Page 1

BOLETIM INFORMATIVO 6ª EDIÇÃO - JUNHO 2012 A AMBIENTAL JR. DE CARA NOVA Assembléia de Posse marca início da nova gestão 2012/2013

Outra página foi escrita em mais um ano de história da Ambiental Jr. Chegamos ao fim de mais uma gestão e gostaria de agradecer aos 23 membros que fizeram a diferença no período 2011/2012. A experiência adquirida ao trabalhar com vocês foi extraordinária, e sei que aqueles que agora podem dizer ser pós-AJ nunca se esquecerão dos momentos que passaram trabalhando para essa empresa. Foram muitas reuniões, “sabadões” empresariais, situações complicadas, projetos concluídos e mais um bocado de coisas que só quem fez parte dessa história sabe o trabalho que dá ser um empresário júnior. Entretanto, ao ver o resultado final, podemos todos dizer que participamos disso tudo com o maior orgulho. Um pós-júnior deu o seguinte depoimento sobre trabalhar na AJ: “Muito mais do que contar pontos no currículo, uma estadia na AJ vai fazer você aprender a lidar com desafios, a organizar projetos, otimizar seu tempo, resolver problemas, elaborar estratégias, se relacionar com clientes, se aproximar das atividades que você desenvolverá num futuro próximo. Essa empresa implanta em você um forte desejo de continuar crescendo e se tornar cada vez mais inovador!” (Almerindo Lana) Acho que isso resume bem o que é fazer parte desse grupo, e nos mostra os motivos que temos para dar continuidade ao nosso trabalho, fazendo tudo que está ao nosso alcance para tornar essa empresa cada dia melhor. Outra etapa da nossa história foi concluída e damos início a mais um período de trabalho árduo, para que com isso nossa empresa continue a se desenvolver da melhor forma possível. Quero parabenizar, logo de início, esse novo time que tenho certeza que irá vestir a camisa da AJ e demonstrar o orgulho que temos por fazer parte dessa equipe. Teremos mais um ano de planejamentos, análises, revisões e muito trabalho pela frente. Confio acima de tudo na competência de todos os membros dessa nova gestão e tenho certeza que eles deixarão sua marca na história da nossa empresa.

[Por Pâmela Becalli - Diretora Presidente]

Da esquerda para a direita: Camila Neves, Camila Nonaka, Luana Matsuoka, Jussara Araújo, Gustavo Puiatti, Laura Lima, Vitor Alencar, Vinícius Abdalla, Gabriel Borda, Jade Guerra, Lorrana Moraes, Fernanda Braziellas, Mariana Aguiar, Nicolas Santos, Pâmela Becalli, Beatriz Rodrigues, Gabriel Koyro, Iara Jaques, Janielly Mantovani, Bárbara Coura, Jéssica Carvalho, Heloísa Ito, Larissa Santana, Sâmara Glace (ausente).

CÓDIGO FLORESTAL

O QUE É SER AJ

Coluna Carta Verde da Carta capital por Dal Marcondes

Depoimentos

Alguns dos principais pontos alterados (no Código Florestal assinado pela presidenta Dilma em 25 de maio) têm relação com a extensão de áreas de proteção ao longo dos rios, manguezais e nascentes, que pelo gosto dos ruralistas não deveriam ter tratamento especial. Foram reconduzidos pelo governo a sua posição de espaços frágeis e de grande interesse ambiental. Outro ponto de honra para o governo, que já estava anunciado pela própria presidenta, é que não seriam admitidas anistias a desmatadores. O novo texto torna obrigatória a recomposição de áreas de preservação permanente (APP) de margens de rios em extensão compatível com a largura de cada rio. O texto que saiu da Câmara previa apenas 15 metros de recomposição não importando a largura do rio. Outro ponto importante é que o texto presidencial restabelece a como fundamental para a gestão fundiária o Cadastro Ambiental Rural (CAR), onde todas as propriedades devem apresentar em seus municípios um detalhado relato de suas áreas, composições florestais e de produção, Áreas de Preservação Permanente e outros pontos de interesse. Caso isso não seja feito a propriedade não poderá receber créditos para suas atividades. Os produtores tem agora o prazo de cinco anos para se adequar à lei. Pelo texto da Câmara não havia prazo para realização do cadastro e nenhuma punição para quem não fizesse. Mesmo parecendo que a disputa pelo Código Florestal envolve apenas ruralistas e ambientalistas, na realidade houve muitos outros atores importantes nesse debate. A comunidade científica, representada pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e pela Associação Brasileira da Ciência (ABC), reuniu um grupo de renomados especialistas que após estudos editou uma publicação chamada “O Código Florestal e a Ciência – Contribuições para o Diálogo”, que praticamente foi ignorada durante a tramitação do texto entre os deputados federais. O atual ministro dos Esportes e antigo relator da matéria na Câmara, deputado Aldo Rebelo, costumava tratar como farinha do mesmo saco ambientalistas e cientistas. A boa notícia é que alguns dos itens apontados pelos cientistas foram atendidos pelo veto presidencial, como por exemplo a necessidade de manutenção de Áreas de Reserva legal e de Preservação Permanente.

[Fonte: migre.me/9mmrb]

05 DE JUNHO Dia Mundial do Meio Ambiente

fb.com/ambientaljunior twitter.com/ambientaljr

“Gostaria em nome da família Ambiental Jr. parabenizar os membros que farão parte dessa nova gestão 2012/13 que está se iniciando agora, e agradecer aos que trabalharam na nossa empresa e estão de saída por todo esse tempo de esforço e dedicação. Como novo membro dessa gestão, posso dizer que me sinto muito orgulhoso e feliz por poder trabalhar na Ambiental Jr. ao lado dessa equipe muito competente e acima de tudo, gente boa. Sei que teremos muito trabalho pela frente e muito a aprender, mas ao pensar nos resultados finais e lembrar que irei vivenciar isso tudo ao lado dessa galera me deixa bastante empolgado e motivado. Já em relação ao pessoal que está de saída, podem ter certeza que de alguma forma vocês sempre estarão lá, pois o que a empresa é hoje, é reflexo do esforço, dedicação, criatividade e personalidade de cada um. Tem uma frase muito interessante que acho que tem a ver com esse momento, “O futuro é incerto, o presente é um processo de construção e o passado é a referencia”. A partir de agora vocês são nossa referencia para o que vamos construir daqui em diante. Espero que levem o melhor desses momentos passados na Ambiental Jr. e que eles possam ter ajudado vocês a crescerem profissionalmente e como pessoas da mesma forma como contribuíram para o crescimento da nossa empresa. Vocês escreveram uma parte muito importante desses 10 anos de nossa história e nos lembraremos sempre com muito carinho e gratidão. Ambiental Jr., Gestão 2012/13” Gustavo Alves Puiatti g.a.puiatti@gmail.com Graduando em Engenharia Ambiental

Universidade Federal de Viçosa

EVENTOS O tema “Educação Ambiental” é primordial para a formação de qualquer cidadão que tem diante de si um mundo tomado pela industrialização e pelo consumismo, fatores que afastam-no do conceito empírico de Meio Ambiente. Pensando nisso o I Simpósio de Educação Ambiental da UFV – Entraves e Perspectivas, coloca em pauta o papel da educação no atual contexto mundial! O evento ocorrerá nos dias 15, 16 e 17 de junho, no auditório do Departamento de Engenharia Florestal e contará com participantes de todos os centros de ciência da UFV. As inscrições estão sendo realizadas no saguão do ECS, todos os dias, das 13hrs às14hrs. O valor da inscrição é R$ 25,00 sem mini-curso e R$ 30,00 com mini-curso. Participe! Mais informações: simposioedambufv@gmail.com


Boletim Informativo - Junho 2012  

Boletim Informativo da Ambiental Jr. do mês de junho. - A Ambiental Jr. de cara nova - Código Florestal - O que é ser AJ - Eventos - Dia Mun...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you