém

Rua Elias Garcia, perto da Junta de Freguesia

Casal de Cambra

Av. Brasil (junto à Crel)

Colares

Alameda Coronel Linhares de Lima ( junto à AMES)

Massamá

Rua dos Jasmins (junto ao parque 2 de Abril)

Mira Sintra

Av. 25 de Abril

Monte Abraão

Av. Soldado Joaquim Luís (junto à loja óptica)

Montelavar

Rua do Vimal / final da Rua das Eiras

Pêro Pinheiro

Av. Liberdade (junto da praça de táxis)

Queluz

Junto ao Mercado Municipal

Rio de Mouro

Av. Gago Coutinho (em frente à estação da CP)

S. João das Lampas

Av. Central (junto à Igreja)

São Marcos

Rua Cidade de São Salvador

São Martinho

Av. General Humberto Delgado (junto à EB1 da Várzea)

Sta Maria e São Miguel

Rua da Sede do Clube, Lourel

Sta Maria e São Miguel

Rua Dr. Félix Alves Pereira (junto à estação da Portela)

Terrugem

Av. 29 de Agosto (junto ao cemitério)

Algueirão - Mem Martins

Posto de abastecimento da TOTAL de Mem-Martins

S. Pedro de Penaferrim

Posto de abastecimento da TOTAL do Linhó

Nesste Neste te momento t a ffrota t d de recolha lh d de R Re Resíduo síduos os Sólid Só Sóli ólidos lilidos Urbanos Ub do d Concelho C lh de d Sintra Sintra, a, que q conta com 53 viaturas p pesa pesadas abastece com uma mistura B5 (5% de das, bi di l + 95% gasóleo) biodiesel ól ) sendo d que d desdes d que de q o posto p entrou em funcionamento f i ((Dezembro de 2005)) já j foram consumidos cerca 65 m3 de biodiesel, biodiesel o que represen represent um total ta t t l de d biocombustível bi b tí l consumido id 3 d cerca de de d 1 300 m . > CATARINA ROSÁRIO / ANDREIA SILVA


Está a poupar energia?... faça o teste!

Publicação bimensal da Agência Municipal de Energia de Sintra N.1 Março/Abril 2008

Para o ajudar a poupar energia e a perceber, através de um auto-diagnóstico, se está a usar bem a sua energia, responda às seguintes perguntas. Instruções: Inicie o dia diagnóstico agnóstico assin assina assinalando alando com co uma cruz c as afirma maç açõe çõess que se id identi entificam m com as suas atitudes diárias. árias. Quan Quand Quando do terminar term faça uma u a soma som das da ass resposta respostass assinala ass nalada das ass e consu nsulte a grelha de resultado resultados os na última pá página.

Climatização 1. As p paredes exteriores da d minha m a casa estão stão pinta p ta adas numa cor clara ap porque orque vivo v numa ma zona zon quente. quent 2. Quando adquiri uiri a m mi minha inha casa sa tive em em conta cont qu que ue o seu isolamento era o adeq adequado. adequad 3. No Verão, durante urante a noite, n facilito facilit o arrefeci arre ciment ciimento e a circulação de ar abri abrindo janelas nelas em e partes parte opostas opo o ostas da casa. casa 4. No Verão, durante ura uran o dia, ia, corro cor os estor es ore ress e os o cortinados para não ão d deixar aquecer de aquec tanto a casa. casa 5. No Inverno, d durante dura u o dia, mante antenho ho o oss e esto storess e cortinados abertoss p para que possa pa po a ap aproveita ove oveita veitar eitar me melhor or o calor e a luz do solar. ol 6.. Quando com compro equipamento equip mentoss d de clima matizaç ação tenho em conta se a potência potênc é a ad a adequ de equada da para ara o espaço q que p pretendo aqu aquecer er ou arref arrefecer. cer. 7. Ligo g os equipamen pamentoss de clima matizaç zação oa apena enas quando são necessário necessários. 8. Mantenho o as portas po as e ass jjanelas jane ja anelas nelas elas lass fecha fe fech fec fechad echad chada hada ada ad da as quan as quan q ndo os equipamentos de e climatização clim c imatização matização mati açã ç estão estã e est es stão ão o liga lilig iga gad ad dos.

Iluminação 9. Não o deixo eixo ixo xo o ass luzes luz lu uzes zes es lig liga lligadas liligada igadas das quan quand qua qu q quando do o nã não o ssã ão ã necess essár ária rias as. s. 10. 0.. Aproveito proveito roveito oveito veito eito ito to o a luz uzz nat natural natu n na natura natur du dur dura durant duran d durante ante nte te eod dia diia a , ev evvita ando o acen nde de err ca ca can and ndee nde deeiros deeiro eeiros eiros iros. os. s 11 1. Tento ento nto to o manter ante ant an nter nte ter a as lâm lâ lâmp lâmpada lâmpad lâmpa mpada padas adas das ass e os os g gl glo globos globo os ou pro ottec te ectore e ore ess de e lâmpada âmpa mpad pada pad d bem bem limpos limpo limp lilim impos. mpos. pos. os. s. 12. Adquiro A uiro iro iro o de d preferênci preferência preferê prefe pref pr preferênc preferên referência ferência erência ência ncia cia lâ lâmpadas lâm e ec economizado ccon onom mizad dorass. ra ras

Electrodomésticos 1 Qu 13. 13 Q an Quando Quan Qua nd compro p electrodomésticos l d é i p prefiro prefifiro os mais ais ais is efi e eficientes ficie ciente cien cientes iente nte t ((classe l energética éti A ou B) B). 14. U 14 Utili Utilizo Utilizo, Utiliz til tiliz iz de d preferência preferência, f ê i as máquinas á i d de llavar com cap ccapacidade ca ap apa pacid paci pa cid d máxima. máxima 15 5. U 5. Uttil tilizo tiliz iz p programas g de lavagem g económicos económicos. 16. 16 6 Pr 6. Pre refiro refi efiro fazer uma p pré-lavagem pré lavagem g da loiça ç à mão. mão 17. 17 7 Pr 7. Prefiro Prefi Pre refi efirrro,, sempre p que q possível p possível,, secar a roupa p ao ar l livre em m vez vezz d de usar a máquina áq d de secar secar. 18. 18 8 Evito 8. Evit Ev vito to abrir b muitas vezes e p por muito tempo p o f i rífi frigorífico frigorífi ífico ífifico co oeaa arca congeladora congeladora. l d 19. Não 19 Nã ão og guar gua ardo rdo d comida id quente t no ffrigorífi frigorífico i ífico. 20. D 20 Descongelo escongelo ongelo l o congelador l d pelo l menos uma vez por ano. p ano 21. Evito terr a televisão 21 televis o ligada g quando quan q o não estou tou a assistir a nenhum h mp programa. prog program progr g ma. 22. Quando 22 Qua do passo passo o a fferro, ferro fer , desligo desligo o aparelho apa elho um u pou o antes de terminar, pouco term nar, apr apro aproveita aproveitando oveitando o o calor ca or enquanto enqu nto termino a minha termino m a tarefa. ta 23. Tenho 23 nho o meu computador co compu putador utado programado progr pr p mado para desligar desliga esligar o monitor moni r quando quando o não o estou u a utilizar utiliza utiliz izar durante durant maiss de d 15 minutos. min

! ! !

!

24 Duran 24. Dura antte a ante as horas ho s em e que qu não nã es está ningué ni guém m em e casa, te casa, tenho nho ho os m meus eus equ quipam amento ntos (tel televisã visão,, ccomp mpupu utador, tad or, ap aparelh parelhagem p gem, etc.) etc se sem o mod odo stand-b sta d-by.

Preparação de refeições 2 Quando Quando com ompro ro um m fogã f gão ou um um fforn rno o tenh tenho o !25.

em m atenç a enção o o cons onsumo mo e os o cu custo tos oss da ene energ rgia aq que ue vou vo uti ar. utilizar. 2 Manten 26. Ma tenho o ssemp mpre re e a pa pane nela a tapa tapada da enqu enquan anto o cozi ozinho o e a cham c ama no om míni nimo mo. 27. Des escong ngelo elo o os os a alim imen entos os de for forma ma natu n tural. tural. 2 Utilizo 28. Ut zo o com com ffreq equê uência cia a pa pane nela ne ela ad de p press ssão. o. 29. 9 Util Utilizo lizzo o microo microond ndas as pa para ara aque a uecer er com omida da.

!

! ! ! Mobilidade 30. An Ant ntes t sd de fazer fa er um m pe ercu urso o plan ane-o -o de e forrma aa !30. perce per p ceber er a fo form ma m maiss eficcient nte de m me deslo de ocarr. 31 Prefi 31. Pr ro an ndar ar a pé p o ou de bicicle bi leta para ra ad distândistâ distân istân tâ â c s cur cias urtas. s. 3 Utiliz 32. U izo o os tra ranssport rtes púb blico os no o meu me me eu u dia-adia diadia-a dia a--aa-adia a. 33 3. Se emp pre qu que e posso posso sso so o apro apr a ap aproveit aprovei aprove aprov aproveito p to o bo oleias leias eias iass d de e cole co col coleolele e g . gas. 34. 3 4 Ao o com compra rarr um um automóvel automóv aut óvel el te el te en nho o em em cconta o os os seus seu se us con c nsum nsu umo mos oss de e co om mb mb bustível. u 3 Prat 35. P tico um ma co ond duçã ão segu ã s ura a e efi eficie iente, ente e, evievvita ando o accele eraçõ õess e trrava avagens age gens ns b bruscas brus s. s 3 Ten 36. T nho Tenho ho em e conta a manutenção ão do d meu automóvel móvel, ó l nomeadamente d t a pressão ã d dos pn p pne pneus. pneus ne ne

! ! ! ! ! !

Resíduos 37. Faço ç a separação p ç dos resíduos p para ara a reciclar. recicl recicla reciclar lar. !37 38. 38 Deito o óleo alimentar usado ado do nos os Ó Óleões Óleõ Óleõe es q que qu !

temos em Sintra. Sintra 39. Sempre 39 p que q possível p í l faço f o uma ma doação doa doação da d das coisas i que ainda i d estão tã b boas mass que e já não nã q quero quero, em vez de as deitar p para o lixo. lixo 40. Procuro reutilizar o p 40 papel p sempre p q que p possível. possível

!

! Água 41. Mantenho h sempre mpre pre as ttorneiras p i em b boas condicondi di !41

ções õ eb bem m fechadas. ffechadas chadas h d 42. Tenho o meu autoclismo regulado de forma 42 a que o volume l d de descarga d seja j o mínimo í i ou tenho um objecto bj que q não flflutua utua no d depósito p com a mesma função funç unção. ção ão. 43. Prefi 43 Prefiro Pr firo duches d h a banhos b h de d imersão. imersão i ã 44. 44 4. EEnquant nquan quanto nto to lavo l os d dentes t mantenho t h a ttorneira i fechada fechada. da. 45. Aproveito 45. Aprov to água água da chuva ou de cozer alimentos para regar egar as p plantas planta tas de d casa. casa

! ! ! !

veja a grelha de resultados na última página

fhej[][dhj[ eW c X_[ fek fWhWi dWiYedj


Agarre e desafio: est

Dúvida do Munícipe “O meu esquentador avariou e nos próximos dias terei que comprar um novo equipamento. Podem informar-me em termos técnicos e económicos qual é a diferença entre um esquentador a gás e um esquentador eléctrico (termoacumulador)?” C.S.

Resposta:

Elimine os consumo de Stand-by na sua casa e veja a sua factura anual de energia eléctrica a reduzir cerca de 12%. “Stand-by” significa que o aparelho está em repouso (pronto a trabalhar). Se a luz da sua televisão, leitor de DVD, micro-ondas, aparelhag lh agem em, co comp mput utad ador or... pe perm rman anec ecer er llig igad ada a, é p por orqu que e es este tess ap apar arel elho hoss continuam a consumir energia.

Como fazer: Analise a proximidade dos seus electrodomésticos nas várias divisões da casa (exclua o frigorífico). Calcule quantas extensões vai precisar para ligar todos os aparelhos e compre as que têm botão para desligar. De manhã, quando sai de casa, de noite, antes de dormir, e quando vai de férias, desligue as extensões. Caso não deseje ter essa preocupação recorra a temporizadores que podem ser colocados junto à tomada.

> ANDREIA SILVA

Teste “Está a poupar energia?” Grelha de resultados

Número de respostas assinaladas

Resultado

Menos de 20

Precisa de melhorar os seus hábitos de consumo! Verá reduzidas as suas facturas de consumo de energia e água e o ambiente também agradece. Informe-se de como se tornar um utilizador mais eficiente através da EcoLinha.

Entre 20 e 35

Está no bom caminho! Os seus hábitos diários já refletem uma preocupação com o ambiente. Vá em frente, não hesite em tornar-se um utilizador exemplar!

Mais de 35

Parabéns! As suas práticas diárias deveriam servir de exemplo para os seus amigos, os seus familiares, enfim para quem o rodeia. Divulgue-as para que todos possamos ganhar.

A Ecolinha ajuda-o! 800 206 823 das 9h30 às 17h30 de segunda a sexta-feira ou através de atendimento personalizado no Gabinete de Apoio ao Munícipe da C.M.S., em Sintra, e nas delegações municipais das 9h30 às 17h30 do Cacém, Queluz e Rio de Mouro.

O aquecimento de água é um processo no qual é consumida uma grande quantidade de energia, representando aproximadamente 50% do consumo total de energia em todas as formas consumida por uma família (apesar do consumo de energia eléctrica representar apenas 5%). O aquecimento de água pode ser efectuado de 3 formas: Através de esquentador – A água é aquecida num permutador exposto ao calor das chamas do queimador, sendo que a saída de água quente é instantânea; Através de termoacumulador – O termoacumulador é um depósito de água que é aquecido através de uma resistência eléctrica, não existindo água quente de uma forma imediata; Através de colector solar – A água é aquecida através da captação da ener en ergi gia a so sola larr. Par Para a al além ém da da en ener ergi gia a so sola larr, exi exist ste e se semp mpre re u um m ap apoi oio o, que normalmente é dado através de uma resistência eléctrica. A utilização de um colector solar para o aquecimento da água é a forma mais eficiente e económica, apesar de ser a forma que apresenta um investimento inicial mais elevado. Uma das principais vantagens é a sua independência em relação aos combustíveis fósseis. Quando se toma a decisão de mudar o sistema de aquecimento de água, devem ser contactados especialistas, de forma a serem estudadas as diversas possibilidades e a ser dimensionado um sistema que cubra as necessidades da família. Simulação: Para a simulação que se apresenta, foi considerada uma família de cinco pessoas, que tomem duche diariamente. O consumo de água considerado foi de 350 litros, o que corresponde a um consumo energético de 10kWh/dia. > ANDREIA SILVA Esquentador Gás Propano

Gás Butano

708,00€/ano 720,00€/ano (10 garrafas de 45 kg)

(40 garrafas de 13 kg)

Gás Natural

356,21€/ano (495,65 m3)

Termoacumulador

Kit Solar

Electricidade

Sol + Electricidade

452,88€/ano

130,51€/ano

Cálculos realizados com base nos valores em vigor em 10 de Março de 2008.

propriedade: Agência Municipal de Energia de Sintra • coordenação editorial: AMES (Andreia Silva) • Concepção e produção gráfica: Dupladesign • tiragem: 1000 exemplares • distribuição gratuita • Sugestões ou comentários: economizar@ames.pt • Correio: Economizar, Agência Municipal de Energia de Sintra, Rua Coronel Linhares de Lima, 2705-351 Colares


Economizar Nº1  

Publicação que foi desenvolvida no âmbito do projecto EcoConselho com o objectivo de manter o munícipe de Sintra informado sobre as temática...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you