Issuu on Google+

Fundado em 15 de abril de 1917 Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 - Ano XCVII Nº 27.300

www.altomadeira.com.br

Valor R$ 1,00

CABIDE DE EMPREGO CAERD cria 38 cargos e gasta quase R$ 240 mil com pagamentos

Auxílio moradia de R$ 180 é insuficiente para pagar aluguel

OURO PRETO

Usuários de drogas usam prédio público do IPERON

O valor de R$ 180,00 pagos pela Prefeitura de Porto Velho para um grupo de atingidos pela cheia do Rio Madeira não cobre as despesas nem de uma quitinete, reclamam as vítimas das enchentes. Na Capital, onde há um grande número de acadêmicos, uma quitinete não sai por menos de R$ 600,00. Por R$ 180,00 não dá para alugar nem um quarto para solteiro, quanto mais para abrigar uma família de 3 a 4 pessoas.

O antigo virou um tormento para os moradores da Rua Migrantes, bairro Bela Floresta. Totalmente destruído, o prédio teve os vidros quebrados, janelas, móveis, fios elétricos, alumínios furtados. A comunidade reclama que o governo do Estado, proprietário do imóvel, não toma as providências para ocupar o local, que virou residência de moradores de rua e esconderijo de drogados e ladrões.

Página A-4

Página A-4

EXÉRCITO

CACOAL Semáforos instalados não funcionam e população cobra agilidade Página A-4

DESABRIGADOS

Com sérios problemas financeiros e pesadas dívidas com a Eletrobras e passivo trabalhista, a direção da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) criou 38 novos cargos comissionados e inchou a folha salarial em R$ 239 mil. Seis futuros privilegiados contratados na Classe A receberão de vencimentos R$ 12.500,00. E ainda há valores de R$ 8.500,00; R$ 6.500,00; e R$ 4.500,00. A justificativa para as novas contratações de livre nomeação e exoneração é, ironicamente, a busca da “recuperação e restabelecimento do equilíbrio econômico-financeiro da companhia”. Página A-3

FIM DO RECESSO

17ª Brigada de Infantaria de Selva fará passagem de comando hoje Página A-4

ESPORTE

Deputados poderão ter mandato cassado em Ro A reabertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa, programada para a próxima semana, faz crescer as especulações sobre a punição aos deputados estaduais acusados de envolvimento na Operação Apocalipse. O relatório da Comissão Processante estabeleceu como punição a suspensão do mandato para três deputados estaduais, mas não foi votado em plenário no ano passado, ficando pendente para o reinício dos trabalhos, neste ano. Estão na berlinda: Ana da 8 (PTdoB), Adriano Boiadeiro (PRP) e Cláudio Carvalho (PT). Página A-3

Vilhena sediará o VIII Jogos Intermunicipais de Rondônia

O prefeito de Vilhena, Zé Rover, recebeu a equipe da Superintendência dos Esportes, da Cultura e do Lazer (Secel) e assinou o termo de adesão onde se compromete a apresentar, no prazo de trinta dias, uma comissão organizadora local e, em seguida, o plano de trabalho para a competição. O JIR reúne atletas de todo o Estado para disputas coletivas e individuais, feminino e masculino. Página B-4

PORTO VELHO

QUEBRA DE CONTRATO

Nazif tenta cancelar contrato de coleta Jornalista é agredido por oficial da PM de lixo, um ano depois de assumir Um tenente da Polícia Militar de Rondônia agrediu o jornalista Cleidson Silva, da TV Allamanda, quando o profissional de imprensa gravava em seu celular, ações da COE contra um tumulto que ocorreu na Zona Sul na madrugada de domingo. De acordo com Cleidson o tenente o agrediu com golpes nas costelas e chutes nas pernas. O espancamento só terminou quando colegas do militar o seguraram.

O município alega uma que a Marquise vem descumprindo seguidamente várias cláusulas do contrato e vai usar como principal argumento a recomendação do Tribunal de Contas do Estado que sugeriu a caducidade do contrato. A prefeitura vai tentar na Justiça, o cancelamento do contrato da coleta de lixo. Por outro lado, a empresa alega que está sem receber há pelo menos 4 meses. Página A-3

Terça-Feira, 11/02

Max 31º Min 23º

Manhã

Tarde

Noite

Página A-7

SELEÇÃO BRASILEIRA

VIOLÊNCIA Idoso é morto a pauladas em Porto Velho Página A-7

Médico examina Fred e se anima com tempo de recuperação Página B-4


2 OPINIÃO

Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Artigos

AM na rua

ARQUIDIOCESE PORTO VELHO PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO “Sal e Luz”.

No ano litúrgico A, que estamos celebramos, o evangelho de Mateus será nosso companheiro. Mateus apresenta cinco longos discursos, nos quais ele junta “ditos” e ensinamentos proferidos por Jesus em várias ocasiões e contextos. Escrevendo aos judeus, desejava mostrar nesses cinco discursos NOVA LEI, destinada a substituir a antiga Lei, dada ao Povo por meio de Moisés e escrita no Pentateuco (cinco primeiros livros da Bíblia). No domingo passado, iniciamos o Primeiro: O Sermão da Montanha, cuja introdução são as BEM-AVENTURANÇAS. (Na liturgia, ficou substituído, pela festa da apresentação do Senhor); Hoje continuamos o Sermão da Montanha. JESUS

mostra, mediante 2 símbolos, o compromisso no Reino de Deus: ser: SAL DA TERRA e LUZ DO MUNDO. No Evangelho, Jesus exorta os seus discípulos a serem o “Sal da terra e a luz do mundo”. (Mt 5,13-16) Para que serve o Sal? Para dar SABOR à comida e CONSERVAR os alimentos... O que o Sal é para a comida, o cristão deve ser para o seu semelhante: Tornar a Religião apetitosa e agradável... Ser o tempero que dá o gosto pelas coisas de Deus, que dá o sabor à vida, com seu entusiasmo, seu otimismo, sua alegria nascida de Deus, fonte de todo bem. Ser um elemento que preserva o mundo de hoje da corrupção... Sua PRESENÇA na comida é discreta, mas atua eficazmente. O sal se dissolve completamente nos alimentos e se perde em agradável sabor. Assim o cristão: Ser sal da terra, humilde, derretido, saboroso, que atua de dentro, que não se nota, mas é indispensável. O Sal jamais PERDE A QUALIDADE de sal... Os cristãos podem fazer o sal perder seu sabor: tirando o sabor da mensagem de Jesus, das exi-

gências do evangelho... E o que fazer deles? “De nada mais serve senão ser jogado fora...” E Cristo reforça essa verdade, ilustrando com outra figura: “Vós sois a LUZ DO MUNDO”. O que é a Luz para nós? Sinal de vida, de calor, dinamismo, trabalho... Na Bíblia: a Luz tem um significado muito rico... Na criação: A Luz recorda o 1o ato do Criador... No Êxodo do Egito, a Coluna de fogo guiava o povo para a Terra Prometida. Isaías: O Servo de Javé: “Luz das nações”. Jesus: “Eu sou a Luz do Mundo”... A Luz por excelência é o esplendor do Pai... É a Luz que dá sentido à vida, à dor e à própria morte... E Cristo não quer ser Luz sozinho: Por isso, nos convida a também nós sermos LUZ: Para que serve a Luz? Para mostrar o caminho... as belezas presentes na natureza. Sem a luz não as enxergamos... O cristão deve ser uma luz acesa apontando os caminhos da vida, da liberdade, do amor, da fraternidade... Para iluminar os objetos, não para ser olhada em si mesma... nem para ficar escondi-

da... Cristão não a “Luz”, mas um “reflexo da Luz”, que mostra as coisas bonitas que a ação de Deus realizou em nós. “Assim brilhe a vossa luz diante dos homens... para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o Pai que está no céu”. (Mt 5,16) Jesus ensina que os homens devem enxergar “as boas obras” e glorificar o Pai (não a nós). Ninguém é Luz por si próprio: é ligado a uma FONTE geradora: Como a Lâmpada depende do Gerador, assim nós dependemos do gerador que é Cristo para iluminar. E iluminamos na medida em que estivermos ligados ao Senhor. Essa união se faz pela meditação da palavra de Deus, pela comunhão eucarística e pela oração... Essa é a nossa Missão: Ser Sal da Terra e Luz do Mundo... SAL que preserva da corrupção e dá gosto das coisas de Deus... LUZ que ilumina e se consome a serviço dos irmãos, iluminando o caminho que leva ao Pai... Se não, seremos INÚTEIS... jogados fora... Peçamos a Deus muita LUZ para compreender essa missão e muita FORÇA para sermos de fato: Sal da Terra e Luz do Mundo...

AS GAVETAS DA ALMA Estevam Fernandes Muitos sentimentos e muitas lembranças vão sendo armazenados dentro de nós ao longo da vida. É como se tivéssemos gavetas em nossa alma. Alguns destes sentimentos são benéficos; outros, porém, são nocivos. Guardar na alma sentimentos negativos e lembranças perturbadoras se constitui numa ameaça à vida saudável. De vez em quando, é bom fazer uma faxina interior e purificar a vida, retirando o nosso lixo emocional. Uma das causas dos nossos problemas emocionais está no fato de que, em geral, não manifestamos nossos sentimentos negativos no instante em que surgem. Vamos adiando a sua expressão e fabricando dentro de

nós, sem nos darmos conta, uma bomba de efeito retardado que algum dia explodirá! Em geral, todos temos dificuldades de expressar nossos sentimentos em situações que nos ferem e causam sofrimento imediato. Essas dificuldades podem revelar nossa insegurança, nosso medo à rejeição ou nossa inabilidade em lidar com as nossas próprias fragilidades. E todas as vezes que deixamos de expressar nossos sentimentos em relação a algo que acabou de acontecer-nos, criamos uma dívida emocional. Fingimos, por exemplo, esquecer as pessoas que nos feriram; todavia, esse “esqueci-

mento” um dia vem à tona, e podemos experimentar uma reação explosiva ou uma experiência depressiva. Cresce, em nós, uma dívida emocional. Quanto mais antigos forem os sentimentos bloqueados, tanto mais confusos eles se tomam e mais imprevisíveis serão os seus efeitos negativos. Um sentimento recente se une a outro mais antigo, vai ganhando força para ser extravasado, e as consequências serão danosas para a nossa vida e a nossa paz. O espaço de tempo entre a dor e a nossa reação é o que constitui a divida emocional. Os sentimentos, em vez de serem expressos de ma-

neira adequada, são retidos e esquecidos, recalcados, dentro de nós. Ao impedirmos que eles se manifestem adequadamente, afetamos nossa energia vital. Quanto mais nos bloqueamos por dentro, menos energia sobrará para sermos nós mesmos. Desarmar o coração, desativando as minas explosivas, é fundamental para resolver a dívida emocional. Para tanto, é preciso esvaziar as gavetas da alma que estão cheias de lembranças ruins e sentimentos mal resolvidos. Para isso, contamos com a graça de Deus. A Bíblia ensina: A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor (Romanos 13.8).

Motoboys Do Espaço Aéreo Drones comerciais vieram para ficar e deverão ser empregados nas mais diversas áreas Por Luli Radfahrer O paulistano tem uma relação de amor, temor e horror com a frota de motoboys que percorre a cidade. Amor, mesmo que não reconhecido ou inconfesso, pelo alívio que suas cargas trazem a um trânsito superlotado. Temor pelos riscos que os autodenominados “cachorros loucos” trazem com sua condução imprudente, ameaçando pedestres e retrovisores. Horror pela intensidade e pelo volume dos acidentes de que muitos são vítimas, quando não morrem na contramão, atrapalhando o tráfego. Uma nova tecnologia deverá, nos próximos anos, automatizar os ares das cidades, agilizando entregas e transformando a profissão de motoboy em curiosidade remota, similar ao condutor de riquixá. Veículos aéreos autônomos, ou drones, já existem há algum tempo, e vêm ocupando a mídia com notícias de ataques remotos a populações de países distantes. Mas, como a

internet, o GPS e outras tecnologias militares que migraram para a arena civil, esses aviõezinhos independentes estão cada vez mais baratos, eficientes e populares. Já é possível encontrá-los em ação no acompanhamento de rebanhos em fazendas, monitoração de reservas florestais e auxílio em situações de risco. Até fotógrafos andam brincando com esses aviõezinhos para conseguir ângulos incomuns. Não tardará para que avanços na tecnologia transformem o céu em arena de inovação. Os desafios ainda são grandes, tanto nos aparelhos quanto no espaço em que trafegam, mas as ideias são promissoras. Surpreendentemente, uma das empresas com iniciativas mais concretas na área não é um dos gigantes em novidades tecnológicas, uma empresa de robôs ou companhia aérea, mas a Amazon. No final do ano passado, a megaloja digi-

tal anunciou planos para começar a usá-los em 2015 para acelerar suas entregas. A princípio a notícia soaria como golpe publicitário se UPS e FedEx não tivessem pesquisas na mesma linha. Mas enquanto as empresas de courier buscam o transporte de grandes volumes de pacotes entre seus armazéns, a Amazon quer utilizá-los para entregar pacotes para o destinatário final. O motivo é claro: no mundo inteiro as compras on-line vêm crescendo em um volume não acompanhado pela capacidade na entrega. Descobrir uma forma segura e ágil de entregar mercadorias se tornou uma vantagem estratégica. Da mesma forma que impressoras 3D podem substituir fábricas em regiões distantes para poupar custos de logística, pequenos caminhões de entrega podem hospedar meia dúzia de aviõezinhos e despachá-los, automaticamente, do meio do trânsito, quando esti-

verem próximos de seus destinos. Feita a entrega, eles retornariam para pegar o próximo pacote. Mas isso por enquanto é só especulação. A empresa não é muito transparente em suas práticas e essa forma de entrega requer a criação de algoritmos complexos de otimização de rota, correção de erros e aviso em caso de avaria ou furto. De qualquer forma, a tecnologia é conhecida e o progresso é inevitável. Drones comerciais vieram para ficar e deverão ser empregados nas mais diversas áreas. Isso, é claro, traz novas complicações. A principal delas é a de segurança. Mas também há riscos de privacidade e de ocupação do espaço aéreo. Sem contar com eventuais questões de poluição sonora e atmosférica que tornem esse novo zumbido mais ameaçador do que a velha conhecida —e tão detestada— buzininha das motos.

Ponto de Vista: Os artigos assinados não traduzem necessariamente a opinião deste jornal. Sua publicação obedece ao propósito de estimular debates dos problemas naconais e, principalmente regionais.

Diretor Geral: Euro Tourinho

Fundado em 15 de abril de 1917

Diretor Superintendente: Luiz Malheiros Tourinho Editora Josi Gonçalves Ciro Pinheiro Redator /Colunista Paulo Diniz Fernandes Impressor Industrial: SEDE Av. Dos Migrantes, nº 4.045 Setor Industrial - CEP. 76.803 - 651 Porto Velho - RO. - Fones: Comercial (69) 3222-7659 / 3225-2267 Administração: 3225-5087

INSCRIÇÕES: Empresa Alto Madeira Ltda - EPP. - C.G.C (MF) 05.904.891/0001-24 INSC. EST. 101.01.120-7 JUCER: 11.2.0003032-8 SUFRAMA: 6066

E-MAILS: comercialaltomadeira@hotmail.com redacaoaltomadeira@hotmail.com

EXEMPLARES AVULSOS CAPITAL INTERIOR OUTROS ESTADOS SEMANA R$ 1,00 R$ 1,00 R$ 2,00 DOMINGO R$ 1,00 R$ 1,00 R$ 2,50 ATRASADO R$ 2,50 R$ 2,50 R$ 3,00

ANUAL

ASSINATURA CAPITAL INTERIOR R$ 300,00 R$ 330,00

REPRESENTANTE COMERCIAL Porto Visual I T DE LUCENA MARKETING - ME Av. dos Migrantes, 4045-B, Setor Industrial, CEP. 76.821-063 Tel: (69) 8477-3244

SÁ PUBLICIDADE E REPRESENTAÇÕES Brasilia: SCS Quadra 2 bloco B Ed. Oscar Niemeyer 15º andar, conjunto 1502/1503. Tel. (61) 3201-0071 Fax: (61) 3037-1182 Cep: 70316-900

INDECISÃO Apressado em classificar como “fofoca” sua eventual desistência da reeleição, o governador Confúcio Moura confirmou sim para amigos e assessores mais próximos o desejo de cuidar de sua fazenda e das finanças pessoais. A informação, divulgada no meio da semana pelo Rondoniagora, causou alvoroço na cúpula do PMDB, que estava mantendo o assunto em sigilo, enquanto busca um “Plano B”. A direção estadual do partido marcou para segunda-feira, dia 10, o prazo final para Confúcio Moura revelar sua decisão. E o veredicto será conhecido pela população, segundo explicou o senador Valdir Raupp. FALA DEMAIS Rômulo da Silva Lopes, ex-assessor do governador Confúcio Moura, disse o seguinte a um interlocutor: “Me abandonaram mas este ano falo tudo que sei”. O também ex-afilhado do governador anda ameaçando entregar o que sabe e que não contou a polícia e ao Ministério Público sobre o esquema no Governo, que não foi descoberto pela Operação Termópilas. Rômulo foi preso de madrugada no mesmo apartamento onde mora o governador de Rondônia. A LEI NÃO OS PROTEGE Que ninguém se iluda! Só se houvesse uma radical mudança de ideário no Ministério Público e no Judiciário, os cinco índios que mataram três inocentes na Reserva Tenharim, em Humaitá, poderiam cumprir algum tipo de pena. A tese básica de é de que eles são inimputáveis, são quase como crianças, que não sabem o que fazem e não podem ser responsabilizados por seus atos. A lei pode ser dura ou leve, dependendo em quem será aplicada. No caso dos índios, já se tem o precedente de Roosevelt, onde, até hoje, a única decisão judicial que se tem notícia é de um magistrado que não aceitou pedido de indenização das famílias dos mortos. A alegação básica de Sua Excelência, é de que os culpados pela morte dos 27 garimpeiros em Roosevelt foram as próprias vítimas, porque invadiram uma área proibida. Mas, é sempre bom dizer que há mais de um lado dessa moeda. O delegado de polícia e professor da Unir, Marcos Fagundes (foto), tem uma interpretação bem diferente sobre a culpabilidade dos indígenas. E explanou isso, com todas as letras, em entrevista para a TV Candelária¹Rede Record. Para o professor, especialista no assunto, ao contrário do que alardeiam os defensores dos índios (os que os apoiam até quando eles cometem crimes, como em Roosevelt e na aldeia Tenharim), a Constituição brasileira é clara em relação ao tema. Índio aculturado pode e deve ser punido sim, caso cometam algum crime. Apenas os índios que nunca tiveram contato com a civilização branca, podem ser considerados inimputáveis, lembra o especialista. Se não for assim, com a interpretação diferenciado do que diz a Constituição, conforme comenta o professor da Unir, não se deve pensar que o quinteto assassino pague por seus crimes. O que é lastimável, nesse país onde a injustiça e a impunidade são cada vez maiores. (Sérgio Pires) INVESTIMENTO NA COLÔMBIA Atraídos pelos benefícios decorrentes de acordos bilaterais da Colômbia com vários países, empresas brasileiras devem aumentar os investimentos em solo colombiano em ao menos 45% neste ano, segundo projeção da agência Proexport. Em 2013, o país recebeu recursos de quatro empresas do Brasil, que somaram US$ 55 milhões (aproximadamente R$ 130 milhões), conforme a agência colombiana que promove turismo e negócios. Para este ano, a expectativa é de aporte de US$ 80 milhões (cerca de R$ 190 milhões), e de US$ 15 bilhões em recursos globais. “Quase todos os investimentos do Brasil são feitos por causa de acordos bilaterais da Colômbia. Produtos da União Europeia entram com zero de imposto”, diz Alejandro Peláez, cônsul econômico da Colômbia e diretor da Proexport. “Com a Aliança do Pacífico [bloco comercial com Chile, Colômbia, México e Peru], os brasileiros podem, da Colômbia, fornecer aos mercados membros, com custo de produção e de recursos humanos mais competitivo que no Brasil”, afirma Peláez. O país também possui acordos de livre comércio com União Europeia, Canadá, México e países do triângulo do norte (El Salvador, Guatemala e Honduras). A Duratex foi uma das companhias brasileiras que aportaram recursos na Colômbia recentemente. Flavio Donatelli, CFO da Duratex, disse que, apesar de a Tablemac, cujo controle foi adquirido por cerca de US$ 64 milhões em janeiro, priorizar o mercado local, a Colômbia tem grande potencial de exportação. O ARROZ E FEIJÃO DE CADA DIA - INDISPENSÁVEL! O feijão possui carboidratos complexos e fibras, que ajudam a equilibrar as taxas de açúcar no sangue. O arroz diminui as chances de doenças cardíacas, câncer e diabetes. O arroz possui ainda uma substância que nenhum outro alimento possui: o orizanol. Em poucas palavras, este é capaz de reduzir o colesterol e ajudar na redução de tumores.


POLÍTICA 3

Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

CABIDE DE EMPREGO

Em Linhas Gerais

Empresa de água de Rondônia cria 38 cargos e gasta R$ 239 mil com pagamentos Com sérios problemas financeiros e pesadas dívidas com a Eletrobras e passivo trabalhista, a direção da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) criou 38 novos cargos comissionados e inchou a folha salarial em R$ 239 mil. A decisão foi tomada pela Resolução 005/2014, assinada no dia 10 de janeiro, pela nova presidente, Iacira Terezinha Rodrigues de Azamor, e seus diretores Avenilson Gomes da Trindade (Administrativo e Financeiro), Nelson Marques (Operacional) e Walmir Bernardo de Brito (Comercial). A justificativa para as novas contratações de livre nomeação e exoneração é ironicamente a busca da “recupe-

ração e restabelecimento do equilíbrio econômico-financeiro da companhia”. Seis futuros privilegiados contratados na Classe A receberão de vencimentos R$ 12.500,00. E ainda há valores de R$ 8.500,00; R$ 6.500,00; e R$ 4.500,00. A ex-presidente da Caerd, Márcia Luna, técnica de carreira, contava apenas com 6 comissionados com valores de R$ 3.200,00 a R$ 4.200,00. Ela explicava ao governador Confúcio Moura que não poderia contratar mais pessoas porque a Caerd estava em situação deficitária e sem condições de tocar projetos de expansão de sua rede de distribuição de água. Márcia foi exonerada por e-mail. (Rondônia Agora)

DENÚNCIAS Em pouco mais de ano a administração (??) de Mauro Nazif acabou sendo pontilhada de denuncias, às vezes pelo MP outras pelo TCE, de superfaturamento em licitações; de pagamentos indevidos (até por coisas prosaicas, como a decoração natalina), de supersalários para certos cargos; da falta de remédios nas unidades de saúde, da falta de conclusão de obras e, pasmem, até da falta de papel higiênico em escolas.

Um ano depois de assumir, Nazif tenta cancelar contrato de coleta de lixo O município alega que a empresa vem descumprindo seguidamente várias cláusulas do contrato e vai usar como principal argumento a recomendação do TCE

Cidade continua suja com o lixo não recolhido

da coleta de lixo. O município alega uma que a empresa vem descumprindo seguidamente varas cláusulas do contrato, e vai usar como principal argumento, a recomendação do Tribunal de Contas do Estado, que sugeriu a caducidade do contrato. Por outro lado, a empresa alega que está sem receber há pelo menos 4 meses. E mesmo com a falta de pagamento, ela vem mantendo a coleta diária de lixo na cidade de Porto Velho, acumulando um déficit seguido. Gestor do contrato entre a prefeitura e a Marquise, Carli-

nhos Prado explica que não há falhas da própria Marquise. Segundo ele, a empresa não faz operações nos distritos desde o mês de setembro do ano passado, inclusive no baixo Madeira. “ O contrato diz que a coleta deve ser realizada na zona urbana e nos distritos da capital, mas a empresa não opera no baixo madeira a meses”, disse Prado. Outra grave falha cometida pela Marquise, segundo o gestor, é a não construção do aterro sanitário, item prioritário no contrato. A obra tem como

prazo de entrega o mês de agosto deste ano. Prado explicou ainda que o valor inicial do contrato, cujo termino data o mês demaio de 2030 é de R$ 1,7 milhões, mas a prefeitura tem repassado mensalmente pouco mais de R$ 1,2 milhões. Ele explica que a redução do valor do repasse mensal dá-se devido as falhas mensais detectadas pela Secretaria de Serviços Urbanos, que envia relatório ao conselho gestor, e este encaminha para o setor de financeiro. “O pagamento é feito com base nos serviços. Se a empresa deixa de cumprir sua obrigação, e não atinge as metas estabelecidas no contrato, o repasse é reduzido”. Para a prefeitura essas falhas de operação apresentadas pela Marquise, explicam o acúmulo de lixo percebido diariamente em todas as regiões da cidade. Em dezembro, por exemplo, a cidade Porto Velho passou três dias sem a coleta, porque a empresa reduziu a frota e o numero de equipes nas ruas, alegando contenção de despesas. (Rondoniagora)

ACUSADOS DE CORRUPÇÃO

Após fim do recesso legislativo deputados poderão ter mandato cassado em Rondônia O relatório da Comissão Processante estabeleceu como punição a suspensão do mandato para três deputados estaduais, mas não foi votado em plenário no ano passado, ficando pendente para o reinício dos trabalhos, neste ano A deputada Ana da 8 é acusada de vender o mandato para traficantes em troca de apoio financeiro A reabertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa, programada para a próxima semana, faz crescer as especulações sobre a punição aos deputados estaduais acusados de envolvimento na Operação Apocalipse. Em ano eleitoral, dificilmente os deputados irão livrar os colegas de uma punição. Isso porque a população está atenta e acompanhando o desenrolar dos fatos. Livrá-los

de uma punição, ainda que considerada branda por muitos, seria macular ainda mais a imagem do Legislativo Estadual, sempre abalada por escândalos. Caso sejam mantidam as punições, dois suplentes deverão ser convocados para assumir o mandato por seis meses. Para a vaga de Ana da 8 (PTdoB), caso seja confirmada a suspensão do mandato por seis meses, será convocado uma outra figura carimbada na Operação Apocalipse: o vereador de Porto Velho,

GOVERNO PERDIDO Ontem precisei comprar umas coisinhas no “Atacadão”. E mais uma vez senti como o prefeito Mauro Nazif está batendo cabeça, sem produzir nada de concreto para tirar a cidade do abismo a que foi jogada pelo seu antecessor, o tal Bob Ali Babá. Seja pela BR-364 ou pela rua paralela ao Atacadão, chegar àquele hipermercado é um martírio, pelas vias cada vez mais esburacadas e barrentas. Um ano te total ineficiência. A cidade e seus moradores colocados num segundo plano. Ora, se o prefeito não se preocupa em tapar os buracos de uma via de tamanho trânsito, numa área onde a cidade recebeu um investimento do tamanho do “Atacadão”, como deve tratar as ruas mais periféricas e sem estruturas enormes da iniciativa privada? MUITO DIFERENTE Esse prefeito do PSB nem parece aquele candidato cheio de fórmulas mágicas para fazer de Porto Velho “uma das mais importantes capitais” do norte Brasileiro. Passando um pouco mais de um ano de seu mandato, nada de concreto foi realizado nesse sentido. Até agora, só promessas e justificativas estapafúrdias para mais de um ano de fracasso.

QUEBRA DE CONTRATO

Agora, após 1 ano e 38 dias de mandato, o prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif (PSB), não quer mais saber da empresa Marquise coletando o lixo da cidade. A quebra do contrato foi uma das promessas de campanha, mas quando assumiu a cadeira, Nazif entendeu que a situação era bem mais complicada e que tirar uma firma vencedora de uma licitação em um passe de mágica não era tarefa fácil. Hoje, a prefeitura resolveu partir para o confronto e vai tentar na Justiça, o cancelamento do contrato

Gessi Taborda – getaco@gmail.com

Pastor Delso Moreira (PRB), que obteve 4.200 votos nas eleições de 2010, na coligação dos partidos PRB, PTdoB, PSC e PR. Delso escapou de punição na Câmara Municipal, embora a sessão que absolveu a todos tenha sido liminarmente suspensa pela justiça. Ou seja, sai uma enrolada e entra outro com uma “ficha” muito parecida. Já para o lugar de Adriano Boiadeiro (PRP), também se o plenário confirmar a sua punição, a Assembleia deverá convocar

César Licório (PRP), exsecretário estadual de Educação na gestão do ex-governador Ivo Cassol (PP). Licório obteve 6.328 votos em 2010, na coligação entre o PSL, PHS, PMN e PRP. Cláudio Carvalho (PT) teve imposta uma suspensão de dois meses, sem verba de gabinete e com a demissão dos servidores do gabinete. Como a pena imposta não ultrapassa os 120 dias, não deverá ser convocado suplente, de acordo com o Regimento Interno da Casa. (Rondonoticias)

MOLA PROPULSORA Enquanto isso, de desenvolvimento, ninguém fala nada. Até parece que o assunto tão defendido por Mauro na campanha de 2012 não consta mais da pauta desse prefeito já altamente desgastado por grande parte da opinião pública. Ora, o desenvolvimento é a mola propulsora para garantir o progresso da cidade. Do jeito como vem agindo a administração (??) de Mauro está claro que as fórmulas mágicas que apresentou no período da campanha eram apenas bravatas. Se continuar como foi até agora, a (pseudo) gestão de Mauro vai ser, isso sim, responsável por mais longos anos de atraso de Porto Velho. IMPROVÁVEL Se o prefeito Mauro resiste a realizar até as sindicâncias determinadas pelo Ministério Público para se saber exatamente o tamanho do rombo deixado por seu antecessor em obras transformadas nos chamados elefantes brancos (como os “viadutos”) é improvável que ele consiga atrair investimentos privados para aumentar a capacidade de geração de empregos em nossa cidade. Quem, em sã consciência, vendo como está a entrada da cidade com suas horrendas vias marginais, terá coragem de investir em projetos industriais ou comerciais nessa nossa Porto Velho? GESTÃO PERDIDA O prefeito, com aquela sua cara de paisagem, tem procurando os meios de comunicação para fazer mais e mais promessas. Às vezes deixa para seus apaniguados esse papel de arautos. Como foi com seu irmão, Gilson (premiado pelo nepotismo) o anúncio de “70 quilômetros de asfalto de qualidade” (nós já vimos esse filme, não é?), enquanto outro avisa sobre a aquisição de novos carros para uma secretaria que ninguém sabe e ninguém viu. DESBUNDE Para o colunista, cansado de ver esses truques de madame, o ano perdido da gestão de Nazif representará, no mínimo, mais de 5 anos de atraso para o desenvolvimento de Porto Velho. Mesmo que Mauro Nazif desbundasse quem perdeu a confiança em sua capacidade de gerir a coisa pública, não conseguiria recuperar o prejuízo da “entresafra” com aumento no desemprego e na dívida social existente, ASSUNTO ESQUECIDO Por mais que, para muitos, não faça mais parte da realidade, o analfabetismo no Brasil ainda é assustador. Relatório recente da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) aponta que o Brasil aparece em 8° lugar entre os países com maior número de analfabetos adultos, entre 150 países avaliados. MILHÕES Além disso, a mais recente Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), feita pelo IBGE em 2012, mostra que a taxa de analfabetismo de pessoas de 15 anos ou mais foi estimada em 8,7%, o que corresponde a 13,2 milhões de analfabetos no país. É um número por demais expressivo. Deveria motivar medidas das autoridades para reduzir drasticamente esse índice, motivo de vergonha do Brasil perante o mundo. EM RONDÔNIA Por aqui as coisas sobre esse descalabro não são tratadas de maneira diferente. Os números sobre o analfabetismo rondoniense são escamoteados pela administração pública. Eles não aparecem no tal “Portal da Transparência”. Ao certo, ninguém sabe de alguma ação específica dos governos (no nível estadual e municipal) para combater esse tipo de analfabetismo. RODOVIÁRIA INSEGURA Preferindo adotar métodos exóticos de gestão, a prefeitura gasta uma grana alta do contribuinte portovelhenses para manter um enorme pelotão de “agentes” trabalhando a favor da indústria da multa. Não fosse isso, Porto Velho teria sua Guarda Municipal, semelhante a outras cidades médias ou capitais, e não simples “agentes de trânsito” que só sabem preencher multas. Se tivéssemos a Guarda Municipal, certamente não receberíamos tantas reclamações sobre o aumento da insegurança na decadente rodoviária de Porto Velho. Ali é mais um local que depõe contra a administração, revelando sua incompetência. CIDADE HUMILHADA Como entender que um local com tamanha circulação de pessoas seja, como acontece hoje, ponto de desocupados, pedintes e usuários de drogas fique sem a presença de agentes públicos de segurança? Bom, a resposta não é difícil. Isso acontece porque a prefeitura continua mais interessada em multar cidadãos usuários do trânsito do que se preocupar com a segurança pública em espaços da municipalidade, como é o caso da rodoviária. A manutenção desses agentes na linha de produção da fábrica de multas, enquanto não se garante segurança em logradouros públicos da municipalidade é um ultraje à cidade de Porto Velho, que se vê humilhada cada vez que chega um visitante na degradada rodoviária.


4

CID ADE CIDADE

Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

EXÉRCITO

17ª Brigada fará passagem de comando O general de Brigada, Ubiratan Poty, irá chefiar o Comando de Operações do Comando Militar da Amazônia; assume em seu lugar o general de Brigada André Luís Novaes Miranda Hoje terça-feira, 11, a 17ª Brigada de Infantaria de Selva (17ª BIS) de Porto Velho irá realizar uma solenidade de passagem de comando do general de Brigada, Ubiratan Poty, para o general de Brigada André Luís Novaes Miranda. A cerimônia militar será às 19h30 no Quartel General da 17ª BIS. O general Ubiratan Poty, que deixa o Comando da Bri-

OURO PRETO

gas e pessoas, além da mediação de conflitos. No comando da 17ª Brigada, o general Poty também deixa um grande legado, principalmente na área cultural. Em parceria com outras instituições, a exemplo da TV Rondônia e Federação do Comércio (Fecomércio), ele teve uma participação expressiva na restauração de imóveis públi-

cos que estavam se deteriorando. Na lista dos prédios, do patrimônio público, beneficiados constam a Biblioteca Francisco Meirelles, a antiga Câmara Municipal e o Memorial Jorge Teixeira. O general Ubiratan Poty foi nomeado chefe do Comando de Operações do CMA, Comando Militar da Amazônia.

AGRONEGÓCIO

Usuários de drogas usam prédio público do IPERON no interior do Estado

O local virou residência de moradores de rua e esconderijo de drogados e ladrões

Prédio em ruinas e tomado pelo matagal O antigo prédio do Iperon construiu a sede na época em Ouro Preto do Oeste virou para abrigar o Iperon. Passaum tormento para os morado- dos alguns anos a represenres da Rua Migrantes, bairro tação do órgão previdenciário Bela Floresta. Totalmente des- estadual fechou as portas no truído, o prédio teve os vidros município e o prédio foi cediquebrados, janelas, móveis, do para a Defensoria Pública fios elétricos, alumínios furta- do Estado, que estranhamendos. Hoje a comunidade recla- te nunca ocupou o espaço prema que o governo do Estado ferindo ficar em uma casa de proprietário do imóvel não alvenaria pertencente ao govertoma as providências para no, localizado no centro da ocupar o local, que virou resi- cidade. Vizinhos afirmam que pesdência de moradores de rua e esconderijo de drogados e la- soas entram e saem livremente do local e o medo começa a drões. O prédio foi construído em tomar conta no bairro que afiruma área da prefeitura que fez mam que o local está sendo o repasse para o governo do usado como ponto de tráfico Estado, que por seu turno de drogas e prostituição. Den-

tro do prédio diversos papelões são usados para forrar o chão e servir como dormitório para moradores de rua. Diversos preservativos também podem ser vistos espalhados pelo local, atentando para a prática banalizada do sexo dentro do prédio, além de latinhas de bebidas alcoólicas e resquícios de papelote de drogas. A reportagem tentou um contato com a representação do governo do Estado em Ouro Preto do Oeste, mas ninguém quis falar sobre o assunto. A informação que o local foi solicitado pela vereadora Ivone Vicentin (SDD), junto ao governo do Estado para abrigar uma clinica especializada na saúde da mulher, no entanto a reportagem não conseguiu confirmar a veracidade da informação. O antigo prédio do Iperon é mais um patrimônio abandonado pelo Governo em Ouro Preto do Oeste. Na época do ex-governador Jorge Teixeira, uma casa foi construída para servir de alojamento para os funcionários em trânsito. O local também está jogado as traças e serve hoje de moradia para viciados. (Rondoniagora)

DESABRIGADOS

Auxílio moradia de R$ 180 não paga nem quitinete na Capital Valor é pago para famílias atingidas pela cheia do Rio Madeira em Porto Velho O auxílio de R$ 180,00 pagos pela Prefeitura de Porto Velho para um grupo de atingidos pela cheia do Rio Madeira não cobre as despesas nem de uma quitinete, reclamam as vítimas das enchentes. É comum nesse período do ano, o nível de água subir e alagar setores da cidade, a exemplo do Bairro Nacional e Baixa da União. O prefeito Mauro Nazif (PSB), através da Secretaria Municipal de Ação Social, de-

gada, prestou relevantes serviços ao Exército Brasileiro nesta região fronteiriça entre os Estados do Amazonas, Acre e Mato Grosso. A Brigada, além da vigilância permanente com a vizinha Bolívia, age principalmente na sua fronteira seca, com intensas operações de preservação e manutenção da Amazônia, combate ao tráfico internacional de dro-

terminou a transferência do valor de R$ 180,00 para “ajudar” no pagamento do aluguel das famílias. Na capital, onde há um grande número de acadêmicos, uma quitinete não sai por menos de R$ 600,00. Por R$ 180,00 não dá para alugar nem um quarto para solteiro, quanto mais para abrigar uma família de 3 a 4 pessoas. Na última quinta-feira, 6, a Defesa Civil Municipal retirou com auxílio de um barco a 14ª

família. As vítimas residem no Beco Gravatal, onde existem residências que já estão com o teto quase todo submerso. Outras dez famílias removidas foram levadas para casa de familiares e abrigadas na escola Maria Izaura, no bairro São Sebastião. Ainda na quinta, a prefeitura iniciou a retirada das famílias que ocupam áreas de risco nos bairros Triângulo e Baixa da União, na região central da capital rondoniense. (Rondoniagora)

Paróquia Sagrado Coração de Jesus CATEDRAL Horário das Missas: 2ª,3ª,5ª e 6ª às 18h15min – Sábados: às 19 hs. Domingo: 6h30 – 8hs-18h e 20h Adoração ao Santíssimo: Toda 1ª Sexta-feira do mês, iniciando com a Celebração Eucarística Horário de expediente da Secretaria: Segunda a Sexta das 7 h à 12h e dás 14 às 18h Sábado dás 14 às 18 h. Horário das Celebrações-Comunidade de São Francisco: Todas às Quartas-feiras às 18h30. (Av. Pinheiro Machado c/ Av. Campos Sales) Horário de visita ao Museu –Dom João Batista Costa; de Segunda a Sexta-feira dás 7h às 12h

Produtor investe na produção de silagem Neste ano o produtor plantou 15 hectares de milho e destinou 7,5 hectares para produção de silagem. O restante foi destinado para produção de grãos O produtor Joelson Aparecido Franco, morador da Linha C-55, da BR-421, no município de Ariquemes, está satisfeito com o investimento que vem fazendo em silagem. Para este ano ele reservou 7,5 hectares para a produção e já iniciou o corte do milho. Com o investimento, ele quase quadruplicou a produção. Hoje, a produção é de 48 toneladas por hectare, mas ele lembra que quando iniciou era de apenas 13 toneladas por hectare. O investimento foi feito com o apoio da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento e Regularização Fundiária (Seagri) e da Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO).

A propriedade é diversificada com pecuária e piscicultura, com 10 hectares de lâmina de água. Neste ano iniciou o plantio de soja, mas ele destaca que “a silagem é a melhor alternativa para suplementar o gado no período da seca”, já que nesse período a pastagem é de baixa qualidade. Com as orientações dos extensionistas da Emater de Ariquemes, Joelson começou a investir em silagem e conseguiu aumentar a produção. Primeiro foi com a escolha da área para plantio, depois a medição com GPS, coleta de solo para análise com recomendação para calagem, adubação de base, plantio, adubação de cobertura e aplicação de insumos. Por fim, a escolha do local para fazer o silo, ponto de colheita do mi-

lho e corte. TRATOR Neste ano o produtor plantou 15 hectares de milho e destinou 7,5 hectares para produção de silagem. O restante foi destinado para produção de grãos. Joelson vem investindo também na estrutura da propriedade. Para isso adquiriu novos implementos agrícolas a fim de facilitar a produção de silagem. O apoio recebido dos técnicos da Emater local tem contribuído muito para que ele obtenha os resultados satisfatórios. Além de orientar Joelson, os extensionistas também orientam e ajudam outros produtores do município emprestando a forrageira para cortar o milho. (Assessoria)

CACOAL

Semáforos instalados não funcionam e população cobra agilidade Falta de sinalização tem causado transtornos aos pedestres. Segundo secretário de Trânsito falta apenas a sinalização horizontal Em Cacoal (RO) os novos semáforos instalados há mais de um mês, em cruzamentos com maior incidência de acidentes, estão sem previsão de funcionamento. De acordo com o secretário interino de Trânsito José Caetano ainda falta refazer alguns meios-fios que foram quebrados por vândalos e a instalação da sinalização horizontal. A ocorrência de chuvas tem atrapalhado o rendimento do trabalho, explica José. Os semáforos estão instalados no cruzamento da Avenida Sete de Setembro com a marginal da BR-364 e no cruzamento da Avenida Belo Horizonte com a marginal da BR364. Duas importantes avenidas e com grande fluxo de veículos. A demora do funcionamento dos semáforos tem irritado os condutores de veículos e principalmente os pedestres, que relatam a dificuldade e o ris-

co que correm para atravessar os cruzamentos das avenidas Sete de Setembro e Belo Horizonte. A babá Andréia Correia diz que muitas vezes é preciso contar com a gentileza dos motoristas pra conseguir passar. “É muito difícil porque a gente depende da boa vontade de alguns motoristas que dá preferência, mas isso é muito raro. Todo dia tenho que passar por esse cruzamento e às vezes chego até atrasada no meu trabalho porque fico presa tentando atravessar a rodovia”, afirma. A falta da sinalização no local também tem causado vários transtornos para condutores de veículos, principalmente nos horário de pico. “Esses semáforos fazem muito falta porque quase todos os dias a gente vê acidente e isso não é bom pra população. Precisamos de mais segurança no

trânsito. Essa travessia da BR 364 é um caos e com a implantação desses semáforos com certeza os acidentes diminuiriam”, afirma a motorista Rita Ramos. De acordo com o secretário interino de Trânsito, ainda faltam refazer alguns meios-fios que foram quebrados por vândalos e a instalação da sinalização horizontal. Ainda de acordo com o secretário as chuvas tem atrapalhado o rendimento do trabalho. “O serviço demora em razão do tempo, pois, este trabalho precisa ser realizado com o tempo seco e não pode ser debaixo de chuva. Nós estamos aguardando o tempo dar uma melhorada, de pelo menos uns dois ou três dias de sol, para só então concluirmos os meios-fios e a sinalização do solo. O trabalho é rápido”, conclui. (G1/RO)


EST ADO ESTADO

Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

INVESTIMENTOS

5

NOVO CONCURSO

Governador Confúcio inaugura instalações TRT lança edital e abre no Porto Organizado de Porto Velho inscrições para juiz do Com investimento aproximado de R$ 6 milhões, o governador Confúcio Moura inaugura instalações e entrega veículos à Sociedade dos Portos e Hidrovias de Rondônia ca privilegiada e infraestrutura. Especialmente por sua localização privilegiada, oferece diferencial para as exportações, barateando o frete ao mercado internacional, aumentando a competitividade do produto brasileiro no mercado externo.

Governador cumprimenta operadores portuários Desde 1997 quando foi ins- gou a realizar a obra em tem- investir muito mais ainda”, distalado em Porto Velho, o por- po hábil. se lembrando que a infraestruto é administrado pela SocieReforçou os grandes inves- tura brasileira é muito ruim e dade dos Portos e Hidrovias timentos e empenho do gover- que “perdemos grande parte da de Rondônia (Soph) e tem nador Confúcio e disse que produção no transporte e nas movimentado as exportações este é mais que um governo esburacadas estradas”. do estado e nesta segunda- da cooperação. “É um goverPara ele, os empresários feira, 10, recebeu das mãos do no humano e democrático e já perceberam o potencial ecogovernador Confúcio Moura que estabeleceu uma nova nômico que Rondônia tem e diversos veículos e novas ins- política no estado”. virão investir no estado não só talações que irão beneficiar a Esta solenidade marcou por receberem incentivos, mas administração do Porto e os também a entrega de uma porque aqui “nós teremos uma importadores e exportadores ambulância e uma lancha com excelente estrutura para posque fazem uso das instala- capacidade para oito pessoas, sibilitar seus negócios”. ções. além da assinatura do convêAfirmou também que RonSegundo o governador Con- nio que cria o Grupamento Flu- dônia terá uma “inversão ecofúcio Moura, Rondônia passa- vial dos Bombeiros, que irá nômica fantástica em um furá a ter dois portos no futuro. atender os trabalhadores e turo muito breve”, disse, lemO atual, no qual o governo tem realizar a segurança do entor- brando que ao governo basta investido em sua moderniza- no do Porto. “não atrapalhar o investimenção e incremento de equipaO presidente da Soph, to e o crescimento, pois ele mentos, e o que será constru- José Ribamar de Oliveira, en- virá”, concluiu. ído em Porto Chuelo, “que terá fatizou os investimentos que Os veículos foram oficialpotencial maior que o de San- foram e estão sendo realiza- mente entregues à Soph, sentos”, afirmou. dos no porto e agradeceu ao do uma pick-up Strada, dois O grande diferencial de governador Confúcio pelo em- carros para auxílio administraRondônia é a posição estraté- penho nesta modernização tivo Siena, uma mini carregagica do porto e sua capacida- que está possibilitando o in- deira, uma ambulância e uma de para adaptação multimodal cremento no escoamento da lancha. de transporte (uso de cami- produção e consequentemennhões, futuramente os trens, te, no “faturamento e na geraEstrutura balsas e navios), o que bara- ção de emprego e renda para Com um crescimento anuteia o custo dos transportes e o estado de Rondônia”, desta- al constante, o porto vem senretira das estradas o fluxo de cou. do destaque, tendo a meta de caminhões. O governador destacou crescer pelo menos 10% ao Presente ao evento, o se- que muitos dos equipamentos ano, pretendendo duplicar a nador Valdir Raupp salientou e veículos que foram adquiri- capacidade de movimentação a importância desta moderni- dos são frutos da economia de carga em um breve espazação do porto, que foi cons- que a administração do porto ço de tempo. Por este motitruído em seu governo e pediu fez e que tornaram possível vo, empresários e instituições uma atenção maior do Depar- esta compra. tem demonstrado interesse tamento Nacional de InfraesMas lembrou ainda que as em conhecer as instalaçõestrutura de Transportes (Dnit) exportações do Brasil e seu pois reúne todos os atrativos quando à dragagem do rio relacionamento com o merca- para potenciais investidores: Madeira, que foi licitada, mas do internacional são ainda mercado consumidor em exa empresa vencedora não che- muito pequenas. “Temos de pansão, localização geográfi-

Transporte diversificado Atualmente o porto recebe uma média de 400 carretas diariamente transportando os mais variados tipos de cargas: soja, milho, cimento, carnes, combustíveis, alimentos perecíveis e não perecíveis, contêineres, automóveis, cargas gerais e peças de grande porte como as que são utilizadas nas hidrelétricas. No ano passado, o porto movimentou perto de quatro milhões de toneladas. Um crescimento de 3,5 % em relação a 2012. As exportações foram responsáveis pela maior fatia de crescimento da economia estadual com 16,24%. Modernização Este crescimento no movimento precisou ser acompanhado de investimento para dotar o porto de infraestrutura necessária. Por isso, o Soph, que administra o porto, elaborou um Plano de Modernização Portuária capaz de readequar toda a logística e infraestrutura das instalações, investindo aproximadamente R$ 8 milhões, com recursos próprios do governo do estado, em obras, serviços e equipamentos. Esses equipamentos irão garantir um incremento substancial às operações portuárias, com reflexo na otimização de tempo de trabalho e maior agilidade nas movimentações de carga. O porto também adotou um novo sistema de segurança, implantando a vigilância eletrônica nas vias internas do local, para dar continuidade à meta de aperfeiçoar o sistema. O governo de Rondônia, recentemente, assinou um termo de compromisso com a Secretaria de Portos-SEP, para o repasse de R$ 21.453,000,00 milhões que serão investidos na infraestrutura do porto neste ano de 2014. (Decom)

DIREITOS DO CONSUMIDOR

Gol é condenada por não deixar passageira embarcar de Porto Velho para Boa Vista Juiz de direito determinou multa de R$ 10 mil para amenizar os danos causados e reprimir o ato da empresa Recentemente, a Gol Linhas Aéreas S.A. foi condenada por não deixar a passageira Nadir Pessin embarcar de Porto Velho com destino a Boa Vista (RR). Segundo a autora da ação judicial, a partida seria em 06.05.2012 e retorno aos 23.05.2012, e ela comprou a passagem pelo valor de R$ 374,30. Afirmou que na data marcada para o embarque, ao chegar no balcão da empresa para o check-in, foi impedida de embarcar por ter apresentado documento de identidade constando o nome de solteira, quando ao comprar o bilhete informou o de casada. Esclareceu que, na ocasião, apresentou outros documentos, tais como título de eleitor e certidão de casamento, bem como a certidão de nascimento de sua neta, que também viajaria naquela oportunidade, nos quais constam o nome de casada, mas não foram aceitos pelos funcionários da Gol. Informou que, os empregados propuseram a ela que registrasse falsamente uma ocorrência policial de per-

da de documentos, de posse da qual poderia embarcar, hipótese esta que alega ter descartado de plano. Nadir pediu a condenação da Gol ao ressarcimento dos danos materiais no valor de R$ 497,50, relativos à hospedagem, transporte e alimentação, e ainda, indenização por danos morais, ante o abalo emocional e o constrangimento sofridos. Já a companhia aérea sustentou a impossibilidade da prova, a inexistência de causa,em razão da culpa exclusiva da autora ao preencher o bilhete com o nome de solteira, diverso do constante do documento apresentado por ocasião do embarque. Rebateu o cabimento da restituição de qualquer valor e a ocorrência de danos morais. Por fim, pediu a improcedência total do pedido. Diante dos fatos, o juiz de Ariquemes, Marcus Vinícius dos Santos de Oliveira, considerou o pedido de Nadir Pessin como procedente. “Pelo que entendo como justo e suficiente o importe de R$

Empresa foi acionada na justiça por desrespeitar consumidor 10.000,00 (dez mil reais), para amenizar os danos causados e reprimir o ato da Gol Linhas Aéreas. Ante o exposto e, por tudo o mais que dos autos consta, julgo procedente o pedido inicial, o que faço para condenar a ré a ressarcir à autora os gastos com hospedagem, transportes, alimentação e outros suportados em razão do impedimento do embarque, mediante a apresen-

tação de documentos comprobatórios, corrigidos monetariamente desde o efetivo desembolso e com incidência de juros de 1% ao mês, a partir da citação. Condeno ainda a ré a pagar a quantia de R$ 10.000,00 (dez mil reais) a titulo de dano moral, corrigida monetariamente e com juros de mora de 1% ao mês a partir da publicação da sentença”. (Rondonia Vip)

Trabalho substituto São oferecidas duas vagas, bem como as que vierem a vagar ou a serem criadas no período de validade do concurso que é de dois anos, prorrogável a critério do Tribunal O Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (Rondônia e Acre) tornou público nesta segunda-feira (10) o Edital de Abertura do XX Concurso Público para Provimento de Cargos de Juiz do Trabalho Substituto. As inscrições também foram abertas, podendo ser efetuadas no período de 10 de fevereiro a 11 de março de 2014. São oferecidas duas vagas, bem como as que vierem a vagar ou a serem criadas no período de validade do concurso que é de dois anos, prorrogável a critério do Tribunal. A remuneração é de R$ 23.997,19 e a taxa de inscrição R$ 235,00, valor último que se enquadra no limite fixado pelo art. 17 da Resolução 75/2009, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Para ingressar na magistratura do Trabalho da 14ª Região, o candidato deverá ser bacharel em Direito e possuir, na data de inscrição definitiva, no mínimo três anos de atividade jurídica, efetivo exercício da advocacia ou de cargo, emprego ou função, exercida após a obtenção do grau de bacharel em Direito. O concurso terá cinco etapas, sendo: 1ª etapa – uma prova objetiva seletiva, de caráter eliminatório e classifica-

tório; 2ª etapa – duas provas escritas (discursiva e prática de sentença), de caráter eliminatório e classificatório; 3ª etapa, de caráter eliminatório, com as fases de inscrição definitiva, sindicância da vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental e exame psicotécnico; 4ª etapa – uma prova oral, de caráter eliminatório e classificatório; e 5ª etapa – avaliação de títulos, de caráter classificatório. A data da prova objetiva seletiva está prevista para 13 de abril de 2014. Todas as provas serão realizadas em Porto Velho/RO. A Comissão Organizadora do Concurso e Examinadora de Títulos é presidida pelo desembargador Ilson Alves Pequeno Junior, tendo o desembargador Francisco José Pinheiro Cruz como suplente. Faz parte também como membros a desembargadora Vania Maria da Rocha Abensur, o juiz convocado Shikou Sadahiro (suplente), o advogado David Pinto Castiel, como membro representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RO) e seu suplente, o advogado Edson Bernardo Andrade Reis Neto. (Ascom/TRT14 (Luiz Alexandre)

HAITÍ É AQUI Haitiano passa a gerenciar trabalho de colegas na empresa onde foi gari Gildrin Dênis aprendeu língua portuguesa sozinho, em Porto Velho. Haitianos representam 90% do total de empregados da empresa de lixo Poucos imigrantes haitianos no Brasil dominam a língua portuguesa com tanta fluência como Gildrin Dênis, de 26 anos. Um autodidata que, no país de origem, sequer concluiu a 8ª série. “Esse rapaz é de suma importância para nós. É um orgulho para nosso grupo”, ressalta Jânio Almeida, gerente de Operações da Marquise, concessionária responsável pela coleta de lixo em Porto Velho, referindo-se ao exgari que ascendeu ao cargo de assistente de gerência e conquistou a confiança dos superiores. Natural de Ouanen-menthe, vilarejo distante 66 quilômetros da capital Porto Príncipe, Dênis domina todas as técnicas do monitoramento, via GPS, das patrulhas que recolhem lixo doméstico e entulhos de Norte a Sul da capital. Ele é do grupo contratado em 2011 e controla a atribulada missão dos 75 imigrantes com carteira assinada – mais de 90% do total de empregados da Marquise. Emocionado, confessa: “aqui sou um homem solitário e quero voltar pra minha casa. Tudo que aprendi aqui em dois anos levaria 16 anos para aprender no Haiti. Com esse aprendizado, eu acredito estar credenciado a entrar (trabalhar) na embaixada brasileira no meu país”. Vistoso e extremamente vaidoso, Gildrin é o único trabalhador capaz de exercer a comunicação desde o escritório central da empresa até com os coletores de lixo que fazem o trabalho de campo. E mais: somente ele está apto a acompanhar os colegas que passam mal e precisam de atendimento nos hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), uma vez que, por consenso, os médicos haviam decidido que, sem intérprete, seria arriscado prescrever medicações a pacientes estrangeiros cujo dialeto é estranho aos costumes regionais. Mas deixar o Brasil para alcançar objetivos depende da gratidão e reconhecimentos ainda maiores: uma carta de recomendação, um documento que ateste sua eficiência e aptidões. “Busquei materiais (livros) e me misturei a brasileiros que, aos poucos, fui conhecendo. O racismo é uma constante na nossa vida, nas ruas principalmente. Dói, mas meu objetivo era aprender a língua de vocês rapidamente. Não tive ajuda de ninguém. Com sorte, e acreditando sempre na minha intuição, em poucos meses consegui meu objetivo. Meu Deus, obrigado!”, comemora ao dizer que o salário que antes recebia teve reajuste considerável e com que com esse dinheiro ajuda a família a paga aluguel, além de manter os companheiros de quarto, pois estão desempregados. A declaração anunciava emoção. Com os olhos marejados, ao ser

questionado sobre a família - mulher e o filho de 4 anos - afirmou. “Foi a decisão mais dura e difícil da minha vida. Largar minha esposa, meu filho, por medo de que eles não sobrevivessem nessa ´estrada espinhosa’. Que eu fracassasse sozinho”, declara com voz embargada o respeitado imigrante ao ser interrompido, no rádio, por um grupo que falava francês e, a ele, somente com ele, poderia se dirigir para tirar dúvidas sobre a rota a ser cumprida. “Estão perdidos”, brincou. “São carismáticos e não se importam com xingamentos. É legal saber que, se depender deles, jamais haverá ocorrência policial”, testemunha o motorista de caminhão Rubenilson Almeida. A coleta noturna do lixo tem, na maioria, haitianos novatos. É uma política da empresa, que se vale, mais uma vez, dos conhecimentos do seu ‘pupilo’ imigrante: Gildrin, que cumpre horário das 18h às 2h, acompanha a movimentação dos grupos na rua por um telão e é chamado a instruir os colegas. Quem não fala francês deve ficar longe do rádio. Numa das paradas. O G1 acompanhou o trabalho de uma equipe noturna e conheceu Emanoel François, que mora há 1 ano em Porto Velho e ainda consternado com a morte do pai, durante o terremoto que matou 316 mil pessoas em janeiro de 2010, afirma: “não teve chance. Um portão caiu sobre ele”, lembra o gari que diz ter esperança em conquistar melhores salários e voltar ao convívio da mulher. Osmar Gean, um dos mais novos coletores de lixo da Marquise, perdeu o filho de 4 anos. O garoto foi soterrado, enquanto o resto da família se agachava e buscava abrigo na pequena cidade de San Marco, distante 60 quilômetros de Porto Príncipe. “Se você tem honra, você tem Deus”, afirma. Para Reginaldo Pompelus, que não teve familiares vitimados pelo desastre, a memória o faz relembrar imagens traumatizantes, que segundo ele, não esquecerá jamais: “Vi o Palácio Nacional virar pó. Vi crianças sem vida, idosos implorando ajuda, gritos que escuto até hoje. Sou brasileiro por gratidão. Mas voltar a minha pátria é o meu objetivo maior”, concluiu. “Aprendi a conhecer Porto Velho de Norte a Sul. Sei de cor todas as ruas e becos, orgulha-se Dênis, que emociona-se mais uma vez ao comentar a notícia de que a fronteira do Acre com o Peru, por onde ele chegou ao Brasil, está prestes a ser fechada. “Na minha época, aquele galpão na cidade de Brasiléia (AC) tinha 150 haitianos. Vi no jornal que hoje são mais de 1.200. Acho que as pessoas (autoridades) poderiam pensar mais em tudo que nossos irmãos estão passando. Sou feliz e não sou ao mesmo tempo”.


6 PAÍS

Teia Digital

Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Sílvio Persivo

É necessário o silêncio. “Muitas vezes é melhor silenciar para ouvirmos o que precisamos aprender” (Aucenir Gouveia). Força do agronegócio. O Governo do Estado anuncia que a revista “Animal Business Brasil”, editada pela Sociedade Nacional de Agricultura, voltada para os investidores do agronegócio, fechou uma reportagem com seis páginas ilustradas mostrando as oportunidades de investimento nas áreas de piscicultura e produção de carne no Estado de Rondônia. A matéria circulará na edição de fevereiro mostrando uma radiografia positiva da economia rondoniense, onde a piscicultura, a produção de carne, soja, café e leite aparecem com destaque. Na área da bovinocultura foram exportadas mais de 208 mil toneladas de carne com o Estado participando com 20% na fatia total do Produto Interno Bruto (PIB), faturando R$ 2,9 bilhões. Modernização do porto de Porto Velho. Ontem (10), nas dependências do porto, no bairro da Balsa, com a presença do governador Confúcio Moura e do senador Valdir Raupp, procedeu-se a solenidade de entrega de equipamentos e inauguração das novas obras do Porto Organizado de Porto Velho com investimentos que integram o Plano de Modernização Portuária. Audiência Pública. Acontece, hoje, às 15:00 horas, na Câmara Municipal de Porto Velho, no Plenário Bohemundo Álvares Affonso, a sessão especial de Audiência Pública, para discutir a inversão do trânsito na Av. Sete de Setembro e de outras ruas próximas, além de analisar e propor outras medidas que visam auxiliar o trânsito e a melhoria da infraestrutura. A iniciativa dos vereadores Alan Queiroz e Ana Maria Negreiros é louvável, mas, é preciso acentuar que, pelo menos, os planos da Prefeitura sejam expostos, pois, os empresários se queixam de que, numa audiência anterior, foi muito discurso contra e nada de concreto feito. Fazer audiência para não ter resultados concretos somente fará desgastar o poder municipal e, de fato, não acrescenta nada. Infelizmente, o comportamento da Prefeitura em relação ao trânsito tem deixado muito a desejar. Embora se fale muito no tal plano de mobilidade é igual a orelha de freira: ninguém vê. Crescem ações pela correção do FGTS. O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) acumulou um péssimo desempenho nos últimos 15 anos. De julho de 1999 a fevereiro de 2014, seu reajuste foi de 99,71%, bem abaixo da inflação no período. Que, pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), acumulou uma alta de 159,24% até janeiro deste ano. O saldo do FGTS é atualizado todo dia 10, respeitando a fórmula de 3% ao ano mais Taxa Referencial. Na ponta do lápis, o rombo criado pelo descolamento entre o atual modelo de reajuste e os índices de preços só neste ano foi de R$ 6,8 bilhões, segundo cálculos do Instituto FGTS Fácil. Em 2013, a cifra chegou a R$ 27 bilhões. De olho na rentabilidade perdida, milhares de brasileiros tentam conseguir na Justiça a mudança na correção do fundo. As centrais sindicais também estão movendo ações coletivas, geralmente a preços mais baixos que os cobrados por advogados em processos individuais. O volume de ações começou a crescer no ano passado, quando o STF decidiu que a TR não poderia ser usada como índice de correção monetária para os precatórios - títulos de dívida emitidos pelo governo para pagar quem ganhou ações na Justiça contra o poder público. Aperto monetário. A política de aumento do juro básico (Selic) adotada pelo Banco Central desde meados de 2013 elevou as taxas médias cobradas dos consumidores , em janeiro, ao maior patamar desde setembro de 2012, segundo a Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade). As taxas médias de juros passaram de 5,60% ao mês em dezembro de 2013 (ou 92,29% ao ano) para 5,65% ao mês em janeiro (ou 93,39% ao ano). Para Miguel José Ribeiro de Oliveira, diretor da Anefac, o aperto monetário promovido pelo BC na tentativa de controlar a alta da inflação é o responsável pelo aumento dos juros ao consumidor. No boletim Focus desta semana os economistas de mercado elevaram a projeção da taxa básica para 11,25% este ano. Em 2015, a Selic deve encerrar o ano a 12%. As elevações ocorrem num contexto de maior saída de recursos dos países emergentes, que, como resposta, aumentam os juros para evitar uma fuga maior de investidores. Efeito eleitoral. O SBT anunciou formalmente a decisão de demitir os comentaristas Carlos Chagas, Denise Campos de Toledo e José Nêumanne Pinto. Segundo divulgado se trata de uma ideia que vinha amadurecendo desde o final do ano passado, quando houve a “decisão da emissora de abrir mais espaço para informação nos diversos telejornais da casa”. Silvio Santos alegou que não existe, no corte desses profissionais, qualquer relação com os acontecimentos da última semana, que colocaram a apresentadora Rachel Sheherazade no olho do furacão, ao analisar o espancamento de um adolescente no Rio de Janeiro, mas, é muito difícil, para qualquer analista isento, não fazer a ligação das dispensas com o episódio do Banco Pan-Americano. E, não por coincidência, os três dispensados incomodavam ao governo petista com suas críticas embasadas e contundentes.

DEPUTADO PRESO

Câmara vota na quarta-feira novo processo de cassação de Donadon O deputado permanece preso no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal há oito meses Pela primeira vez, deputados federais vão dizer abertamente, em uma sessão da Câmara, se são favoráveis ou contrários à cassação do mandato de um parlamentar condenado pela Justiça. Na próxima quarta-feira, eles decidem, sem a proteção do voto secreto, o destino do deputado afastado Natan Donadon (sem partido-RO), condenado pelo desvio de recursos da Assembleia Legislativa de Rondônia, que já teve o parecer pela cassação aprovado em novembro pelo Conselho de Ética. Será a segunda vez que o mandato de Donadon, que está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, desde junho de 2013, fica em jogo. Em agosto do ano passado, em uma votação secreta, ficou decidido que Donadon manteria o status parlamentar. O resultado ocorreu por falta de votos suficientes para a cassação (233 a favor e 131 contra). Para que o mandato seja cassado, é necessário maioria absoluta da Câmara, o que significa um mínimo de 257 votos. Donadon foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a 13 anos de prisão por formação de quadrilha e pelo desvio de cerca de R$ 8 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia. Mesmo preservando o mandato, o deputado foi afastado por decisão do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, que

convocou o suplente, Amir Lando (PMDB-RO), e extinguiu os benefícios de Donadon. Com essa decisão, Donadon não recebe salário, não tem direito a gabinete ou cota de exercício parlamentar e devolveu o apartamento funcional. Ele também não tem direito a nenhum benefício no sistema prisional, de acordo com a assessoria do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios. Votos necessários - A cassação do mandato de Donadon depende do voto favorável de 257 deputados, ou seja, a maioria absoluta da Casa. Em agosto, o placar marcou 233 a favor da cassação, 131 contra e 41 abstenções. Se for cassado, Donadon deixará de ser deputado e Lando será efetivado no cargo. Durante a sessão, será dada a palavra ao relator do processo, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), e ao próprio Natan Donadon, que poderá ser autorizado a sair da Papuda para vir se defender na Câmara, como fez no ano passado. A Vara de Execuções Penais, no entanto, ainda não recebeu nenhum pedido para que o deputado venha à Câmara. O processo que será votado na quarta é diferente daquele analisado em agosto, embora os dois tenham como objeto o fato de Natan ter sido condenado pelo desvio de recursos da Assembleia de Rondônia. Ele vai responder por

Deputado algemado é levado por agentes da PF ao Congresso quebra de decoro parlamentar, condenado pelo Conselho de Ética. A votação do ano passado foi baseada na condenação criminal do deputado e foi analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). Conselho de Ética - Sob o argumento de que a condenação é considerada quebra de decoro parlamentar e também pelo fato de o deputado ter votado durante a sessão que analisou o seu caso – o que é proibido, o PSB recorreu ao Conselho de Ética pouco tempo depois da manutenção do mandato de Donadon no ano passado. A manutenção do mandato também levou deputados à Justiça. Provocado

pelo PSDB, que defende a cassação imediata de deputados condenados, o ministro do STF Luís Roberto Barroso anulou, por liminar, os efeitos da sessão que manteve o mandato do deputado preso. Segundo o ministro, no caso de Donadon, a perda de mandato deveria ter sido declarada de ofício porque o tempo de prisão em regime fechado é superior ao do tempo do mandato do parlamentar. “Em tal situação, a perda do mandato se dá automaticamente, por força da impossibilidade jurídica e física de seu exercício”, afirmou Barroso. A decisão ainda não teve o mérito analisado pelo Supremo Tribunal Federal. (TERRA)

DIREITO DO TRABALHADOR

Cresce número de ações na Justiça pela mudança na correção do FGTS Reajuste atual do fundo não cobre a inflação e milhares de ações pedem ressarcimento de perdas; Caixa diz que recorrerá de decisões contra o FGTS SÃO PAULO - O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) acumula um desempenho nada animador nos últimos 15 anos. De julho de 1999 a fevereiro de 2014, seu reajuste foi de 99,71%, bem abaixo da inflação no período. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), por exemplo, acumula alta de 159,24% até janeiro deste ano, o último dado disponível. O saldo do FGTS é atualizado todo dia 10 de cada mês, respeitando a fórmula de 3% ao ano mais Taxa Referencial. Na ponta do lápis, o rombo criado pelo descolamento entre o atual modelo de reajuste e os índices de preços está na casa dos bilhões. Só neste ano, R$ 6,8 bilhões deixaram de entrar no bolso dos trabalhadores, segundo cálculos do Instituto FGTS Fácil, organização não governamental que presta auxílio aos trabalhadores. Em 2013, a cifra chegou a R$ 27 bilhões. A TR é calculada pelo Banco Central e tem como base a taxa média dos Certificados de Depósitos Bancários (CDBs) prefixados, de 30 dias a 35 dias, oferecidos pelos 30 maiores bancos do País. A redução da taxa básica de juros, a Selic, a partir de 1999, foi diminuindo o valor da TR e fez com que o reajuste do FGTS não conseguisse nem repor as perdas com a alta dos preços da economia. A queda mais forte dos juros promovida no início do governo de Dilma Rousseff só acentuou esse problema. De 2012 para cá, não foi raro o momento em que a taxa ficou zerada. A reversão dessa política, com o atual ciclo de aperto monetário, já elevou a Selic para 10,5% ao ano, o que ajuda a recompor um pouco a remuneração pela TR. Mas é

insuficiente para que o FGTS seja reajustado no mesmo ritmo da inflação. Uma simulação do FGTS Fácil aponta que um trabalhador que tinha R$ 10 mil em 1999, e não teve mais nenhum depósito desde então, teria agora R$ 19.971,69 pela atual regra. O valor subiria para R$ 40.410,97 caso o reajuste considerasse os 3% anuais mais a correção da inflação pelo INPC, uma diferença de mais de 100%. Disputa. De olho nessa rentabilidade perdida, milhares de brasileiros tentam conseguir na Justiça uma mudança na correção do fundo. As centrais sindicais também entraram no jogo e estão movendo ações coletivas, geralmente a preços mais baixos que os cobrados por advogados em processos individuais. O volume de ações começou a crescer no ano passado, quando o STF decidiu que a TR não poderia ser usada como índice de correção monetária para os precatórios títulos de dívida emitidos pelo governo para pagar quem ganhou ações na Justiça contra o poder público. A partir daí, muitos advogados entenderam que esse raciocínio poderia ser estendido para o debate sobre o FGTS, mas o tema é polêmico. “O STF disse que a TR não é índice de correção da inflação, nada além disso”, afirma Geraldo Wetzel Neto, sócio do Bornholdt Advogados. Na semana passada, a Defensoria Pública da União (DPU) ajuizou uma ação civil pública na Justiça do Rio Grande do Sul pedindo que a correção do FGTS seja alterada para melhor refletir a perda do poder de compra. O juiz da 4ª Vara Federal de Porto Alegre, Bruno Brum Ribas, já decidiu que as re-

soluções ao longo desse processo terão validade em todo o País. Na avaliação do magistrado, é preciso reconhecer o alcance nacional da questão “sobretudo pela inquestionável proliferação de demandas da espécie já há alguns meses em todo o País”. Vale a ressalva de que, caso os trabalhadores vençam essa batalha, a diferença no reajuste do FGTS valeria não só para aqueles que têm saldo atualmente, mas também para quem efetuou resgates desde 1999. A Caixa Econômica Federal, responsável pela administração do FGTS, acumula mais de 39 mil processos na Justiça sobre o tema e diz que já conseguiu vitória em 18,3 mil deles. Neste ano, contudo, começaram a aparecer as primeiras decisões favoráveis ao trabalhador. O banco informou, em nota, que “recorrerá de qualquer decisão contrária ao FGTS.” Mas o caminho ainda deve ser longo. A palavra final sobre o tema deve acontecer só na última instância do judiciário brasileiro, o Supremo Tribunal Federal (STF). “É uma tese ainda em início de trajetória no poder judiciário”, ressaltou a assessoria de imprensa da DPU. “O julgamento vai ser demorado porque haverá um componente político quando o tema chegar em Brasília”, diz Wetzel. Nas contas do tributarista Carlos Henrique Crosara Delgado, do escritório Leite, Tosto e Barros, a discussão só deve chegar ao Supremo num período de cinco a dez anos. “A tese em discussão é a mesma dos planos econômicos, de que o patrimônio do trabalhador foi corroído.” Dinheiro represado. Todos

os meses, as empresas são obrigadas a depositar o equivalente a 8% do salário do empregado na conta do FGTS. Como a disputa pela mudança da correção do fundo está longe de terminar, as perdas continuam a crescer mês a mês. O problema se agrava porque, caso o trabalhador não tenha sacado o valor, não há opção de destinar o dinheiro para uma aplicação mais vantajosa ou, ao menos, que cubra a inflação. O dinheiro do fundo pode ser resgatado, por exemplo, em caso de demissão sem justa causa, doença grave ou compra de imóvel. Mario Avelino, presidente do Instituto FGTS Fácil, diz que embora as questões relativas ao FGTS possam ser questionadas em um período de até 30 anos, a hora é de tentar recuperar as perdas. “Quanto mais ações de trabalhadores, mais pressão sobre o judiciário”, afirma. Embora a percepção geral seja de que a maré está virando a favor dos trabalhadores, alguns especialistas lembram que não há garantias, por enquanto, de vitória dos trabalhadores. Isso porque as decisões favoráveis até agora ainda podem ser questionadas. “O trabalhador pode, por exemplo, cair com um juiz que não tenha esse raciocínio e aí terá de pagar os honorários advocatícios caso perca a ação’, alerta Delgado. Apesar dos riscos, vale a ressalva de que o trâmite na Justiça, em ação individual ou coletiva, deve se arrastar por muitos anos. Logo, a decisão sobre a ação de um trabalhador pode, eventualmente, coincidir com o período em que o tema estará em discussão no STF. (Agência Estado)


POLÍCIA 7

Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

COVARDIA

Jornalista agredido por tenente da PM em Porto Velho Um tenente da Polícia Militar de Rondônia agrediu o jornalista Cleidson Silva, da TV Allamanda, quando o profissional de imprensa registrava ações da Companhia de Operações Especiais (COE) na dispersão de tumulto na madrugada de domingo na Zona Sul de Porto Velho. Cleidson se identificou como jornalista e continuou sendo agredido, teve as principais imagens

apagadas de sua câmera e nesta segunda-feira, formalizou denuncia na Corregedoria da PM, onde foi informado que o suspeito é um “novato do interior”. De acordo com Cleidson, ele começou a filmar a ação da COE quando os policiais jogavam bombas de efeito moral na direção de populares. O tenente não teria gostado, correu contra o profissional e pas-

sou para as agressões, inicialmente com um tapa em seu celular, mas em seguida aplicando golpes nas costelas e chutes nas pernas. O militar ainda fez xingamentos. Cleidson se identificou várias vezes, mas a sessão de espancamento só terminou quando colegas do militar o seguraram e confirmaram que a vítima era mesmo jornalista. (Rondoniagora)

BRUTALIDADE

Idoso é morto a pauladas em Porto Velho; polícia investiga o caso O aposentado Antônio Carlos da Silva, de 86 anos, foi morto a pauladas, dentro de casa, na noite deste domingo (9), em Porto Velho. De acordo com a ocorrência policial, uma mulher viu o corpo sobre a cama com vários golpes na cabeça. Ela própria acionou o Centro Integrado de Operações da PM (Ciosp) no início da madrugada de segunda-feira, após chegar de um ensaio de carnaval. A mulher foi levada à Delegacia de Homicídio como testemunha, disse que havia comprado a casa da vítima por R$ 40 mil, e, no entanto, apesar de liberada, é apontada por familiares e vizinhos do aposentado como principal suspeita. Antônio Carlos, natural de Três Lagoas (MG), era muito querido no Bairro Tiradentes, era rezador, ajudava crianças enfermas e morava sozinho desde que ficou viúvo, em 2006. O dinheiro referente à suposta venda da casa sumiu. Em depoimento, a mulher afirmou que o montante foi entregue a um advogado, cujo nome não é revelado, que providenciaria o contrato de compra e venda para a assinatura entre as partes nesta segunda-feira (10). “Ele (a vítima) me dizia que tinha medo de ser roubado e não queria dormir sozinho”, contou a mulher à polícia, segundo o Boletim de Ocorrência. A reportagem tentou falar com a mulher citada no BO, mas o telefone infor-

Policial é esfaqueado durante carnaval na zona Sul e vândalos destroem lojas Um policial militar, identificado como Frederico Carneiro (27), que trabalhava na segurança do bloco carnavalesco “Tô na Sul” na noite de sábado (08), foi atacado por um jovem de 19 anos na Avenida Jatuarana, zona Sul de Porto Velho, com uma facada no pescoço. De acordo com informações da polícia, o policial estava na última fila quando foi atacado pelas costas por Renan Reis, que logo após a agressão tentou fugir, porém não conseguiu e foi de-

tido onde recebeu ordem de prisão. Renan foi conduzido a Central de Polícia e não esclareceu o motivo da agressão. Frederico foi conduzido a emergência do Pronto Socorro do Hospital João Paulo II. VANDALISMO E DEPREDAÇÃO Já na madrugada deste domingo (09) logo após a passagem do bloco de carnaval “Tô na Sul” gangues rivais acabaram entrando em confronto na principal via da zona Sul da Capital, com brigas que se

espalharam pela calçadas transformando o local num campo de batalha. Policiais militares tiveram que intervir com bombas de efeitos moral para tentar dissipar a confusão dos mais exaltados. Isso não impediu que vândalos destruíssem fachadas de lojas e depredassem comércios, alguns ainda furtaram objetos e roupas. Alguns suspeitos foram detidos e conduzidos a Central de Flagrantes. (Rondoniaovivo)

JI-PARANÁ

Ex-presidiário morto a tiros no meio da rua

A casa onde a vítima morou por 45 anos atrai populares do Bairro Tiradentes que lamentam a perda mado à delegacia esteve desligado por toda a manhã. A residência, que fica na Rua Daniela, amanheceu com um aviso sobre o endereço do velório. A mensagem deixou assustados os vizinhos como Mauro Brandão, que mora ao lado. “Ouvi ele datilografando na velha Olivetti, como fazia toda noite. Meus cachorros não latiram a madrugada inteira”, contou. Dona Maria Albertina cuidava de Antônio há sete anos, e disse que “é tudo mentira a história da venda casa”. Segundo ela, Antônio colocou dentro de casa uma mulher que aparecia casualmente, ora de dia, ora de noite, mas sempre comentava que estava vendendo uma casa de sua propriedade para comprar outra ali próxima”. No velório, oito pessoas

(um enteado, um neto e seis vizinhos) compareceram. Estava lá também o agricultor Valter Guimarães, um agricultor que doou o terreno a seu Antônio 45 anos atrás. “Impossível haver compra e venda daquele imóvel sem o meu consentimento. Isso tudo é uma invencionice”, disse. O advogado Manoel Rivaldo, contratado pela família, informou que pedirá a quebra do sigilo telefônico da vítima e da mulher que, possivelmente, era amasiada de Carlos. “Querem passar a impressão de latrocínio seguido de morte. A verdade é outra. A porta não foi forçada e eu tenho certeza que houve crime passional”, afirmou o advogado. A polícia investiga o caso sob sigilo. (G1 RO)

VALE DO JAMARI

Polícia Militar evita homicídio e prende elementos com moto furtada e arma de fogo A guarnição da Base de Policiamento Comunitário 1, no domingo (09) realizaram a prisão de Wanderson Gomes de Almeida, 20 anos, conduzindo uma motocicleta furtada, na companhia de um menor de idade, 15 anos, que portava uma arma de fogo. A prisão foi feita, graças a denuncia pelo disk denuncia. Segundo a denúncia, teriam dois homens em atitude suspeita andando pela região em uma motocicleta Honda Bros de cor branca, Após consulta aos sistemas de segurança os Policiais Militares foram informados pela Central de Operações que o referido veículo possuía restrição de furto/roubo. Durante o patrulhamento os Policiais Militares visualizaram dois homens na referida motocicleta e ao se aproximarem constataram que se tratava do veículo que fora passado via Central de Operações. Após abordagem e revista pessoal os Policiais Militares encontraram um revólver calibre38 nas vestes do passageiro da motocicleta, sendo

VIOLÊNCIA

este menor de idade, 15 anos, e o piloto do veículo foi identificado como Wanderson Gomes de Almeida. Ao ser questionado a cerca dos fatos Wanderson disse aos Policiais Militares que comprou o veículo pela quantia de R$ 500,00 e que sabia que o veículo era de procedência criminosa. Quanto à arma de fogo os infratores disseram a guarnição PM que desde cedo estavam à procura de um desafeto que mora no Setor 6 e que se o encontrassem iriam matá-lo. Diante dos fatos Wanderson recebeu voz de prisão e o menor voz de apreensão e foram encaminhados juntamente com a motocicleta e a arma de fogo até a Delegacia de Polícia Civil de Ariquemes, onde após o registro da ocorrência policial, ambos foram entregues juntamente com os

objetos a Autoridade de Polícia Judiciária para a adoção das medidas cabíveis. Esta é a quarta vez que Wanderson Gomes de Almeida é preso pela Polícia Militar, consta em registros policiais que o mesmo já foi conduzido pela prática de roubo a estabelecimento comercial, ameaça e perturbação. E o menor não é a primeira vez que é conduzido até a Delegacia de Polícia. Com esta prisão e apreensões o Sétimo Batalhão de Polícia Militar totaliza 16 veículos recuperados e 12 armas de fogo apreendidas somente nos dois primeiros meses do corrente ano. Fato este que vem contribuindo para a diminuição dos índices de criminalidade e aumento da segurança na região do Vale do Jamari. (Ariquemes 190)

Alexandre Ferreira Teodósio, de 32 anos, foi morto neste domingo na varanda de um bar, localizado na Rua T-19 com a Rua K-5, no 2º Distrito de Ji-Paraná. Segundo a Polícia, o homem descansava, quando um veículo Gol, de cor prata, parou do outro lado da rua e um dos ocupantes chamou a vítima pelo nome. Alexandre se aproximou do carro, e o motorista efetuou vários disparos de arma de fogo. Depois, o assassino fugiu do local. Alexandre Ferreira ainda tentou correr, mas caiu logo em seguida, já sem vida. A vítima saiu recentemente do Presídio Agenor Martins, onde cumpriu pena. (Comando190)


8 GERAL

Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro 2014

REVOLTA AFRICANA

CRIMES DE GUERRA

Líder rebelde ordenou estupros e massacres no Congo, diz promotora TPI acusa Bosco Ntaganda, ex-chefe de milícia, de diversos crimes étnicos. Processo é primeiro que envolve estupro promovido por crianças soldados

Bosco Ntaganda, em foto de 2010, é acusado de crimes de guerra na RD do Congo A promotoria do Tribunal Penal Internacional acusou nesta segunda-feira (10) um líder miliciano congolês conhecido como “Exterminador” de diversos crimes de guerra étnicos. Segundo os promotores, Bosco Ntaganda ordenou que seus soldados, alguns deles crianças, cometessem massacres e estuprassem civis para disseminar o terror e ocupar territórios.

As acusações contra Ntaganda foram apresentadas nas audiências iniciais de um processo que é visto como um teste para a corte internacional, após vários casos conturbados. Ntaganda ainda não se declarou culpado ou inocente. “Ele desempenhou um papel crucial em planejar ataques contra a população civil a fim de conquistar território”, disse a procuradora-chefe Fatou

Bensouda ao apresentar as alegações com base nas quais os juízes decidirão se Ntaganda deve ser levado a julgamento. Ntaganda, um oficial militar de alta patente, é membro da etnia hema, acusado de cometer crimes contra a humanidade e crimes de guerra contra os lendus e outros grupos étnicos, na tentativa de expulsá-los da região de Ituri entre setembro de 2002 e setembro de 2003, segundo a promotora. Segundo a promotora, estes crimes eram voltados contra população não Hema da região de Ituri, rica em recursos naturais. As diligências abertas contra Ntaganda nesta segundafeira são as primeiras do TPI que incluem estupro de crianças soldados. Bosco Ntaganda, um dos chefes de guerra mais procurados da região dos Grandes Lagos, foi o primeiro em março de 2013 a ser levado ante o TPI, que emitiu duas ordens de prisão contra ele. (Reuters)

A nova onda de violência entre cristãos e muçulmanos começou na noite deste sábado, onde cinco pessoas morreram em circunstâncias desconhecidas. Ao menos 11 pessoas morreram em menos de 24 horas em Bangui, capital da República Centro-Africana, em uma nova onda de violência entre cristãos e muçulmanos, indicaram testemunhas. Entre as vítimas está um membro do parlamento provisório centro-africano, assassinado neste domingo em Bangui por desconhecidos que estavam em uma moto. A morte de Jean Emmanuel Ndjaroua acontece um dia depois de ele ter denunciado a violência contra os cidadãos “cosmopolitas” de sua região, Alto Kotto, no sudeste do país, anunciou a Liga de Direitos Humanos centro-africana. A nova onda de violência entre cristãos e muçulmanos começou na noite deste sábado, perto da Câmara Municipal do quinto distrito da cidade, onde cinco pessoas morreram em circunstâncias des-

Manifestante com faca no pescoço ameaça matar parlamentares conhecidos. Outras três pessoas perderam a vida em confrontos, e a vítima de número nove morreu nas mãos da força internacional da União Africana (Misca), indicaram as testemunhas. O balanço foi confirmado à AFP por Peter Bouckaert, da ONG Human Rights Watch, que também informou sobre um linchamento, neste domingo, de um muçulmano perto do mercado central de Bangui. Outro muçulmano conseguiu escapar do linchamento graças à intervenção da Misca,

acrescentou. Desde que a rebelião Seleka, majoritariamente muçulmana, tomou o poder, em março de 2013, o país está mergulhado no caos e vive contínuos confrontos entre muçulmanos e cristãos, apesar da presença das forças militares francesas e da missão africana. Neste domingo, o ministro francês da Defesa, Jean-Yves Le Drian, iniciou no Chade um giro regional com o objetivo de buscar uma saída para a crise. (AFP)

CONFLITO INDÍGENA

GUERRA CIVIL

Negociações para tentar encerrar guerra civil da Síria são retomadas Mediador da ONU tem reuniões separadas com governo e oposição sírios. Objetivo é buscar solução negociada para conflito que dura três anos As discussões para tentar uma solução política ao conflito na Síria foram retomadas nesta segunda-feira (10) em Genebra, onde o mediador da ONU Lakhdar Brahimi recebe separadamente os representantes da oposição e do governo com o objetivo de reuni-los à mesma mesa. Ele já havia se reunido domingo à noite com a delegação governamental, liderada pelo ministro sírio das Relações Exteriores, Walid Muallem. O objetivo de Brahimi é reunir todos em uma mesma mesa. A delegação da oposição síria acusou o governo do país de ser o único responsável pela ruptura da trégua humanitária de três dias em Homs. O porta-voz da oposição, Louay Safi, disse na saída da primeira reunião da oposição com Brahimi que entregou ao diplomata dois relatórios que “documentam a violação do cessar-fogo por parte do regime”. Safi afirmou que a oposição tem provas de que forças governamentais atacaram o comboio humanitário da ONU que tentou entrar em Homs no sábado e causaram a morte de “pelo menos três civis e feriram muitos mais”. A oposição também apresentou uma relatório sobre “as violências do regime de Assad”, o presidente sírio Bashar al-Assad, segundo uma fonte. O texto afirma que desde o início das negociações em Genebra, em janeiro, 1.805 sírios, incluindo 834 em Aleppo, foram mortos pelo uso de mais de 130 barris de explosivos em Aleppo e Daraya, na região de Damasco. Ao final de uma difícil pri-

Confrontos na República Centro-Africana matam membro do parlamento provisório

meira rodada de negociações, Brahimi admitiu que os resultados eram modestos, e que a principal conquista era reunir as duas partes em conflito para discussões. O mediador prometeu um diálogo mais estruturado nesta segunda rodada, que deve se estender até sexta-feira. Única questão concreta deste diálogo, a ONU tenta firmar uma “medida humanitária de confiança”, um acordo entre a oposição e o governo para ajudar a população da cidade velha de Homs, sitiada desde 2012. Neste último final de semana, mais de 600 civis foram retirados dos bairros sitiados da cidade com a ajuda da ONU, apesar dos disparos contra os comboios humanitários. Uma equipe da ONU e do Crescente Vermelho sírio levaram adiante esta primeira operação humanitária em 20 meses graças a um cessarfogo de três dias decretado sexta-feira, mas que foi violado no sábado. Um novo grupo de civis deve ser resgatado nesta segunda-feira dos bairros rebeldes de Homs, a terceira maior cidade do país, indicou à AFP um funcionário do Crescente Vermelho sírio. “Hoje iremos prosseguir com a retirada de civis”, como parte do acordo concluído sob a égide da ONU, indicou. “Os civis vão sair pelas passagens já utilizadas ou por novas passagens”, acrescentou. “Uma reunião entre os representantes da ONU e o governador de Homs, Talal Barazi, está em andamento. À princípio, o cessarfogo foi prorrogado, e nós iremos tentar resgatar os

civis o mais rápido possível”, declarou, acrescentando que os mantimentos serão entregues. A França, em associação com outros países, apresentará um projeto de resolução no Conselho de Segurança da ONU para exigir um acesso humanitário à população civil nas cidades cercadas da Síria, segundo o ministro das Relações Exteriores, Laurent Fabius. “É absolutamente escandaloso que se discuta há tanto tempo e que a população continue sofrendo de fome todos os dias. Portanto, em associação com outros países, vamos apresentar uma resolução neste sentido”, afirmou Fabius à emissora de rádio RTL. Segundo as informações divulgadas no domingo pelo Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), mais de 300 pessoas morreram nas últimas 24 horas em meio aos combates que prosseguem sem cessar no país. Além disso, o OSDH anunciou que o grupo jihadista do Estado Islâmico no Iraque e Levante (EIIL) se retirou da província petroleira de Deir Ezzor, no leste da Síria, depois de combates contra as brigadas rebeldes. “O EIIL se retirou de toda Deir Ezzor depois de combates contra a Frente al Nosra [afiliado à Al-Qaeda] e uma dezena de brigadas rebeldes que atacaram as posições do grupo e prenderam dezenas de membros”, o OSDH, que dispões de uma ampla rede de fontes civis, médicas e militares em todo o país. O conflito na Síria já deixou mais de 130 mil mortos em quase três anos, segundo uma ONG. (AFP)

PA: preso garimpeiro acusado de ameaçar indígenas de morte Indígenas relataram perseguições e ameaças de morte contra suas lideranças e registraram boletim de ocorrência onde denunciaram o dono de garimpo Indígenas da etnia Munduruku, que realizaram por conta própria fiscalização em quatro afluentes do Rio Tapajós, na região oeste do Pará, apreenderam recentemente 12 dragas utilizadas ilegalmente para a extração de ouro e expulsaram dezenas de garimpeiros de suas terras. Após a ação, os indígenas relataram perseguições e ameaças de morte contra suas lideranças e registraram boletim de ocorrência na delegacia de Jacareacanga, onde denunciaram o dono de garimpo, Alexandre Jesus Martins, o Tubaína. A polícia esteve na casa do dono do garimpo, acompanhada dos indígenas, onde encontrou munição e duas armas de fogo, sendo um revólver e uma carabina, ambas de calibre 38. Paigomuyatpu Manhuary, chefe dos guerreiros Munduruku, afirma que as lideranças cansaram de esperar Tubaína aparecer na delegacia para se explicar sobre as ameaças. - A gente queria dar um recado pra ele – disse Manhuary por telefone. Segundo o chefe dos guerreiros, uma vez que Tubaína não compareceu, decidiram ir até a casa do garimpeiro buscá-lo. - A polícia foi atrás da gente. Entraram na casa e prenderam ele e apreenderam suas armas. O Tubaína foi conduzido à delegacia e logo depois liberado, sem ter sido levado a nenhuma cela. O delegado Lucizelton Ferreira dos Santos, que há seis meses trabalha na região, explicou que a ação aconteceu em parceria com os indígenas. - Quando o Alexandre Martins chegou na cidade, os indígenas vieram avisar a gente aqui, na delegacia, e nós o acompanhamos até a casa do dono do garimpo – confirma o delegado. Apesar de ter sido comprovado pelos indígenas que Tubaína era dono de pelo menos dois garimpos em terra indígena, o que é inconstitucional, pois a lei garante que “as ter-

Povo Munduruku armado para guerra em aldeias do Pará ras tradicionalmente ocupadas pelos índios destinam-se a sua posse permanente, cabendo-lhes o usufruto exclusivo das riquezas do solo, dos rios e dos lagos nelas existentes”, nenhum processo legal foi aberto. Segundo o delegado Lucizelton dos Santos, quando o garimpeiro chegou à delegacia foram adotados dois procedimentos. Em relação às ameaças, foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), utilizado para crimes considerados de menor relevância, com pena máxima de dois anos. O porte ilegal de armas foi registrado e encaminhado para a Vara Única de Jacareacanga. Tubaína foi liberado depois de pagar a fiança de dois salários mínimos. - Porte de arma é um crime afiançável e é a primeira situação que ele responde aqui conosco, mas ainda falta checar no InfoSeg (rede de informações da Secretaria Nacional de Segurança Pública) – assinalou o delegado. Até este domingo (9) apenas o processo que trata sobre o porte ilegal de armas havia sido registrado no site Tribunal de Justiça do Estado do Pará. O delegado conta com prazo de 30 dias para concluir o inquérito. Enquanto isso, ameaças continuam. O indígena Ozimar Dace Munduruku relatou ter sido ameaçado por um dos garimpeiros expulsos do território

indígena. Ela conta ter sido abordado durante uma madrugada por um homem, que se aproximou e mostrou um facão “que brilhava nos olhos”. - Ele perguntou se eu estava na fiscalização que expulsou os garimpeiros e neguei. O homem disse que enfiaria a faca no primeiro que ele soubesse que estava envolvido nesse negócio de fiscalização. Ozimar afirma que o dono do garimpo ganha muito dinheiro com a exploração mineral na terra indígena. - Ele tira o ouro. Tem casa nova, prédio e loja. Tudo isso foi tirado da nossa terra. O branco não tem controle e não igual índio. A gente pensa em explorar e ao mesmo tempo recuperar a natureza, porque a gente depende da natureza. Além de Ozimar Munduruku, o servidor da Fundação Nacional do Índio (Funai), Elton Mendes da Silva, que acompanhou a operação de fiscalização nos garimpos no mês passado, também sofreu ameaças. - No fim de semana, uma caminhonete preta estacionou perto de um conhecido meu. O motorista abaixou o vidro do carro e falou: “Diz pro teu colega lá da Funai tomar cuidado, andar na linha. Elton Silva disse que vai relatar o fato à Funai, em Brasília, e pedir o registro da ocorrência n delegacia de Jacareacanga durante a semana. (Blog da Amazônia)


Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Smartphone

Vídeo com supostas novidades do iPhone 6 cai na internet O smartphone da Apple aparece em três tamanhos diferentes, tela encurvada e iluminação nos botões de som e touch ID Os fãs da Apple ainda devem aguardam pelo menos seis meses até o lançamento do próximo iPhone, no entanto, um suposto vídeo do iPhone 6 foi publicado no site do jornal Daily Mail na última sexta-feira. Nas imagens uma amostra do smartphone é exibida em três tamanhos de tela: 4 polegadas, com resolução de 1136x640 (326 ppi); 4,7 polegadas, com resolução de

1920x1080 (440 ppi); e 5,5 polegadas, com resolução 2272x1280 (510 ppi). O vídeo não revela se realmente o novo iPhone será lançado em três telas – ou se são apenas três propostas. Mas mostra novidades como tela encurvada e iluminação nos botões de som e touch ID, usado para reconhecer as digitais do usuário. Ainda é esperado uma melhoria na câmera do iPho-

ne, passando para 10 megapixels de resolução e um novo filtro para deixar as fotos mais limpas, conforme apontam fontes taiwanesas. No final do vídeo aparece o nome dos designers italianos Enrico Penello e Ran Avni, que seriam os desenvolvedores artísticos do novo celular da Apple. O lançamento é aguardo para junho, na próxima reunião anual da empresa. (Terra)

Suposto smartphone da Apple aparece com botões iluminados

INFÂNCIA HI TECH

Crianças aprendem a navegar na internet antes de saber amarrar cadarço Segundo uma pesquisa da AVG Technologies, 57% das crianças de até cinco anos sabem usar aplicativos em smartphones, mas somente 14% sabem amarrar os sapatos Ver uma criança de com até dois anos de idade brincando com um celular tornou-se algo comum. A chamada geração Alpha, de crianças nascidas depois de 2010, é principalmente conhecida por interagir com a tecnologia desde o nascimento. Segundo uma pesquisa da AVG Technologies, 57% das crianças de até cinco anos sabem usar aplicativos em smartphones, mas somente 14% sabem amarrar os sapatos. Por trás dessa intimidade com a tecnologia, existem riscos de segurança que muitos pais ignoram. Além do perigo da aproximação de estranhos com as crianças por meio da internet, malwares podem ser prejudiciais aos computadores e dispositivos móveis e permitem o roubo de dados pessoais dos usuários. “Por mais que a criança saiba mexer no dispositivo, ela não consegue diferenciar o que é bom e o que é ruim. Se alguma página em que ela entrou pedir o número de telefone, ela não vai saber o porquê desse pedido”, exemplifica o especialista de segurança da Symantec Nelson Barbosa. Neste momento, os pais não podem deixar de saber o que a criança está fazendo. “Não existe um malware específico para atingir crianças, vai depender do comportamento dos pais. E muitos têm o hábito de emprestar seus tablets e smartphones para distrair os filhos sem monitorá-los”, diz o diretor da McAfee José Ma-

tias Neto. A superexposição dos filhos em redes sociais também traz riscos de crimes virtuais, sequestro de dados e malwares. Muitos pais registram fotos de cada momento da criança, desde um ultrassom até detalhes do dia a dia, incluindo os lugares onde ela foi e a escola em que estuda. O compartilhamento nas redes sociais pode parecer natural e refletir a empolgação dos pais com os filhos, mas ser cauteloso é essencial para evitar problemas. Confira dez dicas para proteger seus filhos na internet: 1. Antes de postar fotos do seu filho ou criar um perfil para ele nas redes sociais, considere a idade dele e pense se você está fazendo isso por você ou por ele. Seu filho vai entrar na vida digital de qualquer maneira, vale a pena antecipar? 2. Antes que a criança entre no mundo digital, converse com ela sobre os perigos, ensine-a sobre o que é seguro ou não compartilhar e reforce que ela não deve conversar ou marcar encontros com estranhos. 3. Vale também ensiná-las a não enviar nenhum dado pessoal por SMS ou e-mail sem ter certeza de quem é o destinatário. 4. Defina quanto tempo e em qual momento do dia é ideal para seu filho ficar conectado. 5. Bloqueie conteúdos impróprios relacionados a sexo, drogas, entre outros. Muitos programas possuem ferramen-

tas para isso, como a SafeSearch, do Google. 6. Tenha um software de segurança em todos os seus dispositivos e mantenha-o atualizado. Na hora de escolher, opte por um que tenha funções de controle parental. 7. Além do computador, controle a navegação no smartphone e no tablet. Isso pode ser feito checando o histórico dos navegadores. 8. Monitore as conversas nos programas de mensagens instantâneas e certifique-se de que eles podem bloquear o seu

número de telefone, endereço de e-mail ou qualquer outro dado pessoal. 9. Se mantida aberta, a conexão Wi-Fi pode ser uma porta de entrada para cibercriminosos. Crie senhas seguras para o Wi-Fi, sem utilizar palavras comuns, data de aniversário, número da casa, entre outras senhas previsíveis. 10. Fique atento quando a criança usa outros dispositivos, como Smart TVs e consoles de games, que se conectam à internet e possuem chats de bate-papo. (Terra)

57% das crianças de até cinco anos sabem usar aplicativos em smartphones, mas somente 14% sabem amarrar os sapatos

APLICATIVO FISCAL

Fisco lança aplicativo para consultar CNPJ e ver andamento de pedidos Aplicativo já está disponível para ‘download’ na Google Play e Apple Store. Não será permitida, entretanto, inscrição no CNPJ por meio do aplicativo A Secretaria da Receita Federal lançou nesta segunda-feira (10) um aplicativo, já disponível para “download” na Google Play (Android) e na Apple Store (IOS), que permite que as empresas acompanhem e acessem solicitações e informações nas bases de dados do órgão por meio de smartphones e tablets.

Segundo a Receita, o aplicativo permite consultar os dados informando os números de recibo e de identificação. Não será permitida, porém, a inscrição no CNPJ por meio do aplicativo, processo que continuará sendo feito pelo site do órgão na internet . De acordo com o órgão, os representantes das empresas poderão acompanhar, por meio do aplicativo, pedidos de alteração de nome empresarial, de porte da empresa, de endereço ou natureza jurídica, entre outros, além de visualizar seu histórico, marcar a solicitação como “favorita” e ou solicitar o

cancelamento de pedidos. Também poderão ser geradas listas com números favoritos de CNPJ. Ainda segundo o Fisco, o aplicativo CNPJ também permitirá o acesso às informações do Simples Nacional e a localização de uma empresa em um mapa. “Será possível acessar informações cadastrais, como endereço, ano de abertura e se a empresa está ativa. Pelo celular, o usuário poderá também consultar o Cadastro Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) e informar-se sobre procedimentos para cadastrar um CNPJ”,

acrescentou o órgão. De acordo com a Receita Federal, existem, atualmente, mais de 17 milhões de CNPJs ativos em sua base de dados. Anualmente, são feitos aproximadamente 1,8 milhão pedidos de inscrição no CNPJ e mais de 5 milhões de pedidos de alteração de informações. O Fisco já lançou anteriormente aplicativos para consulta de lotes do Imposto de Renda, por pessoas físicas, e para acompanhamento de pedidos de importação. (G1)

ESPERANÇA DE VIDA

Vitamina C injetável pode ajudar no tratamento contra câncer, diz estudo Pesquisas indicam que pode aumentar a eficácia dos tratamentos de quimioterapia em pacientes com câncer, sugerem estudiosos da Universidade do Kansas, nos EUA Altas doses intravenosas reduziram crescimento de tumor em camundongos e reduziram efeitos de quimioterapia em pacientes com câncer nos ovários. Altas doses de vitamina C podem aumentar a eficácia dos tratamentos de quimioterapia em pacientes com câncer, sugerem pesquisadores da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos. O estudo, divulgado na publicação científica ‘Science Translational Medicine’, afirma que doses injetáveis de vitamina C podem ser um coadju-

vante eficiente, seguro e barato no tratamento de mulheres com tumor nos ovários. Na década de 1970, o químico Linus Pauling defendeu que a administração intravenosa de vitamina C poderia ser eficiente contra o câncer. No entanto, testes clínicos em que a vitamina era ingerida pela boca falharam em replicar o mesmo efeito, e as pesquisas foram abandonadas. Hoje se sabe que o corpo humano expele rapidamente a vitamina C quando ingerida pela boca.

Na pesquisa, os especialistas injetaram vitamina C em células cancerígenas do ovário em laboratório. Eles também repetiram o experimento em camundongos e em 22 pacientes com câncer de ovário. Eles observaram que as células cancerígenas que receberam vitamina C em laboratório reagiram à substância, enquanto as células normais não foram afetadas. Em camundongos, a vitamina C reduziu o crescimento do tumor e os pacientes com câncer que receberam inje-

ções com a substância disseram ter sofrido menos dos efeitos colaterais da quimioterapia. Sem patente - A pesquisadora Jeanne Drisko disse que há um interesse crescente entre oncologistas de testar o poder da vitamina C no tratamento contra o câncer. ‘Pacientes estão buscando opções eficientes e mais baratas de melhorar os efeitos do tratamento’, disse ela à BBC News. ‘E a vitamina C intravenosa tem esse potencial, como indica nossa pesquisa cientí-

fica e resultados dos primeiros testes’. Um possível obstáculo ao avanço das pesquisas é falta de disposição das empresas farmacêuticas em financiar testes, porque não há como patentear a vitamina C - um produto natural. ‘Como a vitamina C não tem potencial para patente, seu desenvolvimento não deverá ser apoiado pelas farmacêuticas’, disse o pesquisador Qi Chen. ‘Mas acho que chegou a hora de as agências de pesquisa apoiarem de forma vigo-

rosa os testes clínicos com essa vitamina’. A médica Kat Arney, da instituição Cancer Research UK, disse que há uma longa história de pesquisas sobre os efeitos da vitamina C sobre o tratamento contra o câncer. ‘É difícil dizer com uma pesquisa tão pequena (com apenas 22 pacientes) se altas doses da vitamina podem aumentar os índices de sobreviência ao câncer. Mas já é interessante o fato de que diminuíram os efeitos colaterais da quimioterapia. (G1)


ADES ARIEDADES 2 VARIED

Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

-2

cou comentários. Ainda de acordo com a publicação, a amiga Ana Lima montou um cardápio para Grazi. Nasce Maria Amélia, filha de Champignon Maria Amélia, filha do músico Champignon, que morreu em setembro do ano passado, nasceu nesta segunda-feira (10). A notícia foi dada por Lena Papini, baixista do grupo A Banca, em seu Twitter. — A Slepinha nasceu! Seja bem-vinda, Maria Amélia, já tem muita gente que te ama. Champ, temos mais uma parte sua viva entre nós. A assessoria de imprensa do grupo confirmou o nascimento da bebê às 6h, em Florianópolis. A família de Claudia Campos, viúva do músico, é de Santa Catarina. Quando Champignon foi encontrado morto, aos 35 anos, em seu apartamento na Zona Sul de São Paulo, sua mulher estava com cinco meses de gravidez. Champignon também era pai de outra menina, Luiza, fruto do antigo relacionamento com Nicole Mecatti. Diretor espera que “Akira” seja seu próximo projeto Assim como um zumbi que volta do túmulo para atormentar os vivos, a versão com atores de carne e osso de “Akira” parece ter uma certa dificuldade de ser enterrada, para desespero dos fãs ardorosos. Em entrevista ao Collider para divulgar seu próximo trabalho, “Sem Escalas”, o diretor Jaume Collet-Serra disse que a adaptação é sua prioridade. “Estou me focando em `Akira`, na verdade. Então, com sorte, esse pode ser meu próximo trabalho (...) Fiz dois filmes desde que coloquei esse projeto em pausa, mas agora poderes maiores parecem estar interessados”, disse Collet-Serra. Ele também respondeu uma pergunta sobre a questão do orçamento, que foi o problema central quando a adaptação não foi aprovada pela primeira vez: “foi uma questão conceitual geral. Você sabe, é como um grande filme precisa ser, pela complexidade do conceito.” Na sinopse divulgada antes do cancelamento do projeto: “Kaneda é um dono de bar em Neo-Manhattan que descobre que seu irmão, Tetsuo, foi sequestrado por agentes do governo, liderados pelo ‘Coronel’. Desesperado para salvar o irmão, ele se junta a Ky Reed e seu movimento secreto que

Em Familia Laerte vê Luiza na rua. Laerte discute com Verônica por causa da mulher que viu na plateia e sai para procurá-la. André reclama ao ver Luiza abraçada a Murilo. Laerte anda pelas ruas de Viena. André, Luiza, Alice, Murilo e Sandra jantam em um restaurante. Helena salta de paraquedas e Juliana grava a ação. Felipe se embriaga em um bar. Felipe avisa a Helena que voltará para Goiânia. Laerte vê Luiza na rua. Fernando repreende Juliana ao vê-la cuidar de Bia. Luiza liga para parabenizar Virgílio, e Helena fica feliz. Chica faz uma declaração durante a festa de Virgílio. Clara reclama do marido. Laerte conhece Leto, seu filho com Shirley. Pecado Mortal Picasso fica furioso ao descobrir que Carlão fez denúncia sobre o baú de cocaína. Ele pega seu revólver e decide ir atrás de Carlão. Dorotéia se lamenta para Ramiro ao lembrar-se que Patrícia pode estar grávida e diz que quer adotar criança. Anjo ajuda Marcinha, convencendo Jurandir a alugar apartamento de Fernanda. Picasso invade apartamento e ameaça atirar em Carlão. Carlão o desarma e os dois conversam sobre o futuro da família. Ele culpa Picasso por oferecer cocaína para Otávio e diz que não lhe dará mais nenhum voto de confiança. Picasso volta irritado para delegacia e diz para Quim que tentará livrálo da prisão. Das Dores alerta Carlão sobre Picasso e diz que vinculo entre os dois é o que impede Picasso de matá-lo. Ele teme que Picasso tente fazer algo contra as pessoas que ele ama. Picasso ameaça torturar Romeu. Otávio e Maria Clara dormem juntos na fazendinha. Cata-

busca revelar ao mundo o que aconteceu com a cidade de Nova York trinta anos atrás, quando ela foi destruída. Kaneda acha que suas teorias são fantasias, até que ele reencontra seu irmão, e fica chocado com seus poderes telecinéticos.” “Ky acredita que Tetsuo foi enviado para libertar um jovem garoto, Akira, que tomou a mente de Tetsuo. Kaneda enfrentas as tropas do Coronel na tentativa de parar Tetsuo, mas ele chega muito tarde. Akira logo escapa da prisão, por cortesia de Tetsuo, enquanto Kaneda tenta salvar seu irmão antes que Akira destrua a ilha de Manhattan novamente, como já havia feito trinta anos atrás.” O elenco tinha Garrett Hedlund, Kristen Stewart, Helena Bonham Carter e Ken Watanabe, mas, assim como com a sinopse, é difícil saber se está mantido. Grazi Massafera não come direito após acidente de Isis Valverde Grazi Massafera estaria sem comer direito desde o acidente de Isis Valverde, que aconteceu no dia 31 de janeiro. Segundo informações do jornal O Dia, desta segunda-feira (10), a atriz ficou chocada com os fãs, que diziam nas redes sociais que tudo teria sido obra dela. Grazi apareceu mais magrinha em fotos recentes, o que provo-

rina invade o quarto e as duas discutem. Otávio promete para Maria Clara que irá se livrar de Catarina. Silvinha vai até a delegacia e promete não contar sobre tentativa de abuso se Picasso aceitar liberar Romeu. Bernardo e Joana dormem juntos. Carlão decide usar terno para jantar e surpreende Patrícia e sua amiga. Picasso diz que deseja ver Patrícia e as crianças morrerem na frente de Carlão. Joia Rara Manfred dá dinheiro a Benito, mas ele não fica satisfeito e promete voltar. O delegado resolve fazer um exame grafológico no bilhete que Viktor lhe dá, para descobrir se foi escrito por Silvia. Manfred manipula as lembranças de Silvia. Arlindo garante a Miquelina que não está apaixonado por Volpina. O delegado vai com Viktor e Mundo à casa de Eufrásio e Bibiana e encontram uma caneca usada. Ernest ajuda Iolanda a carregar sacolas de compras e Mundo se irrita. Valter emprega Ernest como gerente do clube. Pérola celebra a união de Matilde e Sonan. O delegado constata que Silvia está mesmo viva. Manfred dá uma mala de dinheiro para Benito e depois vai ao clube, onde encontra Ernest trabalhando. Ele obriga Valter a demitir o pai. Manfred faz Silvia acreditar que Franz tentou atirá-la do alto da escada. Malhação Ben tenta separar Anita e Antônio, mas ela reage friamente. Raquel disfarça a emoção diante de Guilherme. O pai de Martin repreende seus gastos excessivos com o restaurante. Sofia impede que Ben agrida Antônio. Guilherme rejeita Raís-

Áries O que é seu e o que é de todos? Dia de equilibrar a balança do deve e do haver entre você e o cônjuge, cobrar de clientes que não pagam e negociar um ganho mais decente com o sócio. Claro que tudo tem limite, mas negocie...

Libra Tramoias e fofocas no ambiente de trabalho abalam sua saúde, confundindo seu julgamento. Alguém disse algo que gerou um erro enorme; então peça provas e comprovantes de tudo que assistentes e subalternos fizerem. Saúde frágil, cuidado com alimentos esquisitos.

Touro Mais um dia pra cuidar de você em primeiro lugar, deixando o mundo discretamente de lado por algumas horas. Terá de lidar com alguém ranzinza, que adora cobrar coisas, afetos e comportamento de você. Faça concessões na medida da sua saúde e do seu amor próprio.

Escorpião Confusões ao redor - tendem a criar situações confusas e de difíceis de entender nos próximos dias. O astro das comunicações está para retrogradar em Peixes, significando a volta atrás de um projeto criativo, de um namoro, de uma empreitada pessoal. Fique alerta.

Gêmeos Ideias e projetos sem pé nem cabeça, baseados somente na vontade e no sonho podem fazer água hoje. Encarando esta realidade você pode adiar a realização deste sonho. Mas não abra mão dele! Por outro lado, Mercúrio e Netuno enviam vibrações inspiradoras na profissão! Câncer Reconheça e aceite a real medida do seu poder de agir e de viver do jeito que deseja. Filhos podem ser um entrave à sua liberdade de ser, fazer e acontecer agora. Leão Mercúrio estacionou para retrogradar, em Peixes, hoje. Sinal de que desarranjos e perdas com papéis, documentos e prazos de pagamento de dívidas podem criar problema pra você, reveja tudo e tenha copias. Virgem Nos próximos dias vai ficar difícil saber quem está ou não falando a verdade e em quem confiar - seu julgamento sempre sagaz está comprometido..

Sagitário Clima astral controvertido pede paciência para esclarecer versões de fatos mal explicados. E você vá com calma, sem pressa que é pra entender direito. Confusões em casa, na família - o diz-que-diz desorienta até você, sempre intuitivo. Saúde pede cuidados protocolares. Capricórnio Enquanto você vai driblando as surpresas da vida, que não cessam de ocorrer, preste atenção aos e-mails, as conversas e ao que lhe prometem.. Aquário Altos e baixos num dia de astral variado - muitas boas percepções e entendimento, oportunidades bacanas na área financeira, mas tudo requer analise em dobro - o alto grau de distração e dispersão gera erros nas contas. Certifique-se de que foi pago por um serviço importante. Peixes Mercúrio estacionou nos primeiros graus de Peixes, conjunto a Netuno hoje; as artes e as sensações vagas sobre a vida, o universo e tudo o mais se destacam. Talvez você sinta sintomas estranhos e inexplicáveis. Crenças lhe darão limites.

Cauã Reymond é eleito o preferido das argentinas após sucesso em “Avenida Brasil” Assim como aconteceu em terras tupiniquins, a novela “Avenida Brasil” já é um sucesso na Argentina e os atores brasileiros estão colhendo os frutos disso. No último fim de semana, o jornal “Clarín” publicou uma entrevista com ator Cauã Reymond, que viveu Jorginho no drama de João Emanuel Carneiro. A publicação o elegeu como o mais novo ‘queridinho’ das argentinas. No papo, ele falou que o personagem foi um marco na carreira e elogiou a atuação dos colegas de elenco, como a atriz Adriana Esteves. “Jorginho me deu muito trabalho. Nunca soube jogar bola. Tinha que aprender a jogar mal, como Jorginho. Preparei o personagem por partes: primeiro, a cultura do futebol. Comecei a ouvir samba e pagode, ritmos que não escuto. Depois, fui até algumas clínicas para estudar como era o sonambulismo, porque sabia que o Jorginho teria essas sequências. E, por último, a questão do abandono dos pais”, contou. “Avenida Brasil” é o produto televisivo mais visto na terra dos hermanos. Exibida pela Telefe, a trama vai ao ar de segunda a sexta, às 16h30, garantindo média de 16 pontos de audiência

sa. Rafa Marinho e Giovana se interessam um pelo outro. Abelardo se insinua para Bernardete. Ben desaparece no mar agitado e Rafa e os salva-vidas entram para resgatá-lo. Ronaldo conversa com Martin sobre Micaela. Caetano pede que Zelândia participe de uma nova pilantragem. Rafa reanima Ben, que é amparado por Sofia. Ronaldo e Vera se preocupam com Anita e Antônio. Meg volta dos Estados Unidos e exige que Flaviana se livre de suas malas excessivas. Guilherme conta para João Luiz que Raquel o convidou para assistir ao campeonato de surfe. Caetano comenta com Abelardo e Bernardete que está prestes a deixar a prisão. Antônio convence Anita a fugir do país com ele. Sofia apoia Ben. Além do Horizonte William investe contra um dos capangas, e André e Oscar conseguem prender os dois. Hermes avisa a Tereza sobre sua fuga. Lili prepara

ao canal. Em cinco meses, “Rebelde” perdeu quase a metade de sua audiência no SBT A audiência da reprise de “Rebelde” despencou nos últimos meses no SBT. A trama estreou em setembro do ano passado com média mensal de 7.6 (8) pontos, mas vem perdendo audiência gradativamente. Desde a primeira semana de dezembro, a novelinha não marca índices acima de 5 pontos. No SBT, a justificativa para o baixo resultado era a reta final de “Amor à Vida”, que não raramente atingia 40 pontos de média, entretanto, o folhetim de Walcyr Carrasco chegou ao fim e “Rebelde” continua marcando baixos índices, chegando a fechar o último mês com apenas 4.6 (5) pontos. Na última semana, a Record aproveitou a queda de audiência da reprise e o final da novela da Globo para exibir “Pecado Mortal” às 21h15. As duas produções, no entanto, empataram com 5 pontos de média. GRAVAÇÃO Adriana Esteves gravou uma participação no “Vídeo Show” na semana passada. A atriz, em descanso desde o fim de “Avenida Brasil”, onde viveu a inesquecível Carminha, relembrou seus maiores papeis na TV, como a Catarina de “O Cravo e a Rosa” e a Sandrinha de “Torre de Babel”. Vai ao ar na próxima segunda-feira (17). COBRANÇA O que mais vem chamando a atenção no novo “Vídeo Show” é a falta de conhecimento dos profissionais envolvidos sobre televisão. Erros em títulos de novelas e até mesmo em datas são corriqueiros. Conhecer os arquivos e a história da Globo é o mínimo que se espera de um programa que retrata os bastidores da emissora. BRIGA DE LEÃO O título do quadro do programa de Gilberto Barros na RedeTV!, ‘As Lobas do Leão’, tem incomodado o apresentador e jornalista Leão Lobo, que acredita estar sendo vítima de uma provocação por parte do animador. “Agora já passou para o lado pessoal”, revelou Leão, em seu blog.

um jantar para Marlon. Marcelo não se conforma por Inês sair com Álvaro em sua moto. Flávio beija Heloísa durante a gravação do programa, e Cacá pensa em colocar o vídeo no ar. Celina não consegue contar para Keila sobre as maldades de Kléber. Tereza foge da cadeia em um helicóptero. Thomaz vê Heloísa e Flávio juntos na TV. Fátima conta para Keila que foi proibida de vender comida para Celina, que tira satisfações com Kléber. Hermes e Tereza se encontram. Paulinha se esconde para observar Marlon no laboratório. Priscila tenta convencer Marcelo a deixar de acreditar em Inês. Fernanda leva Thomaz embriagado para seu apartamento. Marlon consegue descobrir a fórmula estabilizadora. Kléber convence Klaus a tirar Nilson da casa de Celina. Álvaro vê Thomaz na casa de Fernanda. Tereza e Hermes pensam em sua vingança contra LC. Paulinha avisa a LC que ela e Marlon conseguiram terminar a fórmula. Kléber captura Nilson.

CONCURSOS Por José Pessoa

Concurso Antaq 2014 - autorizadas 143 vagas

Ministério do Planejamento autorizou a realização de concurso para a Agência Nacional de Transporte Aquaviário A autorização para abertura de vagas na Agência Nacional de TransporteAquaviário (Antaq), enfim, foi divulgada nesta quarta, dia 22 de janeiro de 2014. O Ministério do Planejamento autorizou (portaria 22/2014) a realização de concurso para a agência, com oferta de 143 vagas em cargos efetivos. O prazo para publicação do edital será de até seis meses, contado a partir da data da publicação da portaria.

As vagas são para os cargos de nível superior de Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Aquaviários (52), Analista Administrativo (17), e os cargos de nível intermediário de Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Aquaviários (55) e Técnico Administrativo (19). Informações do Diário Oficial da União de 22 de janeiro de 2014.

Concurso Defensoria Pública de Goiás 2014 foi autorizado No prazo de 110 dias, o Estado deverá fazer a escolha e contratação de instituição responsável pela realização do certame. O governador do Goiás, Marconi Perillo, autorizou a realização de um novo concurso para a Defensoria Pública do Estado de Goiás. Serão providas 14 vagas para o cargo de Defensor Público e formado cadastro de reserva com 20 vagas. Assinaram o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) o defensor público-geral do Estado, Cleomar Rizzo Esselin Filho, o procurador-geral do Estado, Alexandre Tocantins, o procuradorgeral de Justiça, Lauro Machado Nogueira, e a promotora Fabiana Zamalloa do Prado. De acordo com o documento assinado, as 40 vagas destinadas ao concurso regido pelo Edital n. 11/2010, que se encontra suspenso por determinação judicial, foram preservadas. Assim, dos 60 cargos de carreira inicial estabelecidos pela Lei Complementar n. 51/2005, que criou a Defensoria Pública, restaram 20, das quais seis foram ocupadas por defensores enquadrados na carreira. Para o defensor público-geral do Estado, Cleomar Rizzo Esselin Filho, a realização de um novo concurso é fundamental para garantir a estruturação da Defensoria

Pública, que no momento conta com seis defensores públicos. “A nossa primeira preocupação é garantir à população atendimento de qualidade. E o ideal é que possamos fazer isso paralelamente à estruturação da carreira de defensor público”. Cleomar Rizzo filho explicou ainda que a partir da nomeação dos novos defensores oriundos do concurso, servidores que atuam em desvio de função poderão ser remanejados para outras funções dentro da Defensoria. ORGANIZADORA Pelo acordo, no prazo de 110 dias, o Estado deverá fazer a escolha e contratação de instituição responsável pela realização do certame. Caso a opção da administração estadual seja pela contratação direta, deverão ser observados rigorosamente todos os requisitos previstos no artigo 24, inciso XIII, da Lei nº 8.666 (Lei de Licitações). A publicação do edital do concurso será, no máximo, até o dia 2 de janeiro de 2014, com previsão para ser homologado até o dia 1º de julho do mesmo ano.


Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Vendo uma câmera fotográfica profissional, marca e modelo: NIKON D90 semi nova VALOR R$: 5 mil. (Negociamos com CANON 7D).

CONTATO: 9910 - 4866 Características: Sensor de imagem CMOS formato DX com 12,3 megapixels, Disparo contínuo com velocidade de 4,5 quadros por segundo, A primeira D-SLR do mundo com um modo de vídeo em alta definição (HD), Sensibilidade ISO de baixo ruído de 200 a 3.200, Monitor LCD colorido de 3,0 polegadas com super densidade de 920.000 pontos, Limpeza do sensor de imagem integrada, Fotometria com Matriz de Cores 3D II com Sistema de Reconhecimento de Cena, Controle abrangente de exposição, D-Lighting Ativo automático, GPS com georreferenciação, DLighting Ativo automático, Edição de imagem na câmera.

FOTO ILUSTRATIVA


4 ESPORTES

Porto Velho, Rondônia, terça-feira, 11 de fevereiro 2014

-2

COMPETIÇÃO

Vilhena irá sediar o VIII Jogos Intermunicipais de Rondônia O campeonato é uma realização da superintendência dos Esportes, da Cultura e do Lazer do Estado de Rondônia (Secel) e deve acontecer de 1 à 13 de agosto Na última sexta-feira (7), a superintendente dos Esportes, da Cultura e do Lazer, Eluane Martins, esteve em Vilhena, acompanhada pela equipe técnica da Secel, para assinar o termo de adesão do município que irá sediar a VIII edição dos Jogos Intermunicipais de Rondônia – JIR. A competição é uma realização do Governo do Estado por meio da superintendência dos Esportes, da Cultura e do Lazer (Secel), e deve acontecer de 1 à 13 de agosto. Logo após o encerramento do JIR 2013, as prefeituras de Ji-Paraná e de Vilhena se candidataram para sediar a edição de 2014. Depois de fazer uma visita técnica aos municípios, a equipe da gerência de esportes da Secel, entendeu que Vilhena apresentou a melhor proposta no que se refere à infraestrutura esportiva e rede hoteleira. Segundo o técnico Ilmar Esteves, outro ponto decisivo foi o fato de que Vilhena nun-

ca sediou o JIR, ao contrário de Ji-Paraná, que já o fez por três vezes. O prefeito de Vilhena, Zé Rover, recebeu a equipe da Secel e assinou o termo de adesão onde se compromete a apresentar, no prazo de trinta dias, uma comissão organizadora local e, em seguida, o plano de trabalho para a competição. “Um evento deste porte merece todo nosso empenho. Além de fortalecer o esporte na região, ainda vai gerar renda e emprego para o nosso município. Estamos muito felizes com a oportunidade de sediar o JIR 2014”, afirmou Rover. A superintendente ficou entusiasmada com o compromisso do município. “Fomos recebidos de forma acalorada, com a presença de autoridades, empresários e imprensa. Isso mostra o envolvimento do município com um dos campeonatos mais importantes do esporte rondoniense”, decla-

rou Eluane. De acordo com o gerente de esportes, José Carlos Barbosa, o próximo passo de responsabilidade da Secel é a publicação da portaria que nomeará o comitê organizador estadual e os atos referentes aos jogos, como calendário de atividades e inscrições, que devem ser divulgadas nos próximos dias. VIII JIR Os Jogos Intermunicipais de Rondônia (JIR) reúnem atletas de todo o Estado para disputas coletivas e individuais, feminino e masculino. Este ano serão 13 modalidades: atletismo, ciclismo, natação, judô, taekwondo, tênis de mesa, futsal, handebol, basquete, voleibol e vôlei de areia. Foram incluídas duas novas modalidades em substituição ao tênis e a ginástica rítmica. As novidades são a capoeira e o xadrez. (Assessoria Secel)

QUEM DIRIA

Adriano Imperador, vira exemplo para Alexandre Pato triunfar no São Paulo Alta cúpula do Tricolor lembra que Imperador teve boa passagem pelo Morumbi Setores da torcida do São Paulo parecem não ter ficado muito satisfeitos com a troca envolvendo Jadson e Alexandre Pato, e já começaram a criticar a ida do atacante para o Morumbi. Entre os dirigentes, no entanto, um outro excorintiano, também polêmico, e que até hoje apronta das suas, acabou virando exemplo para defender a contratação de Pato: Adriano Imperador. Contratado em 2008 após uma passagem ruim pela Inter de Milão, Adriano chegou desacreditado ao Morumbi, mas, com gols e boas atuações, conquistou o coração da torcida. Um membro ligado à direção são-paulina usou o Imperador como exemplo para acreditar em Pato, dizendo que “o São Paulo foi o único clube em que o Adriano jogou bem no Brasil” O conselheiro parece ter se esquecido, no entanto, que Adriano, apesar de ter deixado uma imagem ruim em sua última passagem pelo Flamengo, foi um dos grandes destaques do Rubro-Negro em 2009, ano em que comandou a equipe na

Adriano Imperador conquista do Campeonato Brasileiro, formando dupla com Vagner Love. Se a passagem pelo Corinthians for levada em consideração, no entanto, o Tricolor está certo, pois Adriano foi um verdadeiro fiasco com a camisa do clube do Parque São Jorge, Hoje Adriano alterna faltas e baladas com treinos pesados no Furacão, e espera ajudar o Atlético-PR na fase de grupos da Libertadores da América. O Imperador foi dei-

xado de fora da pré-lista justamente por suas faltas. Agora, apesar de não ser bom moço, vai ser exemplo para um outro ex-corintiano. Alexandre Pato, contratação mais cara da história do Corinthians, quer provar, no São Paulo, que não desaprendeu a jogar futebol Segundo circula nos bastidores do Morumbi, o atacante terá toda a tranquilidade para reencontrar seu bom futebol, sem a pressão que exerceram sobre ele no Timão (R7)

Reunião em Vilhena onde foi assinado o termo de adesão do município

COPA VERDE

Vale vaga na Sul-Americana: veja o guia da primeira Copa Verde Competição começa a ser disputada nesta terça-feira e vai até o dia 09 de abril, com a participação de 16 clubes das regiões Norte, Centro-Oeste e do Espírito Santo Dar visibilidade com um calendário mais preenchido aos times que não disputam as Séries A e B do Campeonato Brasileiro, e participam de estaduais de pouca expressão. Com essas propostas, foi criada a Copa Verde, competição organizada pela CBF que começa a ser disputada nesta terça-feira e vai até o dia 09 de abril, com a participação de 16 clubes das regiões Norte, Centro-Oeste e do estado do Espírito Santo. Além de servir como uma espécie de vitrine para esses times, a Copa Verde nasceu a partir da ideia de se fazer um torneio regional, semelhante à Copa do Nordeste, para clubes da região Norte. Por isso o nome faz alusão à Floresta Amazônica. Posteriormente decidiu-se ampliar o campeonato para clubes do CentroOeste e do Espírito Santo (que disputava a extinta Copa Centro-Oeste). Para a maioria das

Tradicionais Paysandu e Remo vão disputar a primeira edição da Copa Verde equipes, a Copa Verde pode ser uma oportunidade de disputar pela primeira vez uma competição internacional. O futuro campeão garante uma vaga na Copa Sul-Americana do ano seguinte. Entre os participantes, o estado do Pará aparece com o maior número (três), seguido por Mato Grosso, Amazonas e Distrito Federal (dois cada). Os demais estados - Acre, Tocantins, Amapá, Rondônia, Roraima, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo - possuem um representante cada.

De acordo com o regulamento oficial, a Copa Verde 2014 será disputada em quatro fases (oitavas, quartas, semis e finais), no sistema de mata-mata. O time que fizer mais pontos, ao final das duas partidas, avança para a próxima fase. Se as equipes estiverem empatadas na soma dos resultados, a vaga será decidida nas cobranças de pênaltis. Os gols marcados fora de casa valem como critério de desempate. (Globo Esporte RO)

SELEÇÃO BRASILEIRA

Médico da Seleção examina Fred e se anima com tempo de recuperação Fred é dúvida para o amistoso da Seleção contra a África do Sul

BOA NOTICIA

Neymar treina e aumenta chance de enfrentar o City Atacante está se recuperando bem da lesão sofrida no tornozelo direito Neymar participou parcialmente do treino desta segunda-feira (10) no Barcelona, o que aumenta suas chances de estar em campo na próxima semana, no confronto com o Manchester City, pela ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. O Barça divulgou que o atacante brasileiro esteve na atividade de recuperação dos jogadores que atuaram na vitória de ontem sobre o Sevilla, por 4 a 1, que fez o clube recuperar a liderança do Campeonato Espanhol. Neymar se contundiu no dia 16 de janeiro, em um jogo contra o Getafe, pela Copa do Rei da Espanha. O atacan-

te sofreu uma torção no tornozelo direito, e a previsão de retorno era de três a quatro semanas. O Barcelona visitará o City no dia 18, na abertura das oitavas de final. Antes disso, os comandados de Gerardo Martino encararão Real Sociedad, pelas semifinais da Copa do

Rei, e Rayo Vallecano, pelo Espanhol. Segundo a imprensa espanhola, é possível que o craque esteja em campo já no compromisso contra o Rayo, para começar a recuperar o ritmo de jogo antes do duelo da Champions. (R7)

O médico da Seleção Brasileira, José Luiz Runco, examinou o atacante Fred, do Fluminense, para detectar o grau da lesão do atleta e gostou do que viu. Segundo ele, o edema muscular na parte anterior da coxa direita não é grave, o que resgata a possibilidade do centroavante estar presente no amistoso contra a África do Sul, dia 5 de março, em Johannesburgo. Às vésperas da convoca-

ção do técnico Luiz Felipe Scolari, a comissão técnica da Seleção noticiou que apenas altetas que atuam fora do Brasil serão chamados em um primeiro momento. Quem joga no Brasil integrará a lista apenas mais para a frente. Outro ponto positivo para Fred. Carlos Alberto Parreira, coordenador técnico da Seleção, chegou a dizer que estava “extremamente preocupado” com o tempo de recupera-

ção do jogador. Anteriormente, chegou a cogitar-se que o atacante ficaria longe dos gramados por dois meses. O receio de Parreira levou Runco a examinar o atleta. De acordo com o prazo estipulado pelo departamento médico do Fluminense, José Luiz Runco acredita que Fred estará fora de sete a dez dias. Victor Favilha, médico do time tricolor, afirmou que o goleador tem sido avaliado diariamente.


Jornal Alto Madeira - Versão Impressa Digital