Page 1

Valuation Avaliação de Empresas Janeiro/14

SAS Consultoria


Porque fazer valuation?? Porque tá no roll das coisas que temos obrigação de saber SAS Consultoria


Todo empresário precisa saber..

 O resultado (lucro ou prejuízo) de seu negócio no ultimo ano e no último mês – prontamente

 O valor atual do seu negócio e sua situação financeira  A evolução do valor na linha do tempo – 5 anos e a tendência futura  O valor mínimo pelo qual estaria disposto a alienar seu negócio – sem sentimentalismos SAS Consultoria


Resultado e situação financeira SAS Consultoria


Pontos relevantes a observar

 Resultados devem ser determinados em bases corretas e consistentes – bases conservadoras  Não podemos ter ilusão de lucro e nem de prejuízo – Em alguns casos é pior que não saber

 Situação financeira – Requer cuidado com a gestão do capital de giro - mata lentamente  Não é perceptível facilmente – É a “praga” do momento pelo “boom de 2011 e 2012” SAS Consultoria


E o valor da empresa??

SAS Consultoria


Entrevista de Aswath Damodaran Entrevista Revista Isto É Dinheiro 191 – 19 set 2012 P - Um investidor comum consegue fazer a avaliação de uma empresa? R - Claro SAS Consultoria


Claro. E continuou...

“ Três elementos determinam o valor de uma empresa: • a capacidade de gerar lucro e fluxo de caixa a partir de investimentos já existentes; • a capacidade de crescer; e • os riscos envolvidos nesses dois projetos.

No fundo, a avaliação é matemática, mas é preciso haver uma boa história por trás de cada número” SAS Consultoria


Contexto do valuation

SAS Consultoria


Contexto do Valuation • O objetivo é pontuar o provável valor atual do

negócio

• Não objetiva avaliar a gestão e não determina a viabilidade ou não do negócio • Não representa o provável valor de negociação – depende das circunstâncias

• O valor apurado sempre será questionado – tendente ao lado que está analisando SAS Consultoria


Então o que é?? • É a estimativa de uma base; • Uma tentativa de estabelecer, dentro de uma faixa, um valor referencial de tendência. • Em torno do qual atuarão as forças de mercado. Primo Falcini SAS Consultoria


O que não é??

• Não é uma fixação concreta de um preço ou valor de um bem

SAS Consultoria


Como se determina o valor

SAS Consultoria


Há duas metodologias básicas

• Avaliação econômica – benefícios líquidos que se poderá extrair no presente e futuro • Liquidação ordenada – valor dos ativos a preço de venda – líquido dos custos de venda e dos custos de encerramento da operação • O valor do negócio será o maior entre estas

duas alternativas – em marcha ou liquidação SAS Consultoria


BenefĂ­cios lĂ­quidos presentes e futuros

SAS Consultoria


Fluxo de caixa descontado

• É a metodologia mais usada para se medir ou extrair os resultados presentes e futuros • Há algumas variações da metodologia que dependem da visão que se quer ter • Mas em qualquer caso a plataforma inclui resultados presentes projetados • Em dados e circunstâncias defensáveis SAS Consultoria


Fluxo de caixa descontado

• Parte da demonstração de resultados mais recente possível • Projeta resultados para os próximos anos – normalmente 10 anos • Calcula a perpetuidade – o negócio não acaba no 10º ano da projeção • Traz os resultados futuros ao presente SAS Consultoria


Liquidação ordenada

• É utilizada principalmente para empresas onde o “negócio” não gera resultados • Em algumas situações pode ter valor maior que o fluxo de caixa descontado • Empresas antigas = Bens muito depreciados

• Muitas discussões sobre valor de venda – venda imediata, normal ou a longo prazo SAS Consultoria


Modelo judicial

• Temos visto uma mescla dos dois modelos • Ajusta o PL contábil com ativos a mercado – impairment - e compara com o FCD

• Se diferença for positiva cria “good will” e ajusta o PL até o FCD. Se for negativa vale os ativos. !?!? • Nas saídas de sócios pode ser um problema SAS Consultoria


Simplificaçþes dos modelos

SAS Consultoria


Múltiplos

• Múltiplos da geração de caixa operacional • Ebitda = Lajida – Lucro antes de encargos de dívidas, impostos s/ lucros, depreciações e amortizações •Normalmente se situam entre 4 e 6 múltiplos da geração • Variam para Ebit em alguns setores SAS Consultoria


Múltiplos

• Setores com sinergias naturais têm múltiplos alavancados – chegam a 30 X • Exemplos: Laboratório, tecnologia, serviço • Alguns setores têm outros balizadores • Múltiplos de faturamento, do patrimônio líquido contábil, número de instalações em clientes - e já foram até sacos de farinha. SAS Consultoria


Origens e riscos

• São desenvolvidos pela repetição de transações, comparação com FCD ou tradição • Servem de “testes” para aferição da qualidade dos FCD’s construídos • Como toda simplificação traz em seu bojo riscos importantes a transações • O maior é o de posicionamento incorreto de SAS Consultoria vendedores


Ajustes ao valor

SAS Consultoria


Grandes ajustes ao valor

• Investimentos requeridos para manter o negócio gerando o atual e o projetado. Inclui sistemas. • Todo o endividamento e compromissos. Inclui R$, fiscais, trabalhistas, meio ambiente, etc

• Valor para cobrir contingências – determinado em processo de “due diligence” – pode virar “escrow” • Ajuste necessário no capital de giro, de acordo com as práticas comerciais atuais da empresa SAS Consultoria


Síntese do processo de avaliação 1. Valor do negócio  fluxo de caixa ou ativos líquidos 2. Menos: dívidas de todas as naturezas 3. Mais ou menos: ajuste do capital de giro 4. Menos: perdas esperadas em processos fiscais, trabalhistas e outros – avaliação dos advogados 5. Menos: perdas contingentes de procedimentos fiscais, comerciais, trabalhistas, societários etc... 6. Mais: Ativos não operacionais registrados no negócio 7. Mais: Ganhos contingentes 8. Valor líquido do negócio SAS Consultoria


Acaloradas discuss천es

SAS Consultoria


Discussões mais frequentes..

 Acuidade dos resultados históricos e presente  Normalmente objeto de auditoria – due diligence

 Que efetuam provisões para tudo e alteram resultados

 Taxas de crescimento incluídas nas projeções

 Taxa de desconto dos resultados futuros  Cenários projetados nos resultados  Investimentos requeridos

SAS Consultoria


Mesa de negociação É lugar de falar e escutar “desaforos” e sem ficar vermelho.

Não é lugar para dono de empresa estar SAS Consultoria


Qual o valor para venda...  O valor do FCD é apenas um referencial  O setor e a atratividade do negócio são variáveis determinantes de aumento ou redução do valor  Ganhos de sinergia são do comprador mas podem influenciar no preço se bem negociado  O referencial de outros negócios é inevitável  A qualidade/segurança das informações é vital SAS Consultoria


Verdades que temos que saber..  Ninguém compra fígado, coração, história, superação e brigas – não adianta valoriza-los  Somente negócios lucrativos e com boas perspectivas tem valor negocial relevante  Negociações não aceitam mentiras e nem maquiagem de dados - credibilidade essencial  Não adianta tentar “secar” a empresa antes da venda – curso normal SAS Consultoria


Alguns mitos ou credos...  Só o nome da empresa tem um valor enorme  Se gera está no resultado. Se não vale nada  A tradição e fatia de mercado são invejáveis

 Precisamos saber como conseguimos a fatia de mercado e a reputação – se foi com prejuízo??  O patrimônio de prédios e máquinas entrou?

 Claro. São eles que geram o resultado SAS Consultoria


Alguns mitos ou credos...  Temos um plano que melhora muito o resultado  Porque não melhorou? Faltou R$. Então é meu  Com a compra eles vão ganhar muito dinheiro

 Claro. É por isso que estão comprando. Mas que fique claro que as sinergias são do comprador  Vão me pagar com resultado? Meu dinheiro?

 Sim. Então não venda. Continue no risco SAS Consultoria


Alguns mitos ou credos...  O Brasil é a “bola da vez”. Eles querem entrar e vão pagar o que pedirmos  Ninguém joga R$ na janela. Há outras opções sim e a “bola não está tão da vez assim”  Meu “caixa dois” é pequeno e o setor é assim

 A opção é vender para empresário do setor. Gente séria não compra risco e não viabiliza negócios com impostos SAS Consultoria


Alguns mitos ou credos...  O ganho tributário do comprador é enorme  Foi compilado na equação de preço. Por ele.  Eles não têm outra opção como esta.

 Mas se subordinam a estratégias, preço e risco  Por esse preço prefiro ficar mais 5 anos, ter esse dinheiro e fechar a empresa

 Então faça isso. Mas controle seu negócio. SAS Consultoria


Contato Marcos Sarsur SAS Consultoria Empresarial Ltda. Av. Getúlio Vargas, 254 – 11º andar

Belo Horizonte – Minas Gerais Telefone – 0xx31 – 2535-8663 – 9129-9140 Sarsur@sasconsultoria.srv.br SAS Consultoria

Profile for Amcham-Brasil

Marcos Sarsur Valuation REC 24 01 14  

Marcos Sarsur Valuation REC 24 01 14  

Advertisement