Page 5

PREFÁCIO À QUINTA EDIÇÃO ALEMÃ A nova edição desta obra exigiu uma revisão minuciosa do texto, escrito há mais de dez anos, o que é natural quando se trata de informações tais como as descritas neste livro, sobre vivências e caminhos anímicos. Não há parte alguma destas informações que não esteja intimamente ligada à alma do autor e não contenha algo que nela trabalhe de maneira continua. Tampouco poderia deixar de unir-se a esse trabalho anímico o anseio de dar maior clareza e nitidez à explanação dada anos atrás. Esse anseio brotou naquilo que procurei fazer pelo livro nesta nova edição. Embora em todos os elementos essenciais das explicações todos os factos principais tenham permanecido, foram, no entanto, efectuadas algumas modificações importantes. Muito pude fazer, em várias passagens, por uma mais exacta caracterização em detalhes. Isto me pareceu importante. Se alguém quiser empregar na própria vida espiritual as informações deste livro, é importante que focalize do modo mais exacto possível os caminhos anímicos aqui referidos, pois os fenómenos espirituais interiores facilitam os mal-entendidos em escala muito maior que a descrição dos factos do mundo físico. A mobilidade da vida anímica, a necessidade de nunca perder da consciência, ao abordá-la, o quanto ela é diferente de toda a existência no mundo físico e muitos outros factores contribuem para a possibilidade de tais mal-entendidos. Cuidei, nesta nova edição, de descobrir as passagens do livro onde poderiam surgir, e esforcei-me por evitá-los no texto. Quando escrevi os artigos de que o livro se compõe, foi necessário explicar certas coisas de modo diferente do atual. Naquela época eu não podia fazer alusão a muita coisa contida em minhas publicações dos últimos dez anos sobre factos do processo de conhecimento dos mundos espirituais. Em A ciência oculta *, A direcção espiritual do homem e da Humanidade **, Ein Weg zur Selbster-kenntnis des Menchen *** (Um caminho para o autoconhecimento do homem) e, sobretudo, em O limiar do mundo espiritual**** e também em outros de meus livros, descrevi fenómenos espirituais a cuja existência o livro, há mais de dez anos, já devia fazer alusão, porém em termos diferentes daqueles que agora me parecem apropriados. Naquela ocasião tive de dizer, a respeito de muitas coisas ainda não descritas no livro, que poderiam vir a ser conhecidas por “informações verbais”. Actualmente, muito do que se subentendia com tais indicações já está publicado. Com essas indicações, no entanto, talvez não fossem totalmente evitadas as concepções erróneas pelos leitores. Poder-se-ia atribuir demasiada importância ao intercurso pessoal do discípulo do espiritual com este ou aquele instrutor. Espero ter conseguido acentuar mais nitidamente, nesta nova edição, pela forma de apresentação de certos pormenores, que importa muito mais, conforme as condições espirituais de nossos tempos, ter o discípulo relações directas com o mundo espiritual do que tê-las com a personalidade de um instrutor. Este ocupará, cada vez mais, no sentido espiritual, a posição de apenas auxiliar – tal como, de acordo com as ideias modernas, acontece com os professores de qualquer outro ramo da ciência. Creio ter insistido suficientemente no facto de que, no ensino espiritual, não se deverá atribuir maior importância à autoridade do instrutor e à fé em sua pessoa do que em qualquer outro domínio do saber ou da vida. Parece-me de grande importância o julgamento cada vez mais correcto que se deve fazer justamente a respeito das relações do investigador espiritual com pessoas que se interessam pelos resultados de suas pesquisas. Assim, creio ter melhorado o livro nas passagens nas quais, depois de dez anos, pude achar necessidade de correcção. 5

Profile for aloysions

A iniciaçao rudolf steiner  

A iniciaçao rudolf steiner  

Profile for aloysions
Advertisement