2 minute read

Um Grito Na Noite Cap V

Allan Jones

O medo em poucas palavras.

CAPÍTULO VSANATÓRIOS, SUICIDAS E PSICOPATAS

Não há novidade no fato de que a Ciência Médica já ultrapassou os limites do bom senso na busca pela tão sonhada cura de diversas doenças . Em especial no final do século IXX e início do século XX, as doenças mentais estavam entre as mais desafiadoras para os homens de jaleco e bisturi. O desafio de encarar o desconhecido, de decifrar o enigma dos sintomas, de amenizar as violentas consequências sociais que estas doenças proporcionavam, todos estes elementos formavam um cenário caótico de dor, sangue e morte para os enfermos. Celas acolchoadas, camisas de força, correntes, misturas alucinógenas, contracenavam com os objetivos humanitários, em favor da vaidade dos pensadores e cientistas psiquiátricos, obcecados em ter seus nomes nos livros científicos. Os corredores destas instituições ainda estão impregnados pelos gritos dos pacientes.

Agora vem cá, é só uma pequena agulhada, não vai doer, prometo.

A. J.

4

Coragem ou covardia?

Em tempos de “todo mundo sabe tudo”, o tema do suicídio ainda está entre os que geram maior controvérsia e impacto entre os vivos. A filosofia de vida, as influências e sofrimentos sociais, as escolhas, a maneira como cada ser humano lida com seus conflitos e problemas que vão desde a insatisfação afetiva até à pura e simples falta de dinheiro. Não há como saber o que pesa mais na encruzilhada da decisão entre continuar vivo ou não. Não há como saber a circunstância e o barulho (ou silêncio) que estava dentro de uma mente suicida. O que fica para nós é a construção de uma cena tétrica, observada por espectadores passivos e atônitos, uma cena construída para encerrar um drama, sem aplausos.

Coragem ou covardia? Não nos cabe saber.

A.J.

10

Eles têm o sorriso cativante, ou ainda uma educação primorosa. Calculistas e com uma esmerada precisão no seu comportamento social, são verdadeiros cavalheiros. Mas há uma hora em suas vidas que a chave da ignição vira e uma combustão de violência, crueldade e fome lhes causa uma metamorfose digna de Kafka. A Psicanálise estuda incansavelmente a mente destas pessoas, em busca de razões científicas para explicar, e quem sabe, curar uma patologia fantasmagórica e intrigante. Mas, afinal, quem não esconde alguns esqueletos no armário?

A.J.

14

No próximo capítulo:

Bruxas, Cães, Gatos e Lobos.

Allan Jones é músico, produtor cultural independente, roteirista, poeta, cronista e estranho.

Autor do blog Contratextos – www.contratextos.blogspot.com.br

No Instagram: @allanjonesrebornE-mail: allanjones2002@hotmail.com

Um Grito Na Noite © 2019 Todos os Direitos Reservados

21