Page 1

Design, inovação e visão de futuro por Alvaro Guillermo

Design significa projetar, planejar, designar. Todos os significados utilizados para definir “projetar” têm relação com distâncias, no espaço ou no tempo. Assim, design é uma ação distante desse momento atual e do ponto de partida. Entende-se, portanto, que design apresenta conceitos de futuro. A maioria dos objetos do nosso cotidiano, mesmo os mais inovadores e cobiçados, foi pensada e projetada há muitos anos. Parece que a internet é uma inovação de apenas 15 anos e que, em tão pouco tempo, mudou tanto nossas vidas. No entanto, o que a maioria dos usuários não sabe é que a Web tem sido pensada e desenvolvida há muitos anos. Logo após a Segunda Grande Guerra, na década de 50, já havia esse desejo expresso por consumidores e empresários. Não havia ainda tecnologia economicamente viável, nesse caso, associada aos microcomputadores. Em 1955, a Disney construiu a Tomorrowland (Terra do Amanhã) na Disneylândia. Nela, apresentou a “Casa do

20

2009

As “senhoras do lar” dos anos 50 devem ter achado absurdos muitos dos objetos propostos naquele momento, como um computador que processa receitas e prepara alimentos sem a necessidade do esforço humano, ou armários de cozinha automatizados e dotados de contenedores com dosadores, que, com um simples toque nos vidros (touch screen), deslocavam-se até o usuário, sem necessidade de escadas e torcicolos; ou ainda escolher, encomendar e comprar produtos por um monitor de tevê (Web). A pergunta de muitas dessas mulheres deve ter sido: "o que eu vou fazer da minha vida se minha cozinha fizer todo o meu serviço"? E algumas mais preocupadas devem ter pensado: "como vou arrumar um marido se não tiver que me dedicar ao lar"? De fato, a pergunta era essa, mas a resposta que interessava não era delas, mas de suas filhas, que hoje estão com aproximadamente 40 anos e não querem passar a vida na cozinha, nem presas às tarefas do lar. O mais importante nessa situação é entender que o design permite tornar o futuro possível e viável. A partir dos objetos, ambientes e serviços que são projetados, estamos possibilitando a todos a oportunidade de ver um futuro em comum. As ideias que estavam na cabeça de cada um passam a ser compartilhadas em um exercício multidisciplinar, que permite que todos dêem sugestões e aprimorem os conceitos para torná-los concretos. Quanto melhor é o design desse futuro, maior a possibilidade de as pessoas acreditarem nele e se esforçarem para fazer parte do mesmo. Design é isso: ajuda-nos a criar realidades que ainda não existem, mas que são possíveis de existir no futuro. Pode ser a reforma do interior de um apartamento,

quando o design nos permite ver como será nossa vida num futuro próximo, em poucos meses – mas também nos ajuda a vislumbrar situações mais distantes, de 20 anos ou mais. Empresas precisam investir em design, para estar constantemente preparadas para o futuro. Muita coisa pode acontecer e mudar o programado e o planejado, mas esse tipo de surpresa acontece com todos. São guerras, atentados terroristas, crises financeiras como esta que estamos vivendo. As empresas devem perceber que alguns de seus produtos e serviços poderão desaparecer apenas estudando consumidores com hábitos já conhecidos e que serão maioria em breve. Se essa análise nos mostrar que a empresa terá dificuldades mantendo-se como está, o passo seguinte é começar a projetar mudanças, e a inserção de design pode ser uma delas. Pensar o futuro, daqui a 20 anos, pode nos ajudar a conhecer esses novos produtos e serviços e verificar tendências de consumo através dos hábitos das pessoas de hoje e, dessa forma, ter tempo para desenvolvê-los. O design é multidisciplinar, com várias metodologias que permitem compreender o comportamento das pessoas hoje e criar e desenvolver novos produtos. Pensar no futuro é prioritariamente acreditar nele, se entendemos que o design está focado no usuário, no ser humano. Então, obrigatoriamente, o foco principal do design é permitir sempre um futuro melhor para o ser humano. Dessa forma, a inovação está diretamente associada à melhoria da qualidade de vida, ao alavancar a longevidade, promover a responsabilidade e servir a longo prazo. Portanto, design é inovação e a visão de um futuro melhor para todos.

Futuro”. A ideia era apresentar como se imaginava o ano 2000 nos anos 50. Na mesma época, a Frigidaire, cozinhas da General Motors, elaborou um filme intitulado Design para Sonhar, que se apoiava nas mesmas ideias e se materializou em ambientes projetados para esse fim. Com os poucos recursos de efeitos visuais que existiam na época, foi possível fazer o público acreditar que esse futuro seria possível. Em 1957, em Paris, foi apresentada a Paris Exhibition of Future, uma visão do ano 2000. Hoje, é possível encontrar filmes na internet sobre esses eventos e verificar como muito do que temos hoje ou muito do que sonhamos ter foi pensado há mais de 60 anos. 2009

21

Design, inocação e visão de futuro  

como o futuro pode ser desenhado e programado

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you