Issuu on Google+


Jesse Smith


PixelArt apresenta

Editora responsável Daniela Carrara conteúdo Alessandro Carvalho Projeto gráfico, arte e diagramação Daniela Carrara (dandanhiphop@hotmail.com) Colaboradores de texto: Camila Rocha, Dorme, Rafael Cassaro, André Tenório, Alessandro Carvalho, Antonieta Bastos Colaboradores de Fotografia: Fernando Lessa, Rafael Beck, Maurício Santana, Fernando Arata, Laura Aidar venda de anúncios: tattoodigital@gmail.com

Atenção! Aos tatuadores que queiram mandar seus trabalhos para participar das próximas edições ou anunciar, o e-mail é: tattoodigital@gmail.com ou pelo site www.almanaquedigital.com.br As fotos devem conter os dados do estudio, nome do tatuador e estar em 300 dpi. www.fotolog.com/almanaquedigital www.twitter.com/tatuagemdigital www.myspace.com/almanaquedigital

Capa: Aline Lima (OBS Tattoo)


www.almanaquedigital.com.br


Um dos tatuadores mais conceituados da ´ e do mundo... Italia

Alex de Pase


Há quanto tempo você trabalha como tatuador? Eu comecei a fazer tatuagens primeiro com material caseiro, quando eu tinha 14 anos e em 1997 há 13 anos atrás, abri minha primeira loja e comecei a fazer tatuagens! Quais são seus artistas favoritos? Quais deles você acha que teve um grande impacto em sua arte? Há um monte de artistas muito bons como por exemplo: Mike Devries, Nikko Hurtado, Luca Natalini, Nick Baxter, Guy Aitchinson e muitos mais. Eu realmente não posso dizer que alguns deles tiveram um impacto na minha arte, porque nos meus primeiros anos como tatuador não tínhamos internet, então não era fácil olhar o trabalho de outros tatuadores e hoje em dia para ter inspiração e aprender novas técnicas, procuro outras manifestações de arte como pintura e escultura. Por exempo, no ano passado comecei a fazer alguns trabalhos com aerógrafo. O que você acha da nova geração de tatuadores e do jeito que estão desenvolvendo novas técnicas? Eu acho que o mundo da tatuagem mudou muito nos últimos anos, quase deixando


de ser uma forma de rebeldia e passando a ser mais uma forma de arte, portanto, nessa “nova geração” que você se refere há artistas muito bons, e com todas as novas tecnologias e conhecimentos há uma leva de talentosos rapazes muito jovens que transformam suas habilidades naturais em arte. Você conhece algum artista brasileiro? Não, eu não conheço nenhum tatuador brasileiro, mas eu vi algumas revistas da América do Sul e descobri algumas obras muito boas, então eu acho que a tatuagem está ficando grande por lá! Você vai à convenções de tatuagem? Quais? Nos últimos dois anos quase não fui a convenções, porque eu e minha esposa temos uma linda filha e eu não gosto de deixar minha família em casa quando estou viajando. Agora eu já confirmei as Convenções de Trieste, Milão e Roma e eu fui na Convenção de Londres. A partir do ano que vem eu vou começar a ir novamente em convenções nos Estados Unidos e viajar mais em toda a Europa e, quem sabe, talvez eu também vá ao Brasil! O que você acha que um tatuador deve fazer para ter sucesso no negócio? Eu acho que há um monte de coisas muito importantes a fazer para ter sucesso no negócio da tatuagem, por exemplo, tentar trabalhar principalmente no estilo que você mais gosta, então as pessoas mais cedo ou mais tarde irão reconhecê-lo por isso, nunca publicar na web ou enviar para as revistas os trabalhos que você acha que poderia ter feito melhor, porque


na minha mente um portfólio de alta qualidade é melhor do que um monte de fotos, onde algumas não são tão boas. Deixe uma mensagem aos nossos leitores. Cedo ou tarde eu vou ao Brasil para fazer algumas tatuagens. Alex de Pase Tattoo Studio Piazza Carpaccio 17 34073 Grado (GO) - Itália www.alexdepasetattoo.com www.myspace.com/alexdepase www.facebook.com/alexdepase (+39) 0431 80 220 (shop) (+39) 338 245 29 31 (mobile)


www.myspace.com/rafaelcassaro


Como foi o início da sua carreira? Comecei mais ou menos em 2000/01 junto com um amigo chamado Pépinha em São Paulo. Trabalhamos em casa no começo e depois de alguns meses resolvemos abrir um pequeno estúdio na Vila Maria. Foi uma época muito legal, de muito aprendizado, onde estava começando a descobrir tudo que a tatuagem poderia me proporcionar: bons momentos com amigos, busca pelo conhecimento artístico, viagens, participação em convenções, etc. Em 2003 passei uma temporada tatuando em Minas Gerais na Tattoo Network e logo depois disso, em 2004, recebi um convite para tatuar no Rio de Janeiro com o tatuador Marcão, onde vivo até hoje. Falando um pouco sobre o graffiti, como era a época que você grafitava? Foi uma época legal e de muito aprendizado, lições de vida, muitas aventuras e encrencas!!!! (risos)

Nesse tempo você já pensava em tatuar? Não exatamente. Eu comecei a fazer Graffiti em 97, e o interesse pela tatuagem começou entre 1999 e o ano 2000, quando alguns amigos começaram a se tatuar, tive um contato mais de perto e percebi as inúmeras possibilidades de se fazer um desenho na pele de uma forma tão definida. O graffiti influenciou de alguma maneira seu estilo de tatuar? Sim, muito antes de pensar em fazer faculdade eu já tinha um estudo aprofundado em teoria das cores, dinâmica de linha, perspectiva, etc. Tudo isso por causa do Graffiti. Acho que a agressividade das linhas no “Wild Style”, ainda influencia na minha maneira de tatuar. Você se destaca bastante no estilo oriental. De onde veio seu interesse por essa cultura? A tatuagem oriental é um estilo mais completo, que “veste”


www.danielnovais.com contato@danielnovais.com 55-21-3273-8493

melhor o corpo. É um estilo de tattoo que abrange: cor, linha, forma, contraste, espaço negativo, movimento, composição, posicionamento dos elementos no corpo, etc. Por essa riqueza de detalhes me apaixonei pela pintura chinesa, japonesa, tibetana, enfim, oriental. Os desenhos são muito ricos e muitos deles parecem que foram feitos para a tatuagem! É uma cultura que temos muito que aprender, estudando grandes obras orientais. A parte de adaptação para a tatuagem é muito legal, pois, cada artista vai ter sua interpretação e colocar o próprio estilo no trabalho final.

para fazer tudo: ouvir uma boa música, acender um incenso, desenhar, tatuar, conversar com meus clientes, pesquisar meus livros, etc. Tudo com calma. Tatuo normalmente duas pessoas por dia, no máximo três. Todo ano reservo dois meses para viajar para a Alemanha onde fico trabalhando no estudio Smilin Demons Tattoo do renomado tatuador Marcuse. Participo de algumas Convenções, e atualmente tenho optado por participar de convenções menores, pois consigo ver e interagir mais.

Antes de ter seu próprio estúdio, quais os lugares por onde passou? Trabalhei no Ritual Art Tattoo SP, Tattoo Network - MG, Marcão Tattoo - RJ e atualmente trabalho no meu próprio estudio Daniel Novaes Tattoo - RJ.

Quem são os artistas e tatuadores que influenciam no seu trabalho? Muitos, com certeza ficarão faltando alguns nomes, mas posso citar, por exemplo: Marcuse, Luke Atkinson, Filip Leu, Mick, Ichibay, Mauricio Teodoro, Trevor MC Stay, Horiyoshi, Shige, Kelu, Evan Griffiths, Junior, Leco, Mike Rubbendal, etc.

Como é sua rotina de trabalho? Planejo minha agenda para meus dias serem os mais tranquilos possíveis. Gosto de ter tempo

Fora da tatuagem você tem alguma atividade paralela? Gosto de pintar, tocar bateria, brincar com meu cachorro e estar com meus amigos.


Felipe Motta a.k.a.

MOTTILAA

Foto: Flavio Samello


Quando e porque você começou a desenhar e seguir seus primeiros passos no mundo das artes? Meu pai sempre me passou muita coisa, especialmente quando eu era pequeno, que é quando a gente mais aprende. Ele sempre me pegou para ensinar técnicas, perspectiva, tenho muitas lembranças disso e fora as outras coisas que nunca vou esquecer. Eu passava horas desenhando na escrivaninha da casa da minha avó, no Bairro de Fátima (RJ). Morei até os 8 anos no mesmo prédio que ela e passava horas lá, desenhando. E tenho memória desde uns 4, 5 anos, dessa escrivaninha. De lá para cá foi no embalo!  Como você definiria sua linha de desenhos e demais trabalhos. Meu trabalho quase sempre “camba” para o lado do bom humor, sacana, muitas vezes sarcástico. É meio difícil se auto-definir, mas acho que isso é bem minha cara. Quais foram suas influências artísticas? Sempre fui influenciado por pessoas próximas a mim que desenhavam meu pai (que falei acima), Don Torelly é um grande amigo meu que tem um estilo muito próprio e autêntico e me inspira muito! Bruno Shulyba é um amigão de infância que, apesar de não ter seguido a carreira, tem um talento que me deixava babando. Esse tinha que voltar a ativa! O Billy Argel também me influenciou muito, principalmente quanto a minha história de arte na indústria do Skate! Fora eles, Norman Rockwell, Jeremy Fish, Evan Hecox, OsGemeos, Speto e por aí vai...

Onde busca suas referências para criar Referências e inspirações podem vir das mais inu desde um trabalho de alguém que eu vejo e me d fazer algo que não necessariamente tem a ver com Pode ser alguma pessoa, alguma coisa que escute uma idéia, um lugar. Não tem fórmula. Muitas ve tenho é que todo mundo funciona assim. Será?

O que você aconselharia para outras p seguir sua carreira? Eu sinceramente não acredito em conselho pessim o mercado brasileiro de skate não paga bem!”. Eu trabalhos para o mercado de skate, mas para out mais grana, mas nem sempre tanta satisfação qu vezes tenho uma visão até meio ingênua, mas pre as coisas com dedicação e vontade, a gente conseg que não imaginaríamos. A velha história do “não foi lá e fez”. 


ar algo? usitadas fontes! Pode ser dá um click, às vezes para m o que fez dar o clique. ei na rua que desencadeia ezes a impressão que eu

pessoas que queiram

mista do tipo “desiste que u, particularmente, faço tros também, que rendem uanto ao skate. Acho que às efiro acreditar que fazendo gue chegar a muitos lugares o sabia que era impossível,


Você segue algum tipo de ritual ou técnica específica na hora de criar? Tem idéias que vem de repente num lugar nada a ver, no elevador, sei lá, e outras que tenho quando preciso ter. É engraçado porque sou formado em design gráfico e no design você precisa solucionar problemas. Na arte você muitas vezes mais causa problema do que soluciona! (risos). Mas muitas vezes temos um prazo no estúdio (Petit Pois Studio, do qual sou sócio com minha esposa, a Mari Cersosimo) e não tem muito espaço para viajar. É sentar, ver o que precisa ser feito e “pau no gato”. E por conta dessa pressão, às vezes saem coisas muito boas, tão boas quanto às inspirações repentinas. Acho que não tem fórmula. Agradecimentos É melhor encurtar a história, senão a parte de agradecimentos vai parecer encarte de cd de Rap! (risos). Tem muita gente para agradecer, de verdade. Quem sabe que merece, considere--se agradecido. E quem sabe que deu mancada, só lamento...

eumemo@mottamobil.com.br  www.mottamobil.com.br  www.petitpoisstudio.com.br


www.mtv.com.br/tattooblog


ďƒ§anna idza - polaco tattoo - sp


ďƒ§miss arianna - itĂĄlia


ďƒ§henry aglas - argentina


makoto - japão


ďƒ§dorme - jander tattoo - go


ďƒ§dorme - jander tattoo - go


ďƒ§miss arianna - itĂĄlia


samez - itália


makoto - japão


ďƒ§rita takanashi - gaia tattoo - sp


pa

a C

a l e p s o d i Un !

m e g a u t Ta


30 anos 04 anos como tatuadora OBS Tattoo TATUADORES QUE ADMIRO? Victor Montaghini, Sebastian Domaschke, Jime Litwalk, Joe Capobianco, Giscard, Mazox, André Rodrigues, Maneco, etc. QUEM ME TATUOU Peralta (peralta tattoo), Cosminho Tattoo, Gustavo (tattoo Old), Lincoln (obs tattoo), César Colombia (violent tattoo), Victor Montaghini. OBS TATTOO RUA PERNAMBUCO Nº 3700 VOTUPORANGA – SP (17) 3423-4358 www.fotolog.com.br/ obstattoo www.fotolog.com.br/aline_ lima2007 Facebook: OBSTATTOO


L

incoln e Aline se conh Corumbá no Mato Gr meninos andando de skatistas. Ela é do int Curitiba, literalment de tatuar, Aline trabalhou com CD’s, trabalhou com eventos, f trabalhou desde muito cedo co mesmo era desenhar. Desde pe duas faculdades, uma delas, ad ano, mas não estava feliz com um tatuador boliviano que tin Ele é o que verdadeiramente e Já tinha tattoo e se apaixonou para a Bolívia e lhe vendeu o e amigo, jurando que se não fica Graças a Deus deu tudo certo. pensam o dia a dia de um tatu começa as 06h15min da manhã e vai trabalhar. Aline diz que é na verdade, quase impossível p sempre, mas os filhos, parente a isso. Sua casa sempre tem vi meio aos papéis e lápis, não tin Uma vez um amigo lhe disse q fazemos. Aprendendo a se disc e nessa profissão isso é essenci constante, sempre tem algo à a mais experiente e disposto a d

“S

er tatuadora divina, apes ser bem mac conhecimen não podem n maturidade vem com exper vivê-las intensamente semp

Lincoln era militar, revoltado, do Brasil. Ficou lá quase 6 ano acabou desistindo.

Atualmente Lincoln e Aline sã em Votuporanga, interior de S tatuagem é bem satisfatória, e trabalho dos dois.

“P

or mais que ele passa, e acordar e te um dia de c Deus no cor


heceram numa praça em rosso do Sul, ela foi ver os skate, e ele era um dos terior de São Paulo e ele de te coisa do destino. Antes m muita coisa: vendeu foi caixa de supermercado, om seu pai, mas o que gostava equena sempre gostou. Iniciou dministração, levou até o 4o isso. Foi então que conheceu nha um estúdio em Corumbá. entende-se por undergroud. u pela arte. Um dia ele voltou estúdio. Fez uma tattoo em um asse boa jamais faria de novo. . Ao contrário do que muitos uador é muito cheio. Seu dia ã, leva seus filhos para a escola é complicado dividir o tempo, porque leva trabalho para casa es e amigos já estão habituados isitas e elas se perdem em nha como ser diferente. que o tempo somos nós que ciplinar, sempre há um jeito, ial já que o aperfeiçoamento é aprender, sempre tem alguém dar uns toques.

a para mim é uma dádiva sar desse mundo ainda chista. Acredito que nto é a única coisa que nos tirar, sabedoria e riências vividas e espero pre que puder”. - Aline

, como diz, servia a Marinha os e quando Aline apareceu

ão proprietários do OBS Tattoo São Paulo, onde a cena da e as pessoas respeitam muito o

e o dia tenha sido difícil, sempre temos chance de ermos um dia melhor, viver cada vez, intensamente, com ração”. - Lincoln


co ln

in L


in e

l A


www.gaiatattoo.com.br contato@gaiatattoo.com.br


~


É tatuador há 7 anos. Joshua prefere tatuadores com estilos mais tradicionais do que o seu. Artistas como Valerie Vargas, Lagregen Pedro, Steve e David Byrne, fazem parte dos seus favoritos. “Gosto de tatuagens que parecem tatuagens. Com traços simples, o mais claro possível”, diz Joshua. Já participou de algumas convenções como as da Filadélfia, Minneapolis, Hell City Phoenix e a St. Louis Old School Convention, onde ganhou alguns prêmios. Sobre a geração de novos artistas, ele diz que acha ótimo estarem desenvolvendo novas técnicas para tatuar, mas

o número de artistas hoje em dia é muito grande. Muitos acabam utilizando várias sessões para alcançar um determinado resultado, e 90% das vezes, poderiam alcançar o mesmo objetivo em apenas 1 sessão. É preciso ter um pouco de conhecimento de como aplicar as cores, regular a máquina corretamente e ter experiência de como preencher uma área da pele sem saturá-la. “Os tatudores mais novos precisam se preocupar em fazer tatuagem antes de tentar fazer algo que ninguém nunca viu antes. Deve ser um tatuador antes de ser um artista”. Iron Heart www.ironhearttattoo.blogspot.com joshuacbowers@hotmail.com


“M

eu nome é Everton, mas meu nome artístico é Billy. Comecei a me envolver com a “rua” em 1998 junto com o skate. Conheci os lugares e sempre por onde eu passava via muito graffiti pela cidade e a galera pintando. Já me interessava pela arte em geral. Por volta de 2003 comecei a me envolver com a pixação e ainda andava de skate. Estava difícil conciliar as duas coisas, então comecei a me dedicar mais à pixação até quando comecei a me envolver com o graffiti porque me identifiquei mais, o que me ajudou a conhecer a cidade, as pessoas, a vida e também a não entrar por caminhos negativos. E para quem duvidou da minha capacidade achando que eu estava por moda, cairam do cavalo. Estou produzindo até hoje e não pretendo parar.”

www.flickr.com/photos/billyfryk


Led´s - SP - Brasil

Makoto - JapĂŁo

Mordenti - Santos -


- Brasil

Polaco - SP - Brasil

Jeffrey Meyer - Calif贸rnia - EUA


led´s


makoto


mordenti


polaco


jeffrey Meyer


N

a arte espiritual, somos todos artistas, nos manifestamos através das mais variadas inspirações. Dentro dessas inspirações existe a Arte Sagrada, que mostra das mais variadas formas os múltiplos universos de Deus. A arte fractal é uma Arte Sagrada. Na pintura ela capta o fluxo, o vácuo, a manifestação Divina que cria e recria os múltiplos universos, onde as cores falam por si e os detalhes fractais são portais de expansão consciencial... Dan Ferrari, dentro de experiências ritualísticas, realiza o vôo místico em seu inteior e consegue canalizar Consciências Divinas e dos Espíritos Superiores. Com sua arte fractal transforma os quadros brancos em Visões místicas que promovem por si o “Estado Alterado de Consciência” . Em Conexões Sagradas com mestres como Saint Germain, Jesus Cristo, e com Consciências Estelares, Arcturianos, Pleiadianos entre outras, Dan Ferrari canaliza as cores do Astral Superior e as materializa em suas telas portais, proporcionando ao observador a visão dos múltiplos universos de Deus através dos fractais. O que é a arte fractal? São múltiplos fragmentos que formam imagens, esses fragmentos são reconhecidos na geometria sagrada como fractais. O que você define por arte sagrada? Há muitas formas de conexão com Deus, uma dessas formas é quando nos tornamos um canal de luz pela vontade de Deus. Tudo é sagrado, desde que seja feito com fé e amor, trabalhamos nossa espiritualidade através do xamanismo e nos conectamos com alguns mestres ascencionados como Mestre Saint Germain, Mestre Jesus, e o mestre do surrealismo, Salvador Dali e outras esferas dos multiversos de Deus. Como é feita essa arte? Através de rituais sagrados e expansão consciencial. Quais são as referências que você utiliza no seu trabalho? Deus é toda refêrencia que eu tenho. Quais os materiais que você utiliza em seus quadros? Tintas a base de água, tintas sintéticas, betume e outros.

Espaço aberto É muito difícil para mim expor o sagrado, pois muitas pessoas tem uma visão distorcida de Deus, é preciso compreender o que é sagrado e o que não é sagrado em vossos corações, para assim compreender a cadeia natural da evolução humana. Espiritualidade é uma prática e um estado do ser divino em cada um de nós, vivemos num período de


muitas mudanças, em que precisamos resgatar valores perdidos em nossas vivências, resgatando a criança interior e resgatando a verdade em nossos corações. Gratidão. Espero poder explicar mais detalhadamente em uma outra oportunidade

www.dancarloferrari.com.br (11) 7595-8678/2836-7838

O Estúdio Leds Tattoo é um dos estúdios de tatuagem mais conceituados do Brasil, e não é por acaso, e sim por conta de uma trajetória de sucesso de seu idealizador Sérgio Maciel, aliado aos grandes profissionais que lá atuam, e também por conta da estrutura que o estúdio Leds Tattoo proporciona com diversos espaços de lazer, e diversidade de serviços oferecidos, com novidades apresentadas de tempos em tempos. Entre uma dessas novidades, está o espaço cultural localizado na entrada do estúdio, e inaugurada recentemente. Atualmente o espaço conta com uma expo de Dan Ferrari e está aberta a apreciação gratuita para quem queira conhecer um pouco mais de arte.

www.ledstattoo.com.br


25 anos de idade    Tempo de Profissão: 5 anos Ponto forte: Acredito que o ponto forte do  meu trabalho seja a minha dedicação. Dedicação a cada cliente, a cada desenho... É a minha dedicação a cada detalhe! Ponto fraco: Tenho certeza de que quando nos dedicamos ao máximo aquilo que nos propusemos a fazer, a tatuagem (um aprendizado constante), o nosso ponto fraco se torna um desafio, uma meta. Particularmente, existem muitos estilos de tatuagem que não me sinto a vontade para desenvolver, e sei que há inúmeros artistas que á farão muito melhor do que eu. Então, porque fazer? Porque não indicar esse trabalho a um amigo que goste mais desse estilo que você? Com certeza, com essa atitude todos ganham, a arte ganha! Hoje temos a nossa disposição qualquer tinta que queremos, qualquer marca de agulha. Não há dificuldade em comprar material. Existe a internet, ferramenta importantíssima para a criação, para o relacionamento entre os artistas, para a divulgação. É tudo tão mais fácil quando se quer, basta se dedicar! Início do Trabalho: O meu início não foi diferente ao da maioria dos tatuadores. Muitas dificuldades, mas superamos todas. Vim de uma cidade do interior de Goiás e tive meu trabalho em potencial reconhecido (porque  sei que ainda existe muito a se fazer), e hoje trabalho ao lado de grandes nomes da tatuagem. Pontos fracos existem para serem superados! Estilo preferido O estilo que mais me identifico é o oriental. E os artistas que me identifico são: Filip Leu, Shige, Nick Baxter, Jander, Adrien Dorme, Virgínia, Wilian do Celtic tattoo, Daniel Novais.


Idade: 21 anos Tempo de Profissão: 1 ano e 4 meses Estúdios que já tatuou: Jander Tattoo, Clinica 12 e Arcanjo Tattoo Artistas e tatuadores preferidos: Tatuadores: Jee, Marcelo Marzari, Maneko, Victor Montaghini, Jander, Dorme, Virgínia, Jimé Litwalk, Joe Capobianco, Juan Salgado, Danilo Stefan, entre outros. Artistas: Alphonse Mucha, Salvador Dali, Gil Elvgren, Olivia de Berardinis, Glenn Arthur, entre outros. Como foi feita a seleção para trabalhar com o Jander? Há algum tempo conheci a Virginia, que era amiga do Jander e nos apresentou. Desde pequena sempre desenhei e quando os conheci, me apaixonei pelo mundo da tattoo e logo tive interesse em aprender a tatuar. O Jander então começou a me ajudar e me ensinou tudo o que sei nos dias de hoje. Trabalhei um tempo como estagiária dele e depois sai da loja. Esse ano ele me falou que iria montar uma loja nova e então me convidou para trabalhar com ele novamente, dessa vez como tatuadora profissional, e lógico que aceitei. O que você espera desta nova fase? Espero poder crescer muito mais profissionalmente. Quero me dedicar a fundo ao meu trabalho e claro, sempre aprendendo mais um pouco com os grandes tatuadores que eu admiro muito. dame.des.chats@hotmail.com www.fotolog.com.br/dame_des_chats orkut - Paula * Dame des Chats


Por que a Convenção do Led´s foi adiada? Por Sérgio Maciel (Led´s)

ento os t m i a u l am m o cance too que r e r cor o, Tat bre n o s ´ s a d s o o Le mo todo onte e ã ç boat n àf nve , co o a eu t Co t c i e e a e r f r i d a d scl os sido e m to. a e i n u Fo r e . q v te 0 e s e 201 rio Led´ ento do d o róp tubr p diam u a o o o m m e bre s co o o s m s a nto fal o p s n algu

O

d a s u a c a Esse ano resolvemos dar uma pausa na Convenção devido à vários fatores: Em primeiro lugar muitos dos parceiros da Convenção ainda não estavam regulamentados segundo a lei, pois ainda não haviam conseguido o registro. Somente alguns estavam com esse registro ocasionando uma falta de parceiros, e houve alguns cancelamentos de profissionais que não iriam expor. Em segundo, nós da Convenção iríamos trabalhar este ano juntamente com a ANVISA com um grupo de profissionais que viriam de Brasilia, a COVISA de SP e a Secretaria da Saúde, tanto que na

convenção este ano iríamos dispor de uma série de vacinas gratuitas: Hepatite A e B e a Anti-tétano. Disponibilizaríamos workshops para adequação e conhecimento das normas vigentes e tudo o que fosse necessário para se realizar um trabalho digno e regulamentado, mas devido à fatores externos, como as eleições e eventos paralelos, por exemplo, somados ao curto prazo de tempo, decidimos preparar um trabalho mais elaborado para o ano que vem - 2011, visto que a convenção realizada por nossa equipe é muito bem elaborada e planejada. Tentamos sempre fazer melhor, ser melhor que o ano anterior, por isso optamos em fazer no próximo ano. A Convenção será realizada no


início de novembro de 2011, com uma data mais adequada, devido à realização de outros eventos de outros gêneros na cidade de São Paulo. Pensando nisso, optamos em fazer em novembro e não em outubro como era de costume. Esse ano foi um ano tumultuado, e no ano que vem as pessoas estarão mais preparadas com

ou pelos telefones (11) 55612351 (11) 55320293 será possível retirar todas as informações referentes a Convenção que será realizada no próximo ano.

a p a d

! a s u

seus registros, até mesmo as empresas de outros países que visam trabalhar no mercado brasileiro, o que traz mais oportunidade para se trabalhar com melhores materiais e principalmente, todos regulamentados. Hoje temos boas empresas no Brasil que fabricam as tintas e processam seus pigmentos, e eles são importantes, pois temos que trabalhar em conjunto com todos os seguimentos da tatuagem. Com essa nova data teremos tempo para trabalhar e oferecer mais condições a elas, proporcionando o melhor para as pessoas que estarão curtindo nosso evento. Pedimos a compreensão e desculpas para todos por esse adiamento. Através do site www.tattoobrazil.com.br


todos meus clientes saem do estúdio, sempre felizes e realizados, sempre pensando no próximo piercing, pois costumo fazer vários na mesma pessoa

Dario Balestra Idade: 43 anos Ramo de atuação: body piercing Tempo de profissão: 10 anos

Qual seu primeiro contato com o universo da tatuagem e piercing? Desde minha infância me interessei neste ramo, ao observar os indígenas com aqueles alargadores de madeira, sempre achei tudo muito belo, muito diferente, muito inovador, foi o começo de uma grande paixão. O que te levou a trabalhar no ramo de body piercing? Minha grande mulher Rita, e minha paixão por piercing, em fazer a galera feliz, como

Como você vê o mercado de body piercing atualmente? Existe uma clientela ótima. Trabalho muito e a cada dia conquistando um espaço maior neste universo intenso e interessante que é o da body modificação. Você tem acompanhado as novas leis impostas pela Anvisa, o que você acha dessas novas regulamentações para o mercado da tatuagem e piercing? Isso é muito importante para trabalharmos corretamente de acordo com as leis. Você tem um negócio familiar, onde sua esposa trabalha com você na parte de tatuagem. Fale um pouco de como é o dia a diade vocês. Nosso dia é corrido, porém muito satisfatório, na parte da manhã


cuido da minha filha - Gaia, (meu amor) logo depois faço a parte administrativa do estúdio - compras e pagamentos, conciliando com a colocação de piercings no decorrer do dia . o que te motiva, e faz seguir nessa profissão que você escolheu para sua vida? O primeiro passo é amar, simplesmente amar o que faz, estar sempre disposto a aprender, afinal, nosso cérebro é poderoso e sempre cabe algo a mais para acrescentar e aprimorar nosso trabalho, o respeito aos clientes, o aperfeiçoamento em cursos de biossegurança e a humildade acima de tudo, e a responsabilidade sempre. Agradecimentos: Gostaria de agradecer a Rita, minha esposa (aliás sou grato pelo resto de minha vida ao meu grande amor, minha grande mulher pois sem ela tudo isso seria impossível) minha filha maravilhosa Gaia, que me torna uma pessoa melhor a cada dia, minhas famílias, os Takanashi´s e os Balestra´s, minha secretária e amiga Denise, e aos meus grandes amigos e clientes pelo reconhecimento adquirido a cada dia que passa. E a todos do Almanaque Digital de Tatuagem, um trabalho que chegou de “mansinho” mas veio para ficar. Valeu galera!!!

www.gaiatattoo.com.br

contato@gaiatattoo.com.br Avenida Padre Arlindo Vieira, 1453 sobreloja 01 São Paulo - SP (11)2946.6698


Os Mitos e as Ve

Nome: Ricardo Alonso Profissão: Técnico em laser (formação acadêmica enfermeiro, Instrutor de resgate aéreo da FAB há 11 anos, professor de APH, Emergência e urgência nos cursos de Pós-Graduação da UNISA E Universidade Católica de Santos) Explique um pouco como funciona o processo de remoção de tatuagem à laser Basicamente o Laser fragmenta o pigmento de tatuagem transformando-os em micropigmentos que, como perdem o encapsulamento feito pelo organismo, torna-se novamente um “corpo estranho” e é removido pelo sistema imunológico da pessoa, e é excretado usando-se o sistema linfático para isso. Como é utilizado esse trabalho em conjunto com a tatuagem, quando o cliente quer fazer uma cobertura? Faz-se uma avaliação conjunta com o tatuador escolhido pelo cliente ou indica-se um tatuador pela sua especialidade no tema que será usado para cobertura. Este tatuador acompanha o clareamento da tatuagem e “comanda” o número de sessões sendo assim mais econômico para o cliente. Quais os riscos que se tem ao fazer uma remoção à laser. O risco maior é o de se ter uma tatuagem muito clara e a luz laser não ser absorvida pelo pigmento sendo assim não eficiente na sua remoção, o Laser que usamos Q-Switched-NDYAG 1064nm é o mais seguro de sua categoria, não deixando cicatrizes após seu uso. Existe um mito de que remover a tatuagem dói mais do que fazer, é correto essa informação? É verdade, é um processo mais dolorido, porém muito mais rápido! aqui na Led´s Tattoo conseguimos dar

mais conforto aos clientes usando uma máquina de resfriamento de pele (-15°C) que retira de 80 a 90% da dor que o cliente sentiria. Também se comenta que é muito mais caro remover uma tattoo do que fazer, também procede? Aqui na Led´s Tattoo tenho percebido que fazemos orçamentos muito mais baratos que outras clinicas de remoção de tatuagens com laser, fazemos orçamentos mais em conta por termos uma consciência de que cerca de 95% dos nossos casos são “clareamentos” para uma cobertura posterior, onde o cliente vai gastar também com a tatuagem e somente 5% são de remoção total. Quantas remoções são feitas por mês no Led´s Tattoo Depende muito do mês as pessoas tendem a vir mais ao estúdio nos meses próximos do verão quando deveriam vir na época de inverno quando não se vai à praia, piscina evitando banhos de sol com mais facilidade, temos aqui na Seção de Laser da Led´s Tattoo cerca de 200 clientes em tratamento. Quantas sessões são necessárias para remover uma tatuagem? Isto vai depender de vários aspectos como: cor da tatuagem, profundidade do pigmanto na pele, qualidade de pigmento, tamanho, etc. Existe tatuagem impossível de remover? Tatuagens coloridas são mais difíceis de se remover, as cores verde e amarelo


erdades sobre o Laser

a:

A

são as piores, somente a cor preta sai totalmente, por sorte a cor preta sendo a que mais atrapalha para cobertura é mais fácil de se resolver. Para quem quer conhecer um pouco mais do processo de remoção do Leds Tattoo, existe algum site onde pode se informar. Se a pessoa puder passar aqui na Led´s, eu explico como funciona

o Laser, mostro alguns trabalhos em andamento, e faço o orçamento. Existem vários sites de remoção a laser mas, com pouca explicação. Qualquer dúvida é só ligar na Led´s Tattoo.

desenho original

após 1 sessão

após 2 sessões

penúltima cover-up

desenho original

(11) 5532-0293/ 5093-0473 / 5561-2351 www.ledstattoo.com.br laser@ledstattoo.com.br

após 1 sessão

após 3 sessões


Mais uma vez inovando no mercado, a Led´s Tattoo traz uma novidade para você: uma alternativa para o clareamento ou remoção de suas tatuagens. O laser SOFTLIGHT. Essa é uma nova etapa para quem antes achava que tatuagens sem qualidade era um caminho sem volta. Atualmente, a remoção de tatuagens com o uso do laser consegue resultados extremamente satisfatórios, com apenas algumas sessões. É um processo não agressivo, não invasivo e não requer anestesia. O laser SOFTLIGHT trabalha com um nível de energia seguro e eficaz, obtendo assim resultados extraordinários e duradouros. Com mais de 400.000 tratamentos realizados, e aprovados pelo FDA americano desde 1995, é a mais avançada e segura tecnologia a laser para remoção de tatuagens, remoção de pêlos, peeling e tratamento de acne.

Venha nos fazer uma visita! Orçamento grátis!


Apresentando Anderson Souza Idade: 30 anos Tempo de Profissão: 13 anos Estúdio: Anju Tattoo  

Sendo uma das primeiras lojas de tatuagem na região de Alm. Tamandaré a Anju Tattoo formada em outubro de 2005, conseguiu ganhar espaço no mundo da arte, desenvolvendo técnicas, desenhos e trabalhos próprios. Como todo começo é árduo e não é tão fácil, mas com responsabilidade e perseverança chegamos onde queremos, tudo o que um sonho precisa para ser realizado é que alguém acredite nele. Disponibilizando de um material diversificado, desenhos criados com base na idéia de cada cliente, a loja também cuida da segurança do cliente, todo equipamento é esterilizado por autoclave e depois descartado onde uma empresa de alta qualidade coleta esse material para ser tratado com seus devidos cuidados.

Anju Tattoo

Rua Athaide de Siqueira n°11 lj 03 Alm. Tamandaré – PR Fone: (41) 36986731/96330143 www.anjutattoo.com.br


ďƒ§anna idza - polaco tattoo - sp - brasil


ďƒ§marcelinho - psicodelic tattoo - sp - brasil


ďƒ§henry aglas - argentina


ďƒ§eva huber - eua


ďƒ§henry aglas - argentina


Led´s - Led´s Tattoo - SP - Brasil


ďƒ§anna idza - polaco tattoo - sp - brasil


ďƒ§jander - jander tattoo - go - brasil


samez - itália



Almanaque Digital de Tatuagem 16