Issuu on Google+

FÓRUM MUNDIAL DE TAEKWONDO

Sergipano foi um dos dois únicos brasileiros selecionados para para participar do Fórum Mundial

PÁGINA 3

CURSO DE INSTRUTORES DE TAEKWONDO – FTKDERJ

Aconteceu nos dias 20 e 21 de Janeiro o primeiro curso de instrutores de taekwondo

PÁGINA 7 PÁGINA 12

PÁGINA 2

martial arts

Divulgações

EXAMES DE FAIXAS

TAE KWON DO ALUNOS DA ACADEMIA ATA FAZEM EXAME DE FAIXA

Face: Diagramador nsdp | 9601-0382 Aracaju-SE, 1 de maio de 2014, Edição 01

PÁGINA 4

DIAGRAMADOR JOSÉ ALTEMAR - | oliveiraltemar@gmail.com |

Grão Mestre

Paulo César 7º Dan

“A calma na luta é sempre um sinal de força e confiança, enquanto a violência, pelo contrário, é prova de fraqueza e de falta de confiança em si mesmo”. Namastê

GRAND MASTER

Grão Mestre

Fai

ATA ACADEMIA DE TAEKWONDO DE ARACAJU


2 | TAEKWONDO

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

Aracaju - SE, 2014 - edição 01

Forum Mundial

Aracaju - SE, 2014 - edição 01

TAEKWONDO | 3

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

Estilo Môo Duk Kwan

taekwondo: meu destino Paulo César dos Santos Silva, carioca de nasscimento,39 anos, radicado em Aracaju há 14 anos, mestre 7ºDan em Taekwondo estilo Môo Duk Kwan, fala sobre a sua vida e da sua carreira no Taekwondo.

Fórum Mundial de Taekwondo Sergipano foi um dos dois únicos brasileiros selecionados para para participar do Fórum Mundial

Atleta foi um dos dois únicos lutadores a representar o Brasil no evento ■ Com 30 anos de prática no esporte e um currículo que guarda inúmeros conquistas, o lutador de taekwondo Paulo César dos Santos, de 47 anos, foi um dos dois brasileiros escolhidos para participar do Seul World Taekwondo Leaders Fórum 2012. O evento é restrito somente alguns mestres do mundo foram convidados, e visa promover uma maior aproximação entre o órgão máximo desse esporte, o Kukkiwon, e os principais mestres do mundo. Além disso, o Fórum também tem como objetivo regular e estabelecer as normas técnicas do esporte. Para o ex-atleta, que também é professor de educação física e, hoje, atua como instrutor de defesa pessoal na Academia da Policia Civil do Estado de Sergipe – Acadepol -, a participação dele no evento foi um momento de grande satisfação pessoal.

“Ter o trabalho reconhecido dessa forma, diante da instituição máster do taekwondo mundial, é muito gratificante”, ressalta o mestre Paulo. Em Sergipe, segundo ele o esporte teve início na década de 70, com o mestre Jung roul Kim. Depois de algumas dificuldades, o taekwondo começou a ser mais bem-visto entre a sociedade e, hoje, já possui uma federação própria. “Já formamos mais de 130 faixas pretas ao longo de 24 anos de federação”, informa o mestre, que acredita no potencial sergipano para esse esporte, e vê a seleção dele para o fórum como um incentivo para os atletas iniciantes. PATROCÍNIO EMPERRADO Mesmo com anos de histórias e conquistas que ajudaram a mostrar o potencial de Sergipe, a exemplo do Campeonato Brasileiro de 1997

Ter o trabalho reconhecido dessa forma, diante da instituição máster do taekwondo mundial, é muito gratificante”, ressalta o mestre Paulo”. GRÃO MESTRE PAULO CÉSAR Faixa preta - 7º Dan

Grão Mestre Paulo César no Fórum em Seul

da Poomsae, o tricampeonato Carioca, o tetracampeonato sergipano, e a dobradinha da vice-liderança brasileira, Mestre Paulo revela que teve dificuldade para conseguir patrocínio para a viagem. “A própria Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) passou mais de um mês para me dar uma resposta sobre a liberação de uma passagem”, denuncia. No final das contas, segundo ele, a resposta foi negativa. “Não conseguir o apoio deles. Mas viajei, graças à minha força de vontade e ao incentivo do secretário da Segurança Pública, João Eloy, que apostou na viagem como uma forma de crescimento profissional para um servidor técnico que atua na polícia”, revela. ■

Grão Mestre Paulo César juntamente com os dirigentes do evento em Seul

■ Mestre Paulo veio para Aracaju com intuito apenas de passar férias a convite de um amigo, coincidentemente, mestre em Taekwondo, o sergipano Sérgio Montes na época faixa preta 3º Dan e, encantado com as belezas naturais do estado surgiu um convite para gerenciar uma empresa de outro de outro igualmente praticante de Taekwondo, decidiu voltar ao Rio e pedir demissão da vida estressante que levava como bancário e arriscar tudo na nova empreitada. Chegando a Aracaju, se se estabeleceu, constituiu família e, segundo ele “não quero mais sair daqui”. Sua carreira no Taekwondo começou na Lapa, no Rio de Janeiro, em 1983 na academia do Mestre Jung Roul Kim, na época 7º Dan. O motivo principal deu-se porque ele estudava à noite e um certo dia, encostado na porta da escola, conversando com amigos levou um esbarrão de um sujeito, levando-o a reclamar do fato. O tal sujeito então voltou e aplicou-lhe uma rasteira, fazendo com que ele caísse na rua e por pouco um carro não o atropelou, não dando assim nenhuma chance de reação. Ao chegar em casa, muitas dores contou o fato a seu pai que disse ter um amigo no seu local de trabalho que tinha uma academia de artes marciais, e daí então dedicou-se com afinco ao aprendizado do Taekwondo e posterior ensino chegando ao título de mestre 5º Dan, além de ser instrutor de defesa pessoal da polícia Civil do estado de Segipe. Conta que já treinou um pouco de Judô com o Sensei Carlos e Aikido com o Sensei Severino Sales e o professor Valdemberg, mas treinamento sério mesmo somente o Taekwondo estilo Moo Duk Kwan. Dono de uma personalidade extremamente pacífica e cordial, ao ser questionado sobre situações que tenha passado e que a filosofia das artes marciais o tenmha ajudado a superar ou refletir, mestre Paulo César conta que nesses 21 anos de pratica do Taekwondo só se envolveu por assim dizer, em três casos. “E graças a Deus fui bem sucedido em todas. A primeira vez foi um assalto a ônibus em que conseguir evitar que me roubasse e me confrontei com os ladrões. A segunda foi em Mossoró interiro do Rio Grande do Norte, durante um período conturbado das artes marciais quando fui realizar um exame de faixa na cidade e lá existia uma turma brigões, não lutadores que invadiam as

Grão Mestre Paulo César com o filho Bernardo

Sua carreira no Taekwondo começou na Lapa, no Rio de Janeiro, em 1983 na academia do Mestre Jung Roul Kim, na época 7º Dan.” GRÃO MESTRE PAULO CÉSAR Faixa preta - 7º Dan

academias para desmoralizar os professores só que desta vez eles deram azar, pois eu estava lá juntamente com um aluno. E a terceira foi um fato muito triste, em Aracaju, onde os motivos políticos levaram o taekwondo a um racha do ponto de vista técnico com o a´rendizado do Taekwondo conseguir obter êxito nesses iniciantes mas o ideal seria nunca ter me envolvido nesses casos. Da sua família apenas o filho Bernardo, de 8 anos pratica Taekwondo, sendo atualmente faixa laranja. Para o mestre Paulo o Taekwondo é uma arte marcial

bem difundida no mundo, pois segundo ele passa se tornar esporte olímpico precisa ser praticado em mais de cem países e ter mais de vinte milhões de praticantes do mundo. Para ele, o momento que mais o marcou nas artes marciais foi a abertura da Olímpiadas de Seul, em 1988 com uma demonstração de Taekwondo. Como todo mestre forjado nas batalhas da vida, mestre Paulo césar carregas marcas pois cita como um momento triste nas artes marciais a perda de forma trágica de um de seus alunos Fabio José Ramos Carvalho, o “Fabinho”, que foi brutamente assassinado por um vigilante. E momento feliz para ele quando vê um aluno seu crescer, formar e conquistar os seus objetivos sejam eles dentro ou fora do Taekwondo e saber que de alguma forma pôde contribuir. Sobre os adversários mais difíceis que já enfrentou diz que o adversário mais difícil que tem enfrentado até os dias de hoje é ele mesmo, pois quase nunca consegue

vencer e quanto aos outros adversários “ganhar ou perder faz parte da vida. Acredito que saber perder e dar a volta por cima é mais importante do que meramente vencer uma luta”. Diz não ter ídolos nas artes marciais já que segundo ele , nunca se prendeu aos outros de artes marciais, apesar de gostar da técnica de muitos deles. Mas cita como seu único ídolo o seu Mestre Jung Roul Kim, que chegou ao Brasil em 1971, desembarcando na Bahia e depois para Aracaju onde durante um ano ensinou taekwondo mestre Paulo César não mede elogios ao mestre Jung Roul Kim e complementa. “Além de ser um grande mestre e sua excelente técnica ser reconhecida internacionalmente, é formado em engenharia eletrônica por uma das melhores universidades da Coreia, a Yônsei Universty, e possui vasta cultura sobretudo relacionada à história universal, além de ter grande experiência administrativa e longa experiência em acumputura”. Em relação a conhecer outros países, mestre Paulo César Conta que tem muita vontade de conhecer a Coréia o berço do Taekwondo, mais ainda não chegou a oportunidade, conta que infelizmente em 1991, deixou de representar o Brasil na 5º Copa do Mundo de Taekwondo na cidade de Zagneh, antiga Iugoslávia porque estava recémchegado em Aracaju e como não conhecia muitas pessoas não conseguiu o patrocínio. Já atuou como técnico de seus alunos mas conta que agora tem uma missão que é treinar e preparar em um curto espaço de tempo uma campeã mundial de Karatê (Mariana Dantas/Fighter Magazine nº 04) e transformá-la em uma futura campeã brasileira mundial pan-americana e olímpica de Taekwondo. Lembra que a sua rotina de treinos há quinze anos atrás era de 1000 a 2000 mil chutes por dia, mas hoje não passa de 200 chutes/dia, porém está estabelecendo metas e voltou a lutar com os alunos para recuperar o timing (ritmo de luta) perdido e espera no ano que vem voltar as competições junto com os alunos. Sua alimentação sempre foi normal pois nunca teve a disponibilidade consultar uma nutricionista. Infelizmente, como a grande maioria dos atletas do Brasil não tem patrocinador oficial contando com algumas vezes com alguns amigos empresários e com seus alunos que segundo ele, sempre deram uma grande força. Questionado sobre suas queixas em relação ao esporte de luta

do Brasil, mestre Paulo diz que tem muita gente desqualificadas ministrando aulas de artes marciais. Em Aracaju mesmo existem grupos que vão para festas para arrumar confusão em vez de se divertir civilizadamente, só que eles se divertem em pessoas que não estão preparadas para

reagir a estas situação, são verdadeiros covardes. Entre os seus planos para o futuro presente pretende voltar a participar de competições criar um projeto social e trabalhar mais para o desenvolvimento do Taekwondo em nosso estado. ■

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

KIORUGUI COM MESTRE PAULO Fighter Magazine: Além das Artes Marciais, pratica algum outro esporte? Mestre Paulo César: Gosto de ciclismo, mas sou totalmente amador. FM: Acha que as artes marciais incitam à violência? MPC: Não, de jeito nenhum! Maus professores incitam à incitam à violência. Qualquer forma de violência não advém das artes marciais e dos seus ensinamentos e sim de professores desquali-

ficados e de praticantes despreparadas. FM: Qual a filosofia de vida? MPC: Sempre tenho confiança no que faço, a palavra de um homem vale mais do que qualquer coisa, por isso quando empenho a minha palavra não tenho dúvida. FM: Qual a sua mensagem para os praticantes de artes marciais? MPC: Nunca desistam de seus ideais, procurem sempre melhorar e escutem aqueles que têm mais experiências.


4 | TAEKWONDO

Aracaju - SE, 2014 - edição 01

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

Futuros Faixas Pretas

Aracaju - SE, 2014 - edição 01

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

TAEKWONDO | 5

Defesa Pessoal

grão mestre paulo césar - 7 dan o

exames de faixas

1

2

4

5

3

6

7

11

8

12

9

13

Grão Mestre Jung Roul Kim - 9º Dan e Grão Mestre Paulo César - 7º Dan


6 | TAEKWONDO

Aracaju - SE, 2014 - edição 01

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

GRAO MESTRe jung roul kim ■ Grão Mestre Jung Roul

Kim chegou ao Brasil em 1970 em Salvador-BA, onde junto com seu amigo Grão Mestre Jung Do Lim permaneceu por um ano. Em seguida foi para Aracajú - SE e ficou dois anos. Em 1973 chegou ao Rio de

Janeiro, onde reside até hoje. No Rio de Janeiro Grão Mestre Jung Roul Kim ministrou aulas em vários locais e teve academias em vários bairros, entre elas a da Rua Carioca no centro da cidade, que talvez foi sua academia mais famosa.

Em 1982 fundou a Federação de Taekwondo do Estado do Rio de Janeiro, que foi a primeira Federação Estadual de Taekwondo do Brasil. Além de ser um grande mestre e de sua excelente técnica ser reconhecida e admirada internacional-

mente, Mestre Kim é formado em engenharia eletrônica, por uma das melhores universidades da Coréia, a Yonsei University. Possui vasto conhecimento, sobretudo relativa a história universal e ainda tem grande experiência adminis-

trativa. Caso não bastasse, Mestre Kim também possui um grande conhecimento no campo da acupuntura. Fo i c o n d e c o ra d o p e l a Federação Mundial de Taekwondo em 1984 e 1988 e pela Associação Coreana em 1982. Graças ao

Aracaju - SE, 2014 - edição 01

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

TAEKWONDO | 7

Curso de Instrutores

seu trabalho e dedicação que foi criado em 1986 a Associação Brasileira de Taekwondo - ABT, hoje Confederação Brasileira de Taekwondo - CBTKD. Atualmente é o 1º Vice - Presidente da Confederação Brasileira de Taekwondo. ■

Curso de Instrutores de Taekwondo – FTKDERJ Aconteceu nos dias 20 e 21 de Janeiro o primeiro curso de instrutores de taekwondo , realizado pela FTKDERJ ( Federação de Taekwondo do Estado do Rio de Janeiro) , Com a Ilustre Presença dos Grãos Mestres Jung Roul Kim , Yong Min Kim , Teófanes Alves dentre outros. E claro que a equipe paulo sérgio não ficaria de fora, Mestre Paulo Sérgio esteve presente e também seus faixas pretas Thiago Malheiros e Rodrigo da Cruz. ■ ■

Grão Mestre Jung Roul Kim em forma

Grão Mestre Jung Roul Kim (9º DAN)

Grão Mestre Jung Roul Kim com seu chute fenomenal


8 | TAEKWONDO

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

Aracaju - SE, 2014 - edição 01

9 | TAEKWONDO

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

Aracaju - SE, 2014 - edição 01

Rio de Janeiro

taekwondo de 1983 até 1991

3º Campeonato Moo Duk Kwan 1987 na quadra da Acadepol/RJ. Paulo Cesar Dos Santos Silva Em pé Mestre Fernando Ribeiro, Marcus Rezende, Alexandre Araujo de Matos, Carlos Fernandes, José Antonio da Silva, Salvador Couto, Almir Cesar Campos, Alexandre Ayub. Ajoelhados Jayme Suzuki, Calvino Inacio, Jardson Bezerra, Marcos Augusto, Paulinho Tkd, João Ferreira Portela, Aldemir Alves de Souza. E Gm Kim no centro. ■ ■


Aracaju - SE, 2014 - edição 01

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

TAEKWONDO | 10

11 |��TAEKWONDO

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

Aracaju - SE, 2014 - edição 01

taekwondo fighter

GRAND MASTERS


Aracaju - SE, 2014 - edição 01

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

TAEKWONDO | 12

13 |��TAEKWONDO

Código de Honra 1-Obediência ao rei; 2-Respeito ao pais; 3-Lealdade para com os amigos; 4-Nunca recuar diante do inimigo; 5-Só matar quando não houver alternativa.

Grão Mestre Paulo César - 7º Dan

Aracaju - SE, 2014 - edição 01


GRÃO MESTRE PAULO CÉSAR - 7º DAN - FAIXA PRETA - TAEKWONDO