Issuu on Google+

Espaรงo destinado a sua capa!


MARCELO ESTENDE CONTRATO Pode-se dizer que o inicio do trabalho de Marcelo á frente do Olympique não foi fácil. Por ser um manager visionário, não abriu mão de implantar uma administração finaceira responsável. Fez dessa grande idéia sua filosofia de trabalho. Logo de início vendeu jogadores que não se enquadravam em seu sistema de jogo. Com isso, muitos medalhões com altos salários saíram do clube. O efeito dessas mudanças foram imediatas na folha salarial do clube. Outra mudança corajosa foi rejuvenecer a idade média da equipe.


Ao fazer isso, valoriza-se a equipe, mas perde-se em experiência. Ficava a dúvida: será que um time sem medalhões e com idade média baixa conseguiria apresentar um futebol consistente e ao mesmo tempo convincente? O único que poderia responder a essa pergunta, com absoluta certeza, era o tempo. E ele respondeu. O time assumiu a liderança do campeonato espanhol. Está bem encaminhado nas competições européias além de ter o artilheiro da liga: Ledesma. Com todas as interrogações do início da temporada se transformando em resultados positivos, a diretoria do Olympique não pensou duas vezes em estender o contrato de Marcelo com direito a um bol aumento salarial. Devido aos excelentes resultados, a diretoria negou qualquer cláusula de liberação. Segundo fontes seguras, o motivo disso é óbvio: Marcelo é uma peça fundamental para o Olympique e eles usuarão de todos os meios legais para mantê-lo no clube por anos. Sorte dos torcedores!!!


MURILO DEMITIDO! Infelizmente é verdade. A poucas horas átras, Murilo, Manager do time turco Besiktas, foi demitido sem maiores explicações. A decisão da diretoria não agradou nada nada aos torcedores. A mídia esportiva turca também não consegue entender os motivos da demissão. Os resultados de Murilo frente ao time turco são impressionantes. Inclusive havia recebido reconhecimento da própria diretoria turca, que destacou em seu site oficial as conquistas do grande manager.

Cara, eu só contratei um cara para o meio campo que custou U$6MM acho que esse pode ter sido me erro...


Murilo chegou a trocar emaiis com seu amigo Ferreira, manager brasileiro do São Paulo FC, sobre o caso. Um desses emails acabou vazando. Nele Murilo diz não saber o que aconteceu. Ferreira disse que uma possivel explicação seria o lado financeiro. Ele perguntou: “Murilo, você gastou muito dinheiro? Tava no vermelho?” Murilo respondeu: “Cara, eu só contratei um cara para o meio campo que custou U$6MM acho que esse pode ter sido meu erro, mas ele foi muito útil para o time. Eu vendi jogadores, emprestei para reduzir a folha de pagamento, fiz tudo o que era possível.....” Ainda no final do email, um paragrafo chamou a atenção de todos: “Agora o meu grande erro foi pagar bicho em alguns jogos pela vitória e acho que isso acabou comprometendo todo o trabalho, pois não passamos para a semi-final.” Todos são unânimes em concordar que a saída de Murilo prejudica muito o lado esportivo do Besiktas. Em contrapartida, com os grandes resultados obtidos, é certo que ele não ficará desempregado por muito tempo. Na verdade, já circula nesse momento nos tablóides italianos que o Palermo já dá como certo a contratação do ex-manager do Besiktas. Fora os tablóides, no momento em que estavamos escrevendo essa edição, o site oficial do Palermo publicou uma nota oficial sobre o caso.


PENTACAMPEÃO NO BANCO E UNIFICAÇÃO DA AMÉRICA Nessa semana, Ferreira, Manager do São Paulo, conseguiu unificar os títulos sulamericanos ao vencer o Atlético Paranaense pela Recopa Sulamericana. Com essa vitória, o atual campeão da Copa Santander Libertadores consolida sua supremacia no continente Americano. A Recopa foi disputada em duas partidas. Na primeira partida , realizado na Arena, tivemos um jogo truncado e nervoso. O árbitro marcou dois penaltis, um para cada lado. Muitos erros de passes de ambos os times e algumas faltas bem feias. Por sorte, tivemos um árbitro FIFA apitando a partida e com sua

Erramos muitos passes. Para o jogo decisivo, teremos mudanças.

Na coletiva de imprensa pós jogo, um repórter perguntou por quê o jogo havia sido tão duro. Ferreira respondeu: “Erramos muitos passes. Quanto tínhamos a posse de bola, não ditamos nosso ritmos. Estavamos rifando a bola. Para o jogo decisivo, teremos mudanças.”


As últimas palavras de Ferreira resumiram muito bem o que foi sua semana. Ao olhar as estatísticas da última partida, constatou que o jogador que mais errou passes foi Rivaldo. Por outro lado, é normal o jogador que articula as jogas errar mais passes, afinal, seus passes são são sempre forçados. A dúvida na canebeça de Ferreira era: contra-ataques incisivos ou volume de jogo? Ou mais precisamente: Rivaldo ou Fernandinho? O jogo de volta foi totalmente diferente do primeiro. O São Paulo teve um início FURIOSO. Logo aos 14 minutos do primeiro tempo, Fernandinho marca o primeiro. Aos 44 minutos do primeiro, o mesmo Fernandinho amplia para 3 x 0. Nesse momento, o jogo já tinha terminado. O Atlético não tinha forças para voltar ao jogo ou mesmo segurar o resultado para não tomar mais gols. Mas o calvário do time paranaense só estava começando. O tricolor não mostrou piedade e o fluxo de gols continuaram pelo segundo tempo. O tricolor destroçou o time paranaense. As estatísitcas do jogo assombram os críticos esportivos. O placar elástico foi reflexo da porcentagem de passes corretos. O índice de acerto nessa partida foi de 92%. Tal nível só pode ser comparado com o time de estrelas do Barcelona.

Foto da mesa de trabalho de Ferreira O dilema de Ferreira: Ala ou Meia?


Mais informaçþes em http://forum.managertotal.com


Jornal 2