Page 1

El flamenco Janeiro/2013 — Nº 9

Grupo de Dança Tablado www.grupotablado.cjb.net

Editorial Feliz Novo Ano! O calendário anuncia a chegada de um Novo Ano. Uma mudança simples de data, mas uma diferença relevante no nosso sentir, no nosso fazer, na nossa vida. A chegada de um novo tempo nos veste e nos reveste de esperança. Esperança “verde”, da cor da própria esperança, instaurada na nossa memória afetiva. Esperança de trabalho digno com pagamento justo... mesmo reconhecendo a falta de Políticas Públicas. Esperança de paz... a despeito das estatísticas alarmantes da violência. Esperança de gestores sensíveis e comprometidos com as nossas causas... por mais longe que esteja essa possibilidade. Esperança de políticos mais íntegros e honestos... apesar da nossa incredulidade. Esperança de que a nossa Arte seja valorizada e reconhecida... por mais inverossímil que seja a perspectiva. Esperança de encontros verdadeiros... ainda que a virtualidade impere.Esperança de abraços bons, abraços sinceros, mesmo com a precariedade de tempo e espaço. Esperança de vida melhor, de mundo melhor. Nós que compomos o Grupo de Dança Tablado e o Grupo Al Andaluz Danza (grupo dos alunos), também fazemos parte desse bloco que quer e crê. Estamos no ano em que completaremos 20 anos de trabalho. E, o bom dessa história, é saber que contamos com a presença de vocês, de cada um de vocês, nosso querido e “Respeitável Público”. Que acompanha a nossa trajetória, desde sempre, desde que ainda éramos um grupo embrionário, querendo acertar, querendo descobrir uma Dança na qual pudéssemos acreditar. Uma Dança que agregasse, que incluísse e que fosse vetor de transformação na nossa vida. E agora aqui estamos, “para mostrar de que substância são compostos nossos corpos - tendões de dança, nervos de dança, sangue de dança. Da pele até a alma, dança, dança e dança”.

Isso é um sonho possível, porque temos vocês, que é o nosso bem maior, testemunhando cada projeto, cada show, ano após ano, com as suas presenças incontestáveis, com o seu aplauso inconfundível. Queremos continuar com esse privilégio de tê-los sempre por perto, por todo ano que se inicia e pelos outros que virão, pois é isso que nos fortalece. Que vocês chorem de emoção, mas que a alma sorria ao sentir nossa dança! Que permaneçamos juntos pelo mesmo afeto. Para cada um de vocês, o nosso mais caloroso aplauso, o nosso melhor abraço. Muito obrigada nosso “Respeitável Público”. Graça Martins Diretora do Grupo de Dança Tablado

Contribuíram para esta Edição: Aloísio Menescal, Graça Martins, Lívia Parente e Raissa Martins. Contribua enviando textos, fotos ou dicas culturais para o e-mail groumartins@yahoo.com.br


Linha do Tempo Ainda no ano de 2003 o Grupo de Dança Tablado, recebeu da Câmara dos Vereadores os “Votos de Congratulações” pela apresentação do espetáculo IMPETU GITANO, cujo Requerimento nº 2452/2003 de autoria do então Vereador José Maria Pontes, foi aprovado em 25 de junho de 2003, o que significou uma grande honra para todos nós do grupo. Nos anos de 2004 o Grupo Tablado reapresentou o espetáculo “Andalucia Baila” no Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, por quatro finais de semana, com casa cheia em todos eles, para nossa alegria. Em 2004 e 2005, dentre outros eventos tivemos participação na IV e V Edições do Festival Nacional de Dança de Fortaleza – Fendafor, no qual tivemos participação ativa desde a criação desse Festival, em sua primeira edição pela bailarina e coreógrafa Jane Ruth, o que muito nos apraz e continuamos marcando nossa presença a cada ano até hoje. No ano de 2004 o nosso Grupo foi contemplado pelo I Edital de Incentivo às Artes, da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, na categoria Circulação de Espetáculos, Artes Cênicas – Dança. A proposta do nosso projeto era movida ao grande interesse em levar a Dança Flamenca para o interior do Estado do Ceará e assim foi feito. Circulamos com o show “Andalucia Baila”, por 08 (oito) cidades do estado do Ceará, onde fomos carinhosamente recebidos. Levamos uma oficina e um espetáculo para cada uma destas: Pentecoste, Tauá, Quixadá, Limoeiro do Norte, Tabuleiro do Norte, Alto Santo, Amontada e Pacoti, no período de 8 meses. (Jornal Diário do Nordeste, com o título: Tablado: Grupo divulga Cultura Hispânica. Caderno Regional – página 04). *Confira imagens das viagens na sessão Click e Arte, ao final desta edição.

Grupo de dança Tablado em Amontada-Ce

Nós em Foco Natal Al Andaluz. Foi sem dúvida uma noite de muitos sorrisos, abraços, declarações e encontros. Com muita alegria o grupo Al Andaluz se reuniu em peso para comemorar o Natal. E como foi gostosa a nossa noite! Noite de conhecer os que chegaram esse ano e de abraçar os que há tempos não víamos. Foi uma noite mágica, regada de brincadeiras, presentes, guloseimas e muita gente bonita, elegante e sincera. Olha só como o Al Andaluz cresceu gente! Confere aí nossa fotinha!

Natal Tablado. Esse é um dia esperado e desejado ao longo de todo o ano por todos os integrantes do Tablado. É um dia sempre muito especial, com muitos presentes, risadas, brincadeiras, e, principalmente, um dia de reflexões e de amor, onde recarregamos as energias uns dos outros pro novo ano que chega. E podem ter certeza de uma coisa, se depender de todas as nossas vibrações positivas e desejos de um ano melhor, 2013 vai bombar!

Onde Estamos? Colégio Espaço Aberto - Av. Dom Luis, 730, Aldeota - Fortaleza CE Contatos: 85 9951.3788, 8742.3214, 8897.7624


Ouro da Casa

Cumpleaños Feliz!

E pra começar o ano com o pé direito, nada melhor do que abrir o nosso primeiro ouro da casa com ela! Ela que lembra de todo mundo, que faz questão de organizar tudo, que faz graça e que dança como ninguém.

Esse mês damos parabéns para: • 08/01 - Aloísio Menescal (colaborador do

El flamenco) • 10/01 - Jonatas Ferreira (Tablado)

Estou falando de você, Vily! Que esconde por trás dessa marra toda, um coração grande e amoroso, cheio de carinho pra dar e receber. Que mostra todo o seu talento nos palcos, cheia de certeza e ímpeto, mas que esconde o tesouro maior: sua sensibilidade, fragilidade e doçura.

• 14/01 - Fabinho Rodriguez • 15/01 - Isabel Guimarães (ex-integrante do

Tablado e amiga) • 16/01 - Raissa Martins (Tablado) • 22/01 - Anelizia Maia (Al Andaluz) • 23/01 - Marcelinho Rodriguez

A gente te ama e agradece por ter você sempre por perto, sua gooooorda*!

• 26/01 - Vicente Leite (colaborador do El

flamenco)

*Carinhosamente - piada interna.

Dica da Vez Flamenco: sentimento e dança De acordo com o flamencólogo Manuel Ríos Ruiz, a “Arte Flamenca” é composta pelo cante, baile e toque da guitarra flamenca, em seu conjunto. “Seus estilos, criados sobre bases folclóricas, canções e romances andaluzes hão ultrapassado valores populares, alcançando uma dimensão musical superior, cuja interpretação requer faculdades artísticas de todas as ordens”. Para muito além dos elementos concretos, há um conjunto de sentimentos que constitui o que podemos chamar de “alma flamenca”. Apesar de alguns poucos captarem, pelo menos inicialmente, só o sofrimento, cada palo flamenco precisa ser compreendido em sua própria história e origem cultural... As razões de sua existência. Todos os que se envolvem na arte flamenca precisam conhecer a razão dessas emoções que variam de acordo com os palos – muitos deles ressaltam a alegria e festividade desse povo. A compreensão do que cada um deles (palos)“deseja” expressar é tão complexa que fica difícil, mesmo para nós, que fazemos parte da arte flamenca, definir em palavras. Um ponto de partida para tal compreensão é a tradição cigana de reunir-se para presentear, mutuamente, canções e danças, liberando as tensões e expressando frustrações. Tais reuniões, chamadas de juergas, foram passadas como costume de geração a geração em famílias ciganas. O que mais importava na juerga era a espontaneidade da expressão artística dos anseios de cada participante.

Todos os elementos que hoje o bailaor desenvolve são de fundamental importância para a narrativa pretendida: o movimento com os braços, os círculos com os punhos e a postura. Cada detalhe forma um conjunto expressivo focado em uma mensagem/emoção específica, mas derivado de uma coerência intrínseca ao palo em questão. A tradição, então, cede seus contornos à técnica atual, tornando viva esta arte. É do resultado deste complexo processo – que parte da espontaneidade e da tradição, chegando à técnica e à beleza – que se constitui, como resultado, um Flamenco repleto de força, paixão, tradição e alma. Lívia Parente


De Olho na Saúde Cuidando do Sorriso Hoje em dia, um belo sorriso não é mais só a expressão de uma boa saúde bucal, mas sim um importante cartão de visitas que interfere nas relações interpessoais e na forma como o mundo nos vê. Devido ao forte apelo estético das campanhas publicitárias atuais, muitas pessoas desejam aqueles dentes branquinhos e perfeitamente alinhados, mas esquecem do principal: a saúde. Interessadas nos clareamentos a laser e nas tiras clareadoras recém lançadas no mercado, as pessoas esquecem de tratar os problemas bucais mais prevalentes na população e, por incrível que pareça, mais fáceis de prevenir, como a cárie e a periodontite. A cárie é o problema bucal mais conhecido e a maioria das pessoas tem seu primeiro contato com ela ainda na infância. Daí também, surgem os traumas com o dentista e seu tão temido motorzinho. Mas, a prevenção está ao alcance de todos! Uma boa escovação diária após as 3 principais refeições e o uso do fio dental, garante uma boca livre de cáries. E quem imaginou aquele pequeno pontinho preto, está em vantagem. Muitas (eu disse MUITAS) pessoas esperam, pacientemente, por anos até que esse pontinho vire uma grande cavidade, podendo resultar em tratamento de canal ou até mesmo na exodontia ou extração do dente.

Sem falar na tão temida dor de dente! Outro problema, conhecido por tártaro ou cálculo dentário é muito comum. Essa placa esbranquiçada que se acumula na superfície dos dentes, mais próximo à gengiva, é nada mais do que a placa bacteriana, que é diariamente produzida por todos nós, que não foi removida e que, com o tempo, vai se depositando e calcificando. Ou seja, não é um absurdo você ter um pequeno acúmulo ao longo de 6 meses sem visitar o dentista. O absurdo é você não visitar o dentista e deixar essa placa ir se acumulando. A princípio, pode surgir a gengivite, uma inflamação da gengiva que a deixa inchada, avermelhada e sangrante, causando dor e incômodo. Mas se não tratada, essa inflamação se estende para os outros tecidos que circundam o dente, como ligamento periodontal e osso, podendo causar mobilidade e mudança de posição dos dentes, sangramento gengival, alteração do paladar, sensibilidade dental, dores e desconfortos gengivais, alteração da cor dos dentes, mau hálito e mais tártaro. Portanto, é muito mais simples, fácil e até barato, prevenir todas essas alterações, com uma boa higiene oral e visitas regulares ao dentista, do que tratá-las depois de instaladas. Raissa Martins Dentista

Cantinho do Leitor *Os textos abaixo ganharam um concurso criado pelo Grupo Tablado para concorrer a cortesias do espetáculo La Plaza. O objetivo era criar algo criativo e sem dúvida mereceram ganhar! “Sou Cearense, nordestino, cabra da peste do sertão, Danço xote, xaxado, coco e baião. Apaixonado pelo meu povo, nunca me vi dançando outros ritmos, gostando de outra tradição. Mas um dia assistindo um a espetáculo, aconteceu um fato que jamais havia acontecido, Me deslumbrei por uma cultura até então desconhecido, No palco estava o TABLADO e quando eu vi o Fandango, a Sevillana, o primeiro sapateado, Do olho correu uma lágrima e fiquei logo emocionado. E a emoção foi tanta, que o meu filho Maximus, hoje com cinco anos, Tem um ímpeto Gitano, Pois foi na época em que eu e minha esposa aprendíamos a arte Flamenca Junto com o grupo Tablado, Que esse filho com muito amor foi gerado”. Robson Lincon “No TABLADO da vida sou como a rainha do CANGAÇO, num ÍMPETU GITANO respirando a PRIMAVERA FLAMENCA, um patrimônio imaterial da humanidade que me leva aos CAMINOS SEVILLANOS e AL-ANDALUZ e como um RELIGARE vou aguardar a cortesia para assistir LA PLAZA. OLÉÉÉÉÉÉ”! Verônica Silva


Compartilhando O Shopping Del Paseo comemorou seu 12º aniversário em alto estilo, com uma bela apresentação de Danças Flamencas com o Grupo de Dança Tablado, como vem fazendo desde sua inauguração. Isso aconteceu no dia 06 de Dezembro/12. Outra apresentação aconteceu dia 07 de Janeiro/13 às 19h no mesmo local*.

Quem esteve presente pode sentir a energia do público que parou suas compras para assistir as apresentações. Todos os andares de olho para o palco, pessoas paradas nas escadas e nos corrimões do shopping aplaudiram o grupo. Agradecemos aos que tiveram presentes nesses dias. E que venham outras! *Fotos cedida por Fabio parente.

O que vem por aí? *Pirambulando. O pré carnaval do Pirambu, dias 18 E 25 de janeiro E 02 fevereiro.O evento acontecerá na Av. Pasteur 464, esquina com Rua Dom Quintino, em frente ao Espetinho do Paulinho a partir das 19h. O valor do abada é R$15,00 o primeiro lote. Toda a renda será revertida para a Quadrilha Junina Infantil CAI CAI BALÃO!Informações 86134400 com Fábio Lessa. *7º Festival Rock Corel. O evento acontece no Theatro José de Alencar de 10 a 13 de janeiro, além de apresentações de bandas de diversos estados do país, conta com Oficinas de bateria, produção musical e outras. Maiores informações CCBNB 3464.3108 *Mostra "Novos Olhares. Cinema Estadunidense".O cineclube CCBNB no Vila das Artes, apresenta todas as terças-feiras, às 17h no mês de janeiro, a mostra sobre o cinema estadunidense e as novas visões contidas nessas obras. Após a exibição dos filmes, tem bate-papo. Confira a programação no site http://viladasartes.fortaleza.ce.gov.br/cineclube-ccbnb-de-janeiro-de-2012

Momento UUUUIIII!!!! Uêeepa! Diretamente do Natal do Tablado, pro El Flamenco e pro mundo, nossos queridos Lessa e André (mais conhecido como Deinha) num momento de puuura descontração. Após algumas doses de brincadeiras e risadas (e vinho), os dois acabaram no lugar mais provável de se acabar após uma bela escorregada: no chão! E claro, com muito estilo e bom humor, posaram às gargalhadas para as nossas câmeras infalíveis! Essa merecia estar aqui! O primeiro de muitos momentos Ui de 2013! Não vacila não que nossas câmeras pegam tudo!

Retrospectiva 2012 Fechamos o ano de 2012 com muitos motivos para comemorar. Após 8 edições do nosso jornal digital, resolvemos analisar os dados de acesso do nosso periódico e tivemos uma grande surpresa. Começamos com a ideia de atingir primordialmente os dois grupos Tablado e Al Andaluz. Com o decorrer das edições percebemos que interessados pela arte flamenca também nos acessavam em busca de mais conhecimento do assunto, e a cada mês nos surpreendíamos mais. Foram elogios por Facebook, curtidas, emails, mensagens de texto, comentários de boca em boca. Mas, nada paga a alegria da nossa equipe quando nos deparamos com os números. Na nossa primeira edição tivemos 651 acessos, o que pra nós foi um número exorbitantemente lindo, até nos depararmos com o número de acessos do mês de outubro – 1003 acessos. Isso mesmo, você não leu errado! Durante as 8 edições do EL Flamenco em 2012 tivemos um total de 5.159 acessos. Temos ou não temos motivos para agradecer 2012? A ideia que surgiu por alguns integrantes do grupo e que tomou forma com a ajuda de muitos que colaboraram nesses 8 meses de dedicação com o nosso público leitor deu resultados. Agradecemos a todos que contribuíram, principalmente a você que lê e apoia esse projeto. Que 2003 traga o dobro de acessos! Parabéns para o El Flamenco!


Click e Arte - Viagem do Tablado com o espetáculo “Andalucia Baila”

Profile for Aloísio Menescal

El Flamenco 09  

El Flamenco é um periódico mensal dos Grupos de Dança Tablado e Al Andaluz.

El Flamenco 09  

El Flamenco é um periódico mensal dos Grupos de Dança Tablado e Al Andaluz.

Advertisement