Page 61

objectiva, também encontrará coragem e força para, no momento em que se defrontar com a imagem reflexa exterior de seu íntimo, comportar-se de maneira correcta. Pessoas que, por meio de tal auto-análise, não se familiarizam suficientemente com o próprio íntimo, não serão capazes de reconhecer a si mesmas em sua imagem reflexa, considerando-a então uma realidade estranha. A visão também as tornará medrosas e, por serem incapazes de suportar a visão, insinuam a si próprias que tudo não passa de um produto fantástico que conduzirá a nada. Em ambos os casos, a abordagem imatura pelo indivíduo em certo grau evolutivo representaria um obstáculo desastroso para o próprio desenvolvimento superior. É absolutamente necessário ao discípulo perpassar a visão espiritual de sua própria alma, a fim de progredir a graus superiores. Pois ele tem em si próprio o elemento anímico-espiritual que poderá melhor julgar. Se, de início, houver adquirido um competente conhecimento de sua personalidade no mundo físico e, no mundo superior, se defronta inicialmente com a imagem dessa personalidade, poderá então comparar ambos. Poderá relacionar o superior com algo conhecido e, assim, partir de uma base sólida. Do contrário, sejam quantas fossem as entidades espirituais que se lhe apresentassem, ele não seria capaz de esclarecer-se, de imediato, acerca de sua característica e entidade. Em pouco tempo sentiria desaparecer o solo sob os pés. Por isso, nunca se consegue enfatizar demais que o acesso seguro ao mundo superior é aquele que passa por um conhecimento e uma análise sólidos da entidade própria. São, pois, imagens espirituais que o indivíduo encontra em primeiro lugar, em sua trilha ao mundo superior; pois a realidade, à qual correspondem essas imagens, está nele mesmo. Portanto, o discípulo deverá estar maduro para, nesse primeiro grau, não ansiar por realidades rudes, mas contemplar as imagens como sendo o correcto. Porém, dentro desse mundo de imagens ele logo chega a conhecer algo novo. Seu eu inferior apenas se lhe defronta como quadro reflexo; entretanto, no centro desse quadro reflexo surgirá a verdadeira realidade do Eu Superior. A partir da imagem da personalidade inferior torna-se visível a figura do eu espiritual. E somente a partir deste último se tecerão os fios para outras realidades espirituais mais elevadas. E então é chegado o momento de usar a flor de loto de duas pétalas, na região dos olhos. Quando ela começa a mover-se, o indivíduo encontra a possibilidade de colocar seu Eu Superior em contacto com entidades espirituais superiores. As correntes que afluem dessa flor de loto movem-se em direcção a realidades superiores de modo que o indivíduo fique plenamente cônscio dos respectivos movimentos. Tal como a luz torna visíveis ao olho os objectos físicos, essas correntes tornam visíveis os seres espirituais de mundos mais elevados. Através do aprofundamento nas representações oriundas da Ciência Espiritual, as quais contêm verdades fundamentais, o discípulo aprende a pôr em movimento e a dirigir as correntes da flor de loto da região dos olhos. O valor de um sadio critério de julgamento, de uma disciplina clara e lógica mostra-se muito especialmente neste grau da evolução. Basta apenas considerar que o Eu Superior, até então adormecido no ser humano em estado germinativo e inconsciente, é trazido à vida para uma existência consciente. Não se trata apenas de algo metafórico, mas de um nascimento no mundo espiritual, no mais verdadeiro sentido. E o ser nascido, o Eu Superior, tem de vir ao mundo provido de todos os órgãos e aptidões necessários para estar capacitado a viver. Assim como a Natureza tem de providenciar para que uma criança venha ao mundo com ouvidos e olhos bem formados, assim também as leis da evolução pessoal de um indivíduo terão de zelar para que seu Eu Superior entre em existência dotado das qualidades necessárias. E essas leis que, por si, cuidam da formação dos órgãos superiores do espírito não são outras senão as sadias 61

Profile for aloysions

A iniciaçao rudolf steiner  

A iniciaçao rudolf steiner  

Profile for aloysions
Advertisement