Page 57

sensoriais. Ele é, de certa maneira, reunido num ponto, sob completo domínio do indivíduo. Por esse meio é formado um centro provisório para as correntes do corpo etérico. De início, esse ponto central ainda não se situa na região do coração, mas na cabeça. Ao clarividente, ele se apresenta aí como ponto de partida de movimentos. Somente terá pleno êxito a disciplina do oculto que, em primeiro lugar, criar esse ponto central. Se, logo de início, o ponto central fosse transferido para a região cardíaca, o candidato à clarividência poderia ter certos vislumbres dos mundos superiores; mas não poderia obter discernimento algum para a relação desses mundos superiores com o nosso mundo sensorial. E isto é, para o ser humano na actual fase da evolução cósmica, uma necessidade imprescindível. O clarividente não deverá vir a ser um sonhador; ele terá de manter chão firme sob os pés. O ponto central na cabeça, depois de convenientemente consolidado, será, então, transferido mais para baixo, em verdade para a região da laringe. Isto se conseguirá continuando a praticar os exercícios de concentração. Então os caracterizados movimentos do corpo etérico irradiam a partir dessa região, vindo a iluminar o espaço anímico em redor do indivíduo. Continuando a exercitar-se, o discípulo habilitar-se-á a determinar, por si próprio, a posição do seu corpo etérico. Anteriormente, essa posição dependia das forças que provêm de fora e que emanam do corpo físico. Através do ulterior desenvolvimento, o indivíduo será capaz de girar o corpo etérico em todas as direcções. Essa faculdade será produzida por meio de correntes que fluem mais ou menos ao longo de ambas as mãos e que possuem seu ponto central na flor de loto de duas pétalas, na região dos olhos. Tudo isso se realiza pelo facto de as radiações que emanam da laringe comporem formas redondas, parte das quais flui para a flor de loto de duas pétalas para, daí em diante, tomar o caminho ao longo das mãos como correntes ondulantes. Uma outra consequência consiste no facto de essas correntes subdividirem-se e se ramificarem da maneira mais subtil, vindo a ser uma espécie de entretecedura que, qual uma malha, converte-se em fronteira de todo o corpo etérico. Enquanto até então este último não possuía limite externo algum, permitindo directo afluxo e refluxo das correntes vitais precedentes do mar vital universal, agora as actuações de fora terão de traspassar essa membrana. Assim, o ser humano se torna sensível a esses fluxos exteriores. Estes lhe são perceptíveis. Agora, também é chegado o momento de centrar na região do coração todo o sistema de correntes e movimentos. Isto ocorre, mais uma vez, mediante o prosseguimento dos exercícios de concentração e de meditação. E com isto também se terá alcançado o grau em que o indivíduo é agraciado com o “verbo interior”. Todas as coisas ganham, a partir de agora, um novo significado para ele. Elas se tornam, de certa forma, espiritualmente audíveis em seu mais íntimo ser; falam, ao indivíduo, de sua verdadeira essência. As correntes caracterizadas colocam-no em ligação com o âmago do Universo, do qual ele faz parte. Ele começará a vivenciar a vida de seu meio ambiente e a fará ressoar no movimento de suas flores de loto. Com isso o indivíduo penetra no mundo espiritual e, à medida que avança, adquire uma nova compreensão do que os grandes mestres da Humanidade disseram. Agora as falas do Buda e os Evangelhos, por exemplo, actuarão sobre ele de uma nova maneira, permeando-o com uma felicidade que até então ele não havia imaginado. Pois o som de suas palavras obedece aos movimentos e ritmos que ele desenvolveu em si próprio. Agora ele pode saber, directamente, que um homem como o Buda ou os evangelistas não expressam suas revelações, mas aquelas que lhes afluíram da mais íntima essência das coisas. Cabe aqui chamar a atenção para um facto somente compreensível a partir do precedente. As muitas repetições nas falas do Buda não são realmente bem compreensíveis às pessoas de nossa cultura. Para o discípulo, tornam-se algo em que ele 57

Profile for aloysions

A iniciaçao rudolf steiner  

A iniciaçao rudolf steiner  

Profile for aloysions
Advertisement