Page 1

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Bartolomeu Perestrelo Ano letivo 2011 / 2012 Língua Portuguesa - 3ºciclo

Tipo de atividade - Construção e mobilização de conhecimentos. Conteúdo – Funções sintáticas internas ao grupo verbal. Descritores de desempenho – Sistematizar relações entre constituintes principais de frase e as funções sintáticas por eles desempenhadas; Sistematizar funções sintácticas: internas ao grupo verbal; Transformar frases activas em frases passivas e vice-versa. Pré – requisitos - Para o estudo deste conteúdo o aluno deverá ter adquirido conhecimentos sobre os grupos sintáticos: grupo adjetival, grupo adverbial, grupo nominal, grupo preposicional e grupo verbal e sobre as funções sintáticas ao nível da frase. Tempo previsto previsto - 90 minutos + 90 minutos. Nota: A cinza estão os conteúdos a serem abordados apenas no 9ºano. I. Relembra 1. Partindo da seguinte frase, indica: Ó noite, tu acompanhas certamente as minhas recordações. Sujeito Vocativo Predicado Modificador da frase II. Reflete e descobre: 1.PREDICADO 1.PREDICADO NOMINAL: 1.1. PREDICATIVO DO SUJEITO

a) Rosa mãe era a mais competente. b) Ela estava no canto da sala. c) Aquela criatura continua ali. d) As suas vivências tornaram-se recordações.


CONCLUI e COMPLETA: Nas frases anteriores utilizaram-se os verbos a)______________; b)________________; c)______________e d) _____________, que são verbos copulativos (tal como FICAR, PERMANECER, PARECER, REVELARSE…,) e exigem um elemento à direita para que a frase fique gramaticalmente correta, que tem a função sintática de ________________________. ________________________ Estes verbos formam um PREDICADO NOMINAL. Vais também descobrir que o PREDICATIVO DO SUJEITO pode ser constituído por diferentes grupos sintáticos: a) ___________________ - a palavra principal é um ________________; b) ________________ – é introduzido por uma _____________________; c) ______________ - a palavra central é um ____________; d) __________ a palavra fundamental é um __________ ou um pronome.

2. PREDICADO VERBAL VERBAL: AL: a) Rosa sorriu. b) Ela adormeceu. CONCLUI e COMPLETA: Nas frases acima, os grupos verbais são constituídos apenas pelo ________________, logo não exigem um elemento à sua direita (complementos), são, por isso, verbos ______________________________. Visto não serem verbos copulativos, estes verbos formam um PREDICADO __________________. __________________

2.1. COMPLEMENTO DIRETO a) Eu aprendi histórias de reis. (Eu aprendi-as.) b) A família visitou Rosa. (A família visitou-a.) c) A neta pediu que lhe contasse várias lendas. (A neta pediu-as / A neta pediu isso.) d) Rosa admirava quem trabalhava arduamente o campo. ( Rosa admirava isso)


CONCLUI e COMPLETA: Nas frases indicadas em a) e b) , o PREDICADO é constituído pelo ________________ e por um grupo __________________, sem o qual a frase não ficaria completa. Este grupo nominal é por isso pedido pelo VERBO e responde às perguntas: ___________? e ________?, desempenhando a função designada de COMPLEMENTO DIRETO. DIRETO Assim, os verbos utilizados são verbos transitivos _____________________. DESCOBRE TAMBÉM QUE: O grupo nominal com função sintática de COMPLEMENTO DIRETO pode ser substituído pelos _______________pessoais: ____;____;____;_____. APRENDE AINDA QUE: Em

c),

a

expressão

“__________________________________”

é

o

__________________

____________________, que pode ser igualmente substituído por um pronome ___________ (A neta pediu-

as) ou por um pronome _______________ (A neta pediu isso) . Esta função pode ser desempenhada não só por um grupo nominal, mas também por uma oração subordinada substantiva completiva. Em d), o complemento direto é “_____________________________________________________”. Esta função sintática é desempenhada por uma oração subordinada substantiva relativa.

2.1.1. PREDICATIVO DO COMPLEMENTO DIRETO a) Os vizinhos consideram Rosa uma amiga. b) Todos acham as histórias fantásticas. CONCLUI e COMPLETA: Nestas frases, o PREDICADO é constituído pelo verbo e por um complemento __________________, permitindo colocar as questões ________? ou _______?. Estes complementos são seguidos pelas expressões: “_____________________” e “_____________________” que os caracterizam, desempenhando a função sintática de PREDICATIVO DO COMPLEMENTO DIRETO. DIRETO

A função sintática de PREDICATIVO DO COMPLEMENTO DIRETO só aparece quando se usam verbos transitivos diretos, como: ______________, ______________, declarar, nomear, chamar, julgar, tratar, proclamar, designar, eleger. Estes verbos são, então, classificados de verbos ___________________ PREDICATIVOS.


2.2. COMPLEMENTO INDIRETO a) A história de encantar agradou a Joana. (A história de encantar agradou-lhe.) b) Rosa respondeu aos netos. (Rosa respondeu-lhes.) c) Ela contava-me histórias engraçadas. (Ela contava-mas.) d) Rosa oferecia momentos encantadores a quem a ouvia.

CONCLUI e COMPLETA: Nos exemplos anteriores, o PREDICADO é formado pelo verbo e por um grupo _______________________ que é obrigatório, porque completa o sentido do verbo. Este grupo responde à questão: ________? e desempenha a função de COMPLEMENTO INDIRETO. INDIRETO Os verbos utilizados são, por isso, verbos transitivos _____________________.

DESCOBRE TAMBÉM QUE: O grupo preposicional com função sintática de COMPLEMENTO COMPLEMENTO INDIRETO pode ser substituído pelos_______________ pessoais: _____; _____; _____; _____; _____; _____; _____. Como se verifica em c), o COMPLEMENTO INDIRETO às vezes aparece acompanhado por um complemento _______________. Assim, classificamos o verbo como transitivo _______________ e ___________________. APRENDE AINDA QUE: Em d), a função sintática de COMPLEMENTO INDIRETO é desempenhada pela expressão

“ ________

_____________________________________”, que corresponde a uma oração subordinada substantiva substantiva relativa.

Não te esqueças de perguntar ao verbo o quê? ou quem? para detetares o complemento direto e de substituíres por um dos pronomes pessoais (o,a,os,as); questiona a quem? para o complemento indireto .


2.3. COMPLEMENTO OBLÍQUO ATENÇÃO: Para além do predicativo do sujeito e dos complementos direto e indireto, há outros grupos obrigatórios que completam o PREDICADO. Observa: a) Ela gostava da vida regrada. (Ela gostava-a. / Ela gostava-lhe.) b) Aquela mulher vivia ali. (Aquela mulher vivia-a. / Aquela mulher vivia-lhe.)

c) Rosa encarregava-se de guardar as vivências no baú de memórias.

d) Ela precisa de quem a oiça.

CONCLUI e COMPLETA: Nos exemplos acima, o PREDICADO é novamente formado pelo verbo e por um grupo _____________________ (a) ou um grupo ________________________(b) que é indispensável porque completa o sentido do verbo. Estes dois grupos desempenham a função sintática de COMPLEMENTO COMPLEMENTO OBLÍQUO. OBLÍQUO Os verbos usados são verbos transitivos _____________________.

DESCOBRE TAMBÉM QUE: O grupo preposicional e o grupo adverbial com função sintática de COMPLEMENTO OBLÍQUO não podem ser substituído por_______________ _____________. APRENDE AINDA AINDA QUE: No exemplo c), a função sintática de COMPLEMENTO OBLÍQUO é desempenhada pela expressão “___________________________________________________________”,

correspondente

a

uma

oração

subordinada substantiva completiva. Em

d),

a

expressão

com

função

sintática

de

COMPLEMENTO

OBLÍQUO

“____________________________________________________________”. Esta função é desempenhada por oração subordinada substantiva relativa.

é


2.4. COMPLEMENTO AGENTE DA PASSIVA a) Rosa relembrava o passado vivido e guardado. – Frase ativa O passado vivido e guardado era relembrado por Rosa. – Frase passiva CONCLUI e COMPLETA: A função sintática de COMPLEMENTO AGENTE DA PASSIVA surge quando uma frase _____________ é modificada para a forma ________________. Este complemento é sempre um grupo ____________________, introduzido pela preposição _________.

2.5. MODIFICADOR DO GRUPO VERBAL a) Rosa contava histórias constantemente. constantemente b) “À noite, …ela põe-se a sonhar.” c) Ela sente-se bem na aldeia. d) Ela já fora linda, quando era nova. e)Ela vivia de memórias, porque o tempo não as apagou. f) Rosa contava histórias, como contam os livros. g) Aquela mulher era tão pura, que enchia de vida a aldeia. h) Rosa recordava as suas memórias para que não se apagassem com o tempo.

CONCLUI e COMPLETA: A expressão a negro faz parte do grupo ___________________,ou seja, é um constituinte do _______________, mas _______ é exigido pelo verbo para completar o seu sentido. Desempenha, por isso, a função sintática de MODIFICADOR DO GRUPO VERBAL. Pelo sentido que apresenta tem um valor modal. Em b), O MODIFICADOR MODIFICADOR DO GRUPO VERBAL é “_______________” . Este constituinte pode surgir separado do predicado. Relativamente ao seu sentido na frase, expressa um valor ___________________, enquanto que em c), a expressão “______________________” tem um valor locativo. locativo

DESCOBRE TAMBÉM QUE: O MODIFICADOR DO GRUPO VERBAL pode ser um grupo ______________ (a) ou um grupo __________________( b) e (c).


APRENDE AINDA QUE: Em d), e), f), g), h), as expressões sublinhadas são também MODIFICADORES DO GRUPO VERBAL, que correspondem

a

uma

______________________.

adverbiais:___________(c);

Assim,

________________(d),

as

orações

subordinadas

___________________(e)

________________(f) e _________________((g) podem desempenhar a função sintática de MODIFICADOR DO GRUPO VERBAL.

II – Experimenta e consolida:

1. Atenta no excerto textual que se segue: O Riacho - Eu sei! – disse Valéria. – Tu estás poluído, amigo Riacho; os homens que fizeram isso são ignorantes, a tua água já não vai servir para beber, os teus peixes vão ficar doentes, as plantas e as árvores que tu regas não podem ser felizes. E os peixes subiram à tona do riacho e disseram a Valéria: - Sim, nós estamos doentes. E as plantas curvaram as suas cabecinhas floridas e disseram a Valéria: - Sim, nós estamos infelizes. Foi então a vez das árvores agitarem os ramos e os frutos e dizerem a Valéria: - Nós também não somos felizes. Sidónio Muralha, Valéria e a Vida, Edições Gailivro, 2009 1.1. Completa a tabela, indicando os predicados nominais, os verbos copulativos e os predicativos do sujeito usados no texto anterior: PREDICADO NOMINAL

VERBO COPULATIVO

PREDICATIVO DO SUJEITO


2. Deteta os complementos diretos diretos das frases: a. Conta-me a verdade. b. Gastei todo o dinheiro. c. Entrega o pacote ao porteiro. d. Tens umas piadas muito giras e. Põe o livro na estante.

2.1. Reescreve Reescreve as frases, substituindo os complementos diretos por um pronome pessoal: a. _________________________________________________________________________________________ b. _________________________________________________________________________________________ c. _________________________________________________________________________________________ d. _________________________________________________________________________________________ e. _________________________________________________________________________________________

3. Sublinha as orações subordinadas substantivas com função de complemento direto: a. O Rei de Melinde pediu que Vasco da Gama lhe contasse a História de Portugal. b. As famílias procuravam quem as ajudasse. c. As gentes perguntavam se voltariam à sua pátria. d. Os marinheiros portugueses não sabiam o que enfrentariam.

3.1.Completa o quadro com base nas orações sublinhadas anteriormente, classificandoclassificando-as: Orações subordinadas substantivas completivas

Orações subordinadas substantivas relativas relativas

4. Todos os constituintes sublinhados nas frases frases abaixo têm a mesma classificação. ReconheceReconhece-a. a. Dei uma gorjeta ao empregado. b. Os mais ricos doaram muitos alimentos durante o ano inteiro aos pobres. c. O espetáculo dirige-se ao público em geral. d. A Carla mentiu aos pais.

Os constituintes sublinhados desempenham a função de _____________________________________.


3.1. Substitui os complementos sublinhados por pronomes pessoais: a. _________________________________________________________________________________________ b. _________________________________________________________________________________________ c. _________________________________________________________________________________________ d. _________________________________________________________________________________________ 4. Destaca, na seguinte frase, a oraçã oração subordinada substantiva relativa com função de complemento indireto: a. D.João I encorajava a quem o seguia na dura batalha. 5. Sublinha o complemento oblíquo em cada uma das frases: a. Ela vive no Funchal! b. A turma participou na festa de Carnaval. c. O Marco saiu da sala. d. Os meus amigos vêm de Paris. 5.1. Classifica como verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmações que se seguem sobre sobre o complemento oblíquo. Depois corrige as afirmações falsas:

V

a. Este complemento é um constituinte facultativo. _____________________________________________________________________________ b. Pode corresponder a um grupo adverbial ou a um grupo preposicional. _____________________________________________________________________________ c. Pode ser substituído por um pronome pessoal. _____________________________________________________________________________ d. Os verbos que selecionam um complemento oblíquo são verbos transitivos indiretos. _____________________________________________________________________________ 6. Assinala as orações subordinadas substantivas com função de complemento oblíquo: a. Júpiter encarregou-se de esclarecer todos os deuses presentes no Consílio. b. Os deuses preparavam-se para ajudar os portugueses na sua longa viagem. c. O Deus Baco discordava de quem apoiava o povo luso.

6.1. Completa o quadro com base nas orações assinaladas anteriormente, classificandoclassificando-as: Orações subordinadas substantivas completivas

Orações subordinadas substantivas relativas

F


7. Identifica o agente da passiva. a. O jornalista foi raptado por homens armados. b. O idoso foi espoliado por gente sem escrúpulos. c. A praça foi invadida por uma multidão furiosa. d. Esta camisola foi tricotada por mim. e. A prova do crime foi descoberta pelo detetive. f. A palestra foi moderada pelo diretor. g. O caso foi conduzido com discrição pela advogada. h. O cesto foi feito pelo artesão.

7.1. Altera para a forma ativa as três primeiras frases. a. _________________________________________________________________________________________ b. _________________________________________________________________________________________ c. _________________________________________________________________________________________

7.2. Assinala se são verdadeiras ou falsas as afirmações que se seguem:

V

F

a. O sujeito das frases passivas equivale ao complemento direto das frases ativas. b. O agente da passiva corresponde a um grupo adverbial. c. O sujeito das frases ativas é agora o complemento agente da passiva. 8. Especifica os modificadores modificadores do grupo verbal. verbal. a. A empresa conteve progressivamente os gastos. b. Antigamente, o João ia ao cinema. c. No local do acidente, as vítimas foram socorridas pelo INEM.

8.1. Coloca nos respetivos espaços os modificadores assinalados, de acordo com a ideia ideia transmitida por cada um. Exprime uma ideia de …. / apresenta um valor… Tempo / valor temporal

Lugar / valor locativo

Modo / valor modal

9. Identifica as orações subordinadas adverbiais com função de modificador do grupo verbal: a. ”Já no largo oceano navegavam, quando os deuses no Olimpo se ajuntam em consílio glorioso”. b. Baco opunha-se aos Portugueses, porque receava perder a fama que tinha no Oriente.


c. Júpiter convocou os deuses para decidirem o futuro do Povo Português. d. A discussão dos deuses estava agitada como a tempestade estava na floresta densa de arvoredo. e. O Povo Português passou por tão ásperos perigos que foi ajudado pelos deuses a realizar a sua viagem.

9.1. Classifica as orações subordinadas adverbiais que destacaste no exercício anterior. a. _________________________________________________________________________________________ b. _________________________________________________________________________________________ c. _________________________________________________________________________________________ d. _________________________________________________________________________________________ e. __________________________________________________________________________________________

Reconhece--a. 10. Todos os constituintes destacados têm a mesma classificação. Reconhece a. Os alunos elegeram a Patrícia delegada da turma. turma b. O povo aclamou o mestre de Avis Defensor do Reino. c. Acho este azeite detestável. d. Considero o Manuel cuidadoso. e. Os sócios elegeram o Pereira presidente da Assembleia Geral.

f. Todos julgam o preso responsável pelo crime. Os constituintes destacados desempenham a função de _____________________________________. 10.1. Atenta nos verbos apresentados e circunda aqueles que exigem predicativo do complemento direto: achar

estar

coroar

ficar

considerar andar

aparecer eleger declarar

designar

continuar Tornar-se

8. Faz a análise sintática sintática das frases : a. Ó Luís, sem dúvida, tomaste a decisão acertada. b. Eles fizeram o exercício calmamente. c. Ele estava na escola. d. O João considera a Maria uma ótima professora.

julgar

proclamar

ser

nomear

permanecer supor

3ª- funçõessintáticas  

ficha de trabalho sobre funçõessintáticas

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you